SlideShare uma empresa Scribd logo
1
10 de Setembro - Dia Mundial de
Prevenção do Suicídio
Viver é um impositivo biológico.
Viver, porém, com elevação, na busca de equilíbrio é um desafio.
Marco Prisco – Luz Viva – Cap.22
“O CENTRO ESPÍRITA é um lugar ONDE SE ENSINAM COISAS QUE O MUNDO NÃO ENSINA, a fim de
que o comportamento do Espírita seja distinto do comportamento que se verifica na Sociedade”.
Raul Teixeira – Jornal Mudo Espírita – 2010 - Fevereiro
Manuel
Batista
Cepelos
Francisca
Julia
Chico
Xavier
CVV
Valentim
Lorenzetti
FEESP
Yvonne
Pereira
Chad
Varah
CVV
60 ANOS
Neste Setembro Amarelo,
temos 4 sugestões de livros
para prevenção ao Suicídio e
valorização da Vida.
1962/2022
(...) quanto mais a gente
trabalha mais o fio engrossa
SUICÍDIO - Definições
 SUICÍDIO MORAL - Comete suicídio o homem que perece vítima de paixões que ele sabia
lhe haviam de apressar o fim – (...) Sim, é um Suicídio Moral.
LIVRO DOS ESPÍRITOS – 4º Parte – Cap. 1 – Perg. 952 – Desgosto da Vida
 SUICÍDIO INDIRETO – Suicídio não consiste somente no ato voluntário, que produz a
morte instantânea, mas em tudo quanto se faça conscientemente para apressar a extinção das forças
vitais – O CÉU E O INFERNO – 2º Parte – Cap. 5 - Suicidas
 SUICÍDIO DIRETO – ato voluntário de tirar a vida.
 SUICÍDIO ASSISTIDO - é quando um indivíduo ajuda o outro a causar sua própria morte
indiretamente
 EUTANÁSIA - é quanto uma pessoa assume um papel ativo na morte de uma pessoa.
 SUICÍDIO COLETIVO - podem ocorrer apenas entre duas pessoas, como um "pacto
suicida", ou com um número muito maior.
 SUICÍDIO INCONSCIENTE – tua posição, é a do suicida inconsciente (...) é necessário
reconhecer que centenas de criaturas se ausentam diariamente da Terra, nas mesmas condições –
NOSSO LAR – Cap. 4 – O Médico Espiritual
Aumento do Materialismo
Aumento da Degradação
Moral
Aumento da Violência
Aumento dos Conflitos
Sociais
Aumento da Depressão,
Ansiedade
Aumento dos Processos
Obsessivos
A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA e o SUICÍDIO
REENCARNAÇÃO
INFERIORES
JOVENS
IDOSOS
GERAL
SUICÍDIOS
DIRETOS
em
massa 1
2
3
Emmanuel – Diálogos dos Vivos – Cap. 21
SUICÍDIO INDIRETO – O Que é
O que é o suicídio indireto ou
inconsciente?
É quando a pessoa não toma consciência de
que determinado comportamento, a sua
maneira de viver, seus hábitos e costumes,
podem complicar e abreviar a sua
existência. Richard Simonetti – Suicídio – Tudo o Que Você Precisa Saber – Cap. Inconsciência
Vivemos como criaturas que se SUICIDAM POUCO A POUCO; todo dia um
suicidiozinho… Um ato de rebeldia, uma reclamação indébita, um ponto
de vista infeliz… Atraímos vibrações negativas e operamos sobre nós
esse suicídio lento, indireto…
Francisco Cândido Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Cap. 255
SUICÍDIO INDIRETO - Exemplo
 É DE LAMENTAR QUE TENHA VINDO PELO SUICÍDIO.
- Creio haja engano - asseverei, melindrado -, meu regresso do mundo não
teve essa causa. Lutei mais de quarenta dias, na Casa de Saúde, tentando
vencer a morte. Sofri duas operações graves, devido a oclusão intestinal...
 Seu modo especial de conviver, MUITA VEZ EXASPERADO E SOMBRIO, CAPTAVA
DESTRUIDORAS VIBRAÇÕES NAQUELES QUE O OUVIAM.
 Nunca imaginou que a cólera fosse manancial de forças negativas para nós mesmos?
 A ausência de autodomínio, a inadvertência no trato com os semelhantes, aos quais
muitas vezes ofendeu sem refletir, conduziam-no frequentemente à esfera dos seres
doentes e inferiores. Tal circunstância agravou, de muito, o seu estado físico.
 TODO O APARELHO GÁSTRICO FOI DESTRUÍDO À CUSTA DE EXCESSOS DE
ALIMENTAÇÃO E BEBIDAS ALCOÓLICAS, aparentemente sem importância.
Devorou-lhe a sífilis energias essenciais.
COMO VÊ, O SUICÍDIO É INCONTESTÁVEL.
André Luiz
Nosso Lar – Cap. 4
SUICÍDIO INDIRETO - Exemplo
 Simultaneamente, o desencadear da animosidade que as suas atitudes
provocavam, fez que as PESSOAS ENCARNADAS PASSASSEM A DESFECHAR-LHE
FLECHADAS MENTAIS, desejando-lhe a ruína, a infelicidade, a morte. A principio,
em razão de encontrar-se mergulhado em verdadeira carapaça das próprias
construções psíquicas, aqueles petardos não o atingiam com facilidade.
 Lentamente, as sucessivas ondas prejudiciais alcançaram-lhe os equipamentos
orgânicos, DESARTICULANDO AS DEFESAS IMUNOLÓGICAS que foram vencidas,
degenerando células e dando inicio, a principio, à irrupção do bacilo de Kock,
agora em fase final do processo.
 No caso em tela, foram os petardos mentais dos encarnados que, por sintonia
dele próprio, DESENCADEARAM OS DISTÚRBIOS QUE O AFLIGIRAM.
 Marcondes sempre estremunhado, cultiva formas-pensamentos que nutre os seus
adversários desencarnados, recebendo, com incidência poderosa, a resposta
deles transformada em energia deletéria, que TERMINOU POR ARRUINAR-LHE A
VIDA FÍSICA e a mental já seriamente abalada
Manoel Philomeno de Miranda – Painéis da Obsessão – Cap.4
Através do próprio pensamento desgovernado,
O HOMEM PODE FABRICAR PARA SI MESMO as mais graves
eclosões de alienação mental, como sejam
as psicoses de angustia e ódio, vaidade e orgulho, usura e delinqüência,
desanimo e egocentrismo, impondo ao veículo orgânico
PROCESSOS PATOGÊNICOS INDEFINÍVEIS, que lhe FAVORECEM
A DERROCADA OU A MORTE.
Dias da Cruz – Instruções Psicofônicas – Cap. 34
TODOS OS NOSSOS PENSAMENTOS definidos por vibrações, palavras ou atos,
ARROJAM DE NÓS RAIOS ESPECÍFICOS.
Assim sendo, é indispensável curar de nossas próprias atitudes, na autodefesa e no amparo
aos semelhantes, porquanto a cólera e a irritação, a leviandade e a maledicência, a
crueldade e a calúnia, a irreflexão e a brutalidade, a tristeza e o desânimo, produzem
ELEVADA PERCENTAGEM DE AGENTES DE NATUREZA DESTRUTIVA, EM NÓS
E EM TORNO DE NÓS.
Dias da Cruz – Instruções Psicofônicas - 19
SUICÍDIO INDIRETO - Origens
− A impetuosidade bloqueia a razão e desarticula o sistema nervoso central.
− A queixa e o azedume emitem ondas pessimistas que sobrecarregam os sistemas de comunicação,
produzindo envenenamento mental.
− A ira obnubila o discernimento e produz disfunções gastrintestinais pelos tóxicos que lança na
organização biológica.
− A mágoa enlouquece, em razão de produzir fixações que se transformam em monoideísmo
avassalador.
− A insatisfação perturba o senso de observação e afeta o ritmo circulatório promovendo quadros
depressivos, ou excitantes e prejudiciais.
− O ciúme enceguece e desencadeia disritmias emocionais pela tensão que domina os neurônios
condutores do pensamento. A maledicência incorpora a calúnia e ambas desorganizam a escala de
valores, aumentando os estímulos no aparelho endócrino que se exaure.
− A ansiedade e o medo desestruturam o edifício celular dando margens às distonias complexas.
− A vingança ,sob qualquer aspecto agasalha, corrói os sentimentos, qual ácido destruidor abrindo
brechas para a amargura, o suicídio e a alucinação…
Joanna de Angelis – Seara do Bem – Cap. 3 - Doenças do Comportamento
SUICÍDIO INDIRETO - Origens
SUICÍDIO INDIRETO – É grave? A incidência é alta?
Na turma de oitenta enfermos a que devo assistência diária,
