Metodologia de Pesquisa

487 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
487
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Metodologia de Pesquisa

  1. 1. METODOLOGIAMETODOLOGIA DEDE PESQUISAPESQUISA Prof. Araré de Carvalho Júnior
  2. 2. ELEMENTOS ESTRUTURAISELEMENTOS ESTRUTURAIS PARA APRESENTAÇÃO DO TRABALHO CIENTÍFICO
  3. 3. ABNT 14724 - 2002ABNT 14724 - 2002  Capa  Lombada  Folha de rosto e ficha catalográfica no verso  Errata (opcional)  Folha de aprovação  Dedicatória (opcional)
  4. 4. ABNT 14724 - 2002ABNT 14724 - 2002  Agradecimentos (opcional)  Epígrafe (opcional)  Resumo / Palavras-chave (língua vernácula) – opcional  Resumo / Palavras-chave (língua estrangeira) – opcional  Lista de ilustrações (opcional)
  5. 5. ABNT 14724 - 2002ABNT 14724 - 2002  Lista de abreviaturas e siglas (opcional)  Lista de símbolos (opcional)  Sumário
  6. 6. ABNT 14724 - 2002ABNT 14724 - 2002  Introdução  Desenvolvimento  Conclusão
  7. 7. ABNT 14724 - 2002ABNT 14724 - 2002  Referências  Glossário (opcional)  Apêndice(s) (opcional)  Anexo(s) (opcional)  Índice(s) (opcional)
  8. 8. PESQUISA CIENTÍFICAPESQUISA CIENTÍFICA Elementos-chave para a elaboração de uma Pesquisa Científica
  9. 9. PESQUISAPESQUISA TEMA  PROBLEMA  PERGUNTA  HIPÓTESE  OBJETIVOS  TÍTULO
  10. 10. CONCEITOCONCEITO Pesquisa é uma investigação que proporciona uma coleta sistematizada de informações para provar ou comprovar uma hipótese
  11. 11. TEMATEMA Palavras-chave (substantivos) que juntas dão uma noção muito clara da idéia central do trabalho ou da pesquisa.
  12. 12. O Problema de Pesquisa Quais são os motivos que levam a um determinado fenômeno? O problema é importante? Existe aplicação prática? Possibilidade de Pesquisa. Experiência do pesquisador. Disponibilidade do sujeito. Instalação, equipamentos e outros recursos; Considerações éticas.
  13. 13. PERGUNTAPERGUNTA É um questionamento específico dentro do problema e contém todas as palavras-chave do TEMA.
  14. 14. HIPÓTESEHIPÓTESE É uma suposição formulada para responder a pergunta e resolver o problema. É expressa por uma frase contendo todas as palavras-chave. Podem ser usados adjetivos, verbos e advérbios. “A hipótese da pesquisa é uma resposta provisória à pergunta que sintetizou o problema.”
  15. 15. OBJETIVOSOBJETIVOS São procedimentos práticos capazes de provar ou comprovar a hipótese. O que o pesquisador quer atingir com a realização da pesquisa.
  16. 16. OBJETIVOSOBJETIVOS Os objetivos têm a finalidade de definir o que se visa com a pesquisa ou monografia, são os resultados a que se pretende chegar. Para se chegar a uma maior precisão, os objetivos serão iniciados com verbo no infinitivo que descrevam a ação, eliminando-se interpretações vagas ou ambíguas.
  17. 17. OBJETIVOS - GERAISOBJETIVOS - GERAIS Indicar de forma genérica qual objetivo deve ser alcançado. Dar uma visão geral do assunto. Mostrar a importância do assunto. Qual a contribuição para a ampliação do conhecimento.
  18. 18. OBJETIVOS GERAISOBJETIVOS GERAIS O objetivo geral apresenta um enunciado mais amplo que nos remete à conclusão do trabalho de pesquisa. Alguns verbos, de sentido mais aberto, são mais indicados para a formulação do objetivo geral.
  19. 19. OBJETIVOS GERAIS - VERBOSOBJETIVOS GERAIS - VERBOS Compreender, conhecer, desenvolver, conscientizar, entender, saber, possibilitar, ...
