Orientações para projeto de pesquisa

5.323 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.323
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
118
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Orientações para projeto de pesquisa

  1. 1. Licenciatura Interdisciplinar Área:Fundamentos da Educação Orientações para elaboração do projeto Profa. Cristina Torres Profa. Cristina Torres
  2. 2. A elaboração do projeto de pesquisa exige do pesquisador a resposta a quatro perguntas: • O que fazer? Tema/problema da pesquisa • Porque fazer? Justificativa teórico-metodológica • Para que fazer? Objetivos da pesquisa • Como fazer? Procedimentos/caminhos da pesquisa. Profa. Cristina Torres
  3. 3. Delineando o tema/problema da pesquisa O que pesquisar? O tema é o assunto sobre o qual se deseja investigar. Nessa fase, o tema é amplo e deve ser recortado. Geralmente o problema deriva do tema, ou seja, é o recorte do tema. Profa. Cristina Torres
  4. 4. Delineando o tema/problema da pesquisa Um problema de pesquisa é objeto de discussão em qualquer domínio do conhecimento científico. O problema pode ser formulado como pergunta, porque facilita sua identificação por parte de quem consulta o projeto ou relatório de pesquisa. O problema deve ser claro e preciso Também pode ser apresentado como afirmação. Profa. Cristina Torres
  5. 5. JUSTIFICATIVA (Por quê?) consiste em uma exposição sucinta, porém completa, das razões de ordem teórica e dos motivos de ordem prática que tornam importante a realização da pesquisa. Como o próprio nome indica, é o convencimento de que o trabalho de pesquisa é fundamental de ser efetivado. exalta a importância do tema a ser estudado. Profa. Cristina Torres
  6. 6. OBJETIVOS (Para que?) Atenção! Os objetivos devem ser sempre expressos em verbos de ação.  A definição dos Objetivos determina o que o pesquisador quer atingir com a realização do trabalho de pesquisa.  Uma dica para se definir os Objetivos é iniciá-los com o verbo no infinitivo: esclarecer...; definir ...; procurar ...; permitir ..., demonstrar ... etc. GERAL • Mostrar uma visão global do assunto a ser pesquisado. ESPECÍFICOS • Mostrar uma visão específica do assunto, ou seja, seu ponto central. Profa. Cristina Torres
  7. 7. Determinação dos Objetivos: Geral e Específicos Os objetivos devem estar coerentes com a justificativa e o problema proposto. O objetivo geral será a síntese do que se pretende alcançar, e os objetivos específicos explicitarão os detalhes e serão um desdobramento do objetivo geral. Os objetivos informarão para que você está propondo a pesquisa, isto é, quais os resultados que pretende alcançar ou qual a contribuição que sua pesquisa irá efetivamente proporcionar. Profa. Cristina Torres
  8. 8. OS OBJETIVOS DEVEM COMEÇAR COM UM VERBO NO INFINITIVO QUE DEVEM INDICAR UMA AÇÃO PASSÍVEL DE MENSURAÇÃO. determinar estágio cognitivo de conhecimento: os verbos apontar, arrolar, definir, enunciar, inscrever, registrar, relatar, repetir, sublinhar e nomear;etc. determinar estágio cognitivo de compreensão: os verbos descrever, discutir, esclarecer, examinar, explicar, expressar, identificar, localizar, traduzir, etc. Profa. Cristina Torres
  9. 9. determinar estágio cognitivo de síntese: os verbos articular, compor, constituir, coordenar, reunir, organizar e esquematizar. determinar estágio cognitivo de avaliação: os verbos apreciar, avaliar, eliminar, escolher, estimar, julgar, preferir, selecionar, validar e valorizar. verbo no infinitivo determinar estágio cognitivo de análise: os verbos analisar, classificar, comparar, constatar, criticar, debater, diferenciar, distinguir, examinar, provar, investigar e experimentar; Profa. Cristina Torres determinar estágio cognitivo de avaliação: os verbos apreciar, avaliar, eliminar, escolher, estimar, julgar, preferir, selecionar, validar e valorizar.
