SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 45
O QUE É A ARTE ?
ISTO É ARTE ?  PORQUÊ ?
E  ISTO É  ARTE?
UMA ESCADA ISTO É ARTE ?
ESTA ESCADA É ARTE ?
INTRODUÇÃO À LINGUAGEM ARTÍSTICA: O QUE É A ARTE ? ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Algumas PERGUNTAS prévias
O que é a arte ? A função da arte A linguagem artística O contexto da  obra de arte O valor da  obra de arte “ Não existe Arte. Há somente artistas”  ( E. Gombrich ) “ Arte é tudo o que o homem chama Arte”  (Dino de Formaggio)
[object Object],[object Object],O que é a arte?
A GRÉCIA CLÁSSICA (séc. V a.C.): a busca do ideal de “Beleza e a fixação do “Cânone clássico”. (reivindicação do conceito de CLASSICISMO ao  longo da História : Renascimento (séc. XV-XVI),  Neoclasicismo (séc. XVIII). O CONCEITO DE ARTE: As respostas  ao longo da História A IDADE MÉDIA (Ocidente, séc. VII-XIV) : A mentalidade religiosa condiciona o valor das expressões artísticas nesta época  e em diferentes culturas (Cristandade, Islão, etc.). A arte é uma forma de Honrar Deus. ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],O CONCEITO DE ARTE NA ACTUALIDADE
A CONSIDERAÇÃO SOCIAL DO ARTISTA (evolução ao longo da História) O trabalho artístico era considerado, tanto na  Antiguidade como na Idade Média, como  uma ACTIVIDADE ARTESANAL, os seus autores careciam de relevância social. Reconhecimento do carácter intelectual da actividade artística. Consolidação da figura do “Artista”. Renascimento Barroco (séc. XV-XVIII) Apolo, Anónimo
Finais  do século XVIII / meados do XIX   oposição entre o produto artístico (trabalho com carácter exclusivo) e o industrial (trabalho produzido em série).  incremento das  colecções privadas primeiras  academias   de arte   primeiros  museus
COMO OBSERVAMOS A OBRA DE ARTE ? AS SENSAÇÕES do espectador CONTEMPLAÇÃO REFLEXÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],UMA VISITA AO MUSEU
COMO APRENDER A OLHAR UMA  OBRA DE ARTE PROCESSO ,[object Object],[object Object],[object Object],Um espectador formado converte-se num receptor consciente da obra de arte EXERCITAR O OLHAR  -  FORMAR O OLHAR
TEORIA E FUNÇÃO DA ARTE 1. A ARTE E A CRIAÇÃO ARTÍSTICA 2. NATUREZA DA OBRA DE ARTE 3. A OBRA E O ESTILO ARTÍSTICO 4. CLASSIFICAÇÃO DAS OBRAS DE ARTE 5. A FUNÇÃO DA OBRA DE ARTE
1. A ARTE E A CRIAÇÃO ARTÍSTICA ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object]
ARTE E BELEZA ,[object Object],Goya,  Saturno devorando os seus filhos
2. NATUREZA DA OBRA DE ARTE ,[object Object],Catedral gótica de León - Espanha Turning Torso , de Santiago Calatrava
2.1. A personalidade do artista ,[object Object],“ Não existe a arte, só artistas”,  E. Gombrich
2.2 As ideias e os gostos da época ,[object Object],[object Object],Os fuzilamentos do 3 deMaio”,  de Goya “ A Liberdade guiando o povo” , de Delacroix
[object Object],[object Object],“ A romaria de San Isidro”,  de Goya
2.3. Os conhecimentos  técnicos ,[object Object]
[object Object],Cromeleque de Stonehenge Catedral de Toledo
3. A OBRA ARTÍSTICA E O ESTILO ,[object Object]
[object Object],Vejamos algumas obras sobre um único tema ao longo da História
 
