SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
Teoria da Contabilidade II                                                                                                                   Prof. Moreira 
     
                                                      
                                                EXERCÍCIOS 
                                              Passivo (gabarito) 
                                                        
1) Defina o que é Passivo. 
   Passivo  é  o  resultado  econômico  a  ser  sacrificado  no  futuro  em  função  de  dívida  e/ou  obrigações 
   contraídas  perante  terceiros.  Ou  ainda,  em  outras  palavras,  são  as  obrigações  de  uma  entidade 
   perante terceiros. 
    
2) Compare  a  definição  de  Passivo  do  Iasb  com  a  definição  dada  pela  Deliberação  CVM  nº  539  de 
   14.03.2008. 
   Não há diferenças. As definições são praticamente idênticas. 
 
3) Um passivo normalmente é resultante de uma transação em que uma entidade obtém um recurso 
   econômico. Cite exemplos de passivos que podem surgir sem a contraprestação deste benefício. 
   Impostos, Contingências trabalhistas. 
 
4) É  necessária  a  existência  de  uma  base  contratual  para  o  reconhecimento  de  um  passivo? 
   Justifique. 
   Não. Apesar de existirem diversos passivos que originam de contratos assinados (empréstimos), 
   a  existência  de  uma  base  contratual  não  é  necessária,  pois  nem  todo  passivo  nasce  de  um 
   documento jurídico. Alguns passivos podem surgir das operações normais de uma entidade que 
   não  necessitam  de  um  contrato,  como  é  o  caso  da  compra  de  mercadorias  a  prazo  de  um 
   fornecedor habitual da entidade.  
    
5) Quais as formas de liquidação de uma exigibilidade? 
   Pagamento em dinheiro; Transferência de outros ativos; Prestação de serviços; Substituição de 
   uma obrigação por outra; Conversão de uma obrigação em capital. 
    
6) Qual a diferença entre Passivo Oneroso e Passivo não Oneroso? 
   Passivo  Oneroso  é  aquele  que  está  custando  à  empresa,  mensalmente,  juros  e  encargos 
   bancários: Financiamentos, Empréstimos Bancários etc. 
   Passivo  não  Oneroso  é  aquele  com  o  qual  a  empresa  não  paga  encargos  financeiros:  Salários, 
   Fornecedores etc. 
    
7) Qual a diferença entre uma exigibilidade normal e uma exigibilidade contingente? 
   Exigibilidade  normal:  passivo  cujo  montante  e  data  de  vencimento  são  conhecidos.  Exigibilidade 
   contingente: passivo que será confirmado por um evento posterior, e cujo montante exato ou data 
   de vencimento são desconhecidos.  
 
8) Existe diferença entre uma provisão e uma contingência? Justifique. 
   Sim.  Provisão:  passivo  incerto  quanto  à  quantia  ou  data  de  vencimento.  Contingência:  passivo  que 
   será confirmado por um evento posterior. 
 
9) A  provisão  corresponde  a  um  passivo  com  montante  ou  tempo  incerto.  Algumas  provisões  são 
   apresentadas como passivo, mas outras são um ativo, com sinal  negativo. Cite exemplos de provisão 
   classificada do lado do passivo e do lado do ativo. 
   Do  lado  do  passivo,  uma  provisão  para  pagamento  de  um  tributo,  férias,  13º  Terceiro.  Do  lado  do 
   ativo, a provisão para crédito de liquidação duvidosa. 
    
                                                                                                                 1 
    
Teoria da Contabilidade II                                                                                                                    Prof. Moreira 
     
10) Um  correntista  ganhou  uma  ação  milionária  contra  o  Bradesco.  O  juiz  determinou  que  o  valor  a  ser 
    pago fosse corrigido pela taxa de juros que esta instituição financeira utilizou para o cheque especial 
    dos seus clientes, o que levou a uma estimativa de pagamento de R$ 2 bilhões. 
     
         a) Qual  o  valor  que  deveria  estar  registrado  no  passivo  do  Bradesco  após  o  julgamento,  que 
              resultou numa sentença de R$ 2 bilhões?  
              Se o banco tiver intenção de entrar com recurso numa outra instância, pode‐se determinar o 
              valor esperado diante da possibilidade (pequena) do correntista continuar ganhando a ação 
              com esse valor. Assim, o banco não precisaria registrar um passivo de R$ 2 bilhões. 
         b) Considere que o Bradesco entrou com um recurso para reduzir o valor a ser pago. Qual o valor 
              que deveria constar do passivo do banco? Qual seria a contrapartida para registro do passivo? 
              A  alternativa  anterior  continua  válida.  A  contrapartida  do  registro  seria  uma  conta  de 
              resultado. 
     
