Renascimento Arquitectura

15.065 visualizações

Publicada em

renascimento_história_arquitectura

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.065
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
141
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Renascimento Arquitectura

  1. 1. Renascimento Arquitectura
  2. 2. Índice <ul><li>Periodização da arquitectura do renascimento ………….1 </li></ul><ul><li>A arquitectura …………………………………………..2 </li></ul><ul><li>A arquitectura no renascimento ………………………...3 </li></ul><ul><li>Brunelleschi …………………………………………….5 </li></ul><ul><li>Bramante ……………………………………………….6 </li></ul><ul><li>Miguel Ângelo …………………………………………7 </li></ul><ul><li>Estilo Manuelino ………………………………………8 </li></ul><ul><li>Estilo Manuelino(imagens) ……………………………9 </li></ul><ul><li>Sítios da web consultados …………………………….10 </li></ul><ul><li>Bibliografia ……………………………………………11 </li></ul>
  3. 3. Periodização da Arquitectura do Renascimento <ul><li>A história da arquitectura do Renascimento, como um todo, costuma ser dividida em três grandes períodos: </li></ul><ul><li>Século XIV e início do XV </li></ul><ul><li>Filippo Brunelleschi </li></ul><ul><li>Uma arquitectura que se pretende classicista mas ainda sem o referencial teórico . </li></ul><ul><li>Século XV e início do XVI </li></ul><ul><li>Considerado o período da Alta Renascença </li></ul><ul><li>Arquitectos - Donnato Bramante e Leon Battista Alberti. </li></ul><ul><li>Século XVI </li></ul><ul><li>Maneirismo. </li></ul><ul><li>Arquitectos - Miguel Ângelo, Andreia Palladio e Giulio Romano . </li></ul>
  4. 4. A arquitectura <ul><li>Foi em Florença que se iniciou o movimento de renovação da arquitectura. Os arquitectos utilizaram as formas arquitectónicas clássicas. </li></ul><ul><li>A partir dos modelos clássicos, a arquitectura do Renascimento optou por: </li></ul><ul><li>horizontalidade e simplicidade das linhas que eram completadas com os elementos geométricos e decorativos da Antiguidade; </li></ul><ul><li>tais como: frontões triangulares nas fachadas, arcos de volta perfeita, colunas clássicas, balaustradas, cornijas, cúpulas e decoração com recurso aos elementos da Natureza e figuras mitológicas; </li></ul><ul><li>a estrutura dos edifícios obedecia a um princípio racional de organização geométrica, simetria de volumes, harmonia das formas e de repetição regular dos mesmos elementos- janelas, colunas de várias ordens sobrepostas, de modo a criar formas novas a partir dos elementos arquitectónicas clássicos. </li></ul><ul><li>Concebeu-se assim uma arquitectura criativa inspirada nos modelos clássicos e, em muitas situações, usando soluções técnicas inteiramente novas. </li></ul>
  5. 5. Arquitectura no Renascimento 1-Estátua equestre de Bartolomeo Colleoni, Veneza 2- Palácio Rucellai(1447-1451), Florença
  6. 6. 3-David(1501-1504), Academia de Florença 4-David, Museu Nacional, Florença
  7. 7. Catedral de Florença <ul><li>primeira grande obra do renascimento arquitectónico. </li></ul>
  8. 8. Nas Igrejas do Espírito Santo e de S. Lourenço, Brunelleschi <ul><li>Brunelleschi demonstra o seu domínio do novo estilo. </li></ul><ul><li>A planta, em forma de cruz latina, é inspirada nas basílicas romanas. São edifícios de três naves, a central, mais larga e mais alta, tem a cobertura plana. O pilar cede o lugar à coluna e à pilastra, dotadas de capitéis clássicos. </li></ul>
  9. 9. Catedral de Santa Maria das Flores <ul><li>Levanta-se sobre um tambor octogonal e é de elegantes proporções. A cúpula exterior é pontiaguda, o que permite ganhar altura e resistir às forças laterais. </li></ul>
  10. 10. Palácio Pitti <ul><li>protótipo do palácio renascentista, com a fachada decorada por um rico almofadado. </li></ul>
  11. 11. Brunelleschi <ul><li>Arquitecto e escultor italiano. Estudou na sua juventude os monumentos clássicos de Roma. </li></ul><ul><li>Construtor da cúpula da Catedral de Florença. </li></ul><ul><li>Nas Igrejas de Espírito Santo e S. Lourenço </li></ul><ul><li>Catedral de Santa Maria das Flores </li></ul><ul><li>Palácio Pitti . </li></ul>5- Catedral de Santa Maria das Flores, cúpula (1420-1436), Florença
