SlideShare uma empresa Scribd logo
DEPRESSÃO: UMA VISÃO ESPÍRITA
DOENÇAS DA ALMA
DOENÇA DE TODOS OS TEMPOS
A depressão é uma doença
somente dos nossos
tempos ?
“...porque se dá luz ao miserável, e
vida aos amargurados de ânimo,
que esperam a morte, e ela não
vem: e cavam em procura dela
mais do que de tesouros ocultos;
que de alegria saltam, e exultam,
achando a sepultura”
Livro de Jó; Cap. 3, ver. 20 a 22
QUANTOS SÃO OS DEPRESSIVOS ?
 10% da população mundial seriam depressivos.
 15% da população mundial, poderão contrair este mal.
 100 milhões estariam padecendo da enfermidade
segundo a psicografia do Espírito Joanna de ângelis.
QUANTOS SÃO OS DEPRESSIVOS ?
Na realidade atual da humanidade, a depressão é,
sem dúvida, a doença que faz mais vítimas na
face da Terra.
QUEM PODERÁ CONTRAIR DEPRESSÃO?
Pessoas de todas e
quaisquer condições:
 Crianças, adolescentes, jovens,
adultos e idosos;
 Ricos e pobres, cultos e
ignorantes;
 Encarnados e desencarnados;
 Negros, brancos, amarelos, em
suma filhos de todas as nações
QUANTO TEMPO PODE DURAR UMA
DEPRESSÃO?
A depressão pode perdurar por toda a encarnação e acompanhar o
espírito desencarnado no seu retorno ao mundo espiritual, sendo possível,
ainda, que o espírito desencarnado e com depressão retorne para uma
nova experiência na Terra, trazendo consigo a enfermidade.
O QUE É DEPRESSÃO?
 Em poucas palavras: depressão é uma
tristeza profunda e prolongada.
“ Depressão – condição mental da alma
que começa a resgatar o encontro com
a verdade sobre si mesma depois de
milênios nos labirintos da ilusão”.
Ermance Dufaux
GRAUS DA DEPRESSÃO
A depressão apresenta sempre a mesma intensidade e ou duração?
Não. A intensidade e a duração deste estado dependem da personalidade, dos fatores
que desencadeiem o processo e da situação atual da vida do depressivo.
Obs: Todo o depressivo, pelo menos está é a regra geral, apresenta-se triste; mas, nem
toda pessoa triste está clinicamente depressiva.
Disse Jesus: " no mundo tereis aflições.....".
 Aparência triste e abatida;
 Os movimentos se tornam mais lentos, diminui a gesticulação
que acompanha a fala e o andar;
 A pessoa fala pouco e o tom de voz é baixo; tem poucos
assuntos para conversar;
 Preocupações constantes com doenças físicas;
PERFIL COMPORTAMENTAL DO DEPRESSIVO
E por último “vontade de morrer”,( pensamento de morte), ou ainda,
pensamentos em torno do suicídio, idéias suicidas recorrentes
"que surgem, que desaparecem e que ressurgem na mente da
pessoa".
Com a Doutrina Espírita tem-se
a certeza de que as Leis de
Justiça e de Causa e Efeito
acompanham a criatura no
corpo e fora dele, nesta e nas
próximas encarnações; que a
morte não elimina de imediato
os problemas não superados
enquanto no corpo, e que é a
alma – muito especialmente –
quem se apresentará
depressiva.
CONTRIBUIÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA
O HOMEM NO CONCEITO ESPÍRITA
REGISTRO IMPORTANTE
“Sobretudo o Espírito é quem efetivamente
poderá cair em depressão, por
conseqüência e por extensão podendo
afetar o perispírito e o corpo orgânico”.
SEGUNDO WANDERLEI DE OLIVEIRA
• Nós estamos passando por um processo de construção da
nossa educação emocional, por isso não sejamos tão
rigorosos conosco mesmo.
• Um dos grandes problemas que nos acontecem é “fingir de
conta” que não temos problemas e fingir que somos o que não
somos.
• É necessário o auto-enfrentamento, a disposição para se
