SlideShare uma empresa Scribd logo
O TEMPO é a SUPREMA RENOVAÇÃO da Vida
Amália Domingos Soler – Memórias do Padre Germano – Cap. 7 – Patrimônio do Homem
O TEMPO é o TESOURO INFINITO que o Criador concede
às criaturas.
Humberto de Campos – Pontos e Contos – Cap. 50 – Ano Novo
Galileu Galilei
1564/1642
Santo Agostinho
354/430
O que é o Tempo?
Livro dos Espíritos
A Gênese
FUTURO/
PRESENTE/PASSADO
COMPLETISTAS:
Parciais/Totais
SUICIDAS:
Indiretos/Diretos
PARADOS NO TEMPO:
Encarnados/Desencarnados
RENOVAÇÃO = Fluxo
contínuo
AMPULHETA DA VIDA
Janeiro a Janeiro, renova-se o ano, oferecendo
novo ciclo ao trabalho.
É como se tudo estivesse a dizer : "SE
QUISERES, PODES RECOMEÇAR".
(...) DESVENCILHA-TE DO INÚTIL.
Emmanuel – Palavras de Vida Eterna – Cap. 1 -
Recomecemos
Largue qualquer sombra do
passado ao chão do tempo, QUAL A
ÁRVORE QUE LANÇA DE SI AS
FOLHAS MORTAS.
André Luiz – Respostas da Vida – Cap. 3
Medida de Tempo: AMPULHETA
Sol/Agua/Pêndulo/Quartzo/Atômico
O TEMPO é a SUPREMA RENOVAÇÃO da Vida
Amália Domingos Soler – Memórias do Padre Germano – Cap. 7 – Patrimônio do Homem
Pudesse um só indivíduo dispor dos
tesouros todos de um planeta, mas,
sem tempo à sua disposição, nulo
seria o seu poder .
Amália Domingos Soler – Memórias do
Padre Germano – Cap. 7 – Patrimônio do Homem
“A questão mais aflitiva para o Espirito no Além é a consciência do
tempo perdido...”
Chico Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Cap. 17
O TEMPO é o TESOURO INFINITO que o Criador concede
às criaturas.
Humberto de Campos – Pontos e Contos – Cap. 50 – Ano Novo
“…LOUCO, ESTA NOITE TE PEDIRÃO A TUA ALMA; e o que tens ajuntado
para quem será?”
JESUS (Lucas, 12:20)
E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?
se você morresse...
Mas você não morre,
você marcha, José!
JOSÉ, PARA ONDE?
Carlos Drummond de Andrade
– E Agora, José?
DE REPENTE, não mais que de repente
Fez-se do amigo próximo o distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente.
Vinicius de Morais – Soneto da Separação
ENQUANTO VOCÊ
AINDA PODE...
O aniversário de Jesus precede o natalício do Tempo.
- Com o Mestre, recebemos o Dia do Amor e da
Concórdia.
- Com o tempo, encontramos o Dia da Fraternidade
Universal.
- O primeiro renova a alegria.
- O SEGUNDO REFORMA A RESPONSABILIDADE.
Emmanuel - Fonte de Paz – Cap. 12
O TEMPO E VOCÊ
MAIS TEMPO CONCEDIDO – PACIÊNCIA DE DEUS.
MAIS TEMPO CONCEDIDO – CRÉDITO REFEITO.
 Vê, assim, o que atiras no chão das horas, porque, como ocorre na gleba comum,
de tudo o que dermos ao tempo receberemos colheita certa.
Emmanuel - Inspiração – Pag. 24: Mais Tempo
Eu sempre digo, e não me
cansarei nunca de dizer:
que após a benção da Vida,
A BENÇÃO MAIOR É A
BÊNÇÃO DO TEMPO.
Enquanto você ainda pode:
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
Jácome Góes
1936/2022
Procure PRESERVAR A SUA SAÚDE,
libertando-se da PRISÃO DE TODOS
OS VÍCIOS, para não chorar amanhã
as lágrimas de todas as dores.
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
Saúde não é apenas a ausência de doença, mas uma situação de perfeito bem-estar físico, mental e social.
OMS - 1946
Que gênio milagroso te doará o equilíbrio orgânico, se não sabes calar, nem desculpar, se não
ajudas, nem compreendes, se não te humilhas para os desígnios superiores, nem procuras
harmonia com os homens.
Emmanuel – Fonte Viva – Cap. 88 – Estás doente?
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
GLUTÕES
• renitentes
ALCOOLATRAS
• insistentes
TOXICÔMANOS
• inconsequentes
Cairbar
Schutel
–
Crestomatia
da
Imortalidade
–
Cap.
PRESERVE A SAÚDE – e os Vícios
COLÉRICOS
• extremados
CIUMENTOS
• inveterados
AMBICIOSOS
• incorrigíveis
PREQUIÇOSOS
• dissolutos
Sob condicionamentos infelizes e sujeição de drogas desgastantes ou vapores mentais tóxicos, A
SUA MAQUINARIA DESAJUSTA-SE E INTERROMPE A MARCHA.
Certamente aquele que assim procede, POR NEGLIGÊNCIA OU INDIFERENÇA, está contribuindo para a
própria desencarnação, sub-repticiamente desejando-a.
Joanna de Angelis – Suicídio Moral - 26 de junho de 2002, na reunião do Centro Espírita Caminho da Redenção.
Através do próprio pensamento desgovernado,
O HOMEM PODE FABRICAR PARA SI MESMO as mais graves
eclosões de alienação mental, como sejam
as psicoses de angustia e ódio, vaidade e orgulho, usura e delinqüência,
desanimo e egocentrismo, impondo ao veículo orgânico
PROCESSOS PATOGÊNICOS INDEFINÍVEIS, que lhe FAVORECEM
A DERROCADA OU A MORTE.
Dias da Cruz – Instruções Psicofônicas – Cap. 34
TODOS OS NOSSOS PENSAMENTOS definidos por vibrações, palavras ou atos,
ARROJAM DE NÓS RAIOS ESPECÍFICOS.
Assim sendo, é indispensável curar de nossas próprias atitudes, na autodefesa e no amparo
aos semelhantes, porquanto a cólera e a irritação, a leviandade e a maledicência, a
crueldade e a calúnia, a irreflexão e a brutalidade, a tristeza e o desânimo, produzem
ELEVADA PERCENTAGEM DE AGENTES DE NATUREZA DESTRUTIVA, EM NÓS
E EM TORNO DE NÓS.
Dias da Cruz – Instruções Psicofônicas - 19
PRESERVE A SAÚDE - e a Mente
− A impetuosidade bloqueia a razão e desarticula o sistema nervoso central.
− A queixa e o azedume emitem ondas pessimistas que sobrecarregam os sistemas de comunicação,
produzindo envenenamento mental.
− A ira obnubila o discernimento e produz disfunções gastrintestinais pelos tóxicos que lança na
organização biológica.
− A mágoa enlouquece, em razão de produzir fixações que se transformam em monoideísmo
avassalador.
− A insatisfação perturba o senso de observação e afeta o ritmo circulatório promovendo quadros
depressivos, ou excitantes e prejudiciais.
− O ciúme enceguece e desencadeia disritmias emocionais pela tensão que domina os neurônios
condutores do pensamento. A maledicência incorpora a calúnia e ambas desorganizam a escala de
valores, aumentando os estímulos no aparelho endócrino que se exaure.
− A ansiedade e o medo desestruturam o edifício celular dando margens às distonias complexas.
− A vingança ,sob qualquer aspecto agasalha, corrói os sentimentos, qual ácido destruidor abrindo
brechas para a amargura, o suicídio e a alucinação…
Joanna de Angelis – Seara do Bem – Cap. 3 - Doenças do Comportamento
PRESERVE A SAÚDE - e o Comportamento
Saúde é dever correto
Por divino cativeiro.
Cabeça desocupada
Desajusta o corpo inteiro.
Casemiro Cunha – Pássaros Humanos – Cap. 2
Saúde é o pensamento em harmonia com a lei de Deus. Doença é o processo de retificá-lo, corrigindo
erros e abusos perpetrados por nós mesmos, ontem ou hoje, diante dela.
Lourenço Prado – Instruções Psicofônicas – Cap. 38
Casemiro Cunha
1880/1914
PRESERVE A SAÚDE
Amigo, atende aos imperativos da saúde física porque o vaso de carne é concessão do
Senhor para a extensão do Infinito Bem, mas não te esqueças da saúde espiritual e
consagra-te, sob a luz do Evangelho, aos esportes da própria sublimação.
Emmanuel – Taça de Luz – Cap. 10
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
O Trabalho deve ser fonte de dignidade.
OIT – 1944/Declaração de Filadélfia
VALORIZE o seu TRABALHO, agradecendo
a Deus cada gota do teu suor, que é o
tempero sagrado do teu pão; os fios da
tua roupa, os tijolos da tua casa, e as
colunas da tua honra.
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
Trabalha, antes de pedir, porque o teu próprio trabalho fará a exposição
de tuas necessidades.
Mariano José Pereira da Fonseca – Falando à Terra – Cap. 32
O trabalho se alicerça nas leis de Amor que regem o
Universo.
Trabalha o verme no solo, o homem na Terra e o Pai nas
Galáxias.
A vida é um hino à dinâmica do trabalho.
Não há na Natureza o ócio.
O aparente repouso das coisas traduz a pobreza dos sentidos
humanos.
A vida se agita em toda parte.
O movimento é lei universal em tudo presente.
Joanna de Angelis – Leis Morais da Vida – Cap. 7
Por trabalho só se devem entender as ocupações materiais?
Não; o Espírito trabalha, assim como o corpo. Toda ocupação útil é trabalho.
Allan Kardec – Livro dos Espíritos – 3º Parte – Cap. 3 – Perg. 675
VALORIZE O TRABALHO
Se pretendes alcançar
A glória da luz divina,
Na bênção de cada instante,
Trabalha, serve e ilumina.
Casemiro Cunha – Cartas do Coração – Cap. 22
O TRABALHO É DAS MAIORES BÊNÇÃOS DE DEUS no campo das horas. Em suas dádivas de realização
para o bem, o triste se reconforta, o ignorante aprende, o doente se refaz, o criminoso se regenera.
Frederico Figner (Irmão Jacob) – Voltei – Cap. 20
Casemiro Cunha
1880/1914
VALORIZE O TRABALHO
 O Trabalho–ação transforma o Ambiente.
 O Trabalho–serviço transforma o Homem.
Emmanuel – Pensamento e Vida – Cap. 7
Um homem se humilha
Se castram seu sonho
Seu sonho é sua vida
E vida é trabalho.
E sem o seu trabalho
O homem não tem honra
E sem a sua honra
Se morre, se mata.
Não dá pra ser feliz.
Não dá pra ser feliz.
Gonzaguinha –
Um Homem também
chora
CULTIVE a AMIZADE, e enriqueça o seu
relacionamento com os recursos da
simpatia e do otimismo, para ter a
gratificação da certeza de que a sua
presença é aguardada e sua ausência
sentida.
Abençoemos aqueles que se preocupam conosco, que nos amam, que nos atendem as necessidades…
Valorizemos o amigo que nos socorre, que se interessa por nós, que nos escreve, que nos telefona para
saber como é que estamos indo… A amizade é uma dádiva de Deus!
Chico Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Item 328 – o Valor da Amizade
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
Quem ajunta amigos, amontoa amor. Quem amontoa amor, acumula poder.
Emmanuel – Fonte Viva – Cap. 150
