SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 47
Baixar para ler offline
PORTFÓLIO VIRTUAL
GRUPO 3 MANHÃ
PROJETO: CONHECENDO A NATUREZA
Profª - Cintia Parolim Bizarro
ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL “PEDRITA”
NOSSO GRUPO...
Cada um...
LARISSA LUIZA GABRIEL RAFAELA RIBEIRO
MÔNICA MANUELA DAVID LUCAS VENTURA
Cada um...
LUCAS BORRELLI RAFAEL PEDRO GUSTAVO
RAFAELA CALISEO ARTHUR MARIANA KENZO
NOSSO ESPAÇO...
Cabideiros
Ajudante do dia
NOSSO ESPAÇO...
Combinados
Calendário
Com a ajuda das crianças organizamos o alfabeto em nossa
sala, todos ajudaram a colocar as letrinhas no lugar certo.
NOSSA ROTINA
Acolhida.
A rotina na vida da criança é muito
importante, pois assim ela se sente
mais segura.
NOSSA ROTINA
Fazendo a higiene
NOSSA ROTINA
Momento do lanche!!
NOSSA ROTINA
Escolha do ajudante do dia
Escolhemos o
ajudante do dia
seguindo a lista
dos nomes. O
escolhido tem a
função de levar
as agendas à
secretaria,
organizar a fila,
ajudar na hora do
lanche e me
auxiliar em outras
atividades que
surgem. Eles
adoram mostrar a
plaquinha de
ajudante do dia.
NOSSA ROTINA
Relaxamento.
O momento do relaxamento deve ser algo
divertido e no qual a criança sinta prazer,
proporcionando momentos lúdicos de
descontração.
QUE BOM FAZERMOS AMIGOS
Brincando no parque ou na areia, não importa onde esteja
o importante é fazermos amigos.
QUE BOM FAZERMOS AMIGOS
No convívio com os outros
aprendemos a dividir e compartilhar
brinquedos, brincadeiras, atenção...
Exercitamos o respeito ao próximo – seu
modo de ser e opinião – enfim, adquirimos
valores e virtudes importantes para um
convívio social saudável e adequado.
CARNAVAL
O carnaval no Brasil tem influência da
Europa. No final do séc 19, começaram a
aparecer no país os primeiros blocos
carnavalescos. As pessoas se
fantasiavam, decoravam os carros e em
grupos desfilavam pelas ruas. Está aí a
origem dos carros alegóricos.
Pesquisamos sobre
o carnaval na
internet
Confeccionamos
máscaras de
carnaval
Assistimos um
desenho do DOKI
contando a
história do
carnaval
Desfilamos
mostrando as
fantasias para
os amigos!
Dançamos em um
divertido baile de
carnaval
Carnaval
Nos divertimos
muito no
carnaval.
Dançamos,
brincamos e
desfilamos
para os outros
grupos.
Carnaval
Um pouquinho do nosso grupo
O grupo 3 é composto por 16 crianças, sendo 9 meninos e 7
meninas. É um grupo alegre e carinhoso, mas também um
pouco agitado e falante. Eles se adaptaram muito bem a nova
rotina de grupo 3. Aos poucos fomos criando um laço afetivo.
Estão sempre dispostos a conhecer novas brincadeiras e a
explorar as atividades relacionadas ao projeto “Conhecendo a
Natureza”, levantando hipóteses e questionamentos. O grupo
tem se envolvido nas propostas com interesse e as atividades
tem sido bem produtivas. Claro que em alguns momentos é
necessário intervir a fim de corrigir algumas atitudes
inadequadas, mas aos poucos estou trabalhando para que os
comportamentos vão se adequando e que através de nossos
combinados o grupo possa ser o mais harmonioso possível.
Temos um longo caminho a percorrer. Espero que seja um
ótimo ano e que as crianças possam vivenciar valores que
sejam significativos para toda a vida.
Nosso projeto
Objetivos Gerais:
o A partir do estudo da Natureza promover à criança um maior conhecimento do
meio em que está inserida e de si mesma, contribuindo assim para a formação
da personalidade e da subjetividade das crianças do G3.
