Glossário matemático ilustrado

11.484 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.484
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.685
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
460
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Glossário matemático ilustrado

  1. 1. Agrupamento Vertical de Escolas de Sines GLOSSÁRIO MATEMÁTICOADIÇÃO - Uma das quatro operações básicas da aritmética, utilizada para adicionar um número a outro.ADIÇÃO DE NÚMEROS RACIONAIS - Para adicionar ou subtrair números representados por frações, com omesmo denominador, adicionam-se ou subtraem-se os numeradores e mantém-se o denominador.Para adicionar ou subtrair números representados por frações com denominadores diferentes substituem-se as frações por outras equivalentes, e que tenham o mesmo denominador, e depois efetua-se o cálculo. Ex. Ex:ADIÇÃO ALGÉBRICA - É uma adição onde se adicionam números negativos e positivos de uma só vez. Porexemplo, a expressão (-5)+(-10)+(+4)-(-6) é uma adição algébrica. Estas expressões podem ser simplificadas,usando a regra dos sinais.Ex. (-5)+(-10)+(+4)-(-6)=-5-10+4+6 -15+10=-5 O número -5 é a soma algébrica da expressão dada.ADIÇÃO E SUBTRAÇÃO DE POTÊNCIAS - Para somar (ou subtrair) potências, calcula-se o valor de cada umadas potências e somam-se (ou subtraem-se) os resultados.Ex. 34 + 63 = 81 + 216 = 297ADITIVO - Numa subtração, chama-se aditivo ao número ao qual se subtrai outro, chamado subtrativo.ALFA ( α) - Primeira letra do alfabeto grego.ALGARISMO - Símbolos utilizados para representação de números. Em nosso sistema de numeração debase 10, existem dez algarismos: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9.ALGORITMO - Um conjunto de regras necessárias à resolução de um problema ou cálculo.ALTURA - Num polígono, a altura é o segmento de reta que une um vértice ao lado oposto e éperpendicular a este. Num sólido, a altura é o segmento de reta que une um vértice à face oposta e éperpendicular a esta.AMPLITUDE DE UM ÂNGULO -É a propriedade que ele tem em comum com todos os ângulos que lhe sãogeometricamente iguais.ÂNGULO - É a figura formada por duas semirretas (lados) com a mesma origem (vértice).1. Ângulo nulo: mede 0°.2. Ângulo agudo: mede mais de 0° e menos de 90°.3. Ângulo reto: mede 90°.4. Ângulo obtuso: mede mais de 90° e menos de 180°.5. Ângulo raso: mede 180°.6. Ângulo giro: mede 360°.Profª Helena Borralho/2012-13
  2. 2. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesÂNGULOS ADJACENTES - São aqueles que têm em comum apenas um lado e o vérticeÂNGULOS ALTERNOS-EXTERNOS - Num sistema de duas retas paralelas cortadaspor uma terceira, chamam-se ângulos alternos-externos aos pares a,c e b,d assinalados na figura.Os ângulos alternos-externos são geometricamente iguais, por isso têm a mesma amplitude.ÂNGULOS ALTERNOS-INTERNOS - Num sistema de duas retas paralelas cortadas por uma terceira chamam-se ângulos alternos-internos aos pares e, g e f, h assinalados na figuraOs ângulos alternos-internos são geometricamente iguais, por isso têm a mesma amplitude.ÂNGULOS COMPLEMENTARES - São aqueles cuja soma das amplitudes é igual a 90°ÂNGULO EXTERNO DE UM POLÍGONO - É um ângulo formado por um lado do polígono e peloprolongamento de outro. ̂ÂNGULO EXTERNO DE UM TRIÂNGULO - É um ângulo cujo vértice é um vértice do triângulo, um dos seuslados contém um lado do triângulo e o outro lado do ângulo é o prolongamento do outro lado do triângulocom origem no vértice selecionado.Profª Helena Borralho/2012-13
  3. 3. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesÂNGULO INTERNO DE UM POLÍGONO - É o ângulo (α) formado por dois lados adjacentes.ÂNGULOS SUPLEMENTARES - São aqueles cuja soma das amplitudes é igual a 180°.ÂNGULOS VERTICALMENTE OPOSTOS - São aqueles que têm em comum o vértice e cujos lados de um sãoo prolongamento dos lados do outro. Ângulos verticalmente opostos têm a mesma amplitude.AMOSTRA – É uma parte da população sobre a qual incide a observação do estudo estatístico.ARCO – porção de circunferência limitada por dois pontos. ̂ - arco da circunferênciaARE - Unidade de medida de área, do sistema métrico, igual a 100m2ÁREA - Extensão de uma superfície que é medida em unidades próprias. A unidade de medida maisfrequente é m2. (área de um quadrado com 1metro de lado). MEDIDAS DE ÁREA 1 ha (hectare) = 10000 m2ÁREA DO CÍRCULO=  x r2 (r=raio)Profª Helena Borralho/2012-13
  4. 4. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesÁREA DO PARALELOGRAMO= b x hÁREA DO RETÂNGULO= b x hÁREA DO TRIÂNGULO= b x h /2ÁREA DO QUADRADO = l x l = l2ARESTA - É um segmento de reta que separa duas faces de um poliedro.ARREDONDAMENTOS - Os arredondamentos podem ser feitos em relação a qualquer ordem; unidades,dezenas, milhares, décimas, etc. Para arredondar um número: escolhe-se a ordem em relação à qual se vaifazer o arredondamento; compara-se com 5, o algarismo da ordem que está à direita da ordem escolhida.Arredondamento às unidades: em 25,7 o algarismo à direita das unidades é maior que 5: arredonda-se paracima, aproximação por excesso, ou seja, 26. Em 23,2 o algarismo à direita do algarismo das unidades émenor que 5: arredonda-se para baixo, aproximação por defeito, ou seja, 23.ARITMÉTICA - Parte da Matemática que estuda os números e as operações.AVOS - Nomeia frações de denominadores maiores que 10, mas diferentes de 100, 1000, etc. Por exemplo,a fração, , lê-se "sete doze avos".BETA () – Segunda letra do alfabeto gregoBISSETRIZ - A bissetriz de um ângulo é a semirreta com origem no vértice do ângulo e que o divide em doisângulos iguais. A bissetriz coincide com o eixo de simetria do ângulo.Profª Helena Borralho/2012-13
