SlideShare uma empresa Scribd logo
PORTFÓLIO VIRTUAL
GRUPO 1 MANHÃ
PROJETO “Os Animais e Eu”
Profª - Melissa Mayra Neves
ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL “PEDRITA”
NOSSO GRUPO...
O grupo está se adaptando bem ao ambiente escolar,amigos e professoras!
Cada um...
NALU
LORENZOJOÃOLAURA
THEODOROALICE FELIPE PIETRO
CECILIA
LUIZA
ADAPTAÇÃO
Adaptar-se
ao
grupo 1 e a
nova
rotina
Criar vínculo com os
amigos e
professoras
Insegurança
curiosidades e muitas
novidades...
Nesse período cabe a nós, professores criarmos um ambiente acolhedor e alegre para
que as crianças sintam-se queridas e seguras dentro da escola. Por outro lado é
fundamental que os pais estejam seguros e tranquilos com a escolha que fizeram pois
assim transmitem à criança a confiança necessária para que passem pelo período de
adaptação da melhor maneira possível. A escola é um lugar gostoso que foi escolhido
com cuidado e carinho pelos pais para a criança! Em nosso grupo a adaptação se deu de
modo tranquilo, sem maiores intercorrências. Apesar de alguns choros e dificuldades,
fomos nos conhecendo, nos organizando e dando aos pequenos o carinho necessário
para se adaptarem.
O grupo 1 não possui uma sala
específica. Para nossas atividades
utilizamos os diferentes espaços
disponíveis da escola. Temos,
porém, nossos cantinhos
preferidos para realização de
atividades e o espaço reservado
para guardar nossos materiais.
NOSSO ESPAÇO...
Que delicia...Dando banho na tartaruga!
Brincando com
bolinhas de sabão
Brincando no
parque com
panelinhas.
Nosso Espaço
Com alegria vamos explorando e conhecendo cada dia mais a nossa escola
Nossas mochilas
Rodando e cantando no gira-gira.
Dançando e brincando com bambolês no espaço 2
Brincando e conhecendo as cores na piscina.
NOSSA ROTINAAcolhida
Ajudante do dia
Ir ao banheiro
Visita aos animais
A rotina é muito importante na vida
das crianças, ela organiza e marca o
tempo. Com a rotina as crianças
sentem-se seguras e começam a
ganhar autonomia pois passam a ter
condições de antecipar o que virá a
seguir...
NOSSA ROTINA...
Beber água
Lanche
Higiene
Relaxamento
QUE BOM FAZER AMIGOS
Um dos maiores ganhos da criança ao entrar na escola é o convívio com outras crianças.
No convívio aprender a dividir, respeitar o outro, esperar a vez, manifestar sentimentos, etc.
Um pouquinho do nosso grupo
Nosso grupo é composto por 9 crianças que estão adaptando –se bem a nova
rotina escolar. Mostram-se participativos mesmo ainda tendo pouco tempo de
concentração nas atividades realizadas . Assumem uma postura de carinho
uns com os outros e, por enquanto, ainda não apresentaram comportamentos
agressivos. Já demonstram interesse pelos amigos, porém ainda precisam
aprimorar algumas questões como: dividir (brinquedos, espaços, atenção),
cumprir as regras e ouvir mais as professoras, o que é comum nessa faixa
etária. Trabalhamos essas questões diariamente através de conversas e
estímulos mas contamos com a parceria da família nesse trabalho,
possibilitando situações em que não sejam atendidos no que desejam
prontamente, saibam esperar, precisem emprestar, etc.
O grupo tem um convívio tranquilo. Com nossa orientação mostram-se
cooperativos entre si. Costumamos passar manhãs alegres e produtivas juntos.
Tenho certeza que será um ano incrível e iremos desfrutar cada momento
juntos, aproveitando-os para aprender e conhecer muitas coisas!
CARNAVAL
O carnaval é uma manifestação cultural do povo brasileiro que antecede a quaresma. Na
escola trabalhamos o carnaval através de marchinhas, desfile dos grupos e o nosso
grande baile. Eles puderam vivenciar um pouco dessa manifestação cultural e adoraram!!
B
A
I
L
E
D
E
C
A
R
N
A
V
A
L
Nosso Projeto
EPACO RESERVADO PARA MOSTRAR AS QUESTOES
GERADORAS DO PROJETO – ATIVIDADES INICIAIS
OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
- Promover a observação e convívio com os animais da escola;
- Estimular as crianças a assumirem alguns cuidados para com os animais (alimentá-los, organizar
seus viveiros, enfeitar os viveiros...)
- Desenvolver habilidades de observação e atenção.
- Possibilitar comparações entre os animais e os seres humanos.
- Estimular a percepção das diferenças e do quanto é importante respeitá-las.
- Promover que identifiquem sensações e sentimentos envolvidos com o manuseio e cuidados com
os animais.
- Promover o contato com diferentes espécies animais (marítimos, domésticos, selvagens),
identificando e explorando suas características
- Estimular a fantasia, a imaginação e a criatividade através da contação de histórias e vivências.
- Desenvolver atitudes éticas e respeitosas em relação aos colegas, a partir do trato com os
animais.
- Estimular a aquisição de autonomia.
OS ANIMAIS E EU
OBJETIVO GERAL:
Utilizar os animais como um instrumento pedagógico de forma que possa contribuir ilimitada e
diretamente para a formação das crianças, bem como o conhecimento previsto para o G1 nas
diferentes áreas de conhecimento, aprendendo conceitos e conteúdos necessários através
de brincadeiras e vivencias.
Como tudo começou...
Em nossa escola temos contato diário com alguns animaizinhos. Costumamos visitá-
los, cantar para eles.... Resolvemos iniciar nosso projeto estudando os animais da
escola. Os animais escolhidos para esse começo foram a galinha e os pintinhos, pois
foram os que mais chamaram a atenção do grupo em nossas visitas.
Visitamos a galinha e o
pintinho, demos água e
comidinha para eles e
então descobrimos que
adoram milho.
Em forma de história contei para
eles como as galinhas se
reproduzem. Foi muito legal
descobrir que elas nascem do
ovinho e perceber assim que
somos diferentes delas ,
observado suas características e
comparando com as nossas.
Assistimos o vídeo clipe
Pintinho amarelinho
Cantamos percebendo as
características dele.
GALINHA
E
PINTINHO
No parque brincamos de faz
de conta, usando tecido
amarelos as crianças viraram
pintinhos e a prof.
Gavião.Cantando a música e
vivenciando um pouco da vida
de bichinho as crianças tinham
que tentar escapar das garras
do gavião. Foi muito divertido!
Contei para as crianças a história da
galinha ruiva , conversamos sobre a
historia enfatizando a importância
de cooperar e ajudar o próximo.
Brincamos com os brinquedos de
galinha e pintinho que as crianças
trouxeram de casa podendo assim
de pertinho comparar e apontar as
características desses animais.
Fizemos um caça aos ovos
perdidos da galinha
pintadinha.Procuramos e
quando encontramos
contamos todos os
ovinhos juntos.
Fantasiados de galinha ruiva
passeamos pela escola visitando
os animais andando como ela e
fazendo seu som.