cinqüenta e sete se encontram nas suas condições.
André Luiz/Lísias – Nosso Lar – Cap. 5 – Recebendo Assistência
Em termos percentuais, a estatística anunciada
por Lísias indica que
~70% DOS DESENCARNADOS,
que estavam sob seus cuidados, ERAM
SUICIDAS INCONSCIENTES.
Edson Ramos de Siqueira – Suicídio Inconsciente – Cap. 1
Suicídio Desencarnação
 Mortes MUNDO ≅ 100.000/dia/Mundo
 Mortes BRASIL ≅ 3.300/dia/(2019)
 Suicídios MUNDO ≅ 2.000/dia
 Suicídios BRASIL ≅ 33/dia/(2019)
 Mortes/Suicídios DIRETOS BRASIL ≅ 1% (2019)
 Mortes/Suicídio INDIRETOS BRASIL ≅ 70%
SUICÍDIO INDIRETO – É grave? A incidência é alta?
SUICÍDIO INDIRETO – É grave? A incidência é alta?
REENCARNAÇÃO
DESEENCARNAÇÃO
≅ 1 % - Suicídio DIRETO
≅ 70 % - Suicídio INDIRETO
≅ 29 % - Finaliza a Reencarnação
≅ 1 % - COMPLETISTA
100 % 100 %
Desenrolar
da Vida
André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 12
COMPLETISTAS
Vários aproveitam
PARCIALMENTE a
oportunidade
TODOS nós
Reencarnamos
O “COMPLETISTA”, na
qualidade de trabalhador
leal e produtivo, PODE
ESCOLHER, À VONTADE,
O CORPO FUTURO,
quando lhe apraz o
regresso à Crosta em
missões de amor e
iluminação.
RAROS
~70 %
SUICÍDIO INDIRETO – É grave? A incidência é alta?
COMPLETISTA - É o título que
designa OS RAROS IRMÃOS que
aproveitaram todas as possibilidades
construtivas que o corpo terrestre
lhes oferecia.
ALGUNS
aproveitam
~? %
GLUTÕES
• renitentes
ALCOOLATRAS
• insistentes
TOXICÔMANOS
• inconsequentes
SUICÍDIO INDIRETO – Quem são ?
Cairbar Schutel – Crestomatia da Imortalidade – Cap. 66
Sob condicionamentos infelizes
e sujeição de drogas
desgastantes ou vapores
mentais tóxicos, A SUA
MAQUINARIA DESAJUSTA-SE E
INTERROMPE A MARCHA.
Certamente aquele que assim
procede, POR NEGLIGÊNCIA OU
INDIFERENÇA, está contribuindo
para a própria desencarnação,
sub-repticiamente desejando-a.
Joanna de Angelis – Suicídio Moral -
26 de junho de 2002, na reunião do Centro
Espírita Caminho da Redenção.
COLÉRICOS
• extremados
CIUMENTOS
• inveterados
AMBICIOSOS
• incorrigíveis
PREQUIÇOSOS
• dissolutos
SUICÍDIO INDIRETO – Quem são ?
Cairbar Schutel –
Crestomatia da Imortalidade – Cap. 6
SÃO SUICIDAS LENTOS,
caminhando para
surpresas dolorosas, em
que EMPENHARÃO
SÉCULOS DE LUTA
REEDUCATIVA e dor
reparadora para a
própria libertação , nos
círculos das
reencarnações
retificadoras.
SUICÍDIO INDIRETO – Abrangência
• É suicida, não apenas quem assume uma atitude
autodestrutiva, através de um só golpe de alta violência...
É TAMBÉM SUICIDAAQUELE QUE NÃO SE
RENOVA PARA O BEM, entregando-se aos excessos de
qualquer natureza, exorbitando das suas possibilidades vitais.
Joanna de Ângelis - Revista Reformador – nº 1910 - Maio – 1988
Os que desanimam de lutar e trabalhar, RENOVAR E
EVOLUIR SÃO OS QUE VERDADEIRAMENTE
MORREM.
André Luiz – Estude e Viva – Cap. 26
SUICÍDIO INDIRETO – Culpabilidade
• É MENOS RESPONSÁVELAQUELE QUE, MEDIANTE
GESTO INTEMPESTIVO E ALUCINADO, atira-se no abismo
do suicídio covarde, do que o indivíduo que dispõe de tempo para a
reflexão e a mudança de comportamento, não obstante
prosseguindo no programa de desrespeito à vida conforme se
entrega. Joanna de Angelis - Diretrizes para o Êxito - Cap. 14
• É um suicídio moral. Não percebeis que, nesse caso, O HOMEM
É DUPLAMENTE CULPADO? Há nele então falta de coragem e
bestialidade, acrescidas do esquecimento de Deus.
Allan Kardec – Livro dos Espíritos – 3º Parte – Cap. 2 – Perg. 952
952. Comete suicídio o homem que perece vítima de paixões que ele sabia lhe haviam de apressar o fim,..
SUICÍDIO INDIRETO – Consequências no Plano Espiritual
No Plano Espiritual, a situação daqueles que
desencarnam por terem maltratado o corpo
é a mesma dos que o fazem por iniciativa
consciente?
Não, porquanto não têm a intenção de se matar,
mas enfrentam dificuldades de adaptação.
Partem antes do tempo, GUARDAM AINDA FORTE
IMPREGNAÇÃO envolvendo os vícios e as situações
da Terra.
Richard Simonetti – Suicídio – Tudo o Que Você Precisa Saber – Cap. Inconsciência
NO VAMPIRISMO ESPIRITUAL os desencarnados
sugam a vitalidade dos encarnados,
podendo determinar nos hospedeiros
doenças variadas e até mesmo a morte prematura.
AS MANIFESTAÇÕES DO VAMPIRISMO não se
circunscrevem ao ambiente dos encarnados.
Quase que a totalidade dos sofrimentos nas
zonas inferiores deve a ele sua dolorosa origem.
André Luiz – Os Missionários da Luz – Cap. 11
SUICÍDIO INDIRETO – Consequências no Plano Espiritual
Marlene Nobre – A Obsessão e suas Máscaras – 1º Parte - Cap. 08
Assim como o suicida consciente, o inconsciente
terá sequelas em existência futura?
Esse será o seu drama.
O FUMANTE terá problemas nos PULMÕES; o
ALCOÓLATRA, no FÍGADO; o DROGADO, no CÉREBRO; o
GLUTÃO, terá DISTÚRBIOS HORMONAIS.
Funcionarão não apenas como resultado de seus
excessos, mas, também, como veículos de contenção,
destinados a sofrear e eliminar as tendências e vícios
desenvolvidos.
SUICÍDIO INDIRETO – Consequências nas Vidas Futuras
Richard Simonetti – Suicídio – Tudo o Que Você Precisa Saber – Cap. Inconsciência
Joanna de Angelis – Momentos de Iluminação – Cap. - Opção pela Vida
A vida não se consome na morte física e o fenômeno biológico não é a
expressão real do ser.
Como consequência, O EX-SUICIDA REENCARNADO SEMPRE TRAZ
AS MATRIZES DO CRIME PERPETRADO, sofrendo CONTÍNUA
TENTAÇÃO DE REPETIR O DELITO, quando defrontado por
dificuldade de qualquer natureza.
Segundo O TIPO DE SUICÍDIO, DIRETO OU
INDIRETO, SURGEM ÀS DISTONIAS ORGÂNICAS
DERIVADAS, que correspondem a diversas calamidades
congênitas, inclusive a mutilação e o câncer, a surdez e a
mudez, a cegueira e a loucura, a representarem terapêutica
providencial na cura da alma. Emmanuel – Religião dos Espíritos – Cap. 48
SUICÍDIO INDIRETO – Consequências nas Vidas Futuras
23
1 • Estar Atento aos “sinais” de Depressão, de Ideação suicida.
2 • Estimular o aumento do nível de Espiritualidade.
3 • Incrementar a Convivência social harmônica, ser voluntário.
4 • Trabalhar o nível e Aceitação, adaptalidade.
5 • Viver com Comedimento.
6 • Observar a ocorrência de influências Espirituais Obsessivas
7 • Valorizar sempre o “milagre” da VIDA.
SUICÍDIO INDIRETO - PREVENÇÃO
 Medica a arritmia e a dispnéia, contudo, não entregues o coração à
impulsividade arrasadora.
 Combate a neurastenia e o esgotamento, no entanto, cuida de reajustar as
emoções e tendências.
 Persegue a gastralgia, mas educa teus apetites à mesa.
 Melhora as condições do sangue, todavia, não o sobrecarregues com os
resíduos de prazeres inferiores.
 Guerreia a hepatite, entretanto, livra o fígado dos excessos em que te
comprazes.
 Remove os perigos da uremia, contudo, não sufoques os rins com os venenos
de taças brilhantes.
 Desloca o reumatismo dos membros, reparando, porém, o que fazes com teus
pés, braços e mãos.
(...) Sem que teu pensamento se purifique e sem que a tua vontade comande o
barco do organismo para o bem, a intervenção dos remédios humanos não
passará de medida em trânsito para a inutilidade.
Emmanuel – Pão Nosso – Cap. 51
SUICÍDIO INDIRETO - PREVENÇÃO
25
SUICÍDIO INDIRETO - PREVENÇÃO as avessas
