A oposição democrática Sónia Cruz
A luta pela liberdade e pela democracia <ul><li>Apesar da repressão, o salazarismo nunca deixou de ser contestado (a princ...
<ul><li>Nas eleições de 1945, as forças oposicionistas congregam-se no MUD (Movimento de Unidade Democrática) e reclamam a...
Presidenciais de 1949 <ul><li>O candidato da Oposição, General Norton de Matos, foi forçado a desistir, mas conseguindo gr...
O agudizar da contestação ao Regime 1958
Presidenciais de 1958 <ul><li>General Humberto Delgado (Oposição) candidata-se à Presidência da República. </li></ul>
<ul><li>Suscitou grande entusiasmo militar </li></ul>
<ul><li>&quot;Qual a sua atitude para com o Sr. Presidente do Conselho se for eleito?&quot;  </li></ul><ul><ul><li>&quot;O...
<ul><li>Teria ganho as eleições se o Governo de Salazar não tivesse manipulado os resultados que deram a vitória ao almira...
O abalo do Regime <ul><li>Salazar acaba coma a eleição directa do Presidente da República (eleito por um colégio eleitoral...
<ul><li>O Estado Novo estava perto do fim… </li></ul>
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Oposição Democrática

5.937 visualizações

Publicada em

A oposição demogrática ao Estado Novo.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.937
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
102
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
133
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Oposição Democrática

  1. 1. A oposição democrática Sónia Cruz
  2. 2. A luta pela liberdade e pela democracia <ul><li>Apesar da repressão, o salazarismo nunca deixou de ser contestado (a principal força política, ainda que clandestina, era o PCP) </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Nas eleições de 1945, as forças oposicionistas congregam-se no MUD (Movimento de Unidade Democrática) e reclamam a democratização do país. </li></ul><ul><li>Perante o desrespeito pelas regras democráticas, o MUD recomenda aos seus apoiantes que se abstenham, sendo eleitos os candidatos da União Nacional. </li></ul>
  4. 4. Presidenciais de 1949 <ul><li>O candidato da Oposição, General Norton de Matos, foi forçado a desistir, mas conseguindo grande adesão popular vai tornar-se um marco de contestação ao regime. </li></ul>
  5. 5. O agudizar da contestação ao Regime 1958
  6. 6. Presidenciais de 1958 <ul><li>General Humberto Delgado (Oposição) candidata-se à Presidência da República. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Suscitou grande entusiasmo militar </li></ul>
  8. 8. <ul><li>&quot;Qual a sua atitude para com o Sr. Presidente do Conselho se for eleito?&quot; </li></ul><ul><ul><li>&quot;Obviamente, demito-o&quot;. </li></ul></ul><ul><li>O general sem medo estava adiantado para a época e pagou por isso… </li></ul>
  9. 9. <ul><li>Teria ganho as eleições se o Governo de Salazar não tivesse manipulado os resultados que deram a vitória ao almirante, Américo Tomás. </li></ul>
  10. 10. O abalo do Regime <ul><li>Salazar acaba coma a eleição directa do Presidente da República (eleito por um colégio eleitoral), </li></ul><ul><li>Humberto Delgado é exilado (assassinado pela PIDE em Espanha); </li></ul><ul><li>PIDE reforça a actuação violenta e arbitrária; </li></ul><ul><li>Às críticas, o regime respondia com prisão ou exílio; </li></ul><ul><li>Muitos intelectuais saem do país… </li></ul>
  11. 11. <ul><li>O Estado Novo estava perto do fim… </li></ul>

×