  5. 5. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesCALCULAR- Realizar uma operação, como por exemplo, a adição, a subtração, a multiplicação, a divisão oupotenciação, visando obter um resultado.CÁLCULO - Procedimento que leva ao resultado de uma operação.CAPACIDADE – Quantidade de líquido que um recipiente pode conter. Unidade principal: litro ℓ 1 ℓ = 1 dm3CASA DECIMAL - Num número com vírgula chamam-se casas decimais aos algarismos colocados à direita davírgula. Eles formam a parte decimal do número. A primeira casa decimal chama-se décima e as seguintes:centésima, milésima, décima milésima, centésima milésima e milionésima. A vírgula separa a parte inteirada parte decimal do número.CATETOS: São os dois lados menores do triângulo retângulo. Dependendo de como visualizamos o triânguloretângulo, um de seus lados menores estará na vertical. Os catetos formam o ângulo reto do triângulo. Oscatetos são denominados oposto ou adjacente, de acordo com a sua posição em relação a um dado ângulodo triângulo retângulo: se o cateto está junto ao ângulo de referência, é chamado adjacente; se está opostoa este ângulo, é chamado oposto.CENSO OU RECENSEAMENTO - Estudo estatístico em que se observam todos os elementos da população. Éum estudo científico sobre pessoas, instituições ou objetos físicos com o propósito de adquirirconhecimentos, observando todos os seus elementos, e tirar conclusões, de natureza quantitativa, acercade características importantes do universo do estudo.CENTENA - Grupo de 100 unidades.CENTÉSIMO - Dividindo-se uma unidade em 100 partes iguais, cada parte é um centésimo dessa unidade.Um centésimo pode ser indicado assim: .CENTÍMETRO: A centésima parte do metro. Representa-se como cm.CHAVETA – { } significa conjuntoCILINDRO DE REVOLUÇÃO - É o sólido que se obtém quando um retângulo efetua uma rotação completasobre qualquer um dos seus lados.Profª Helena Borralho/2012-13
  6. 6. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesCÍRCULO - É a porção de plano limitada por uma circunferência.CIRCUNFERÊNCIA - É um conjunto de pontos que estão à mesma distância de um ponto interior que sechama centro.CLASSIFICAÇÃO - Forma de separar objetos ou números que possuem certos atributos ou caraterísticas.COMPASSO -Utensílio que serve para desenhar circunferências.CONSTANTE DE PROPORCIONALIDADE DIRETA -É a razão constante entre valores correspondentes deduas variáveis diretamente proporcionais.CORDA - É o segmento de reta que une dois pontos quaisquer da circunferência.CRITÉRIOS DE DIVISIBILIDADE - Um número é divisível por 2 quando o seu algarismo das unidades é 0, 2, 4,6 ou 8; Um número é divisível por 3 quando a soma dos seus algarismos é múltiplo de 3; Um número édivisível por 5 quando o seu algarismo das unidades é 0 ou 5; Um número é divisível por 10 quando o seualgarismo das unidades é 0; Um número é divisível por 100 quando os seus algarismos das unidades e dasdezenas são ambos 0.CONE: Um sólido obtido pela rotação de um triângulo retângulo em torno dum dos catetos.CUBO - É um poliedro regular com seis faces quadradas. É um dos 5 sólidos platónicosCUBOS PERFEITOS - Nome que se dá a todos os números inteiros cuja raiz cúbica ainda é um númerointeiro.DADOS - Elementos numéricos ou algébricos de informação de um problema.DADO ESTATÍSTICO - É o resultado da observação de um atributo/variável qualitativa ou quantitativa.Profª Helena Borralho/2012-13
  7. 7. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesDECÁGONO - É um polígono com dez lados.DÉCIMO - Dividindo-se uma unidade em 10 partes iguais, cada parte é um décimo dessa unidade. Umdécimo pode ser indicado assim: .DECOMPOSIÇÃO EM FATORES PRIMOS - Um número está decomposto em fatores primos quando estáescrito sob a forma de um produto de fatores em que todos são números primos. Qualquer númerocomposto pode ser decomposto num produto de fatores primos.DENOMINADOR – O denominador da fração representa o número de partes iguais em que se tenhadividido a unidade.DESIGUALDADE TRIANGULAR: Num triângulo, o comprimento de qualquer lado é menor que a soma doscomprimentos dos outros dois lados.Em qualquer triângulo, tem-se a<b+c, b<a+c e c<a+b.DEZENA - Grupo de 10 unidadesDIAGONAL - A diagonal de um polígono é um segmento de reta que une dois vértices não consecutivos. Asdiagonais de um paralelogramo cortam-se ao meio (também se diz: bissetam-se). Cada uma das diagonaisde um paralelogramo divide-o em dois triângulos geometricamente iguais. As diagonais de um retângulosão iguais. As diagonais de um losango são perpendiculares. As diagonais de um quadrado sãoperpendiculares e iguais.Profª Helena Borralho/2012-13