4. CLASSIFICAÇÃO DAS OBRAS DE ARTE. ,[object Object],[object Object],[object Object]
5. A FUNÇÃO DA ARTE ,[object Object],[object Object],[object Object],“ As Meninas”,  de Velázquez
Na época contemporânea  a arte converte-se numa arte-criação ( “As demoiselles de Avignon”  de Picasso; e  “ Composição”  de Mondrian), de alto conteúdo conceptual e subjectivo.
5.1. A função da escultura e da pintura . ,[object Object],[object Object]
[object Object],( Estátuas do templo de Ramsés II  em Abu-Simbel)
[object Object],[object Object],Arco de Constantino
5.2. A função da arquitectura ,[object Object],[object Object],[object Object]
ALGUMAS TEORIAS SOBRE A ARTE A ARTE COMO FORMA A ARTE COMO EXPRESSÃO A ARTE COMO SÍMBOLO A ARTE COMO AGENTE PARA MUDAR A SOCIEDADE A ARTE COMO  EDUCAÇÃO MORAL
Teorias sobre a arte ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
ARTE PARA MUDAR A SOCIEDADE  ,[object Object],[object Object]
A ARTE COMO EDUCAÇÃO MORAL ,[object Object],[object Object],“ A morte de Sócrates”, de J.L. David
[object Object]
A arte possui a função transcendente, ou seja, manchas de tinta sobre uma tela ou palavras escritas sobre um papel simbolizam estados de consciência humana, abrangendo a percepção, emoção e razão . A Arte é uma criação humana com valores estéticos (beleza, equilíbrio, harmonia, revolta) que sintetizam as suas emoções, a sua história, os seus sentimentos e a sua cultura. É um conjunto de procedimentos utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos os nossos conhecimentos.
O QUE É A ARTE ? ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O modernismo brasileiro
O modernismo brasileiroO modernismo brasileiro
O modernismo brasileiro
Junior Onildo
 
Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.
Rafael Serra
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
annaartes
 
Retrato e auto retrato
Retrato e auto retratoRetrato e auto retrato
Retrato e auto retrato
luciliapereira
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
Arte Educadora
 
A semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoA semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentação
Zenia Ferreira
 

Mais procurados (20)

Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)  TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
TEATRO (Conceito; História; Gêneros e principais atores e atrizes)
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
O modernismo brasileiro
O modernismo brasileiroO modernismo brasileiro
O modernismo brasileiro
 
Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
História do Teatro
História do TeatroHistória do Teatro
História do Teatro
 
Retrato e auto retrato
Retrato e auto retratoRetrato e auto retrato
Retrato e auto retrato
 
Arte moderna brasileira
Arte moderna brasileiraArte moderna brasileira
Arte moderna brasileira
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
Vanguarda europeia
Vanguarda europeiaVanguarda europeia
Vanguarda europeia
 
Elementos visuais I
Elementos visuais IElementos visuais I
Elementos visuais I
 
A semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoA semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentação
 
Arte - Romantismo
Arte - RomantismoArte - Romantismo
Arte - Romantismo
 
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGNAvaliação 9º ano POP ART e DESIGN
Avaliação 9º ano POP ART e DESIGN
 
Grafite
GrafiteGrafite
Grafite
 
Arte na escola
Arte na escolaArte na escola
Arte na escola
 
Arte e corpo
Arte e corpoArte e corpo
Arte e corpo
 

Destaque (17)

DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
 
O ensino de arte e educação
O ensino de arte e educaçãoO ensino de arte e educação
O ensino de arte e educação
 
A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
 
Soutode moura
Soutode mouraSoutode moura
Soutode moura
 
Criatividade e ruturas
Criatividade e ruturasCriatividade e ruturas
Criatividade e ruturas
 
Criatividade e ruturas
Criatividade e ruturasCriatividade e ruturas
Criatividade e ruturas
 
A historia da_arte
A historia da_arteA historia da_arte
A historia da_arte
 
A batalha de salamina
A batalha de salaminaA batalha de salamina
A batalha de salamina
 
Helena almeida
Helena almeidaHelena almeida
Helena almeida
 
Paula rego
Paula regoPaula rego
Paula rego
 
Templo da deusa niké
Templo da deusa nikéTemplo da deusa niké
Templo da deusa niké
 
O estadio e o teatro
O estadio e o teatroO estadio e o teatro
O estadio e o teatro
 
Religião e Filosofia da grécia antiga
Religião e Filosofia da grécia antigaReligião e Filosofia da grécia antiga
Religião e Filosofia da grécia antiga
 
O século de péricles
O século de périclesO século de péricles
O século de péricles
 
A pólis de atenas
A pólis de atenasA pólis de atenas
A pólis de atenas
 
Arquitetura grega
Arquitetura gregaArquitetura grega
Arquitetura grega
 
Casa Sommer
Casa SommerCasa Sommer
Casa Sommer
 

Semelhante a O que é a arte

Definições de arte pergunta resposta
Definições de arte pergunta respostaDefinições de arte pergunta resposta
Definições de arte pergunta resposta
Tina Lima
 
Entenda a arte 2013
Entenda a arte 2013Entenda a arte 2013
Entenda a arte 2013
graduartes
 
Conceito de arte
Conceito de arteConceito de arte
Conceito de arte
kardovsky
 
Arte literária 2012 nota de aula 1 mast
Arte literária 2012 nota de aula 1 mastArte literária 2012 nota de aula 1 mast
Arte literária 2012 nota de aula 1 mast
Péricles Penuel
 

Semelhante a O que é a arte (20)

Arte o que é
Arte   o que éArte   o que é
Arte o que é
 
O que é arte?
O que é arte?O que é arte?
O que é arte?
 