  20. 20. OBJETIVOS - ESPECÍFICOSOBJETIVOS - ESPECÍFICOS  Indicar o(s) objetivo(s) específico(s) que deverão ser alcançados pela execução da proposta de pesquisa.  Ressaltar as idéias específicas a serem desenvolvidas.  Delimitar a amplitude do trabalho.  Etapas menores a serem atingidas nos objetivos gerais.
  21. 21. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Na redação dos objetivos específicos emprega-se verbos com menos interpretações ou de sentido fechado.
  22. 22. OBJETIVOS ESPECÍFICOS - VERBOSOBJETIVOS ESPECÍFICOS - VERBOS Por exemplo: adquirir, aplicar, apontar classificar, comparar, conceituar, caracterizar, enumerar, reconhecer, formular, enunciar, diferenciar, mobilizar, coletar, definir, nomear, relatar, discutir, explicar, identificar, aplicar, analisar, selecionar, consultar...
  23. 23. O QUE EVITARO QUE EVITAR Abreviaturas (exceção abreviaturas consagradas Ecos: Palavras com terminação ou som semelhantes Cacófatos: situação em que a junção, no plano sonoro, da sílaba final de uma palavra com a inicial da seguinte produz um termo obsceno ou, no mínimo, fora de contexto.
  24. 24. O QUE EVITARO QUE EVITAR Detalhes Incoerências Inutilidades Repetições Generalizações
  25. 25. ELABORAÇÃO DA INTRODUÇÃOELABORAÇÃO DA INTRODUÇÃO Introdução é a definição das palavras- chave. Histórico das palavras-chave que necessitam de explicação (opcional)
  26. 26. JUSTIFICATIVAJUSTIFICATIVA Definir a importância da pesquisa a partir da importância atual do tema, no mundo, no Brasil, na região e no município; E a partir da situação atual do problema
  27. 27. OBJETIVOSOBJETIVOS Os objetivos têm que estar em total consonância com o TEMA ou com o TÍTULO. As palavras-chave têm que estar citadas no TÍTULO
  28. 28. O QUE EVITARO QUE EVITAR Frases com mais de 4 linhas. Parágrafo com menos de 6 linhas. Parágrafos com mais de 12 linhas.
  29. 29. PRIORIZARPRIORIZAR  4 frases de 3 linhas  3 frases de 4 linhas  Parágrafo ideal = 8 a 10 linhas
  30. 30. INTERPRETAÇÃOINTERPRETAÇÃO Observação Comparação Classificação Seleção Teste Interpretação
  31. 31. INTERPRETAÇÃOINTERPRETAÇÃO  Interpretação = Análise + Síntese  Discutir é interpretar  É avaliar a intenção ou a tendência de algo  É o equilíbrio entre análise + síntese
  32. 32. ANÁLISEANÁLISE Emitir opinião pessoal ++  Comparar a sua opinião com a de outros autores ++  Comparar a opinião de outros autores entre si
  33. 33. ANÁLISEANÁLISE  Começa a partir do(s) objetivo(s)  Fazer divisão em:  Opiniões favoráveis (resultados e métodos sejam favoráveis ao que você achou nos seus resultados)  Opiniões desfavoráveis (resultados e métodos sejam desfavoráveis aos seus)
  34. 34. ANÁLISEANÁLISE  Opinião parcialmente favorável.  Opinião parcialmente desfavorável.  Opinião neutra (resultados e métodos).
  35. 35. ANÁLISEANÁLISE  Objetivos  Opiniões favoráveis   Opiniões desfavoráveis   Opinião neutra   Opinião parcialmente favorável   Opinião parcialmente desfavorável 
  36. 36. ANÁLISEANÁLISE  Metodologia  Resultados Conjunções  síntese
  37. 37. CONCLUSÃOCONCLUSÃO  Agrupar os dados de acordo com o(s) objetivo(s); Se possível procure estabelecer uma relação de causa x efeito  Discutir material e método; citar vantagens e desvantagens
  38. 38. CONCLUSÃOCONCLUSÃO  Cite a possível contribuição ou relevância da sua pesquisa  Referências confiáveis
  39. 39. CONCLUSÃOCONCLUSÃO O que evitar:  Introdução com mais referências e páginas do que a discussão

×