  8. 8. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesDIAGRAMA DE CAULE E FOLHAS - Pode-se organizar um conjunto de dados utilizando uma representaçãográfica do tipo seguinte: Esta representação chama-se diagrama de caule-e-folhas. 2 37 3 5778889 4 01466788 5 234579 6 02358O caule é a coluna com os números 2, 3, 4, 5 e 6 que representam o algarismo das dezenas e as folhas querepresentam o algarismo das unidades de cada um dos dados.DIÂMETRO - É a corda que passa pelo centro da circunferência. A medida do diâmetro (d) é o dobro damedida do raio (r): d = 2 × r.DIFERENÇA - A diferença de dois números, a e b, é o número que se tem que adicionar a b para se obter a;representa-se por a-b. A operação que permite calcular uma diferença é a subtração. O número a designa-se por aditivo, sendo b o subtrativo.DISTÂNCIA: A distância entre dois pontos é medida pelo comprimento do segmento de reta que os liga.DIVIDENDO - O número que será dividido em uma operação de divisão. Na operação 18÷9=2, 18 é odividendo.DIVISÃO - Uma das quatro operações básicas da aritmética. Usada para saber o número de vezes que umnúmero está contido em outro número.DIVISÃO DE DOIS NÚMEROS RACIONAIS - Para dividir dois números racionais multiplica-se o dividendopelo inverso do divisor.DIVISORES PRIMOS - Diz-se dos divisores de um número que são números primos tais como: 2, 3, 5, 7, 11,13, 17, 19, 23, 31...DIVISÃO DE POTÊNCIAS COM A MESMA BASE - Para dividir potências com a mesma base (diferente dezero), mantém-se a base e subtraem-se os expoentes.DIVISÃO DE POTÊNCIAS COM O MESMO EXPOENTE - Para dividir duas potências com o mesmo expoente,mantém-se o expoente e dividem-se as bases (divisor diferente de zero).DIVISÍVEL - Um número é divisível por outro se o resto da divisão do primeiro pelo segundo for zero.DIVISOR - É o segundo termo da divisão. É o que divide o dividendo. Na operação 18÷9=2, 9 é o divisor. Diz-se que a é divisor de b quando b a dividir por a dá resto zero. Neste caso também se diz que b é múltiplode a.DÍZIMA - Representação de um número na sua forma decimal. As dízimas podem ser: finitas e infinitas.DÍZIMA PERIÓDICA - Parte decimal de um número que se repete indefinidamente. Exemplo:2,345345345...Profª Helena Borralho/2012-13
  9. 9. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesDODECAEDRO - É um poliedro regular com doze faces pentagonais.DODECÁGONO - É um polígono com doze lados.EIXO DE REFLEXÃO - A reta que separa uma figura de sua reflexão.ELEMENTO - Um objeto de um conjunto é um elemento deste conjunto.ELEMENTO NEUTRO - Em uma operação é o elemento que não tem influência no resultado final. Oelemento neutro na adição é o zero e na multiplicação e divisão é o 1.ELEMENTOS DA CIRCUNFERÊNCIAELEMENTOS DE UM POLIEDRO - Os elementos de um poliedro são as faces, as arestas e os vértices.ELEMENTO ABSORVENTE DA MULTIPLICAÇÃO – É o zero.ENEÁGONO- É um polígono com nove lados.ENUMERAR - Associar objetos de uma forma unívoca aos números naturais.EQUAÇÃO - Expressão algébrica indicada por uma igualdade, onde há valores desconhecidos expressos porletras (incógnitas).EQUIVALENTES - Que é do mesmo valor. Aquilo que equivale.Profª Helena Borralho/2012-13
  10. 10. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesESCALA -É a razão entre as dimensões de uma figura e as dimensões reais, expressas na mesma unidade.Por ex.: num mapa à escala 1cm representa 2000 cm.ESFERA - É o lugar geométrico do conjunto dos pontos da superfície esférica ou do seu interior.ESQUADRO - Instrumento de desenho com a forma de um triângulo retângulo.ESTATÍSTICA - Parte da Matemática que organiza e apresenta informações numéricas, além de obterconclusões a partir dessas informações.ESTIMATIVA OU ESTIMAR - Atitude de estimar um resultado numérico. É o resultado aproximado de umaoperação.EXPRESSÃO NUMÉRICA - Uma expressão numérica representa um número. As expressões numéricastraduzem em linguagem matemática, uma ou mais operações. Na resolução de problemas utilizam-se expressões numéricas.Regras de resolução de uma expressão numérica:1. Efetuam-se em 1º lugar os cálculos dentro de parênteses.2. As multiplicações e as divisões têm prioridade sobre as adições e as subtrações, e efetuam-se pela ordem indicada.3. As adições e as subtrações efetuam-se pela ordem indicada.EXTREMOS DE UMA PROPORÇÃO - Uma proporção tem quatro termos, sendo o primeiro antecedente e oúltimo consequente: os extremosFACE - É um polígono que define um lado de um poliedro, delimitado por arestas.FATOR - Os números inteiros multiplicados em uma multiplicação são os fatores. Em 2×6 = 12, 2 e 6 são osfatores de 12.FATORES PRIMOS - Os fatores primos de um número são os números primos cujo produto dá esse número.Cada número tem um único conjunto de fatores primos. Exemplo: Os fatores primos do número 165 são 3,5 e 11 porque 165 = 3 x 5 x 11FIGURAS EQUIVALENTES - São figuras que têm a mesma área. Figuras equivalentes não têmnecessariamente de ter a mesma forma. A BFIGURAS SEMELHANTES - São figuras que têm a mesma forma. Diz-se que duas figuras têm a mesma formase uma delas for uma redução ou uma ampliação da outra ou se forem geometricamente iguais.Profª Helena Borralho/2012-13
