Educação para a Geração Móvel Instituto de Educação e Psicologia Universidade do Minho Braga, 11 de Julho de 2008 mLearning:
Introdução  Conceitos, História
O que é o mLearning? <ul><li>O Mobile Learning ou mLearning é uma extensão do e-Learning, em que a aprendizagem se faz atr...
Nativos digitais vs imigrantes digitais Os nossos estudantes mudaram radicalmente e hoje, já não são a população para quem...
Nativos digitais vs imigrantes digitais (Kukulsa-Hulme, 2007; Prensky, 2001; Husband, 2007; Caudill, 2007)
Ouçam os nativos! <ul><li>Prensky defende a necessidade de ouvir os nativos digitais para identificar as competências nece...
O dia-a-dia dos nativos digitais <ul><li>Enviar Mensagens texto (SMS) </li></ul><ul><li>Falar ao telemóvel </li></ul><ul><...
História do mLearning
História do mLearning <ul><li>1930s - 1960s </li></ul><ul><li>Foi criado o primeiro computador ( Z1) </li></ul><ul><li>197...
História do mLearning <ul><li>1990s </li></ul><ul><li>O termo  “Assistente Pessoal Digital&quot; ou PDA foi usado pela 1ª ...
História do mLearning <ul><li>Desde 2000 </li></ul><ul><li>O mLearning começou a crescer de forma exponencial;  </li></ul>...
Potencialidades  Valor do mLearning
O valor do mLearning  <ul><li>O mLearning tem o poder de proporcionar o preenchimento de tempos mortos: enquanto se espera...
Valor mLearning  <ul><li>Permite criar imagens, áudio e vídeo facilmente; </li></ul><ul><li>Alguns conteúdos baseados na W...
Tendências Opções mLearning
Opções mLearning (Corbeil, J. & Valdes-Corbeil, M.E., 2007) eBook PDA Computador Ultra-Portátil  iPod & leitor MP3 /MP4  S...
Opções mLearning <ul><li>2008 - iPhone  </li></ul><ul><li>Introduzido em Junho de  2007 (1ª versão) e hoje a Versão 3G. </...
Desafios <ul><li>Muitas opções! </li></ul><ul><ul><li>Diferentes funcionalidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Diferentes ser...
Impacto Benefícios,  riscos e desafios
Impacto “ Sharples, Taylor & Vavoula, 2005 …  novas possibilidades de realização pessoal e aprendizagem ao longo da vida.
Impacto <ul><li>No espaço de cinco anos o mobile learning passou de uma teoria, explorada por académicos e entusiásticos d...
Anywhere, anytime <ul><li>As pessoas desejam, cada vez mais, conectar-se “aqui e agora”.  </li></ul><ul><li>Elas pedem mai...
Implicações nas práticas educativas
Aprender na Era Móvel (Sharples, Taylor & Vavoula,  Towards a Theory of Mobile Learning  (2005), p.1) Há necessidade de: ....
Características <ul><li>O Mobile Learning está: </li></ul><ul><li>centrado no aprendente;  </li></ul><ul><li>basedo no con...
O mLearning é um bom método? <ul><li>O uso efectivo da tecnologia para ensinar responde aos seguintes critérios: </li></ul...
Geração Móvel AMBIENTE DE APRENDIZAGEM SUPORTADO POR TECNOLOGIAS MÓVEIS
Ambiente Baseado na Web
Web Móvel
Objectivos <ul><li>. Estudar as implicações das tecnologias móveis (Telemóvel e Tablet PC) no processo de ensino e aprendi...
Aprendizagem autónoma  e  colaborativa <ul><li>. Actividades quinzenais (Cultura Geral) </li></ul><ul><li>. Desafios seman...
Exemplos de mLearning <ul><li>Podcasts (áudio)  </li></ul><ul><li>Gravação de vídeos e entrevista </li></ul><ul><li>Captaç...
Conclusões Desafios, interrogações
Que Educação para a Geração do iPod e do iPhone? <ul><li>Ferramentas Web 2.0 com versão móvel   </li></ul><ul><li>Google e...
Metas <ul><li>A adopção desde novo paradigma educativo contribuirá para repensar a educação e enfrentar as exigências da s...
Do modelo rebanho para o modelo mLearning <ul><li>Os jovens de hoje pensam e processam a informação de maneira diferente. ...
Estaremos preparados para a Era Móvel? <ul><li>Comentários </li></ul><ul><li>****** </li></ul><ul><li>Obrigada pela vossa ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

m-learning

2.246 visualizações

Publicada em

O que é o m-learning

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.246
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
16
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
123
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • Welcome to a discussion of mobile learning trends and issues for the future of education, learning and entertainment.
  • m-learning

