O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Aula 2 elaboração trabalhos científicos

4.334 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Aula 2 elaboração trabalhos científicos

  1. 1. ELABORAÇÃO TRABALHOS CIENTÍFICOS PROFº RODRIGO ABREU
  2. 2. ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS Entenda-se como elementos pré-textuais todos aqueles que antecedem o texto com informações que ajudam na identificação e utilização do trabalho. Capa Deverá começar pelo nome da Instituição, seguida pela identificação do centro, título, subtítulo, se houver número de volume (se houver mais de um), autor (a), local (cidade) e ano de entrega ou depósito. Folha de rosto1. Elementos apresentados na seguinte ordem:2. Deve constar na borda superior o nome do autor;3. No centro da página, o título da obra e subtítulo.4. Natureza: tipo do trabalho (trabalho de conclusão de curso) e objetivo (grau pretendido); nome da instituição a que submetido; área de concentração;5. Nome do orientador e, se houver do coorientador;6. Local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;7. Ano de depósito (da entrega)
  3. 3. FACULDADE DOS GUARARAPES ESCOLA DE SAÚDE NOME DO AUTORBACHARELADO EM ENFERMAGEM NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO TÍTULO DO PROJETO Apresentação do Projeto de Pesquisa LOCAL (CIDADE) LOCAL (CIDADE) ANO DO DEPÓSITO ANO DO DEPÓSITO
  4. 4.  Lista de tabelas, quadros e figuras Quando o texto apresentar mais de três tabelas, quadros, gráficos e ilustrações, elaborar folhas com os títulos: Lista de Tabelas, Lista de Quadros, Lista de Gráficos e Lista de Ilustrações ; Colocadas logo após o sumário, especificando-se os títulos e as páginas em que se encontram os dados de tais listas; Lista de abreviaturas e siglas Deverá corresponder à relação alfabética das abreviaturas e siglas utilizadas no texto, seguidas de palavras ou expressões correspondentes, grafadas por extenso; Deverá ser elaborada uma lista própria para cada tipo.
  5. 5.  Lista de símbolos Elaborado de acordo com a ordem apresentada no texto, com o devido significado. Sumário Digitado logo após o abstract ou, no caso de se optar pelas folhas preliminares facultativas, vir logo após a lista de abreviaturas e siglas e, ou, lista de símbolos; A palavra “sumário” deve ser centralizada em fonte tamanho 12, em negrito, seguindo o mesmo tipo de letra que se optou para o texto (“Arial” ou “Times New Roman”); Deve conter a numeração de todas as divisões, seções e outras partes do trabalho, na mesma ordem em que aparecem no texto;
  6. 6. ELEMENTOS TEXTUAISEntenda-se como elementos textuais aqueles que compreendema parte do trabalho em que é exposta a matéria de estudo.São constituídos de três partes fundamentais: introdução,desenvolvimento e conclusão.
  7. 7. Introdução Parte inicial do texto em que deve constar a delimitação do assunto tratado, objetivos da pesquisa e outros elementos necessários para situar o tema que será estudado. Todo projeto de pesquisa deve começar situando, no tempo e no espaço (contextualização), o problema ou a questão central do estudo. O problema é uma questão que envolve intrinsecamente uma dificuldade teórica ou prática, para a qual se busca resposta ou solução do problema que se escolheu como tema do estudo. Entenda-se que um problema de pesquisa requer um questionamento da realidade; é algo que inspira a buscar uma resposta para aprofundar a prática de cada um e contribuir para o avanço do conhecimento.
  8. 8. Em síntese, a introdução do projeto acadêmico pressupõe: Análise e delimitação da situação inicial em que se apresenta o problema a ser pesquisado (contextualização); Delineamento do problema de pesquisa segundo sua importância e motivação do pesquisador para realizar o estudo (anunciar a ideia básica); Levantamento do problema em termos de questionamentos.
  9. 9. Justificativa Consiste na apresentação, de forma clara, objetiva e rica em detalhes, das razões de ordem teórica ou prática que justificam a realização da pesquisa ou tema proposto para avaliação inicial. No caso de pesquisa de natureza científica ou acadêmica, a justificativa deve indicar: A relevância social do problema a ser investigado; As contribuições que a pesquisa pode trazer no sentido de proporcionar respostas aos problemas propostos ou ampliar as formulações teóricas a esse respeito; O estágio de desenvolvimento dos conhecimentos referentes ao tema; A possibilidade de sugerir modificações no âmbito da realidade proposta pelo tema.
