SlideShare uma empresa Scribd logo
CMEI Elza Damasceno da Silva
Prêmio Professor Inovador 2019
SEGMENTO: EDUCAÇÃO INFANTIL
SEMED – MANAUS - AM
CHAPEUZINHO VERMELHO NO MUNDO ENCANTANDO DAS
INTERAÇÕES E BRINCADEIRAS
Professora Autora: Liliane Mendes Duarte
Professora Co-Autora: Sylvia Fonseca
Professora Co-Autora: Marlucia Costa
Professora Co-Autora: Nadir Socorro
Professora Co-Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian
DDZ OESTE
Manaus – Amazonas
2019
CHAPEUZINHO VERMELHO NO MUNDO ENCANTANDO DAS
INTERAÇÕES E BRINCADEIRAS
Professora Autora: Liliane Mendes Duarte
Professora Co-Autora: Sylvia Fonseca
Professora Co-Autora: Marlucia Costa
Professora Co-Autora: Nadir Socorro
Professora Co-Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian
Resumo:
A primeira infância é a fase em que se inicia a formação da personalidade e o momento em
que os hábitos começam a se instalar, por isso é importante promover uma rotina em que a criança
se sinta segura. Dentro dessa rotina podemos inserir também o hábito de leitura e de exploração
dos contos de fadas que envolvem a literatura infantil. É através da literatura infantil que a criança
desenvolve a criatividade, a imaginação, desvenda as emoções e compreende os sentimentos de
maneira lúdica e significativa. No mundo imaginário do faz de conta a imaginação da criança flui
e assim ela começa a experimentar diferentes sentimentos daqueles vivenciados em sua vida real.
Contar histórias também é uma forma de aproximação, de demonstrar afeto, pois durante o conto
estamos estimulando o contato físico, a fantasia, ampliando a cultura e ajudando o
amadurecimento emocional. A literatura infantil oferece uma forma encantadora de aprendizagem
além de contribuir na formação do ser humano e de seus valores. A partir do momento em que a
criança tem contato com a literatura infantil ela ganha acesso ao mundo da leitura e começa a
buscar novos portadores textuais, a fazer novas descobertas e conseqüentemente a ampliar sua
compreensão de mundo e de sim mesma. A literatura infantil é um ótimo recurso para a iniciação
ao letramento, por meio das interações e brincadeiras. Por meio de linguagem simbólica dos
contos, a criança vem a construir uma ponte de significação do mundo exterior para seu mundo
interior, aprendendo valores, refletindo sobre suas ações, desenvolvendo seu senso crítico, sua
criatividade, sua expressão e linguagem.
Palavras-chave: Educação, Educação Infantil, Contos de Fadas, Literatura Infantil
Introdução:
O trabalho com contos clássicos aguça o interesse da criança pela leitura, ainda que não seja de
forma convencional, onde desperta cada vez mais a curiosidade. Também valoriza a língua como
veículo de comunicação e expressão, abrangendo o desenvolvimento das linguagens.
Justificativa:
A leitura das histórias clássicas infantis é capaz de proporcionar diversos benefícios na formação
das crianças. Além de enriquecer o vocabulário, o mundo do faz de conta desperta a imaginação,
estimula a criatividade, elucida sentimentos e promove a compreensão das emoções. No mais, a
língua é valorizada como um veículo de comunicação e expressão dos povos, incluindo o
desenvolvimento da linguagem, leitura e escrita.
Objetivos
 Desenvolver habilidades psicomotoras, afetivo-sociais e cognitivas;
 Estimular a socialização;
 Criar o hábito de ouvir histórias;
 Reconhecer a leitura como uma prazerosa fonte de informações;
 Trabalhar a linguagem oral;
 Estimular o desenvolvimento da expressão artística, bem como da criatividade;
 Identificar a sequência lógica de uma narrativa, com começo, meio e fim;
 Desenvolvimento da espacialidade por meio de brincadeiras;
 Conhecer os meios de transporte;
 Trabalhar as cores.
Desenvolvimento
 Comece o desenvolvimento do projeto com um momento de apresentação do livro,
ilustrações e personagens;
 Em seguida, inicie a contação da história. Quanto mais dinâmica for a leitura, maiores as
chances de as crianças se envolverem com as atividades;
 Use fantoches para fazer a dramatização;
 Extraia e reforce as informações mais importantes e algumas lições, tais como, não falar
com estranhos, obedecer aos pais, respeito pelos mais velhos, entre outras;
 Detalhamento das características físicas e emocionais dos personagens (como eles são?
como são as personalidades? no que eles são diferentes?);
 Exibição do filme “Deu a Louca na Chapeuzinho”. O longa é de 2005 é faz uma paródia
com os personagens da história original;
 Fichas de leitura temáticas;
 Brincadeiras dirigidas;
 Reescrita coletiva do texto e confecção de um livrinho;