 Alimente-se mal. Desconsidere a vida. Use bastante o sexo, as drogas, o fumo, os
alcoólicos e, acima de tudo, mantenha sua consciência de culpa
Descuide-se do seu
corpo
 Castigue seu corpo. Tudo aquilo que é ruim faça repetidamente.
Procure fazer o que
lhe desagrada
 Não perdoe. Perdoar é coisa para gente fraca. Conserve as lembranças pessimistas;
lembre bem das coisas infelizes da sua vida. Queixe-se bastante.
Guarde ressentimento
ao máximo
 Seja destrutivo. Mantendo-se fixo na maior parte do tempo (senão todo tempo) nessas
ideias desastrosas
Construa ideias
perturbadoras
 Ninguém o compreende. Seja, pois, um isolado, ou, de mau humor, aquele que chama
a atenção e a quem todos dizem: "Ele é muito infeliz! É um coitado!" Isto
proporciona dispneia e ansiedade...
Isole-se
 Seja carrancudo sempre. Por que você vai cultivar o bom humor? Evite-o, e então
continuará doente! Por que sorrir? A sua vida é trágica. Por que transformá-la numa
comédia?
Evite o bom humor
 Seja impermeável. Por que você é que deve mudar? De maneira nenhuma!
Mantenha esses itens
inalterados
Joanna de Angelis – O Colar de Diamantes – Cap. 7
26
A RENOVAÇÃO PERMANENTE
• Os que desanimam de lutar e trabalhar, renovar e evoluir são os que
verdadeiramente morrem.
A VIDA REAL
• Através de uma visão correta sobre a realidade do ser, do seu destino, dos
seus objetivos na Terra
O VIVER EM EQUILÍBRIO
• Viver é um impositivo biológico.
• Viver, porém, com elevação, na busca de equilíbrio é um
desafio. Marco Prisco – Luz Viva – Cap.22
André Luiz – Estude e Viva – Cap. 52
SUICÍDIO INDIRETO - PREVENÇÃO - Síntese
Divaldo Franco
Viver é um impositivo biológico.
Viver, porém, com elevação, na busca de
equilíbrio é um desafio.
VOCÊ É VIDA.
JAMAIS SERÁ ANULADO.
SEM AÇÃO, VOCÊ FICARÁ PARALÍTICO.
TRABALHANDO-SE, você desenvolve valores que
ignora, descobrindo-se mais ligado à VIDA,
porque VOCÊ É TAMBÉM VIDA.
Marco Prisco – Luz Viva – Cap.22
SUICÍDIO INDIRETO - SÍNTESE
Consagra-te à temperança
Se queres vida segura.
Quem mais se farta no corpo,
Na Terra, é quem menos dura.
Casemiro Cunha – Pássaros Humanos – Cap. 2 -
SUICÍDIO INDIRETO - SÍNTESE
E-mail : adalberto.acsjr@gmail.com
YouTube – O Escriba Espírita : https://www.youtube.com/channel/UCj39fLNXa2nKXfVTNlZ_JGw
Blog – O Escriba Espírita : https://escribaespirita.blogspot.com/
Instagram: https://www.instagram.com/adalberto.coelho.silva/?hl=pt-br
No entanto, entre os povos mais adiantados do
planeta, avançam duas calamidades morais do
materialismo, corrompendo-lhes as forças:
O SUICÍDIO E A LOUCURA, ou, mais
propriamente, a
ANGÚSTIA E A OBSESSÃO.
É que o homem não se aprovisiona de reservas
espirituais à custa de máquinas.
Emmanuel - Entre irmãos de outras Terras - Cap. 12 - Supercultura e
Calamidades Morais
OS FLAGELOS INVISÍVEIS
OBSESSÃO SUICÍDIO DEPRESSÃO
OS FLAGELOS – INVISÍVEIS
O suicídio é o maior, o
mais trágico e
lamentável equívoco
que o ser humano pode
cometer.
Hermínio de Miranda
- Reformador – Nov/1993
O homem não
raramente é o obsessor
de si mesmo.
Allan Kardec
Obras Póstumas – 1º Parte – Cap. 7 –
Item 58
Há muito mais
obsessão, grassando na
Terra, do que se
imagina e se crê.
Manoel P. de Miranda
Nas Fronteiras da Loucura –
Introdução
ORAR, SORRIR E TRABALHAR
SUICÍDIO – Cenário Brasileiro - 2017
28,67 Suicídios/dia
1,19Suicídios/hora
Ministério da Saúde, 2017
OMS (Organização Mundial de Saúde) – 2016
Homens e mulheres
fogem dos
problemas que lhes
martirizam a
existência por
atentados à própria
vida, os quais lhes
minam as forças e
LHES PRODUZEM
SOFRIMENTOS
MAIORES.
Dias da Cruz -
Reformador/Agosto/2005
SUICÍDIOS – Espectro nas Idades
SUICÍDIO INFANTO-
JUVENIL
Grito de Socorro
Apelo mórbido
Tentativas Múltiplas
SUICÍDIO ADULTO
Processo de Fuga
Solidão
Vícios
SUICÍDIO NA 3º IDADE
Desesperança,
Desamparo, Depressão e
Desespero
Tentativa Única
EUTANÁSIA
ALTA PREVALÊNCIA DE DOENÇAS CRÔNICAS
AVANÇO DO MATERIALISMO
ÊNFASE NA AUTONOMIA DO PACIENTE
Por que não é livre o homem de por
termo aos seus sofrimentos ?
Ao Espiritismo estava reservado demonstrar, pelo exemplo dos que
sucumbiram, que o suicídio não é uma falta, somente por
constituir infração de uma lei moral, consideração de pouco peso
para certos indivíduos, mas também um ato estúpido, pois que
NADA GANHA QUEM O PRATICA, antes o contrário é o que se dá,
como no-lo ensinam, não a teoria, porém os FATOS que ele nos põe
sob as vistas.
 A religião, a moral, todas as filosofias condenam o suicídio como contrário às leis da Natureza. Todas
nos dizem, em princípio, que ninguém tem o direito de abreviar voluntariamente a vida. Entretanto, por
que não se tem esse direito? Por que não é livre o homem de por termo aos seus sofrimentos?
Livro do Espíritos – Perg. 957
SUICÍDIO e Sofrimentos
 É a solução enganosa a que se deixam conduzir todos aqueles que preservam os seus
conflitos e os fixam na área mental da insatisfação e do desespero sistemático.
Decorrência da revolta espiritual do ser ante as circunstancias, os acontecimentos e
estados de alma que lhe parecem adversos.
Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte
 Na verdade, o suicídio é basicamente, uma fuga. O suicida quer fugir de situações
embaraçosas, de desgostos, de pessoas que detesta, de mágoas que não se sente com
forças para suportar, deseja, afinal de contas, fugir de si mesmo. É aí que está a gênese
de seu fatal desengano: não podemos, de maneira alguma, fugir de nós próprios. Logo, O
SUICÍDIO É O MAIOR, O MAIS TRÁGICO E LAMENTÁVEL EQUÍVOCO QUE O SER HUMANO
PODE COMETER.
Hermínio de Miranda - Reformador – Nov/1993
 É o desejo de morte acolitado por um desejo de vida. É um insistente apelo mórbido
dirigido ao próximo; é, também, um extenso pedido de socorro.
Jorge Andréa – Revista Presença Espírita – Dez/1981
SOLUÇÃO ENGANOSA
UMA FUGA
SUICÍDIO INTENCIONAL – O Que É ?
APELO MÓRBIDO
• 31/Agosto/1871 – 01/Novembro/1920
• Membro da Academia Paulista de Letras
• Poetisa, professora primária, pianista e crítica literária
• Precursora da literatura infantil
De alma erguida ao Senhor varai a sombra fria!...
Por mais horrenda noite, há sempre um novo dia,
Ao calor da esperança — a luz que nos enleva...
A aflição sem revolta é paz que nos redime.
Não olvides na cruz redentora e sublime
Que a fuga para a morte é um salto para a treva.
Francisca Julia – Vozes do Grande Além – Cap. 19 - 13/10/1955
Não vos aconselheis com a desesperação.
Não vos acomodeis com a rebeldia.
Esperar com paciência, ofertando ao caminho o melhor de nós, é
o segredo do grande Triunfo.
O tempo que faz a noite é o tempo que traz o dia.
A luta é um instrumento divino.
Não a menosprezeis!...
André Luiz – Vozes do Grande Além – Cap. 19 - 13/10/1955
Francisca Julia
SUICÍDIO - SÍNTESE
SUICÍDIO – SÍNTESE
Suicídio, não pense nisso
Nem mesmo por brincadeira...
Um ato desses resulta
Na dor de uma vida inteira.
Tolera com paciência
Qualquer problema ou pesar;
Não adianta morrer,
Adianta é se melhorar.
Cornélio Pires – Astronautas do Além – Cap. 3
NINGUÉM CORTE, ONDE POSSA DESATAR.
André Luiz – Obreiros da Vida Eterna – Cap. 18