o Apropriar-se dos conteúdos propostos nas diferentes áreas de conhecimento,
bem como de uma postura investigativa e curiosa em relação à natureza e seus
fenômenos percebendo-se como parte integrante da mesma.
o Assumir uma postura de respeito e cuidado em relação à Natureza
Objetivos específicos:
• Promover a observação e exploração do meio natural oferecido pela escola.
• Estimular as crianças a assumirem alguns cuidados em relação às arvore, plantas e
demais estruturas naturais presentes na escola e fora dela.
• Desenvolver habilidades de observação e atenção.
• Possibilitar comparações entre os meios naturais e os recursos criados pelo
homem.
• Estimular a percepção das diferenças e do quanto é importante respeitá-las.
• Promover que identifiquem sensações e sentimentos em relação ao manuseio e
exploração de diferentes elementos da natureza.
• Assumir uma postura curiosa e investigativa em relação ao meio natural que os
envolve.
• Desenvolver atitudes éticas e respeitosas em relação aos colegas, a partir da
consciência de respeito à natureza e a tudo que dela faz parte.
• Estimular a aquisição de autonomia.
Como tudo começou
Explicando sobre o projeto, perguntei as crianças o que é Natureza e onde ela
está presente. Depois de levantarmos hipóteses fomos investigar onde a natureza
está presente em nossa escola...
Exploramos nossa sala e os parques. Depois fizemos duas listas: Criações da Natureza e
Construções do Homem.
Conhecendo a natureza
e explorando o
ambiente escolar
Diferenças entre
construção do
Homem e criação da
Natureza.
Tivemos o
primeiro contato
com a natureza
da escola.
Observamos a s
árvores da nossa
escola, tamanho,
largura...
Observando as
árvores
percebemos que
alguma dão
frutos.
Antes de
plantarmos o
feijão, contei a
história do
“João e o pé
de feijão”.
Cuidados
com a
sementinha.
Explorando a escola em busca de: criações da
natureza e construções do homem
Recolhendo e Explorando os elementos
da natureza
Fizemos um cartaz com os elementos da
natureza. Observamos a textura, cor, cada
detalhe desses elementos.
COMPARANDO: areia, terra seca
e molhada.
Exploramos a textura, cor e cheiro, barro e areia.
Transformamos
nosso feijãozinho
em um lindo “pé
de feijão”.
Observamos diariamente o
feijão para acompanhar sua
evolução.
João e o pé de feijão
Fizemos a leitura
da história do João
e o pé de feijão e
depois fizemos a
nossa experiência
com o feijão.
Terrário
Levantamos a
hipótese: “o que é
um terrário” e o que
precisamos para
montar um terrário?
Pesquisamos na
internet tudo o que
precisávamos para
montar o terrário.
Construímos uma lista
de todos os materiais
que precisávamos
para a construção do
terrário o que
encontrávamos na
escola e o que não
encontrávamos.
Pesquisamos qual a
importância da
minhoca para a terra e
para o plantio.
Construção do Terrário
O terrário foi construído com ajuda de todas as
crianças do grupo, Elas se envolveram muito durante a
construção e o acompanhamento da sementinha. A
partir da experiência do terrárrio, pude trabalhar com
as crianças a paciência em esperar a semente crescer,
os cuidados que a planta necessita, a importância da
água para a vida vegetal.
Colocamos as pedrinhas...
Construção do Terrário
Depois colocamos a areia, terra,
carvão e a sementinha.
Todos se
envolveram na
construção e
observação do
crescimento da
sementinha.
Construção do Terrário
Nosso terrário cresceu bastante.
Para nossa surpresa nossas sementinhas começaram
a crescer e a surpresa foi grande, pois a sementinha
