SlideShare uma empresa Scribd logo
ARQUÉTIPOS DE MARCAS
COMO MARCAS PODEROSAS CONTAM HISTÓRIAS MÍTICAS E FASCINANTES PARA ENGAJAR
Felipe Morais
Felipe Morais
• SÓCIO DA FM CONSULTORIA E VP DE BRANDING, ESTRATÉGIA, TRANSFORMAÇÃO E CONSUMO DA
MEGALODON HOLDING INVESTIMENTOS. MEMBRO DO COMITÊ DE INOVAÇÃO DA PLANET GRILS
• AUTOR DO LIVRO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (FINALISTA PREMIO JABUTI / 2016)
• AUTOR DO LIVRO TRANSFORMAÇÃO DIGITAL
• MAIS DE 350 PROJETOS ENTREGUES EM MARKETING DIGITAL
• PASSAGENS POR NEOGAMABBH, TV1.COM, PONTO FRIO, PUBLICIS, TESLA, TOPDEALS, GIULIANA FLORES
E FTPI DIGITAL
• ATENDEU MERCEDES-BENZ, PIRELLI, VIVO, GRUPO PLANET GIRLS, SASCAR/MICHELIN, COCA-COLA,
BRADESCO, PANASONIC, JULIO OKUBO
• PROFESSOR DA ESPM, FACULDADE BELAS ARTES, FGV, SENAC, UNIV. METODISTA, E USP
• COLUNISTA SEMANAL DO BLOG DO SÃO PAULO FC E ARQUIBANCADA TRICOLOR
• APRESENTADOR O PROGRAMA EHFATO! NA EXCLUSIVAFM
• VENCEDOR DO PRÊMIO PROFISSIONAL DESTAQUE EM PLANEJAMENTO DIGITAL PELA ASSOC. BRAS
AGÊNCIAS DIGITAIS
fm consultoria
Planejamento
ARQUÉTIPOS AJUDAM A CONSTRUIR MARCAS
VAMOS ABORDAR UM POUCO DISSO
Branding pode e deve chamar atenção às características exclusivas que separam empresa da concorrência
Paga-se mais de 10 mil reais por uma caneta
Qualquer lançamento da Apple gera filas de espera e uma busca enorme pela novidade
Leva do ponto A ao B como qualquer carro, mas paga-se 2 milhões de reais para isso
Você recebe um copo, sem identificação e lhe é informado ser dessa marca. Se questiona a qualidade?
PROPÓSITO
PROMESSA
POSICIONAMENTO
NARRATIVA
PROPÓSITO
PROMESSA
POSICIONAMENTO
NARRATIVA
NESTA NOVA ERA DOS NEGÓCIOS
E DO MARKETING, AS MELHORES
MARCAS SERÃO CONSTRUÍDAS
COM PROPÓSITO, BASEADO EM
VERDADES HUMANAS.
JOEY REIMAN
PROPÓSITO NÃO SE CRIA, SE REVELA, SE DESCOBRE DE ACORDO COM A HISTÓRIA DA EMPRESA
PESQUISA DA TROIANO BRANDING COM 60 EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA, MOSTROU QUE AQUELAS QUE TÊM
PROPÓSITOS DEFINIDO E DIVULGADO A SEUS PÚBLICOS SÃO AS QUE ATINGEM MAIOR CAPITALIZAÇÃO DE MERCADO.
REPRESENTA A SUA RAZÃO DE EXISTIR E A SUA VOCAÇÃO PARA O MERCADO
PROPÓSITOS DE MARCA NÃO SÃO DISCURSOS BONITOS NA PAREDE DA SEDE DA EMPRESA.
MARCAS SEM PROPÓSITO, SÃO MARCAS SEM ALMA
POR QUE
COMO
O QUE
"Pessoas não compram o que você faz. Elas compram porque você faz”
Simon Sinek, autor da teoria do Golden Circle
POR QUE
COMO
O QUE
FOCO NO CLIENTE
Propósito da marca
Causa
Crença
Porque existe
Por que ela muda o mundo?
FOCO NO PROCESSO
Por que a marca é especial?
Por que o produto é especial?
O que diferencia da concorrência?
FOCO NO PRODUTO
Diferencial do produto
Por que as pessoas compram?
O que o produto muda na vida das pessoas?
ComunicaçãodoGoldeCirclevemdedentroparafora
GOLDEN CIRCLE
Simon Sinek
GOLDEN CIRCLE
A comunicação começa no Por Que (Propósito, Causa, Crença e Existência) da
marca para depois o que faz. O Golden Circle é o resumo do que a marca
acredita para se diferenciar no mercado.
No mundo do marketing, as marcas comuns dizem:
- O que fazem
- Como fazem
- Por que fazem
E isso não inspira ninguém a nada.
Marcas de sucesso inspiram as pessoas.
No Golden Circle, Porque faz, ou seja, no que acreditam é o diferencial para
iniciar a conquista de pessoas fieis, que compram o que a empresa acredita e
não o produto que ela vende
POR QUE
COMO
O QUE
ComunicaçãodoGoldeCirclevemdedentroparafora
GOLDEN CIRCLE
O objetivo não é fazer negócios com todo mundo que a marca precisa, mas sim
fazer negócios com pessoas que acreditam no que a marca acredita.
Pessoas seguem aqueles que lideram, não porque tem que seguir, mas porque
querem seguir. Pessoas seguem aqueles que lideram por elas mesmas. Pessoas
seguem o que as inspira.
A pergunta básica para achar o Golden Circle da marca:
No que a marca inspira as pessoas?
POR QUE
COMO
O QUE
ComunicaçãodoGoldeCirclevemdedentroparafora
PROPÓSITO
PROMESSA
POSICIONAMENTO
NARRATIVA
MISSÃO
 razão de ser de uma empresa, o
propósito pelo qual trabalham e se
esforçam os seus sócios e
colaboradores.
VISÃO
visão de futuro é querer chegar a algum lugar.
Deverá ser e conter o sonho de todos.
FILOSOFIA
Como a marca se posiciona em seu dia a dia,
como a empresa atua dentro da sua estrutura e
como isso é passado para o mercado
ATRIBUTOS
RACIONAIS
ATRIBUTOS
EMOCIONAIS
Conceitos racionais que a marca
defende em sua postura junto ao
mercado.
Atributos que falem com o
coração do consumidor, a ideia
que ele compra de marca, o que
ela prega e como ela atua
DEFINIÇÃO DO NEGÓCIO
Um breve resumo de 3 linhas do que a empresa é, o que
oferece e o que a diferencia do mercado
DIFERENCIAIS DO NEGÓCIO
Elencar 5 pontos essenciais que diferenciam o
negócio, marca e produtos do mercado,
entendendo o diferencia que a marca pode trazer
para a vidas das pessoas, apostando na
experiencia única e inesquecível
CONCEITO DA MARCA
O que é a marca.

"As pessoas não compram o que você vende, mas porque
você vende” - Responder a essa questão
PROMESSA DA MARCA
O que a marca promete para as pessoas? O que ela
vai entregar ao mercado? O propósito e o
posicionamento estão ligados a essa promessa
ARQUITETURA
MARCA
Monolítico
marca principal forte e única
Endossada
sinergia de marketing entre o produto ou a divisão e a
marca matriz
Independente
Série de marcas de consumo bem conhecidas.
Marcas ganham desempenho organizando melhor suas
ofertas. Independentemente do tamanho da sua
empresa, a arquitetura eficaz da marca podem
contribuir para melhor segmentar e menos
gastos para comunicar
INSIGHTS PESQUISA
Transformar os estudos e imersões em dados relevantes
que possam ser transformados em estratégias e narrativas
para a marca
COMPONENTES DA MARCA
Elementos que são únicos, que geram fácil identificação e
são inconfundíveis. Ícones, cores, formatos, tipologia,
elementos gráficos que se reconhece a marca de longe
A estratégia de sua marca, promessa de sua marca, a essência
de sua marca, seu caráter e personalidade devem ser bem
pensados e articulados por escrito, de moo que posam ser
transmitidos a todos os stakeholders. Esta é a única maneira de
impedir que sua marca se dilua com o impacto de todas as suas
relações com outras marcas, Sua marca crescerá e mudará a
media que se adapta ao novo ambiente, mas a tarefa que cabe
a você é a de garantir que ela continue forte e saudável
Agnieszka M. Winkler em Warp Speed Branding
O nível de confiança na marca se baseia no fato de não
haver desconexões entre a promessa e a experiência
A essência abrange tudo que
o a marca sonha em ser.
"Pense na importancia de criar uma marca tão forte que ela conseguiria
sobreviver a desastres que vão contra a promessa de marca”.
David Aaker, livro On Branding
PROPÓSITO
PROMESSA
POSICIONAMENTO
NARRATIVA
UMA MARCA TEM QUE TER UM POSICIONAMENTO CLARO E
CONSISTENTE E ESSENCIALMENTE UMA PROMESSA CONVINCENTE
POSICIONAMENTO ALINHA, NA MENTE DAS PESSOAS, TUDO O QUE A MARCA DIZ E FAZ
OS 7 PASSOS DE AL RIES PARA POSICIONAMENTO
•DEFINA OS VALORES DA EMPRESA
•FOQUE NO QUE SEU PRODUTO TEM DE MELHOR
•PROCURE ATENDER MERCADOS DE NICHO
•POSICIONAMENTO TEM CLAREZA
•HUMANIZE O POSICIONAMENTO DE SUA MARCA
•INSPIRE SEUS CONSUMIDORES A FAZER ALGO
•JAMAIS COPIE
POSICIONAMENTOS BEM-SUCEDIDOS TÊM
SIDO CONQUISTADOS À CUSTA DE MUITA
REFLEXÃO, MERGULHO NA VIDA DOS
CONSUMIDORES E OBSERVAÇÕES DO QUE
DIZEM DAS MARCAS CONCORRENTES
JAIME TROIANO, CEO DA TROIANOBRANDING
PROPÓSITO
PROMESSA
POSICIONAMENTO
NARRATIVA
TERRITÓRIOS DA MARCA
Mapa apenas representa territórios conquistados
e não que a marca irá operar nesses lugares.
Apenas uma ilustração para apresentar os
territórios que a marca precisa dominar
Mais importante
Importância média
Importância baixa
Legenda
Blindar territórios
Breve texto explicando qual território e porque a
marca precisa dominar.
Universo digital
Como?
Ações dentro do mapa digital
CONCORRENTES
CONCORRENTES
CONCORRENTES
CONCORRENTES Pilares mais importantes da marca
Narrativa de marca
Dentre todos os estudos apresentados até aqui,
o planejamento desenvolve histórias originais e
autênticas que amplificam o significado da
marca e transmitem valores ao invés de vender
um produto ou uma mensagem institucional,
porque isso a propaganda já faz e muito bem,
principalmente aquela que entretém onde isso
será usado em todos os pontos de contato da
marca com seus consumidores
CONSTRUÇÃO DA MENSAGEM
CARACTERÍSTICA PÚBLICO-ALVO PERCEPÇÃO DESEJADA PREFERÊNCIA PROPÓSITO DIFERENCIAIS PRODUTO
Um resumo executivo do perfil de
publico e como a marca precisa se
comunicar com esse(s) publico(s)
O que as pessoas precisam
saber da marca que se
diferencie da concorrência
O que a marca
oferece de
principal na
tomada de decisão
de compra
O que a
marca
promete e o
que a move
Por que as pessoas devem
comprar? O que muda na
vida delas? O que ele
diferencia da concorrencia?
Qual sua posição na
categoria?
Fica aqui definido como a marca vai se comunicar com seus públicos de acordo com toda a construção
dela, seguindo essa metodologia:
DAR AUTENTICIDADE DA MARCA
em toda a sua estratégia de comunicação
BRAND PERSONA
MAPA DE EMPATIA MATRIZ DE CONTEÚDO ARQUÉTIPOS
REDES SOCIAIS
BLOG
EMAIL MARKETING
SITE
INBOUND
MÍDIA
MAPADEEMPATIA
FM CONSULTORIA
Planejamento
Nessa metodologia se levanta termos,
conceitos, frases e percepções junto ao time do
cliente e também usando o que foi pesquisado
na etapa Voz das Ruas.
MATRIZDECONTEÚDO
FM CONSULTORIA
Planejamento
Os pontos levantados no processo de Mapa de Empatia,
geram, a matriz de Redes Sociais para que a marca saiba
pontos relevantes para comunicar com seu público
O primeiro diz respeito ao objetivo da marca. Ela quer
ser reconhecida ou influenciar diretamente na decisão de
compra do consumidor.
O segundo eixo se refere ao perfil dos clientes. A marca
deseja despertar uma reação emocional ou racional no
usuário.
ARQUÉTIPOS DA MARCA
Arquétipo é o “padrão original”. Dele derivam modelos que definem pessoas objetos
ou conceitos. O psiquiatra Carl Gustav Jung acreditava que a personalidade de cada
pessoa está ligada a algum tipo de arquétipo.
Há um inconsciente coletivo, camada mais profunda da psiquê, que retém informações
arquetípicas e impessoais, e seus conteúdos se manifestam nos indivíduos através de
alguns padrões.
Marcas precisam ter personalidade, portanto também precisam ser identificadas com
o seu arquétipo.
Carl Gustav Jung foi um psiquiatra e psicoterapeuta suíço que fundou a psicologia analítica. Jung propôs e
desenvolveu os conceitos de personalidade extrovertida e introvertida, arquétipo e inconsciente coletivo.