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Suicídios Indiretos - como prevenir

Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Izabel Cristina Fonseca
 
Consequencias do suicidio no plano Espiritual
Consequencias do suicidio no plano EspiritualConsequencias do suicidio no plano Espiritual
Consequencias do suicidio no plano Espiritual
Marta Gomes
 
Até que a morte nos separe
Até que a morte nos separeAté que a morte nos separe
Até que a morte nos separe
Adriana Soczek Sampaio
 
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITAVICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
ARMAZÉM DE ARTES TANIA PAUPITZ
 
suicidio 2020 ok.pptx
suicidio 2020 ok.pptxsuicidio 2020 ok.pptx
suicidio 2020 ok.pptx
AdrianaBrunoConceio
 
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma BadanPenas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Instituto Espírita de Educação
 
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma BadanPenas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Instituto Espírita de Educação
 
Setembro Amarelo
Setembro AmareloSetembro Amarelo
Setembro Amarelo
Alfredo Lopes
 
Suicídio - Uma Epidemia Silenciosa
Suicídio - Uma Epidemia SilenciosaSuicídio - Uma Epidemia Silenciosa
Suicídio - Uma Epidemia Silenciosa
CEENA_SS
 
Os Medos na Vida - A soma de todos os Medos
Os Medos na Vida - A soma de todos os MedosOs Medos na Vida - A soma de todos os Medos
Os Medos na Vida - A soma de todos os Medos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
NEPP- Estudos Em Psicanálise
 
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
Lar Irmã Zarabatana
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Setembro amarelo
Setembro amareloSetembro amarelo
Setembro amarelo
Helio Cruz
 
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAISO TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
Dr. Walter Cury
 
Suicídio e loucura
Suicídio e loucuraSuicídio e loucura
Suicídio e loucura
Henrique Vieira
 
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição PlanetáriaInfluencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Estudo_Tormentos da Obsessão_1_x a 7.pptx
Estudo_Tormentos da Obsessão_1_x a 7.pptxEstudo_Tormentos da Obsessão_1_x a 7.pptx
Estudo_Tormentos da Obsessão_1_x a 7.pptx
AiltonBarcelos2
 
SUICÍDIO SOB A VISÃO ESPÍRITA
SUICÍDIO SOB A VISÃO ESPÍRITASUICÍDIO SOB A VISÃO ESPÍRITA
SUICÍDIO SOB A VISÃO ESPÍRITA
Luan Silva
 
Fixação mental slide1
Fixação mental  slide1Fixação mental  slide1
Fixação mental slide1
bonattinho
 

Semelhante a Suicídios Indiretos - como prevenir (20)

Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
Suicidio - GEC 23 fevereiro 2013
 
Consequencias do suicidio no plano Espiritual
Consequencias do suicidio no plano EspiritualConsequencias do suicidio no plano Espiritual
Consequencias do suicidio no plano Espiritual
 
Até que a morte nos separe
Até que a morte nos separeAté que a morte nos separe
Até que a morte nos separe
 
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITAVICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS  NA VISÃO ESPÍRITA
VICIOS MORAIS E COMPORTAMENTAIS NA VISÃO ESPÍRITA
 
suicidio 2020 ok.pptx
suicidio 2020 ok.pptxsuicidio 2020 ok.pptx
suicidio 2020 ok.pptx
 
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma BadanPenas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
 
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma BadanPenas e gozos futuros - Wilma Badan
Penas e gozos futuros - Wilma Badan
 
Setembro Amarelo
Setembro AmareloSetembro Amarelo
Setembro Amarelo
 
Suicídio - Uma Epidemia Silenciosa
Suicídio - Uma Epidemia SilenciosaSuicídio - Uma Epidemia Silenciosa
Suicídio - Uma Epidemia Silenciosa
 
Os Medos na Vida - A soma de todos os Medos
Os Medos na Vida - A soma de todos os MedosOs Medos na Vida - A soma de todos os Medos
Os Medos na Vida - A soma de todos os Medos
 
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
Revista Grito de Alerta -Tema Suicídio.
 