havia crescido bastante! Continuamos cuidando do
nosso terrário que esta cada vez mais bonito.
Explorando
e cuidando
da horta.
Preparamos a
horta com a ajuda
do tio Pepe, para a
chegada das
nossas
sementinhas.
Plantamos na
nossa horta
semente de
cenoura.
Conversamos
com a
sementinha.
Cantamos musicas
para a sementinha.
Conhecendo a horta.
O homem tem papel fundamental em relação a horta... No
cultivo, no cuidado com as plantas e também na aparência.
Plantando e observando a nossa
sementinha.
Com a ajuda do tio Pepe,
cuidamos da nossa horta,
afofamos, molhamos e
adubamos a terra, para
preparar o plantio.
Plantamos cenoura e
cantamos musicas para a
sementinha descansar e
crescer.
Plantando e observando a nossa sementinha.
Dorme
sementinha,
com tanta
ternura, vou
deixar-te agora
nessa terra
escura, mas não
te abandono,
virei todo dia,
sobre o seu
canteiro jogar
água fria!
Para que nossa sementinha cresça rapidinho, cantamos uma canção
para ela.
Preparação do
bolo de
cenoura
Fizemos uma
lista de todos os
ingredientes que
precisamos.
Escrevemos
a receita na
cartolina.
Contamos
quantos
ingredientes
precisávamos, e
a quantidade de
cada um.
Organizamos
o que cada um
iria fazer para
a preparação
do bolo,
organização
do ambiente e
limpeza.
Bolo de cenoura
Fizemos um bolo de cenoura, aproveitamos para trabalhar noções
matemáticas, colocamos a receita em uma cartolina e juntos
preparamos o bolo.
Bolo de cenoura
Preparando
a massa.
Experimentando o nosso bolo....Ficou uma delícia.
Bolo de cenoura
Após experimentarmos o bolo, fizemos a organização do ambiente e limpeza.
Alfabeto e Construção do Nome
Demarcamos cada
objeto da sala com os
nomes escritos.
Fizemos bingo de
letras.
Com o nome do ajudante do
dia, pesquisamos
possibilidades de outras
palavras utilizando o mesmo
som.
Fizemos a primeira letra do
nome de cada um com
pedrinhas.
Utilizamos plaquinhas
para demarcar cada lugar
com o nome de cada
criança.
Fizemos a primeira letra
do nome de cada um no
parque.
Bingo de letras
As crianças se envolveram muito na atividade. Através do bingo de letras,
trabalhamos o reconhecimento das letras, a concentração e o silêncio
durante a atividade.
Alfabeto e Construção do nome
Contornamos com as pedrinhas a primeira letra
do nome de cada um.
Construção do nome.
Alfabeto e Construção do nome
Com a ajuda dos nossos amigos,
fizemos a primeira letra do nome de
cada um.
Fazendo a
primeira
letrinha de seu
próprio nome.
Páscoa
Palestra e
vídeo sobre a
páscoa
Conversamos sobre
ações generosas e
compartilhamos com
todos os amigos
Oficina de
brigadeiro de
cenoura
Confecção da cesta para o
coelhinho deixar os
ovinhos e confecção das
orelhinhas
Confecção de cestinhas
para levar o ovo de
páscoa.
Fabrica de
chocolate
Palestra
sobre a
páscoa cristã
Teatro de
fantoches
“menina bonita
do laço bonita”
Caça
aos
ovos
Páscoa - generosidade
Páscoa – o que é, qual seu sentido.
Durante a páscoa, trabalhamos com as
crianças a Generosidade. Fizemos uma
reflexão sobre a generosidade.
Aprendemos que a páscoa é o
momento de lembrarmos de Jesus.
Juntos confeccionamos a cestinha
em que o coelho deixará nossos
ovos de páscoa!
Páscoa: preparando a cesta do G3
Fábrica de chocolate com a visita
das coelhinhas.
Páscoa – a Fábrica
Páscoa
Páscoa – Caça aos ovinhos
Encontrando os ovos que o coelho escondeu.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardeEscolaPedrita
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardeEscolaPedrita
 
Portfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
Portfolio Virtual Mini-Grupo ManhãPortfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
Portfolio Virtual Mini-Grupo ManhãEscolaPedrita
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardeEscolaPedrita
 
Portifólio virtual g2 manhã
Portifólio virtual g2 manhãPortifólio virtual g2 manhã
Portifólio virtual g2 manhãEscolaPedrita
 
Portfolio Virtual G2-Tarde
Portfolio Virtual G2-TardePortfolio Virtual G2-Tarde
Portfolio Virtual G2-TardeEscolaPedrita
 
Portifólio virtual g1 manhã
Portifólio virtual g1 manhãPortifólio virtual g1 manhã
Portifólio virtual g1 manhãEscolaPedrita
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardeEscolaPedrita
 
Portifólio virtual g1 manhã
Portifólio virtual g1 manhãPortifólio virtual g1 manhã
Portifólio virtual g1 manhãEscolaPedrita
 
Portifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
Portifolio Virtual Mini-Grupo TardePortifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
Portifolio Virtual Mini-Grupo TardeEscolaPedrita
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardeEscolaPedrita
 
Portifólio virtual g4 manhã
Portifólio virtual g4 manhãPortifólio virtual g4 manhã
Portifólio virtual g4 manhãEscolaPedrita
 

Mais procurados (20)

Portfolio g1 manhã
Portfolio g1 manhãPortfolio g1 manhã
Portfolio g1 manhã
 
G1manha
G1manhaG1manha
G1manha
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tarde
 
Portfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
Portfolio Virtual Mini-Grupo ManhãPortfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
Portfolio Virtual Mini-Grupo Manhã
 
Portfolio g2 manhã
Portfolio g2  manhãPortfolio g2  manhã
Portfolio g2 manhã
 
Portifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tardePortifólio virtual g1 tarde
Portifólio virtual g1 tarde
 
Portifólio virtual g2 manhã
Portifólio virtual g2 manhãPortifólio virtual g2 manhã
Portifólio virtual g2 manhã
 
Portfolio Virtual G2-Tarde
Portfolio Virtual G2-TardePortfolio Virtual G2-Tarde
Portfolio Virtual G2-Tarde
 
Portifólio virtual g1 manhã
Portifólio virtual g1 manhãPortifólio virtual g1 manhã
Portifólio virtual g1 manhã
 
Portfolio g4 manhã
Portfolio g4 manhãPortfolio g4 manhã
Portfolio g4 manhã
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
 
G2tarde
G2tardeG2tarde
G2tarde
 
Portfolio g2 tarde
Portfolio g2 tardePortfolio g2 tarde
Portfolio g2 tarde
 
Portifólio virtual g1 manhã
Portifólio virtual g1 manhãPortifólio virtual g1 manhã
Portifólio virtual g1 manhã
 
Portfolio mg tarde
Portfolio mg tardePortfolio mg tarde
Portfolio mg tarde
 
Portifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
Portifolio Virtual Mini-Grupo TardePortifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
Portifolio Virtual Mini-Grupo Tarde
 
Portifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tardePortifólio virtual g3 tarde
Portifólio virtual g3 tarde
 
Portifólio virtual g4 manhã
Portifólio virtual g4 manhãPortifólio virtual g4 manhã
Portifólio virtual g4 manhã
 
Plano de trabalho
Plano de trabalhoPlano de trabalho
Plano de trabalho
 

Destaque

os sete cabritinhos
os sete cabritinhosos sete cabritinhos
os sete cabritinhosedna2
 
Sequencia os sete cabritinhos
Sequencia os sete cabritinhosSequencia os sete cabritinhos
Sequencia os sete cabritinhosSuzy Santana
 
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolasGrande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolasSandra Leite
 

Destaque (7)

Portfólio2011
Portfólio2011Portfólio2011
Portfólio2011
 
O lobo e os sete cabritinhos
O lobo e os sete cabritinhosO lobo e os sete cabritinhos
O lobo e os sete cabritinhos
 
os sete cabritinhos
os sete cabritinhosos sete cabritinhos
os sete cabritinhos
 
Sequencia os sete cabritinhos
Sequencia os sete cabritinhosSequencia os sete cabritinhos
Sequencia os sete cabritinhos
 