11) No final do ano milhares de consumidores comprar vale‐presente. Estes vales podem ser trocados nas 
    lojas  por  mercadorias  como  livros,  DVDs  e  outros.  Entretanto,  uma  parte  significativa  dos  vales‐
    presentes não é trocada pelos clientes. Considere uma loja que vende um “vale‐presente” e que 10% 
    das vendas não são trocadas. O vale‐presente enquadra‐se na definição de passivo? Qual o valor que 
    deveria ser reconhecido pela loja?  
    Enquadra‐se na definição de passivo. A loja já deve considerar que algumas pessoas não irão trocar o 
    vale presente. Nesse caso, deve constar do passivo somente 90% dos vales vendidos. 
     
12) Segundo  a  Lei  6.404/76  todos  os  encargos  e  custos  reconhecidos  e  calculáveis  devem  ser 
    provisionados.  Contudo,  as  autoridades  não  reconhecem  como  dedutíveis  determinadas  provisões, 
    conforme a legislação do Imposto de Renda. Assinale a alternativa correspondente aos procedimentos 
    contábeis adequados nessas circunstâncias: 
     
    a) Contabilizar somente as provisões aceitas como dedutíveis pelo Fisco. 
    b) Ajustas as provisões não dedutíveis nos livros fiscais. 
    c) Ajustar as provisões dedutíveis nos livros contábeis 
    d) Ajustar as provisões dedutíveis nos livros fiscais. 
    e) Ajustar as provisões não dedutíveis nos livros contábeis. 
 
13) Uma  empresa  prestadora  de  serviços  recolhe,  desde  o  início  de  suas  atividades,  o  Imposto  sobre 
    Serviço  à  alíquota  de  2%.  Em  30/07/X0  foi  fiscalizada  e  autuada,  visto  que  o  auditor  da  receita 
    municipal  entende  que  o  referido  imposto  era  devido  à  alíquota  de  5%.  A  empresa  em  questão 
    recorreu  da  autuação,  por  estar  fundamentada  em  pareceres  e  estudos  técnicos  de  seus  advogados 
    tributaristas. Considerando que o valor em questão é significativo, qual é a providência a ser tomada a 
    fim  de  refletir  esse  fato  adequadamente  nas  demonstrações  financeiras  do  exercício  a  ser  encerrado 
    em 31/12/X0? 
     
    a) Proceder ao pagamento da notificação da fiscalização. 
    b) Constituir uma provisão para contingências. 
    c) Constituir uma reserva para contingências. 
    d) Provisionar  o  valor  a  pagar  no  exigível  a  longo  prazo,  em  virtude  da  morosidade  desse  tipo  de 
         decisão. 
    e) Divulgar o fato no relatório da administração e não efetuar qualquer registro na contabilidade. 
 
14) A empresa Merck lançou em 1999 o antiinflamatório Vioxx. O medicamento teve uma grande aceitação 
    entre  os  médicos  no  tratamento  da  artrite.  Em  2004,  a  empresa  retirou  o  medicamento  do  mercado 
    em virtude do risco de ataque cardíaco. Inúmeros pacientes e familiares entraram com ação na justiça, 
    solicitando uma indenização. Como você classificaria o litígio para a empresa? 
    Deve ser classificado como uma Contingência. 
                                                                                                                                                            2 
     
Teoria da Contabilidade II                                                                                                               Prof. Moreira 
     
15) O pagamento de assinatura de revistas, recebido antecipadamente, é contabilizado como: 
     
    a) Contra‐conta de assinaturas de revista a receber, no lado do ativo no balanço. 
    b) Receita diferida no lado do passivo no balanço. 
    c) Receita diferida na seção de patrimônio líquido no balanço. 
    d) Receita de assinaturas de revista na demonstração do resultado do período em que é recebida. 
 
