Panteão de Paris

9.576 visualizações

Publicada em

Trabalho elaborado por Laura Figueiras

Publicada em: Educação, Turismo, Negócios
0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.576
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
33
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
159
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Panteão de Paris

  1. 1. Arquitectura Neoclássica Igreja de Santa Genoveva – Panteão de Paris
  2. 2. <ul><li>Tanto nas construções civis quanto nas religiosas, a arquitectura neoclássica seguiu o modelo dos templos greco-romanos e o dos edifícios do Renascimento italiano. Um grande exemplo dessa arquitectura é a Igreja de Santa Genoveva , transformada mais tarde no Panteão Nacional, em Paris. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Em 1744, sofrendo de uma doença grave, Luís XV de França fez o voto de criar uma igreja em honra de Santa Genoveva, consagrada como padroeira de Paris, caso sobrevivesse. Restabelecido, encarregou o marquês de Marigny, director geral dos edifícios reais, de erigir uma igreja no local da antiga abadia de Santa Genoveva, então em ruínas. Em 1755, o marquês de Marigny confiou a responsabilidade do projecto ao arquitecto Jacques-Germain Soufflot. </li></ul>Igreja de Santa Genoveva Panteão de Paris
  4. 4. <ul><li>O edifício começou a ser construído em 1758 mas, devido a dificuldades financeiras e à morte de Soufflot em 1780, a sua construção foi adiada. Foi finalmente retomada por um associado de Soufflot, Jean-Baptiste Rondelet, vinte e seis anos depois. A Assembleia Nacional decidiu, entretanto, que o edifício deveria servir de necrópole para as mais grandiosas individualidades de França. O edifício foi então modificado neste sentido e o frontão contém a seguinte inscrição: “Aux grands hommes, la patrie reconnaissante” - Aos grandes homens, a pátria reconhecida. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Uma das fachadas do edifício </li></ul>
  6. 6. <ul><li>O Panteão de Paris é um edifício situado no monte de Santa Genoveva. </li></ul><ul><li>Tem 110 metros de largura e 84 metros de largura. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Exterior do edifício </li></ul>
  8. 8. <ul><li>Inspirada no panteão romano de Agripa, a fachada principal está decorada com um pórtico de colunas de estilo coríntio que apoiam um frontão triangular clássico. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Pormenor da fachada </li></ul>
  10. 10. <ul><li>A planta assenta numa cruz grega, em que as suas quatro pontas terminam com uma fachada. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Corte transversal do edifício </li></ul>
  12. 12. <ul><li>Torres sineiras. </li></ul><ul><li>Torreão central, com três cúpulas em pedra. </li></ul><ul><li>Tambor. períptero, rasgado por janelões. </li></ul><ul><li>Cruzeiro. </li></ul><ul><li>Pórtico. </li></ul>Corte axonométrico
  13. 13. <ul><li>A decoração interior encontra-se repleta de elementos </li></ul><ul><li>de cariz neoclássico. Os antiacadémicos criticaram a estrutura pela sua imitação das casas de recreio romano. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Interior do panteão </li></ul>
  15. 19. <ul><li>Por fim, é coroado por uma cúpula de 83 metros de altura, com um lanternim no topo. </li></ul>
  16. 21. <ul><li>A igreja, dedicada inicialmente a Santa Genoveva, foi destinada posteriormente a ser túmulo de homens ilustres da França como: René Descartes, Marie Curie, Pierre Curie, Jacques-Louis David Alexandre Dumas, Victor Hugo, Marquês de Laplace, Jean Monnet, Jean-Jacques Rousseau e Voltaire. </li></ul>
  17. 22. FIM <ul><li>Trabalho realizado por: </li></ul><ul><li>Laura Figueiras, nº18 12ºF </li></ul>

×