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
CULTIVE A AMIZADE
- A bondade é a afetividade que se expande;
- O ciúme é a afetividade insegura e possessiva;
- O ódio é a afetividade que enlouqueceu;
- O auxílio fraterno é a afetividade em ação;
- O amor é a afetividade que se sublima;
- A caridade é o momento máximo da afetividade ...
Em qualquer circunstância libera a tua AFETIVIDADE
desencarcerando-a, a fim de que se expanda e beneficie os
demais.
Joanna de Angelis – Diretrizes para o êxito – Cap. 26
AMIGOS FOI A TITULAÇÃO MAIS EXPRESSIVA que Jesus destacou do vocabulário para definir os companheiros.
Isso naturalmente ocorreu, porque nenhum de nós consegue algo realizar sem amigos que nos comunguem os
pensamentos e nos auxiliem a concretizar os próprios anseios.
Emmanuel – Amizade - Prefácio
Procura formar amigos
Com teus valores cristãos.
O destino faz parentes,
A bondade faz irmãos.
Casemiro Cunha – Gotas de Luz – Cap. 30
O amigo de Jesus é o caminheiro da verdade. (…) O amigo do Mestre é aquele que se tornou o devotado
companheiro de seus irmãos; é o que se fez um com o Cristo, como Jesus se fez um com o Pai.
Des Touches – Presença de Chico Xavier – Cap. 9 – O Amigo de Jesus
Casemiro Cunha
1880/1914
CULTIVE A AMIZADE
O amigo é uma bênção que nos cabe cultivar no clima da gratidão.
Em qualquer dificuldade com as relações afetivas é preciso lembrar que toda criatura humana é um ser inteligente
em transformação incessante, e, por vezes, a mudança das pessoas que amamos não se verifica na direção de
nossas próprias escolhas.
Quanto mais amizade você der, mais amizade receberá.
André Luiz – Sinal Verde – Cap. 12 – Perante os Amigos
Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração.
Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam: Não
Mesmo esquecendo a canção.
Milton Nascimento – Canção da América
PALAVRAS ERRADAS SÃO COMO PREGOS MARTELADOS NA PAREDE, quando retirados sempre deixam
marcas, por isso pense bem antes de dizer algo a alguém!
Alberto Almeida
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
Selecione muito bem as suas PALAVRAS, porque
as mesmas depois de proferidas, sempre
deixam suas marcas, sombrias ou luminosas,
muitas delas, pelas expressões de amor ou
desamor, nem o tempo consegue apagar.
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
AS PALAVRAS QUE NOS ESCAPAM DA BOCA ou da escrita assemelham-se, de maneira simbólica, ao ferro gusa;
após escorrerem do forno de nossa mente solidificam-se nos trilhos, bons ou maus, sobre os quais o comboio de
nossa existência estará no caminho.
Emmanuel – Benção de Paz – Cap. 24 – Verbo e Caminho
Você dominará sempre as palavras que não disse, entretanto, se subordinará àquelas que pronuncie.
André Luiz – Sinal Verde – Cap. 39
SELECIONE AS SUAS PALAVRAS
Meus irmãos, para o médico desencarnado o verbo mal conduzido é sempre a raiz escura de grande parte dos
processos patogênicos que flagelam a Humanidade.
A palavra deprimente é sarna invisível, complicando os problemas, enegrecendo o destino, retardando o
progresso, desfazendo a paz, golpeando a fé e anulando a alegria.
Se buscamos no mundo selecionar alimentos sadios, na segurança e aprumo do corpo, é indispensável escolher
conversações edificantes, capazes de preservar a beleza e a harmonia de nossas almas.
André Luiz – Instruções Psicofônicas – Cap.9 - Na Esfera da Palavra
SEMPRE QUE A NOSSA PALAVRA:
censura, justifica, levanta, rebaixa, deprecia, louva, depreda, restaura,
complica, auxilia, apoia, fere, abençoa ou condena seja a quem for,
estamos fazendo o nosso próprio retrato.
E isso acontece porque sendo realidades dos outros as atitudes, os pensamentos, as
ideias, as emoções, os planos e as intenções dos outros – cujas origens autênticas não
conseguimos penetrar –,
toda vez que nos referimos aos outros estamos sempre efetuando a projeção
parcial ou total de nós mesmos.
Albino Teixeira – Astronautas do Além – Cap. 21 – Auto-retrato
Uma palavra que emende,
Uma palavra que corte…
Uma pode dar a vida,
Outra pode dar a morte.
Casemiro Cunha – Gotas de Luz – Cap. 3
Casemiro Cunha
1880/1914
Falar é gravar. Gravar é criar.
Somos obviamente responsáveis pelos bens materiais de que nos apropriemos indebitamente.
Outro tanto acontece quando dilapidamos fé e otimismo, esperança e coragem nos corações
alheios.
A ideia é uma força criadora e nossas palavras aderem a ela construindo sentimentos,
sugestões, formas e coisas. Conversemos para melhorar.
Emmanuel – Benção de Paz – Cap. 24 – Verbo e caminho
SELECIONE AS SUAS PALAVRAS
A existência terrestre pode ser comparada a laboriosa viagem.
O corpo é a embarcação. O pensamento é a força. A língua é o leme.
Emmanuel – O Espírito da Verdade – Cap. 49 – Na Viagem da Vida
Livre-se de MÁGOAS E
RESSENTIMENTOS, pois somente
com o ofertório do perdão você
completa a sua missa leiga de amor.
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
Desculpa sempre, reconhecendo que nós todos, os Espíritos em evolução, somos suscetíveis de erros
lastimáveis. Além disso, não olvides que a existência no Mundo Físico é demasiado estreita para que
alguém se perca no luxo do ressentimento.
André Luiz – Praça da Amizade – Cap. 14
Trabalha e encontrarás, contigo mesmo, o miraculoso elixir do esquecimento de todas as mágoas do mundo.
Emmanuel – Intervalos – Cap. 1
LIVRE-SE DE MÁGOAS E RESSENTIMENTOS
O ressentimento é responsável por muitas das tragédias do
cotidiano.
O RESSENTIMENTO É TÓXICO que mata aquele que o
carrega. Enquanto vibra na emoção, destrambelha os
equipamentos nervosos mais sutis e produz disritmia,
oscilação de pressão, disfunções cardíacas.
Não vale a pena deixar-se envenenar pelo ressentimento.
Joanna de Angelis – Momentos de Saúde – Cap. 11
Justo que, diante da necessária profilaxia mental, se atirem aos “esgotos domésticos e aos recipientes de
lixo” as ocorrências venenosas, miasmáticas, que se fazem parte do cotidiano...
Assuntos maledicentes, censuras contumazes, notícias excitantes, temas vulgares, pensamentos
deprimentes devem fazer parte do lixo que se arroja fora, em beneficio do equilíbrio espiritual.
Joanna de Angelis – Oferenda – Cap. 40 – Lixo Mental
LIVRE-SE DE MÁGOAS E RESSENTIMENTOS
Ressentimento não se constitui tão só do azedume que se nos introduz no espírito, quando a
incompreensão nos torna intolerantes, à frente das grandes dificuldades de alguém.
Existem igualmente os pequeninos contratempos do cotidiano que, sem a precisa defesa da
vigilância, acabam por transformar-nos o coração em vaso de fel, a expelir germes de obsessão
e desequilíbrio, ambientando a enfermidade ou favorecendo a morte.
Analisemos essas diminutas irregularidades que nos será lícito classificar como sendo cargas
de sombra íntima:
 o descontentamento à mesa porque a refeição não apresente o prato ideal;
 a impaciência ante a condução retardada;
 a indisposição contra o clima;
 a contrariedade em serviço;
 o melindre desperto, em ouvindo opiniões que se nos mostrem desfavoráveis;
 o desagrado nas compras;
 o desgosto injustificável em família, unicamente pelo motivo desse ou daquele parente não
pensar pela nossa cabeça;
 o descontrole ante uma visita-problema;
 a exasperação diante de uma tarefa extra-programa;
Emmanuel – Mãos Unidas – Cap. 40
Se a mágoa chega e te fere,
Exerce a bondade e vence-a.
Todo conflito reclama
Firmeza na paciência.
Casemiro Cunha – Notícias do Além – 1º Parte – Cap. 4
Casemiro Cunha
1880/1914
LIVRE-SE DE MÁGOAS E RESSENTIMENTOS
Acontece que desencarnei com cinquenta e oito anos de idade, após vinte de convicção espírita.
Abracei os princípios codificados por Allan Kardec, aos trinta e oito, e, como sempre fora irascível por
temperamento, organizei, desde os meus primeiros contatos com a Doutrina Consoladora, uma
relação diária de todas as minhas exasperações, apontando-lhes as causas para estudos posteriores…
Os meus desconchavos, porém, foram tantos que, apesar dos nobres conhecimentos assimilados,
suprimi, inconscientemente, vinte e dois anos da quota de oitenta que me cabia desfrutar no
corpo físico, regressando à Pátria Espiritual na condição de suicida indireto…
16.386 dissabores dispensáveis em 7.300 dias de existência.
Humberto de Campos – Cartas e Crônicas – Cap. 16
Casemiro Cunha – Notícias do Além – 1º Parte – Cap. 4
Realize a plástica na IMAGEM DA SUA ALMA,
porque a beleza do seu rosto, apesar de todos os
esforços, a desgraça, o tempo, ou a morte farão
desaparecer um dia.
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
Há criaturas belas e admiráveis na carne e que, no fundo, são verdadeiros monstros mentais, do
mesmo modo que há corpos torturados e detestados, no mundo, escondendo Espíritos angélicos, de
celestial formosura.
André Luiz – Libertação – Cap. 10
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
O tempo não desfigura a beleza espiritual.
André Luiz – Estude e Viva – Cap. 54
A nobreza de alma, a elevação de sentimentos, o caráter adamantino
conceder-te-ão a beleza íntima, que te conduzirá ao celeste tabor da
transfiguração.
Chico Xavier – Chico Xavier, a aurora de uma vida entre o Céu e a Terra – Cap. 51
“ Eu sou Vida dentro da Vida que quer
Viver.” - Albert Schweitzer
Conforme a vida de nossa mente, assim vive nosso corpo
espiritual. Nosso amigo entregou-se, demasiado, às criações interiores
do TÉDIO, ÓDIO, DESENCANTO, AFLIÇÃO E CONDENSOU
SEMELHANTES FORÇAS EM SI MESMO, coagulando-as, desse modo, no