  
 
     
      




                                                                                                                                                      3 
    

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 05 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 05 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 05 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 05 cathedra
 
Alfabeto em LIBRAS
Alfabeto em LIBRASAlfabeto em LIBRAS
Alfabeto em LIBRAS
 
LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
LIBRAS - Língua Brasileira de SinaisLIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
LIBRAS - Língua Brasileira de Sinais
 
Diálogos libras
Diálogos librasDiálogos libras
Diálogos libras
 
MANICURE E PEDICURE: PROJETO - PLANO DE NEGÓCIO E PLANTA FÍSICA
MANICURE E PEDICURE: PROJETO - PLANO DE NEGÓCIO E PLANTA FÍSICAMANICURE E PEDICURE: PROJETO - PLANO DE NEGÓCIO E PLANTA FÍSICA
MANICURE E PEDICURE: PROJETO - PLANO DE NEGÓCIO E PLANTA FÍSICA
 
Formação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiroFormação do povo brasileiro
Formação do povo brasileiro
 
Aula 1 orçamento empresarial
Aula 1   orçamento empresarialAula 1   orçamento empresarial
Aula 1 orçamento empresarial
 
Curso De Libras 1 Aula
Curso De Libras 1 AulaCurso De Libras 1 Aula
Curso De Libras 1 Aula
 
Documentos da área financeira
Documentos da área financeiraDocumentos da área financeira
Documentos da área financeira
 
Dia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência NegraDia Da Consciência Negra
Dia Da Consciência Negra
 
Os brasis de Darcy Ribeiro
Os brasis de Darcy RibeiroOs brasis de Darcy Ribeiro
Os brasis de Darcy Ribeiro
 
Diversidade Cultural
Diversidade CulturalDiversidade Cultural
Diversidade Cultural
 
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLAINDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
INDEPENDÊNCIA DO HAITI E AMÉRICA ESPANHOLA
 
Livro diário
Livro diárioLivro diário
Livro diário
 
Danças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptxDanças Urbanas.pptx
Danças Urbanas.pptx
 
Inclusão
InclusãoInclusão
Inclusão
 
Escravidão no Brasil
Escravidão no BrasilEscravidão no Brasil
Escravidão no Brasil
 
Reforma Trabalhista
Reforma TrabalhistaReforma Trabalhista
Reforma Trabalhista
 
LIBRAS Calendario
LIBRAS CalendarioLIBRAS Calendario
LIBRAS Calendario
 
Legislação Empresarial
Legislação EmpresarialLegislação Empresarial
Legislação Empresarial
 

Destaque

Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05contacontabil
 
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabaritoTeoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabaritogabaritocontabil
 
Resolução de questões contabeis
Resolução de questões contabeisResolução de questões contabeis
Resolução de questões contabeissimuladocontabil
 
Teoria da contabilidade i exercicios pfc ii
Teoria da contabilidade i exercicios pfc iiTeoria da contabilidade i exercicios pfc ii
Teoria da contabilidade i exercicios pfc iigabaritocontabil
 
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito 2
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito 2Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito 2
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito 2gabaritocontabil
 
Teoria da contabilidade i gabarito exercicios lucro_distribu_vel
Teoria da contabilidade i gabarito exercicios lucro_distribu_velTeoria da contabilidade i gabarito exercicios lucro_distribu_vel
Teoria da contabilidade i gabarito exercicios lucro_distribu_velgabaritocontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade esaf
Exercicios resolvidos contabilidade   esafExercicios resolvidos contabilidade   esaf
Exercicios resolvidos contabilidade esafcontacontabil
 
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidosApostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidosdudu_rosa
 
Slide curso teoria da contabilidade para exame de suficiencia cfc
Slide curso teoria da contabilidade para exame de suficiencia cfcSlide curso teoria da contabilidade para exame de suficiencia cfc
Slide curso teoria da contabilidade para exame de suficiencia cfcUnichristus Centro Universitário
 
Teoria da contabilidade i exercicios pl
Teoria da contabilidade i exercicios plTeoria da contabilidade i exercicios pl
Teoria da contabilidade i exercicios plgabaritocontabil
 
Teoria da contabilidade ii exercicios passivo
Teoria da contabilidade ii exercicios passivoTeoria da contabilidade ii exercicios passivo
Teoria da contabilidade ii exercicios passivogabaritocontabil
 
Contabilidade geral exerc 9
Contabilidade geral exerc 9Contabilidade geral exerc 9
Contabilidade geral exerc 9J M
 
Apostila contabilidade geral i teoria_completa
Apostila contabilidade geral i teoria_completaApostila contabilidade geral i teoria_completa
Apostila contabilidade geral i teoria_completacapitulocontabil
 
Apostila Funcao financeira nas organizações
Apostila Funcao financeira nas organizaçõesApostila Funcao financeira nas organizações
Apostila Funcao financeira nas organizaçõesArnoldo Schmidt Neto
 
