A Implantação do Marxismo
Leninismo na Rússia
A construção do modelo soviético
Condições sociais, políticas e económicas que
determinaram a Revolução Russa de fevereiro de 1917
(1)


Fatores políticos...
Condições sociais, políticas e económicas que
determinaram a Revolução Russa de fevereiro de 1917
(2)


Fatores sociais:
...
1917- o ano das revoluções
Fevereiro

 Outubro

- O soviete de Petrogrado assalta
o Palácio de Inverno (sede do
governo)....
A democracia dos sovietes.


A Revolução de Outubro sai vitoriosa devido ao apoio da população mais
pobre da Rússia (camp...
Dificuldades da democracia dos sovietes
 A ação do Governo revolucionário sofreu vários obstáculos:
 As negociações para...
O comunismo de guerra.
Instauração da ditadura do proletariado
 Gerado no ambiente da guerra civil, o comunismo de guerra...
O centralismo democrático


Sistema base da organização do estado soviético (a URSS é fundada em 1922)
e do partido comun...
A Nova Política Económica (NEP)


Consistiu numa viragem da economia (1921) no sentido da liberdade do
comércio e da aber...
A Nova Política Económica (NEP)


Consistiu numa viragem da economia (1921) no sentido da liberdade do
comércio e da aber...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia

9.316 visualizações

Publicada em

Foca a Revolução Soviética e as fases porque passa a implantação do marxismo-leninismo na Rússia - construção do modelo soviético Aborda as características gerais da democracia dos sovietes, do comunismo de guerra e da NEP.
Tem como público alvo os alunos de História A, de 12º ano.