  10. 10. ObjetivosObjetivo geral A construção precisa ser efetuada de forma clara e concisa, expressando apenas uma ideia; Precisa dar conta da totalidade do problema da pesquisa devendo ser elaborado com verbo de precisão, evitando ao máximo distorção na interpretação do que se pretende pesquisar; Deve ser construído com o verbo no infinitivo. Analisar, Avaliar, Caracterizar, Discutir, Diagnosticar, Investigar, Implantar, Estudar, Promover, Pesquisar, Realizar, Determinar.
  11. 11. Objetivos específicos Fazem o detalhamento do objetivo(s) geral (is) definindo o que se pretende estudar; Devem ser iniciados com o verbo no infinitivo: Indicar, Desenhar, Colaborar, Cotejar, Descrever, Desenvolver, Utilizar, Divulgar, Elaborar, Empreender, Explicar, Evidenciar, Facilitar, Focalizar, Fornecer, Identificar, Interpretar, Investigar, Levantar, Localizar, Promover, Realizar, Reconhecer, Reunir, Sugerir, Traçar, Verificar.Recomenda-se utilizar no máximo quatro objetivos específicos
  12. 12. Fundamentação teórica Também chamado de marco teórico, quadro teórico, quadro referencial ou, ainda, revisão de literatura, a fundamentação teórica trata da literatura pertinente ao tema da pesquisa (objeto do estudo). É um trabalho criterioso e crítico que requer muita leitura para fazer uma construção ou reconstrução teórica, que servirá de fundamentação para a análise dos dados coletados na realidade pesquisada. A revisão de literatura ou quadro referencial não deve ser uma simples sequência impessoal de resumos de outros trabalhos. Ela deve incluir também uma contribuição do autor para mostrar que os trabalhos não foram meramente catalogados, mas sim examinados e criticados objetivamente. Recomenda-se boa articulação ou conexão entre os parágrafos, evitando-se a fragmentação.
  13. 13. Metodologia A validez da investigação científica depende da eficiência dos procedimentos utilizados e da exatidão das técnicas utilizadas na coleta dos dados. Assim, torna-se indispensável fazer-se uma descrição completa e concisa da pesquisa. Essa descrição apresenta duas finalidades: permitir ao leitor uma compreensão clara da pesquisa e da interpretação dos resultados e tornar possível que outros pesquisadores repitam a investigação empregando os mesmos procedimentos utilizados. A metodologia engloba todos os passos realizados para a construção do trabalho científico, que vai da escolha do procedimento para obtenção de dados, perpassando a identificação de método(s), técnica(s), materiais, instrumentos de pesquisa (entrevistas, questionários, formulários e planilhas) e definição de amostra/universo, à categorização e análise dos dados coletados.
  14. 14.  Para o levantamento dos dados, podem ser empregados os seguintes procedimentos: pesquisa documental, pesquisa bibliográfica, contatos diretos e observações de fatos e fenômenos, mediante a utilização de planilhas ou equipamentos específicos para coleta e análise de dados do objeto de pesquisa.O detalhamento dos procedimentos metodológicos inclui: Classificação da pesquisa; Descrição do ambiente de estudo; Universo, população e amostra; Instrumentos da pesquisa e coleta de dados; Análise dos dados.
  15. 15. Classificação da pesquisa Pesquisa exploratória - visa proporcionar maior familiaridade com o problema com vistas a torná-lo explícito ou a construir hipóteses. Envolve:a) Pesquisa Bibliográfica, quando elaborada a partir de material já publicado, constituída principalmente de livros, artigos de periódicos e atualmente com material disponibilizado na Internet;b) Estudo de Caso, quando envolve o estudo profundo e exaustivo de um ou poucos objetos de maneira que se permita o seu amplo e detalhado conhecimento;
  16. 16.  Pesquisa descritiva - visa descrever as características de determinada população ou fenômeno ou o estabelecimento de relações entre variáveis. Envolve o uso de técnicas padronizadas de coleta de dados: questionário e observação sistemática. A pesquisa descritiva exige planejamento rigoroso quanto à definição de métodos e técnicas para coleta e análise de dados. Pesquisa explicativa - visa identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos. Aprofunda o conhecimento da realidade porque explica a razão, o “porque” das coisas. Quando realizada nas ciências naturais, requer o uso do método experimental, e nas ciências sociais requer o uso do método observacional. Assume, em geral, a formas de Pesquisa Experimental.