    1. 1. Educação para a Geração Móvel Instituto de Educação e Psicologia Universidade do Minho Braga, 11 de Julho de 2008 mLearning:
    2. 2. Introdução Conceitos, História
    3. 3. O que é o mLearning? <ul><li>O Mobile Learning ou mLearning é uma extensão do e-Learning, em que a aprendizagem se faz através de dispositivos móveis (telemóvel, PDA, Pocket PC,…). </li></ul><ul><li>O mLearning apresenta a capacidade de aprender quando e onde se quer através de um qualquer dispositivo móvel. </li></ul>
    4. 4. Nativos digitais vs imigrantes digitais Os nossos estudantes mudaram radicalmente e hoje, já não são a população para quem o sistema educacional foi concebido para ensinar. (Mark Prensky, 2001)
    5. 5. Nativos digitais vs imigrantes digitais (Kukulsa-Hulme, 2007; Prensky, 2001; Husband, 2007; Caudill, 2007)
    6. 6. Ouçam os nativos! <ul><li>Prensky defende a necessidade de ouvir os nativos digitais para identificar as competências necessárias para o século XXI. </li></ul><ul><li>Para os nativos, as ferramentas tecnológicas são como extensões do seu cérebro que servem para comunicar, pesquisar, partilhar, trocar, criar, socializar, comprar e vender, programar e, obviamente, aprender. </li></ul>
    7. 7. O dia-a-dia dos nativos digitais <ul><li>Enviar Mensagens texto (SMS) </li></ul><ul><li>Falar ao telemóvel </li></ul><ul><li>Jogar jogos de vídeo </li></ul><ul><li>Ouvir música nos mp3 </li></ul><ul><li>Ler e enviar e-mails </li></ul><ul><li>Navegar na Internet </li></ul><ul><li>Conversar no MSN </li></ul><ul><li>Ver TV e publicidade </li></ul>
    8. 8. História do mLearning
    9. 9. História do mLearning <ul><li>1930s - 1960s </li></ul><ul><li>Foi criado o primeiro computador ( Z1) </li></ul><ul><li>1970s </li></ul><ul><li>Foram introduzidos os primeiros computadores domésticos — o Scelbi, Mark-8 Altair, IBM 5100, Apple I, II; </li></ul><ul><li>O &quot;Dynabook&quot; de Ray, apesar de nunca ter sido construído, foi considerado o precursor dos portáteis modernos; </li></ul><ul><li>Em 1979 é lançado o primeiro telemóvel no Japão. </li></ul><ul><li>1980s </li></ul><ul><li>Surge a revolução do computador pessoal e com ela vêm os computadores Apple Lisa e MacIntosh, o primeiro computador IBM PC e o sistema operativo Microsoft Windows. </li></ul>(Bellis, M. 2005), (Wikipedia: mLearning, 2007)
    10. 10. História do mLearning <ul><li>1990s </li></ul><ul><li>O termo “Assistente Pessoal Digital&quot; ou PDA foi usado pela 1ª vez em Janeito de 1992. </li></ul><ul><li>A Palm Corporation ofereceu bolsas a universidades para criar e testar o uso de aprendizagem móvel na plataforma Palm OS; </li></ul><ul><li>Em 1999 foi introduzido o BlackBerry. </li></ul>(Bellis, M. 2005) (Wikipedia: mLearning, 2007)
    11. 11. História do mLearning <ul><li>Desde 2000 </li></ul><ul><li>O mLearning começou a crescer de forma exponencial; </li></ul><ul><li>2001 </li></ul><ul><li>Primeiros telemóveis 3G; </li></ul><ul><li>2005 </li></ul><ul><li>O FlashLite, o J2ME e o Windows Mobile 2005 tornaram-se os líderes na disponibilização de conteúdos para mLearning; </li></ul><ul><li>2006 </li></ul><ul><li>A Web 2.0 mobile começa a entrar nos dispositivos móveis, com muitos serviços Web a terem também versão mobile; </li></ul><ul><li>2008 </li></ul><ul><li>A Nokia quer estrear telemóveis com tecnologia Wimax </li></ul>(Wikipedia: mLearning, 2007), (Romani & KuKlinski, 2007)
    12. 12. Potencialidades Valor do mLearning