 Ilustrações da história para serem colocadas em um varal na sala de aula;
 Atividades pedagógicas (completar as palavras, cruzadinhas, caça palavras, jogo dos sete
erros, etc.);
 Discussão sobre os meios de transportes mais usados para visitar familiares e amigos;
 Atividades pedagógicas sobre meios de transporte;
 Apresentação e identificação oral das cores em cartões coloridos e posterior realização de
atividade escrita com a temática;
 A culminância do projeto pode ser uma apresentação musical da turminha para os
familiares e toda a comunidade escolar. A dica é fazer capas vermelhas e fantasias de lobo para
que todos fiquem parecidos com os personagens principais. A indicação de música é “O
Chapeuzinho Vermelho do cantor e compositor João de Barro”.
Atividades especificas:
Os alimentos saudáveis e não saudáveis.
Objetivos: Explorar os conhecimentos que as crianças tem sobre os alimentos que são
saudáveis e não saudáveis.
Recursos serão necessários: Cesta, cartolina, caneta e revista.
Atividade coletiva: Levar as crianças na sala de vídeo, formar uma roda de conversa para
relembrar a história contada. Logo após uma criança deve entrar vestida de Chapeuzinho vermelho
e a outra de lobo mau. As crianças vão ter que ajudar a Chapeuzinho a levar alimentos saudáveis
na cesta para a vovozinha
Brincadeira do lobo
Objetivos: Desenvolver a lateralidade e espacialidade, através de brincadeiras.
Recursos serão necessários: Giz, fita, vídeo da brincadeira.
Atividade coletiva: passar o vídeo das brincadeiras, discutir como são as regras. Levar as
crianças para realizar as brincadeiras no pátio da escola onde alguém será o lobo.
Dobradura da Chapeuzinho vermelho
Objetivos: Desenvolver a motricidade e coordenação das crianças.
Recursos serão necessários: Papel laminado, giz de cera, cola e sulfite.
Atividade diversificada: Para que essa atividade seja realizada fazer os cantinhos, para que
os pequenos possam fazer a dobradura no coletivo, então chamar de quatro em quatro para ensinar
passo a passo os procedimentos da dobradura da chapeuzinho vermelho.
Trabalhando com a cor vermelha.
Objetivos: Explora a cor vermelha e a coordenação motora
Recursos serão necessários: Papel, palito de sorvete , pincel e guache.
Atividade diversificada: vamos fazer os cantinho onde vamos chamar um de cada vez para
fazer a pintura das mãos. Neste dia a Chapeuzinho ia fazer uma visita para a turma do maternal II
Circuito da Chapeuzinho Vermelho
Objetivos: Desenvolver a espacialidade e lateralidade
Recursos serão necessários: Giz, Fita, bambolês e túnel.
Atividade coletiva: levar as crianças no pátio para mostrar o caminho que a chapeuzinho
percorreu até a casa da vovó.
Conclusão:
O projeto Chapeuzinho vermelho, teve como objetivo tornar a aula mais atrativa e dinâmica, de
modo que a leitura, escrita e a linguagem, fizessem parte do dia a dia das crianças, sendo assim,
proporcionei muitas atividades dentro desse contexto. Foi de grande valia, pois a todo o momento
as crianças demonstravam um grande interesse, pois partia da história pela qual elas admiram e
apreciam.Notei que passaram a observar mais as imagens que eram apresentadas, bem como fazer
releituras maravilhosas e instigantes. Aprenderam algumas músicas envolvendo o tema, até
fizemos apresentação. Foi fantástico, as crianças demonstraram um interesse imenso em dançar e
cantar. Conheceram palavrinhas novas, como LOBO, BOLO, CHAPEUZINHO VERMELHO,
DOCES, FRUTAS, enfim, palavras que se destacavam nas histórias. Também fizemos um bolo e
copiamos a receita, onde as crianças participaram ativamente, sempre deixando nítido o
entusiasmo com esta atividade. Muitas coisas foram desenvolvidas, com resultados satisfatórios, a
turma toda interagiu e participou de tudo.
Referências:
ISCHKANIAN, Simone Helen Drumond. Chapeuzinho vermelho e as formas geométricas no
país do vermelho. Disponível em: https://pt.slideshare.net/SimoneHelenDrumond/chapeuzinho-
vermelho-e-as-formas-geometricas-no-pais-do-vermelho-por-simone-helen-drumond. Acessado
em 13/09/2019
MELLO, S. A. Infância e Humanização: algumas considerações da perspectiva histórico
cultural. Perspectiva,Florianópolis, v. 25, n.1, pp.83-104, jan./jun.,2007.
VYGOTSKI, L.S. Aprendizagem e Desenvolvimento na Idade Escolar.In: VYGOTSKY,
L.S.; LEONTIEV, A. N.; LURIA, A. R. (Orgs.).Linguagem, Desenvolvimento e
Aprendizagem.1Ed. São Paulo: Ícone/Edusp. 1988. pp.86-121.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Contador de Histórias
Contador de HistóriasContador de Histórias
Contador de Histórias
Ainsf Eder Dalberto
 
