Mobilidade

10.544 visualizações

Publicada em

Conceitua tecnologias móveis e mobilidade.
Propõe compreender a dimensão educacional do uso das tecnologias móveis nos processos de ensino e de aprendizagem.
Estabelece articulações entre cenários da mobilidade e o cenário da educação e da aprendizagem com mobilidade.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Mobilidade

  1. 1. Mobilidade Por: Egui Branco eguibranco@gmail.com
  2. 2. O que é um Indivíduo móvel?Vamos considerar que se as tecnologias móveisencontram-se em franca evolução, estas parecemdestinadas a transformar-se em um novo paradigmade organização da sociedade.
  3. 3. O que é um Indivíduo móvel? Patrick Lichty O indivíduo móvel é um nômade, que se move de um lugar para outro sem perder contato com o coletivo da “aldeia” eletrônica. Desde que estejam em sua rede de recepção, eles ainda estão (presumivelmente) disponíveis (LICHTY , 2006). http://www.artemov.net/revista.php?idRevistaEdicao=13&page=3
  4. 4. O que é um Indivíduo móvel?
  5. 5. Objetivos∗ Conceituar tecnologias móveis e mobilidade.∗ Compreender a dimensão educacional do uso das tecnologias móveis nos processos de ensino e de aprendizagem.∗ Estabelecer articulações entre cenários da mobilidade e o cenário da educação e da aprendizagem com mobilidade.
  6. 6. Evolução dos Celulares1956 2010 1990 2012
  7. 7. Evolução dos CelularesSe antes tratava apenas de telefonia, hoje se utiliza daconvergência tecnológica, disponibilizandocomunicação e informação instantânea via texto,imagem, vídeo, além de recursos de gerenciamento,como agenda, notícias e outras informações via Internete web.
  8. 8. Dispositivos Móveis Os atuais dispositivos móveis, com suas telas sensíveis ao toque permitem uma navegação muito mais intuitiva e fácil do que com o mouse. Crianças pequenas encontram jogos e aplicativos muito mais rapidamente. Esses equipamentos permitem experimentar muitas formas de pesquisa e desenvolvimento de projetos, jogos, atividades dentro e fora da sala de aula, individual e grupalmente.
  9. 9. Dispositivos MóveisJosé Manuel Moran O professor não precisa focar sua energia em transmitir informações, mas em disponibilizá-las na web, gerenciando atividades significativas desenvolvidas para os alunos, mediando e intervindo em cada etapa das atividades didáticas. Poderemos ensinar e aprender a qualquer hora, em qualquer lugar e da forma mais conveniente para cada situação (MORAN, online). http://www.eca.usp.br/moran/
  10. 10. Dispositivos Móveis
  11. 11. Características dos dispositivos móveis Uma das características dos dispositivos móveis consiste em permitir, literalmente, que você os utilize enquanto se desloca de um lugar a outro. Certamente você carrega seu celular aonde você vai, não é? E provavelmente, já conhece ou utilizou um computador portátil (notebook) ou um tablet. Essas são algumas das tecnologias denominadas móveis; você as leva, mas não depende de fios ou de fontes externas de energia elétrica (basta que estejam com a “bateria carregada”).
  12. 12. Características dos dispositivos móveisE, o que isso significa?Que é possível manter acervos digitais em mídias móveis, semque dependam da Internet para serem acessados, visualizados,editados.Dessa forma, nossos alunos podem acessar materiais digitais deestudo, preparados e gravados por você em pequenosperiféricos, como em um pendrive, DVD ou outra mídia“carregável”, trazidos para a sala de aula e compartilhados.
  13. 13. Características dos dispositivos móveis
  14. 14. Características dos dispositivos móveisPodemos ilustrar o funcionamento de dispositivos móveis,trazendo algumas situações práticas de mobilidade tecnológica,por exemplo:∗ nosso celular tem uma câmera e, num click, podemos capturar uma imagem ou vídeo e enviar para um endereço de e-mail ou para outro celular;∗ podemos escolher músicas e armazenar uma centena delas em um só aparelho e ouvi-las enquanto fazemos uma caminhada ou lemos um livro, etc. Dentre esses aparelhos, os mais conhecidos são o Ipod e os tocadores de mp3;
  15. 15. Características dos dispositivos móveis∗ com um computador portátil (notebook) ou um tablet podemos utilizá-los em casa, por meio de um cabo de rede ligado a um provedor de Internet. Mas também podemos configurar para conectar-se a uma rede sem fio. Em viagem, podemos levar esses equipamentos e acessar via rede sem fio e, navegar pela web, abrir e-mails, encaminhar atividades, etc...
  16. 16. Características dos dispositivos móveis
  17. 17. Características dos dispositivos móveisVale lembrar que enquanto computadores e laptops utilizam-se desoftwares para executar seus programas, os dispositivos móveisutilizam-se de aplicativos (Apps).Aplicativos são softwares utilizados para funções específicas emdispositivos móveis. São normalmente operadas pelo proprietário dosistema operacional móvel, como App Store, Google Play, BlackBerryApp World, Ovi Store, entre outros. Alguns aplicativos são gratuitos, eoutros tem custo. Normalmente são baixados da plataforma para umdispositivo como um iPhone, BlackBerry, Android ou telefone, mastambém podem ser baixados em laptops ou desktops.