  11. 11. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesFIGURAS GEOMETRICAMENTE IGUAIS - Diz-se de duas figuras geométricas que se podem sobrepor pontopor ponto. Duas figuras geometricamente iguais têm os lados e os ângulos geometricamente iguais.FÓRMULA - Expressão que indica, em linguagem matemática, os cálculos que devem ser efetuados para seobter um determinado resultado.FRAÇÃO - Uma fração representa uma parte de um todo (a unidade), ou seja, é uma divisão em partesiguais. Os termos da fração (exemplo: 4/8) são o denominador (8) e o numerador (4). O denominadorindica o número de partes iguais em que se divide a unidade. O numerador indica quantas dessas partesse consideram. Numa fração os termos são sempre números inteiros.FRAÇÃO IMPRÓPRIA - Tem o numerador maior que o denominador.FRAÇÃO IRREDUTÍVEL - Uma fração onde o numerador e o denominador não têm um divisor comum maiordo que 1. Ex.FRAÇÃO PRÓPRIA - Uma fração própria é uma fração que tem o numerador menor do que o denominador.FRAÇÕES DECIMAIS - São frações cujo denominador é igual a 10, 100,1000,…FRAÇÕES EQUIVALENTES - São frações que representam o mesmo número. Princípio de equivalência defrações: obtém-se frações equivalentes multiplicando ou dividindo os dois termos de uma fração pelomesmo número inteiro, diferente de zero.FRACIONÁRIO - Número racional não inteiro que pode ter a forma de um quociente de dois númerosinteiros. Um número fracionário pode ser uma fração mas uma fração pode não ser um númerofracionário. Um número fracionário pode representar-se por uma dízima finita 3/2=1,5 ou por uma dízimainfinita periódica (ou infinita) 2/3=0,666…ou 0,(6).FREQUÊNCIA ABSOLUTA DE UM ACONTECIMENTO é o número de vezes que esse acontecimento severifica.Profª Helena Borralho/2012-13
  12. 12. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesFREQUÊNCIA RELATIVA é o quociente entre a frequência absoluta do acontecimento e o número total deobservações.GAMA: Gama (γ) é a terceira letra do alfabeto grego.GEOMETRIA - A área da Matemática que trabalha com sólidos, superfícies, linhas, pontos ângulos e suasrelações.GEOPLANO - Base de madeira ou de plástico composta de pregos ou metais disposta em quadrado,permitindo a construção de vários polígonos e aprofundamento de uma variedade de conceitosgeométricos.GRÁFICO - Um quadro que permite representar os dadosGRÁFICOS DE BARRAS - Um gráfico onde os dados são representados com barras verticais ou horizontais.GRÁFICO DE LINHA - Um gráfico formado por uma linha construída pela ligação de segmentos de reta,unindo os pontos que representam os dados.GRÁFICO DE UMA PROPORCIONALIDADE DIRETA- É um conjunto de pontos pertencentes à mesma retaque passa pela origem.GRAMA - Medida de massa. 1000 gramas = 1Kg.Profª Helena Borralho/2012-13
  13. 13. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesGRANDEZAS DIRETAMENTE PROPORCIONAIS - Dizemos que x e y são grandezas diretamente proporcionaisse o quociente entre cada par de valores correspondentes é constante: ou y =kx K - é a constante de proporcionalidadeGRAU (unidade de medida de um ângulo) - Utiliza-se para medir a amplitude de um ângulo e pertence aum sistema de medição chamado sistema sexagesimal. Neste sistema: 1 grau corresponde a 60 minutos(1°= 60’).HECTARE - Unidade de área (símbolo: ha) equivalente a 10.000 metros quadradosHEXAEDRO - É um dos cinco sólidos platónicos mais vulgarmente conhecido por cubo. É um poliedroregular em que as seis faces são quadrados.HEPTÁGONO - É um polígono com sete ladosHEXÁGONO - É um polígono com seis lados.HIPOTENUSA - O maior lado de um triângulo. É o lado que se opõe ao ângulo reto de um triângulo e estárelacionado com os catetos pelo Teorema de Pitágoras.HORIZONTAL – Linha paralela ao horizonte.ICOSAEDRO - Um poliedro com 20 faces.IDENTIDADE FUNDAMENTAL DA SUBTRAÇÃO: o aditivo é igual à soma do subtrativo com a diferença. aditivo= subtrativo + diferençaIGUALDADE DE EULER - A igualdade de Euler diz que o número de faces mais o número de vértices é igualao número de arestas mais duas unidades: F+V=A+2ÍMPAR - Diz-se do número inteiro que não é divisível por 2 ou o que não tem 2 como fator.INFINITO - Que não é finito. O conjunto dos números naturais é infinito, pois sempre existirá um outronatural que supera o anterior. Significa algo tão grande que não pode ser contado.Profª Helena Borralho/2012-13
  14. 14. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesINTERSECÇÃO - Conjunto de pontos que duas ou mais figuras têm em comum.INVERSO DE UM NÚMERO RACIONAL - Dois números racionais dizem-se inverso um do outro quando oseu produto é 1. Só se indica o inverso de um número racional diferente de zero. é o inverso de 2.ISOMETRIA- É uma transformação geométrica que mantém os comprimentos dos segmentos de reta e aamplitude dos ângulos correspondentes iguais. As isometrias podem ser: Translações, Rotações, Reflexõese Reflexões deslizantes. Ex:LARGURA - Dimensão perpendicular ao comprimento (plano horizontal) ou à altura (plano vertical).LINHA POLIGONAL - Linha formada por segmentos de reta que têm um extremo em comum. Uma linhapoligonal diz-se fechada se o extremo final do último segmento de reta coincide com extremo inicial doprimeiro; caso contrário, diz-se aberta. linha poligonal aberta linha poligonal fechadaLITRO - Unidade de medida de capacidade (símbolo: l).LOSANGO- Um paralelogramo com quatro lados iguais, dois a dois paralelos, sendo que os ângulos opostosobtidos a partir de uma mesma diagonal são iguais.MASSA - A massa de um objeto é a propriedade de ser mais ou menos pesada. A massa de um objetodepende de seu volume e da matéria de que o objeto é constituído. O peso de um objeto, além disso,depende do local onde se encontra (sobre a Terra ou sobre a Lua, no Polo Sul ou sobre a Linha doEquador...): o peso mede a força com a qual o objeto é arremessado.MATEMÁTICA - Ciência que estuda números e formasProfª Helena Borralho/2012-13