  10. 10. Metodologia: Referencial Teórico        Respondendo à questão como? Aparecem aqui os elementos de fundamentação teórica da pesquisa e, também, a definição dos conceitos empregados. Colocar no referencial teórico citações de autores que relatam sobre o assunto abordado na pesquisa. Sistematização e organização lógica das fontes consultadas (do geral ao particular) Clareza na expressão. Análise interpretativa própria das idéias dos autores. Citações de acordo com a ABNT. Coerência do referencial teórico com o que propôs investigar e atingir na introdução. Profa. Cristina Torres
  11. 11. METODOLOGIA DA PESQUISA Nesta etapa você irá definir onde e como será realizada a pesquisa. Definirar : o tipo de pesquisa, a população (universo da pesquisa), os instrumentos de coleta de dados e a forma como pretende tabular e analisar seus dados. A definição do instrumento de coleta de dados dependerá dos objetivos que se pretende alcançar com a pesquisa e do universo a ser investigado. Os instrumentos de coleta de dados tradicionais são: Profa. Cristina Torres
  12. 12. OBSERVAÇÃO: QUANDO SE UTILIZAM OS SENTIDOS NA OBTENÇÃO DE DADOS DE DETERMINADOS ASPECTOS DA REALIDADE. A OBSERVAÇÃO PODE SER: observação assistemática: não tem planejamento e controle previamente elaborados; observação sistemática: tem planejamento, realiza-se em condições controladas para responder aos propósitos preestabelecidos; observação não-participante: o pesquisador presencia o fato, mas não participa; observação individual: realizada por um pesquisador; observação em laboratório: onde tudo é Profa. Cristina Torres controlado.
  13. 13. ENTREVISTA: É A OBTENÇÃO DE INFORMAÇÕES DE UM ENTREVISTADO, SOBRE DETERMINADO ASSUNTO OU PROBLEMA. A ENTREVISTA PODE SER: padronizada ou estruturada: roteiro previamente estabelecido; despadronizada ou não-estruturada: não existe rigidez de roteiro. Podem-se explorar mais amplamente algumas questões. Profa. Cristina Torres
  14. 14. QUESTIONÁRIO: É UMA SÉRIE ORDENADA DE PERGUNTAS QUE DEVEM SER RESPONDIDAS POR ESCRITO PELO fechadas: duas INFORMANTE. escolhas: sim ou não; de múltiplas escolhas: abertas: “Qual é fechadas com uma a sua opinião?”; série de respostas possíveis. A coleta de dados estará relacionada com o problema, a hipótese ou os pressupostos da pesquisa e objetiva obter elementos para que os objetivos propostos na pesquisa possam ser alcançados. Neste estágio você escolhe também as possíveis formas de tabulação e apresentação de dados e os meios (os métodos estatísticos, os instrumentos manuais ou computacionais) que serão usados para Profa. Cristina Torres facilitar a interpretação e análise dos dados.
  15. 15. COLETA DE DADOS Nesta etapa você fará a pesquisa de campo propriamente dita. Para obter êxito neste processo, duas qualidades são fundamentais: a paciência e a persistência. Tabulação e Apresentação dos Dados organizar os dados obtidos na pesquisa de campo. Profa. Cristina Torres
  16. 16. ANÁLISE E DISCUSSÃO DOS RESULTADOS Nesta etapa você interpretará e analisará os dados que tabulou e organizou na etapa anterior. A análise deve ser feita para atender aos objetivos da pesquisa e para comparar e confrontar dados e provas com o objetivo de confirmar ou rejeitar os pressupostos da pesquisa. Profa. Cristina Torres
  17. 17. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES ATIVIDADES MESES Levantamento bibliográfico Seleção e leitura de textos Resenhas e fechamentos Elaboração de questionário Aplicação de questionário redação do artigo Redação das considerações finais Revisão final e ajustes Entrega do artigo Profa. Cristina Torres