perdoar e entender o que acontece dentro de você.
• Pessoa deprimida ouve
afirmações do tipo:
“você não tem nada”
ou
“o que você tem é frescura”
CONTRIBUIÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA
“ Larga de frescura, faça uma
viagem que tudo vai passar”
“Vá ao shopping se distrair
que toda essa tristeza passa”
CONTRIBUIÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA
FALTA DE
DESEJO
SEXUAL
DESÂNIMO
FALTA DE
ENERGIA
TRISTEZA
APATIA OU
LENTIDÃO
DIMINUIÇÃO
OU AUMENTO
DO APETITE
INSÔNIA OU
AUMENTO DE
SONO
Morte do Pai
do Alberto
Perda do Pai
DEPRESSÃO REATIVA
Gatilho
disparador
da depressão
CAUSAS
FATORES:
 ORGÂNICOS,
 PSICOEMOCIONAIS,
 SOCIAIS
 ESPIRITUAIS
CONSEQUÊNCIAS
 Comprometimento do sistema
imunológico
 Enfermidades orgânicas
 Suicídio
 Fator destrutivo da mente e
personalidade
 Tragédias várias
COMO É CONSTRUÍDA A DEPRESSÃO?
Foi construída em
MÚLTIPLAS EXISTÊNCIAS
CORPORAIS.
Chamaremos de
“DEPRESSÃO CARMÁTICA”.
DOENÇA DE TODOS OS TEMPOS
A depressão não é uma
doença construída em uma
só existência , é um efeito
construído na vida mental
ao longo de uma
caminhada milenar na
estrada do egoísmo.
Dr. Alírio Cerqueira
ANTES DA DOENÇA MENTAL EXISTE A
DOENÇA MORAL
EGOÍSMO!!!! DOENÇA MILENAR!!!
“Postos de lado os defeitos e os vícios acerca dos quais ninguém se pode
equivocar, qual o sinal mais característico da imperfeição?”
“O interesse pessoal. Frequentemente, as qualidades morais são como,
num objeto de cobre, a douradura que resiste à pedra de toque. Pode o
homem possuir qualidades reais, que levem o mundo a considerá-lo homem
de bem. Mas essas qualidades conquanto assinalem um progresso, nem
sempre suportam certas provas e às vezes basta que se fira a corda do
interesse pessoal para que o fundo fique a descoberto. O verdadeiro
desinteresse é coisa ainda tão rara na Terra que, quando se patenteia, todos
o admiram como se fora um fenômeno.
Apego às coisas materiais constitui sinal notório de inferioridade, porque,
quanto mais se aferrar aos bens deste mundo, tanto menos compreende o
homem o seu destino. Pelo desinteresse, ao contrário, demosntra que
encara de um ponto mais elevado o futuro.”
Allan Kardec, O Livro dos Espíritos, questão 895
Em razão das atitudes de egoísmo, rebeldia e inaceitação, renascemos com
um nível de inconformação, que é o estado psíquico predominante,
consolidado por meio de repetição desses comportamentos em várias
reencarnações.
DEPRESSÃO CÁRMICA
egoísmo
rebeldia
depressão
New Work
“Como vemos, possuímos em nós mesmos, o passado,
Presente e o futuro”.
Espírito André Luiz
Matrizes do quadro depressivo
SENTIMENTOS
Vida afetiva do depressivo
4 PADRÕES
 Tristeza
 Culpa
 Medo
 Raiva
SINTOMAS
 Inadequação
 Sensação de não merecimento
 Incapacidade
 Ausência de motivação
 Baixa tolerância à frustração
 Sentir-se insuficentemente bom
para ser amado.
ATITUDES
Vida afetiva do depressivo
CONDUTAS
 Arrogância
 Perfeccionismo
 Rigidez
 Desrespeito aos limites pessoais
ESTADOS PSÍQUICOS
Vida afetiva do depressivo
RESULTADO DOS SENTIMENTOS E
ATITUDES
 Aflição
 Tormenta Mental
 Carência
 Angústia
CAMPOS ENERGÉTICOS
Vida afetiva do depressivo
RESULTADO DOS SENTIMENTOS E
ATITUDES
 Cansaço
 Desequilíbrio Neuroquímico
 Desvitalização
 Intestinos e Pulmão
CURAS ESPIRITUAIS
CURAS
ESPÍRITISMO
FÉ e PRECE ÁGUA FLUIDA PASSES
CURA PELA
REFORMA ÍNTIMA
MUITA PAZ
Márcio Augusto Guariente