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
26/03/2014 Cap 6 Livro Missionários da Luz
 
Obsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessãoObsessão e desobsessão
Obsessão e desobsessão
 
Setembro amarelo
Setembro amareloSetembro amarelo
Setembro amarelo
 
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAISO TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
O TRATAMENTO HOLÍSTICO DAS DOENÇAS FÍSICAS E MENTAIS
 
Suicídio e loucura
Suicídio e loucuraSuicídio e loucura
Suicídio e loucura
 
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição PlanetáriaInfluencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
Influencia dos Espíritos inferiores na Transição Planetária
 
Estudo_Tormentos da Obsessão_1_x a 7.pptx
Estudo_Tormentos da Obsessão_1_x a 7.pptxEstudo_Tormentos da Obsessão_1_x a 7.pptx
Estudo_Tormentos da Obsessão_1_x a 7.pptx
 
SUICÍDIO SOB A VISÃO ESPÍRITA
SUICÍDIO SOB A VISÃO ESPÍRITASUICÍDIO SOB A VISÃO ESPÍRITA
SUICÍDIO SOB A VISÃO ESPÍRITA
 
Fixação mental slide1
Fixação mental  slide1Fixação mental  slide1
Fixação mental slide1
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR

As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
ADALBERTO COELHO DA SILVA JR
 

Mais de ADALBERTO COELHO DA SILVA JR (20)

As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_TEXTO
 
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃOAs Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
As Encruzilhadas da Vida - Você Decide_APRESENTAÇÃO
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - EX...
 
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTOA Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
A Obsessão por Justa Causa - – A Paixão, o Ciúme, a Traição e a obsessão - TEXTO
 
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdfEnquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
Enquanto Você ainda Pode - - TEXTO_Completo_2024_v5.pdf
 
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃOEnquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
Enquanto Você ainda Pode - - APRESENTAÇÃO
 
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_ExposiçãoEsses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
Esses Dias Tumultuosos e o Natal_Exposição
 
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - textoEstes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
Estes Dias Tumultuosos e o Natal - texto
 
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTOLoucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
Loucura e Obsessão - 35 anos_TEXTO
 
Loucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anosLoucura e Obsessão - 35 anos
Loucura e Obsessão - 35 anos
 
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_TextoSexo e Destino - 60 anos_Texto
Sexo e Destino - 60 anos_Texto
 
Sexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anosSexo e Destino - 60 anos
Sexo e Destino - 60 anos
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completoO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_TEXTO_completo
 
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_SinteseO Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
O Martírio nos Tempos Atuais - Ave-Cristo - 70 anos_APRESENTAÇÃO_Sintese
 
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTOO Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
O Autismo – uma Leitura Espiritual_TEXTO
 
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃOO Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
O Autismo - uma leitura espiritual_APRESENTAÇÃO
 
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_TextoRelacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Texto
 
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_ApresentaçãoO Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
O Relacionamento entre Pais e Filhos num Mundo em Transição_Apresentação
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres ColetivosAs Catástrofes e os Desastres Coletivos
As Catástrofes e os Desastres Coletivos
 
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_ApresentaçãoAs Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
As Catástrofes e os Desastres Coletivos_Apresentação
 

Último

ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 

Último (12)

ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 

Suicídios Indiretos - como prevenir

  • 1. 1 10 de Setembro - Dia Mundial de Prevenção do Suicídio Viver é um impositivo biológico. Viver, porém, com elevação, na busca de equilíbrio é um desafio. Marco Prisco – Luz Viva – Cap.22 “O CENTRO ESPÍRITA é um lugar ONDE SE ENSINAM COISAS QUE O MUNDO NÃO ENSINA, a fim de que o comportamento do Espírita seja distinto do comportamento que se verifica na Sociedade”. Raul Teixeira – Jornal Mudo Espírita – 2010 - Fevereiro
  • 3. Neste Setembro Amarelo, temos 4 sugestões de livros para prevenção ao Suicídio e valorização da Vida. 1962/2022 (...) quanto mais a gente trabalha mais o fio engrossa
  • 4. SUICÍDIO - Definições  SUICÍDIO MORAL - Comete suicídio o homem que perece vítima de paixões que ele sabia lhe haviam de apressar o fim – (...) Sim, é um Suicídio Moral. LIVRO DOS ESPÍRITOS – 4º Parte – Cap. 1 – Perg. 952 – Desgosto da Vida  SUICÍDIO INDIRETO – Suicídio não consiste somente no ato voluntário, que produz a morte instantânea, mas em tudo quanto se faça conscientemente para apressar a extinção das forças vitais – O CÉU E O INFERNO – 2º Parte – Cap. 5 - Suicidas  SUICÍDIO DIRETO – ato voluntário de tirar a vida.  SUICÍDIO ASSISTIDO - é quando um indivíduo ajuda o outro a causar sua própria morte indiretamente  EUTANÁSIA - é quanto uma pessoa assume um papel ativo na morte de uma pessoa.  SUICÍDIO COLETIVO - podem ocorrer apenas entre duas pessoas, como um "pacto suicida", ou com um número muito maior.  SUICÍDIO INCONSCIENTE – tua posição, é a do suicida inconsciente (...) é necessário reconhecer que centenas de criaturas se ausentam diariamente da Terra, nas mesmas condições – NOSSO LAR – Cap. 4 – O Médico Espiritual
  • 5. Aumento do Materialismo Aumento da Degradação Moral Aumento da Violência Aumento dos Conflitos Sociais Aumento da Depressão, Ansiedade Aumento dos Processos Obsessivos A TRANSIÇÃO PLANETÁRIA e o SUICÍDIO REENCARNAÇÃO INFERIORES JOVENS IDOSOS GERAL SUICÍDIOS DIRETOS em massa 1 2 3 Emmanuel – Diálogos dos Vivos – Cap. 21
  • 6. SUICÍDIO INDIRETO – O Que é O que é o suicídio indireto ou inconsciente? É quando a pessoa não toma consciência de que determinado comportamento, a sua maneira de viver, seus hábitos e costumes, podem complicar e abreviar a sua existência. Richard Simonetti – Suicídio – Tudo o Que Você Precisa Saber – Cap. Inconsciência Vivemos como criaturas que se SUICIDAM POUCO A POUCO; todo dia um suicidiozinho… Um ato de rebeldia, uma reclamação indébita, um ponto de vista infeliz… Atraímos vibrações negativas e operamos sobre nós esse suicídio lento, indireto… Francisco Cândido Xavier – O Evangelho de Chico Xavier – Cap. 255
  • 7. SUICÍDIO INDIRETO - Exemplo  É DE LAMENTAR QUE TENHA VINDO PELO SUICÍDIO. - Creio haja engano - asseverei, melindrado -, meu regresso do mundo não teve essa causa. Lutei mais de quarenta dias, na Casa de Saúde, tentando vencer a morte. Sofri duas operações graves, devido a oclusão intestinal...  Seu modo especial de conviver, MUITA VEZ EXASPERADO E SOMBRIO, CAPTAVA DESTRUIDORAS VIBRAÇÕES NAQUELES QUE O OUVIAM.  Nunca imaginou que a cólera fosse manancial de forças negativas para nós mesmos?  A ausência de autodomínio, a inadvertência no trato com os semelhantes, aos quais muitas vezes ofendeu sem refletir, conduziam-no frequentemente à esfera dos seres doentes e inferiores. Tal circunstância agravou, de muito, o seu estado físico.  TODO O APARELHO GÁSTRICO FOI DESTRUÍDO À CUSTA DE EXCESSOS DE ALIMENTAÇÃO E BEBIDAS ALCOÓLICAS, aparentemente sem importância. Devorou-lhe a sífilis energias essenciais. COMO VÊ, O SUICÍDIO É INCONTESTÁVEL. André Luiz Nosso Lar – Cap. 4
  • 8. SUICÍDIO INDIRETO - Exemplo  Simultaneamente, o desencadear da animosidade que as suas atitudes provocavam, fez que as PESSOAS ENCARNADAS PASSASSEM A DESFECHAR-LHE FLECHADAS MENTAIS, desejando-lhe a ruína, a infelicidade, a morte. A principio, em razão de encontrar-se mergulhado em verdadeira carapaça das próprias construções psíquicas, aqueles petardos não o atingiam com facilidade.  Lentamente, as sucessivas ondas prejudiciais alcançaram-lhe os equipamentos orgânicos, DESARTICULANDO AS DEFESAS IMUNOLÓGICAS que foram vencidas, degenerando células e dando inicio, a principio, à irrupção do bacilo de Kock, agora em fase final do processo.  No caso em tela, foram os petardos mentais dos encarnados que, por sintonia dele próprio, DESENCADEARAM OS DISTÚRBIOS QUE O AFLIGIRAM.  Marcondes sempre estremunhado, cultiva formas-pensamentos que nutre os seus adversários desencarnados, recebendo, com incidência poderosa, a resposta deles transformada em energia deletéria, que TERMINOU POR ARRUINAR-LHE A VIDA FÍSICA e a mental já seriamente abalada Manoel Philomeno de Miranda – Painéis da Obsessão – Cap.4
  • 9. Através do próprio pensamento desgovernado, O HOMEM PODE FABRICAR PARA SI MESMO as mais graves eclosões de alienação mental, como sejam as psicoses de angustia e ódio, vaidade e orgulho, usura e delinqüência, desanimo e egocentrismo, impondo ao veículo orgânico PROCESSOS PATOGÊNICOS INDEFINÍVEIS, que lhe FAVORECEM A DERROCADA OU A MORTE. Dias da Cruz – Instruções Psicofônicas – Cap. 34 TODOS OS NOSSOS PENSAMENTOS definidos por vibrações, palavras ou atos, ARROJAM DE NÓS RAIOS ESPECÍFICOS. Assim sendo, é indispensável curar de nossas próprias atitudes, na autodefesa e no amparo aos semelhantes, porquanto a cólera e a irritação, a leviandade e a maledicência, a crueldade e a calúnia, a irreflexão e a brutalidade, a tristeza e o desânimo, produzem ELEVADA PERCENTAGEM DE AGENTES DE NATUREZA DESTRUTIVA, EM NÓS E EM TORNO DE NÓS. Dias da Cruz – Instruções Psicofônicas - 19 SUICÍDIO INDIRETO - Origens
  • 10. − A impetuosidade bloqueia a razão e desarticula o sistema nervoso central. − A queixa e o azedume emitem ondas pessimistas que sobrecarregam os sistemas de comunicação, produzindo envenenamento mental. − A ira obnubila o discernimento e produz disfunções gastrintestinais pelos tóxicos que lança na organização biológica. − A mágoa enlouquece, em razão de produzir fixações que se transformam em monoideísmo avassalador. − A insatisfação perturba o senso de observação e afeta o ritmo circulatório promovendo quadros depressivos, ou excitantes e prejudiciais. − O ciúme enceguece e desencadeia disritmias emocionais pela tensão que domina os neurônios condutores do pensamento. A maledicência incorpora a calúnia e ambas desorganizam a escala de valores, aumentando os estímulos no aparelho endócrino que se exaure. − A ansiedade e o medo desestruturam o edifício celular dando margens às distonias complexas. − A vingança ,sob qualquer aspecto agasalha, corrói os sentimentos, qual ácido destruidor abrindo brechas para a amargura, o suicídio e a alucinação… Joanna de Angelis – Seara do Bem – Cap. 3 - Doenças do Comportamento SUICÍDIO INDIRETO - Origens