Originado na Grécia antiga, archein significa
“original ou velho” e typos que significa
“padrão, modelo ou tipo”. Arquétipo então é o
“padrão original” do qual todas as outras
pessoas similares, objetos ou conceitos são
derivados, copiados, modelados ou emulados.
Cada pessoa tem a sua personalidade. Ao
criar persona de marca usar o arquétipo é
mais do que indicado, é fundamental, para
trazer toda essa personalidade de marca
Carl Jung defendia que há um inconsciente
coletivo, que é a camada mais profunda da
psique, é constituído pelos materiais que foram
herdados, e é nele que residem os traços
funcionais, tais como imagens virtuais, que
seriam comuns a todos os seres humanos.
Os arquétipos constroem a identidade e podem
ser explorados através de uma forma mais
complexa e ampla. É o inconsciente coletivo,
compartilhados por todos nós, repleto de
desejos comuns.

ARQUÉTIPOS DA MARCA
OS ARQUÉTIPOS REPRESENTAM ASPECTOS FUNDAMENTAIS DA CONDIÇÃO HUMANA.
ELES TOCAM NOSSOS MOTIVOS MAIS PROFUNDOS E
PROPORCIONAM UMA ESTRUTURA FIRME PARA O SENSO DE SIGNIFICADO.
Palestra arquetipos de mkt
BREVE DEFINIÇÃO DE CADA ARQUÉTIPO
Otimista, a vida
pode ser mais
simples
Curte desafios,
estimula a busca de
novos rumos
Disseminar
conhecimento
Honra, vitória
e triunfo
Foge as regras e
padrões e não se
importa com as
opiniões alheias
Sem saber que era
impossível, foi lá
e fez
Senso comunitário,
pertencer
Sensorial e visão
romântica
Divertido e impulsivo Cuidar do próximo,
confiança e empatia
Auto expressão,
deixar um legado
tangível
Controlar,
determinar o que é
bom para
as pessoas
LEMA: " SOMOS LIVRES PARA SER VOCÊ E EU"
O INOCENTE QUE EXISTE EM CADA UM DE NÓS QUER VIVER NAQUELA TERRA PERFEITA, ONDE
"SOMOS LIVRES PARA SER VOCÊ E EU"
MESMO EM UMA SOCIEDADE MAIS MATERIALISTA E COMPETITIVA, O ARQUÉTIPO DO INOCENTE
ESTÁ ASSOCIADO AOS PRAZERES SIMPLES, OS VALORES BÁSICOS E A UM ATRIBUTO SAUDÁVEL
QUE FAZ DELE O SIGNIFICADO AO SER ESCOLHIDO PARA PRODUTOS NATURAIS, SABONETES,
ALIMENTOS PARA O DESJEJUM E OUTROS PRODUTOS DOMÉSTICOS. É FREQUENTE HAVER ALGO
ABERTAMENTE INFANTILIZADO MESMO NOS ANÚNCIOS DIRIGIDOS AOS ADULTOS, QUANDO O
ARQUÉTIPO DO INOCENTE É EVOCADO.
PAPEL IMPLÍCITO AO INOCENTE PROMETE O RESGATE PREVISÍVEL, TEM APELO PARA O DESEJO
PESSOAL DE RESGATE. A RESSONÂNCIA COM ARQUÉTIPO DO INOCENTE ANSEIO PELO EMPREGO
PERFEITO, PAR PERFEITO, CELULAR PERFEITO, POR FILHOS PERFEITOS E PELA VIDA REAL.
MESMO EM UMA SOCIEDADE MAIS MATERIALISTA E COMPETITIVA, O ARQUÉTIPO DO INOCENTE
ESTÁ ASSOCIADO AOS PRAZERES SIMPLES, OS VALORES BÁSICOS E A UM ATRIBUTO SAUDÁVEL
QUE FAZ DELE O SIGNIFICADO AO SER ESCOLHIDO PARA PRODUTOS NATURAIS, SABONETES,
ALIMENTOS PARA O DESJEJUM E OUTROS PRODUTOS DOMÉSTICOS.
É FREQUENTE HAVER ALGO ABERTAMENTE INFANTILIZADO MESMO NOS ANÚNCIOS DIRIGIDOS
AOS ADULTOS, QUANDO O ARQUÉTIPO DO INOCENTE É EVOCADO
COCA-COLA: AMIZADE, PRAZER SIMPLES E SER LIVRE
MC DONALDS: NOSTALGIA, SIMPLICIDADE
LEMA: "NÃO LEVANTE CERCAS À MINHA VOLTA"
A JORNADA DOS EXPLORADORES É UMA EXPERIÊNCIA AO MESMO TEMPO INTERNA E EXTERNA,
PORQUE ELES SÃO MOTIVADOS POR UM PROFUNDO DESEJO DE ENCONTRAR, NO MUNDO
EXTERIOR, AQUILO QUE SE ADAPTA ÀS SUAS NECESSIDADES, PREFERÊNCIAS E ESPERANÇAS
INTERIORES.
O EXPLORADOR TAMBÉM É CONHECIDO COMO BUSCADOR, AVENTUREIRO, ICONOCLASTA,
ANDARILHO, INDIVIDUALISTA, PEREGRINO, DESCOBRIDOR, ANTI-HERÓI E REBELDE
PRODUTOS SERVIÇOS QUE INCORPORAM COM SUCESSO A QUALQUER TIPO DE EXPLORADOR
DEVEM SERVIR COMO ACESSÓRIOS ÚTEIS NAS JORNADAS EXPLORADOR. SÓ ASSIM ELES
CRIARAM ALGUM TIPO DE LEALDADE À MARCA
O NOVO CONSUMIDOR BUSCA A AUTENTICIDADE DO PRODUTO COMO MEIO DE
EXPRESSAR SUA INDIVIDUALIDADE É MAIS BEM INFORMADO, ENVOLVE-SE PROFUNDAMENTE
NAS SUAS DECISÕES DE COMPRA E É ALTAMENTE INQUIETO. OS NOVOS CONSUMIDORES
VALORIZAM MAUS A MUDANÇA O QUE A COERÊNCIA:
POR ISSO, A LEALDADE À MARCA NÃO É UM VALOR NATURAL PARA ELES.
AS PESSOAS QUE ESTÃO VIVENDO AS HISTÓRIAS DO EXPLORADOR PROVAVELMENTE SERÃO
LEAIS AOS PRODUTOS QUE CARREGAM O SIGNIFICADO ARQUÉTIPO DE AUTENTICIDADE E
LIBERDADE
LAND ROVER: ENCONTRAR, AVENTURA, JORNADA EXPLORAÇÃO
HEINEKEN: INDIVIDUALISTA, NECESSIDADE PRÓPRIA
LEMA: “A VERDADE LIBERTARÁ VOCÊ"
QUEREM SER LIVRES PARA PENSAR POR SI MESMOS E SUSTENTAR AS PRÓPRIAS OPINIÕES. O SÁBIO
ESTÁ ASSOCIADO ÀS IDEIAS CLARAS, MAS TALVEZ LHE FALTEM CARISMA E ENCANTO SOCIAL.
AS MARCAS DO SÁBIO PODEM OFERECER INFORMAÇÃO, AJUDAM O CONSUMIDOR A TOMAR
DECISÕES MAIS INTELIGENTES.
QUANDO O SÁBIO ESTÁ ATIVO NA VIDA DOS CONSUMIDORES, ELES SENTEM UM AGUDO
INTERESSE EM APRENDER POR APRENDER. PARA OS SÁBIOS, UMA COMPRA É UMA
TRANSAÇÃO RACIONAL.
QUEREM INFORMAÇÕES SOBRE A QUALIDADE DO BEM OU SERVIÇO À VENDA E SEU CUSTO,
DEPOIS QUEM TOMAR A DECISÃO LÓGICA COM BASE NESSAS INFORMAÇÕES. SE NESSE
PROCESSO, POREM, VOCÊ OS AJUDAR A SE SENTIREM COMO UM PERITO, É MAIS PROVÁVEL
QUE ELES COMPREM DO QUE SE VOCÊ OS FIZER SENTIREM CONFUSOS, INCOMPETENTES OU
PRESSIONADO.
GOSTAM DE FAZER O TRABALHO DO SEU PRÓPRIO JEITO.
SÃO LIVRES PARA TOMAR DECISÕES AUTÔNOMAS. CONDUZEM QUAISQUER PESQUISAS POR
QUE POSSAM SE INTERESSAR, SOB A PROTEÇÃO DA LIBERDADE ACADÊMICA.
FGV: LIVRES PENSAR POR SI, SEMPRE APRENDENDO
AUDI: DECISÕES AUTONOMAS, DECISÃO INTELIGENTE
LEMA: “ONDE HÁ VONTADE, HÁ UM CAMINHO”
O HERÓI QUER FAZER DO MUNDO UM LUGAR MELHOR.
ESSE ARQUÉTIPO AJUDA A DESENVOLVER A ENERGIA, DISCIPLINA, O FOCO E A DETERMINAÇÃO.
AS IMAGENS ASSOCIADAS AO HERÓI INCLUEM ÁREAS QUE EXIGEM APTIDÃO E AGILIDADE,
QUALQUER COISA QUE SE MOVA VELOZMENTE E QUALQUER COISA QUE SEJA PODEROSA
HERÓI SE FORTALECE COM O DESAFIO.
OS HERÓIS SENTEM ORGULHO DE SUA DISCIPLINA, SEU FOCO E CAPACIDADE DE FAZER ESCOLHAS
ADUAS, SEU SEGREDO É QUE ELES SÃO, NÃO APENAS O QUE ELES FAZEM.
CADA VEZ MAIS, O PUBLICO E O CONSUMIDOR ESPERAM QUE ESSAS VISÕES EMPRESARIAIS
REFLITAM ALGUM SENSO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL, QUANDO FIZER MARKETING PARA O
HERÓI, SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ SENDO AVALIADO NÃO SÓ PELA QUALIDADE DOS SEUS
PRODUTOS OU SERVIÇOS, MAS TAMBÉM PELA FORÇA E PELA ÉTICA DE SUAS CONVICÇÕES
NIKE: DESAFIO, DISCIPLINA, LUGAR MELHOR
RED BULL: RESPONSABILIADE SOCIAL,ÉTICA
LEMA: “AS REGRAS SÃO FEITAS PARA SER QUEBRADAS”
FORA-DA-LEI SÃO FIÉIS AOS VALORES MAIS PROFUNDOS E VERDADEIROS, NÃO AOS VALORES
DOMINANTES, SÃO FIGURAS ROMÂNTICAS PRONTAS A REPRESENTAR UMA SOCIEDADE QUE
SUCUMBIU À TIRANIA, À REPRESSÃO, AO CONFORMISMO OU AO CINISMO.
FORA-DA-LEI SE CONTENTA EM SER TEMIDO.
A RAIVA TENDE A SER PROVOCADA QUANDO ELE SE SENTE DESPREZADO COMO PESSOA.
O FORA-DA-LEI LIBERTA AS PAIXÕES REPRIMIDAS DA SOCIEDADE.
O FORA-DA-LEI É CONHECIDO COMO REBELDE, REVOLUCIONÁRIO, VILÃO, SELVAGEM,
DESAJUSTADO, INIMIGO OU ICONOCLASTA.
QUANDO O FORA-DA-LEI ESTÁ ATIVO NOS INDIVÍDUOS, ELES PODEM SE SENTIR APARTADOS DA
CULTURA DOMINANTE E DESPREZAR SUAS REGRAS. O FORA-DA-LEI QUER DESTRUIR AS COISAS,
PRODUZIR UMA REVOLUÇÃO, SUMIR COM ALGUMA COISA OU APENAS SENTIR A EXCITAÇÃO DE
SER UM POUCO MALVADO. O FORA-DA-LEI VIVENCIA COM RAIVA E VIOLÊNCIA.
PESSOAS RESPONSÁVEIS E TRABALHADORAS SE SENTEM ATRAÍDAS PARA AS MARCAS O
ARQUÉTIPO FORA-DA-LEI, COMO MEIO DE DESABAFO.
HARLEY-DAVIDSON: QUEBRA REGRAS, DESABAFO
APPLE: MAÇÃ FRUTO PROIBIDO, ROMANTICA, RAIVA DO
MUNDO COMO ERA
LEMA: “PODE ACONTECER”
O ASPECTO MAIS BÁSICO DO MAGO É O DESEJO DE PROCURAR LEIS FUNDAMENTAIS QUE
GOVERNAM O FUNCIONAMENTO DAS COISAS E APLICAR ESSES PRINCÍPIOS PARA QUE AS
COISAS ACONTEÇAM.
AS MARCAS DO MAGO INCLUEM TODAS AQUELAS QUE PROMOVEM “MOMENTOS MÁGICOS”,
INCLUEM DIVERSOS COSMÉTICOS, PRODUTOS À BASE DE ERVAS, POÇÕES E CAMPANHAS
FITNESS QUE PROMETEM A FONTE DA JUVENTUDE.
O ESPÍRITO MAGO É FACILMENTE EVOCADO QUANDO O PRODUTO TEM ORIGENS EXÓTICAS
OU ANTIGAS, OU QUANDO ELE ENVOLVE ALGUM RITUAL ESPECIAL.