  15. 15. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesMÁXIMO DIVISOR COMUM (m.d.c.) - o (m.d.c.) de dois ou mais números é o maior dos divisores comunsdesses números. m.d.c(156,234)=2x3x13=78MÉDIA ARITMÉTICA - É o valor que se obtém adicionando todos os valores e dividindo pelo número totaldeles.METRO - (m) unidade principal de comprimento. 1m = 100 cm = 1000mm.METRO CÚBICO - unidade de volume igual ao volume de um cubo com um metro de aresta. Símbolo: m 3MÍNIMO MÚLTIPLO COMUM (m.m.c.) - o (m.m.c.) de dois ou mais números é o menor múltiplo comum atodos eles, excetuando o zero. O m.m.c. é igual ao produto dos fatores primos comuns e não comunselevados ao maior expoente. m.m.c(156,234)=2x2x3x3x13=468MINUTO (min) - Unidade de tempo correspondente à sexagésima parte da hora. Unidade angular 60minutos = 1 grau.MODA DE UM CONJUNTO DE DADOS ESTATÍSTICOS - É o dado que ocorre com maior frequência absoluta.A moda em 2, 3, 4, 2, 2, 3, 4, 3, 6, 5, 7, 2 é o número 2 pois aparece mais vezes (4 vezes).MULTIPLICAÇÃO- Uma das quatro operações básicas da aritmética, que realiza o produto de dois ou maistermos denominados fatores. A multiplicação é uma adição repetida.MULTIPLICAÇÃO DE POTÊNCIAS COM A MESMA BASE - Para multiplicar potências com a mesma base, dá-se a mesma base e adicionam-se os expoentes.MULTIPLICAÇÃO DE POTÊNCIAS COM O MESMO EXPOENTE - Para multiplicar potências com o mesmoexpoente, mantém-se o mesmo expoente e multiplicam-se as bases.MULTIPLICAÇÃO DE NÚMEROS RACIONAIS- Para multiplicar números racionais, representados por frações,multiplica-se numerador com numerador e denominador com denominador. Para multiplicar frações não épreciso terem o mesmo denominador.MÚLTIPLO DE UM NÚMERO - É todo aquele que se obtém multiplicando o número dado por um númerointeiro qualquer. Os múltiplos de um número inteiro obtêm-se multiplicando esse número por 0, 1, 2, 3,4,… 0, 4, 8, 16... São múltiplos de 4.NÃO POLIEDRO - Todos os sólidos que não sejam constituídos apenas por faces planas (planas e curvas oucurva).Profª Helena Borralho/2012-13
  16. 16. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesNUMERADOR – O numerador de uma fração representa o número de partes iguais que se tenhaconsiderado depois de dividir a unidade em tantas partes iguais como indica o denominador.NUMERAL DECIMAL - São números fracionários que se podem escrever usando vírgula e um número finitode casas decimais (exemplo: 1/2 = 0,5).NÚMERO - Um símbolo que representa uma quantidade, uma grandeza, uma posição, uma medida.NÚMERO CARDINAL - É o número de elementos de um conjunto. a caraterística associada ao númerocardinal é a cardinalidade.NÚMEROS COMPOSTOS – É todo o número natural que tem mais de dois divisores naturais, tais como 4, 6,12, 15, 49.NÚMERO INTEIRO - Números inteiros são os números naturais e seus opostos, reunidos ao zero. ..., -3, -2, -1, 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, ...NUMERO MISTO - É um número racional escrito na forma da soma de sua parte inteira com a sua partefracionária. Os números mistos também se podem escrever como frações impróprias.NÚMERO ORDINAL - O ordinal de um número exprime sua posição em uma sequência, tal como primeiro,segundo, terceiro, vigésimo.NUMERO NATURAL - São aqueles que emergem dos processos de contagem na natureza. O conjunto denúmeros naturais representa-se por IN. IN = {1, 2, 3, 4, 5,...}NÚMEROS NEGATIVOS - Todos números menores que zero.NÚMEROS POSITIVOS - Todos os números maiores que zeroNÚMEROS PRIMOS - Um número natural maior do que 1, que não é divisível por qualquer outro númeroexceto por ele e por 1. Um número primo tem somente dois divisores naturais diferentes.NÚMEROS PRIMOS ENTRE SI - Dois números naturais são primos entre si quando o seu m.d.c. é 1.NÚMEROS RACIONAIS - São todos os números que podem ser escritos sob a forma de uma fração comnumerador e denominadores inteiros.NÚMEROS SIMÉTRICOS - São aqueles cuja soma é zero.OCTAEDRO - É um poliedro regular com oito faces triangulares.OCTÓGONO -É um polígono com oito lados.ORDEM - Arranjo ordenado que pode ser em ordem crescente ou decrescente. Existe um padrão decomportamento para os objetos.Profª Helena Borralho/2012-13