  • 11. SUICÍDIO INDIRETO – É grave? A incidência é alta? Na turma de oitenta enfermos a que devo assistência diária, cinqüenta e sete se encontram nas suas condições. André Luiz/Lísias – Nosso Lar – Cap. 5 – Recebendo Assistência Em termos percentuais, a estatística anunciada por Lísias indica que ~70% DOS DESENCARNADOS, que estavam sob seus cuidados, ERAM SUICIDAS INCONSCIENTES. Edson Ramos de Siqueira – Suicídio Inconsciente – Cap. 1
  • 12. Suicídio Desencarnação  Mortes MUNDO ≅ 100.000/dia/Mundo  Mortes BRASIL ≅ 3.300/dia/(2019)  Suicídios MUNDO ≅ 2.000/dia  Suicídios BRASIL ≅ 33/dia/(2019)  Mortes/Suicídios DIRETOS BRASIL ≅ 1% (2019)  Mortes/Suicídio INDIRETOS BRASIL ≅ 70% SUICÍDIO INDIRETO – É grave? A incidência é alta?
  • 13. SUICÍDIO INDIRETO – É grave? A incidência é alta? REENCARNAÇÃO DESEENCARNAÇÃO ≅ 1 % - Suicídio DIRETO ≅ 70 % - Suicídio INDIRETO ≅ 29 % - Finaliza a Reencarnação ≅ 1 % - COMPLETISTA 100 % 100 % Desenrolar da Vida
  • 14. André Luiz – Missionários da Luz – Cap. 12 COMPLETISTAS Vários aproveitam PARCIALMENTE a oportunidade TODOS nós Reencarnamos O “COMPLETISTA”, na qualidade de trabalhador leal e produtivo, PODE ESCOLHER, À VONTADE, O CORPO FUTURO, quando lhe apraz o regresso à Crosta em missões de amor e iluminação. RAROS ~70 % SUICÍDIO INDIRETO – É grave? A incidência é alta? COMPLETISTA - É o título que designa OS RAROS IRMÃOS que aproveitaram todas as possibilidades construtivas que o corpo terrestre lhes oferecia. ALGUNS aproveitam ~? %
  • 15. GLUTÕES • renitentes ALCOOLATRAS • insistentes TOXICÔMANOS • inconsequentes SUICÍDIO INDIRETO – Quem são ? Cairbar Schutel – Crestomatia da Imortalidade – Cap. 66 Sob condicionamentos infelizes e sujeição de drogas desgastantes ou vapores mentais tóxicos, A SUA MAQUINARIA DESAJUSTA-SE E INTERROMPE A MARCHA. Certamente aquele que assim procede, POR NEGLIGÊNCIA OU INDIFERENÇA, está contribuindo para a própria desencarnação, sub-repticiamente desejando-a. Joanna de Angelis – Suicídio Moral - 26 de junho de 2002, na reunião do Centro Espírita Caminho da Redenção.
  • 16. COLÉRICOS • extremados CIUMENTOS • inveterados AMBICIOSOS • incorrigíveis PREQUIÇOSOS • dissolutos SUICÍDIO INDIRETO – Quem são ? Cairbar Schutel – Crestomatia da Imortalidade – Cap. 6 SÃO SUICIDAS LENTOS, caminhando para surpresas dolorosas, em que EMPENHARÃO SÉCULOS DE LUTA REEDUCATIVA e dor reparadora para a própria libertação , nos círculos das reencarnações retificadoras.
  • 17. SUICÍDIO INDIRETO – Abrangência • É suicida, não apenas quem assume uma atitude autodestrutiva, através de um só golpe de alta violência... É TAMBÉM SUICIDAAQUELE QUE NÃO SE RENOVA PARA O BEM, entregando-se aos excessos de qualquer natureza, exorbitando das suas possibilidades vitais. Joanna de Ângelis - Revista Reformador – nº 1910 - Maio – 1988 Os que desanimam de lutar e trabalhar, RENOVAR E EVOLUIR SÃO OS QUE VERDADEIRAMENTE MORREM. André Luiz – Estude e Viva – Cap. 26
  • 18. SUICÍDIO INDIRETO – Culpabilidade • É MENOS RESPONSÁVELAQUELE QUE, MEDIANTE GESTO INTEMPESTIVO E ALUCINADO, atira-se no abismo do suicídio covarde, do que o indivíduo que dispõe de tempo para a reflexão e a mudança de comportamento, não obstante prosseguindo no programa de desrespeito à vida conforme se entrega. Joanna de Angelis - Diretrizes para o Êxito - Cap. 14 • É um suicídio moral. Não percebeis que, nesse caso, O HOMEM É DUPLAMENTE CULPADO? Há nele então falta de coragem e bestialidade, acrescidas do esquecimento de Deus. Allan Kardec – Livro dos Espíritos – 3º Parte – Cap. 2 – Perg. 952 952. Comete suicídio o homem que perece vítima de paixões que ele sabia lhe haviam de apressar o fim,..
  • 19. SUICÍDIO INDIRETO – Consequências no Plano Espiritual No Plano Espiritual, a situação daqueles que desencarnam por terem maltratado o corpo é a mesma dos que o fazem por iniciativa consciente? Não, porquanto não têm a intenção de se matar, mas enfrentam dificuldades de adaptação. Partem antes do tempo, GUARDAM AINDA FORTE IMPREGNAÇÃO envolvendo os vícios e as situações da Terra. Richard Simonetti – Suicídio – Tudo o Que Você Precisa Saber – Cap. Inconsciência
  • 20. NO VAMPIRISMO ESPIRITUAL os desencarnados sugam a vitalidade dos encarnados, podendo determinar nos hospedeiros doenças variadas e até mesmo a morte prematura. AS MANIFESTAÇÕES DO VAMPIRISMO não se circunscrevem ao ambiente dos encarnados. Quase que a totalidade dos sofrimentos nas zonas inferiores deve a ele sua dolorosa origem. André Luiz – Os Missionários da Luz – Cap. 11 SUICÍDIO INDIRETO – Consequências no Plano Espiritual Marlene Nobre – A Obsessão e suas Máscaras – 1º Parte - Cap. 08
  • 21. Assim como o suicida consciente, o inconsciente terá sequelas em existência futura? Esse será o seu drama. O FUMANTE terá problemas nos PULMÕES; o ALCOÓLATRA, no FÍGADO; o DROGADO, no CÉREBRO; o GLUTÃO, terá DISTÚRBIOS HORMONAIS. Funcionarão não apenas como resultado de seus excessos, mas, também, como veículos de contenção, destinados a sofrear e eliminar as tendências e vícios desenvolvidos. SUICÍDIO INDIRETO – Consequências nas Vidas Futuras Richard Simonetti – Suicídio – Tudo o Que Você Precisa Saber – Cap. Inconsciência
  • 22. Joanna de Angelis – Momentos de Iluminação – Cap. - Opção pela Vida A vida não se consome na morte física e o fenômeno biológico não é a expressão real do ser. Como consequência, O EX-SUICIDA REENCARNADO SEMPRE TRAZ AS MATRIZES DO CRIME PERPETRADO, sofrendo CONTÍNUA TENTAÇÃO DE REPETIR O DELITO, quando defrontado por dificuldade de qualquer natureza. Segundo O TIPO DE SUICÍDIO, DIRETO OU INDIRETO, SURGEM ÀS DISTONIAS ORGÂNICAS DERIVADAS, que correspondem a diversas calamidades congênitas, inclusive a mutilação e o câncer, a surdez e a mudez, a cegueira e a loucura, a representarem terapêutica providencial na cura da alma. Emmanuel – Religião dos Espíritos – Cap. 48 SUICÍDIO INDIRETO – Consequências nas Vidas Futuras
  • 23. 23 1 • Estar Atento aos “sinais” de Depressão, de Ideação suicida. 2 • Estimular o aumento do nível de Espiritualidade. 3 • Incrementar a Convivência social harmônica, ser voluntário. 4 • Trabalhar o nível e Aceitação, adaptalidade. 5 • Viver com Comedimento. 6 • Observar a ocorrência de influências Espirituais Obsessivas 7 • Valorizar sempre o “milagre” da VIDA. SUICÍDIO INDIRETO - PREVENÇÃO
  • 24.  Medica a arritmia e a dispnéia, contudo, não entregues o coração à impulsividade arrasadora.  Combate a neurastenia e o esgotamento, no entanto, cuida de reajustar as emoções e tendências.  Persegue a gastralgia, mas educa teus apetites à mesa.  Melhora as condições do sangue, todavia, não o sobrecarregues com os resíduos de prazeres inferiores.  Guerreia a hepatite, entretanto, livra o fígado dos excessos em que te comprazes.  Remove os perigos da uremia, contudo, não sufoques os rins com os venenos de taças brilhantes.  Desloca o reumatismo dos membros, reparando, porém, o que fazes com teus pés, braços e mãos. (...) Sem que teu pensamento se purifique e sem que a tua vontade comande o barco do organismo para o bem, a intervenção dos remédios humanos não passará de medida em trânsito para a inutilidade. Emmanuel – Pão Nosso – Cap. 51 SUICÍDIO INDIRETO - PREVENÇÃO