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De NeveProjeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Escola BN
 
Contos de fadas na educação infantil
Contos de fadas na educação infantilContos de fadas na educação infantil
Contos de fadas na educação infantil
alesines
 
Projeto Conta que eu conto
Projeto Conta que eu contoProjeto Conta que eu conto
Projeto Conta que eu conto
Leidi Laura Breguedo
 
4 projeto contos e encantos
4 projeto contos e encantos4 projeto contos e encantos
4 projeto contos e encantos
juniorfuleragem
 
Apresentação projeto leitura
Apresentação projeto leituraApresentação projeto leitura
Apresentação projeto leitura
Dirceliaprofa
 
Projeto Contos
Projeto  ContosProjeto  Contos
Projeto Contos
Ivanete Silva Ferreira
 
A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENS...
A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENS...A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENS...
A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENS...
Rossita Figueira
 
Experiências do pibid cleo.docx
Experiências do pibid cleo.docxExperiências do pibid cleo.docx
Experiências do pibid cleo.docx
Cleonice Vieira
 
Curso tecnologia na educação slid
Curso tecnologia na educação slidCurso tecnologia na educação slid
Curso tecnologia na educação slid
anapaulamenegardo
 
Projeto Pedagogico
Projeto PedagogicoProjeto Pedagogico
Projeto Pedagogico
eudeszinho
 
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educaçãoA importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
Marta Pinto
 
O corpo em movimento
O corpo em movimento O corpo em movimento
O corpo em movimento
Débora Lambert
 
A arte de contar histórias andrea e patricia
A arte de contar histórias  andrea e patriciaA arte de contar histórias  andrea e patricia
A arte de contar histórias andrea e patricia
Luana Maria Ferreira Fernandes
 
A magia de contar histórias
A magia de contar históriasA magia de contar histórias
A magia de contar histórias
Pedro da Silva
 
Literatura na educação infantil
Literatura na educação infantilLiteratura na educação infantil
Literatura na educação infantil
Jacqueline Campos
 