Usando tinta na cor amarela pintamos
nosso Pintinho Amarelinho.
Trabalhando a coordenação e
conhecimento da cor.
Confeccionamos um pintinho
com materiais recicláveis. Assim
transformamos o que seria lixo
em aprendizado.
Ouvimos a história “ A Galinha ruiva”
aprendemos o quanto é importante
ajudar e cooperar com os amigos e
professoras. Fizemos um lindo
desenho coletivo cada criança
desenhou a parte da história que
mais gostou .
Confeccionamos nosso cartaz
de ajudante do dia ,
enfatizando a importância de
ajudar o próximo como vimos
na história da Galinha ruiva .
Trabalhamos noções de quantidades e
contagem através da nossa culinária:Bolo de
milho da galinha ruiva . As crianças ajudaram a
preparar, comeram e até fomos dar um
pedacinho para a galinha e o pintinho da escola.
Atividades...
Ouvindo a história da reprodução da galinha/pintinho.
Assistindo o clipe “Meu
pintinho amarelinho”.
Abusando da criatividade as crianças viraram pitinhos e prof. gavião .
Representamos o vídeo onde o desafio era fugir do gavião.Foi uma aventura!
Brincando com galinhas e pintinhos que
trouxeram de casa. Caça aos ovos da galinha pintadinha.
Encontrando os ovinhos.
Contando história: A galinha ruiva
Caracterizados de galinha ruiva.
Visitando os animais andando
e fazendo o som da galinha.
Confeccionando nosso pintinho
com material reciclável.
Fazendo nosso cartaz de ajudante!
Receita: Bolo de milho da
galinha ruiva.
Preparando nosso bolo de milho.
Experimentando nosso bolo.
Conhecendo o Coelhinho
A partir do interesse das crianças e da
proximidade da Páscoa introduzi em
nosso projeto o trabalho com o coelho.
COELHO
Conhecemos as características do coelho
e percebemos que seu pelo é fofinho
como um algodão (tato). Percebemos
também que ele pula e salta muito alto.
Assim viramos coelhinhos
brincamos de coelhinho sai da toca
(matemática, coordenação,
direção, dentro/fora)
Trabalhamos as cores e a contagem
através da canção:Um ovo,dois ovos,três
ovos assim...Fizemos um caça aos ovinhos
coloridos:as crianças tinham que
encontrar os ovos escondidos de acordo
com as cores solicitadas.Quanto ovos
encontramos?
Identificamos e relembramos as cores
brincando com bolinhas coloridas.
Para alegrar a nossa coelhinhas e o coelhinho da
páscoa , pintamos ovinhos coloridos e
enfeitamos a casinha das coelhas (música e
movimento, artes, pinturas, cores,
coordenação)
Através de pesquisas descobrimos que existem
diferentes tipos de coelhos em diversos tamanhos
e cores (Matemática: igual/diferente ;
grande/pequeno;).
Descobrimos também que ele se alimenta de
hortaliças e legumes (cenoura).
Separando o grupo em dois fizemos uma
divertida corrida, pulando como coelhos. Nossa
como os coelhinhos são rápidos, somos rápidos e
conseguimos pular como eles? (imaginação,
movimento, noção de espaço; alto/baixo)
Atividades...
Pintando ovinhos para enfeitar
a fábrica e a casa das coelhas
Cantando com o coelhinho:Um ovo, dois ovos...
Brincamos com bolinhas ,
reconhecendo as cores trabalhadas
na canção do coelhinho.
Pulando como coelhos apostamos uma corrida.
Brincadeira:Coelhinho sai da toca. Enfeitando a casa das coelhas para a Páscoa.
Pintando nosso coelhinho para
compor o álbum dos animais.
Semana da Páscoa
Palestra e vídeo infantil sobre o real
significado da Páscoa.
Anotando nosso
objetivo a ser
alcançado .
Trabalhamos com as
crianças o sentido
cristão da Páscoa
enfatizando o amor, a
generosidade –
colocamos metas para
grupo crescer nessas
virtudes !
Fantástica Fábrica de Chocolates.
Caracterizados de coelhinhos. Teatro:Cabra Cabrês
Preparando os ovinhos de chocolates.
Caça aos ovos
Animais da floresta: Cultura indígena
Pesquisas: Como são os índios?
Como vivem?
Filme: Tainá 2 - Descobrimos que os
índios vivem com alguns animais .
Será que são os mesmo que nós
podemos ter em casa? (animais da
floresta)
Usando a imaginação
viramos indiozinhos .
Brincamos e remamos
contando os indiozinhos da
nossa tribo . (Imaginação,
matemática, música e
movimento)
Brincadeira indígena: Cabo de guerra trabalhando a
coordenação, força e trabalho em grupo.
Passarinho e gavião: Trabalhar as características dos
pássaros , coordenação, noção de espaço, destreza
ao correr e andar.
Estátua: Posição de passarinho. (Matemática: Em
cima/ embaixo,coordenação/noção de espaço)
Saímos pela escola a procura de
animais que vivem na floresta,
encontramos os passarinhos que
vimos bastante em nossas pesquisas
e no filme que assistimos.
Então fomos olhar bem de pertinho
e perceber suas características,
comparando com as nossas.
Com a vivência indígena
trabalhamos diferentes
costumes, danças, colheitas,
caça, pesca, culinária, rituais,
vivenciando e experimentando
esse modo de vida juntos.
Cacique da tribo: Aprendemos
que o cacique é o líder das
tribos igual a professora é líder
do G1. Descobrimos que o
Cacique é bem maior que os
indiozinhos.
(matemática:maior/menor,
coordenação motora,tato-
texturas,diferentes materiais)
História: O passarinho
vermelho. Perceber as
características e o modo
de vida desse animal
desde o seu nascimento.
Para enriquecer ainda mais
nosso projeto no mês de abril
trabalhamos a cultura indígena,
através de brincadeiras,
costumes, histórias e a vivência
indígena. Descobrimos e
vivenciamos um pouco dessa
cultura que é tão diferente da
nossa, conhecendo e
trabalhando os animais da
floresta.
Conhecemos alguns animais que
vivem com os índios na floresta
identificando seus sons e
características enquanto
pesquisávamos e brincávamos.
Brincamos de seu mestre
mandou imitando esses animais.
A vida na floresta.Conversando e apresentando
imagens sobre os índios.
Pesquisa sobre a cultura indígena.
Assistimos um trecho do filme Tainá 2.
Cuidando e alimentando
os pássaros, animal que
vive com os índios.
Brincadeira indígena: Cabo de guerra.
Brincadeira: Estátua, posição de passarinho.
“Voando” pela escola caracterizados de
passarinhos.
Colorindo macarrão para confeccionar
nossos colares indígenas.
Confeccionando nossos tambores e
colares para nossa vivência indígena.
Brincadeira: Gavião e passarinhos.
Confeccionando nosso Cacique da tribo Pedrita.
Ajudando a construir nossa
OCA para a vivência indígena,
usando elementos da
natureza.
OCA do Cacique da tribo Pedrita.
Apresentação da lenda indígena.
Caracterizados de
indiozinhos com
adereços feitos por
nós.
Um pouco da nossa vivência indígena.
Pescando e preparando
os alimentos como os
índios.
Experimentando alimentos
preparados por nós: batata
doce e peixe.
Tocando nossos tambores.
Trabalhando com os
animais da floresta
conhecemos suas
características e seus sons.
Brincamos de seu mestre
mandou: imitar os animais
da floresta.