Definições de arte pergunta resposta
Definições de arte pergunta respostaDefinições de arte pergunta resposta
Definições de arte pergunta resposta
 
Apostila de-arte-eja
Apostila de-arte-ejaApostila de-arte-eja
Apostila de-arte-eja
 
Apostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdfApostila de Arte - EJA.pdf
Apostila de Arte - EJA.pdf
 
V dfilo cap4p_arte
V dfilo cap4p_arteV dfilo cap4p_arte
V dfilo cap4p_arte
 
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx
357727624-Historia-Da-Arte-Aplicada-Ao-Turismo-Aula-02.pptx
 
O que é arte
O que é arteO que é arte
O que é arte
 
Entenda a arte 2013
Entenda a arte 2013Entenda a arte 2013
Entenda a arte 2013
 
Conceito de arte
Conceito de arteConceito de arte
Conceito de arte
 
Arte 1 médio slide
Arte 1 médio slideArte 1 médio slide
Arte 1 médio slide
 
AINT - Trabalho
AINT - TrabalhoAINT - Trabalho
AINT - Trabalho
 
Arte literária 2012 nota de aula 1 mast
Arte literária 2012 nota de aula 1 mastArte literária 2012 nota de aula 1 mast
Arte literária 2012 nota de aula 1 mast
 
O que é a arte e outros
O que é a arte e outrosO que é a arte e outros
O que é a arte e outros
 
Aula 1 (1)
Aula 1 (1)Aula 1 (1)
Aula 1 (1)
 
Arte (2)
Arte (2)Arte (2)
Arte (2)
 
Arte (1)
Arte (1)Arte (1)
Arte (1)
 
Arte (1)
Arte (1)Arte (1)
Arte (1)
 
O que é arte. Definição de arte. História da arte.
O que é arte. Definição de arte. História da arte.O que é arte. Definição de arte. História da arte.
O que é arte. Definição de arte. História da arte.
 
Evolução conceito arte
Evolução conceito arteEvolução conceito arte
Evolução conceito arte
 

Mais de Ana Barreiros

Pintura do quattrocento
Pintura do quattrocentoPintura do quattrocento
Pintura do quattrocento
Ana Barreiros
 
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinemaCorrecao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Ana Barreiros
 
O aparecimento da arte gotica
O aparecimento da arte goticaO aparecimento da arte gotica
O aparecimento da arte gotica
Ana Barreiros
 
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ana Barreiros
 
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ana Barreiros
 
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ana Barreiros
 
Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"
Ana Barreiros
 
Ficha "A Cultura do Salão"
Ficha "A Cultura do Salão"Ficha "A Cultura do Salão"
Ficha "A Cultura do Salão"
Ana Barreiros
 
Ficha formativa grandes_civilizacoes
Ficha formativa grandes_civilizacoesFicha formativa grandes_civilizacoes
Ficha formativa grandes_civilizacoes
Ana Barreiros
 
Ficha formativa 1 HGP 6º ano
Ficha formativa 1 HGP 6º anoFicha formativa 1 HGP 6º ano
Ficha formativa 1 HGP 6º ano
Ana Barreiros
 
As artes na atualidade
As artes na atualidadeAs artes na atualidade
As artes na atualidade
Ana Barreiros
 

Mais de Ana Barreiros (20)

Pintura barroca na Europa
Pintura barroca na EuropaPintura barroca na Europa
Pintura barroca na Europa
 
Rubrica de avaliação
Rubrica de avaliação Rubrica de avaliação
Rubrica de avaliação
 
Lista de verificação e-atividade
Lista de verificação e-atividade Lista de verificação e-atividade
Lista de verificação e-atividade
 
O romantismo
O romantismoO romantismo
O romantismo
 
Bairro dos museus
Bairro dos museusBairro dos museus
Bairro dos museus
 
Imagens de Arquitetura Barroca
Imagens de Arquitetura BarrocaImagens de Arquitetura Barroca
Imagens de Arquitetura Barroca
 
Pintura do quattrocento
Pintura do quattrocentoPintura do quattrocento
Pintura do quattrocento
 
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinemaCorrecao 2ª ficha formativa cultura do cinema
Correcao 2ª ficha formativa cultura do cinema
 