10 projeto literatura, conecendo os principais autores
10 projeto literatura, conecendo os principais autores10 projeto literatura, conecendo os principais autores
10 projeto literatura, conecendo os principais autores
juniorfuleragem
 

Mais procurados (17)

Contador de Histórias
Contador de HistóriasContador de Histórias
Contador de Histórias
 
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De NeveProjeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
Projeto De Literatura Infantil Da Branca De Neve
 
Contos de fadas na educação infantil
Contos de fadas na educação infantilContos de fadas na educação infantil
Contos de fadas na educação infantil
 
Projeto Conta que eu conto
Projeto Conta que eu contoProjeto Conta que eu conto
Projeto Conta que eu conto
 
4 projeto contos e encantos
4 projeto contos e encantos4 projeto contos e encantos
4 projeto contos e encantos
 
Apresentação projeto leitura
Apresentação projeto leituraApresentação projeto leitura
Apresentação projeto leitura
 
Projeto Contos
Projeto  ContosProjeto  Contos
Projeto Contos
 
A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENS...
A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENS...A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENS...
A CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COMO ESTRATÉGIA PEDAGÓGICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ENS...
 
Experiências do pibid cleo.docx
Experiências do pibid cleo.docxExperiências do pibid cleo.docx
Experiências do pibid cleo.docx
 
Curso tecnologia na educação slid
Curso tecnologia na educação slidCurso tecnologia na educação slid
Curso tecnologia na educação slid
 
Projeto Pedagogico
Projeto PedagogicoProjeto Pedagogico
Projeto Pedagogico
 
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educaçãoA importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
A importância da leitura - Sessão para pais e encarregados de educação
 
O corpo em movimento
O corpo em movimento O corpo em movimento
O corpo em movimento
 
A arte de contar histórias andrea e patricia
A arte de contar histórias  andrea e patriciaA arte de contar histórias  andrea e patricia
A arte de contar histórias andrea e patricia
 
A magia de contar histórias
A magia de contar históriasA magia de contar histórias
A magia de contar histórias
 
Literatura na educação infantil
Literatura na educação infantilLiteratura na educação infantil
Literatura na educação infantil
 
10 projeto literatura, conecendo os principais autores
10 projeto literatura, conecendo os principais autores10 projeto literatura, conecendo os principais autores
10 projeto literatura, conecendo os principais autores
 

Semelhante a Liliane mendes duarte professor inovador

10 rita cristina professor inovador
10 rita cristina  professor inovador10 rita cristina  professor inovador
10 rita cristina professor inovador
SimoneHelenDrumond
 
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docxPROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docxPROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
EscolaMunicipalMaria16
 
4 francicleia da costa dos santos professor inovador
4 francicleia da costa dos santos professor inovador4 francicleia da costa dos santos professor inovador
4 francicleia da costa dos santos professor inovador
SimoneHelenDrumond
 
Francicleia da costa dos santos professor inovador
Francicleia da costa dos santos professor inovadorFrancicleia da costa dos santos professor inovador
Francicleia da costa dos santos professor inovador
SimoneHelenDrumond
 
Plano resgate dos valores etica e cidadania de simone helen drumond
Plano resgate dos valores   etica e cidadania de simone helen drumondPlano resgate dos valores   etica e cidadania de simone helen drumond
Plano resgate dos valores etica e cidadania de simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Projeto literatura infantil
Projeto literatura infantilProjeto literatura infantil
Projeto literatura infantil
Shirley Costa
 
modelo de projeto
modelo de projetomodelo de projeto
modelo de projeto
Fernanda Telecher
 
Projeto o folclore
Projeto o folcloreProjeto o folclore
Projeto o folclore
Francineteproinfo
 
Violência na escola educação infantil
Violência na escola   educação infantilViolência na escola   educação infantil
Violência na escola educação infantil
Ana Lopes
 
Violência na escola educação infantil
Violência na escola   educação infantilViolência na escola   educação infantil
Violência na escola educação infantil
Ana Lopes
 