Historia da contabilidade
Historia da contabilidadeHistoria da contabilidade
Historia da contabilidadeLara Alves
 
Material aula teoria contabilidade
Material aula teoria contabilidadeMaterial aula teoria contabilidade
Material aula teoria contabilidadeRafhael Sena
 
Trabalho de contabilidade teoria da contabilidade
Trabalho de contabilidade teoria da contabilidadeTrabalho de contabilidade teoria da contabilidade
Trabalho de contabilidade teoria da contabilidade272018
 
Teoria da contabilidade 1 - slid -
Teoria da contabilidade   1  - slid -Teoria da contabilidade   1  - slid -
Teoria da contabilidade 1 - slid -Gis Viana de Brito
 

Destaque (20)

Exercicios passivo
Exercicios passivoExercicios passivo
Exercicios passivo
 
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05Exercicios resolvidos contabilidade   aula 05
Exercicios resolvidos contabilidade aula 05
 
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabaritoTeoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito
 
Resolução de questões contabeis
Resolução de questões contabeisResolução de questões contabeis
Resolução de questões contabeis
 
Teoria da contabilidade i exercicios pfc ii
Teoria da contabilidade i exercicios pfc iiTeoria da contabilidade i exercicios pfc ii
Teoria da contabilidade i exercicios pfc ii
 
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito 2
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito 2Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito 2
Teoria da contabilidade i exercicios contabilidade ativo gabarito 2
 
Teoria da contabilidade i gabarito exercicios lucro_distribu_vel
Teoria da contabilidade i gabarito exercicios lucro_distribu_velTeoria da contabilidade i gabarito exercicios lucro_distribu_vel
Teoria da contabilidade i gabarito exercicios lucro_distribu_vel
 
Exercicios resolvidos contabilidade esaf
Exercicios resolvidos contabilidade   esafExercicios resolvidos contabilidade   esaf
Exercicios resolvidos contabilidade esaf
 
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidosApostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
Apostila contabilidade geral 133 exercicios resolvidos
 
Slide curso teoria da contabilidade para exame de suficiencia cfc
Slide curso teoria da contabilidade para exame de suficiencia cfcSlide curso teoria da contabilidade para exame de suficiencia cfc
Slide curso teoria da contabilidade para exame de suficiencia cfc
 
Teoria da contabilidade i exercicios pl
Teoria da contabilidade i exercicios plTeoria da contabilidade i exercicios pl
Teoria da contabilidade i exercicios pl
 
Teoria da contabilidade ii exercicios passivo
Teoria da contabilidade ii exercicios passivoTeoria da contabilidade ii exercicios passivo
Teoria da contabilidade ii exercicios passivo
 
Contabilidade geral exerc 9
Contabilidade geral exerc 9Contabilidade geral exerc 9
Contabilidade geral exerc 9
 
Exercicios pl
Exercicios plExercicios pl
Exercicios pl
 
Apostila contabilidade geral i teoria_completa
Apostila contabilidade geral i teoria_completaApostila contabilidade geral i teoria_completa
Apostila contabilidade geral i teoria_completa
 
Apostila Funcao financeira nas organizações
Apostila Funcao financeira nas organizaçõesApostila Funcao financeira nas organizações
Apostila Funcao financeira nas organizações
 
Historia da contabilidade
Historia da contabilidadeHistoria da contabilidade
Historia da contabilidade
 
Material aula teoria contabilidade
Material aula teoria contabilidadeMaterial aula teoria contabilidade
Material aula teoria contabilidade
 
Trabalho de contabilidade teoria da contabilidade
Trabalho de contabilidade teoria da contabilidadeTrabalho de contabilidade teoria da contabilidade
Trabalho de contabilidade teoria da contabilidade
 
Teoria da contabilidade 1 - slid -
Teoria da contabilidade   1  - slid -Teoria da contabilidade   1  - slid -
Teoria da contabilidade 1 - slid -
 

Semelhante a Teoria da contabilidade i gabarito exercicios passivo

Contabilidade geral i cap 11 gabarito - pfc
Contabilidade geral i cap 11   gabarito - pfcContabilidade geral i cap 11   gabarito - pfc
Contabilidade geral i cap 11 gabarito - pfcgabaritocontabil
 
Banco do brasil escrituário
Banco do brasil escrituárioBanco do brasil escrituário
Banco do brasil escrituárioPaulo Junior
 