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Flagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerrasFlagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerras
Izabel Cristina Fonseca
 
O Ódio - O amor que enlouqueceu
O Ódio - O amor que enlouqueceuO Ódio - O amor que enlouqueceu
O Ódio - O amor que enlouqueceu
Izabel Cristina Fonseca
 
VISÃO ESPÍRITA DA MORTE
VISÃO ESPÍRITA DA MORTEVISÃO ESPÍRITA DA MORTE
VISÃO ESPÍRITA DA MORTE
Jorge Luiz dos Santos
 
Fé pela ótica espírita
Fé pela ótica espíritaFé pela ótica espírita
Fé pela ótica espírita
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
Graça Maciel
 
O sacrificio mais agradável a Deus
O sacrificio mais agradável a DeusO sacrificio mais agradável a Deus
O sacrificio mais agradável a Deus
Izabel Cristina Fonseca
 
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMOREFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Família material e espiritual
Família material e espiritualFamília material e espiritual
Família material e espiritual
Eduardo Ottonelli Pithan
 
Alegria de Viver
Alegria de Viver Alegria de Viver
Alegria de Viver
Ricardo Azevedo
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Denise Aguiar
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio!
Leonardo Pereira
 
O Dever
O DeverO Dever
O Dever
CEENA_SS
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
home
 
Caridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximoCaridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximo
Eduardo Manoel Araujo
 
Depressão na visão Espírita
Depressão na visão EspíritaDepressão na visão Espírita
Depressão na visão Espírita
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
Unesp
 
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira). Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Leonardo Pereira
 
Palestra beneficência
Palestra beneficênciaPalestra beneficência
Palestra beneficência
Denise Tamaê
 
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmoCapítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Eduardo Ottonelli Pithan
 

Mais procurados (20)

Flagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerrasFlagelos destruidores e guerras
Flagelos destruidores e guerras
 
O Ódio - O amor que enlouqueceu
O Ódio - O amor que enlouqueceuO Ódio - O amor que enlouqueceu
O Ódio - O amor que enlouqueceu
 
VISÃO ESPÍRITA DA MORTE
VISÃO ESPÍRITA DA MORTEVISÃO ESPÍRITA DA MORTE
VISÃO ESPÍRITA DA MORTE
 
Fé pela ótica espírita
Fé pela ótica espíritaFé pela ótica espírita
Fé pela ótica espírita
 
Reencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familiaReencarnação e os laços de familia
Reencarnação e os laços de familia
 
O homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafioO homem de bem, grande desafio
O homem de bem, grande desafio
 
O sacrificio mais agradável a Deus
O sacrificio mais agradável a DeusO sacrificio mais agradável a Deus
O sacrificio mais agradável a Deus
 
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMOREFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
REFORMA INTIMA E ESPIRITISMO
 
Família material e espiritual
Família material e espiritualFamília material e espiritual
Família material e espiritual
 
Alegria de Viver
Alegria de Viver Alegria de Viver
Alegria de Viver
 
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual   - O fenômeno da morteVida no mundo espiritual   - O fenômeno da morte
Vida no mundo espiritual - O fenômeno da morte
 
Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio! Reforma intima sem martírio!
Reforma intima sem martírio!
 
O Dever
O DeverO Dever
O Dever
 
Os espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morteOs espíritas diante da morte
Os espíritas diante da morte
 
Caridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximoCaridade e amor ao próximo
Caridade e amor ao próximo
 
Depressão na visão Espírita
Depressão na visão EspíritaDepressão na visão Espírita
Depressão na visão Espírita
 
Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17Motivos de resignação 05 05-17
Motivos de resignação 05 05-17
 
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira). Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
Dai a Cezar o que é de Cezar ( Leonardo Pereira).
 