O lobo e os sete cabritinhos
O lobo e os sete cabritinhosO lobo e os sete cabritinhos
O lobo e os sete cabritinhos
 
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolasGrande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
Grande aventura fichas-de-avaliacao-3ano-argolas
 
Ficha de avaliação de estudo do meio - 3º ano
Ficha de avaliação de estudo do meio - 3º anoFicha de avaliação de estudo do meio - 3º ano
Ficha de avaliação de estudo do meio - 3º ano
 

Semelhante a Portifólio virtual g3 manhã

Semelhante a Portifólio virtual g3 manhã (19)

G3tarde
G3tardeG3tarde
G3tarde
 
Portfolio g3 tarde
Portfolio g3 tardePortfolio g3 tarde
Portfolio g3 tarde
 
Portfolio Virtual G3-Manhã
Portfolio Virtual G3-ManhãPortfolio Virtual G3-Manhã
Portfolio Virtual G3-Manhã
 
Portfolio Virtual G3-Tarde
Portfolio Virtual G3-TardePortfolio Virtual G3-Tarde
Portfolio Virtual G3-Tarde
 
Portfolio g3 manhã
Portfolio g3 manhãPortfolio g3 manhã
Portfolio g3 manhã
 
G3manha
G3manhaG3manha
G3manha
 
G4 tarde
G4 tardeG4 tarde
G4 tarde
 
Portfolio g4 tarde
Portfolio g4 tardePortfolio g4 tarde
Portfolio g4 tarde
 
Portifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tardePortifólio virtual g4 tarde
Portifólio virtual g4 tarde
 
Portfolio mg manhã
Portfolio mg manhãPortfolio mg manhã
Portfolio mg manhã
 
Mg manha
Mg manhaMg manha
Mg manha
 
Portifólio virtual mgm
Portifólio virtual mgmPortifólio virtual mgm
Portifólio virtual mgm
 
Documentação pedagógica inf3 b
Documentação pedagógica inf3 bDocumentação pedagógica inf3 b
Documentação pedagógica inf3 b
 
Portifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgtPortifólio virtual mgt
Portifólio virtual mgt
 
G4 manha
G4 manhaG4 manha
G4 manha
 
Portifólio virtual g4 manhã
Portifólio virtual g4 manhãPortifólio virtual g4 manhã
Portifólio virtual g4 manhã
 
Fundamental - turma da tarde - Centro de Estudos Júlio Verne
Fundamental - turma da tarde - Centro de Estudos Júlio VerneFundamental - turma da tarde - Centro de Estudos Júlio Verne
Fundamental - turma da tarde - Centro de Estudos Júlio Verne
 
Livro Digital parte 1
Livro Digital  parte 1Livro Digital  parte 1
Livro Digital parte 1
 
Analu nilcelia
Analu nilceliaAnalu nilcelia
Analu nilcelia
 

Mais de EscolaPedrita (19)