  • 25. 25 SUICÍDIO INDIRETO - PREVENÇÃO as avessas  Alimente-se mal. Desconsidere a vida. Use bastante o sexo, as drogas, o fumo, os alcoólicos e, acima de tudo, mantenha sua consciência de culpa Descuide-se do seu corpo  Castigue seu corpo. Tudo aquilo que é ruim faça repetidamente. Procure fazer o que lhe desagrada  Não perdoe. Perdoar é coisa para gente fraca. Conserve as lembranças pessimistas; lembre bem das coisas infelizes da sua vida. Queixe-se bastante. Guarde ressentimento ao máximo  Seja destrutivo. Mantendo-se fixo na maior parte do tempo (senão todo tempo) nessas ideias desastrosas Construa ideias perturbadoras  Ninguém o compreende. Seja, pois, um isolado, ou, de mau humor, aquele que chama a atenção e a quem todos dizem: "Ele é muito infeliz! É um coitado!" Isto proporciona dispneia e ansiedade... Isole-se  Seja carrancudo sempre. Por que você vai cultivar o bom humor? Evite-o, e então continuará doente! Por que sorrir? A sua vida é trágica. Por que transformá-la numa comédia? Evite o bom humor  Seja impermeável. Por que você é que deve mudar? De maneira nenhuma! Mantenha esses itens inalterados Joanna de Angelis – O Colar de Diamantes – Cap. 7
  • 26. 26 A RENOVAÇÃO PERMANENTE • Os que desanimam de lutar e trabalhar, renovar e evoluir são os que verdadeiramente morrem. A VIDA REAL • Através de uma visão correta sobre a realidade do ser, do seu destino, dos seus objetivos na Terra O VIVER EM EQUILÍBRIO • Viver é um impositivo biológico. • Viver, porém, com elevação, na busca de equilíbrio é um desafio. Marco Prisco – Luz Viva – Cap.22 André Luiz – Estude e Viva – Cap. 52 SUICÍDIO INDIRETO - PREVENÇÃO - Síntese Divaldo Franco
  • 27. Viver é um impositivo biológico. Viver, porém, com elevação, na busca de equilíbrio é um desafio. VOCÊ É VIDA. JAMAIS SERÁ ANULADO. SEM AÇÃO, VOCÊ FICARÁ PARALÍTICO. TRABALHANDO-SE, você desenvolve valores que ignora, descobrindo-se mais ligado à VIDA, porque VOCÊ É TAMBÉM VIDA. Marco Prisco – Luz Viva – Cap.22 SUICÍDIO INDIRETO - SÍNTESE
  • 28. Consagra-te à temperança Se queres vida segura. Quem mais se farta no corpo, Na Terra, é quem menos dura. Casemiro Cunha – Pássaros Humanos – Cap. 2 - SUICÍDIO INDIRETO - SÍNTESE
  • 29. E-mail : adalberto.acsjr@gmail.com YouTube – O Escriba Espírita : https://www.youtube.com/channel/UCj39fLNXa2nKXfVTNlZ_JGw Blog – O Escriba Espírita : https://escribaespirita.blogspot.com/ Instagram: https://www.instagram.com/adalberto.coelho.silva/?hl=pt-br
  • 30. No entanto, entre os povos mais adiantados do planeta, avançam duas calamidades morais do materialismo, corrompendo-lhes as forças: O SUICÍDIO E A LOUCURA, ou, mais propriamente, a ANGÚSTIA E A OBSESSÃO. É que o homem não se aprovisiona de reservas espirituais à custa de máquinas. Emmanuel - Entre irmãos de outras Terras - Cap. 12 - Supercultura e Calamidades Morais OS FLAGELOS INVISÍVEIS
  • 31. OBSESSÃO SUICÍDIO DEPRESSÃO OS FLAGELOS – INVISÍVEIS O suicídio é o maior, o mais trágico e lamentável equívoco que o ser humano pode cometer. Hermínio de Miranda - Reformador – Nov/1993 O homem não raramente é o obsessor de si mesmo. Allan Kardec Obras Póstumas – 1º Parte – Cap. 7 – Item 58 Há muito mais obsessão, grassando na Terra, do que se imagina e se crê. Manoel P. de Miranda Nas Fronteiras da Loucura – Introdução ORAR, SORRIR E TRABALHAR
  • 32. SUICÍDIO – Cenário Brasileiro - 2017 28,67 Suicídios/dia 1,19Suicídios/hora Ministério da Saúde, 2017 OMS (Organização Mundial de Saúde) – 2016 Homens e mulheres fogem dos problemas que lhes martirizam a existência por atentados à própria vida, os quais lhes minam as forças e LHES PRODUZEM SOFRIMENTOS MAIORES. Dias da Cruz - Reformador/Agosto/2005
  • 33. SUICÍDIOS – Espectro nas Idades SUICÍDIO INFANTO- JUVENIL Grito de Socorro Apelo mórbido Tentativas Múltiplas SUICÍDIO ADULTO Processo de Fuga Solidão Vícios SUICÍDIO NA 3º IDADE Desesperança, Desamparo, Depressão e Desespero Tentativa Única EUTANÁSIA ALTA PREVALÊNCIA DE DOENÇAS CRÔNICAS AVANÇO DO MATERIALISMO ÊNFASE NA AUTONOMIA DO PACIENTE
  • 34. Por que não é livre o homem de por termo aos seus sofrimentos ? Ao Espiritismo estava reservado demonstrar, pelo exemplo dos que sucumbiram, que o suicídio não é uma falta, somente por constituir infração de uma lei moral, consideração de pouco peso para certos indivíduos, mas também um ato estúpido, pois que NADA GANHA QUEM O PRATICA, antes o contrário é o que se dá, como no-lo ensinam, não a teoria, porém os FATOS que ele nos põe sob as vistas.  A religião, a moral, todas as filosofias condenam o suicídio como contrário às leis da Natureza. Todas nos dizem, em princípio, que ninguém tem o direito de abreviar voluntariamente a vida. Entretanto, por que não se tem esse direito? Por que não é livre o homem de por termo aos seus sofrimentos? Livro do Espíritos – Perg. 957 SUICÍDIO e Sofrimentos
  • 35.  É a solução enganosa a que se deixam conduzir todos aqueles que preservam os seus conflitos e os fixam na área mental da insatisfação e do desespero sistemático. Decorrência da revolta espiritual do ser ante as circunstancias, os acontecimentos e estados de alma que lhe parecem adversos. Manoel Philomeno de Miranda – Temas da Vida e da Morte  Na verdade, o suicídio é basicamente, uma fuga. O suicida quer fugir de situações embaraçosas, de desgostos, de pessoas que detesta, de mágoas que não se sente com forças para suportar, deseja, afinal de contas, fugir de si mesmo. É aí que está a gênese de seu fatal desengano: não podemos, de maneira alguma, fugir de nós próprios. Logo, O SUICÍDIO É O MAIOR, O MAIS TRÁGICO E LAMENTÁVEL EQUÍVOCO QUE O SER HUMANO PODE COMETER. Hermínio de Miranda - Reformador – Nov/1993  É o desejo de morte acolitado por um desejo de vida. É um insistente apelo mórbido dirigido ao próximo; é, também, um extenso pedido de socorro. Jorge Andréa – Revista Presença Espírita – Dez/1981 SOLUÇÃO ENGANOSA UMA FUGA SUICÍDIO INTENCIONAL – O Que É ? APELO MÓRBIDO
  • 36. • 31/Agosto/1871 – 01/Novembro/1920 • Membro da Academia Paulista de Letras • Poetisa, professora primária, pianista e crítica literária • Precursora da literatura infantil De alma erguida ao Senhor varai a sombra fria!... Por mais horrenda noite, há sempre um novo dia, Ao calor da esperança — a luz que nos enleva... A aflição sem revolta é paz que nos redime. Não olvides na cruz redentora e sublime Que a fuga para a morte é um salto para a treva. Francisca Julia – Vozes do Grande Além – Cap. 19 - 13/10/1955 Não vos aconselheis com a desesperação. Não vos acomodeis com a rebeldia. Esperar com paciência, ofertando ao caminho o melhor de nós, é o segredo do grande Triunfo. O tempo que faz a noite é o tempo que traz o dia. A luta é um instrumento divino. Não a menosprezeis!... André Luiz – Vozes do Grande Além – Cap. 19 - 13/10/1955 Francisca Julia SUICÍDIO - SÍNTESE
  • 37. SUICÍDIO – SÍNTESE Suicídio, não pense nisso Nem mesmo por brincadeira... Um ato desses resulta Na dor de uma vida inteira. Tolera com paciência Qualquer problema ou pesar; Não adianta morrer, Adianta é se melhorar. Cornélio Pires – Astronautas do Além – Cap. 3 NINGUÉM CORTE, ONDE POSSA DESATAR. André Luiz – Obreiros da Vida Eterna – Cap. 18