veiculo que lhe serve às manifestações. Daí, esse aspecto escuro e
pastoso que apresenta.
Mas... e se nosso irmão trabalhasse? Se depois da morte procurasse
conjugar o verbo servir?
Ah! Indiscutivelmente o trabalho renova qualquer posição mental.
Todavia, quando não nos devotamos ao trabalho, enquanto nos
demoramos na vestimenta terrestre, mais difícil se faz para nos a
superação dos obstáculos mentais, porque a indolência trazida do
mundo é tóxico cristalizante de nossas idéias, fixando-as, por vezes,
durante tempo indefinível.
André Luiz - Entre a Terra e o Céu – Cap. 12
RENOVE-SE INTERIORMENTE
... Estampava no semblante os sinais das bruxas dos velhos contos
infantis. A boca, os olhos, o nariz e os ouvidos revelavam algo de
monstruoso.
... O homem e a mulher, com os seus pensamentos, atitudes, palavras
e atos criam, no intimo, a verdadeira forma espiritual a que se
acolhem.
Cada crime, cada queda, deixam aleijões e sulcos horrendos no
campo da alma, tanto quanto cada ação generosa e cada pensamento
superior acrescentam beleza e perfeição à forma perispirítica, dentro
da qual a individualidade real se manifesta, mormente depois da
morte do corpo denso.
André Luiz – Libertação – Cap. 10
RENOVE-SE INTERIORMENTE
Meu irmão, se tu já sabes
Que a vida nunca termina,
Renova-te, enquanto é tempo,
A bênção da Luz Divina.
Casemiro Cunha – Gotas de Luz – Cap. 39
Casemiro Cunha
1880/1914
Ninguém vive órfão da Divina Paternidade.
Os Herodes da violência, os Zaqueus da usura, os Nicodemos do preconceito, os
Pedros da negação, os Judas da invigilância, os Ântipas do sarcasmo, os Pilatos da
indiferença, e os Tomés da dúvida, encontraram, cada qual a seu tempo, o sublime
momento renovador, diante do Cristo.
Emmanuel – Sentinelas da Luz – Cap. 16
A HUMILDADE dos que sofrem é fator essencial na RENOVAÇÃO dos que fazem sofrer…
Sânzio/André Luiz – Ação e Reação – Cap. 6
RENOVE-SE INTERIORMENTE
É que na Terra esquecemos,
Na sombra de nosso trato,
Que, além da morte, encontramos
O nosso próprio retrato.
José Xavier – Vozes do Grande Além – Cap. 45
José Xavier
RENOVE-SE INTERIORMENTE
Aviso claro e prudente, o melhor que tenho aqui: Depois da morte é que a gente
conhece o que fez de si.
José Soares de Gouveia – Depois da Vida – Introdução
A vida por fora de nós é a imagem daquilo que somos por dentro.
André Luiz – Respostas da Vida – Cap. 15 - Viver
Van Gogh - auto retrato
Leve a hóstia viva da sua ALEGRIA E DA
SUA FÉ, aos que caíram nas estradas da
vida, e Jesus; por estar representado em
você, lhe abençoará pelo seu ato de amor.
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
Se pretendes auxiliar a alguém, começa mostrando alegria.
A conversa triste com os tristes, deixam os tristes muito mais tristes.
Deixa um traço de alegria onde passes e a tua alegria será sempre acrescentada mais à frente.
Quem furta a esperança, cria a doença.
O sorriso é sempre uma luz em tua porta.
Emmanuel – Companheiro – Cap. 12
A luz da alegria deve ser o facho continuamente aceso na atmosfera da experiência.
André Luiz – O Espírito da Verdade – Cap. 62
Beneficência é também viver corajosamente com esperança e alegria.
Caminha reerguendo os corações caídos em tristeza e desânimo.
Dispões do olhar de simpatia, do entendimento fraterno, do sorriso
amistoso, da palavra benevolente; reaquece a confiança nos irmãos
que esmorecem ao contato dos problemas do mundo e ajuda-os a
refletir na Bondade Divina que nos acolhe a todos.
Não te detenhas.
Caminha avivando a chama da alegria por onde passes.
Emmanuel – Algo Mais – Cap. 4
MANTENHA A ALEGRIA E A FÉ
Deixa um traço de alegria onde passes e a tua alegria será sempre acrescentada mais à frente.
Emmanuel – Companheiro – Cap. 12
A alegria que não passa
E que não fere ninguém,
Nasce forte, rica e pura
Naquele que faz o bem.
Casemiro Cunha – Coletânea do Além – Cap. 45
Casemiro Cunha
1880/1914
Não perca o bom humor. Em qualquer acesso de irritação, há sempre um suicidiozinho no campo de
suas forças.
André Luiz – Caminho Espírita – Cap. 7
MANTENHA A ALEGRIA E A FÉ
Popular filosofia
Registro aqui nesta trova:
Quem sabe ter alegria
É vida que se renova.
Catulo da Paixão
Sementes de Luz – Cap. 14
Às vezes, a alegria que está nos faltando é justamente a alegria que devemos aos
outros…
Chico Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Cap. 289
Procure MANTER a ESPERANÇA para
enxergar a beleza de todas as cores e
ouvir a harmonia de todos os sons.
Esperança é aquela força magica que faz com a gente, no tempo, desate os nós que a Vida nos
apresenta.
Jácome Góes – Jornal da Cidade /Aracaju/Sergipe
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
“Otimismo é quando, sendo primavera do lado de fora, nasce a primavera do lado de
dentro.
Esperança é quando, sendo seca absoluta do lado de fora, continuam as fontes a
borbulhar dentro do coração” .
Rubem Alves
ESPERANÇA VITORIOSA é aquela que não deixa de
trabalhar.
André Luiz - Respostas da vida – Cap. 28
ESPERANÇA OCIOSA é simples divagação.
Emmanuel – Intervalos – Cap. 8
É preciso ter esperança, mas TER ESPERANÇA DO VERBO
ESPERANÇAR; porque tem gente que tem esperança do verbo esperar.
E esperança do verbo esperar não é esperança, é espera.
Esperançar é se levantar,
Esperançar é ir atrás,
Esperançar é construir,
Esperançar é não desistir!
Esperançar é levar adiante,
Esperançar é juntar-se com outros para fazer de outro modo…
Paulo Freire – Pedagogia da Esperança – (educador cearense – 1921/1997)
ESPERANÇA VITORIOSA x ESPERANÇA OCIOSA
ESPERANÇA É UMA CONQUISTA DE QUEM ORA, TRABALHA E SERVE,
CONTINUAMENTE NO TEMPO, COM PACIÊNCIA.
MANTENHA A ESPERANÇA
ESPERANÇA é a antevisão do futuro, mas quando se a
edifica no presente!
ESPERANÇA é a presciência da felicidade, mas quando a
semeamos nos testemunhos do amor!
ESPERANÇA é prêmio, sim, mas para quem soube conquistá-
la no sacrifício de ativas realizações!
ESPERANÇA é recompensa que virá, mas para quem fez por
onde merecê-la.
ESPERANÇA É PRIVILEGIO DE QUEM PRODUZ!!!!
Jácome Góes – Caminho da Redenção - Pag. 301 (escritor, advogado sergipano)
MANTENHA a ESPERANÇA e a PACIÊNCIA
Não há ESPERANÇA sem PACIÊNCIA.
Emmanuel – Passos da Vida – Cap. 26
PACIÊNCIA é o dom de esperar por Deus,
cooperando com Deus, sem atrapalhar.
Emmanuel – Rumo Certo – Cap. 58
PACIÊNCIA NÃO É CONFORMISMO; é reconhecimento da
dificuldade existente, com a disposição de afastá-la sem atitude extremista.
Nem deserção da esfera de luta e nem choro improfícuo na hora do
sofrimento.
Emmanuel – Livro da Esperança – Cap. 23
ESPERANÇA é aquela força magica que faz com a gente, no tempo, desate os nós que a
Vida nos apresenta.
Jácome Góes – Jornal da Cidade /Aracaju/Sergipe
Agora, enquanto é hoje, eis que fulgura
O teu santo momento de ajudar!...
Derrama, em torno, compassivo olhar
Estende as mãos aos filhos da amargura....
Agora! eis o minuto decisivo! ...
Abre o teu coração ao Cristo Vivo,
Não permitas que o tempo marche em vão
Auta de Souza – Auta de Souza – Cap. 12 – Agora (1954)
Auta de Souza
1876/1901
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...- Síntese
Quem dá o tempo disponível à obra do bem, paga o que deve à Lei, pela conta do bem, fugindo à
dominação do mal.
Bezerra de Meneses – Revista Reformador – 1964 – Janeiro – A Mensagem
Hoje é o nosso dia. Agora é o momento.
O auxílio aos outros é a nossa oportunidade.
Auxiliar é a honra que nos compete.
Emmanuel – Alvorada do Reino – Cap. 18
Estenda as suas limitações;
Desenvolva o poder atávico dos seus
talentos;
Enxergue o infinito;
Desafie os obstáculos;
Vença as escarpas de todas as montanhas;
Afaste-se das ilhas do comodismo, e alcance
os continentes do trabalho árduo, para a
conquista da maior glória humana: - a
saúde do Corpo e a pureza da Alma.
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... - Síntese
Jácome Góes
1936/2022
Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
Você verá que é mesmo assim
Que a história não tem fim,
Continua sempre que você responde "sim"
Na sua imaginação
Na arte de sorrir cada vez que o mundo diz "não“.
Guilherme Arantes – Brincar de Viver
A Esperança é luz nos caminhos da alma, força para as melhores realizações, ânimo para a aquisição
do progresso e alavanca na sustentação da paz.
Emmanuel – Linha Duzentos – Cap. 5 – Esperança e Trabalho
ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... - Síntese
E-mail : adalberto.acsjr@gmail.com
YouTube – O Escriba Espírita : https://www.youtube.com/channel/UCj39fLNXa2nKXfVTNlZ_JGw
Blog – O Escriba Espírita : https://escribaespirita.blogspot.com/
Instagram: https://www.instagram.com/adalberto.coelho.silva/?hl=pt-br
43
O TEMPO E VOCÊ - Alerta
Todas as criaturas gozam o tempo – raras aproveitam-no.
 Ao invés de suar no trabalho – apanham borboletas da fantasia.
 Desfrutam a existência – assassinando-a em si próprios.
 Possuem os bens da Terra – acabando possuídos.
 Reclamam liberdade – submetendo-se à escravidão.
Mas chega, um dia – porque há sempre um dia mais claro que os outros,
Em que a morte surge – reclamando trapos velhos...
O tempo recolhe, então, apressado – as oportunidades que pareciam sem fim,
E o homem reconhece – tardiamente preocupado,
Que a Eternidade infinita – pede contas do minuto...
André Luiz – Coletânea do Além – Cap. 34
Um PASSADO a resgatar,
Um PRESENTE a viver e
Um FUTURO a construir.
PASSADO
PRESENTE
FUTURO
COLHEITA
PLANTAÇÃO
LIBERTAÇÃO
ESPERANÇA
´
O TEMPO E VOCÊ – Passado/Presente/Futuro
⇒
⇒
⇒