  • Seja o primeiro a comentar

Implantação do Marxismo-Leninismo na Rússia

  1. 1. A Implantação do Marxismo Leninismo na Rússia A construção do modelo soviético
  2. 2. Condições sociais, políticas e económicas que determinaram a Revolução Russa de fevereiro de 1917 (1)  Fatores políticos:  O império russo era governado pelo czar Nicolau II, sob a forma de autocracia (detinha o poder absoluto);  A derrota na guerra russo-japonesa provocou o descrédito no governo do czar;  Em 1905, o descontentamento do povo provocou manifestações (reprimidas com violência – domingo sangrento) e surgiram os primeiros sovietes;  A entrada da Rússia na 1ª GM (onde se sucedem as derrotas) aumenta o descontentamento popular;  O parlamento (Duma) continua sob controlo do czar;  Vários partidos propõem uma liberalização do regime (os bolcheviques são os mais radicais e iniciam a preparação da Revolução de Outubro de 1917.
  3. 3. Condições sociais, políticas e económicas que determinaram a Revolução Russa de fevereiro de 1917 (2)  Fatores sociais:    Sociedade caraterística do Antigo Regime (clero, nobreza e povo) O povo era composto maioritariamente por camponeses (85%) que cultivavam as terras (da nobreza e do clero) para autoconsumo; possuía um número reduzido de operários (nas cidades) e a burguesia era reduzida ( pouca industrialização); Fatores económicos:  Agricultura de subsistência;  Indústria incipiente;  Concentração da riqueza nos grupos privilegiados (clero e nobreza)
  4. 4. 1917- o ano das revoluções Fevereiro  Outubro - O soviete de Petrogrado assalta o Palácio de Inverno (sede do governo). - O czar é substituído, no poder, por Lvov e depois por Kerensky. - Instala-se uma república liberal (daí a designação de Revolução Burguesa). - A agitação social mantem-se, assim como a crise económica e a Rússia continua a participar na Grande Guerra. - A autocracia deu lugar a um poder dual (partilhado pelo governo liberal e pelos sovietes). - Os bolcheviques (Guardas Vermelhos) com o apoio dos sovietes atacam o Palácio de Inverno (Revolução soviética) - O Governo Provisório é substituído pelo Conselho dos Comissários do Povo, presidido por Lenine; a Pasta da Guerra é entregue a Trotsky e a das Nacionalidades a Estaline. - A Revolução de Outubro retira a Rússia da Grande Guerra (tratado de Brest-Litovsk) e inicia a aplicação do marxismo leninismo. Pela primeira vez a luta de classes e a revolução permitem aos representantes do proletariado conquistar o poder político.
  5. 5. A democracia dos sovietes.  A Revolução de Outubro sai vitoriosa devido ao apoio da população mais pobre da Rússia (camponeses sem terra, operários com baixos salários, marinheiros e soldados) organizada em assembleias denominadas sovietes.  Decretos revolucionários:  Decreto sobre a paz – convida todos os povos a negociar a paz.  Decreto sobre a terra – colocava a terra à disposição dos comités agrários e dos sovietes dos camponeses.  Decreto sobre o controlo operário – atribuía aos operários o controlo das fábricas (direção e gestão da produção).  Decreto sobre as nacionalidades – concede aos povos do império russo o estatuto de igualdade e o direito à autodeterminação.  Na medida em que se inspiram nas necessidades do povo e fazem dele o beneficiário, os decretos revolucionários são profundamente democráticos, no verdadeiro sentido da palavra democracia.
  6. 6. Dificuldades da democracia dos sovietes  A ação do Governo revolucionário sofreu vários obstáculos:  As negociações para a paz com a Alemanha (Tratado de Brest-Litovsk) foram prolongadas e conduziram à perda da Polónia, províncias bálticas e Finlândia (a Rússia perde cerca de ¼ da população e da terra arável e cerca de ¾ das minas de ferro e carvão)  Os empresários e os proprietários das terras opuseram-se aos decretos sobre controlo operário e à ocupação das terras.  Os soldados, regressados da guerra, tiveram dificuldade de se reintegrarem na vida civil.  A inflação e a carestia de vida marcavam o quotidiano e o banditismo acentuava-se  A população russa, aos poucos, afastava-se do projeto bolchevique.  A resistência ao bolchevismo lançou a Rússia numa guerra civil (Brancos X Vermelhos)
  7. 7. O comunismo de guerra. Instauração da ditadura do proletariado  Gerado no ambiente da guerra civil, o comunismo de guerra, constitui-se como o período de radicalização da revolução e marcou o fim da democracia dos sovietes (abandona os decretos revolucionários).  Impondo a sua visão do marxismo, Lenine:  Nacionaliza a economia (“centralização dos meios de produção nas mãos do Estado”)  Obriga os camponeses a entregar as colheitas (requisição de géneros).  Banca, comércio interno e externo, frota mercante e empresas passam para a posse do Estado  Ao Estado compete a redistribuição de bens pela população.  Instaura o trabalho obrigatório dos 16 aos 50 anos; aumenta o tempo de trabalho e atribui o salário de acordo com o rendimento.  Proíbe todos os partidos políticos, à exceção do partido comunista.  Aumenta os poderes da polícia política (Tcheca), permite julgamentos sumários e cria campos de concentração.
  8. 8. O centralismo democrático  Sistema base da organização do estado soviético (a URSS é fundada em 1922) e do partido comunista (designação dada ao partido bolchevique em março de 1918) que assentava nos seguintes princípios:   A organização do partido comunista seguia a mesma estrutura. As bases (células) elegiam o Congresso do Partido, este elegia o Comité Central, que elegia o Politburo e o Secretariado-Geral.   O poder partia das bases da sociedade. A população elegia, através do sufrágio universal, os sovietes. Estes elegiam o Congresso dos Sovietes que, por sua vez elegia o Comité Executivo Central e este elegia o Conselho dos Comissários do Povo e o Presidium. As bases obedeciam rigorosamente aos órgãos do topo (quer na estrutura do estado, quer na estrutura do partido comunista). O partido comunista subordinava o estado, controlando-o. De acordo com Lenine este sistema era profundamente democrático pois representava a expressão dos interesses do proletariado.
  9. 9. A Nova Política Económica (NEP)  Consistiu numa viragem da economia (1921) no sentido da liberdade do comércio e da abertura ao capitalismo, de forma a sair da crise causada pela guerra civil e pelo comunismo de guerra.  Lenine introduz então medidas capitalistas para estimular a produção:   Permitiu aos camponeses a venda dos seus produtos no mercado interno.  Devolveu as pequenas empresas ao controlo privado.  Aceitou a ajuda estrangeira em investimento, maquinaria, matérias-primas e técnicos.   Substitui a requisição dos excedentes agrícolas, por um imposto a pagar em géneros. Eliminou o trabalho obrigatório. A NEP permitiu uma recuperação agrícola e industrial e fez ressurgir a burguesia (os kulaks e os nepmen).
  10. 10. A Nova Política Económica (NEP)  Consistiu numa viragem da economia (1921) no sentido da liberdade do comércio e da abertura ao capitalismo, de forma a sair da crise causada pela guerra civil e pelo comunismo de guerra.  Lenine introduz então medidas capitalistas para estimular a produção:   Permitiu aos camponeses a venda dos seus produtos no mercado interno.  Devolveu as pequenas empresas ao controlo privado.  Aceitou a ajuda estrangeira em investimento, maquinaria, matérias-primas e técnicos.   Substitui a requisição dos excedentes agrícolas, por um imposto a pagar em géneros. Eliminou o trabalho obrigatório. A NEP permitiu uma recuperação agrícola e industrial e fez ressurgir a burguesia (os kulaks e os nepmen).

×