Palestra beneficência
Palestra beneficênciaPalestra beneficência
Palestra beneficência
 
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmoCapítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
Capítulo XI do evangelho Segundo o Espiritismo Amar ao próximo como a si mesmo
 

Semelhante a Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2

3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
JPS Junior
 
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Marlon Reikdal
 
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além TúmuloO Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o SuicídioObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
Doenças da alma
Doenças da alma Doenças da alma
Doenças da alma
Victor Passos
 
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Henrique Vieira
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Divulgador do Espiritismo
 
Depressão e Cura
Depressão e CuraDepressão e Cura
Depressão e Cura
Ricardo Azevedo
 
O que é ansiedade e como superá-lo
O que é ansiedade e como superá-loO que é ansiedade e como superá-lo
O que é ansiedade e como superá-lo
sndteixeira
 
O que é ansiedade e como superar
O que é ansiedade e como superarO que é ansiedade e como superar
O que é ansiedade e como superar
sndteixeira
 
Ansiedade e depressao
Ansiedade e depressaoAnsiedade e depressao
Ansiedade e depressao
Sergio Menezes
 
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Conquiste o inimigo   venca a obsessaoConquiste o inimigo   venca a obsessao
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Henrique Vieira
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
Dinorah Pessoa da Costa
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
Leonardo Pereira
 
Tristeza e depressão
Tristeza e depressãoTristeza e depressão
Tristeza e depressão
Marlon Reikdal
 
Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
Anselmo Heib
 
Suicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenirSuicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenir
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Depressão e suicidio seminario
Depressão e suicidio   seminarioDepressão e suicidio   seminario
Depressão e suicidio seminario
Flavio A. Zanetti
 
Doenças do mundo moderno!
Doenças do mundo moderno!Doenças do mundo moderno!
Doenças do mundo moderno!
Leonardo Pereira
 

Semelhante a Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2 (20)

3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.3 - Depressão - Tormentos da Alma.
3 - Depressão - Tormentos da Alma.
 
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismoTranstornos mentais, obsessão e o espiritismo
Transtornos mentais, obsessão e o espiritismo
 
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além TúmuloO Despertar da Consciência no Além Túmulo
O Despertar da Consciência no Além Túmulo
 
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o SuicídioObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
ObsCidio - A Obsessão e o Suicídio
 
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMADEPRESSÃO -  A DOENÇA DA ALMA
DEPRESSÃO - A DOENÇA DA ALMA
 
Doenças da alma
Doenças da alma Doenças da alma
Doenças da alma
 
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
Suicídio e loucura cap. 5 ese itens 14 a 17
 
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucuraPalestra Espírita - Suicidio e loucura
Palestra Espírita - Suicidio e loucura
 
Depressão e Cura
Depressão e CuraDepressão e Cura
Depressão e Cura
 
O que é ansiedade e como superá-lo
O que é ansiedade e como superá-loO que é ansiedade e como superá-lo
O que é ansiedade e como superá-lo
 
O que é ansiedade e como superar
O que é ansiedade e como superarO que é ansiedade e como superar
O que é ansiedade e como superar
 
Ansiedade e depressao
Ansiedade e depressaoAnsiedade e depressao
Ansiedade e depressao
 
Conquiste o inimigo venca a obsessao
Conquiste o inimigo   venca a obsessaoConquiste o inimigo   venca a obsessao
Conquiste o inimigo venca a obsessao
 
Doenças da alma
Doenças da almaDoenças da alma
Doenças da alma
 
Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04Escutando sentimentos cap 04
Escutando sentimentos cap 04
 
Tristeza e depressão
Tristeza e depressãoTristeza e depressão
Tristeza e depressão
 
Regressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espiritaRegressão terapêutica espirita
Regressão terapêutica espirita
 
Suicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenirSuicídios Indiretos - como prevenir
Suicídios Indiretos - como prevenir
 
Depressão e suicidio seminario
Depressão e suicidio   seminarioDepressão e suicidio   seminario
Depressão e suicidio seminario
 
Doenças do mundo moderno!
Doenças do mundo moderno!Doenças do mundo moderno!
Doenças do mundo moderno!
 