  12. 12. Bramante <ul><li>Arquitecto e pintor italiano. O seu verdadeiro nome era Donato d'Agnolo di Pascuccio. Foi considerado uma grande figura da arquitectura no Renascimento. </li></ul><ul><li>Santa Maria das Graças e São Sátiro - Milão. </li></ul><ul><li>Em 1500 transferiu-se para Roma. </li></ul><ul><li>Em 1503 - Igreja de S. Pedro in Montorio e Basílica de S. Pedro do Vaticano. </li></ul><ul><li>O projecto original foi modificado por Miguel Ângelo e Rafael. </li></ul>
  13. 13. Miguel Ângelo <ul><li>Em sua obra é constante a referência e citação dos elementos e princípios clássicos, de forma a quebrar o estabelecido. </li></ul><ul><li>Janelas voltadas para o interior </li></ul><ul><li>Criam-se ambientes temáticos </li></ul><ul><li>Brinca-se com os efeitos de ilusão óptica proporcionados pela perspectiva, através de jogos dimensionais fora de propósito </li></ul>7-Pietá(1499), Basílica de S. Pedro, Roma
  14. 14. Estilo Manuelino <ul><li>Manuelino – é uma arte com características próprias. </li></ul><ul><li>A palavra “manuelino” é devida ao nome do rei D. Manuel I. </li></ul><ul><li>Os edifícios manuelinos têm estrutura gótica com uma decoração de: </li></ul><ul><li>- motivos marítimos – cordas, redes, conchas, etc. </li></ul><ul><li>- motivos naturalistas – sol, flores, troncos, etc. </li></ul><ul><li>-símbolos de Portugal – a cruz de Cristo, o escudo real, etc. </li></ul>
  15. 15. Estilo Manuelino(imagens) 8-Convento-de-Cristo-Janela-Tomar 9-Torre de Belém 10-Mosteiro dos Jerónimos- fachada exterior 11- Mosteiros dos Jerónimos- fachada
  16. 16. Sítios da web consultados <ul><li>1- Renascimento arquitectura.ppt#5. Arquitectura no Renascimento </li></ul><ul><li>2-http:// web.educastur,princast.es / proyectos / pj_leontinaai /arte/webimart2 / </li></ul><ul><li>3- http:// fotoseimangens.blogs.sapo.pt /arquivo/david-1.jpg </li></ul><ul><li>4- http:// fotoseimangens.blogs.sapo.pt /arquivo/david-1.jpg </li></ul><ul><li>5- http:// www.patentlessons.com /brunelleschi’s%20dome.jpg </li></ul><ul><li>6- http:// imagens.google.pt / imagens?hl=pt-PT&q=Bramante&btnG=Procurar +imagens </li></ul><ul><li>7- http:// www.igrejacampogrande.pt / images /Pieta1.jpg </li></ul><ul><li>8- http:// upload.wikimedia.org / wikipedia / commons /7/7b/ Convento-de- Cristo_manuelina.jpg </li></ul><ul><li>9-http:// lasige.di.fc.ul.pt /imagens/ torre_belem.jpg </li></ul><ul><li>10-http:// www.molon.de / galleries /Portugal/Lisboa/images01/30%20Mosteiro%20dos%20Jeronimos.jpg </li></ul><ul><li>11-http:// www.laudaair.com /site/ uploads / pics /Mosteiro_Jeronimos1_01.jpg </li></ul>
  17. 17. Bibliografia <ul><li>www.vidaslusofonas.pt /bramante.htm </li></ul><ul><li>www.vidaslusofonas.pt/ filippo_brunelleschi.htm </li></ul><ul><li>http://imagens.google.pt/imagens?hl=pt-PT&q=Bramante&btnG=Procurar+imagens </li></ul><ul><li>http://www.patentlessons.com/brunelleschi’s%20dome.jpg </li></ul><ul><li>http://www.igrejacampogrande.pt/images/Pieta1.jpg </li></ul><ul><li>http://www.geocities.com/dlbl2001/image34.jpg </li></ul><ul><li>http://fotoseimangens.blogs.sapo.pt/arquivo/david-1.jpg </li></ul><ul><li>http://web.educastur,princast.es/proyectos/pj_leontinaai/arte/webimart2/ </li></ul><ul><li>http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/a/a8/ </li></ul><ul><li>http://pt.wikipedia.org/wiki/Michelangelo_Buonarroti </li></ul><ul><li>http://lasige.di.fc.ul.pt/imagens/torre_belem.jpg </li></ul><ul><li>http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/7b/Convento-de-Cristo_manuelina.jpg </li></ul><ul><li>http://www.molon.de/galleries/Portugal/Lisboa/images01/30%20Mosteiro%20dos%20Jeronimos.jpg </li></ul><ul><li>http:// www.laudaair.com /site/ uploads / pics /Mosteiro_Jeronimos1_01.jpg </li></ul>

×