UM PUBLICO CADA VEZ MAIS AMPLO ESTÁ SE INTERESSANDO PELA MEDICINA CORPO-MENTE.
AS PESSOAS MÁGICAS GERALMENTE TEM SONHOS QUE OS OUTROS CONSIDERAM IMPOSSÍVEIS,
MAS A ESSÊNCIA A MAGIA É TER UMA VISÃO E CAMINHAR DIRETAMENTE PARA DENTRO DELA.
AS IMAGENS MAIS CONSISTENTES ASSOCIADAS AOS MAGOS SÃO OS SINAIS NOS CÉUS - ARCO-
ÍRIS, ESTRELAS CADENTES, GALÁXIAS E DISCO VOADORES.
MAGO ESTÁ ATIVO NOS INDIVÍDUOS, SÃO CATALISADORES DA MUDANÇA.
CONFIANDO NA SINCRONIDADE. A CONSCIÊNCIA PRECEDE A EXISTÊNCIA, PORTANTO, SE VOCÊ
QUER MUDAR O SEU MUNDO, COMECE MUDANDO SUAS PRÓPRIAS ATITUDES E
COMPORTAMENTOS.
O ARQUÉTIPO DO MAGO É MUITO FORTE EM TODO O CAMPO O MARKETING, QUE TRABALHA
COM A INFLUÊNCIA A CONSCIÊNCIA HUMANA SOBRE O COMPORTAMENTO.
MASTERCARD: SUPREEENDA. MOMENTO MÁGICO QUE
TRANSFORMA DINHEIRO EM PRODUTOS
AXE: ATITUDES E COMPORTAMENTOS DAS PESSOAS SÃO
DESAFIADAS PELA MARCA
LEMA: “TODOS OS HOMENS E MULHERES SÃO CRIADOS IGUAIS”
O CARA COMUM É UMA PESSOA QUE USARÁ ROUPAS TÍPICAS DA CLASSE TRABALHADORA E
FALARÁ DE UM MODO COLOQUIAL. O VALOR SUBJACENTE É QUE TODOS SÃO IMPORTANTES,
TAIS COMO SÃO.
SEU CREDO É QUE AS COISAS BOAS DA VIDA PERTENCEM A TODOS COMO DIREITO DE
NASCENÇA, NÃO APENAS A UMA ARISTOCRACIA OU MESMO UMA MERITOCRACIA
O CARA COMUM TAMBÉM É CONHECIDO COMO O BOM COMPANHEIRO, A GAROTA MÉDIA, O
ZÉ-POVINHO, O HOMEM COMUM, A MOÇA DA PORTA AO LADO, O REALISTA, O TRABALHADOR,
O CIDADÃO SÓLIDO, O BOM VIZINHO
A DIGNIDADE DO HOMEM (OU MULHER) COMUM
O CARA COMUM É O CIDADÃO SOLIDO QUE FAZ A VIDA FUNCIONAR.
AS MARCAS DO CARA COMUM TAMBÉM CONFORTAM PESSOAS, AFIRMANDO QUE ELAS SÃO
OK DO JEITO QUE SÃO.
NO MUNDO AGITADO E APRESSADO DE HOJE, A SOLIDÃO É UM PROBLEMA PARA MUITAS
PESSOAS. QUANTO MAIS EMOCIONALMENTE CARENTE FOR UMA PESSOA, TANTO MAIS ELA
BUSCARÁ CONEXÃO NAS TRANSAÇÕES COMERCIAIS.
OFERECER UM PONTO DE CONEXÃO ÀS PESSOAS AUMENTARÁ IMENSAMENTE A LEALDADE
DELAS PARA COM A MARCA.
HERING: REALISTA, BOM COMPANHEIRO
BRAHMA: VIDA FUNCIONAL, TRABALHADOR
LEMA: “SÓ TENHO OLHOS PARA VOCÊ”
AS MARCAS DO AMANTE SÃO COMUNS NAS INDUSTRIAS E COSMÉTICOS, JOALHERIA, MODA E
TURISMO. QUALQUER MARCA QUE PROMETA IMPLICITAMENTE BELEZA E ATRAÇÃO SEXUAL É
UMA MARCA DO AMANTE.
O ARQUÉTIPO DO AMANTE GOVERNA TODOS OS TIPOS DE AMOR HUMANO. A BUSCA DO
VERDADEIRO AMOR CONTINUA, DA SEDUÇÃO, PARA FAZER PARTE DA VIDA DA MAIORIA DAS
PESSOAS. COMO ARQUÉTIPO, O AMANTE TAMBÉM ESTÁ ATIVO NAS AMIZADES INTENSAS E
PESSOAIS, ALGO QUE É REALMENTE ESPECIAL PARA AS PESSOAS
OS AMANTES SE VEEM COMO PESSOAS CAPAZES DE APRECIAR MARAVILHOSAMENTE OS
OUTROS. ESTÁ É UMA SUBESTRUTURA DE COMPETITIVIDADE QUE GERALMENTE É INCONSCIENTE
E DESCONHECIDA.
O DESEJO SUBJACENTE É O DE ATRAIR, DAR AMOR E EXPRESSAR AFEIÇÃO DE MANEIRA ÍNTIMA
E PRAZEROSA, INCLUI ACARICIAR, COMPARTILHAR OS SEGREDOS DO PRÓPRIO CORAÇÃO E
CRIAR VÍNCULOS POR MEIO DE GOSTOS E AVERSÕES EM COMUNS.
AMANTES SÃO TAMBÉM CONHECIDOS COMO PARCEIROS, AMIGOS, OS ÍNTIMOS,
CASAMENTEIROS, ENTUSIASTAS, ESPECIALISTAS, SENSUALISTAS, CÔNJUGES CONSTRUTORES DE
EQUIPES E HARMONIZADORES.
CHANEL: BELEZA, ATRAÇÃO SEXUAL
KOPENHAGEN: SEDUÇÃO, AMOR, APRECIAR O QUE É BELO
LEMA: “SE EU NÃO PUDER DANÇAR, NÃO QUERO TOMAR PARTE DA SUA REVOLUÇÃO”
O BOBO DA CORTE NOS PEDE PARA SAIR E BRINCAR UNS COM OS OUTROS.
SE SOLTA IRRESTRITAMENTE, DEMONSTRANDO UMA FÉ INQUEBRANTÁVEL NO FATO DE QUE
UMA PESSOA PODE SER REALMENTE ELA MESMA E AINDA SIM SER ACEITA E MESMO
ADORADA PELOS OUTROS, PORQUE QUASE TODOS NÓS TEMOS SEDE DE MAIS DIVERSÃO.
CONECTAR QUALQUER UM DE NÓS COM A NOSSA CRIANÇA INTERIOR QUE AMA AS
BRINCADEIRAS E TRAVESSURAS.
O BOBO DA CORTE É O ARQUÉTIPO MAIS ÚTIL PARA SE LIDAR COM OS ABUSOS DO MUNDO
MODERNO E COM AS BUROCRACIAS ANÔNIMAS E AMORFAS DE HOJE.
SUA MAIOR FELICIDADE É QUEBRAR AS REGRAS. A DISPOSIÇÃO DO BOBO DA CORTE DE QUEBRAR AS
REGRAS LEVA A IDEIAS INOVADORAS, FORA DOS PADRÕES CONVENCIONAIS. O BOBO DA CORTE
TAMBÉM PROMETE QUE ATIVIDADES QUE NORMALMENTE SERIAM VISTAS COMO TEDIOSAS OU
ABORRECIDAS PODEM SER DIVERTIDAS. O
BOBO DA CORTE DETESTA OS ESTRAGA-PRAZERES, AS PESSOAS SÉRIAS DEMAIS E AQUELES QUE NÃO
TEM SENSO DE HUMOR. A TENDENCIA É SEMPRE BRINCAR COM A VIDA.
O BOBO DA CORTE TAMBÉM É CONHECIDO COMO O TOLO, O BOBO, O MALANDRO, O TROCISTA,
O BLEFISTA, O TROCADILHISTA, O ANIMADOR, O PALHAÇO, O TRAVESSO, O TROTADOR OU O
COMEDIANTE
M&M: CRIANÇA INTERIOR, DETESTA O SÉRIO
SKOL: COMEDIANTE, SER VOCÊ MESMO
LEMA: “AMA TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO”
O PRESTATIVO É UM ALTRUÍSTA, MOVIDO PELA COMPAIXÃO, PELA
GENEROSIDADE E PELO DESEJO DE AJUDAR OS OUTROS. TEM SIDO
ASSOCIADO AOS SENTIMENTOS TANTO MATERNAIS QUANTO PATERNAIS DE
PROTEGER OS FILHOS, FAZER O QUE FOR PRECISO PARA CUIDAR DELES.
MEDOS PROFUNDOS PASSAM POR EXERCER CONTROLE EXCESSIVO E SER
CONTROLADO.
FILÃO CONTEMPORÂNEO, AS MARCAS E CAMPANHAS DO PRESTATIVO CELEBRAM A CAPACIDADE
DE ZELO DOS HOMENS, APESAR DAS MUITAS PRESSÕES CONTRÁRIAS QUE ELES ENFRENTAM,
SÃO MAIS DO QUE TOCANTES, SÃO PODEROSAS VALIDAÇÕES SOCIAIS AS MELHORES
INTENÇÕES DA MAIORIA DOS HOMENS.
ESSAS MARCAS, QUE CONCILIAM O INSTINTO ZELOSO COM UM MUNDO QUE
FREQUENTEMENTE O DESVALORIZA, SÃO EFICAZES NÃO APENAS NO MERCADO, ELAS
DESEMPENHAM UM PAPEL CONSTRUTIVO NA EVOLUÇÃO DA NOSSA CULTURA.
O MARKETING EFICAZ ENFATIZA A PREOCUPAÇÃO COM O CONSUMIDOR. AS MARCAS SÁBIAS
COMPREENDERÃO QUE O ARQUÉTIPO DO PRESTATIVO HOJE SE EXPRESSA NÃO SÓ NA FAMÍLIA,
MAS TAMBÉM NO MUNDO.
VOLVO: ZELO E PREOCUPAÇÃO COM AS PESSOAS
PORTO SEGURO: GENEROSIDADE, COMPAIXÃO
LEMA: “SE PODE SER IMAGINADO, PODERÁ SER CRIADO”
O CRIADOR É VISTO NO ARTISTA, NO ESCRITOR, NO INOVAR E NO EMPRESÁRIO, BEM
COMO EM QUALQUER ATIVIDADE QUE UTILIZE A IMAGINAÇÃO HUMANA. A PAIXÃO DO
CRIADOR É A AUTO-EXPRESSÃO NA FORMA MATERIAL. AS MARCAS SÃO INERENTEMENTE
NÃO-CONFORMISTAS E LIDAM COM AUTO-EXPRESSÃO.
AS PESSOAS QUEREM TER GRANDE LIBERDADE DE AÇÃO PARA EXPRESSAR SUA CRIATIVIDADE,
COM UM MÍNIMO DE CONTROLES.
O PESSOAL DA ÁREA DE MARKETING PRECISA RECONHECER QUE ESTÁ ATUANDO NO CAMPO
DAS ARTES.
O MARKETING EXERCE IMPORTANTE INFLUENCIA SOBRE A SOCIEDADE A QUAL VIVEMOS. O
CRIADOR EXIGE QUE ESTEJAMOS À ALTURA DESSE ARQUÉTIPO E QUE PERCEBAMOS, TANTO
QUANTO POSSÍVEL, O IMPACTO DAS IMAGENS, SÍMBOLOS E DAS HISTÓRIAS SOBRE A PSIQUE
COLETIVA
LEGO: ARTISTA, IMAGINAÇÃO HUMANA
FABER-CASTELL: INOVADOR, EXPRESSÃO, IMPACTO VISUAL
LEMA: “O PODER NÃO É TUDO… É SÓ O QUE IMPORTA”
QUANDO IMAGINAR O ARQUÉTIPO DO GOVERNANTE, PENSE EM QUALQUER PESSOAS QUE TENHA
UM ESTILO DOMINADOR E AUTORITÁRIO. A MELHOR COISA A FAZER PARA EVITAR O CAOS É
ASSUMIR O CONTROLE.
CONQUISTAR E MANTER O PODER É A SUA MOTIVAÇÃO BÁSICA.
INDIVÍDUOS GOSTAM DE ASSUMIR PAPÉIS DE LIDERANÇA E DE ESTAR NO CONTROLE. AS PESSOAS
COM FORTES TENDÊNCIAS DO ARQUÉTIPO DO GOVERNANTE SE PREOCUPAM COM ASSUNTOS
LIGADOS À IMAGEM, AO STATUS E AO PRESTÍGIO.
A APARÊNCIA AUMENTA O PODER. O GOVERNANTE AJUDA UM INDIVIDUO A SE TORNAR RICO,
PODEROSO E BEM ASSENTADO EM SEU CAMPO DE AÇÃO E EM SUA COMUNIDADE.
O GOVERNANTE TEM A HABILIDADE POLITICA NECESSÁRIA PARA CONQUISTAR O APOIO DOS
DIVERSOS GRUPOS ENVOLVIDOS.
AS MARCAS PRECISAM SEGUIR FIEIS A UM ÚNICO ARQUÉTIPO, IRRESISTÍVEL E IDENTIFICÁVEL. A
GRANDE MARCA DO GOVERNANTE CONHECE SEUS CONSTITUINTES TÃO BEM QUE PREVÊ SUAS
NECESSIDADES MAIS PROFUNDAR.
FOCALIZAM MENOS O STATUS E MAIS O CONTROLE E A CAPACIDADE DE CUMPRIR AS PRÓPRIAS
RESPONSABILIDADES: TRABALHO, FAMÍLIA E SAÚDE PESSOAL
MERCEDES: DOMINADOR, PODER, AUTORIDADE
MONTBLANC: DOMINADOR, LIDERAR, RESPONSABILIDADES
A COMUNICAÇÃO TEM QUE SER MUITO MAIS DO
QUE APENAS POST OU FRASES. ELA PRECISA
CONQUISTAR O CORAÇÃO E O SUBCONSCIENTE
DAS PESSOAS
Obrigado
felipe@felipemorais.com
Facebook.com/plannerfelipe
@plannerfelipe
Linkedin.com/plannerfelipe
Planejamento Estratégico Digital - Ed. Saraiva
Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC a era Telê - Ed. Inova