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Emprego da riqueza
Emprego da riquezaEmprego da riqueza
Emprego da riqueza
Kclitiacadente
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
Ricardo Azevedo
 
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa MãeCap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
gmo1973
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
Jorge Luiz dos Santos
 
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Grupo Espírita Cristão
 
Infortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestraInfortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestra
Débora Homobono
 
Palestra 22 a força do perdão
Palestra 22 a força do perdãoPalestra 22 a força do perdão
Palestra 22 a força do perdão
Jose Ferreira Almeida
 
FELIZ ANO NOVO!
FELIZ ANO NOVO!FELIZ ANO NOVO!
FELIZ ANO NOVO!
Jorge Luiz dos Santos
 
O Dever e a virtude
O Dever e a virtudeO Dever e a virtude
O Dever e a virtude
Izabel Cristina Fonseca
 
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e EspiritualPais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Marcelo Suster
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
Marcos Antônio Alves
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
igmateus
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Izabel Cristina Fonseca
 
Pagar o mal com o bem "Amai os vossos inimigos"
Pagar o mal com o bem "Amai os vossos inimigos" Pagar o mal com o bem "Amai os vossos inimigos"
Pagar o mal com o bem "Amai os vossos inimigos"
Francisco de Assis Alencar
 
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Educação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaEducação espírita para a infância
Educação espírita para a infância
Dalila Melo
 
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmoCapítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
Graça Maciel
 
Palestra mágoa
Palestra mágoaPalestra mágoa
Palestra mágoa
Leonardo Pereira
 
Palestra o poder da fé
Palestra   o poder da féPalestra   o poder da fé
Palestra o poder da fé
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 

Mais procurados (20)

Emprego da riqueza
Emprego da riquezaEmprego da riqueza
Emprego da riqueza
 
O Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nósO Deus de cada um de nós
O Deus de cada um de nós
 
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa MãeCap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
Cap XIV Honrai a vosso Pai e a vossa Mãe
 
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
DOLOROSO REMÉDIO (O MAL E O REMÉDIO)
 
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)Os Inimigos Desencarnados(Ese)
Os Inimigos Desencarnados(Ese)
 
Infortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestraInfortunios ocultos palestra
Infortunios ocultos palestra
 
Palestra 22 a força do perdão
Palestra 22 a força do perdãoPalestra 22 a força do perdão
Palestra 22 a força do perdão
 
FELIZ ANO NOVO!
FELIZ ANO NOVO!FELIZ ANO NOVO!
FELIZ ANO NOVO!
 
O Dever e a virtude
O Dever e a virtudeO Dever e a virtude
O Dever e a virtude
 
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e EspiritualPais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
Pais e Filhos: Numa visão Psicológica e Espiritual
 
Causas anteriores das aflições
Causas anteriores das afliçõesCausas anteriores das aflições
Causas anteriores das aflições
 
Justiça das Aflições
Justiça das AfliçõesJustiça das Aflições
Justiça das Aflições
 
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
Conhece se a árvore pelos frutos gec 03-09-2011
 
Pagar o mal com o bem "Amai os vossos inimigos"
Pagar o mal com o bem "Amai os vossos inimigos" Pagar o mal com o bem "Amai os vossos inimigos"
Pagar o mal com o bem "Amai os vossos inimigos"
 
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
2010-03-Palestra-Honrai Vosso Pai e Vossa Mãe-Rosana De Rosa
 
Educação espírita para a infância
Educação espírita para a infânciaEducação espírita para a infância
Educação espírita para a infância
 
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmoCapítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
 
Nao Julgues Compreenda
Nao Julgues CompreendaNao Julgues Compreenda
Nao Julgues Compreenda
 
Palestra mágoa
Palestra mágoaPalestra mágoa
Palestra mágoa
 
Palestra o poder da fé
Palestra   o poder da féPalestra   o poder da fé
Palestra o poder da fé
 

Semelhante a Tempo de Recomeçar - 2023

Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
465 an 05_março_2014.ok
465 an 05_março_2014.ok465 an 05_março_2014.ok
465 an 05_março_2014.ok
Roberto Rabat Chame
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além TúmuloO Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Informativo set-11
Informativo   set-11Informativo   set-11
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição PlanetáriaInfluencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Marcio Augusto Guariente
 
PALESTRA VIVER VALE A PENA.pdf
PALESTRA VIVER VALE A PENA.pdfPALESTRA VIVER VALE A PENA.pdf
PALESTRA VIVER VALE A PENA.pdf
WennderTharso
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O valor da amizade kssf
O valor da amizade  kssfO valor da amizade  kssf
O valor da amizade kssf
Clea Alves
 
O mensageiro jan-14
O  mensageiro jan-14 O  mensageiro jan-14
O mensageiro jan-14
Ume Maria
 
Suicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenirSuicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenir
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Vencendo a morte
Vencendo a morteVencendo a morte
Vencendo a morte
Lisete B.
 