  18. 18. Características dos dispositivos móveis Fonte: Aplle Store
  19. 19. MobilidadeAssim, por meio das características dos dispositivos móveis,definimos Mobilidade, termo utilizado para identificardispositivos que podem ser operados a distância ou sem fio.Então, percebeu que o dispositivo móvel é o que gera amobilidade?E que a mobilidade ultrapassa a definição tecnológica, indo maisalém, no sentido de outras possibilidades frente ao mundodigital, da comunicação e da informação?
  20. 20. Mobilidade e UbiquidadeRelacionando Mobilidade ao conceito das tecnologias deinformação e comunicação, surge um novo termo: a ubiquidadeque resulta da integração dos sistemas e respectivas informaçõesque são capazes de processar.Ou seja, ubiquidade é a condição de estar em toda parte aomesmo tempo; onipresente.
  21. 21. UbiquidadeMobilidade e ubiquidade não são semelhantes e simconsequentes. Da mesma forma que os dispositivos móveisgeram a mobilidade, esta permite a ubiquidade.Se antes precisávamos dizer ondeestávamos e para onde íamos, hoje,com a mobilidade dos dispositivos,são estes a nos seguirem, nos olharem,nos localizarem.
  22. 22. Implicações na EducaçãoMas, quais seriam asconsequências e asimplicaçõesdisso para osprocessoseducacionais?
  23. 23. Implicações na EducaçãoPense a respeito de uma simultaneidade, do “tudo ao mesmotempo agora”. Qual grau de mobilidade é permitido a você,educador, no sentido de ampliar aos seus alunos a comunicação eo acesso a informações atualizadas?Sob o contexto dessas novas práticas culturais, quepossibilidades você consegue imaginar a respeito do agora e dofuturo de sua prática pedagógica?
  24. 24. Dispositivos móveis na educaçãoEdgar Marçal de Barros Filho Conforme Marçal et al. (2005) quanto ao uso de dispositivos móveis no processo educacional, devemos: • melhorar os recursos para o aprendizado, que poderá contar com um dispositivo para execução de tarefas, anotação de ideias, consulta de informações via internet, registros digitais e outras funcionalidades; • prover acesso aos conteúdos em qualquer lugar e a qualquer momento;
  25. 25. Dispositivos móveis na educaçãoEdgar Marçal de Barros Filho • aumentar as possibilidades de acesso a conteúdos, incrementando e incentivando a utilização dos serviços providos pela instituição; • expandir as estratégias de aprendizado disponíveis, através de novas tecnologias que dão suporte tanto à aprendizagem formal como à informal; • fornecer meios para o desenvolvimento de métodos inovadores de ensino, utilizando os recursos de computação e de mobilidade (MARÇAL et al., 2005, p. 3). http://seer.ufrgs.br/RENOTE
  26. 26. Dispositivos móveis na educação Porém, ao pensarmos e analisarmos as questões que envolvem aprendizagem com mobilidade, também precisamos compreender que as tecnologias móveis, que estão a nosso dispor, não podem ser unificadas e sim diferenciadas na metodologia e no conteúdo da educação.
  27. 27. Dispositivos móveis na educação Elaine SchlemmerUm estudo de Schlemmer et al.(2007), a partir de uma pesquisasobre os casos de uso daaprendizagem com mobilidade,traz algumas reflexões econsiderações acerca dodesenvolvimento diferenciadode softwares e de conteúdos aserem disponibilizados emdistintos dispositivos móveis:
  28. 28. Dispositivos móveis na educação Elaine Schlemmer∗ a consideração das limitações ainda existentes nos dispositivos móveis, especialmente em relação a questões ergonômicas e de conectividade;∗ flexibilidade, simplicidade, agilidade, parcimônia (poucas ferramentas, adequadas ao objetivo de cada atividade educacional);∗ baixo custo de aquisição e manutenção;∗ possibilidade de trabalho online e offline são as características mais mencionadas;∗ ser multiplataforma e multiaparelho (poder ser acessado por diferentes dispositivos móveis) é outra característica valorizada.http://www.abed.org.br/congresso2007/tc/552007112411PM.pdf
  29. 29. ReferênciasLICHTY, P. Pensando a Cultura Nomádica: Artes Móveis e Sociedade. In: Artemov, Edição 04.Disponível em: < http://www.artemov.net/revista.php?idRevistaEdicao=13&page=3> , 2006.Acesso em 08 de nov.2012.MARÇAL et al. Aprendizagem utilizando Dispositivos Móveis com Sistemas de RealidadeVirtual. In: RENOTE: revista novas tecnologias na educação: V.3 Nº 1, Maio, Porto Alegre:UFRGS, Centro Interdisciplinar de Novas Tecnologias na Educação, 2005.MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Convergência das mídias. Disponível em:http://www.eproinfo.mec.gov.br/webfolio/Mod83527/index.html, acesso em 08 de nov.2012.MORAN, José M. Tablets e netbooks na educação. Disponível em:http://www.eca.usp.br/moran/tablets.pdf, acesso em 08 de nov. 2012.SCHLEMER, Eliane. SACCOL, Amarolinda. Z.; BARBOSA, Jorge; REINHARD, Nicolau. M-learning ou aprendizagem com mobilidade: CASOS NO CONTEXTO BRASILEIRO. In: 13°Congresso Internacional ABED de Educação a Distância. Paraná. 2007. Disponívelem:http://www.abed.org.br/congresso2007/tc/552007112411PM.pdf.

×