  17. 17. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesORDEM CRESCENTE - Arranjo de um grupo de números em ordem, de modo que um número menor ésempre colocado antes de um maior. Exemplo: 3, 6, 9, 12, 27.ORDEM DECRESCENTE - Arranjo de um grupo de números em ordem, de modo que um número maior écolocado antes de um menor. Exemplo: 27, 12, 9, 6, 3.ORDINAL - Palavra que indica a ordem de colocação em um conjunto de um dos seus objetos (1º,2º, 3º,...)ou (primeiro, segundo, terceiro...).PADRÃO - Um procedimento onde se utiliza as figuras congruentes repetidas, seja para recobrir umasuperfície. É, também, uma regularidade, um modelo, uma sequência: quando se pode identificar opróximo evento ou objeto que virá, se encontrou um padrão.PADRÃO NUMÉRICO - Uma regularidade, um modelo, uma sequência: quando se pode identificar opróximo número que virá (se se encontrou um padrão numérico).PAR - Um número inteiro que é divisível por 2.PARALELEPÍPEDO - É um sólido de seis faces em que cada uma das faces é um paralelogramo.PARALELOGRAMO - Os paralelogramas são quadriláteros que têm todos os lados paralelos ou paralelos 2 a2.PARCELA - Um dos números ou expressões que são adicionados numa adição. Por exemplo, em 6+15, o 6 eo 15 são as parcelas.PENTÁGONO - É um polígono com cinco lados.PENTAMINÓ - Todas as figuras em duas dimensões formadas pela combinação de 5 quadrados congruentesadjacentes.PERCENTAGEM - Uma percentagem traduz a comparação entre um número (uma parte) e o número 100(o todo). Forma de apresentar a razão entre duas grandezas de modo que o denominador seja 100. Umapercentagem é uma razão com consequente 100. Usa-se o símbolo % para representar uma percentagem.PERÍMETRO DE UM POLÍGONO é igual à soma das medidas (comprimentos) de todos os lados dessemesmo polígonoProfª Helena Borralho/2012-13
  18. 18. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesPERÍMETRO DE UM CÍRCULO é o comprimento da circunferência que define o círculo e é calculado pelafórmula: - Perímetro de um círculo é igual ao produto de  pelo diâmetro: P =  × d. - Perímetro de um círculo é igual ao produto de  pelo dobro do raio: P = 2 ×  × r.Nos cálculos usamos o valor de  aproximado às centésimas: = 3,14 Medidas de comprimentoPI - Quociente constante entre o perímetro de uma qualquer circunferência e o respetivo diâmetro.π=3,14159265358979…PIRÂMIDES - São os poliedros cujas arestas laterais concorrem num ponto e as faces laterais são triângulos.PICTOGRAMAS - São gráficos onde se utilizam figuras ou símbolos alusivos ao problema em estudo.PLANIFICAÇÃO DE UM SÓLIDO - Representação de um sólido numa superfície plana a partir da qual este sepode construir.POLIEDROS - São sólidos geométricos limitados apenas por superfícies planas.POLIEDRO REGULAR - Todas as faces são polígonos regulares, iguais entre si, e formam ângulos tambémtodos iguais entre si. É o caso de tetraedro, cubo, octaedro, dodecaedro e icosaedro.POLÍGONO- É uma figura plana limitada por segmentos de reta chamados lados do polígono.Profª Helena Borralho/2012-13
  19. 19. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesPOLÍGONO CÔNCAVO: Um polígono diz-se côncavo se, pelo menos um prolongamento de um dos ladosintersectar o polígono.POLÍGONO CONVEXO: Um polígono é convexo se os prolongamentos de qualquer um dos seus lados nãointersectarem o polígono.POLÍGONO REGULAR - É aquele que tem lados iguais e os ângulos internos também iguais. Heptágono RegularPOLÍGONOS EQUIVALENTES - São aqueles que têm a mesma área.PONTO - Uma figura geométrica sem dimensão. Representa-se o ponto por uma letra maiúscula qualquerdo alfabeto.POPULAÇÃO - Uma população é uma coleção de unidades individuais, que podem ser pessoas, animais,resultados experimentais, com uma ou mais características comuns, que se pretendem analisar.POTÊNCIA - Uma potência é um produto de fatores iguais. A base da potência é o fator que se repete e oexpoente indica o número de vezes que o fator se repete. A leitura da potência ab é "a elevado a b".POTÊNCIA DE EXPOENTE NULO - Uma potência de expoente nulo (zero) e base diferente de zero é igual a1. a0=1POTÊNCIA DA POTÊNCIA - Para calcular uma potência de potência, dá-se a mesma base e multiplicam-se osexpoentes. Ex.: (an)p = an x pPRISMAS - Os prismas têm duas bases. Todas as faces laterais de um prisma são paralelogramos.PROBABILIDADE - É o quociente entre o número de casos favoráveis e o número total de casos possíveisem uma experiência.PRODUTO - É o nome que se dá ao resultado de uma Multiplicação.Profª Helena Borralho/2012-13
  20. 20. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesPROPORÇÃO - É uma igualdade entre duas razões. Na proporção , os termos 3 e 10 são os extremose os termos 5 e 6 são os meios. Propriedade das Proporções: numa proporção o produto dos meios é igualao produto dos extremos: —> 5 × 6 =3 × 10.PROPRIEDADE ASSOCIATIVAPropriedade da Adição que permite substituir duas ou mais parcelas pela sua soma: (a+b) +c =a+ (b+c).Propriedade da Multiplicação que permite substituir dois ou mais fatores pelo seu produto: (a×b) ×c =a× (b×c).PROPRIEDADE COMUTATIVAPropriedade da Adição em que se pode trocar a ordem das parcelas e a soma não se altera: a+b =b+a.Propriedade da Multiplicação em que se pode trocar a ordem dos fatores e o produto não se altera:a×b =b×a.PROPRIEDADE DISTRIBUTIVA – propriedade que permite distribuir uma adição ou subtração em relação aoproduto, sem alterar o