Apostila contabilidade exercicios ii
Apostila contabilidade exercicios iiApostila contabilidade exercicios ii
Apostila contabilidade exercicios iicapitulocontabil
 
Apostila contabilidade exercicios ii
Apostila contabilidade exercicios iiApostila contabilidade exercicios ii
Apostila contabilidade exercicios iiapostilacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedracontacontabil
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedracathedracontabil
 
Balanço patrimonial passivo e pl vf lfg
Balanço patrimonial passivo e pl vf lfgBalanço patrimonial passivo e pl vf lfg
Balanço patrimonial passivo e pl vf lfgLane78
 
Comun 046 2012 associados anexo informativo notícias cecafé - 3ª edicao
Comun 046 2012 associados anexo informativo notícias cecafé - 3ª edicaoComun 046 2012 associados anexo informativo notícias cecafé - 3ª edicao
Comun 046 2012 associados anexo informativo notícias cecafé - 3ª edicaoLuiz Valeriano
 
Empréstimos e financiamentos contabilidade
Empréstimos e financiamentos contabilidadeEmpréstimos e financiamentos contabilidade
Empréstimos e financiamentos contabilidadezeramento contabil
 
Títulos caucionados contabeis
Títulos caucionados contabeisTítulos caucionados contabeis
Títulos caucionados contabeiszeramento contabil
 

Semelhante a Teoria da contabilidade i gabarito exercicios passivo (20)

Contabilidade geral i cap 11 gabarito - pfc
Contabilidade geral i cap 11   gabarito - pfcContabilidade geral i cap 11   gabarito - pfc
Contabilidade geral i cap 11 gabarito - pfc
 
Exercicios contabeis 04
Exercicios contabeis 04Exercicios contabeis 04
Exercicios contabeis 04
 
Recurso iss rj
Recurso iss rjRecurso iss rj
Recurso iss rj
 
Duplicatas descontadas
Duplicatas descontadasDuplicatas descontadas
Duplicatas descontadas
 
Recurso%20 Iss Rj
Recurso%20 Iss RjRecurso%20 Iss Rj
Recurso%20 Iss Rj
 
Banco do brasil escrituário
Banco do brasil escrituárioBanco do brasil escrituário
Banco do brasil escrituário
 
Apostila contabilidade exercicios ii
Apostila contabilidade exercicios iiApostila contabilidade exercicios ii
Apostila contabilidade exercicios ii
 
Apostila contabilidade exercicios ii
Apostila contabilidade exercicios iiApostila contabilidade exercicios ii
Apostila contabilidade exercicios ii
 
Classifique os custos 15
Classifique os custos 15Classifique os custos 15
Classifique os custos 15
 
Exercont adm3
Exercont adm3Exercont adm3
Exercont adm3
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
 
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedraExercicios resolvidos contabilidade geral   aula 14 cathedra
Exercicios resolvidos contabilidade geral aula 14 cathedra
 
Balanço patrimonial passivo e pl vf lfg
Balanço patrimonial passivo e pl vf lfgBalanço patrimonial passivo e pl vf lfg
Balanço patrimonial passivo e pl vf lfg
 
Comun 046 2012 associados anexo informativo notícias cecafé - 3ª edicao
Comun 046 2012 associados anexo informativo notícias cecafé - 3ª edicaoComun 046 2012 associados anexo informativo notícias cecafé - 3ª edicao
Comun 046 2012 associados anexo informativo notícias cecafé - 3ª edicao
 
Empréstimos e financiamentos contabilidade
Empréstimos e financiamentos contabilidadeEmpréstimos e financiamentos contabilidade
Empréstimos e financiamentos contabilidade
 
Exercicios contabeis 01
Exercicios contabeis 01Exercicios contabeis 01
Exercicios contabeis 01
 
Exercicios contabilidade
Exercicios contabilidadeExercicios contabilidade
Exercicios contabilidade
 
Aula08
Aula08Aula08
Aula08
 
CONTABILIDADE PÚBLICA
CONTABILIDADE PÚBLICA CONTABILIDADE PÚBLICA
CONTABILIDADE PÚBLICA
 
Títulos caucionados contabeis
Títulos caucionados contabeisTítulos caucionados contabeis
Títulos caucionados contabeis
 

Mais de gabaritocontabil

Matematica slides descontos
Matematica slides descontosMatematica slides descontos
Matematica slides descontosgabaritocontabil
 
Matematica slides porcentagem
Matematica slides porcentagemMatematica slides porcentagem
Matematica slides porcentagemgabaritocontabil
 