Conhecemos e trabalhamos
as características dos
pássaros comparando-as com
as da tartaruga, que se
reproduzem da mesma
maneira e ambos vivem na
floresta.
Pesquisando na internet
aprendemos que, assim
como nós, os animais tem
mamães , nascem bebês e
crescem .
Começamos a cuidar dos
animais da escola como se
fossemos suas mamães
demos comidas, água e
muito carinho cantando
para eles todos os dias.
Com muito carinho fizemos
nossos cartões e
confeccionamos nossos
presentes para as mamães.
Conversamos e enfatizamos a
importância de ajudar nossas
mamães e cuidar delas com
muito amor.
Famílias de
animais:
Dia das Mães
Cuidando dos animais como mamães...
Passarinhos feitos de dobraduras.
Experimentamos uma salada de folhas, alimento
tanto das tartarugas como dos pássarios.
História: A festa no céu.
Pesquisa: Descobrindo que os
animais também tem mamães.
Cuidando dos animais
como se fossemos
suas mamães.
Fazendo carinho e percebendo
as características do pássaro.
Explorando com amor...
Corridas das tartarugas...
Colhendo recursos naturais
para montar o casco da
nossa tartaruga.
Confeccionando nossa
linda tartaruga.
Como se fôssemos
tartarugas fizemos
uma divertida corrida!
Confeccionando o
presente da mamãe.
História: A vida na fazenda.
Apresentação dos animais que
vivem lá, identificando os animais
conhecidos e conhecendo novos.
Pesquisamos sobre a cultura rural :
festa junina, alimentos e modo de vida
desse lugar.
Assistimos o vídeo: Os animais da
fazendinha. Identificando principais
características dos animais, seus sons,
alimentação e modo de vida. O animal
que mais despertou interesse do grupo
foi o PATO.
Passeamos pela escola
cuidando dos animais
igual os fazendeiros
cuidam dos animais da
fazenda. Também regamos
as plantas e hortas,
despertando o amor pela
natureza.
Aprendemos a brincar com
o jogo da memória dos
animais da fazenda.
Fizemos o som de cada
bichinho que mora lá.
Brincamos juntos usando uma
caixa para adivinhar e identificar
qual animal estava dentro da
mesma. Uma criança de cada vez
pegou um animal, nomeou e fez
o som desse bichinho.
Com a tia Linder realizamos uma
cozinha experimental com ovos.
Alimento fornecido por uma
animal de fazenda. Comparamos
os tamanhos grande-pequeno
experimentamos os mesmos,
enfatizando que o pato que mora
na fazenda bota ovos como a
galinha e passarinhos. Animais já
conhecidos e trabalhados
anteriormente.
Pesquisa: sobre o Patinho:
Como nascem, se reproduzem,
se alimentam. Destacamos suas
principais características.
Usando materiais recicláveis,
confeccionamos um lindo
patinho.
Passeamos pela escola imitando
esse bichinho, andamos como ele
e imitamos o som que o mesmo
faz.
ANIMAIS DA
FAZENDA:
Cultura rural
Aprendemos músicas típicas da
fazenda e aprendemos uma linda
dança com a tia Débora. Dança essa
que ensaiamos para apresentar na
festa junina da escola.
Pintamos um patinho para
compor nosso álbum dos
animais. Destacamos suas
características e
semelhanças.
Animais da fazenda!
Dançando com o vídeo Lá vem o pato...
Pescando peixinhos
comida de patos.
Jogo da memória: Animais da fazenda.
Viramos fazendeiros
e cavalgamos com
cavalinhos.
Confeccionando enfeites para festa
junina com materiais recicláveis.
Confeccionando nosso lindo patinho.
Pintando peixinhos para a barraca da pesca.
Vivenciando o modo de vida rural...
Virando patinhos.
Pesquisando: Como ordenhar
uma vaquinha/ cultura rural.
Ordenhando a vaquinha.
Ouvindo uma história da fazenda.
Percebendo as características da vaquinha.Imitando a vaquinha brincamos
juntos ,andando e fazendo seu som.
Após as férias, recebemos quatro novos
amiguinhos em nosso grupo:
Sejam bem vindos!
GABRIEL
JOAQUIM
CELÉSTINE
MARIA FERNANDA
Animais que moram em
fazendas-sítios, entre eles
estudamos o boi.
Boi – papai, bezerro filho.
Vamos trabalhar o dia dos
pais?
Após conhecermos a
vaquinha, fomos pesquisar
sobre o boi e os bezerros.
Aprendemos muito sobre
essa família de animais,
identificando que como nós
os bichinhos também tem
papais.
Brincamos juntos pela
escola, andando como
boi e bezerros. Fizemos
o som deles.
Enfatizamos o amor e o
cuidado para com os papais.
Realizamos atividades como:
jogar bola, brincadeira que
normalmente as crianças
realizam com o papai ou avô.
Misturamos a essência do
pós barba, preparando
assim o presente do papai
com muito carinho.
Usando tinta, pintamos
o adesivo para colar no
presente do papai. Brincamos montando em
cima do Boi, enfatizando as
características desse animal
como: tamanho, maneira
de andar e outros...
Usando imagens, comparamos
os tamanhos do Boi e do
Bezerro. Percebemos que o
bezerro é menor que o papai
boi e que nós filhos quando
pequenos , também somos
menores que nossos papais.
Confeccionamos um lindo
cartão para o papai usando
nossas mãozinhas.
Como se fôssemos papais,
cuidamos das bonecas
com muito cuidado e
carinho.
A partir do boi e do bezerro
pensamos em como nos
relacionamos com o papai: o
que aprendemos com eles, o
que gostamos de fazer...
Pesquisa: Boi e bezerros.
Brincadeira: futebol.
Desenho: O que mais gosto
de fazer com o meu papai.
Pintando o adesivo
do presente do
papai.
Montando no Boi.
Maior e menor.
Pai-filhinho
Confeccionando o
cartão do papai.
Brincando de ser papai.
Animal: boi
Lenda: Bumba meu boi
Folclore brasileiro.
Para dar continuidade ao
projeto com animal boi,
inserimos a lenda do
“Bumba meu boi “,
abordando assim o folclore
brasileiro.
Apresentei alguns
brinquedos folclóricos da
escola e junto
confeccionamos um novo
brinquedo: peteca.
Usando material reciclável,
confeccionamos um bumba
meu boi com caixa de
papelão.
Assistimos um trecho do
vídeo do Pica pau
amarelo, enfatizando os
personagens e a cultura
través das brincadeiras e
vivencias de lá.
Caracterizados com
adereços brincamos e
dançamos fingindo ser
os personagens do
sítio.
Com a tia Anastácia
preparamos um delicioso
bolinho de chuva.
Com a tia Débora, vivenciamos
um incrível sítio do Pica Pau
Amarelo. Recebemos a visita da
Dona Benta, Tia Anastácia, Tio
Barnabé e nos transformamos
nos demais personagens com
muita alegria.
Brincando com o Bumba meu boi.
Compartilhando o brinquedo folclórico.
Vídeo: Sítio do pica pau amarelo.
Confeccionando nossa Bumba meu boi.
Brinquedos folclóricos.
Dançando caracterizados como
personagens do sítio.
O grande sítio do pica pau amarelo.
Cozinha experimental com a Tia
Anastácia.
Confeccionando nossa petecas.
Visita do tio Barnabé
Nos transformando em personagens.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Portfolio Virtual G4-Tarde
Portfolio Virtual G4-TardePortfolio Virtual G4-Tarde
Portfolio Virtual G4-Tarde
EscolaPedrita
 
Portfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
Portfolio Virtual Mini-Grupo ManhãPortfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
Portfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g2 tarde
Portifólio virtual g2 tardePortifólio virtual g2 tarde
Portifólio virtual g2 tarde
EscolaPedrita
 
Portifolio Virtual G1-Tarde
Portifolio Virtual G1-TardePortifolio Virtual G1-Tarde
Portifolio Virtual G1-Tarde
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tarde
EscolaPedrita
 
Portfolio g4 manhã
Portfolio g4 manhãPortfolio g4 manhã
Portfolio g4 manhã
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tarde
EscolaPedrita
 
Portfolio mg tarde
Portfolio mg tardePortfolio mg tarde
Portfolio mg tarde
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g3 manhã
Portifólio virtual g3 manhãPortifólio virtual g3 manhã
Portifólio virtual g3 manhã
EscolaPedrita
 
G1tarde
G1tardeG1tarde
G1tarde
EscolaPedrita
 
Portfolio g1 tarde
Portfolio g1  tardePortfolio g1  tarde
Portfolio g1 tarde
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgtPortifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgt
EscolaPedrita
 
Portifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
Portifolio Virtual Mini-Grupo TardePortifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
Portifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
EscolaPedrita
 
Portfolio mg manhã
Portfolio mg manhãPortfolio mg manhã
Portfolio mg manhã
EscolaPedrita
 
Portfolio Virtual G2-Tarde
Portfolio Virtual G2-TardePortfolio Virtual G2-Tarde
Portfolio Virtual G2-Tarde
EscolaPedrita
 
G4 tarde
G4 tardeG4 tarde
G4 tarde
EscolaPedrita
 
Portfolio g4 tarde
Portfolio g4 tardePortfolio g4 tarde
Portfolio g4 tarde
EscolaPedrita
 
Portifolio virtual mini e g1 tarde dança
Portifolio virtual  mini e g1 tarde dançaPortifolio virtual  mini e g1 tarde dança
Portifolio virtual mini e g1 tarde dança
EscolaPedrita
 
Projeto Animais
Projeto AnimaisProjeto Animais
Projeto Animais
Joelma Santos
 
Brincadeiras, brinquedos e jogos do brasil
Brincadeiras, brinquedos e jogos do brasilBrincadeiras, brinquedos e jogos do brasil
Brincadeiras, brinquedos e jogos do brasil
artedepia
 

Mais procurados (20)

Portfolio Virtual G4-Tarde
Portfolio Virtual G4-TardePortfolio Virtual G4-Tarde
Portfolio Virtual G4-Tarde
 
Portfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
Portfolio Virtual Mini-Grupo ManhãPortfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
Portfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
 
Portifólio virtual g2 tarde
Portifólio virtual g2 tardePortifólio virtual g2 tarde
Portifólio virtual g2 tarde
 
Portifolio Virtual G1-Tarde
Portifolio Virtual G1-TardePortifolio Virtual G1-Tarde
Portifolio Virtual G1-Tarde
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tarde
 
Portfolio g4 manhã
Portfolio g4 manhãPortfolio g4 manhã
Portfolio g4 manhã
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tarde
 
Portfolio mg tarde
Portfolio mg tardePortfolio mg tarde
Portfolio mg tarde
 
Portifólio virtual g3 manhã
Portifólio virtual g3 manhãPortifólio virtual g3 manhã
Portifólio virtual g3 manhã
 
G1tarde
G1tardeG1tarde
G1tarde
 
Portfolio g1 tarde
Portfolio g1  tardePortfolio g1  tarde
Portfolio g1 tarde
 
Portifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgtPortifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgt
 
Portifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
Portifolio Virtual Mini-Grupo TardePortifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
Portifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
 
Portfolio mg manhã
Portfolio mg manhãPortfolio mg manhã
Portfolio mg manhã
 
Portfolio Virtual G2-Tarde
Portfolio Virtual G2-TardePortfolio Virtual G2-Tarde
Portfolio Virtual G2-Tarde
 
G4 tarde
G4 tardeG4 tarde
G4 tarde
 
Portfolio g4 tarde
Portfolio g4 tardePortfolio g4 tarde
Portfolio g4 tarde
 
Portifolio virtual mini e g1 tarde dança
Portifolio virtual  mini e g1 tarde dançaPortifolio virtual  mini e g1 tarde dança
Portifolio virtual mini e g1 tarde dança
 
Projeto Animais
Projeto AnimaisProjeto Animais
Projeto Animais
 
Brincadeiras, brinquedos e jogos do brasil
Brincadeiras, brinquedos e jogos do brasilBrincadeiras, brinquedos e jogos do brasil
Brincadeiras, brinquedos e jogos do brasil
 

Semelhante a Portfolio g1 manhã

Portifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgtPortifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgt
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
EscolaPedrita
 
Portfolio g2 tarde
Portfolio g2 tardePortfolio g2 tarde
Portfolio g2 tarde
EscolaPedrita
 
Projeto : Animais a nossa volta 2013
 Projeto : Animais a nossa volta 2013 Projeto : Animais a nossa volta 2013
Projeto : Animais a nossa volta 2013
Débora Lambert
 