Solange projeto (2)
Solange projeto (2)Solange projeto (2)
Solange projeto (2)
Solange Araujo Corguinha
 
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leituraProjeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Amanda Freitas
 
Plano de trabalho
Plano de trabalhoPlano de trabalho
Plano de trabalho
Mayara Silva
 
importancia da leitura e escrita.pptx
importancia da leitura e escrita.pptximportancia da leitura e escrita.pptx
importancia da leitura e escrita.pptx
AdeliceBraga
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
cilmaracardoso
 
Projeto Anual
Projeto  AnualProjeto  Anual
Projeto Anual
Alinemmoliveira
 
Eva edilaine erika
Eva edilaine erikaEva edilaine erika
Eva edilaine erika
Fernando Pissuto
 
Brinquedos antigos
Brinquedos antigosBrinquedos antigos
Brinquedos antigos
IsauradeCarli
 
A traça Teca
A traça TecaA traça Teca
A traça Teca
Professora Cida
 

Semelhante a Liliane mendes duarte professor inovador (20)

10 rita cristina professor inovador
10 rita cristina  professor inovador10 rita cristina  professor inovador
10 rita cristina professor inovador
 
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docxPROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
 
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docxPROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
PROJETO Ed Inf 2023 Ler é Bom Expreimente.docx
 
4 francicleia da costa dos santos professor inovador
4 francicleia da costa dos santos professor inovador4 francicleia da costa dos santos professor inovador
4 francicleia da costa dos santos professor inovador
 
Francicleia da costa dos santos professor inovador
Francicleia da costa dos santos professor inovadorFrancicleia da costa dos santos professor inovador
Francicleia da costa dos santos professor inovador
 
Plano resgate dos valores etica e cidadania de simone helen drumond
Plano resgate dos valores   etica e cidadania de simone helen drumondPlano resgate dos valores   etica e cidadania de simone helen drumond
Plano resgate dos valores etica e cidadania de simone helen drumond
 
Projeto literatura infantil
Projeto literatura infantilProjeto literatura infantil
Projeto literatura infantil
 
modelo de projeto
modelo de projetomodelo de projeto
modelo de projeto
 
Projeto o folclore
Projeto o folcloreProjeto o folclore
Projeto o folclore
 
Violência na escola educação infantil
Violência na escola   educação infantilViolência na escola   educação infantil
Violência na escola educação infantil
 
Violência na escola educação infantil
Violência na escola   educação infantilViolência na escola   educação infantil
Violência na escola educação infantil
 
Solange projeto (2)
Solange projeto (2)Solange projeto (2)
Solange projeto (2)
 
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leituraProjeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
Projeto de Pesquisa: A Literatura Infantil no desenvolvimento da leitura
 
Plano de trabalho
Plano de trabalhoPlano de trabalho
Plano de trabalho
 
importancia da leitura e escrita.pptx
importancia da leitura e escrita.pptximportancia da leitura e escrita.pptx
importancia da leitura e escrita.pptx
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Projeto Anual
Projeto  AnualProjeto  Anual
Projeto Anual
 
Eva edilaine erika
Eva edilaine erikaEva edilaine erika
Eva edilaine erika
 
Brinquedos antigos
Brinquedos antigosBrinquedos antigos
Brinquedos antigos
 
A traça Teca
A traça TecaA traça Teca
A traça Teca
 

Mais de SimoneHelenDrumond

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
SimoneHelenDrumond
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdfARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
SimoneHelenDrumond
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdfARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
SimoneHelenDrumond
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
SimoneHelenDrumond
 

Mais de SimoneHelenDrumond (20)

BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdfBLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
BLOCO 1 DE ATIVIDADES DO MÉTODO DE PORTFÓLIOS EDUCACIONAIS.pdf
 
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdfATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
ATIVIDADES PARA CADERNO PEQUENO 1A.pdf
 
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdfARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
ARTIGO 1 - OS USOS DOS PORTFÓLIOS SHDI NA ALFABETIZAÇÃO .pdf
 
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdfARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
ARTIGO 1 - TEXTOS PONTILHADOS COM LETRA DE IMPRENSA .pdf
 
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdfARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
ARTIGO 1 - ALFABETIZAÇÃO COM AFETO .pdf
 
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...INCLUSÃO  AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
INCLUSÃO AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LEIS QUE...
 