Matematica slides habitacional2
Matematica slides habitacional2Matematica slides habitacional2
Matematica slides habitacional2gabaritocontabil
 
Matematica slides capitalizacao composta
Matematica slides capitalizacao compostaMatematica slides capitalizacao composta
Matematica slides capitalizacao compostagabaritocontabil
 
Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2gabaritocontabil
 
Matematica slides amortizacao3
Matematica slides amortizacao3Matematica slides amortizacao3
Matematica slides amortizacao3gabaritocontabil
 
Matematica slides taxas ii
Matematica slides taxas iiMatematica slides taxas ii
Matematica slides taxas iigabaritocontabil
 
Matematica slides inflacao i
Matematica slides inflacao iMatematica slides inflacao i
Matematica slides inflacao igabaritocontabil
 
Matematica slides amortiza o_ii
Matematica slides amortiza o_iiMatematica slides amortiza o_ii
Matematica slides amortiza o_iigabaritocontabil
 
Matematica gabarito revisao
Matematica gabarito revisaoMatematica gabarito revisao
Matematica gabarito revisaogabaritocontabil
 
Apostila matematica aplicada
Apostila matematica aplicadaApostila matematica aplicada
Apostila matematica aplicadagabaritocontabil
 
Apostila matematica basica
Apostila matematica basicaApostila matematica basica
Apostila matematica basicagabaritocontabil
 
Matematica exercicios lista amortiza_o_i_gabarito2
Matematica exercicios lista amortiza_o_i_gabarito2Matematica exercicios lista amortiza_o_i_gabarito2
Matematica exercicios lista amortiza_o_i_gabarito2gabaritocontabil
 
Matematica lista 7 -_amortiza_o_ii__gabarito
Matematica lista 7 -_amortiza_o_ii__gabaritoMatematica lista 7 -_amortiza_o_ii__gabarito
Matematica lista 7 -_amortiza_o_ii__gabaritogabaritocontabil
 

Mais de gabaritocontabil (20)

Matematica slides descontos
Matematica slides descontosMatematica slides descontos
Matematica slides descontos
 
Matematica slides porcentagem
Matematica slides porcentagemMatematica slides porcentagem
Matematica slides porcentagem
 
Matematica basica i
Matematica basica iMatematica basica i
Matematica basica i
 
Matematica slides habitacional2
Matematica slides habitacional2Matematica slides habitacional2
Matematica slides habitacional2
 
Matematica slides capitalizacao composta
Matematica slides capitalizacao compostaMatematica slides capitalizacao composta
Matematica slides capitalizacao composta
 
Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2Matematica slides amortizacao2
Matematica slides amortizacao2
 
Matematica slides amortizacao3
Matematica slides amortizacao3Matematica slides amortizacao3
Matematica slides amortizacao3
 
Matematica slides taxas ii
Matematica slides taxas iiMatematica slides taxas ii
Matematica slides taxas ii
 
Matematica uniformes
Matematica uniformesMatematica uniformes
Matematica uniformes
 
Matematica slides taxas
Matematica slides taxasMatematica slides taxas
Matematica slides taxas
 
Matematica slides taxas2
Matematica slides taxas2Matematica slides taxas2
Matematica slides taxas2
 
Matematica slides inflacao i
Matematica slides inflacao iMatematica slides inflacao i
Matematica slides inflacao i
 
Matematica slides amortiza o_ii
Matematica slides amortiza o_iiMatematica slides amortiza o_ii
Matematica slides amortiza o_ii
 
Matematica discreta
Matematica discretaMatematica discreta
Matematica discreta
 
Matematica gabarito revisao
Matematica gabarito revisaoMatematica gabarito revisao
Matematica gabarito revisao
 
Apostila matematica aplicada
Apostila matematica aplicadaApostila matematica aplicada
Apostila matematica aplicada
 
Apostila matematica basica
Apostila matematica basicaApostila matematica basica
Apostila matematica basica
 
Matematica lista revisao
Matematica lista revisaoMatematica lista revisao
Matematica lista revisao
 
Matematica exercicios lista amortiza_o_i_gabarito2
Matematica exercicios lista amortiza_o_i_gabarito2Matematica exercicios lista amortiza_o_i_gabarito2
Matematica exercicios lista amortiza_o_i_gabarito2
 
Matematica lista 7 -_amortiza_o_ii__gabarito
Matematica lista 7 -_amortiza_o_ii__gabaritoMatematica lista 7 -_amortiza_o_ii__gabarito
Matematica lista 7 -_amortiza_o_ii__gabarito
 