G2tarde
G2tardeG2tarde
G2tarde
EscolaPedrita
 
Mg manha
Mg manhaMg manha
Mg manha
EscolaPedrita
 
Portfolio g3 tarde
Portfolio g3 tardePortfolio g3 tarde
Portfolio g3 tarde
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g2 manhã
Portifólio virtual g2 manhãPortifólio virtual g2 manhã
Portifólio virtual g2 manhã
EscolaPedrita
 
G3tarde
G3tardeG3tarde
G3tarde
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgtPortifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgt
EscolaPedrita
 
G2manha
G2manhaG2manha
G2manha
EscolaPedrita
 
Portfolio g2 manhã
Portfolio g2  manhãPortfolio g2  manhã
Portfolio g2 manhã
EscolaPedrita
 
MG tarde
MG tardeMG tarde
MG tarde
EscolaPedrita
 
Portifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tardePortifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tarde
EscolaPedrita
 
5 liliane mendes duarte professor inovador
5 liliane mendes duarte professor inovador5 liliane mendes duarte professor inovador
5 liliane mendes duarte professor inovador
SimoneHelenDrumond
 
Liliane mendes duarte professor inovador
Liliane mendes duarte professor inovadorLiliane mendes duarte professor inovador
Liliane mendes duarte professor inovador
SimoneHelenDrumond
 
Portifólio virtual g2 tarde
Portifólio virtual g2 tardePortifólio virtual g2 tarde
Portifólio virtual g2 tarde
EscolaPedrita
 

Semelhante a Portfolio g1 manhã (19)

Portifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgtPortifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgt
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
 
Portfolio g2 tarde
Portfolio g2 tardePortfolio g2 tarde
Portfolio g2 tarde
 
Projeto : Animais a nossa volta 2013
 Projeto : Animais a nossa volta 2013 Projeto : Animais a nossa volta 2013
Projeto : Animais a nossa volta 2013
 
G2tarde
G2tardeG2tarde
G2tarde
 
Mg manha
Mg manhaMg manha
Mg manha
 
Portfolio g3 tarde
Portfolio g3 tardePortfolio g3 tarde
Portfolio g3 tarde
 
Portifólio virtual g2 manhã
Portifólio virtual g2 manhãPortifólio virtual g2 manhã
Portifólio virtual g2 manhã
 
G3tarde
G3tardeG3tarde
G3tarde
 
Portifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgtPortifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgt
 
G2manha
G2manhaG2manha
G2manha
 
Portfolio g2 manhã
Portfolio g2  manhãPortfolio g2  manhã
Portfolio g2 manhã
 
MG tarde
MG tardeMG tarde
MG tarde
 
Portifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tardePortifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tarde
 
5 liliane mendes duarte professor inovador
5 liliane mendes duarte professor inovador5 liliane mendes duarte professor inovador
5 liliane mendes duarte professor inovador
 
Liliane mendes duarte professor inovador
Liliane mendes duarte professor inovadorLiliane mendes duarte professor inovador
Liliane mendes duarte professor inovador
 
Portifólio virtual g2 tarde
Portifólio virtual g2 tardePortifólio virtual g2 tarde
Portifólio virtual g2 tarde
 

Mais de EscolaPedrita

Mini e g1 t dança
Mini e g1 t dançaMini e g1 t dança
Mini e g1 t dança
EscolaPedrita
 
G4 t música
G4 t músicaG4 t música
G4 t música
EscolaPedrita
 
G4 t dança
G4 t dançaG4 t dança
G4 t dança
EscolaPedrita
 
G4 m música
G4 m músicaG4 m música
G4 m música
EscolaPedrita
 
G4 m dança
G4 m dança G4 m dança
G4 m dança
EscolaPedrita
 
G3 t música
G3 t músicaG3 t música
G3 t música
EscolaPedrita
 
G3 t dança
G3 t dançaG3 t dança
G3 t dança
EscolaPedrita
 
G3 m música
G3 m músicaG3 m música
G3 m música
EscolaPedrita
 
G3 m dança
G3 m dança G3 m dança
G3 m dança
EscolaPedrita
 
G2 t música
G2 t músicaG2 t música
G2 t música
EscolaPedrita
 
G2 t dança
G2 t dança G2 t dança
G2 t dança
EscolaPedrita
 
G2 m música
G2 m músicaG2 m música
G2 m música
EscolaPedrita
 
G2 m dança
G2 m dançaG2 m dança
G2 m dança
EscolaPedrita
 
Mini e g1 m dança
Mini e g1 m dançaMini e g1 m dança
Mini e g1 m dança
EscolaPedrita
 
Mg e g1 t música
Mg e g1 t músicaMg e g1 t música
Mg e g1 t música
EscolaPedrita
 
Mg e g1 M música
Mg e g1 M músicaMg e g1 M música
Mg e g1 M música
EscolaPedrita
 
G4 manha
G4 manhaG4 manha
G4 manha
EscolaPedrita
 
G3manha
G3manhaG3manha
G3manha
EscolaPedrita
 

Mais de EscolaPedrita (18)

Mini e g1 t dança
Mini e g1 t dançaMini e g1 t dança
Mini e g1 t dança
 
G4 t música
G4 t músicaG4 t música
G4 t música
 
G4 t dança
G4 t dançaG4 t dança
G4 t dança
 
G4 m música
G4 m músicaG4 m música
G4 m música
 
G4 m dança
G4 m dança G4 m dança
G4 m dança
 
G3 t música
G3 t músicaG3 t música
G3 t música
 
G3 t dança
G3 t dançaG3 t dança
G3 t dança
 
G3 m música
G3 m músicaG3 m música
G3 m música
 
G3 m dança
G3 m dança G3 m dança
G3 m dança
 
G2 t música
G2 t músicaG2 t música
G2 t música
 
G2 t dança
G2 t dança G2 t dança
G2 t dança
 
G2 m música
G2 m músicaG2 m música
G2 m música
 
G2 m dança
G2 m dançaG2 m dança
G2 m dança
 
Mini e g1 m dança
Mini e g1 m dançaMini e g1 m dança
Mini e g1 m dança
 
Mg e g1 t música
Mg e g1 t músicaMg e g1 t música
Mg e g1 t música
 
Mg e g1 M música
Mg e g1 M músicaMg e g1 M música
Mg e g1 M música
 
G4 manha
G4 manhaG4 manha
G4 manha
 
G3manha
G3manhaG3manha
G3manha
 

Último

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
VIAGEM AO PASSADO -
VIAGEM AO PASSADO                        -VIAGEM AO PASSADO                        -
VIAGEM AO PASSADO -
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdfEscola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR).pdf
 