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdfARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
ARTIGO ADAPTAÇÃO CURRICULAR.pdf
 
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdfARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
ARTIGO DIA MUNDIAL DO AUTISMO .pdf
 
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdfArtigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
Artigo Todos nós podemos ensinar algo novo para alguém.pdf
 
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdfARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
ARTIGO Quem tem direito ao atendimento educacional especializado.pdf
 
ARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdfARTIGO TDAH.pdf
ARTIGO TDAH.pdf
 
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdfARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
ARTIGO AUTISMO E AS VOGAIS SHDI 1.pdf
 
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdfArtigo A inclusão escolar de alunos .pdf
Artigo A inclusão escolar de alunos .pdf
 
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdfARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
ARTIGO O SOM DAS LETRAS 1A2023.pdf
 
ARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdfARTIGO 1 TDAH .pdf
ARTIGO 1 TDAH .pdf
 
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdfARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E COMUNICAÇÃO SÍLABAS.pdf
 
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
ARTIGO INCLUSÃO_AUTISMO E O DIREITO À EDUCAÇÃO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL E AS LE...
 
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdfARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
ARTIGO 1 AUTISMO E DEPRESSÃO.pdf
 
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdfARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
ARTIGO 1 SER MEDIADOR NA INCLUSÃO 1=2023.pdf
 
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdfARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
ARTIGO 1 A IMPORTANCIA DO DIAGNÓSTICO NA INCLUSÃO.pdf
 

Último

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
livrosjovert
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Centro Jacques Delors
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
ValdineyRodriguesBez1
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 

Último (20)

Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptxSlides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
Slides Lição 10, Central Gospel, A Batalha Do Armagedom, 1Tr24.pptx
 
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.pptEstrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
Estrutura Pedagógica - Laboratório de Educação a Distância.ppt
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
Folheto | Centro de Informação Europeia Jacques Delors (junho/2024)
 
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
05-os-pre-socraticos sociologia-28-slides.pptx
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 