Último

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (16)

O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 

Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2

  • 1. DEPRESSÃO: UMA VISÃO ESPÍRITA DOENÇAS DA ALMA
  • 2. DOENÇA DE TODOS OS TEMPOS A depressão é uma doença somente dos nossos tempos ? “...porque se dá luz ao miserável, e vida aos amargurados de ânimo, que esperam a morte, e ela não vem: e cavam em procura dela mais do que de tesouros ocultos; que de alegria saltam, e exultam, achando a sepultura” Livro de Jó; Cap. 3, ver. 20 a 22
  • 3. QUANTOS SÃO OS DEPRESSIVOS ?  10% da população mundial seriam depressivos.  15% da população mundial, poderão contrair este mal.  100 milhões estariam padecendo da enfermidade segundo a psicografia do Espírito Joanna de ângelis.
  • 4. QUANTOS SÃO OS DEPRESSIVOS ? Na realidade atual da humanidade, a depressão é, sem dúvida, a doença que faz mais vítimas na face da Terra.
  • 5. QUEM PODERÁ CONTRAIR DEPRESSÃO? Pessoas de todas e quaisquer condições:  Crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos;  Ricos e pobres, cultos e ignorantes;  Encarnados e desencarnados;  Negros, brancos, amarelos, em suma filhos de todas as nações
  • 6. QUANTO TEMPO PODE DURAR UMA DEPRESSÃO? A depressão pode perdurar por toda a encarnação e acompanhar o espírito desencarnado no seu retorno ao mundo espiritual, sendo possível, ainda, que o espírito desencarnado e com depressão retorne para uma nova experiência na Terra, trazendo consigo a enfermidade.
  • 7. O QUE É DEPRESSÃO?  Em poucas palavras: depressão é uma tristeza profunda e prolongada. “ Depressão – condição mental da alma que começa a resgatar o encontro com a verdade sobre si mesma depois de milênios nos labirintos da ilusão”. Ermance Dufaux
  • 8. GRAUS DA DEPRESSÃO A depressão apresenta sempre a mesma intensidade e ou duração? Não. A intensidade e a duração deste estado dependem da personalidade, dos fatores que desencadeiem o processo e da situação atual da vida do depressivo. Obs: Todo o depressivo, pelo menos está é a regra geral, apresenta-se triste; mas, nem toda pessoa triste está clinicamente depressiva. Disse Jesus: " no mundo tereis aflições.....".
  • 9.  Aparência triste e abatida;  Os movimentos se tornam mais lentos, diminui a gesticulação que acompanha a fala e o andar;  A pessoa fala pouco e o tom de voz é baixo; tem poucos assuntos para conversar;  Preocupações constantes com doenças físicas; PERFIL COMPORTAMENTAL DO DEPRESSIVO
  • 10. E por último “vontade de morrer”,( pensamento de morte), ou ainda, pensamentos em torno do suicídio, idéias suicidas recorrentes "que surgem, que desaparecem e que ressurgem na mente da pessoa".
  • 11. Com a Doutrina Espírita tem-se a certeza de que as Leis de Justiça e de Causa e Efeito acompanham a criatura no corpo e fora dele, nesta e nas próximas encarnações; que a morte não elimina de imediato os problemas não superados enquanto no corpo, e que é a alma – muito especialmente – quem se apresentará depressiva. CONTRIBUIÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA
  • 12. O HOMEM NO CONCEITO ESPÍRITA REGISTRO IMPORTANTE “Sobretudo o Espírito é quem efetivamente poderá cair em depressão, por conseqüência e por extensão podendo afetar o perispírito e o corpo orgânico”.
  • 13. SEGUNDO WANDERLEI DE OLIVEIRA • Nós estamos passando por um processo de construção da nossa educação emocional, por isso não sejamos tão rigorosos conosco mesmo. • Um dos grandes problemas que nos acontecem é “fingir de conta” que não temos problemas e fingir que somos o que não somos. • É necessário o auto-enfrentamento, a disposição para se perdoar e entender o que acontece dentro de você.