Portfolio g1 manhã

  • 1. PORTFÓLIO VIRTUAL GRUPO 1 MANHÃ PROJETO “Os Animais e Eu” Profª - Melissa Mayra Neves ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL “PEDRITA”
  • 2. NOSSO GRUPO... O grupo está se adaptando bem ao ambiente escolar,amigos e professoras!
  • 4. ADAPTAÇÃO Adaptar-se ao grupo 1 e a nova rotina Criar vínculo com os amigos e professoras Insegurança curiosidades e muitas novidades... Nesse período cabe a nós, professores criarmos um ambiente acolhedor e alegre para que as crianças sintam-se queridas e seguras dentro da escola. Por outro lado é fundamental que os pais estejam seguros e tranquilos com a escolha que fizeram pois assim transmitem à criança a confiança necessária para que passem pelo período de adaptação da melhor maneira possível. A escola é um lugar gostoso que foi escolhido com cuidado e carinho pelos pais para a criança! Em nosso grupo a adaptação se deu de modo tranquilo, sem maiores intercorrências. Apesar de alguns choros e dificuldades, fomos nos conhecendo, nos organizando e dando aos pequenos o carinho necessário para se adaptarem.
  • 5. O grupo 1 não possui uma sala específica. Para nossas atividades utilizamos os diferentes espaços disponíveis da escola. Temos, porém, nossos cantinhos preferidos para realização de atividades e o espaço reservado para guardar nossos materiais. NOSSO ESPAÇO... Que delicia...Dando banho na tartaruga! Brincando com bolinhas de sabão Brincando no parque com panelinhas.
  • 6. Nosso Espaço Com alegria vamos explorando e conhecendo cada dia mais a nossa escola Nossas mochilas Rodando e cantando no gira-gira. Dançando e brincando com bambolês no espaço 2 Brincando e conhecendo as cores na piscina.
  • 7. NOSSA ROTINAAcolhida Ajudante do dia Ir ao banheiro Visita aos animais A rotina é muito importante na vida das crianças, ela organiza e marca o tempo. Com a rotina as crianças sentem-se seguras e começam a ganhar autonomia pois passam a ter condições de antecipar o que virá a seguir...
  • 9. QUE BOM FAZER AMIGOS Um dos maiores ganhos da criança ao entrar na escola é o convívio com outras crianças. No convívio aprender a dividir, respeitar o outro, esperar a vez, manifestar sentimentos, etc.
  • 10. Um pouquinho do nosso grupo Nosso grupo é composto por 9 crianças que estão adaptando –se bem a nova rotina escolar. Mostram-se participativos mesmo ainda tendo pouco tempo de concentração nas atividades realizadas . Assumem uma postura de carinho uns com os outros e, por enquanto, ainda não apresentaram comportamentos agressivos. Já demonstram interesse pelos amigos, porém ainda precisam aprimorar algumas questões como: dividir (brinquedos, espaços, atenção), cumprir as regras e ouvir mais as professoras, o que é comum nessa faixa etária. Trabalhamos essas questões diariamente através de conversas e estímulos mas contamos com a parceria da família nesse trabalho, possibilitando situações em que não sejam atendidos no que desejam prontamente, saibam esperar, precisem emprestar, etc. O grupo tem um convívio tranquilo. Com nossa orientação mostram-se cooperativos entre si. Costumamos passar manhãs alegres e produtivas juntos. Tenho certeza que será um ano incrível e iremos desfrutar cada momento juntos, aproveitando-os para aprender e conhecer muitas coisas!
  • 11. CARNAVAL O carnaval é uma manifestação cultural do povo brasileiro que antecede a quaresma. Na escola trabalhamos o carnaval através de marchinhas, desfile dos grupos e o nosso grande baile. Eles puderam vivenciar um pouco dessa manifestação cultural e adoraram!! B A I L E D E C A R N A V A L
  • 12. Nosso Projeto EPACO RESERVADO PARA MOSTRAR AS QUESTOES GERADORAS DO PROJETO – ATIVIDADES INICIAIS OBJETIVOS ESPECÍFICOS: - Promover a observação e convívio com os animais da escola; - Estimular as crianças a assumirem alguns cuidados para com os animais (alimentá-los, organizar seus viveiros, enfeitar os viveiros...) - Desenvolver habilidades de observação e atenção. - Possibilitar comparações entre os animais e os seres humanos. - Estimular a percepção das diferenças e do quanto é importante respeitá-las. - Promover que identifiquem sensações e sentimentos envolvidos com o manuseio e cuidados com os animais. - Promover o contato com diferentes espécies animais (marítimos, domésticos, selvagens), identificando e explorando suas características - Estimular a fantasia, a imaginação e a criatividade através da contação de histórias e vivências. - Desenvolver atitudes éticas e respeitosas em relação aos colegas, a partir do trato com os animais. - Estimular a aquisição de autonomia. OS ANIMAIS E EU OBJETIVO GERAL: Utilizar os animais como um instrumento pedagógico de forma que possa contribuir ilimitada e diretamente para a formação das crianças, bem como o conhecimento previsto para o G1 nas diferentes áreas de conhecimento, aprendendo conceitos e conteúdos necessários através de brincadeiras e vivencias.
  • 13. Como tudo começou... Em nossa escola temos contato diário com alguns animaizinhos. Costumamos visitá- los, cantar para eles.... Resolvemos iniciar nosso projeto estudando os animais da escola. Os animais escolhidos para esse começo foram a galinha e os pintinhos, pois foram os que mais chamaram a atenção do grupo em nossas visitas.
  • 14. Visitamos a galinha e o pintinho, demos água e comidinha para eles e então descobrimos que adoram milho. Em forma de história contei para eles como as galinhas se reproduzem. Foi muito legal descobrir que elas nascem do ovinho e perceber assim que somos diferentes delas , observado suas características e comparando com as nossas. Assistimos o vídeo clipe Pintinho amarelinho Cantamos percebendo as características dele. GALINHA E PINTINHO No parque brincamos de faz de conta, usando tecido amarelos as crianças viraram pintinhos e a prof. Gavião.Cantando a música e vivenciando um pouco da vida de bichinho as crianças tinham que tentar escapar das garras do gavião. Foi muito divertido! Contei para as crianças a história da galinha ruiva , conversamos sobre a historia enfatizando a importância de cooperar e ajudar o próximo. Brincamos com os brinquedos de galinha e pintinho que as crianças trouxeram de casa podendo assim de pertinho comparar e apontar as características desses animais. Fizemos um caça aos ovos perdidos da galinha pintadinha.Procuramos e quando encontramos contamos todos os ovinhos juntos. Fantasiados de galinha ruiva passeamos pela escola visitando os animais andando como ela e fazendo seu som. Usando tinta na cor amarela pintamos nosso Pintinho Amarelinho. Trabalhando a coordenação e conhecimento da cor. Confeccionamos um pintinho com materiais recicláveis. Assim transformamos o que seria lixo em aprendizado. Ouvimos a história “ A Galinha ruiva” aprendemos o quanto é importante ajudar e cooperar com os amigos e professoras. Fizemos um lindo desenho coletivo cada criança desenhou a parte da história que mais gostou . Confeccionamos nosso cartaz de ajudante do dia , enfatizando a importância de ajudar o próximo como vimos na história da Galinha ruiva . Trabalhamos noções de quantidades e contagem através da nossa culinária:Bolo de milho da galinha ruiva . As crianças ajudaram a preparar, comeram e até fomos dar um pedacinho para a galinha e o pintinho da escola.