Liliane mendes duarte professor inovador

  • 1. CMEI Elza Damasceno da Silva Prêmio Professor Inovador 2019 SEGMENTO: EDUCAÇÃO INFANTIL SEMED – MANAUS - AM CHAPEUZINHO VERMELHO NO MUNDO ENCANTANDO DAS INTERAÇÕES E BRINCADEIRAS Professora Autora: Liliane Mendes Duarte Professora Co-Autora: Sylvia Fonseca Professora Co-Autora: Marlucia Costa Professora Co-Autora: Nadir Socorro Professora Co-Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian DDZ OESTE Manaus – Amazonas 2019
  • 2. CHAPEUZINHO VERMELHO NO MUNDO ENCANTANDO DAS INTERAÇÕES E BRINCADEIRAS Professora Autora: Liliane Mendes Duarte Professora Co-Autora: Sylvia Fonseca Professora Co-Autora: Marlucia Costa Professora Co-Autora: Nadir Socorro Professora Co-Autora: Simone Helen Drumond Ischkanian Resumo: A primeira infância é a fase em que se inicia a formação da personalidade e o momento em que os hábitos começam a se instalar, por isso é importante promover uma rotina em que a criança se sinta segura. Dentro dessa rotina podemos inserir também o hábito de leitura e de exploração dos contos de fadas que envolvem a literatura infantil. É através da literatura infantil que a criança desenvolve a criatividade, a imaginação, desvenda as emoções e compreende os sentimentos de maneira lúdica e significativa. No mundo imaginário do faz de conta a imaginação da criança flui e assim ela começa a experimentar diferentes sentimentos daqueles vivenciados em sua vida real. Contar histórias também é uma forma de aproximação, de demonstrar afeto, pois durante o conto estamos estimulando o contato físico, a fantasia, ampliando a cultura e ajudando o amadurecimento emocional. A literatura infantil oferece uma forma encantadora de aprendizagem além de contribuir na formação do ser humano e de seus valores. A partir do momento em que a criança tem contato com a literatura infantil ela ganha acesso ao mundo da leitura e começa a buscar novos portadores textuais, a fazer novas descobertas e conseqüentemente a ampliar sua compreensão de mundo e de sim mesma. A literatura infantil é um ótimo recurso para a iniciação ao letramento, por meio das interações e brincadeiras. Por meio de linguagem simbólica dos contos, a criança vem a construir uma ponte de significação do mundo exterior para seu mundo interior, aprendendo valores, refletindo sobre suas ações, desenvolvendo seu senso crítico, sua criatividade, sua expressão e linguagem. Palavras-chave: Educação, Educação Infantil, Contos de Fadas, Literatura Infantil
  • 3. Introdução: O trabalho com contos clássicos aguça o interesse da criança pela leitura, ainda que não seja de forma convencional, onde desperta cada vez mais a curiosidade. Também valoriza a língua como veículo de comunicação e expressão, abrangendo o desenvolvimento das linguagens. Justificativa: A leitura das histórias clássicas infantis é capaz de proporcionar diversos benefícios na formação das crianças. Além de enriquecer o vocabulário, o mundo do faz de conta desperta a imaginação, estimula a criatividade, elucida sentimentos e promove a compreensão das emoções. No mais, a língua é valorizada como um veículo de comunicação e expressão dos povos, incluindo o desenvolvimento da linguagem, leitura e escrita. Objetivos  Desenvolver habilidades psicomotoras, afetivo-sociais e cognitivas;  Estimular a socialização;  Criar o hábito de ouvir histórias;  Reconhecer a leitura como uma prazerosa fonte de informações;  Trabalhar a linguagem oral;  Estimular o desenvolvimento da expressão artística, bem como da criatividade;  Identificar a sequência lógica de uma narrativa, com começo, meio e fim;  Desenvolvimento da espacialidade por meio de brincadeiras;  Conhecer os meios de transporte;  Trabalhar as cores. Desenvolvimento  Comece o desenvolvimento do projeto com um momento de apresentação do livro, ilustrações e personagens;  Em seguida, inicie a contação da história. Quanto mais dinâmica for a leitura, maiores as chances de as crianças se envolverem com as atividades;  Use fantoches para fazer a dramatização;  Extraia e reforce as informações mais importantes e algumas lições, tais como, não falar com estranhos, obedecer aos pais, respeito pelos mais velhos, entre outras;