Como vencer a dor da perda
Como vencer a dor da perdaComo vencer a dor da perda
Como vencer a dor da perda
Acsa Ferreira
 
Ações dos espiritos
Ações dos espiritosAções dos espiritos
Ações dos espiritos
carlos freire
 
O que sucede após a morte
O que sucede após a morte O que sucede após a morte
O que sucede após a morte
Graça Maciel
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da TerraSérie Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Ricardo Azevedo
 
As crianças e jovens no mundo espiritual - Meimei 75 anos de desencarne
As crianças e jovens no mundo espiritual   - Meimei 75 anos de desencarne As crianças e jovens no mundo espiritual   - Meimei 75 anos de desencarne
As crianças e jovens no mundo espiritual - Meimei 75 anos de desencarne
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Informativo IEEAK nº 116 - Novembro/2018
Informativo IEEAK nº 116 - Novembro/2018Informativo IEEAK nº 116 - Novembro/2018
Informativo IEEAK nº 116 - Novembro/2018
IEEAK - Instituto de Estudos Espíritas Allan Kardec
 

Semelhante a Tempo de Recomeçar - 2023 (20)

Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
 
465 an 05_março_2014.ok
465 an 05_março_2014.ok465 an 05_março_2014.ok
465 an 05_março_2014.ok
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
 
Desencarne na visão espírita
Desencarne na visão espíritaDesencarne na visão espírita
Desencarne na visão espírita
 
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além TúmuloO Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
 
Informativo set-11
Informativo   set-11Informativo   set-11
Informativo set-11
 
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição PlanetáriaInfluencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
 
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
 
PALESTRA VIVER VALE A PENA.pdf
PALESTRA VIVER VALE A PENA.pdfPALESTRA VIVER VALE A PENA.pdf
PALESTRA VIVER VALE A PENA.pdf
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
 
O valor da amizade kssf
O valor da amizade  kssfO valor da amizade  kssf
O valor da amizade kssf
 
O mensageiro jan-14
O  mensageiro jan-14 O  mensageiro jan-14
O mensageiro jan-14
 
Suicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenirSuicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenir
 
Vencendo a morte
Vencendo a morteVencendo a morte
Vencendo a morte
 
Como vencer a dor da perda
Como vencer a dor da perdaComo vencer a dor da perda
Como vencer a dor da perda
 
Ações dos espiritos
Ações dos espiritosAções dos espiritos
Ações dos espiritos
 
O que sucede após a morte
O que sucede após a morte O que sucede após a morte
O que sucede após a morte
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da TerraSérie Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
Série Evangelho no Lar - Cap. 40 - Diante da Terra
 
As crianças e jovens no mundo espiritual - Meimei 75 anos de desencarne
As crianças e jovens no mundo espiritual   - Meimei 75 anos de desencarne As crianças e jovens no mundo espiritual   - Meimei 75 anos de desencarne
As crianças e jovens no mundo espiritual - Meimei 75 anos de desencarne
 
Informativo IEEAK nº 116 - Novembro/2018
Informativo IEEAK nº 116 - Novembro/2018Informativo IEEAK nº 116 - Novembro/2018
Informativo IEEAK nº 116 - Novembro/2018
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR

As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Chico Xavier e o Natal - TEXTO
Chico Xavier e o Natal - TEXTOChico Xavier e o Natal - TEXTO
Chico Xavier e o Natal - TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Chico Xavier e o Natal - Apresentação
Chico Xavier e o Natal - ApresentaçãoChico Xavier e o Natal - Apresentação
Chico Xavier e o Natal - Apresentação
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR (20)

As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
 
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
 
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
Tempo de Recomeçar - TEXTO - 2023
 
Chico Xavier e o Natal - TEXTO
Chico Xavier e o Natal - TEXTOChico Xavier e o Natal - TEXTO
Chico Xavier e o Natal - TEXTO
 
Chico Xavier e o Natal - Apresentação
Chico Xavier e o Natal - ApresentaçãoChico Xavier e o Natal - Apresentação
Chico Xavier e o Natal - Apresentação
 

Último

Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
FernandoCavalcante48
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 

Último (11)

Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermosEnfermos - Unção para consagração dosa enfermos
Enfermos - Unção para consagração dosa enfermos
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 