  • 15. Atividades... Ouvindo a história da reprodução da galinha/pintinho. Assistindo o clipe “Meu pintinho amarelinho”. Abusando da criatividade as crianças viraram pitinhos e prof. gavião . Representamos o vídeo onde o desafio era fugir do gavião.Foi uma aventura!
  • 16. Brincando com galinhas e pintinhos que trouxeram de casa. Caça aos ovos da galinha pintadinha. Encontrando os ovinhos. Contando história: A galinha ruiva Caracterizados de galinha ruiva. Visitando os animais andando e fazendo o som da galinha.
  • 17. Confeccionando nosso pintinho com material reciclável. Fazendo nosso cartaz de ajudante! Receita: Bolo de milho da galinha ruiva. Preparando nosso bolo de milho. Experimentando nosso bolo.
  • 18. Conhecendo o Coelhinho A partir do interesse das crianças e da proximidade da Páscoa introduzi em nosso projeto o trabalho com o coelho. COELHO Conhecemos as características do coelho e percebemos que seu pelo é fofinho como um algodão (tato). Percebemos também que ele pula e salta muito alto. Assim viramos coelhinhos brincamos de coelhinho sai da toca (matemática, coordenação, direção, dentro/fora) Trabalhamos as cores e a contagem através da canção:Um ovo,dois ovos,três ovos assim...Fizemos um caça aos ovinhos coloridos:as crianças tinham que encontrar os ovos escondidos de acordo com as cores solicitadas.Quanto ovos encontramos? Identificamos e relembramos as cores brincando com bolinhas coloridas. Para alegrar a nossa coelhinhas e o coelhinho da páscoa , pintamos ovinhos coloridos e enfeitamos a casinha das coelhas (música e movimento, artes, pinturas, cores, coordenação) Através de pesquisas descobrimos que existem diferentes tipos de coelhos em diversos tamanhos e cores (Matemática: igual/diferente ; grande/pequeno;). Descobrimos também que ele se alimenta de hortaliças e legumes (cenoura). Separando o grupo em dois fizemos uma divertida corrida, pulando como coelhos. Nossa como os coelhinhos são rápidos, somos rápidos e conseguimos pular como eles? (imaginação, movimento, noção de espaço; alto/baixo)
  • 19. Atividades... Pintando ovinhos para enfeitar a fábrica e a casa das coelhas Cantando com o coelhinho:Um ovo, dois ovos... Brincamos com bolinhas , reconhecendo as cores trabalhadas na canção do coelhinho. Pulando como coelhos apostamos uma corrida. Brincadeira:Coelhinho sai da toca. Enfeitando a casa das coelhas para a Páscoa. Pintando nosso coelhinho para compor o álbum dos animais.
  • 20. Semana da Páscoa Palestra e vídeo infantil sobre o real significado da Páscoa. Anotando nosso objetivo a ser alcançado . Trabalhamos com as crianças o sentido cristão da Páscoa enfatizando o amor, a generosidade – colocamos metas para grupo crescer nessas virtudes ! Fantástica Fábrica de Chocolates. Caracterizados de coelhinhos. Teatro:Cabra Cabrês Preparando os ovinhos de chocolates. Caça aos ovos
  • 21. Animais da floresta: Cultura indígena Pesquisas: Como são os índios? Como vivem? Filme: Tainá 2 - Descobrimos que os índios vivem com alguns animais . Será que são os mesmo que nós podemos ter em casa? (animais da floresta) Usando a imaginação viramos indiozinhos . Brincamos e remamos contando os indiozinhos da nossa tribo . (Imaginação, matemática, música e movimento) Brincadeira indígena: Cabo de guerra trabalhando a coordenação, força e trabalho em grupo. Passarinho e gavião: Trabalhar as características dos pássaros , coordenação, noção de espaço, destreza ao correr e andar. Estátua: Posição de passarinho. (Matemática: Em cima/ embaixo,coordenação/noção de espaço) Saímos pela escola a procura de animais que vivem na floresta, encontramos os passarinhos que vimos bastante em nossas pesquisas e no filme que assistimos. Então fomos olhar bem de pertinho e perceber suas características, comparando com as nossas. Com a vivência indígena trabalhamos diferentes costumes, danças, colheitas, caça, pesca, culinária, rituais, vivenciando e experimentando esse modo de vida juntos. Cacique da tribo: Aprendemos que o cacique é o líder das tribos igual a professora é líder do G1. Descobrimos que o Cacique é bem maior que os indiozinhos. (matemática:maior/menor, coordenação motora,tato- texturas,diferentes materiais) História: O passarinho vermelho. Perceber as características e o modo de vida desse animal desde o seu nascimento. Para enriquecer ainda mais nosso projeto no mês de abril trabalhamos a cultura indígena, através de brincadeiras, costumes, histórias e a vivência indígena. Descobrimos e vivenciamos um pouco dessa cultura que é tão diferente da nossa, conhecendo e trabalhando os animais da floresta. Conhecemos alguns animais que vivem com os índios na floresta identificando seus sons e características enquanto pesquisávamos e brincávamos. Brincamos de seu mestre mandou imitando esses animais.
  • 22. A vida na floresta.Conversando e apresentando imagens sobre os índios. Pesquisa sobre a cultura indígena. Assistimos um trecho do filme Tainá 2. Cuidando e alimentando os pássaros, animal que vive com os índios. Brincadeira indígena: Cabo de guerra. Brincadeira: Estátua, posição de passarinho. “Voando” pela escola caracterizados de passarinhos.
  • 23. Colorindo macarrão para confeccionar nossos colares indígenas. Confeccionando nossos tambores e colares para nossa vivência indígena. Brincadeira: Gavião e passarinhos. Confeccionando nosso Cacique da tribo Pedrita. Ajudando a construir nossa OCA para a vivência indígena, usando elementos da natureza. OCA do Cacique da tribo Pedrita.
  • 24. Apresentação da lenda indígena. Caracterizados de indiozinhos com adereços feitos por nós. Um pouco da nossa vivência indígena. Pescando e preparando os alimentos como os índios. Experimentando alimentos preparados por nós: batata doce e peixe. Tocando nossos tambores.