O aparecimento da arte gotica
O aparecimento da arte goticaO aparecimento da arte gotica
O aparecimento da arte gotica
 
Escultura romana
Escultura romanaEscultura romana
Escultura romana
 
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºG
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºGA modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºG
A modernização de Portugal na 2ª metade séc. XIX - trabalho de Beatriz, 6ºG
 
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
Ficha formativa "A Cultura do Cinema 1"
 
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 2"
 
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
Ficha formativa "A Cultura da Gare 1"
 
Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"Ficha "A Cultura do Palco"
Ficha "A Cultura do Palco"
 
Ficha "A Cultura do Salão"
Ficha "A Cultura do Salão"Ficha "A Cultura do Salão"
Ficha "A Cultura do Salão"
 
Ficha formativa grandes_civilizacoes
Ficha formativa grandes_civilizacoesFicha formativa grandes_civilizacoes
Ficha formativa grandes_civilizacoes
 
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcaoFicha formativa 1820 e o liberalismo correcao
Ficha formativa 1820 e o liberalismo correcao
 
Ficha formativa 1 HGP 6º ano
Ficha formativa 1 HGP 6º anoFicha formativa 1 HGP 6º ano
Ficha formativa 1 HGP 6º ano
 
As artes na atualidade
As artes na atualidadeAs artes na atualidade
As artes na atualidade
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Eró Cunha
 

Último (20)

Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdfMESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
MESTRES DA CULTURA DE ASSARÉ Prof. Francisco Leite.pdf
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptxSequência didática Carona 1º Encontro.pptx
Sequência didática Carona 1º Encontro.pptx
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptxSão Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
São Damião, missionário entre os leprosos de Molokai, Havaí.pptx
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdfUFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
UFCD_8291_Preparação e confeção de peixes e mariscos_índice.pdf
 
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União EuropeiaApresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
Apresentação | Símbolos e Valores da União Europeia
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 

O que é a arte

  • 1. O QUE É A ARTE ?
  • 2. ISTO É ARTE ? PORQUÊ ?
  • 3. E ISTO É ARTE?
  • 4. UMA ESCADA ISTO É ARTE ?
  • 5. ESTA ESCADA É ARTE ?
  • 6.
  • 7. O que é a arte ? A função da arte A linguagem artística O contexto da obra de arte O valor da obra de arte “ Não existe Arte. Há somente artistas” ( E. Gombrich ) “ Arte é tudo o que o homem chama Arte” (Dino de Formaggio)
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. A CONSIDERAÇÃO SOCIAL DO ARTISTA (evolução ao longo da História) O trabalho artístico era considerado, tanto na Antiguidade como na Idade Média, como uma ACTIVIDADE ARTESANAL, os seus autores careciam de relevância social. Reconhecimento do carácter intelectual da actividade artística. Consolidação da figura do “Artista”. Renascimento Barroco (séc. XV-XVIII) Apolo, Anónimo
  • 12. Finais do século XVIII / meados do XIX oposição entre o produto artístico (trabalho com carácter exclusivo) e o industrial (trabalho produzido em série). incremento das colecções privadas primeiras academias de arte primeiros museus
  • 13.
  • 14.
  • 15. TEORIA E FUNÇÃO DA ARTE 1. A ARTE E A CRIAÇÃO ARTÍSTICA 2. NATUREZA DA OBRA DE ARTE 3. A OBRA E O ESTILO ARTÍSTICO 4. CLASSIFICAÇÃO DAS OBRAS DE ARTE 5. A FUNÇÃO DA OBRA DE ARTE
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.  
  • 29.
  • 30.
  • 31. Na época contemporânea a arte converte-se numa arte-criação ( “As demoiselles de Avignon” de Picasso; e “ Composição” de Mondrian), de alto conteúdo conceptual e subjectivo.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36. ALGUMAS TEORIAS SOBRE A ARTE A ARTE COMO FORMA A ARTE COMO EXPRESSÃO A ARTE COMO SÍMBOLO A ARTE COMO AGENTE PARA MUDAR A SOCIEDADE A ARTE COMO EDUCAÇÃO MORAL
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43. A arte possui a função transcendente, ou seja, manchas de tinta sobre uma tela ou palavras escritas sobre um papel simbolizam estados de consciência humana, abrangendo a percepção, emoção e razão . A Arte é uma criação humana com valores estéticos (beleza, equilíbrio, harmonia, revolta) que sintetizam as suas emoções, a sua história, os seus sentimentos e a sua cultura. É um conjunto de procedimentos utilizados para realizar obras, e no qual aplicamos os nossos conhecimentos.
  • 44.
  • 45. FIM