Tempo de Recomeçar - 2023

  • 1.
  • 2. O TEMPO é a SUPREMA RENOVAÇÃO da Vida Amália Domingos Soler – Memórias do Padre Germano – Cap. 7 – Patrimônio do Homem O TEMPO é o TESOURO INFINITO que o Criador concede às criaturas. Humberto de Campos – Pontos e Contos – Cap. 50 – Ano Novo Galileu Galilei 1564/1642 Santo Agostinho 354/430 O que é o Tempo? Livro dos Espíritos A Gênese
  • 3. FUTURO/ PRESENTE/PASSADO COMPLETISTAS: Parciais/Totais SUICIDAS: Indiretos/Diretos PARADOS NO TEMPO: Encarnados/Desencarnados RENOVAÇÃO = Fluxo contínuo AMPULHETA DA VIDA Janeiro a Janeiro, renova-se o ano, oferecendo novo ciclo ao trabalho. É como se tudo estivesse a dizer : "SE QUISERES, PODES RECOMEÇAR". (...) DESVENCILHA-TE DO INÚTIL. Emmanuel – Palavras de Vida Eterna – Cap. 1 - Recomecemos Largue qualquer sombra do passado ao chão do tempo, QUAL A ÁRVORE QUE LANÇA DE SI AS FOLHAS MORTAS. André Luiz – Respostas da Vida – Cap. 3 Medida de Tempo: AMPULHETA Sol/Agua/Pêndulo/Quartzo/Atômico O TEMPO é a SUPREMA RENOVAÇÃO da Vida Amália Domingos Soler – Memórias do Padre Germano – Cap. 7 – Patrimônio do Homem
  • 4. Pudesse um só indivíduo dispor dos tesouros todos de um planeta, mas, sem tempo à sua disposição, nulo seria o seu poder . Amália Domingos Soler – Memórias do Padre Germano – Cap. 7 – Patrimônio do Homem “A questão mais aflitiva para o Espirito no Além é a consciência do tempo perdido...” Chico Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Cap. 17 O TEMPO é o TESOURO INFINITO que o Criador concede às criaturas. Humberto de Campos – Pontos e Contos – Cap. 50 – Ano Novo
  • 5. “…LOUCO, ESTA NOITE TE PEDIRÃO A TUA ALMA; e o que tens ajuntado para quem será?” JESUS (Lucas, 12:20) E agora, José? A festa acabou, a luz apagou, o povo sumiu, a noite esfriou, e agora, José? se você morresse... Mas você não morre, você marcha, José! JOSÉ, PARA ONDE? Carlos Drummond de Andrade – E Agora, José? DE REPENTE, não mais que de repente Fez-se do amigo próximo o distante Fez-se da vida uma aventura errante De repente, não mais que de repente. Vinicius de Morais – Soneto da Separação ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...
  • 6. O aniversário de Jesus precede o natalício do Tempo. - Com o Mestre, recebemos o Dia do Amor e da Concórdia. - Com o tempo, encontramos o Dia da Fraternidade Universal. - O primeiro renova a alegria. - O SEGUNDO REFORMA A RESPONSABILIDADE. Emmanuel - Fonte de Paz – Cap. 12 O TEMPO E VOCÊ MAIS TEMPO CONCEDIDO – PACIÊNCIA DE DEUS. MAIS TEMPO CONCEDIDO – CRÉDITO REFEITO.  Vê, assim, o que atiras no chão das horas, porque, como ocorre na gleba comum, de tudo o que dermos ao tempo receberemos colheita certa. Emmanuel - Inspiração – Pag. 24: Mais Tempo
  • 7. Eu sempre digo, e não me cansarei nunca de dizer: que após a benção da Vida, A BENÇÃO MAIOR É A BÊNÇÃO DO TEMPO. Enquanto você ainda pode: ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990 Jácome Góes 1936/2022
  • 8. Procure PRESERVAR A SUA SAÚDE, libertando-se da PRISÃO DE TODOS OS VÍCIOS, para não chorar amanhã as lágrimas de todas as dores. ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... Saúde não é apenas a ausência de doença, mas uma situação de perfeito bem-estar físico, mental e social. OMS - 1946 Que gênio milagroso te doará o equilíbrio orgânico, se não sabes calar, nem desculpar, se não ajudas, nem compreendes, se não te humilhas para os desígnios superiores, nem procuras harmonia com os homens. Emmanuel – Fonte Viva – Cap. 88 – Estás doente? Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
  • 9. GLUTÕES • renitentes ALCOOLATRAS • insistentes TOXICÔMANOS • inconsequentes Cairbar Schutel – Crestomatia da Imortalidade – Cap. PRESERVE A SAÚDE – e os Vícios COLÉRICOS • extremados CIUMENTOS • inveterados AMBICIOSOS • incorrigíveis PREQUIÇOSOS • dissolutos Sob condicionamentos infelizes e sujeição de drogas desgastantes ou vapores mentais tóxicos, A SUA MAQUINARIA DESAJUSTA-SE E INTERROMPE A MARCHA. Certamente aquele que assim procede, POR NEGLIGÊNCIA OU INDIFERENÇA, está contribuindo para a própria desencarnação, sub-repticiamente desejando-a. Joanna de Angelis – Suicídio Moral - 26 de junho de 2002, na reunião do Centro Espírita Caminho da Redenção.
  • 10. Através do próprio pensamento desgovernado, O HOMEM PODE FABRICAR PARA SI MESMO as mais graves eclosões de alienação mental, como sejam as psicoses de angustia e ódio, vaidade e orgulho, usura e delinqüência, desanimo e egocentrismo, impondo ao veículo orgânico PROCESSOS PATOGÊNICOS INDEFINÍVEIS, que lhe FAVORECEM A DERROCADA OU A MORTE. Dias da Cruz – Instruções Psicofônicas – Cap. 34 TODOS OS NOSSOS PENSAMENTOS definidos por vibrações, palavras ou atos, ARROJAM DE NÓS RAIOS ESPECÍFICOS. Assim sendo, é indispensável curar de nossas próprias atitudes, na autodefesa e no amparo aos semelhantes, porquanto a cólera e a irritação, a leviandade e a maledicência, a crueldade e a calúnia, a irreflexão e a brutalidade, a tristeza e o desânimo, produzem ELEVADA PERCENTAGEM DE AGENTES DE NATUREZA DESTRUTIVA, EM NÓS E EM TORNO DE NÓS. Dias da Cruz – Instruções Psicofônicas - 19 PRESERVE A SAÚDE - e a Mente
  • 11. − A impetuosidade bloqueia a razão e desarticula o sistema nervoso central. − A queixa e o azedume emitem ondas pessimistas que sobrecarregam os sistemas de comunicação, produzindo envenenamento mental. − A ira obnubila o discernimento e produz disfunções gastrintestinais pelos tóxicos que lança na organização biológica. − A mágoa enlouquece, em razão de produzir fixações que se transformam em monoideísmo avassalador. − A insatisfação perturba o senso de observação e afeta o ritmo circulatório promovendo quadros depressivos, ou excitantes e prejudiciais. − O ciúme enceguece e desencadeia disritmias emocionais pela tensão que domina os neurônios condutores do pensamento. A maledicência incorpora a calúnia e ambas desorganizam a escala de valores, aumentando os estímulos no aparelho endócrino que se exaure. − A ansiedade e o medo desestruturam o edifício celular dando margens às distonias complexas. − A vingança ,sob qualquer aspecto agasalha, corrói os sentimentos, qual ácido destruidor abrindo brechas para a amargura, o suicídio e a alucinação… Joanna de Angelis – Seara do Bem – Cap. 3 - Doenças do Comportamento PRESERVE A SAÚDE - e o Comportamento
  • 12. Saúde é dever correto Por divino cativeiro. Cabeça desocupada Desajusta o corpo inteiro. Casemiro Cunha – Pássaros Humanos – Cap. 2 Saúde é o pensamento em harmonia com a lei de Deus. Doença é o processo de retificá-lo, corrigindo erros e abusos perpetrados por nós mesmos, ontem ou hoje, diante dela. Lourenço Prado – Instruções Psicofônicas – Cap. 38 Casemiro Cunha 1880/1914 PRESERVE A SAÚDE Amigo, atende aos imperativos da saúde física porque o vaso de carne é concessão do Senhor para a extensão do Infinito Bem, mas não te esqueças da saúde espiritual e consagra-te, sob a luz do Evangelho, aos esportes da própria sublimação. Emmanuel – Taça de Luz – Cap. 10
  • 13. ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... O Trabalho deve ser fonte de dignidade. OIT – 1944/Declaração de Filadélfia VALORIZE o seu TRABALHO, agradecendo a Deus cada gota do teu suor, que é o tempero sagrado do teu pão; os fios da tua roupa, os tijolos da tua casa, e as colunas da tua honra. Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990 Trabalha, antes de pedir, porque o teu próprio trabalho fará a exposição de tuas necessidades. Mariano José Pereira da Fonseca – Falando à Terra – Cap. 32
  • 14. O trabalho se alicerça nas leis de Amor que regem o Universo. Trabalha o verme no solo, o homem na Terra e o Pai nas Galáxias. A vida é um hino à dinâmica do trabalho. Não há na Natureza o ócio. O aparente repouso das coisas traduz a pobreza dos sentidos humanos. A vida se agita em toda parte. O movimento é lei universal em tudo presente. Joanna de Angelis – Leis Morais da Vida – Cap. 7 Por trabalho só se devem entender as ocupações materiais? Não; o Espírito trabalha, assim como o corpo. Toda ocupação útil é trabalho. Allan Kardec – Livro dos Espíritos – 3º Parte – Cap. 3 – Perg. 675 VALORIZE O TRABALHO
  • 15. Se pretendes alcançar A glória da luz divina, Na bênção de cada instante, Trabalha, serve e ilumina. Casemiro Cunha – Cartas do Coração – Cap. 22 O TRABALHO É DAS MAIORES BÊNÇÃOS DE DEUS no campo das horas. Em suas dádivas de realização para o bem, o triste se reconforta, o ignorante aprende, o doente se refaz, o criminoso se regenera. Frederico Figner (Irmão Jacob) – Voltei – Cap. 20 Casemiro Cunha 1880/1914 VALORIZE O TRABALHO  O Trabalho–ação transforma o Ambiente.  O Trabalho–serviço transforma o Homem. Emmanuel – Pensamento e Vida – Cap. 7 Um homem se humilha Se castram seu sonho Seu sonho é sua vida E vida é trabalho. E sem o seu trabalho O homem não tem honra E sem a sua honra Se morre, se mata. Não dá pra ser feliz. Não dá pra ser feliz. Gonzaguinha – Um Homem também chora
  • 16. CULTIVE a AMIZADE, e enriqueça o seu relacionamento com os recursos da simpatia e do otimismo, para ter a gratificação da certeza de que a sua presença é aguardada e sua ausência sentida. Abençoemos aqueles que se preocupam conosco, que nos amam, que nos atendem as necessidades… Valorizemos o amigo que nos socorre, que se interessa por nós, que nos escreve, que nos telefona para saber como é que estamos indo… A amizade é uma dádiva de Deus! Chico Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Item 328 – o Valor da Amizade ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... Quem ajunta amigos, amontoa amor. Quem amontoa amor, acumula poder. Emmanuel – Fonte Viva – Cap. 150 Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