Último

A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBAline Santana
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.keislayyovera123
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Mary Alvarenga
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfAdrianaCunha84
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfmirandadudu08
 

Último (20)

XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA      -
XI OLIMPÍADAS DA LÍNGUA PORTUGUESA -
 
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASBCRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
CRÔNICAS DE UMA TURMA - TURMA DE 9ºANO - EASB
 
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.Época Realista y la obra de Madame Bovary.
Época Realista y la obra de Madame Bovary.
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
Grupo Tribalhista - Música Velha Infância (cruzadinha e caça palavras)
 
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdfWilliam J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
William J. Bennett - O livro das virtudes para Crianças.pdf
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, Betel, Ordenança quanto à contribuição financeira, 2Tr24.pptx
 
Regência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdfRegência Nominal e Verbal português .pdf
Regência Nominal e Verbal português .pdf
 

Teoria da contabilidade i gabarito exercicios passivo

  • 1. Teoria da Contabilidade II                                                                                                 Prof. Moreira      EXERCÍCIOS  Passivo (gabarito)    1) Defina o que é Passivo.  Passivo  é  o  resultado  econômico  a  ser  sacrificado  no  futuro  em  função  de  dívida  e/ou  obrigações  contraídas  perante  terceiros.  Ou  ainda,  em  outras  palavras,  são  as  obrigações  de  uma  entidade  perante terceiros.    2) Compare  a  definição  de  Passivo  do  Iasb  com  a  definição  dada  pela  Deliberação  CVM  nº  539  de  14.03.2008.  Não há diferenças. As definições são praticamente idênticas.    3) Um passivo normalmente é resultante de uma transação em que uma entidade obtém um recurso  econômico. Cite exemplos de passivos que podem surgir sem a contraprestação deste benefício.  Impostos, Contingências trabalhistas.    4) É  necessária  a  existência  de  uma  base  contratual  para  o  reconhecimento  de  um  passivo?  Justifique.  Não. Apesar de existirem diversos passivos que originam de contratos assinados (empréstimos),  a  existência  de  uma  base  contratual  não  é  necessária,  pois  nem  todo  passivo  nasce  de  um  documento jurídico. Alguns passivos podem surgir das operações normais de uma entidade que  não  necessitam  de  um  contrato,  como  é  o  caso  da  compra  de  mercadorias  a  prazo  de  um  fornecedor habitual da entidade.     5) Quais as formas de liquidação de uma exigibilidade?  Pagamento em dinheiro; Transferência de outros ativos; Prestação de serviços; Substituição de  uma obrigação por outra; Conversão de uma obrigação em capital.    6) Qual a diferença entre Passivo Oneroso e Passivo não Oneroso?  Passivo  Oneroso  é  aquele  que  está  custando  à  empresa,  mensalmente,  juros  e  encargos  bancários: Financiamentos, Empréstimos Bancários etc.  Passivo  não  Oneroso  é  aquele  com  o  qual  a  empresa  não  paga  encargos  financeiros:  Salários,  Fornecedores etc.    7) Qual a diferença entre uma exigibilidade normal e uma exigibilidade contingente?  Exigibilidade  normal:  passivo  cujo  montante  e  data  de  vencimento  são  conhecidos.  Exigibilidade  contingente: passivo que será confirmado por um evento posterior, e cujo montante exato ou data  de vencimento são desconhecidos.     8) Existe diferença entre uma provisão e uma contingência? Justifique.  Sim.  Provisão:  passivo  incerto  quanto  à  quantia  ou  data  de  vencimento.  Contingência:  passivo  que  será confirmado por um evento posterior.    9) A  provisão  corresponde  a  um  passivo  com  montante  ou  tempo  incerto.  Algumas  provisões  são  apresentadas como passivo, mas outras são um ativo, com sinal  negativo. Cite exemplos de provisão  classificada do lado do passivo e do lado do ativo.  Do  lado  do  passivo,  uma  provisão  para  pagamento  de  um  tributo,  férias,  13º  Terceiro.  Do  lado  do  ativo, a provisão para crédito de liquidação duvidosa.    1   