  • 25. Trabalhando com os animais da floresta conhecemos suas características e seus sons. Brincamos de seu mestre mandou: imitar os animais da floresta. Conhecemos e trabalhamos as características dos pássaros comparando-as com as da tartaruga, que se reproduzem da mesma maneira e ambos vivem na floresta. Pesquisando na internet aprendemos que, assim como nós, os animais tem mamães , nascem bebês e crescem . Começamos a cuidar dos animais da escola como se fossemos suas mamães demos comidas, água e muito carinho cantando para eles todos os dias. Com muito carinho fizemos nossos cartões e confeccionamos nossos presentes para as mamães. Conversamos e enfatizamos a importância de ajudar nossas mamães e cuidar delas com muito amor. Famílias de animais: Dia das Mães
  • 26. Cuidando dos animais como mamães... Passarinhos feitos de dobraduras. Experimentamos uma salada de folhas, alimento tanto das tartarugas como dos pássarios. História: A festa no céu. Pesquisa: Descobrindo que os animais também tem mamães. Cuidando dos animais como se fossemos suas mamães. Fazendo carinho e percebendo as características do pássaro.
  • 27. Explorando com amor... Corridas das tartarugas... Colhendo recursos naturais para montar o casco da nossa tartaruga. Confeccionando nossa linda tartaruga. Como se fôssemos tartarugas fizemos uma divertida corrida! Confeccionando o presente da mamãe.
  • 28. História: A vida na fazenda. Apresentação dos animais que vivem lá, identificando os animais conhecidos e conhecendo novos. Pesquisamos sobre a cultura rural : festa junina, alimentos e modo de vida desse lugar. Assistimos o vídeo: Os animais da fazendinha. Identificando principais características dos animais, seus sons, alimentação e modo de vida. O animal que mais despertou interesse do grupo foi o PATO. Passeamos pela escola cuidando dos animais igual os fazendeiros cuidam dos animais da fazenda. Também regamos as plantas e hortas, despertando o amor pela natureza. Aprendemos a brincar com o jogo da memória dos animais da fazenda. Fizemos o som de cada bichinho que mora lá. Brincamos juntos usando uma caixa para adivinhar e identificar qual animal estava dentro da mesma. Uma criança de cada vez pegou um animal, nomeou e fez o som desse bichinho. Com a tia Linder realizamos uma cozinha experimental com ovos. Alimento fornecido por uma animal de fazenda. Comparamos os tamanhos grande-pequeno experimentamos os mesmos, enfatizando que o pato que mora na fazenda bota ovos como a galinha e passarinhos. Animais já conhecidos e trabalhados anteriormente. Pesquisa: sobre o Patinho: Como nascem, se reproduzem, se alimentam. Destacamos suas principais características. Usando materiais recicláveis, confeccionamos um lindo patinho. Passeamos pela escola imitando esse bichinho, andamos como ele e imitamos o som que o mesmo faz. ANIMAIS DA FAZENDA: Cultura rural Aprendemos músicas típicas da fazenda e aprendemos uma linda dança com a tia Débora. Dança essa que ensaiamos para apresentar na festa junina da escola. Pintamos um patinho para compor nosso álbum dos animais. Destacamos suas características e semelhanças.
  • 29. Animais da fazenda! Dançando com o vídeo Lá vem o pato... Pescando peixinhos comida de patos. Jogo da memória: Animais da fazenda. Viramos fazendeiros e cavalgamos com cavalinhos. Confeccionando enfeites para festa junina com materiais recicláveis. Confeccionando nosso lindo patinho. Pintando peixinhos para a barraca da pesca.
  • 30. Vivenciando o modo de vida rural... Virando patinhos. Pesquisando: Como ordenhar uma vaquinha/ cultura rural. Ordenhando a vaquinha. Ouvindo uma história da fazenda. Percebendo as características da vaquinha.Imitando a vaquinha brincamos juntos ,andando e fazendo seu som.
  • 31. Após as férias, recebemos quatro novos amiguinhos em nosso grupo: Sejam bem vindos! GABRIEL JOAQUIM CELÉSTINE MARIA FERNANDA
  • 32. Animais que moram em fazendas-sítios, entre eles estudamos o boi. Boi – papai, bezerro filho. Vamos trabalhar o dia dos pais? Após conhecermos a vaquinha, fomos pesquisar sobre o boi e os bezerros. Aprendemos muito sobre essa família de animais, identificando que como nós os bichinhos também tem papais. Brincamos juntos pela escola, andando como boi e bezerros. Fizemos o som deles. Enfatizamos o amor e o cuidado para com os papais. Realizamos atividades como: jogar bola, brincadeira que normalmente as crianças realizam com o papai ou avô. Misturamos a essência do pós barba, preparando assim o presente do papai com muito carinho. Usando tinta, pintamos o adesivo para colar no presente do papai. Brincamos montando em cima do Boi, enfatizando as características desse animal como: tamanho, maneira de andar e outros... Usando imagens, comparamos os tamanhos do Boi e do Bezerro. Percebemos que o bezerro é menor que o papai boi e que nós filhos quando pequenos , também somos menores que nossos papais. Confeccionamos um lindo cartão para o papai usando nossas mãozinhas. Como se fôssemos papais, cuidamos das bonecas com muito cuidado e carinho. A partir do boi e do bezerro pensamos em como nos relacionamos com o papai: o que aprendemos com eles, o que gostamos de fazer...
  • 33. Pesquisa: Boi e bezerros. Brincadeira: futebol. Desenho: O que mais gosto de fazer com o meu papai. Pintando o adesivo do presente do papai. Montando no Boi. Maior e menor. Pai-filhinho Confeccionando o cartão do papai. Brincando de ser papai.
  • 34. Animal: boi Lenda: Bumba meu boi Folclore brasileiro. Para dar continuidade ao projeto com animal boi, inserimos a lenda do “Bumba meu boi “, abordando assim o folclore brasileiro. Apresentei alguns brinquedos folclóricos da escola e junto confeccionamos um novo brinquedo: peteca. Usando material reciclável, confeccionamos um bumba meu boi com caixa de papelão. Assistimos um trecho do vídeo do Pica pau amarelo, enfatizando os personagens e a cultura través das brincadeiras e vivencias de lá. Caracterizados com adereços brincamos e dançamos fingindo ser os personagens do sítio. Com a tia Anastácia preparamos um delicioso bolinho de chuva. Com a tia Débora, vivenciamos um incrível sítio do Pica Pau Amarelo. Recebemos a visita da Dona Benta, Tia Anastácia, Tio Barnabé e nos transformamos nos demais personagens com muita alegria.
  • 35. Brincando com o Bumba meu boi. Compartilhando o brinquedo folclórico. Vídeo: Sítio do pica pau amarelo. Confeccionando nossa Bumba meu boi. Brinquedos folclóricos. Dançando caracterizados como personagens do sítio.
  • 36. O grande sítio do pica pau amarelo. Cozinha experimental com a Tia Anastácia. Confeccionando nossa petecas. Visita do tio Barnabé Nos transformando em personagens.