  18. 18. REFERÊNCIAS Relacionar todas as fontes já consultadas para a elaboração do projeto, podendo ser: livros, revistas, jornais, boletins, ensaios, entrevistas, fontes de internet e outros elementos. Profa. Cristina Torres
  19. 19. Profa. Cristina Torres
  20. 20. COMO COMEÇAR A ESCREVER UM ARTIGO? Antes é preciso saber.......... O QUE vai PESQUISAR ? Profa. Cristina Torres
  21. 21. O artigo científico apresenta o resultado de estudos ou pesquisas e distinguem-se dos diferentes tipos de trabalhos científicos pela sua dimensão e conteúdo. É parte de uma publicação com autoria declarada, que apresenta e discute idéias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento. Profa. Cristina Torres
  22. 22. REDAÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA O estilo da redação utilizada em artigos científicos é chamado técnicocientífico, diferindo do utilizado em outros tipos de composição, como a literária, a jornalística, a publicitária. Com características e normas específicas, o estilo da redação científica possui certos princípios, que colaboram para o desempenho eficiente da redação científica. Qualidades da Redação Técnico-Científica a)linguagem correta e precisa; b) coerência na argumentação; c) clareza na exposição de idéias; d) objetividade; e) concisão e fidelidade Cristina Torres Profa. às fontes
  23. 23. ELEMENTOS PRÉ - TEXTUAIS Título e subtítulo O título e subtítulo (se houver) devem figurar na página de abertura do artigo, diferenciados tipograficamente ou separados por dois-pontos (:) e na língua do texto. Autor(es) Nome(s) do(s) autor(es) acompanhado(s), em nota de rodapé, de sua filiação científica e de breve currículo que o(s) qualifique na área de conhecimento do artigo. Resumo na língua do texto Elemento obrigatório, constituído de uma seqüência de frases concisas e objetivas e não de uma simples enumeração de tópicos, não ultrapassando 250 palavras, seguido, logo abaixo, das palavras representativas do conteúdo do trabalho, isto é, palavras-chave. Profa. Cristina Torres
  24. 24. O resumo deve ressaltar a problemática que se pretendeu solucionar e explicar; os objetivos; a abordagem metodológica empreendida; os resultados e as conclusões. Os resultados devem evidenciar, conforme os achados da pesquisa: o surgimento de fatos novos, descobertas significativas, contradições com teorias anteriores, bem como relações e efeitos novos verificados. O artigo deve ser elaborado na terceira pessoa do singular com o verbo na voz ativa. DEVE SER REDIGIDO EM PARÁGRAFO ÚNICO. Profa. Cristina Torres
  25. 25. DICAS DE COMO COMEÇAR Um aspecto ou uma área de interesse do assunto que se deseja provar ou desenvolver; Assunto interessante para o pesquisador; Originalidade não é pré-requisito; Fontes de assuntos: vivência diária, questões polêmicas, reflexão, leituras, conversações, debates, discussões; Não queira ler tudo..... Profa. Cristina Torres
  26. 26. Deve situar o leitor no contexto do tema INTRODUÇÃO pesquisado, oferecendo uma visão global do estudo realizado, esclarecendo as delimitações estabelecidas na abordagem do assunto; Parte inicial do artigo, onde devem constar a delimitação do assunto tratado, os objetivos da pesquisa e outros elementos necessários para situar o tema do artigo. Deve-se expor a finalidade e os objetivos do artigo, relacionando-a com a bibliografia consultada, explicitando o objetivo, bem como a justificativa do artigo. É aqui que o autor irá situar o leitor na temática desenvolvida no corpo do texto. Devem ser evitadas divagações, situando o tema no tempo e no espaço. Cristina Torres Profa.