Mini e g1 t dança
Mini e g1 t dançaMini e g1 t dança
Mini e g1 t dança
 
G4 t música
G4 t músicaG4 t música
G4 t música
 
G4 t dança
G4 t dançaG4 t dança
G4 t dança
 
G4 m música
G4 m músicaG4 m música
G4 m música
 
G4 m dança
G4 m dança G4 m dança
G4 m dança
 
G3 t música
G3 t músicaG3 t música
G3 t música
 
G3 t dança
G3 t dançaG3 t dança
G3 t dança
 
G3 m música
G3 m músicaG3 m música
G3 m música
 
G3 m dança
G3 m dança G3 m dança
G3 m dança
 
G2 t música
G2 t músicaG2 t música
G2 t música
 
G2 t dança
G2 t dança G2 t dança
G2 t dança
 
G2 m música
G2 m músicaG2 m música
G2 m música
 
G2 m dança
G2 m dançaG2 m dança
G2 m dança
 
Mini e g1 m dança
Mini e g1 m dançaMini e g1 m dança
Mini e g1 m dança
 
Mg e g1 t música
Mg e g1 t músicaMg e g1 t música
Mg e g1 t música
 
Mg e g1 M música
Mg e g1 M músicaMg e g1 M música
Mg e g1 M música
 
MG tarde
MG tardeMG tarde
MG tarde
 
G2manha
G2manhaG2manha
G2manha
 
G1tarde
G1tardeG1tarde
G1tarde
 

Último

bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalcarlamgalves5
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.FLAVIA LEZAN
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarDouglasVasconcelosMa
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalDouglasVasconcelosMa
 

Último (20)

bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
TAMPINHAS Sílabas. Para fazer e trabalhar com as crianças.
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolarMODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
MODELO Resumo esquemático de Relatório escolar
 
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacionalBENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
BENEFÍCIOS DA NEUROPSICOPEDAGOGIA educacional
 