  • 14. • Pessoa deprimida ouve afirmações do tipo: “você não tem nada” ou “o que você tem é frescura” CONTRIBUIÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA
  • 15. “ Larga de frescura, faça uma viagem que tudo vai passar” “Vá ao shopping se distrair que toda essa tristeza passa” CONTRIBUIÇÃO DA DOUTRINA ESPÍRITA
  • 16. FALTA DE DESEJO SEXUAL DESÂNIMO FALTA DE ENERGIA TRISTEZA APATIA OU LENTIDÃO DIMINUIÇÃO OU AUMENTO DO APETITE INSÔNIA OU AUMENTO DE SONO
  • 17. Morte do Pai do Alberto Perda do Pai DEPRESSÃO REATIVA Gatilho disparador da depressão
  • 19. CONSEQUÊNCIAS  Comprometimento do sistema imunológico  Enfermidades orgânicas  Suicídio  Fator destrutivo da mente e personalidade  Tragédias várias
  • 20. COMO É CONSTRUÍDA A DEPRESSÃO? Foi construída em MÚLTIPLAS EXISTÊNCIAS CORPORAIS. Chamaremos de “DEPRESSÃO CARMÁTICA”.
  • 21. DOENÇA DE TODOS OS TEMPOS A depressão não é uma doença construída em uma só existência , é um efeito construído na vida mental ao longo de uma caminhada milenar na estrada do egoísmo. Dr. Alírio Cerqueira
  • 22. ANTES DA DOENÇA MENTAL EXISTE A DOENÇA MORAL
  • 23. EGOÍSMO!!!! DOENÇA MILENAR!!! “Postos de lado os defeitos e os vícios acerca dos quais ninguém se pode equivocar, qual o sinal mais característico da imperfeição?” “O interesse pessoal. Frequentemente, as qualidades morais são como, num objeto de cobre, a douradura que resiste à pedra de toque. Pode o homem possuir qualidades reais, que levem o mundo a considerá-lo homem de bem. Mas essas qualidades conquanto assinalem um progresso, nem sempre suportam certas provas e às vezes basta que se fira a corda do interesse pessoal para que o fundo fique a descoberto. O verdadeiro desinteresse é coisa ainda tão rara na Terra que, quando se patenteia, todos o admiram como se fora um fenômeno. Apego às coisas materiais constitui sinal notório de inferioridade, porque, quanto mais se aferrar aos bens deste mundo, tanto menos compreende o homem o seu destino. Pelo desinteresse, ao contrário, demosntra que encara de um ponto mais elevado o futuro.” Allan Kardec, O Livro dos Espíritos, questão 895
  • 24. Em razão das atitudes de egoísmo, rebeldia e inaceitação, renascemos com um nível de inconformação, que é o estado psíquico predominante, consolidado por meio de repetição desses comportamentos em várias reencarnações. DEPRESSÃO CÁRMICA egoísmo rebeldia depressão
  • 25. New Work “Como vemos, possuímos em nós mesmos, o passado, Presente e o futuro”. Espírito André Luiz Matrizes do quadro depressivo
  • 26. SENTIMENTOS Vida afetiva do depressivo 4 PADRÕES  Tristeza  Culpa  Medo  Raiva SINTOMAS  Inadequação  Sensação de não merecimento  Incapacidade  Ausência de motivação  Baixa tolerância à frustração  Sentir-se insuficentemente bom para ser amado.
  • 27. ATITUDES Vida afetiva do depressivo CONDUTAS  Arrogância  Perfeccionismo  Rigidez  Desrespeito aos limites pessoais
  • 28. ESTADOS PSÍQUICOS Vida afetiva do depressivo RESULTADO DOS SENTIMENTOS E ATITUDES  Aflição  Tormenta Mental  Carência  Angústia
  • 29. CAMPOS ENERGÉTICOS Vida afetiva do depressivo RESULTADO DOS SENTIMENTOS E ATITUDES  Cansaço  Desequilíbrio Neuroquímico  Desvitalização  Intestinos e Pulmão
  • 30. CURAS ESPIRITUAIS CURAS ESPÍRITISMO FÉ e PRECE ÁGUA FLUIDA PASSES

Notas do Editor

  1. This template can be used as a starter file for a photo album.
  2. Microsoft Confidential
  3. This template can be used as a starter file for a photo album.
  4. This is another option for an overview using transitions to advance through several slides.
  5. This template can be used as a starter file for a photo album.
  6. This template can be used as a starter file for a photo album.
  7. This template can be used as a starter file for a photo album.
  8. This template can be used as a starter file for a photo album.