  • 17. CULTIVE A AMIZADE - A bondade é a afetividade que se expande; - O ciúme é a afetividade insegura e possessiva; - O ódio é a afetividade que enlouqueceu; - O auxílio fraterno é a afetividade em ação; - O amor é a afetividade que se sublima; - A caridade é o momento máximo da afetividade ... Em qualquer circunstância libera a tua AFETIVIDADE desencarcerando-a, a fim de que se expanda e beneficie os demais. Joanna de Angelis – Diretrizes para o êxito – Cap. 26 AMIGOS FOI A TITULAÇÃO MAIS EXPRESSIVA que Jesus destacou do vocabulário para definir os companheiros. Isso naturalmente ocorreu, porque nenhum de nós consegue algo realizar sem amigos que nos comunguem os pensamentos e nos auxiliem a concretizar os próprios anseios. Emmanuel – Amizade - Prefácio
  • 18. Procura formar amigos Com teus valores cristãos. O destino faz parentes, A bondade faz irmãos. Casemiro Cunha – Gotas de Luz – Cap. 30 O amigo de Jesus é o caminheiro da verdade. (…) O amigo do Mestre é aquele que se tornou o devotado companheiro de seus irmãos; é o que se fez um com o Cristo, como Jesus se fez um com o Pai. Des Touches – Presença de Chico Xavier – Cap. 9 – O Amigo de Jesus Casemiro Cunha 1880/1914 CULTIVE A AMIZADE O amigo é uma bênção que nos cabe cultivar no clima da gratidão. Em qualquer dificuldade com as relações afetivas é preciso lembrar que toda criatura humana é um ser inteligente em transformação incessante, e, por vezes, a mudança das pessoas que amamos não se verifica na direção de nossas próprias escolhas. Quanto mais amizade você der, mais amizade receberá. André Luiz – Sinal Verde – Cap. 12 – Perante os Amigos Amigo é coisa para se guardar Debaixo de sete chaves Dentro do coração. Amigo é coisa para se guardar No lado esquerdo do peito Mesmo que o tempo e a distância digam: Não Mesmo esquecendo a canção. Milton Nascimento – Canção da América
  • 19. PALAVRAS ERRADAS SÃO COMO PREGOS MARTELADOS NA PAREDE, quando retirados sempre deixam marcas, por isso pense bem antes de dizer algo a alguém! Alberto Almeida ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... Selecione muito bem as suas PALAVRAS, porque as mesmas depois de proferidas, sempre deixam suas marcas, sombrias ou luminosas, muitas delas, pelas expressões de amor ou desamor, nem o tempo consegue apagar. Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990 AS PALAVRAS QUE NOS ESCAPAM DA BOCA ou da escrita assemelham-se, de maneira simbólica, ao ferro gusa; após escorrerem do forno de nossa mente solidificam-se nos trilhos, bons ou maus, sobre os quais o comboio de nossa existência estará no caminho. Emmanuel – Benção de Paz – Cap. 24 – Verbo e Caminho Você dominará sempre as palavras que não disse, entretanto, se subordinará àquelas que pronuncie. André Luiz – Sinal Verde – Cap. 39
  • 20. SELECIONE AS SUAS PALAVRAS Meus irmãos, para o médico desencarnado o verbo mal conduzido é sempre a raiz escura de grande parte dos processos patogênicos que flagelam a Humanidade. A palavra deprimente é sarna invisível, complicando os problemas, enegrecendo o destino, retardando o progresso, desfazendo a paz, golpeando a fé e anulando a alegria. Se buscamos no mundo selecionar alimentos sadios, na segurança e aprumo do corpo, é indispensável escolher conversações edificantes, capazes de preservar a beleza e a harmonia de nossas almas. André Luiz – Instruções Psicofônicas – Cap.9 - Na Esfera da Palavra SEMPRE QUE A NOSSA PALAVRA: censura, justifica, levanta, rebaixa, deprecia, louva, depreda, restaura, complica, auxilia, apoia, fere, abençoa ou condena seja a quem for, estamos fazendo o nosso próprio retrato. E isso acontece porque sendo realidades dos outros as atitudes, os pensamentos, as ideias, as emoções, os planos e as intenções dos outros – cujas origens autênticas não conseguimos penetrar –, toda vez que nos referimos aos outros estamos sempre efetuando a projeção parcial ou total de nós mesmos. Albino Teixeira – Astronautas do Além – Cap. 21 – Auto-retrato
  • 21. Uma palavra que emende, Uma palavra que corte… Uma pode dar a vida, Outra pode dar a morte. Casemiro Cunha – Gotas de Luz – Cap. 3 Casemiro Cunha 1880/1914 Falar é gravar. Gravar é criar. Somos obviamente responsáveis pelos bens materiais de que nos apropriemos indebitamente. Outro tanto acontece quando dilapidamos fé e otimismo, esperança e coragem nos corações alheios. A ideia é uma força criadora e nossas palavras aderem a ela construindo sentimentos, sugestões, formas e coisas. Conversemos para melhorar. Emmanuel – Benção de Paz – Cap. 24 – Verbo e caminho SELECIONE AS SUAS PALAVRAS A existência terrestre pode ser comparada a laboriosa viagem. O corpo é a embarcação. O pensamento é a força. A língua é o leme. Emmanuel – O Espírito da Verdade – Cap. 49 – Na Viagem da Vida
  • 22. Livre-se de MÁGOAS E RESSENTIMENTOS, pois somente com o ofertório do perdão você completa a sua missa leiga de amor. ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990 Desculpa sempre, reconhecendo que nós todos, os Espíritos em evolução, somos suscetíveis de erros lastimáveis. Além disso, não olvides que a existência no Mundo Físico é demasiado estreita para que alguém se perca no luxo do ressentimento. André Luiz – Praça da Amizade – Cap. 14 Trabalha e encontrarás, contigo mesmo, o miraculoso elixir do esquecimento de todas as mágoas do mundo. Emmanuel – Intervalos – Cap. 1
  • 23. LIVRE-SE DE MÁGOAS E RESSENTIMENTOS O ressentimento é responsável por muitas das tragédias do cotidiano. O RESSENTIMENTO É TÓXICO que mata aquele que o carrega. Enquanto vibra na emoção, destrambelha os equipamentos nervosos mais sutis e produz disritmia, oscilação de pressão, disfunções cardíacas. Não vale a pena deixar-se envenenar pelo ressentimento. Joanna de Angelis – Momentos de Saúde – Cap. 11 Justo que, diante da necessária profilaxia mental, se atirem aos “esgotos domésticos e aos recipientes de lixo” as ocorrências venenosas, miasmáticas, que se fazem parte do cotidiano... Assuntos maledicentes, censuras contumazes, notícias excitantes, temas vulgares, pensamentos deprimentes devem fazer parte do lixo que se arroja fora, em beneficio do equilíbrio espiritual. Joanna de Angelis – Oferenda – Cap. 40 – Lixo Mental
  • 24. LIVRE-SE DE MÁGOAS E RESSENTIMENTOS Ressentimento não se constitui tão só do azedume que se nos introduz no espírito, quando a incompreensão nos torna intolerantes, à frente das grandes dificuldades de alguém. Existem igualmente os pequeninos contratempos do cotidiano que, sem a precisa defesa da vigilância, acabam por transformar-nos o coração em vaso de fel, a expelir germes de obsessão e desequilíbrio, ambientando a enfermidade ou favorecendo a morte. Analisemos essas diminutas irregularidades que nos será lícito classificar como sendo cargas de sombra íntima:  o descontentamento à mesa porque a refeição não apresente o prato ideal;  a impaciência ante a condução retardada;  a indisposição contra o clima;  a contrariedade em serviço;  o melindre desperto, em ouvindo opiniões que se nos mostrem desfavoráveis;  o desagrado nas compras;  o desgosto injustificável em família, unicamente pelo motivo desse ou daquele parente não pensar pela nossa cabeça;  o descontrole ante uma visita-problema;  a exasperação diante de uma tarefa extra-programa; Emmanuel – Mãos Unidas – Cap. 40
  • 25. Se a mágoa chega e te fere, Exerce a bondade e vence-a. Todo conflito reclama Firmeza na paciência. Casemiro Cunha – Notícias do Além – 1º Parte – Cap. 4 Casemiro Cunha 1880/1914 LIVRE-SE DE MÁGOAS E RESSENTIMENTOS Acontece que desencarnei com cinquenta e oito anos de idade, após vinte de convicção espírita. Abracei os princípios codificados por Allan Kardec, aos trinta e oito, e, como sempre fora irascível por temperamento, organizei, desde os meus primeiros contatos com a Doutrina Consoladora, uma relação diária de todas as minhas exasperações, apontando-lhes as causas para estudos posteriores… Os meus desconchavos, porém, foram tantos que, apesar dos nobres conhecimentos assimilados, suprimi, inconscientemente, vinte e dois anos da quota de oitenta que me cabia desfrutar no corpo físico, regressando à Pátria Espiritual na condição de suicida indireto… 16.386 dissabores dispensáveis em 7.300 dias de existência. Humberto de Campos – Cartas e Crônicas – Cap. 16 Casemiro Cunha – Notícias do Além – 1º Parte – Cap. 4
  • 26. Realize a plástica na IMAGEM DA SUA ALMA, porque a beleza do seu rosto, apesar de todos os esforços, a desgraça, o tempo, ou a morte farão desaparecer um dia. ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... Há criaturas belas e admiráveis na carne e que, no fundo, são verdadeiros monstros mentais, do mesmo modo que há corpos torturados e detestados, no mundo, escondendo Espíritos angélicos, de celestial formosura. André Luiz – Libertação – Cap. 10 Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990 O tempo não desfigura a beleza espiritual. André Luiz – Estude e Viva – Cap. 54 A nobreza de alma, a elevação de sentimentos, o caráter adamantino conceder-te-ão a beleza íntima, que te conduzirá ao celeste tabor da transfiguração. Chico Xavier – Chico Xavier, a aurora de uma vida entre o Céu e a Terra – Cap. 51
  • 27. “ Eu sou Vida dentro da Vida que quer Viver.” - Albert Schweitzer