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Branding aula 3 diego gervaes
Branding aula 3 diego gervaesBranding aula 3 diego gervaes
Branding aula 3 diego gervaes
Diego Gervaes
 
Uma análise do uso de arquétipos em diversas estratégias de Marketing
Uma análise do uso de arquétipos em diversas estratégias de MarketingUma análise do uso de arquétipos em diversas estratégias de Marketing
Uma análise do uso de arquétipos em diversas estratégias de Marketing
Diego Andreasi
 
Naming como processo do Branding
Naming como processo do BrandingNaming como processo do Branding
Naming como processo do Branding
Gusmachado
 
Marketing Sensorial. Perceber o efeito dos cinco sentidos na decisão do utili...
Marketing Sensorial. Perceber o efeito dos cinco sentidos na decisão do utili...Marketing Sensorial. Perceber o efeito dos cinco sentidos na decisão do utili...
Marketing Sensorial. Perceber o efeito dos cinco sentidos na decisão do utili...
Cristina Vaz de Almeida
 
Oficina de campanha publicitária
Oficina de campanha publicitáriaOficina de campanha publicitária
Oficina de campanha publicitária
André Bomfim
 
Aula Branding - Branding Equity
Aula Branding - Branding EquityAula Branding - Branding Equity
Aula Branding - Branding Equity
Gabriel Ferraciolli
 
O herói e o fora da-lei 1
O herói e o fora da-lei 1O herói e o fora da-lei 1
O herói e o fora da-lei 1
Samantha Col Debella
 
Posicionamento objetivos estratégias e táticas
Posicionamento objetivos estratégias e táticasPosicionamento objetivos estratégias e táticas
Posicionamento objetivos estratégias e táticas
Ciro Gusatti
 
Branding e Posicionamento - As duas ferramentas mais importantes para a sua M...
Branding e Posicionamento - As duas ferramentas mais importantes para a sua M...Branding e Posicionamento - As duas ferramentas mais importantes para a sua M...
Branding e Posicionamento - As duas ferramentas mais importantes para a sua M...
Reinaldo Cirilo
 
Branding - Um Passeio pelo Universo das Marcas
Branding - Um Passeio pelo Universo das MarcasBranding - Um Passeio pelo Universo das Marcas
Branding - Um Passeio pelo Universo das Marcas
Holistik Brands
 
Arquitetura de marca
Arquitetura de marcaArquitetura de marca
Arquitetura de marca
Bartira Pykalainen
 
Branding - Gestão de Marcas
Branding - Gestão de MarcasBranding - Gestão de Marcas
Branding - Gestão de Marcas
Breno Brito
 
Plano de Marketing - passo a passo
Plano de Marketing - passo a passoPlano de Marketing - passo a passo
Plano de Marketing - passo a passo
Samantha Col Debella
 
Marketing digital
Marketing digitalMarketing digital
Marketing digital
GrupoAlves - professor
 
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
Marcelo Trevisani
 
Aula 4 - O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
Aula 4 -  O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...Aula 4 -  O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
Aula 4 - O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
Pedro Cordier
 
Marketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e PropagandaMarketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e Propaganda
Ciro Gusatti
 
Gestão de Conteudo para Midias Sociais
Gestão de Conteudo para Midias SociaisGestão de Conteudo para Midias Sociais
Gestão de Conteudo para Midias Sociais
Lisandra Maioli
 
Arquitetura de marca
Arquitetura de marcaArquitetura de marca
Arquitetura de marca
Stephan Younes
 
Aula2 identidade de marca
Aula2 identidade de marcaAula2 identidade de marca
Aula2 identidade de marca
BrandAnalytics
 

Mais procurados (20)

Branding aula 3 diego gervaes
Branding aula 3 diego gervaesBranding aula 3 diego gervaes
Branding aula 3 diego gervaes
 
Uma análise do uso de arquétipos em diversas estratégias de Marketing
Uma análise do uso de arquétipos em diversas estratégias de MarketingUma análise do uso de arquétipos em diversas estratégias de Marketing
Uma análise do uso de arquétipos em diversas estratégias de Marketing
 
Naming como processo do Branding
Naming como processo do BrandingNaming como processo do Branding
Naming como processo do Branding
 
Marketing Sensorial. Perceber o efeito dos cinco sentidos na decisão do utili...
Marketing Sensorial. Perceber o efeito dos cinco sentidos na decisão do utili...Marketing Sensorial. Perceber o efeito dos cinco sentidos na decisão do utili...
Marketing Sensorial. Perceber o efeito dos cinco sentidos na decisão do utili...
 
Oficina de campanha publicitária
Oficina de campanha publicitáriaOficina de campanha publicitária
Oficina de campanha publicitária
 
Aula Branding - Branding Equity
Aula Branding - Branding EquityAula Branding - Branding Equity
Aula Branding - Branding Equity
 
O herói e o fora da-lei 1
O herói e o fora da-lei 1O herói e o fora da-lei 1
O herói e o fora da-lei 1
 
Posicionamento objetivos estratégias e táticas
Posicionamento objetivos estratégias e táticasPosicionamento objetivos estratégias e táticas
Posicionamento objetivos estratégias e táticas
 
Branding e Posicionamento - As duas ferramentas mais importantes para a sua M...
Branding e Posicionamento - As duas ferramentas mais importantes para a sua M...Branding e Posicionamento - As duas ferramentas mais importantes para a sua M...
Branding e Posicionamento - As duas ferramentas mais importantes para a sua M...
 
Branding - Um Passeio pelo Universo das Marcas
Branding - Um Passeio pelo Universo das MarcasBranding - Um Passeio pelo Universo das Marcas
Branding - Um Passeio pelo Universo das Marcas
 
Arquitetura de marca
Arquitetura de marcaArquitetura de marca
Arquitetura de marca
 
Branding - Gestão de Marcas
Branding - Gestão de MarcasBranding - Gestão de Marcas
Branding - Gestão de Marcas
 
Plano de Marketing - passo a passo
Plano de Marketing - passo a passoPlano de Marketing - passo a passo
Plano de Marketing - passo a passo
 
Marketing digital
Marketing digitalMarketing digital
Marketing digital
 
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
O que faz uma marca forte? Projeto de Branding Digital
 
Aula 4 - O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
Aula 4 -  O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...Aula 4 -  O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
Aula 4 - O Marketing de Mídias Sociais e Conteúdo - Disciplina Planejamento ...
 
Marketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e PropagandaMarketing e Publicidade e Propaganda
Marketing e Publicidade e Propaganda
 
Gestão de Conteudo para Midias Sociais
Gestão de Conteudo para Midias SociaisGestão de Conteudo para Midias Sociais
Gestão de Conteudo para Midias Sociais
 
Arquitetura de marca
Arquitetura de marcaArquitetura de marca
Arquitetura de marca
 
Aula2 identidade de marca
Aula2 identidade de marcaAula2 identidade de marca
Aula2 identidade de marca
 

Semelhante a Palestra arquetipos de mkt

Metodologia 5Ps de Branding
Metodologia 5Ps de BrandingMetodologia 5Ps de Branding
Metodologia 5Ps de Branding
FM Consultoria em Planejamento
 
Fundamentos de Branding
Fundamentos de BrandingFundamentos de Branding
Fundamentos de Branding
Daniele Zandoná
 
Tenha Mais Mercado em 2010
Tenha Mais Mercado em 2010Tenha Mais Mercado em 2010
Tenha Mais Mercado em 2010
Emerson Oliveira
 
Aula 03 / Fundamentos de Brandng e Marketing Digital
Aula 03 / Fundamentos de Brandng e Marketing DigitalAula 03 / Fundamentos de Brandng e Marketing Digital
Aula 03 / Fundamentos de Brandng e Marketing Digital
Formação Aprendiz em Mídias Digitais
 
Apresentação Adcomm Brasil 2014
Apresentação Adcomm Brasil 2014Apresentação Adcomm Brasil 2014
Apresentação Adcomm Brasil 2014
pauloprobst
 
Apresentação Pilar Comunicação
Apresentação Pilar ComunicaçãoApresentação Pilar Comunicação
Apresentação Pilar Comunicação
André Pitelli
 
Up Digital Marketing_Aula 1_Nectus.pptx
Up Digital Marketing_Aula 1_Nectus.pptxUp Digital Marketing_Aula 1_Nectus.pptx
Up Digital Marketing_Aula 1_Nectus.pptx
ATRONTECNOLOGIA
 
Apresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASILApresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASIL
r-learning
 
Apresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASILApresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASIL
r-learning
 
Apresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASILApresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASIL
r-learning
 
Apresentação GEMA BRASL
Apresentação GEMA BRASLApresentação GEMA BRASL
Apresentação GEMA BRASL
r-learning
 
Apresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASILApresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASIL
r-learning
 
Planejamento de marketing #1
Planejamento de marketing #1Planejamento de marketing #1
Planejamento de marketing #1
Alexandre Rodriguez
 
Construção de Marca - Studio Gráfico - 2021-02
Construção de Marca - Studio Gráfico - 2021-02Construção de Marca - Studio Gráfico - 2021-02
Construção de Marca - Studio Gráfico - 2021-02
Renato Melo
 
Ebook Gestão de Marcas - Deskfy
Ebook Gestão de Marcas - DeskfyEbook Gestão de Marcas - Deskfy
Ebook Gestão de Marcas - Deskfy
Deskfy
 
Conexão Digital: Marketing Digital, Inbound e Novas Mídias
Conexão Digital: Marketing Digital, Inbound e Novas MídiasConexão Digital: Marketing Digital, Inbound e Novas Mídias
Conexão Digital: Marketing Digital, Inbound e Novas Mídias
Gui Nery
 