    13. 13. O valor do mLearning <ul><li>O mLearning tem o poder de proporcionar o preenchimento de tempos mortos: enquanto se espera por uma consulta, por um amigo, pela boleia, a caminho da escola ou de casa, nos intervalos, … </li></ul><ul><li>mLearning pode optimizar os tempos mortos com informação que permite ao utilizador tornar-se mais produtivo . </li></ul>
    14. 14. Valor mLearning <ul><li>Permite criar imagens, áudio e vídeo facilmente; </li></ul><ul><li>Alguns conteúdos baseados na Web são facilmente transferíveis para o ecrã pequeno; </li></ul><ul><li>Portabilidade, mobilidade, flexibilidade, autonomia; </li></ul><ul><li>Conexão 24/7. </li></ul><ul><li>On-demand - ter o que quer quando se quer e quando se tem tempo; </li></ul><ul><li>Possibilita a informação em tempo real. </li></ul>
    15. 15. Tendências Opções mLearning
    16. 16. Opções mLearning (Corbeil, J. & Valdes-Corbeil, M.E., 2007) eBook PDA Computador Ultra-Portátil iPod & leitor MP3 /MP4 Smart Phone
    17. 17. Opções mLearning <ul><li>2008 - iPhone </li></ul><ul><li>Introduzido em Junho de 2007 (1ª versão) e hoje a Versão 3G. </li></ul><ul><li>Representa a próxima geração de Smartphones </li></ul><ul><li>Será que o iPhone veio para operar uma revolução mLearning? </li></ul><ul><ul><li>O impacto do iPhone no mLearning e nos aprendentes móveis ainda está por determinar </li></ul></ul>(Wikipedia: mLearning, 2007) (Sweeney, J, 2007)
    18. 18. Desafios <ul><li>Muitas opções! </li></ul><ul><ul><li>Diferentes funcionalidades </li></ul></ul><ul><ul><li>Diferentes serviços </li></ul></ul><ul><ul><li>Diferentes plataformas </li></ul></ul>
    19. 19. Impacto Benefícios, riscos e desafios
    20. 20. Impacto “ Sharples, Taylor & Vavoula, 2005 … novas possibilidades de realização pessoal e aprendizagem ao longo da vida.
    21. 21. Impacto <ul><li>No espaço de cinco anos o mobile learning passou de uma teoria, explorada por académicos e entusiásticos das tecnologias para o mundo real e como um valioso contributo para a aprendizagem. </li></ul>“ Stead, 2005
    22. 22. Anywhere, anytime <ul><li>As pessoas desejam, cada vez mais, conectar-se “aqui e agora”. </li></ul><ul><li>Elas pedem mais: </li></ul><ul><ul><li>Informação </li></ul></ul><ul><ul><li>Suportes de apoio </li></ul></ul><ul><ul><li>Instrução </li></ul></ul><ul><ul><li>Formação </li></ul></ul><ul><ul><li>Educação </li></ul></ul><ul><ul><li>Recursos </li></ul></ul><ul><ul><li>Actividades </li></ul></ul>(Wagner, E., 2005)
    23. 23. Implicações nas práticas educativas
    24. 24. Aprender na Era Móvel (Sharples, Taylor & Vavoula, Towards a Theory of Mobile Learning (2005), p.1) Há necessidade de: . reconceptualizar a aprendizagem na Era Móvel; . reconhecer o papel essencial da mobilidade e da comunicação no processo de aprendizagem; . referir a importância dos conteúdos no estabelecimento de significados; . indicar o efeito de transformação das redes digitais no apoio de comunidades virtuais que transcendem as barreiras da idade e da cultura. “
    25. 25. Características <ul><li>O Mobile Learning está: </li></ul><ul><li>centrado no aprendente; </li></ul><ul><li>basedo no construtivismo social (aprendizagem em rede); </li></ul><ul><li>“ só o suficiente”, “mesmo na hora”, “só para mim”; </li></ul><ul><li>baseado no contexto; </li></ul><ul><li>flexível. </li></ul>(Low & O’Connell, Learner-Centric Design of Digital Mobile Learning (http://online.cit.act.edu.au/mlearning/lowoconnell2006.pdf), p.2)