resultado. a×(b+c) = (a×b)+(a×c) a×(b-c) = (a×b)-(a×c)PROPRIEDADE DA EXISTÊNCIA DO ELEMENTO ABSORVENTE - Quando um dos fatores é zero, o produto éigual a zero. Zero é o elemento absorvente da multiplicação.PROPORCIONALIDADE DIRETA - Duas grandezas y e x são diretamente proporcionais quando existe umaconstante, c, diferente de zero, tal que: y = cx . Ao número c chama-se constante de proporcionalidade.Graficamente, a proporcionalidade direta identifica-se por um conjunto de pontos que pertencem a umareta que contém a origem.QUADRADO - Chama-se quadrado a um paralelogramo que tem quatro ângulos retos e os lados com omesmo comprimento.QUADRADOS PERFEITOS - Nome que se dá a todos os números inteiros cuja raiz quadrada ainda é umnúmero inteiro. Ex.: 0, 1, 4, 9, 16, 25, … são quadrados perfeitos, pois:√ = 0; √ = 1; √ = 2; √ = 3; √ =4; √ = 5...QUADRILÁTERO - É uma figura geométrica com 4 lados e 4 ângulos.QUÁDRUPLO - Multiplicado por quatro; quatro vezes maior.QUILOGRAMA - Unidade principal de peso. O seu valor foi estabelecido em Conferência Internacional e ochamado quilograma padrão, fabricado em platina, encontra-se guardado em França. Símbolo: Kg.QUOCIENTE - O resultado de uma divisão. Na divisão de 8 por 4 o quociente é 2RACIONAL - É todo o número inteiro ou fracionário. Pertence ao conjunto Q.RAIO - É o segmento de reta que une o centro a qualquer ponto da circunferência.RAZÃO - Uma razão permite comparar dois números a e b calculando o quociente entre eles: que se lê: "a razão entre a e b" ou "razão de a para b"Profª Helena Borralho/2012-13
  21. 21. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesRAZÕES EQUIVALENTES - Representam o mesmo número. Por exemplo:REFLEXÃO - É uma transformação geométrica que envolve um ponto a ser refletido e uma reta,transformando o ponto num outro simétrico com relação ao eixo fornecido.REFLEXÃO DESLIZANTE - É uma composição de uma reflexão com uma translação na qual o objeto sedesloca paralelamente ao eixo de reflexão.RETAS - É um conjunto infinito de pontos alinhados de tal forma que os segmentos com extremidades emdois quaisquer desses pontos têm sempre a mesma inclinação. Também se representa uma reta por umaletra minúscula: r , s , t ,... Reta CD ou reta rRETAS COINCIDENTES - Duas retas são coincidentes se pertencem ao mesmo plano e possuem todos ospontos em comum.RETAS CONCORRENTES - Retas que se cruzam num ponto.RETAS CONCORRENTES OBLÍQUAS - Quando se cruzam e formam ângulos agudos e obtusos opostos.RETAS PARALELAS - Retas que nunca se cruzam e que não estão sobrepostas.Profª Helena Borralho/2012-13
  22. 22. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesRETAS CONCORRENTES PERPENDICULARES - quando as retas se cruzam num único ponto e formam entresi ângulos de 90°.REGRAS DE ESCRITA: Escrita Leitura A Ponto A AB Reta que passa pelos pontos A e B Semirreta de origem A que passa em B [AB] Segmento de reta de extremos A e B ̅̅̅̅ Comprimento do segmento de reta [AB] ∡ABC Ângulo de vértice B ou Amplitude do ângulo de vértice B ∆[ABC] Triângulo de vértices A, B e CRETÂNGULO - É um paralelogramo em que os ângulos são retos.RETA NUMÉRICA - Os números inteiros relativos podem ser representados numa reta orientada (eixo):Chama-se origem ao ponto da reta correspondente ao número 0 (zero) e escolhe-se uma unidade paragraduar a reta. Os números positivos estão situados à direita do zero e os negativos à esquerda do zero.ROTAÇÃO - Numa rotação a figura inicial vai rodando em diferentes ângulos segundo um ponto central, ocentro de rotação. Ou seja, a figura final é obtida através de uma figura inicial, onde é mantido fixo umponto (o centro da rotação) e todos os outros sofrem deslocações ao longo de ângulos de uma certaamplitude e em torno do ponto fixo. Pode ser positiva, quando se move ao contrário do sentido dosponteiros do relógio, ou negativa, quando se move no mesmo sentido dos ponteiros dos relógios.Profª Helena Borralho/2012-13
  23. 23. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesSECTOR CIRCULAR - É uma região do círculo limitada por dois raios.SEGMENTO DE RETA - Parte de uma reta limitada entre dois pontos.SEMICÍRCULO - Metade de um círculo, ou seja uma das partes do círculo delimitadas pelo diâmetroSEMIRRETA – linha com principio e não tem fim. ĊD representa a semirreta de origem C e que contém oponto D.SÍMBOLO - Sinal gráfico que representa uma ideia matemática. Os números são escritos com símboloschamados ALGARISMOS.SIMÉTRICO - Uma figura em uma, duas ou três dimensões é dita simétrica se ela possui um ente de simetria(ponto, eixo ou plano), de modo que do outro lado deste ente de simetria a figura seja semelhante, poréminvertida, como se tivesse sido colocada na frente de um espelho.SINAIS - Há diversos sinais que são usados na escrita matemática, como, por exemplo, os sinais dasoperações e os próprios algarismos. Para comparar números são usados os sinais: > (maior que), < (menorque),  (diferente que), = (igual a).SINAIS POSICIONAIS - Os sinais + (mais) e - (menos) que acompanham os números inteiros relativos.Indicam a sua posição em relação ao zero, logo chamam-se sinais posicionais. Ex: + 4 lê-se "mais quatro" ; -4 lê-se "menos quatro". Na