  • 4.  Detalhamento das características físicas e emocionais dos personagens (como eles são? como são as personalidades? no que eles são diferentes?);  Exibição do filme “Deu a Louca na Chapeuzinho”. O longa é de 2005 é faz uma paródia com os personagens da história original;  Fichas de leitura temáticas;  Brincadeiras dirigidas;  Reescrita coletiva do texto e confecção de um livrinho;  Ilustrações da história para serem colocadas em um varal na sala de aula;  Atividades pedagógicas (completar as palavras, cruzadinhas, caça palavras, jogo dos sete erros, etc.);  Discussão sobre os meios de transportes mais usados para visitar familiares e amigos;  Atividades pedagógicas sobre meios de transporte;  Apresentação e identificação oral das cores em cartões coloridos e posterior realização de atividade escrita com a temática;  A culminância do projeto pode ser uma apresentação musical da turminha para os familiares e toda a comunidade escolar. A dica é fazer capas vermelhas e fantasias de lobo para que todos fiquem parecidos com os personagens principais. A indicação de música é “O Chapeuzinho Vermelho do cantor e compositor João de Barro”. Atividades especificas: Os alimentos saudáveis e não saudáveis. Objetivos: Explorar os conhecimentos que as crianças tem sobre os alimentos que são saudáveis e não saudáveis. Recursos serão necessários: Cesta, cartolina, caneta e revista. Atividade coletiva: Levar as crianças na sala de vídeo, formar uma roda de conversa para relembrar a história contada. Logo após uma criança deve entrar vestida de Chapeuzinho vermelho e a outra de lobo mau. As crianças vão ter que ajudar a Chapeuzinho a levar alimentos saudáveis na cesta para a vovozinha Brincadeira do lobo Objetivos: Desenvolver a lateralidade e espacialidade, através de brincadeiras. Recursos serão necessários: Giz, fita, vídeo da brincadeira.
  • 5. Atividade coletiva: passar o vídeo das brincadeiras, discutir como são as regras. Levar as crianças para realizar as brincadeiras no pátio da escola onde alguém será o lobo. Dobradura da Chapeuzinho vermelho Objetivos: Desenvolver a motricidade e coordenação das crianças. Recursos serão necessários: Papel laminado, giz de cera, cola e sulfite. Atividade diversificada: Para que essa atividade seja realizada fazer os cantinhos, para que os pequenos possam fazer a dobradura no coletivo, então chamar de quatro em quatro para ensinar passo a passo os procedimentos da dobradura da chapeuzinho vermelho. Trabalhando com a cor vermelha. Objetivos: Explora a cor vermelha e a coordenação motora Recursos serão necessários: Papel, palito de sorvete , pincel e guache. Atividade diversificada: vamos fazer os cantinho onde vamos chamar um de cada vez para fazer a pintura das mãos. Neste dia a Chapeuzinho ia fazer uma visita para a turma do maternal II Circuito da Chapeuzinho Vermelho Objetivos: Desenvolver a espacialidade e lateralidade Recursos serão necessários: Giz, Fita, bambolês e túnel. Atividade coletiva: levar as crianças no pátio para mostrar o caminho que a chapeuzinho percorreu até a casa da vovó. Conclusão: O projeto Chapeuzinho vermelho, teve como objetivo tornar a aula mais atrativa e dinâmica, de modo que a leitura, escrita e a linguagem, fizessem parte do dia a dia das crianças, sendo assim, proporcionei muitas atividades dentro desse contexto. Foi de grande valia, pois a todo o momento as crianças demonstravam um grande interesse, pois partia da história pela qual elas admiram e apreciam.Notei que passaram a observar mais as imagens que eram apresentadas, bem como fazer releituras maravilhosas e instigantes. Aprenderam algumas músicas envolvendo o tema, até fizemos apresentação. Foi fantástico, as crianças demonstraram um interesse imenso em dançar e cantar. Conheceram palavrinhas novas, como LOBO, BOLO, CHAPEUZINHO VERMELHO, DOCES, FRUTAS, enfim, palavras que se destacavam nas histórias. Também fizemos um bolo e copiamos a receita, onde as crianças participaram ativamente, sempre deixando nítido o
  • 6. entusiasmo com esta atividade. Muitas coisas foram desenvolvidas, com resultados satisfatórios, a turma toda interagiu e participou de tudo. Referências: ISCHKANIAN, Simone Helen Drumond. Chapeuzinho vermelho e as formas geométricas no país do vermelho. Disponível em: https://pt.slideshare.net/SimoneHelenDrumond/chapeuzinho- vermelho-e-as-formas-geometricas-no-pais-do-vermelho-por-simone-helen-drumond. Acessado em 13/09/2019 MELLO, S. A. Infância e Humanização: algumas considerações da perspectiva histórico cultural. Perspectiva,Florianópolis, v. 25, n.1, pp.83-104, jan./jun.,2007. VYGOTSKI, L.S. Aprendizagem e Desenvolvimento na Idade Escolar.In: VYGOTSKY, L.S.; LEONTIEV, A. N.; LURIA, A. R. (Orgs.).Linguagem, Desenvolvimento e Aprendizagem.1Ed. São Paulo: Ícone/Edusp. 1988. pp.86-121.