  27. 27. DESENVOLVIMENTO Parte principal e mais extensa do trabalho; Deve apresentar a fundamentação teórica, a metodologia (materiais e métodos), os resultados e a discussão; Divide-se em seções, subseções conforme a NBR 6024/2003, que variam em função da abordagem do tema e do método. O desenvolvimento pode ser subdividido em etapas : I) Revisão de literatura (Referencial teórico) II) Metodologia III) Resultados obtidos Profa. Cristina Torres
  28. 28. REVISÃO DE LITERATURA (REFERENCIAL TEÓRICO) Tem por objetivo informar o leitor sobre as contribuições de outros autores que já tenham escrito sobre o assunto abordado. É através da revisão literária, que se reporta e avalia o conhecimento produzido em pesquisas prévias, destacando conceitos, procedimentos, resultados, discussões e conclusões relevantes para o trabalho; O (s) autor (es) devem demonstrar, assim, ter conhecimento da literatura básica do assunto. Pode ser dividido em quantos itens forem necessários, de acordo com a natureza do trabalho elaborado Profa. Cristina Torres
  29. 29. Faça uma abertura e um fecho para os tópicos tratados; Preencha as lacunas com considerações próprias; Crie elos entre as citações; Citação, segundo a Associação Brasileira de NormasTécnicas (ABNT); Revisão de literatura não é fazer colagem de citações bibliográficas; Profa. Cristina Torres
  30. 30. METODOLOGIA É a descrição clara das técnicas, métodos, sujeitos, etc., de forma que outros autores possam contextualizar e reaplicar em suas pesquisas. É o conjunto de métodos e técnicas utilizados para a realização da pesquisa. Existem várias formas de classificar as pesquisas. As formas clássicas de classificação são: Profa. Cristina Torres
  31. 31. DO PONTO DE VISTA DA FORMA DE ABORDAGEM DO PROBLEMA - Pesquisa Quantitativa: considera que tudo pode ser quantificável, o que significa traduzir em números opiniões e informações para classificá-las e analisá-las. Requer o uso de recursos e de técnicas estatísticas (percentagem, média, moda, mediana, desvio-padrão, coeficiente de correlação, análise de regressão, etc.). -Pesquisa Qualitativa: considera que há uma relação dinâmica entre o mundo real e o sujeito, isto é, um vínculo indissociável entre o mundo objetivo e a subjetividade do sujeito que não pode ser traduzido em números. A interpretação dos fenômenos e a atribuição de significados são básicas no processo de pesquisa qualitativa. Não requer o uso de métodos e técnicas estatísticas. O ambiente natural é a fonte direta para coleta e o pesquisador é o instrumentochave. É descritiva. Torres Profa. Cristina
  32. 32. DO PONTO DE VISTA DO OBJETIVO: Pesquisa Exploratória: envolve levantamento bibliográfico; entrevistas com pessoas que tiveram experiências práticas com o problema pesquisado; análise de exemplos que estimulem a compreensão. Assume, em geral, as formas de Pesquisas Bibliográficas e Estudos de Caso. - Pesquisa Descritiva: envolve o uso de técnicas padronizadas de coleta de dados: questionário e observação sistemática. Assume, em geral, a forma de Levantamento. - Pesquisa Explicativa: visa identificar os fatores que determinam ou contribuem para a ocorrência dos fenômenos. aprofunda o conhecimento da realidade porque explica a razão, o “porquê” das coisas. Quando realizada nas ciências naturais, requer o uso do método experimental, e nas ciências sociais requer o uso do método observacional. - Profa. Cristina Torres
  33. 33. DO PONTO DE VISTA DOS PROCEDIMENTOS TÉCNICOS - Pesquisa Bibliográfica: quando elaborada a partir de material já publicado, constituído principalmente de livros, artigos de periódicos e atualmente com material disponibilizado na Internet. - Pesquisa Documental: quando elaborada a partir de materiais que não receberam tratamento analítico. - Pesquisa Experimental: quando se determina um objeto de estudo, selecionam-se as variáveis que seriam capazes de influenciá-lo, definem-se as formas de controle e de observação dos efeitos que a variável produz no objeto. - Levantamento: quando a pesquisa envolve a interrogação direta das pessoas cujo comportamento se deseja conhecer. - Estudo de caso: quando envolve o estudo profundo e exaustivo de um ou poucos objetos de maneira que se permita o seu amplo e detalhado Torres Profa. Cristina conhecimento.