expressão, os sinais + e ‒ aparecem com duas funções distintas: Sinais operacionais ▼ ▼ ▼ ▼ (+ 5) + (‒ 7) ‒ (+ 1) ‒ (‒ 3) + (+ 2) = ▲ ▲ ▲ ▲ ▲ Sinais posicionaisSISTEMA DECIMAL - É um sistema de numeração que utiliza dez algarismos para representar quantidades.Ex.: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9.SÓLIDO - Uma figura em três dimensões. Exemplos de sólidos são: cubo, paralelepípedo, pirâmide, prisma.SOMA - Uma das principais operações básicas da aritmética, que resulta na adição de númerosSOMA DE DOIS NÚMEROS COM O MESMO SINAL - É um número com esse sinal cujo valor absoluto é asoma dos valores absolutos das parcelas. Ex.: 5 + ( + 6 ) = 11; ( - 9 ) + ( - 4 ) = - 13SOMA DE DOIS NÚMEROS COM SINAIS CONTRÁRIOS - É um número cujo valor absoluto é a diferença dosvalores absolutos das parcelas e o sinal é o da parcela com maior valor absoluto. Ex: (- 5 ) + (+ 3 ) =-2; (- 5 )+ (+ 8 ) = + 3; - 4 + ( + 4 ) = 0Profª Helena Borralho/2012-13
  24. 24. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesSOMA DAS AMPLITUDES DOS ÂNGULOS INTERNOS DE UM TRIÂNGULO - É igual a 180º. 120° + 35° + 25° = 180°SONDAGEM - É o estudo estatístico que se baseia numa parte da população, isto é, numa amostra quedeve ser representativa dessa população.SUBTRACÇÃO - É a operação inversa da adição. O resultado de uma subtração chama-se resto ou diferença.SUBTRAÇÃO DE NÚMEROS INTEIROS RELATIVOS - Para subtrair dois números relativos, adiciona-se aoaditivo o simétrico do subtrativo. Ex: - 8 - ( + 5 ) = - 8 + ( - 5 ) = - 13SUBTRATIVO - É o segundo operando numa subtração.SUCESSÃO DE FIBONACCI - Uma sucessão infinita onde cada termo é obtido pela adição dos dois anteriores.Na natureza ela aparece com frequência, por exemplo na distribuição das "pétalas" de uma pinha.Exemplo: 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21 ...TANGRAM - Conjunto de peças gráficas específicas que pode ser reunido para montar figuras geométricas.Muito utilizado nas atividades práticas de Geometria.TERMO - Um dos objetos matemáticos em uma operação.TETRAEDRO - É um poliedro regular com quatro faces triangulares.TONELADA - (t) Medida de massa em que 1 tonelada = 1000 quilogramas.TOTAL - O resultado de uma adição, subtração, multiplicação, divisão.TRAÇO DE FRAÇÃO – Representa operação divisão.TRANSFERIDOR - Um instrumento que serve para medir ângulos.TRANSLAÇÃO - Numa translação todos os pontos da figura original deslocam-se segundo a mesma direção(vertical, horizontal ou diagonal), o mesmo sentido (esquerda ou direita, ou cima ou baixo) e percorrendo amesma distância.Profª Helena Borralho/2012-13
  25. 25. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesTRIÂNGULO - Polígono com três ângulos e três lados.Classificação dos triângulos quanto ao comprimento dos lados:EQUILÁTERO: têm os três lados iguais.ISÓSCELES: têm dois lados iguais.ESCALENO: têm os três lados diferentes.Classificação dos triângulos quanto à amplitude dos ângulos:ACUTÂNGULO: têm os três ângulos agudos.RETÂNGULO: têm um angulo reto.OBTUSÂNGULO: têm um ângulo obtuso.A soma dos ângulos internos de um triângulo é igual a 180°.TRIÂNGULOS GEOMETRICAMENTE IGUAIS - São aqueles que quando sobrepostos coincidem ponto porponto.UNIDADE ESTATÍSTICA OU INDIVÍDUO - é cada um dos elementos da população.VALOR ABSOLUTO - Módulo ou valor absoluto de um número é igual à distância do ponto que representaesse número, na reta numérica, à origem. Ex.: | - 4 | = 4; | + 4 | = 4; | 0 | = 0 .Profª Helena Borralho/2012-13
  26. 26. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesVARIÁVEL – A grandeza que pode ser mudada, ou melhor, cujo valor pode assumir diferentes grandezas. Asletras mais usadas neste caso são as últimas letras do alfabeto: x, y e z, mas como mero hábito, já que avariável pode ser representada por qualquer símbolo.VAZIO - Nome dado ao conjunto que não tem elementos. Representa-se por { }VÉRTICE - Ponto de intersecção dos lados de um polígono ou das arestas de um sólido.VÉRTICE DE UM ÂNGULO - origem comum das semirretas que formam um ângulo chama-sevértice do ângulo. Ċ é o vértice do ângulo ACB .VETOR - Segmento de reta orientado. Nessa representação aparece a grandeza (expressa pelocomprimento do segmento), a direção (dada pela reta) e o sentido (dado pela seta).VÍRGULA - É um sinal matemático que separa a parte inteira da parte decimal de um número.VOLUME - o volume de um corpo é a quantidade de espaço que ele ocupa. Para medir o volume de umsólido é necessário definir a porção de espaço que corresponde a uma unidade de medida. Depois, ovolume do sólido é igual ao número de vezes que a unidade de medida cabe no sólido ou em quantasdessas unidades o sólido se pode decompor. Se = 1 unidade de volume, a medida deste sólido é 3. Medidas de Volume 1dm3=1litroVOLUME DO CILINDROVcilindro = Área da base × altura Ex.: Vcilindro = π × 32 × 10 = 282,6 cm3 Vcilindro = Ab × h considerando π = 3,14VOLUME DO CUBO Vcubo = a × a × a = a3 Ex: Vcubo = 2 × 2 × 2 = 23 = 8 cm3Profª Helena Borralho/2012-13
  27. 27. Agrupamento Vertical de Escolas de SinesVOLUME DO PARALELEPÍPEDO Vparalelepípedo = a × b × c Ex.: Vparalelepípedo = 5 × 3 × 2 = 30 cm3Profª Helena Borralho/2012-13

×