Portifólio virtual g3 manhã

  • 1. PORTFÓLIO VIRTUAL GRUPO 3 MANHÃ PROJETO: CONHECENDO A NATUREZA Profª - Cintia Parolim Bizarro ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL “PEDRITA”
  • 3. Cada um... LARISSA LUIZA GABRIEL RAFAELA RIBEIRO MÔNICA MANUELA DAVID LUCAS VENTURA
  • 4. Cada um... LUCAS BORRELLI RAFAEL PEDRO GUSTAVO RAFAELA CALISEO ARTHUR MARIANA KENZO
  • 6. NOSSO ESPAÇO... Combinados Calendário Com a ajuda das crianças organizamos o alfabeto em nossa sala, todos ajudaram a colocar as letrinhas no lugar certo.
  • 7. NOSSA ROTINA Acolhida. A rotina na vida da criança é muito importante, pois assim ela se sente mais segura.
  • 10. NOSSA ROTINA Escolha do ajudante do dia Escolhemos o ajudante do dia seguindo a lista dos nomes. O escolhido tem a função de levar as agendas à secretaria, organizar a fila, ajudar na hora do lanche e me auxiliar em outras atividades que surgem. Eles adoram mostrar a plaquinha de ajudante do dia.
  • 11. NOSSA ROTINA Relaxamento. O momento do relaxamento deve ser algo divertido e no qual a criança sinta prazer, proporcionando momentos lúdicos de descontração.
  • 12. QUE BOM FAZERMOS AMIGOS Brincando no parque ou na areia, não importa onde esteja o importante é fazermos amigos.
  • 13. QUE BOM FAZERMOS AMIGOS No convívio com os outros aprendemos a dividir e compartilhar brinquedos, brincadeiras, atenção... Exercitamos o respeito ao próximo – seu modo de ser e opinião – enfim, adquirimos valores e virtudes importantes para um convívio social saudável e adequado.
  • 14. CARNAVAL O carnaval no Brasil tem influência da Europa. No final do séc 19, começaram a aparecer no país os primeiros blocos carnavalescos. As pessoas se fantasiavam, decoravam os carros e em grupos desfilavam pelas ruas. Está aí a origem dos carros alegóricos. Pesquisamos sobre o carnaval na internet Confeccionamos máscaras de carnaval Assistimos um desenho do DOKI contando a história do carnaval Desfilamos mostrando as fantasias para os amigos! Dançamos em um divertido baile de carnaval
  • 17. Um pouquinho do nosso grupo O grupo 3 é composto por 16 crianças, sendo 9 meninos e 7 meninas. É um grupo alegre e carinhoso, mas também um pouco agitado e falante. Eles se adaptaram muito bem a nova rotina de grupo 3. Aos poucos fomos criando um laço afetivo. Estão sempre dispostos a conhecer novas brincadeiras e a explorar as atividades relacionadas ao projeto “Conhecendo a Natureza”, levantando hipóteses e questionamentos. O grupo tem se envolvido nas propostas com interesse e as atividades tem sido bem produtivas. Claro que em alguns momentos é necessário intervir a fim de corrigir algumas atitudes inadequadas, mas aos poucos estou trabalhando para que os comportamentos vão se adequando e que através de nossos combinados o grupo possa ser o mais harmonioso possível. Temos um longo caminho a percorrer. Espero que seja um ótimo ano e que as crianças possam vivenciar valores que sejam significativos para toda a vida.
  • 18. Nosso projeto Objetivos Gerais: o A partir do estudo da Natureza promover à criança um maior conhecimento do meio em que está inserida e de si mesma, contribuindo assim para a formação da personalidade e da subjetividade das crianças do G3. o Apropriar-se dos conteúdos propostos nas diferentes áreas de conhecimento, bem como de uma postura investigativa e curiosa em relação à natureza e seus fenômenos percebendo-se como parte integrante da mesma. o Assumir uma postura de respeito e cuidado em relação à Natureza Objetivos específicos: • Promover a observação e exploração do meio natural oferecido pela escola. • Estimular as crianças a assumirem alguns cuidados em relação às arvore, plantas e demais estruturas naturais presentes na escola e fora dela. • Desenvolver habilidades de observação e atenção. • Possibilitar comparações entre os meios naturais e os recursos criados pelo homem. • Estimular a percepção das diferenças e do quanto é importante respeitá-las. • Promover que identifiquem sensações e sentimentos em relação ao manuseio e exploração de diferentes elementos da natureza. • Assumir uma postura curiosa e investigativa em relação ao meio natural que os envolve. • Desenvolver atitudes éticas e respeitosas em relação aos colegas, a partir da consciência de respeito à natureza e a tudo que dela faz parte. • Estimular a aquisição de autonomia.
  • 19. Como tudo começou Explicando sobre o projeto, perguntei as crianças o que é Natureza e onde ela está presente. Depois de levantarmos hipóteses fomos investigar onde a natureza está presente em nossa escola... Exploramos nossa sala e os parques. Depois fizemos duas listas: Criações da Natureza e Construções do Homem.
  • 20. Conhecendo a natureza e explorando o ambiente escolar Diferenças entre construção do Homem e criação da Natureza. Tivemos o primeiro contato com a natureza da escola. Observamos a s árvores da nossa escola, tamanho, largura... Observando as árvores percebemos que alguma dão frutos. Antes de plantarmos o feijão, contei a história do “João e o pé de feijão”. Cuidados com a sementinha.