Gestão da Marca pessoal 05_outubro
Gestão da Marca pessoal 05_outubroGestão da Marca pessoal 05_outubro
Gestão da Marca pessoal 05_outubro
Marcia Auriani
 
Aula 8 - Posicionamento de mercado aula pratica
Aula 8 - Posicionamento de mercado aula praticaAula 8 - Posicionamento de mercado aula pratica
Aula 8 - Posicionamento de mercado aula pratica
larissalopesbarbosa
 
Diferenciar -Brand Gap
Diferenciar -Brand Gap  Diferenciar -Brand Gap
Diferenciar -Brand Gap
Julio Jesus
 
BRAND GAP-DIFERENCIAR
BRAND GAP-DIFERENCIARBRAND GAP-DIFERENCIAR
BRAND GAP-DIFERENCIAR
Julio Jesus
 

Semelhante a Palestra arquetipos de mkt (20)

Metodologia 5Ps de Branding
Metodologia 5Ps de BrandingMetodologia 5Ps de Branding
Metodologia 5Ps de Branding
 
Fundamentos de Branding
Fundamentos de BrandingFundamentos de Branding
Fundamentos de Branding
 
Tenha Mais Mercado em 2010
Tenha Mais Mercado em 2010Tenha Mais Mercado em 2010
Tenha Mais Mercado em 2010
 
Aula 03 / Fundamentos de Brandng e Marketing Digital
Aula 03 / Fundamentos de Brandng e Marketing DigitalAula 03 / Fundamentos de Brandng e Marketing Digital
Aula 03 / Fundamentos de Brandng e Marketing Digital
 
Apresentação Adcomm Brasil 2014
Apresentação Adcomm Brasil 2014Apresentação Adcomm Brasil 2014
Apresentação Adcomm Brasil 2014
 
Apresentação Pilar Comunicação
Apresentação Pilar ComunicaçãoApresentação Pilar Comunicação
Apresentação Pilar Comunicação
 
Up Digital Marketing_Aula 1_Nectus.pptx
Up Digital Marketing_Aula 1_Nectus.pptxUp Digital Marketing_Aula 1_Nectus.pptx
Up Digital Marketing_Aula 1_Nectus.pptx
 
Apresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASILApresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASIL
 
Apresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASILApresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASIL
 
Apresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASILApresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASIL
 
Apresentação GEMA BRASL
Apresentação GEMA BRASLApresentação GEMA BRASL
Apresentação GEMA BRASL
 
Apresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASILApresentação GEMA BRASIL
Apresentação GEMA BRASIL
 
Planejamento de marketing #1
Planejamento de marketing #1Planejamento de marketing #1
Planejamento de marketing #1
 
Construção de Marca - Studio Gráfico - 2021-02
Construção de Marca - Studio Gráfico - 2021-02Construção de Marca - Studio Gráfico - 2021-02
Construção de Marca - Studio Gráfico - 2021-02
 
Ebook Gestão de Marcas - Deskfy
Ebook Gestão de Marcas - DeskfyEbook Gestão de Marcas - Deskfy
Ebook Gestão de Marcas - Deskfy
 
Conexão Digital: Marketing Digital, Inbound e Novas Mídias
Conexão Digital: Marketing Digital, Inbound e Novas MídiasConexão Digital: Marketing Digital, Inbound e Novas Mídias
Conexão Digital: Marketing Digital, Inbound e Novas Mídias
 
Gestão da Marca pessoal 05_outubro
Gestão da Marca pessoal 05_outubroGestão da Marca pessoal 05_outubro
Gestão da Marca pessoal 05_outubro
 
Aula 8 - Posicionamento de mercado aula pratica
Aula 8 - Posicionamento de mercado aula praticaAula 8 - Posicionamento de mercado aula pratica
Aula 8 - Posicionamento de mercado aula pratica
 
Diferenciar -Brand Gap
Diferenciar -Brand Gap  Diferenciar -Brand Gap
Diferenciar -Brand Gap
 
BRAND GAP-DIFERENCIAR
BRAND GAP-DIFERENCIARBRAND GAP-DIFERENCIAR
BRAND GAP-DIFERENCIAR
 

Mais de FM Consultoria em Planejamento

Apresentação FM CONSULTORIA
Apresentação FM CONSULTORIAApresentação FM CONSULTORIA
Apresentação FM CONSULTORIA
FM Consultoria em Planejamento
 
O mercado de pod cast no brasil
O mercado de pod cast no brasilO mercado de pod cast no brasil
O mercado de pod cast no brasil
FM Consultoria em Planejamento
 
Planejamento Estratégico Digital
Planejamento Estratégico DigitalPlanejamento Estratégico Digital
Planejamento Estratégico Digital
FM Consultoria em Planejamento
 
Estudo comportamento consumidor
Estudo comportamento consumidorEstudo comportamento consumidor
Estudo comportamento consumidor
FM Consultoria em Planejamento
 
Palestra guiase ribeirao_preto_nov18 12.46.00
Palestra guiase ribeirao_preto_nov18 12.46.00Palestra guiase ribeirao_preto_nov18 12.46.00
Palestra guiase ribeirao_preto_nov18 12.46.00
FM Consultoria em Planejamento
 
Palestra macrotendencias
Palestra macrotendenciasPalestra macrotendencias
Palestra macrotendencias
FM Consultoria em Planejamento
 
Palestra sobre Omnichannel
Palestra sobre OmnichannelPalestra sobre Omnichannel
Palestra sobre Omnichannel
FM Consultoria em Planejamento
 
Palestra sobre Macrotendências de Comunicação
Palestra sobre Macrotendências de ComunicaçãoPalestra sobre Macrotendências de Comunicação
Palestra sobre Macrotendências de Comunicação
FM Consultoria em Planejamento
 
Por que o planejamento é importante?
Por que o planejamento é importante?Por que o planejamento é importante?
Por que o planejamento é importante?
FM Consultoria em Planejamento
 
Seja menos mídia e mais social
Seja menos mídia e mais socialSeja menos mídia e mais social
Seja menos mídia e mais social
FM Consultoria em Planejamento
 
Palestra: Como reter talentos no marketing digital
Palestra: Como reter talentos no marketing digitalPalestra: Como reter talentos no marketing digital
Palestra: Como reter talentos no marketing digital
FM Consultoria em Planejamento
 
Por que precisamos planejar
Por que precisamos planejarPor que precisamos planejar
Por que precisamos planejar
FM Consultoria em Planejamento
 
Redes sociais para pequenas empresas parte ii
Redes sociais para pequenas empresas parte iiRedes sociais para pequenas empresas parte ii
Redes sociais para pequenas empresas parte ii
FM Consultoria em Planejamento
 
Redes sociais para pequenas empresas parte i
Redes sociais para pequenas empresas parte iRedes sociais para pequenas empresas parte i
Redes sociais para pequenas empresas parte i
FM Consultoria em Planejamento
 
Trevisan educexec rs
Trevisan educexec rsTrevisan educexec rs
Trevisan educexec rs
FM Consultoria em Planejamento
 

Mais de FM Consultoria em Planejamento (15)

Apresentação FM CONSULTORIA
Apresentação FM CONSULTORIAApresentação FM CONSULTORIA
Apresentação FM CONSULTORIA
 
O mercado de pod cast no brasil
O mercado de pod cast no brasilO mercado de pod cast no brasil
O mercado de pod cast no brasil
 
Planejamento Estratégico Digital
Planejamento Estratégico DigitalPlanejamento Estratégico Digital
Planejamento Estratégico Digital
 
Estudo comportamento consumidor
Estudo comportamento consumidorEstudo comportamento consumidor
Estudo comportamento consumidor
 
Palestra guiase ribeirao_preto_nov18 12.46.00
Palestra guiase ribeirao_preto_nov18 12.46.00Palestra guiase ribeirao_preto_nov18 12.46.00
Palestra guiase ribeirao_preto_nov18 12.46.00
 
Palestra macrotendencias
Palestra macrotendenciasPalestra macrotendencias
Palestra macrotendencias
 
Palestra sobre Omnichannel
Palestra sobre OmnichannelPalestra sobre Omnichannel
Palestra sobre Omnichannel
 
Palestra sobre Macrotendências de Comunicação
Palestra sobre Macrotendências de ComunicaçãoPalestra sobre Macrotendências de Comunicação
Palestra sobre Macrotendências de Comunicação
 
Por que o planejamento é importante?
Por que o planejamento é importante?Por que o planejamento é importante?
Por que o planejamento é importante?
 
Seja menos mídia e mais social
Seja menos mídia e mais socialSeja menos mídia e mais social
Seja menos mídia e mais social
 
Palestra: Como reter talentos no marketing digital
Palestra: Como reter talentos no marketing digitalPalestra: Como reter talentos no marketing digital
Palestra: Como reter talentos no marketing digital
 
Por que precisamos planejar
Por que precisamos planejarPor que precisamos planejar
Por que precisamos planejar
 
Redes sociais para pequenas empresas parte ii
Redes sociais para pequenas empresas parte iiRedes sociais para pequenas empresas parte ii
Redes sociais para pequenas empresas parte ii
 
Redes sociais para pequenas empresas parte i
Redes sociais para pequenas empresas parte iRedes sociais para pequenas empresas parte i
Redes sociais para pequenas empresas parte i
 
Trevisan educexec rs
Trevisan educexec rsTrevisan educexec rs
Trevisan educexec rs
 

Último

7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
InsttLcioEvangelista
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
rihabkorbi24
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
Paulo Emerson Pereira
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
AlfeuBuriti1
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Paulo Emerson Pereira
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Dantas
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Renan Batista Bitcoin
 

Último (7)

7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
7 - Gerenciamento e Economia de Sistemas de Operações Logísticas.pdf
 
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMETRESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
RESTAURANT MANORA HOTEL SINDBAD HAMMAMET
 
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
A ADEQUAÇÃO À LGPD DA UNIVERSIDADE UNIVAZADA: UM ESTUDO DE CASO FICTÍCIO DE U...
 
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdfGUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
GUIA DE EMPRESA PEDAGOGICA PARA ALUNOS.pdf
 
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCCEstudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
Estudo de caso apresenta ao Projeto Integrado Multidisciplinar - TCC
 
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdfVeronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
Veronica Daniel Dantas Opportunity Recebe 5 Premios Ademi.pdf
 
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoedaRevolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
Revolução da inclusão financeira: Benefícios da criptomoeda
 