  17. 17. Método da Pesquisa Método quantitativo - voltado para dados mensuráveis significa quantificar dados obtidos por meio de informações coletadas por meio de questionários, entrevistas, observações, assim como “o emprego de recursos e técnicas estatísticas desde as mais simples (porcentagem, média, moda, mediana e desvio padrão), até as de usos mais complexos (coeficiente de correlação e análise de regressão)”; Método qualitativo - mais voltado para o âmbito social, caracteriza-se por abordagens complexas relacionadas aos problemas sociopolíticos, econômicos, culturais, educacionais e peculiaridades não quantificáveis.
  18. 18. Conclusões Contém as colocações referentes aos objetivos e considerações finais. Embora seja composta de uma síntese dos resultados mais marcantes obtidos na pesquisa, não deverá ser confundida com um “resumo de resultados”. Será breve e concisa, manifestando o ponto de vista do autor a respeito dos resultados obtidos e da importância do alcance dos mesmos. As conclusões significam o fecho, o remate do trabalho. As conclusões terão que ser baseadas somente em fatos comprovados e que possuam uma relação estreita com os objetivos do trabalho. Isto é, as conclusões devem “responder” aos objetivos do trabalho. Não se deve confundir conclusão com recomendação.
  19. 19. ELEMENTOS PÓS-TEXTUAISReferências Conjunto de elementos que permite identificar no todo ou em parte as fontes citadas no texto da monografia. A forma de elaboração deverá estar de acordo com a Norma da ABNT/CB-14-NBR 6023 Informação e Documentação-Referências- Elaboração, publicada e válida a partir de 29/09/2002.Compreende :Ultimo sobrenome do autor (Caixa alta)As iniciais dos primeiros nomes dos autorTítulo da Obra (Em negrito ou sublinhado) e subtítulo (se houver)EditoraLocal de ediçãoAno da ediçãoPágina de extração do texto.
  20. 20.  MEDEIROS, J. B. Redação científica: a prática de fichamentos, resumos, resenhas. 11 ed. São Paulo: Atlas. 2009. 321p. SOUZA, A. I. Como falar em encontros científicos: do seminário em sala de aula a congressos internacionais. 2 ed. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB. 2007. 106p.Quando o texto for retirado da Internet: BALLONE G. J. Síndrome de Burnout - in. PsiqWeb Psiquiatria Geral, 2002. Disponível em: www.psiqweb.med.br. Acesso em 20 de agosto. 2010.
  21. 21. Quando o texto for retirado de Revistas: BENEVIDES-PEREIRA, A. M. T. O Estado da arte do Burnout no Brasil. Apresentado como Conferência no I Seminário Internacional sobre Estresse e Burnout. Curitiba, 30 e 31 de agosto de 2002. Revista Eletrônica Interação Psy, ano 1, n.1, p. 4-11, Ago 2003.Apêndices Toda construção individual do autor de trabalhos acadêmicos, tais como: questionários, roteiro de entrevistas, planilhas, fotografias, produção de partituras, desenhos e todo e qualquer outro material necessário para legitimar os resultados realizados para construção e reconstrução de um novo conhecimento. O apêndice é opcional e deve ser colocado no final do trabalho acadêmico, após as Referências. Recomenda-se a identificação por letras maiúsculas, seguidas da sequência em ordem alfabética, travessão e os respectivos títulos, como por exemplo: APÊNDICE – A – Perfil dos pacientes portadores de filariose de Ouro Preto, Olinda-PE.
  22. 22. Anexos Também é opcional e está relacionado a todo e qualquer material técnico e didático construído por terceiros, e que é necessário para complementação e melhor fundamentação do trabalho acadêmico.

×