  • 21. Explorando a escola em busca de: criações da natureza e construções do homem
  • 22. Recolhendo e Explorando os elementos da natureza Fizemos um cartaz com os elementos da natureza. Observamos a textura, cor, cada detalhe desses elementos.
  • 23. COMPARANDO: areia, terra seca e molhada. Exploramos a textura, cor e cheiro, barro e areia.
  • 24. Transformamos nosso feijãozinho em um lindo “pé de feijão”. Observamos diariamente o feijão para acompanhar sua evolução. João e o pé de feijão Fizemos a leitura da história do João e o pé de feijão e depois fizemos a nossa experiência com o feijão.
  • 25. Terrário Levantamos a hipótese: “o que é um terrário” e o que precisamos para montar um terrário? Pesquisamos na internet tudo o que precisávamos para montar o terrário. Construímos uma lista de todos os materiais que precisávamos para a construção do terrário o que encontrávamos na escola e o que não encontrávamos. Pesquisamos qual a importância da minhoca para a terra e para o plantio.
  • 26. Construção do Terrário O terrário foi construído com ajuda de todas as crianças do grupo, Elas se envolveram muito durante a construção e o acompanhamento da sementinha. A partir da experiência do terrárrio, pude trabalhar com as crianças a paciência em esperar a semente crescer, os cuidados que a planta necessita, a importância da água para a vida vegetal.
  • 27. Colocamos as pedrinhas... Construção do Terrário Depois colocamos a areia, terra, carvão e a sementinha. Todos se envolveram na construção e observação do crescimento da sementinha.
  • 28. Construção do Terrário Nosso terrário cresceu bastante. Para nossa surpresa nossas sementinhas começaram a crescer e a surpresa foi grande, pois a sementinha havia crescido bastante! Continuamos cuidando do nosso terrário que esta cada vez mais bonito.
  • 29. Explorando e cuidando da horta. Preparamos a horta com a ajuda do tio Pepe, para a chegada das nossas sementinhas. Plantamos na nossa horta semente de cenoura. Conversamos com a sementinha. Cantamos musicas para a sementinha.
  • 30. Conhecendo a horta. O homem tem papel fundamental em relação a horta... No cultivo, no cuidado com as plantas e também na aparência.
  • 31. Plantando e observando a nossa sementinha. Com a ajuda do tio Pepe, cuidamos da nossa horta, afofamos, molhamos e adubamos a terra, para preparar o plantio. Plantamos cenoura e cantamos musicas para a sementinha descansar e crescer.
  • 32. Plantando e observando a nossa sementinha. Dorme sementinha, com tanta ternura, vou deixar-te agora nessa terra escura, mas não te abandono, virei todo dia, sobre o seu canteiro jogar água fria! Para que nossa sementinha cresça rapidinho, cantamos uma canção para ela.
  • 33. Preparação do bolo de cenoura Fizemos uma lista de todos os ingredientes que precisamos. Escrevemos a receita na cartolina. Contamos quantos ingredientes precisávamos, e a quantidade de cada um. Organizamos o que cada um iria fazer para a preparação do bolo, organização do ambiente e limpeza.
  • 34. Bolo de cenoura Fizemos um bolo de cenoura, aproveitamos para trabalhar noções matemáticas, colocamos a receita em uma cartolina e juntos preparamos o bolo.
  • 36. Experimentando o nosso bolo....Ficou uma delícia. Bolo de cenoura Após experimentarmos o bolo, fizemos a organização do ambiente e limpeza.
  • 37. Alfabeto e Construção do Nome Demarcamos cada objeto da sala com os nomes escritos. Fizemos bingo de letras. Com o nome do ajudante do dia, pesquisamos possibilidades de outras palavras utilizando o mesmo som. Fizemos a primeira letra do nome de cada um com pedrinhas. Utilizamos plaquinhas para demarcar cada lugar com o nome de cada criança. Fizemos a primeira letra do nome de cada um no parque.
  • 38. Bingo de letras As crianças se envolveram muito na atividade. Através do bingo de letras, trabalhamos o reconhecimento das letras, a concentração e o silêncio durante a atividade.
  • 39. Alfabeto e Construção do nome Contornamos com as pedrinhas a primeira letra do nome de cada um. Construção do nome.
  • 40. Alfabeto e Construção do nome Com a ajuda dos nossos amigos, fizemos a primeira letra do nome de cada um. Fazendo a primeira letrinha de seu próprio nome.
  • 41. Páscoa Palestra e vídeo sobre a páscoa Conversamos sobre ações generosas e compartilhamos com todos os amigos Oficina de brigadeiro de cenoura Confecção da cesta para o coelhinho deixar os ovinhos e confecção das orelhinhas Confecção de cestinhas para levar o ovo de páscoa. Fabrica de chocolate Palestra sobre a páscoa cristã Teatro de fantoches “menina bonita do laço bonita” Caça aos ovos
  • 43. Páscoa – o que é, qual seu sentido. Durante a páscoa, trabalhamos com as crianças a Generosidade. Fizemos uma reflexão sobre a generosidade. Aprendemos que a páscoa é o momento de lembrarmos de Jesus.
  • 44. Juntos confeccionamos a cestinha em que o coelho deixará nossos ovos de páscoa! Páscoa: preparando a cesta do G3
  • 45. Fábrica de chocolate com a visita das coelhinhas. Páscoa – a Fábrica
  • 47. Páscoa – Caça aos ovinhos Encontrando os ovos que o coelho escondeu.