Palestra arquetipos de mkt

  • 1. ARQUÉTIPOS DE MARCAS COMO MARCAS PODEROSAS CONTAM HISTÓRIAS MÍTICAS E FASCINANTES PARA ENGAJAR Felipe Morais
  • 2. Felipe Morais • SÓCIO DA FM CONSULTORIA E VP DE BRANDING, ESTRATÉGIA, TRANSFORMAÇÃO E CONSUMO DA MEGALODON HOLDING INVESTIMENTOS. MEMBRO DO COMITÊ DE INOVAÇÃO DA PLANET GRILS • AUTOR DO LIVRO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO DIGITAL (FINALISTA PREMIO JABUTI / 2016) • AUTOR DO LIVRO TRANSFORMAÇÃO DIGITAL • MAIS DE 350 PROJETOS ENTREGUES EM MARKETING DIGITAL • PASSAGENS POR NEOGAMABBH, TV1.COM, PONTO FRIO, PUBLICIS, TESLA, TOPDEALS, GIULIANA FLORES E FTPI DIGITAL • ATENDEU MERCEDES-BENZ, PIRELLI, VIVO, GRUPO PLANET GIRLS, SASCAR/MICHELIN, COCA-COLA, BRADESCO, PANASONIC, JULIO OKUBO • PROFESSOR DA ESPM, FACULDADE BELAS ARTES, FGV, SENAC, UNIV. METODISTA, E USP • COLUNISTA SEMANAL DO BLOG DO SÃO PAULO FC E ARQUIBANCADA TRICOLOR • APRESENTADOR O PROGRAMA EHFATO! NA EXCLUSIVAFM • VENCEDOR DO PRÊMIO PROFISSIONAL DESTAQUE EM PLANEJAMENTO DIGITAL PELA ASSOC. BRAS AGÊNCIAS DIGITAIS fm consultoria Planejamento
  • 3. ARQUÉTIPOS AJUDAM A CONSTRUIR MARCAS VAMOS ABORDAR UM POUCO DISSO
  • 4. Branding pode e deve chamar atenção às características exclusivas que separam empresa da concorrência
  • 5. Paga-se mais de 10 mil reais por uma caneta
  • 6. Qualquer lançamento da Apple gera filas de espera e uma busca enorme pela novidade
  • 7. Leva do ponto A ao B como qualquer carro, mas paga-se 2 milhões de reais para isso
  • 8. Você recebe um copo, sem identificação e lhe é informado ser dessa marca. Se questiona a qualidade?
  • 11. NESTA NOVA ERA DOS NEGÓCIOS E DO MARKETING, AS MELHORES MARCAS SERÃO CONSTRUÍDAS COM PROPÓSITO, BASEADO EM VERDADES HUMANAS. JOEY REIMAN
  • 12. PROPÓSITO NÃO SE CRIA, SE REVELA, SE DESCOBRE DE ACORDO COM A HISTÓRIA DA EMPRESA
  • 13. PESQUISA DA TROIANO BRANDING COM 60 EMPRESAS LISTADAS NA BOVESPA, MOSTROU QUE AQUELAS QUE TÊM PROPÓSITOS DEFINIDO E DIVULGADO A SEUS PÚBLICOS SÃO AS QUE ATINGEM MAIOR CAPITALIZAÇÃO DE MERCADO.
  • 14. REPRESENTA A SUA RAZÃO DE EXISTIR E A SUA VOCAÇÃO PARA O MERCADO PROPÓSITOS DE MARCA NÃO SÃO DISCURSOS BONITOS NA PAREDE DA SEDE DA EMPRESA.
  • 15. MARCAS SEM PROPÓSITO, SÃO MARCAS SEM ALMA
  • 16. POR QUE COMO O QUE "Pessoas não compram o que você faz. Elas compram porque você faz” Simon Sinek, autor da teoria do Golden Circle
  • 17. POR QUE COMO O QUE FOCO NO CLIENTE Propósito da marca Causa Crença Porque existe Por que ela muda o mundo? FOCO NO PROCESSO Por que a marca é especial? Por que o produto é especial? O que diferencia da concorrência? FOCO NO PRODUTO Diferencial do produto Por que as pessoas compram? O que o produto muda na vida das pessoas? ComunicaçãodoGoldeCirclevemdedentroparafora GOLDEN CIRCLE Simon Sinek
  • 18. GOLDEN CIRCLE A comunicação começa no Por Que (Propósito, Causa, Crença e Existência) da marca para depois o que faz. O Golden Circle é o resumo do que a marca acredita para se diferenciar no mercado. No mundo do marketing, as marcas comuns dizem: - O que fazem - Como fazem - Por que fazem E isso não inspira ninguém a nada. Marcas de sucesso inspiram as pessoas. No Golden Circle, Porque faz, ou seja, no que acreditam é o diferencial para iniciar a conquista de pessoas fieis, que compram o que a empresa acredita e não o produto que ela vende POR QUE COMO O QUE ComunicaçãodoGoldeCirclevemdedentroparafora
  • 19. GOLDEN CIRCLE O objetivo não é fazer negócios com todo mundo que a marca precisa, mas sim fazer negócios com pessoas que acreditam no que a marca acredita. Pessoas seguem aqueles que lideram, não porque tem que seguir, mas porque querem seguir. Pessoas seguem aqueles que lideram por elas mesmas. Pessoas seguem o que as inspira. A pergunta básica para achar o Golden Circle da marca: No que a marca inspira as pessoas? POR QUE COMO O QUE ComunicaçãodoGoldeCirclevemdedentroparafora
  • 21. MISSÃO  razão de ser de uma empresa, o propósito pelo qual trabalham e se esforçam os seus sócios e colaboradores. VISÃO visão de futuro é querer chegar a algum lugar. Deverá ser e conter o sonho de todos. FILOSOFIA Como a marca se posiciona em seu dia a dia, como a empresa atua dentro da sua estrutura e como isso é passado para o mercado ATRIBUTOS RACIONAIS ATRIBUTOS EMOCIONAIS Conceitos racionais que a marca defende em sua postura junto ao mercado. Atributos que falem com o coração do consumidor, a ideia que ele compra de marca, o que ela prega e como ela atua DEFINIÇÃO DO NEGÓCIO Um breve resumo de 3 linhas do que a empresa é, o que oferece e o que a diferencia do mercado DIFERENCIAIS DO NEGÓCIO Elencar 5 pontos essenciais que diferenciam o negócio, marca e produtos do mercado, entendendo o diferencia que a marca pode trazer para a vidas das pessoas, apostando na experiencia única e inesquecível CONCEITO DA MARCA O que é a marca.
 "As pessoas não compram o que você vende, mas porque você vende” - Responder a essa questão PROMESSA DA MARCA O que a marca promete para as pessoas? O que ela vai entregar ao mercado? O propósito e o posicionamento estão ligados a essa promessa ARQUITETURA MARCA Monolítico marca principal forte e única Endossada sinergia de marketing entre o produto ou a divisão e a marca matriz Independente Série de marcas de consumo bem conhecidas. Marcas ganham desempenho organizando melhor suas ofertas. Independentemente do tamanho da sua empresa, a arquitetura eficaz da marca podem contribuir para melhor segmentar e menos gastos para comunicar INSIGHTS PESQUISA Transformar os estudos e imersões em dados relevantes que possam ser transformados em estratégias e narrativas para a marca COMPONENTES DA MARCA Elementos que são únicos, que geram fácil identificação e são inconfundíveis. Ícones, cores, formatos, tipologia, elementos gráficos que se reconhece a marca de longe
  • 22. A estratégia de sua marca, promessa de sua marca, a essência de sua marca, seu caráter e personalidade devem ser bem pensados e articulados por escrito, de moo que posam ser transmitidos a todos os stakeholders. Esta é a única maneira de impedir que sua marca se dilua com o impacto de todas as suas relações com outras marcas, Sua marca crescerá e mudará a media que se adapta ao novo ambiente, mas a tarefa que cabe a você é a de garantir que ela continue forte e saudável Agnieszka M. Winkler em Warp Speed Branding O nível de confiança na marca se baseia no fato de não haver desconexões entre a promessa e a experiência A essência abrange tudo que o a marca sonha em ser.
  • 23. "Pense na importancia de criar uma marca tão forte que ela conseguiria sobreviver a desastres que vão contra a promessa de marca”. David Aaker, livro On Branding
  • 25. UMA MARCA TEM QUE TER UM POSICIONAMENTO CLARO E CONSISTENTE E ESSENCIALMENTE UMA PROMESSA CONVINCENTE
  • 26. POSICIONAMENTO ALINHA, NA MENTE DAS PESSOAS, TUDO O QUE A MARCA DIZ E FAZ
  • 27. OS 7 PASSOS DE AL RIES PARA POSICIONAMENTO
  • 28. •DEFINA OS VALORES DA EMPRESA •FOQUE NO QUE SEU PRODUTO TEM DE MELHOR •PROCURE ATENDER MERCADOS DE NICHO •POSICIONAMENTO TEM CLAREZA •HUMANIZE O POSICIONAMENTO DE SUA MARCA •INSPIRE SEUS CONSUMIDORES A FAZER ALGO •JAMAIS COPIE
  • 29. POSICIONAMENTOS BEM-SUCEDIDOS TÊM SIDO CONQUISTADOS À CUSTA DE MUITA REFLEXÃO, MERGULHO NA VIDA DOS CONSUMIDORES E OBSERVAÇÕES DO QUE DIZEM DAS MARCAS CONCORRENTES JAIME TROIANO, CEO DA TROIANOBRANDING
  • 32. Mapa apenas representa territórios conquistados e não que a marca irá operar nesses lugares. Apenas uma ilustração para apresentar os territórios que a marca precisa dominar Mais importante Importância média Importância baixa Legenda
  • 33. Blindar territórios Breve texto explicando qual território e porque a marca precisa dominar. Universo digital Como? Ações dentro do mapa digital CONCORRENTES CONCORRENTES CONCORRENTES CONCORRENTES Pilares mais importantes da marca
  • 34. Narrativa de marca Dentre todos os estudos apresentados até aqui, o planejamento desenvolve histórias originais e autênticas que amplificam o significado da marca e transmitem valores ao invés de vender um produto ou uma mensagem institucional, porque isso a propaganda já faz e muito bem, principalmente aquela que entretém onde isso será usado em todos os pontos de contato da marca com seus consumidores
  • 35. CONSTRUÇÃO DA MENSAGEM CARACTERÍSTICA PÚBLICO-ALVO PERCEPÇÃO DESEJADA PREFERÊNCIA PROPÓSITO DIFERENCIAIS PRODUTO Um resumo executivo do perfil de publico e como a marca precisa se comunicar com esse(s) publico(s) O que as pessoas precisam saber da marca que se diferencie da concorrência O que a marca oferece de principal na tomada de decisão de compra O que a marca promete e o que a move Por que as pessoas devem comprar? O que muda na vida delas? O que ele diferencia da concorrencia? Qual sua posição na categoria? Fica aqui definido como a marca vai se comunicar com seus públicos de acordo com toda a construção dela, seguindo essa metodologia: DAR AUTENTICIDADE DA MARCA em toda a sua estratégia de comunicação