  • 2. Teoria da Contabilidade II                                                                                                 Prof. Moreira    10) Um  correntista  ganhou  uma  ação  milionária  contra  o  Bradesco.  O  juiz  determinou  que  o  valor  a  ser  pago fosse corrigido pela taxa de juros que esta instituição financeira utilizou para o cheque especial  dos seus clientes, o que levou a uma estimativa de pagamento de R$ 2 bilhões.    a) Qual  o  valor  que  deveria  estar  registrado  no  passivo  do  Bradesco  após  o  julgamento,  que  resultou numa sentença de R$ 2 bilhões?   Se o banco tiver intenção de entrar com recurso numa outra instância, pode‐se determinar o  valor esperado diante da possibilidade (pequena) do correntista continuar ganhando a ação  com esse valor. Assim, o banco não precisaria registrar um passivo de R$ 2 bilhões.  b) Considere que o Bradesco entrou com um recurso para reduzir o valor a ser pago. Qual o valor  que deveria constar do passivo do banco? Qual seria a contrapartida para registro do passivo?  A  alternativa  anterior  continua  válida.  A  contrapartida  do  registro  seria  uma  conta  de  resultado.    11) No final do ano milhares de consumidores comprar vale‐presente. Estes vales podem ser trocados nas  lojas  por  mercadorias  como  livros,  DVDs  e  outros.  Entretanto,  uma  parte  significativa  dos  vales‐ presentes não é trocada pelos clientes. Considere uma loja que vende um “vale‐presente” e que 10%  das vendas não são trocadas. O vale‐presente enquadra‐se na definição de passivo? Qual o valor que  deveria ser reconhecido pela loja?   Enquadra‐se na definição de passivo. A loja já deve considerar que algumas pessoas não irão trocar o  vale presente. Nesse caso, deve constar do passivo somente 90% dos vales vendidos.    12) Segundo  a  Lei  6.404/76  todos  os  encargos  e  custos  reconhecidos  e  calculáveis  devem  ser  provisionados.  Contudo,  as  autoridades  não  reconhecem  como  dedutíveis  determinadas  provisões,  conforme a legislação do Imposto de Renda. Assinale a alternativa correspondente aos procedimentos  contábeis adequados nessas circunstâncias:    a) Contabilizar somente as provisões aceitas como dedutíveis pelo Fisco.  b) Ajustas as provisões não dedutíveis nos livros fiscais.  c) Ajustar as provisões dedutíveis nos livros contábeis  d) Ajustar as provisões dedutíveis nos livros fiscais.  e) Ajustar as provisões não dedutíveis nos livros contábeis.    13) Uma  empresa  prestadora  de  serviços  recolhe,  desde  o  início  de  suas  atividades,  o  Imposto  sobre  Serviço  à  alíquota  de  2%.  Em  30/07/X0  foi  fiscalizada  e  autuada,  visto  que  o  auditor  da  receita  municipal  entende  que  o  referido  imposto  era  devido  à  alíquota  de  5%.  A  empresa  em  questão  recorreu  da  autuação,  por  estar  fundamentada  em  pareceres  e  estudos  técnicos  de  seus  advogados  tributaristas. Considerando que o valor em questão é significativo, qual é a providência a ser tomada a  fim  de  refletir  esse  fato  adequadamente  nas  demonstrações  financeiras  do  exercício  a  ser  encerrado  em 31/12/X0?    a) Proceder ao pagamento da notificação da fiscalização.  b) Constituir uma provisão para contingências.  c) Constituir uma reserva para contingências.  d) Provisionar  o  valor  a  pagar  no  exigível  a  longo  prazo,  em  virtude  da  morosidade  desse  tipo  de  decisão.  e) Divulgar o fato no relatório da administração e não efetuar qualquer registro na contabilidade.    14) A empresa Merck lançou em 1999 o antiinflamatório Vioxx. O medicamento teve uma grande aceitação  entre  os  médicos  no  tratamento  da  artrite.  Em  2004,  a  empresa  retirou  o  medicamento  do  mercado  em virtude do risco de ataque cardíaco. Inúmeros pacientes e familiares entraram com ação na justiça,  solicitando uma indenização. Como você classificaria o litígio para a empresa?  Deve ser classificado como uma Contingência.  2   
  • 3. Teoria da Contabilidade II                                                                                                 Prof. Moreira    15) O pagamento de assinatura de revistas, recebido antecipadamente, é contabilizado como:    a) Contra‐conta de assinaturas de revista a receber, no lado do ativo no balanço.  b) Receita diferida no lado do passivo no balanço.  c) Receita diferida na seção de patrimônio líquido no balanço.  d) Receita de assinaturas de revista na demonstração do resultado do período em que é recebida.              3