    26. 26. O mLearning é um bom método? <ul><li>O uso efectivo da tecnologia para ensinar responde aos seguintes critérios: </li></ul><ul><li>Apropriado para os estudantes; </li></ul><ul><li>Fácil de usar e fiável; </li></ul><ul><li>Rentável para professores e alunos </li></ul><ul><li>Permite abordagens apropriadas de ensino e aprendizagem; </li></ul><ul><li>Permite interactividade; </li></ul><ul><li>Apoiado pela organização; </li></ul><ul><li>Não é demasiado novo (já foi testado); </li></ul><ul><li>É tempo é mais eficaz. </li></ul>(Traxler & Kukulska-Hulme, Evaluating Mobile Learning: Reflections on Current Practice ( http://www.mlearn.org.za/CD/papers/Traxler.pdf ), p.2)
    27. 27. Geração Móvel AMBIENTE DE APRENDIZAGEM SUPORTADO POR TECNOLOGIAS MÓVEIS
    28. 28. Ambiente Baseado na Web
    29. 29. Web Móvel
    30. 30. Objectivos <ul><li>. Estudar as implicações das tecnologias móveis (Telemóvel e Tablet PC) no processo de ensino e aprendizagem; </li></ul><ul><li>. Analisar se as tecnologias móveis contribuirão para modificar as atitudes dos alunos face à escola e à aprendizagem . </li></ul>
    31. 31. Aprendizagem autónoma e colaborativa <ul><li>. Actividades quinzenais (Cultura Geral) </li></ul><ul><li>. Desafios semanais (Desenvolvimento de competências de pesquisa) </li></ul><ul><li>. Vídeo na aula de Português (Discussão) </li></ul><ul><li>. Uma Obra de Arte por dia (Literacia estética) </li></ul><ul><li>. Rede social (Comunidades de aprendizagem) </li></ul><ul><li>. Fórum (Aprendizagem colaborativa) </li></ul><ul><li>. Podcasts (A literatura portuguesa em áudio) </li></ul><ul><li>Aplicações de telemóvel </li></ul><ul><li>Comunicação, Vídeo, Áudio, Fotos, SMS, Internet, Email, GPS, MSN … </li></ul>
    32. 32. Exemplos de mLearning <ul><li>Podcasts (áudio) </li></ul><ul><li>Gravação de vídeos e entrevista </li></ul><ul><li>Captação de imagens </li></ul><ul><li>Envio de imagens para o mFlickr </li></ul><ul><li>Poema a várias mãos por SMS </li></ul><ul><li>SMSs poéticas </li></ul><ul><li>TAG vs MOCHE </li></ul>
    33. 33. Conclusões Desafios, interrogações
    34. 34. Que Educação para a Geração do iPod e do iPhone? <ul><li>Ferramentas Web 2.0 com versão móvel </li></ul><ul><li>Google e Zoho </li></ul><ul><li>Twitter </li></ul><ul><li>Wapedia </li></ul><ul><li>Mobilicio.us </li></ul><ul><li>… </li></ul>
    35. 35. Metas <ul><li>A adopção desde novo paradigma educativo contribuirá para repensar a educação e enfrentar as exigências da sociedade actual; </li></ul><ul><li>As tecnologias móveis dão aos indivíduos a possibilidade de escolher quando e onde querem aprender; </li></ul><ul><li>Elas respondem às necessidades de mobilidade e aprendizagens em contexto dos trabalhadores e dos aprendentes; </li></ul><ul><li>Este estudo permitirá abrir a discussão sobre as implicações deste novo paradigma na educação. </li></ul>
    36. 36. Do modelo rebanho para o modelo mLearning <ul><li>Os jovens de hoje pensam e processam a informação de maneira diferente. </li></ul><ul><li>A escola (imigrantes digitais) continua virada para o passado e os jovens (nativos digitais) para o futuro. </li></ul><ul><li>“ Temos de preparar os jovens para enfrentar o futuro, não o passado” (A. Clark) </li></ul>
    37. 37. Estaremos preparados para a Era Móvel? <ul><li>Comentários </li></ul><ul><li>****** </li></ul><ul><li>Obrigada pela vossa presença! </li></ul>

    ×