  • 36. BRAND PERSONA MAPA DE EMPATIA MATRIZ DE CONTEÚDO ARQUÉTIPOS REDES SOCIAIS BLOG EMAIL MARKETING SITE INBOUND MÍDIA
  • 37. MAPADEEMPATIA FM CONSULTORIA Planejamento Nessa metodologia se levanta termos, conceitos, frases e percepções junto ao time do cliente e também usando o que foi pesquisado na etapa Voz das Ruas.
  • 38. MATRIZDECONTEÚDO FM CONSULTORIA Planejamento Os pontos levantados no processo de Mapa de Empatia, geram, a matriz de Redes Sociais para que a marca saiba pontos relevantes para comunicar com seu público O primeiro diz respeito ao objetivo da marca. Ela quer ser reconhecida ou influenciar diretamente na decisão de compra do consumidor. O segundo eixo se refere ao perfil dos clientes. A marca deseja despertar uma reação emocional ou racional no usuário.
  • 40. Arquétipo é o “padrão original”. Dele derivam modelos que definem pessoas objetos ou conceitos. O psiquiatra Carl Gustav Jung acreditava que a personalidade de cada pessoa está ligada a algum tipo de arquétipo. Há um inconsciente coletivo, camada mais profunda da psiquê, que retém informações arquetípicas e impessoais, e seus conteúdos se manifestam nos indivíduos através de alguns padrões. Marcas precisam ter personalidade, portanto também precisam ser identificadas com o seu arquétipo. Carl Gustav Jung foi um psiquiatra e psicoterapeuta suíço que fundou a psicologia analítica. Jung propôs e desenvolveu os conceitos de personalidade extrovertida e introvertida, arquétipo e inconsciente coletivo.
  • 41. 
 Originado na Grécia antiga, archein significa “original ou velho” e typos que significa “padrão, modelo ou tipo”. Arquétipo então é o “padrão original” do qual todas as outras pessoas similares, objetos ou conceitos são derivados, copiados, modelados ou emulados. Cada pessoa tem a sua personalidade. Ao criar persona de marca usar o arquétipo é mais do que indicado, é fundamental, para trazer toda essa personalidade de marca Carl Jung defendia que há um inconsciente coletivo, que é a camada mais profunda da psique, é constituído pelos materiais que foram herdados, e é nele que residem os traços funcionais, tais como imagens virtuais, que seriam comuns a todos os seres humanos. Os arquétipos constroem a identidade e podem ser explorados através de uma forma mais complexa e ampla. É o inconsciente coletivo, compartilhados por todos nós, repleto de desejos comuns.
 ARQUÉTIPOS DA MARCA
  • 42. OS ARQUÉTIPOS REPRESENTAM ASPECTOS FUNDAMENTAIS DA CONDIÇÃO HUMANA. ELES TOCAM NOSSOS MOTIVOS MAIS PROFUNDOS E PROPORCIONAM UMA ESTRUTURA FIRME PARA O SENSO DE SIGNIFICADO.
  • 44. BREVE DEFINIÇÃO DE CADA ARQUÉTIPO Otimista, a vida pode ser mais simples Curte desafios, estimula a busca de novos rumos Disseminar conhecimento Honra, vitória e triunfo Foge as regras e padrões e não se importa com as opiniões alheias Sem saber que era impossível, foi lá e fez Senso comunitário, pertencer Sensorial e visão romântica Divertido e impulsivo Cuidar do próximo, confiança e empatia Auto expressão, deixar um legado tangível Controlar, determinar o que é bom para as pessoas
  • 45. LEMA: " SOMOS LIVRES PARA SER VOCÊ E EU" O INOCENTE QUE EXISTE EM CADA UM DE NÓS QUER VIVER NAQUELA TERRA PERFEITA, ONDE "SOMOS LIVRES PARA SER VOCÊ E EU" MESMO EM UMA SOCIEDADE MAIS MATERIALISTA E COMPETITIVA, O ARQUÉTIPO DO INOCENTE ESTÁ ASSOCIADO AOS PRAZERES SIMPLES, OS VALORES BÁSICOS E A UM ATRIBUTO SAUDÁVEL QUE FAZ DELE O SIGNIFICADO AO SER ESCOLHIDO PARA PRODUTOS NATURAIS, SABONETES, ALIMENTOS PARA O DESJEJUM E OUTROS PRODUTOS DOMÉSTICOS. É FREQUENTE HAVER ALGO ABERTAMENTE INFANTILIZADO MESMO NOS ANÚNCIOS DIRIGIDOS AOS ADULTOS, QUANDO O ARQUÉTIPO DO INOCENTE É EVOCADO.
  • 46. PAPEL IMPLÍCITO AO INOCENTE PROMETE O RESGATE PREVISÍVEL, TEM APELO PARA O DESEJO PESSOAL DE RESGATE. A RESSONÂNCIA COM ARQUÉTIPO DO INOCENTE ANSEIO PELO EMPREGO PERFEITO, PAR PERFEITO, CELULAR PERFEITO, POR FILHOS PERFEITOS E PELA VIDA REAL. MESMO EM UMA SOCIEDADE MAIS MATERIALISTA E COMPETITIVA, O ARQUÉTIPO DO INOCENTE ESTÁ ASSOCIADO AOS PRAZERES SIMPLES, OS VALORES BÁSICOS E A UM ATRIBUTO SAUDÁVEL QUE FAZ DELE O SIGNIFICADO AO SER ESCOLHIDO PARA PRODUTOS NATURAIS, SABONETES, ALIMENTOS PARA O DESJEJUM E OUTROS PRODUTOS DOMÉSTICOS. É FREQUENTE HAVER ALGO ABERTAMENTE INFANTILIZADO MESMO NOS ANÚNCIOS DIRIGIDOS AOS ADULTOS, QUANDO O ARQUÉTIPO DO INOCENTE É EVOCADO
  • 47. COCA-COLA: AMIZADE, PRAZER SIMPLES E SER LIVRE MC DONALDS: NOSTALGIA, SIMPLICIDADE
  • 48. LEMA: "NÃO LEVANTE CERCAS À MINHA VOLTA" A JORNADA DOS EXPLORADORES É UMA EXPERIÊNCIA AO MESMO TEMPO INTERNA E EXTERNA, PORQUE ELES SÃO MOTIVADOS POR UM PROFUNDO DESEJO DE ENCONTRAR, NO MUNDO EXTERIOR, AQUILO QUE SE ADAPTA ÀS SUAS NECESSIDADES, PREFERÊNCIAS E ESPERANÇAS INTERIORES. O EXPLORADOR TAMBÉM É CONHECIDO COMO BUSCADOR, AVENTUREIRO, ICONOCLASTA, ANDARILHO, INDIVIDUALISTA, PEREGRINO, DESCOBRIDOR, ANTI-HERÓI E REBELDE PRODUTOS SERVIÇOS QUE INCORPORAM COM SUCESSO A QUALQUER TIPO DE EXPLORADOR DEVEM SERVIR COMO ACESSÓRIOS ÚTEIS NAS JORNADAS EXPLORADOR. SÓ ASSIM ELES CRIARAM ALGUM TIPO DE LEALDADE À MARCA
  • 49. O NOVO CONSUMIDOR BUSCA A AUTENTICIDADE DO PRODUTO COMO MEIO DE EXPRESSAR SUA INDIVIDUALIDADE É MAIS BEM INFORMADO, ENVOLVE-SE PROFUNDAMENTE NAS SUAS DECISÕES DE COMPRA E É ALTAMENTE INQUIETO. OS NOVOS CONSUMIDORES VALORIZAM MAUS A MUDANÇA O QUE A COERÊNCIA: POR ISSO, A LEALDADE À MARCA NÃO É UM VALOR NATURAL PARA ELES. AS PESSOAS QUE ESTÃO VIVENDO AS HISTÓRIAS DO EXPLORADOR PROVAVELMENTE SERÃO LEAIS AOS PRODUTOS QUE CARREGAM O SIGNIFICADO ARQUÉTIPO DE AUTENTICIDADE E LIBERDADE
  • 50. LAND ROVER: ENCONTRAR, AVENTURA, JORNADA EXPLORAÇÃO HEINEKEN: INDIVIDUALISTA, NECESSIDADE PRÓPRIA
  • 51. LEMA: “A VERDADE LIBERTARÁ VOCÊ" QUEREM SER LIVRES PARA PENSAR POR SI MESMOS E SUSTENTAR AS PRÓPRIAS OPINIÕES. O SÁBIO ESTÁ ASSOCIADO ÀS IDEIAS CLARAS, MAS TALVEZ LHE FALTEM CARISMA E ENCANTO SOCIAL. AS MARCAS DO SÁBIO PODEM OFERECER INFORMAÇÃO, AJUDAM O CONSUMIDOR A TOMAR DECISÕES MAIS INTELIGENTES.
  • 52. QUANDO O SÁBIO ESTÁ ATIVO NA VIDA DOS CONSUMIDORES, ELES SENTEM UM AGUDO INTERESSE EM APRENDER POR APRENDER. PARA OS SÁBIOS, UMA COMPRA É UMA TRANSAÇÃO RACIONAL. QUEREM INFORMAÇÕES SOBRE A QUALIDADE DO BEM OU SERVIÇO À VENDA E SEU CUSTO, DEPOIS QUEM TOMAR A DECISÃO LÓGICA COM BASE NESSAS INFORMAÇÕES. SE NESSE PROCESSO, POREM, VOCÊ OS AJUDAR A SE SENTIREM COMO UM PERITO, É MAIS PROVÁVEL QUE ELES COMPREM DO QUE SE VOCÊ OS FIZER SENTIREM CONFUSOS, INCOMPETENTES OU PRESSIONADO. GOSTAM DE FAZER O TRABALHO DO SEU PRÓPRIO JEITO. SÃO LIVRES PARA TOMAR DECISÕES AUTÔNOMAS. CONDUZEM QUAISQUER PESQUISAS POR QUE POSSAM SE INTERESSAR, SOB A PROTEÇÃO DA LIBERDADE ACADÊMICA.
  • 53. FGV: LIVRES PENSAR POR SI, SEMPRE APRENDENDO AUDI: DECISÕES AUTONOMAS, DECISÃO INTELIGENTE
  • 54. LEMA: “ONDE HÁ VONTADE, HÁ UM CAMINHO” O HERÓI QUER FAZER DO MUNDO UM LUGAR MELHOR. ESSE ARQUÉTIPO AJUDA A DESENVOLVER A ENERGIA, DISCIPLINA, O FOCO E A DETERMINAÇÃO. AS IMAGENS ASSOCIADAS AO HERÓI INCLUEM ÁREAS QUE EXIGEM APTIDÃO E AGILIDADE, QUALQUER COISA QUE SE MOVA VELOZMENTE E QUALQUER COISA QUE SEJA PODEROSA
  • 55. HERÓI SE FORTALECE COM O DESAFIO. OS HERÓIS SENTEM ORGULHO DE SUA DISCIPLINA, SEU FOCO E CAPACIDADE DE FAZER ESCOLHAS ADUAS, SEU SEGREDO É QUE ELES SÃO, NÃO APENAS O QUE ELES FAZEM. CADA VEZ MAIS, O PUBLICO E O CONSUMIDOR ESPERAM QUE ESSAS VISÕES EMPRESARIAIS REFLITAM ALGUM SENSO DE RESPONSABILIDADE SOCIAL, QUANDO FIZER MARKETING PARA O HERÓI, SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ SENDO AVALIADO NÃO SÓ PELA QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS OU SERVIÇOS, MAS TAMBÉM PELA FORÇA E PELA ÉTICA DE SUAS CONVICÇÕES
  • 56. NIKE: DESAFIO, DISCIPLINA, LUGAR MELHOR RED BULL: RESPONSABILIADE SOCIAL,ÉTICA
  • 57. LEMA: “AS REGRAS SÃO FEITAS PARA SER QUEBRADAS” FORA-DA-LEI SÃO FIÉIS AOS VALORES MAIS PROFUNDOS E VERDADEIROS, NÃO AOS VALORES DOMINANTES, SÃO FIGURAS ROMÂNTICAS PRONTAS A REPRESENTAR UMA SOCIEDADE QUE SUCUMBIU À TIRANIA, À REPRESSÃO, AO CONFORMISMO OU AO CINISMO. FORA-DA-LEI SE CONTENTA EM SER TEMIDO. A RAIVA TENDE A SER PROVOCADA QUANDO ELE SE SENTE DESPREZADO COMO PESSOA. O FORA-DA-LEI LIBERTA AS PAIXÕES REPRIMIDAS DA SOCIEDADE.