  • 28. Conforme a vida de nossa mente, assim vive nosso corpo espiritual. Nosso amigo entregou-se, demasiado, às criações interiores do TÉDIO, ÓDIO, DESENCANTO, AFLIÇÃO E CONDENSOU SEMELHANTES FORÇAS EM SI MESMO, coagulando-as, desse modo, no veiculo que lhe serve às manifestações. Daí, esse aspecto escuro e pastoso que apresenta. Mas... e se nosso irmão trabalhasse? Se depois da morte procurasse conjugar o verbo servir? Ah! Indiscutivelmente o trabalho renova qualquer posição mental. Todavia, quando não nos devotamos ao trabalho, enquanto nos demoramos na vestimenta terrestre, mais difícil se faz para nos a superação dos obstáculos mentais, porque a indolência trazida do mundo é tóxico cristalizante de nossas idéias, fixando-as, por vezes, durante tempo indefinível. André Luiz - Entre a Terra e o Céu – Cap. 12 RENOVE-SE INTERIORMENTE
  • 29. ... Estampava no semblante os sinais das bruxas dos velhos contos infantis. A boca, os olhos, o nariz e os ouvidos revelavam algo de monstruoso. ... O homem e a mulher, com os seus pensamentos, atitudes, palavras e atos criam, no intimo, a verdadeira forma espiritual a que se acolhem. Cada crime, cada queda, deixam aleijões e sulcos horrendos no campo da alma, tanto quanto cada ação generosa e cada pensamento superior acrescentam beleza e perfeição à forma perispirítica, dentro da qual a individualidade real se manifesta, mormente depois da morte do corpo denso. André Luiz – Libertação – Cap. 10 RENOVE-SE INTERIORMENTE
  • 30. Meu irmão, se tu já sabes Que a vida nunca termina, Renova-te, enquanto é tempo, A bênção da Luz Divina. Casemiro Cunha – Gotas de Luz – Cap. 39 Casemiro Cunha 1880/1914 Ninguém vive órfão da Divina Paternidade. Os Herodes da violência, os Zaqueus da usura, os Nicodemos do preconceito, os Pedros da negação, os Judas da invigilância, os Ântipas do sarcasmo, os Pilatos da indiferença, e os Tomés da dúvida, encontraram, cada qual a seu tempo, o sublime momento renovador, diante do Cristo. Emmanuel – Sentinelas da Luz – Cap. 16 A HUMILDADE dos que sofrem é fator essencial na RENOVAÇÃO dos que fazem sofrer… Sânzio/André Luiz – Ação e Reação – Cap. 6 RENOVE-SE INTERIORMENTE
  • 31. É que na Terra esquecemos, Na sombra de nosso trato, Que, além da morte, encontramos O nosso próprio retrato. José Xavier – Vozes do Grande Além – Cap. 45 José Xavier RENOVE-SE INTERIORMENTE Aviso claro e prudente, o melhor que tenho aqui: Depois da morte é que a gente conhece o que fez de si. José Soares de Gouveia – Depois da Vida – Introdução A vida por fora de nós é a imagem daquilo que somos por dentro. André Luiz – Respostas da Vida – Cap. 15 - Viver Van Gogh - auto retrato
  • 32. Leve a hóstia viva da sua ALEGRIA E DA SUA FÉ, aos que caíram nas estradas da vida, e Jesus; por estar representado em você, lhe abençoará pelo seu ato de amor. ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990 Se pretendes auxiliar a alguém, começa mostrando alegria. A conversa triste com os tristes, deixam os tristes muito mais tristes. Deixa um traço de alegria onde passes e a tua alegria será sempre acrescentada mais à frente. Quem furta a esperança, cria a doença. O sorriso é sempre uma luz em tua porta. Emmanuel – Companheiro – Cap. 12 A luz da alegria deve ser o facho continuamente aceso na atmosfera da experiência. André Luiz – O Espírito da Verdade – Cap. 62
  • 33. Beneficência é também viver corajosamente com esperança e alegria. Caminha reerguendo os corações caídos em tristeza e desânimo. Dispões do olhar de simpatia, do entendimento fraterno, do sorriso amistoso, da palavra benevolente; reaquece a confiança nos irmãos que esmorecem ao contato dos problemas do mundo e ajuda-os a refletir na Bondade Divina que nos acolhe a todos. Não te detenhas. Caminha avivando a chama da alegria por onde passes. Emmanuel – Algo Mais – Cap. 4 MANTENHA A ALEGRIA E A FÉ Deixa um traço de alegria onde passes e a tua alegria será sempre acrescentada mais à frente. Emmanuel – Companheiro – Cap. 12
  • 34. A alegria que não passa E que não fere ninguém, Nasce forte, rica e pura Naquele que faz o bem. Casemiro Cunha – Coletânea do Além – Cap. 45 Casemiro Cunha 1880/1914 Não perca o bom humor. Em qualquer acesso de irritação, há sempre um suicidiozinho no campo de suas forças. André Luiz – Caminho Espírita – Cap. 7 MANTENHA A ALEGRIA E A FÉ Popular filosofia Registro aqui nesta trova: Quem sabe ter alegria É vida que se renova. Catulo da Paixão Sementes de Luz – Cap. 14 Às vezes, a alegria que está nos faltando é justamente a alegria que devemos aos outros… Chico Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Cap. 289
  • 35. Procure MANTER a ESPERANÇA para enxergar a beleza de todas as cores e ouvir a harmonia de todos os sons. Esperança é aquela força magica que faz com a gente, no tempo, desate os nós que a Vida nos apresenta. Jácome Góes – Jornal da Cidade /Aracaju/Sergipe ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990 “Otimismo é quando, sendo primavera do lado de fora, nasce a primavera do lado de dentro. Esperança é quando, sendo seca absoluta do lado de fora, continuam as fontes a borbulhar dentro do coração” . Rubem Alves
  • 36. ESPERANÇA VITORIOSA é aquela que não deixa de trabalhar. André Luiz - Respostas da vida – Cap. 28 ESPERANÇA OCIOSA é simples divagação. Emmanuel – Intervalos – Cap. 8 É preciso ter esperança, mas TER ESPERANÇA DO VERBO ESPERANÇAR; porque tem gente que tem esperança do verbo esperar. E esperança do verbo esperar não é esperança, é espera. Esperançar é se levantar, Esperançar é ir atrás, Esperançar é construir, Esperançar é não desistir! Esperançar é levar adiante, Esperançar é juntar-se com outros para fazer de outro modo… Paulo Freire – Pedagogia da Esperança – (educador cearense – 1921/1997) ESPERANÇA VITORIOSA x ESPERANÇA OCIOSA
  • 37. ESPERANÇA É UMA CONQUISTA DE QUEM ORA, TRABALHA E SERVE, CONTINUAMENTE NO TEMPO, COM PACIÊNCIA. MANTENHA A ESPERANÇA ESPERANÇA é a antevisão do futuro, mas quando se a edifica no presente! ESPERANÇA é a presciência da felicidade, mas quando a semeamos nos testemunhos do amor! ESPERANÇA é prêmio, sim, mas para quem soube conquistá- la no sacrifício de ativas realizações! ESPERANÇA é recompensa que virá, mas para quem fez por onde merecê-la. ESPERANÇA É PRIVILEGIO DE QUEM PRODUZ!!!! Jácome Góes – Caminho da Redenção - Pag. 301 (escritor, advogado sergipano)
  • 38. MANTENHA a ESPERANÇA e a PACIÊNCIA Não há ESPERANÇA sem PACIÊNCIA. Emmanuel – Passos da Vida – Cap. 26 PACIÊNCIA é o dom de esperar por Deus, cooperando com Deus, sem atrapalhar. Emmanuel – Rumo Certo – Cap. 58 PACIÊNCIA NÃO É CONFORMISMO; é reconhecimento da dificuldade existente, com a disposição de afastá-la sem atitude extremista. Nem deserção da esfera de luta e nem choro improfícuo na hora do sofrimento. Emmanuel – Livro da Esperança – Cap. 23 ESPERANÇA é aquela força magica que faz com a gente, no tempo, desate os nós que a Vida nos apresenta. Jácome Góes – Jornal da Cidade /Aracaju/Sergipe
  • 39. Agora, enquanto é hoje, eis que fulgura O teu santo momento de ajudar!... Derrama, em torno, compassivo olhar Estende as mãos aos filhos da amargura.... Agora! eis o minuto decisivo! ... Abre o teu coração ao Cristo Vivo, Não permitas que o tempo marche em vão Auta de Souza – Auta de Souza – Cap. 12 – Agora (1954) Auta de Souza 1876/1901 ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE...- Síntese Quem dá o tempo disponível à obra do bem, paga o que deve à Lei, pela conta do bem, fugindo à dominação do mal. Bezerra de Meneses – Revista Reformador – 1964 – Janeiro – A Mensagem Hoje é o nosso dia. Agora é o momento. O auxílio aos outros é a nossa oportunidade. Auxiliar é a honra que nos compete. Emmanuel – Alvorada do Reino – Cap. 18
  • 40. Estenda as suas limitações; Desenvolva o poder atávico dos seus talentos; Enxergue o infinito; Desafie os obstáculos; Vença as escarpas de todas as montanhas; Afaste-se das ilhas do comodismo, e alcance os continentes do trabalho árduo, para a conquista da maior glória humana: - a saúde do Corpo e a pureza da Alma. ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... - Síntese Jácome Góes 1936/2022 Jácome Góes – Jornal da Cidade – Sergipe - 1990
  • 41. Você verá que é mesmo assim Que a história não tem fim, Continua sempre que você responde "sim" Na sua imaginação Na arte de sorrir cada vez que o mundo diz "não“. Guilherme Arantes – Brincar de Viver A Esperança é luz nos caminhos da alma, força para as melhores realizações, ânimo para a aquisição do progresso e alavanca na sustentação da paz. Emmanuel – Linha Duzentos – Cap. 5 – Esperança e Trabalho ENQUANTO VOCÊ AINDA PODE... - Síntese
  • 42. E-mail : adalberto.acsjr@gmail.com YouTube – O Escriba Espírita : https://www.youtube.com/channel/UCj39fLNXa2nKXfVTNlZ_JGw Blog – O Escriba Espírita : https://escribaespirita.blogspot.com/ Instagram: https://www.instagram.com/adalberto.coelho.silva/?hl=pt-br
  • 43. 43 O TEMPO E VOCÊ - Alerta Todas as criaturas gozam o tempo – raras aproveitam-no.  Ao invés de suar no trabalho – apanham borboletas da fantasia.  Desfrutam a existência – assassinando-a em si próprios.  Possuem os bens da Terra – acabando possuídos.  Reclamam liberdade – submetendo-se à escravidão. Mas chega, um dia – porque há sempre um dia mais claro que os outros, Em que a morte surge – reclamando trapos velhos... O tempo recolhe, então, apressado – as oportunidades que pareciam sem fim, E o homem reconhece – tardiamente preocupado, Que a Eternidade infinita – pede contas do minuto... André Luiz – Coletânea do Além – Cap. 34
  • 44. Um PASSADO a resgatar, Um PRESENTE a viver e Um FUTURO a construir. PASSADO PRESENTE FUTURO COLHEITA PLANTAÇÃO LIBERTAÇÃO ESPERANÇA ´ O TEMPO E VOCÊ – Passado/Presente/Futuro ⇒ ⇒ ⇒