  34. 34. TÉCNICAS DE PESQUISA As técnicas mais comuns são: -Questionário: instrumento de coleta de dados que dispensa a presença do pesquisador; - Formulário: instrumento de coleta de dados com a presença do pesquisador; - Entrevista: estruturada ou não estruturada; - Levantamento documental; - Observacional (participante ou não participante) - Estatísticas Profa. Cristina Torres
  35. 35. RESULTADOS E DISCUSSÃO Faça uma exposição e discussão dos principais resultados que foram coletados através do questionário, formulário; entrevista; levantamento documental; observacional ou estatísticas. Os dados podem ser apresentados sob a forma descritiva, incluindo se possível tabelas, gráficos, figuras, entre outras técnicas. A apresentação dos resultados pode ser dividida em quantos itens forem necessários de acordo com o trabalho elaborado. O autor deve apresentar e discutir resultados obtidos em sua pesquisa, confrontando com os autores citados na Revisão da Literatura. Profa. Cristina Torres
  36. 36. CONCLUSÃO (CONSIDERAÇÕES FINAIS) Procura-se evidenciar com clareza e objetividade as deduções extraídas dos resultados obtidos ou apontadas ao longo da discussão do assunto. Neste momento final são relacionadas as diversas idéias desenvolvidas ao longo do trabalho, num processo de síntese dos principais resultados com os comentários dos autores e as contribuições trazidas da pesquisa. É um fechamento do trabalho estudado, respondendo ao objetivo do artigo proposto, apresentados na Introdução; É onde o autor irá destacar os resultados obtidos, apontando críticas, recomendações e sugestões para pesquisas futuras. Não se permite que nesta seção sejam incluídos dados novos, que não tenham sido apresentados anteriormente. Profa. Cristina Torres
  37. 37. REFERÊNCIAS Elemento obrigatório. Constitui uma lista ordenada dos documentos efetivamente citados no texto (NBR 6023/2003), que permite a identificação no todo ou em parte, de documentos impressos ou registrados em diferentes tipos de materiais. Deve ser citadas em ordem alfabética. Profa. Cristina Torres
  38. 38. RESUMO DO PROCESSO DE ESCRITA DO PROJETO … •INTRODUÇÃO: justificativa do estudo, objetivo geral, apresentação das partes do projeto. •PROBLEMA: situação problema (espaço, tempo, movimento), antecedentes (revisão bibliográfica) , indicadores (estudos preliminares) questões norteadoras, questão principal ou pergunta-síntese. •OBJETIVOS: geral e específicos (relativos ao diagnóstico de um problema, fenômeno, ou objeto) verbos ativos: caracterizar, descrever, analisar, compreender, diagnosticar, medir, dimensionar, tipificar, classificar, comparar, explicitar, revelar, sistematizar, interpretar, relacionar. Evitar objetivos de intervenção pedagógica, administrativa, extensão (contribuir, propiciar, facilitar, possibilitar, favorecer, etc.) Profa. Cristina Torres
  39. 39. RESUMO DO PROCESSO DE ESCRITA DO PROJETO … •METODOLOGIA: fontes, instrumentos, materiais, técnicas de sistematização e organização de dados, informações e resultados, estratégias, procedimentos e hipóteses de trabalho. • REFERENCIAL TEÓRICO: recorte disciplinar, termos, conceitos e categorias, teorias, perspectiva epistemológica. •RESULTADOS ESPERADOS (hipóteses, teses, orientações da prova) contribuições possíveis. •Considerações finais •Referencias Profa. Cristina Torres
  40. 40. Após esses detalhes... Título do trabalho Credenciais do(a)s autore(a)s Orientadora 1. Introdução O ARTIGO FRUTO DA PESQUISA DEVE ESTÁ ESTRUTURADO: com breve descrição do objeto e problema estudado; os objetivos (gerais e específicos- no máximo 3); A metodologia utilizada descrevendo o(s) método(s) ( se necessário!); e, a relevância do trabalho. 2. Desenvolvimento inclui-se neste tópico: referencial metodológico e análise dos 3. conclusão 4. referências ou teórico e resultados. considerações Profa. Cristina Torres finais
  41. 41. “Para o espírito científico qualquer conhecimento é uma resposta a uma pergunta. Se não tem pergunta não pode ter conhecimento científico. Nada se da tudo se constrói” (G. Bachelard) Profa. Cristina Torres
  42. 42. Boa sorte a todos!!!!!! Profa. Cristina Torres
  43. 43. VAMOS PRATICAR????????? Profa. Cristina Torres

×