  • 58. O FORA-DA-LEI É CONHECIDO COMO REBELDE, REVOLUCIONÁRIO, VILÃO, SELVAGEM, DESAJUSTADO, INIMIGO OU ICONOCLASTA. QUANDO O FORA-DA-LEI ESTÁ ATIVO NOS INDIVÍDUOS, ELES PODEM SE SENTIR APARTADOS DA CULTURA DOMINANTE E DESPREZAR SUAS REGRAS. O FORA-DA-LEI QUER DESTRUIR AS COISAS, PRODUZIR UMA REVOLUÇÃO, SUMIR COM ALGUMA COISA OU APENAS SENTIR A EXCITAÇÃO DE SER UM POUCO MALVADO. O FORA-DA-LEI VIVENCIA COM RAIVA E VIOLÊNCIA. PESSOAS RESPONSÁVEIS E TRABALHADORAS SE SENTEM ATRAÍDAS PARA AS MARCAS O ARQUÉTIPO FORA-DA-LEI, COMO MEIO DE DESABAFO.
  • 59. HARLEY-DAVIDSON: QUEBRA REGRAS, DESABAFO APPLE: MAÇÃ FRUTO PROIBIDO, ROMANTICA, RAIVA DO MUNDO COMO ERA
  • 60. LEMA: “PODE ACONTECER” O ASPECTO MAIS BÁSICO DO MAGO É O DESEJO DE PROCURAR LEIS FUNDAMENTAIS QUE GOVERNAM O FUNCIONAMENTO DAS COISAS E APLICAR ESSES PRINCÍPIOS PARA QUE AS COISAS ACONTEÇAM. AS MARCAS DO MAGO INCLUEM TODAS AQUELAS QUE PROMOVEM “MOMENTOS MÁGICOS”, INCLUEM DIVERSOS COSMÉTICOS, PRODUTOS À BASE DE ERVAS, POÇÕES E CAMPANHAS FITNESS QUE PROMETEM A FONTE DA JUVENTUDE. O ESPÍRITO MAGO É FACILMENTE EVOCADO QUANDO O PRODUTO TEM ORIGENS EXÓTICAS OU ANTIGAS, OU QUANDO ELE ENVOLVE ALGUM RITUAL ESPECIAL.
  • 61. UM PUBLICO CADA VEZ MAIS AMPLO ESTÁ SE INTERESSANDO PELA MEDICINA CORPO-MENTE. AS PESSOAS MÁGICAS GERALMENTE TEM SONHOS QUE OS OUTROS CONSIDERAM IMPOSSÍVEIS, MAS A ESSÊNCIA A MAGIA É TER UMA VISÃO E CAMINHAR DIRETAMENTE PARA DENTRO DELA. AS IMAGENS MAIS CONSISTENTES ASSOCIADAS AOS MAGOS SÃO OS SINAIS NOS CÉUS - ARCO- ÍRIS, ESTRELAS CADENTES, GALÁXIAS E DISCO VOADORES. MAGO ESTÁ ATIVO NOS INDIVÍDUOS, SÃO CATALISADORES DA MUDANÇA. CONFIANDO NA SINCRONIDADE. A CONSCIÊNCIA PRECEDE A EXISTÊNCIA, PORTANTO, SE VOCÊ QUER MUDAR O SEU MUNDO, COMECE MUDANDO SUAS PRÓPRIAS ATITUDES E COMPORTAMENTOS. O ARQUÉTIPO DO MAGO É MUITO FORTE EM TODO O CAMPO O MARKETING, QUE TRABALHA COM A INFLUÊNCIA A CONSCIÊNCIA HUMANA SOBRE O COMPORTAMENTO.
  • 62. MASTERCARD: SUPREEENDA. MOMENTO MÁGICO QUE TRANSFORMA DINHEIRO EM PRODUTOS AXE: ATITUDES E COMPORTAMENTOS DAS PESSOAS SÃO DESAFIADAS PELA MARCA
  • 63. LEMA: “TODOS OS HOMENS E MULHERES SÃO CRIADOS IGUAIS” O CARA COMUM É UMA PESSOA QUE USARÁ ROUPAS TÍPICAS DA CLASSE TRABALHADORA E FALARÁ DE UM MODO COLOQUIAL. O VALOR SUBJACENTE É QUE TODOS SÃO IMPORTANTES, TAIS COMO SÃO. SEU CREDO É QUE AS COISAS BOAS DA VIDA PERTENCEM A TODOS COMO DIREITO DE NASCENÇA, NÃO APENAS A UMA ARISTOCRACIA OU MESMO UMA MERITOCRACIA O CARA COMUM TAMBÉM É CONHECIDO COMO O BOM COMPANHEIRO, A GAROTA MÉDIA, O ZÉ-POVINHO, O HOMEM COMUM, A MOÇA DA PORTA AO LADO, O REALISTA, O TRABALHADOR, O CIDADÃO SÓLIDO, O BOM VIZINHO
  • 64. A DIGNIDADE DO HOMEM (OU MULHER) COMUM O CARA COMUM É O CIDADÃO SOLIDO QUE FAZ A VIDA FUNCIONAR. AS MARCAS DO CARA COMUM TAMBÉM CONFORTAM PESSOAS, AFIRMANDO QUE ELAS SÃO OK DO JEITO QUE SÃO. NO MUNDO AGITADO E APRESSADO DE HOJE, A SOLIDÃO É UM PROBLEMA PARA MUITAS PESSOAS. QUANTO MAIS EMOCIONALMENTE CARENTE FOR UMA PESSOA, TANTO MAIS ELA BUSCARÁ CONEXÃO NAS TRANSAÇÕES COMERCIAIS. OFERECER UM PONTO DE CONEXÃO ÀS PESSOAS AUMENTARÁ IMENSAMENTE A LEALDADE DELAS PARA COM A MARCA.
  • 65. HERING: REALISTA, BOM COMPANHEIRO BRAHMA: VIDA FUNCIONAL, TRABALHADOR
  • 66. LEMA: “SÓ TENHO OLHOS PARA VOCÊ” AS MARCAS DO AMANTE SÃO COMUNS NAS INDUSTRIAS E COSMÉTICOS, JOALHERIA, MODA E TURISMO. QUALQUER MARCA QUE PROMETA IMPLICITAMENTE BELEZA E ATRAÇÃO SEXUAL É UMA MARCA DO AMANTE. O ARQUÉTIPO DO AMANTE GOVERNA TODOS OS TIPOS DE AMOR HUMANO. A BUSCA DO VERDADEIRO AMOR CONTINUA, DA SEDUÇÃO, PARA FAZER PARTE DA VIDA DA MAIORIA DAS PESSOAS. COMO ARQUÉTIPO, O AMANTE TAMBÉM ESTÁ ATIVO NAS AMIZADES INTENSAS E PESSOAIS, ALGO QUE É REALMENTE ESPECIAL PARA AS PESSOAS
  • 67. OS AMANTES SE VEEM COMO PESSOAS CAPAZES DE APRECIAR MARAVILHOSAMENTE OS OUTROS. ESTÁ É UMA SUBESTRUTURA DE COMPETITIVIDADE QUE GERALMENTE É INCONSCIENTE E DESCONHECIDA. O DESEJO SUBJACENTE É O DE ATRAIR, DAR AMOR E EXPRESSAR AFEIÇÃO DE MANEIRA ÍNTIMA E PRAZEROSA, INCLUI ACARICIAR, COMPARTILHAR OS SEGREDOS DO PRÓPRIO CORAÇÃO E CRIAR VÍNCULOS POR MEIO DE GOSTOS E AVERSÕES EM COMUNS. AMANTES SÃO TAMBÉM CONHECIDOS COMO PARCEIROS, AMIGOS, OS ÍNTIMOS, CASAMENTEIROS, ENTUSIASTAS, ESPECIALISTAS, SENSUALISTAS, CÔNJUGES CONSTRUTORES DE EQUIPES E HARMONIZADORES.
  • 68. CHANEL: BELEZA, ATRAÇÃO SEXUAL KOPENHAGEN: SEDUÇÃO, AMOR, APRECIAR O QUE É BELO
  • 69. LEMA: “SE EU NÃO PUDER DANÇAR, NÃO QUERO TOMAR PARTE DA SUA REVOLUÇÃO” O BOBO DA CORTE NOS PEDE PARA SAIR E BRINCAR UNS COM OS OUTROS. SE SOLTA IRRESTRITAMENTE, DEMONSTRANDO UMA FÉ INQUEBRANTÁVEL NO FATO DE QUE UMA PESSOA PODE SER REALMENTE ELA MESMA E AINDA SIM SER ACEITA E MESMO ADORADA PELOS OUTROS, PORQUE QUASE TODOS NÓS TEMOS SEDE DE MAIS DIVERSÃO. CONECTAR QUALQUER UM DE NÓS COM A NOSSA CRIANÇA INTERIOR QUE AMA AS BRINCADEIRAS E TRAVESSURAS.
  • 70. O BOBO DA CORTE É O ARQUÉTIPO MAIS ÚTIL PARA SE LIDAR COM OS ABUSOS DO MUNDO MODERNO E COM AS BUROCRACIAS ANÔNIMAS E AMORFAS DE HOJE. SUA MAIOR FELICIDADE É QUEBRAR AS REGRAS. A DISPOSIÇÃO DO BOBO DA CORTE DE QUEBRAR AS REGRAS LEVA A IDEIAS INOVADORAS, FORA DOS PADRÕES CONVENCIONAIS. O BOBO DA CORTE TAMBÉM PROMETE QUE ATIVIDADES QUE NORMALMENTE SERIAM VISTAS COMO TEDIOSAS OU ABORRECIDAS PODEM SER DIVERTIDAS. O BOBO DA CORTE DETESTA OS ESTRAGA-PRAZERES, AS PESSOAS SÉRIAS DEMAIS E AQUELES QUE NÃO TEM SENSO DE HUMOR. A TENDENCIA É SEMPRE BRINCAR COM A VIDA. O BOBO DA CORTE TAMBÉM É CONHECIDO COMO O TOLO, O BOBO, O MALANDRO, O TROCISTA, O BLEFISTA, O TROCADILHISTA, O ANIMADOR, O PALHAÇO, O TRAVESSO, O TROTADOR OU O COMEDIANTE
  • 71. M&M: CRIANÇA INTERIOR, DETESTA O SÉRIO SKOL: COMEDIANTE, SER VOCÊ MESMO
  • 72. LEMA: “AMA TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO” O PRESTATIVO É UM ALTRUÍSTA, MOVIDO PELA COMPAIXÃO, PELA GENEROSIDADE E PELO DESEJO DE AJUDAR OS OUTROS. TEM SIDO ASSOCIADO AOS SENTIMENTOS TANTO MATERNAIS QUANTO PATERNAIS DE PROTEGER OS FILHOS, FAZER O QUE FOR PRECISO PARA CUIDAR DELES. MEDOS PROFUNDOS PASSAM POR EXERCER CONTROLE EXCESSIVO E SER CONTROLADO.
  • 73. FILÃO CONTEMPORÂNEO, AS MARCAS E CAMPANHAS DO PRESTATIVO CELEBRAM A CAPACIDADE DE ZELO DOS HOMENS, APESAR DAS MUITAS PRESSÕES CONTRÁRIAS QUE ELES ENFRENTAM, SÃO MAIS DO QUE TOCANTES, SÃO PODEROSAS VALIDAÇÕES SOCIAIS AS MELHORES INTENÇÕES DA MAIORIA DOS HOMENS. ESSAS MARCAS, QUE CONCILIAM O INSTINTO ZELOSO COM UM MUNDO QUE FREQUENTEMENTE O DESVALORIZA, SÃO EFICAZES NÃO APENAS NO MERCADO, ELAS DESEMPENHAM UM PAPEL CONSTRUTIVO NA EVOLUÇÃO DA NOSSA CULTURA. O MARKETING EFICAZ ENFATIZA A PREOCUPAÇÃO COM O CONSUMIDOR. AS MARCAS SÁBIAS COMPREENDERÃO QUE O ARQUÉTIPO DO PRESTATIVO HOJE SE EXPRESSA NÃO SÓ NA FAMÍLIA, MAS TAMBÉM NO MUNDO.
  • 74. VOLVO: ZELO E PREOCUPAÇÃO COM AS PESSOAS PORTO SEGURO: GENEROSIDADE, COMPAIXÃO
  • 75. LEMA: “SE PODE SER IMAGINADO, PODERÁ SER CRIADO” O CRIADOR É VISTO NO ARTISTA, NO ESCRITOR, NO INOVAR E NO EMPRESÁRIO, BEM COMO EM QUALQUER ATIVIDADE QUE UTILIZE A IMAGINAÇÃO HUMANA. A PAIXÃO DO CRIADOR É A AUTO-EXPRESSÃO NA FORMA MATERIAL. AS MARCAS SÃO INERENTEMENTE NÃO-CONFORMISTAS E LIDAM COM AUTO-EXPRESSÃO.
  • 76. AS PESSOAS QUEREM TER GRANDE LIBERDADE DE AÇÃO PARA EXPRESSAR SUA CRIATIVIDADE, COM UM MÍNIMO DE CONTROLES. O PESSOAL DA ÁREA DE MARKETING PRECISA RECONHECER QUE ESTÁ ATUANDO NO CAMPO DAS ARTES. O MARKETING EXERCE IMPORTANTE INFLUENCIA SOBRE A SOCIEDADE A QUAL VIVEMOS. O CRIADOR EXIGE QUE ESTEJAMOS À ALTURA DESSE ARQUÉTIPO E QUE PERCEBAMOS, TANTO QUANTO POSSÍVEL, O IMPACTO DAS IMAGENS, SÍMBOLOS E DAS HISTÓRIAS SOBRE A PSIQUE COLETIVA
  • 77. LEGO: ARTISTA, IMAGINAÇÃO HUMANA FABER-CASTELL: INOVADOR, EXPRESSÃO, IMPACTO VISUAL
  • 78. LEMA: “O PODER NÃO É TUDO… É SÓ O QUE IMPORTA” QUANDO IMAGINAR O ARQUÉTIPO DO GOVERNANTE, PENSE EM QUALQUER PESSOAS QUE TENHA UM ESTILO DOMINADOR E AUTORITÁRIO. A MELHOR COISA A FAZER PARA EVITAR O CAOS É ASSUMIR O CONTROLE. CONQUISTAR E MANTER O PODER É A SUA MOTIVAÇÃO BÁSICA. INDIVÍDUOS GOSTAM DE ASSUMIR PAPÉIS DE LIDERANÇA E DE ESTAR NO CONTROLE. AS PESSOAS COM FORTES TENDÊNCIAS DO ARQUÉTIPO DO GOVERNANTE SE PREOCUPAM COM ASSUNTOS LIGADOS À IMAGEM, AO STATUS E AO PRESTÍGIO. A APARÊNCIA AUMENTA O PODER. O GOVERNANTE AJUDA UM INDIVIDUO A SE TORNAR RICO, PODEROSO E BEM ASSENTADO EM SEU CAMPO DE AÇÃO E EM SUA COMUNIDADE.
  • 79. O GOVERNANTE TEM A HABILIDADE POLITICA NECESSÁRIA PARA CONQUISTAR O APOIO DOS DIVERSOS GRUPOS ENVOLVIDOS. AS MARCAS PRECISAM SEGUIR FIEIS A UM ÚNICO ARQUÉTIPO, IRRESISTÍVEL E IDENTIFICÁVEL. A GRANDE MARCA DO GOVERNANTE CONHECE SEUS CONSTITUINTES TÃO BEM QUE PREVÊ SUAS NECESSIDADES MAIS PROFUNDAR. FOCALIZAM MENOS O STATUS E MAIS O CONTROLE E A CAPACIDADE DE CUMPRIR AS PRÓPRIAS RESPONSABILIDADES: TRABALHO, FAMÍLIA E SAÚDE PESSOAL
  • 80. MERCEDES: DOMINADOR, PODER, AUTORIDADE MONTBLANC: DOMINADOR, LIDERAR, RESPONSABILIDADES
  • 81. A COMUNICAÇÃO TEM QUE SER MUITO MAIS DO QUE APENAS POST OU FRASES. ELA PRECISA CONQUISTAR O CORAÇÃO E O SUBCONSCIENTE DAS PESSOAS