SlideShare uma empresa Scribd logo
O que é arte?
MsC. Aline Corso
Isto é arte?
Isto é arte?
Isto é arte?
Isto é arte?
Isto é arte?
Isto é arte?
Isto é arte?
O QUE É A ARTE ?
● A arte tem alguma função? Para que serve?
● Quando é que um objeto é obra de arte ou quando não é?
● Qual é o seu valor ? O valor de uma obra de arte e o seu “preço” são a mesma
coisa?
● Que fatores ou circunstâncias podem influenciar o trabalho dos artistas?
● A que dão importância, numa obra de arte, os historiadores?
“ Não existe Arte. Há somente artistas” ( E. Gombrich).
“ Arte é tudo o que o homem chama Arte” (Dino de
Formaggio).
A arte (do latim ars) é o conceito que engloba todas as
criações realizadas pelo ser humano para expressar uma
visão/abordagem sensível do mundo, seja este real ou fruto
da imaginação. Através de recursos plásticos, linguísticos
ou sonoros, a arte permite expressar ideias, emoções,
percepções e sensações.
A História indica que, com o aparecimento do Homo Sapiens,
a arte teve uma função ritual e mágico-religiosa, que foi
sofrendo alterações ao longo do tempo. Seja como for, a
definição do termo “arte” varia conforme a época e a cultura.
Arte é a atividade humana ligada a manifestações de ordem
estética, feita por artistas a partir de percepção, emoções e
ideias, com o objetivo de estimular esse interesse de
consciência em um ou mais espectadores, e cada obra de
arte possui um significado único e diferente.
LINGUAGENS ARTÍSTICAS
Vamos mapear?
OBRA DE ARTE
Segundo Michel Dufrenne, para que um obra seja considerada obra de arte terá de ser analisada segundo
os seguintes pontos de vista:
● Material - qualquer obra de arte é construída de um material próprio que lhe dá a sua diferença
específica e que o artista escolheu como veículo de comunicação da sua obra de arte;
● Sensível – ao escolher um determinado suporte físico para construir a sua obra de arte, o artista
está também a determinar um tipo próprio de sensibilidade para comunicar o que pretende, para
criar o efeito desejado;
● Representativo – estes dois primeiros aspectos fazem com que a obra de arte ganhe dinamismo,
comunique algo, adquira significado (para quem produz e para quem o recebe);
● Expressivo – criação do artista, após estar realizada, ganha uma pluralidade de significados e de
interpretações possíveis…. É este o caráter aberto da obra de arte, permitindo sempre uma
multiplicidade de interpretações possíveis.
COMO A ARTE SE APRESENTA?
● Pode ser vista ou percebida pelo homem de várias maneiras:
Tipos de obra de arte Características Exemplos
Segundo o meio Visuais O objeto artístico é percebido pela visão. Desenho, fotografia, arquitetura,
escultura, pintura.
Auditivas O objeto artístico cria uma série de sons que são percebidos pelos
ouvidos.
Todas as formas de música.
Verbais O objeto artístico é formado por palavras e deve ser percebido pela
capacidade decodificadora do sujeito (intelectual e sensorial).
Qualquer forma de literatura.
Mistas O objeto artístico resulta da combinação dos tipos anteriores e
deverá ser observado também de forma integrada.
Dança, canto, cinema, teatro,
ópera.
Segundo o
espaço e o tempo
Espaciais O objeto artístico realiza-se num espaço determinado, não tem
movimento, é captado num ato único de compreensão.
Desenho, fotografia, arquitetura,
escultura, pintura.
Temporais O objeto artístico desenvolve-se no tempo; é formado por
elementos sucessivos e num ato de percepção continuado.
Dança, canto, cinema, teatro,
ópera.
A ARTE TRANSFORMANDO A NOSSA MANEIRA DE
PENSAR
● Nos faz repensar os nossos posicionamentos sócio-culturais e artísticos;
● Busca a análise dos objetos de arte em percursos históricos, pois de alguma
forma a arte interfere na sociedade e, ao mesmo tempo, recebe influências
do meio em que está inserida.
POR QUE ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE?
● Estudá-la significa entender e refletir sobre as principais correntes da crítica
de arte, o estudo de objetos artísticos, buscando a arte na relação
homem-mundo, pensando e analisando os momentos cultural-artísticos e
estético de diversos tempos e sociedades, criando desta forma
conhecimentos significativos sobre a humanidade.
QUEM É O ARTISTA?
O homem que cria objetos para:
● Satisfazer suas necessidades práticas – arte utilitária;
● Como meio de vida para que o mundo saiba o que pensa;
● Para divulgar as suas crenças ou as dos outros;
● Para estimular e distrair a si mesmo e aos outros;
● Para explorar novas formas de olhar e interpretar objetos e cenas.
COMO OBSERVAMOS UMA OBRA DE ARTE?
AS SENSAÇÕES DO
ESPECTADOR
CONTEMPLAÇÃO REFLEXÃO
É necessário um processo de
formação:
● SABER OLHAR A OBRA DE ARTE;
● APRENDER A OLHAR PARA A OBRA
DE ARTE.
COMO APRENDER A OLHAR UMA OBRA DE ARTE?
● INTERPRETAR A LINGUAGEM
ARTÍSTICA: SABER LER A
OBRA DE ARTE;
● CONHECER A MORFOLOGIA
COM A QUAL CONSTRUÍMOS
A LINGUAGEM ARTÍSTICA
(ARQUITETURA, ESCULTURA,
ETC.);
● VALORIZAÇÃO DO
CONTEXTO HISTÓRICO NO
QUAL SE DESENVOLVE A
OBRA DE ARTE.
UM ESPECTADOR FORMADO
CONVERTE-SE NUM RECEPTOR
CONSCIENTE DA OBRA DE
ARTE
PROCESSO
EXERCITAR O OLHAR - FORMAR O OLHAR
PROCESSO DE DIÁLOGO COM O TRABALHO DO
ARTISTA
TEM UMA MENSAGEM E
TOMA DECISÕES
O TRABALHO
(OBRA)
VOCÊ (O APRECIADO)
“Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes, a
arte de viver” (Bertold Brecht).
“A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte”
(Mahatma Gandhi).
“Não é possível estar dentro da civilização e fora da arte” (Rui
Barbosa).
O que é arte?
A FUNÇÃO DA ARTE
Como explicou o PAPA GREGÓRIO MAGNO:
“ AS PINTURAS PODEM FAZER PELOS ANALFABETOS O QUE A ESCRITA FAZ PELOS QUE SABEM LER”.
Vamos fazer um exercício de observação.
Observe atentamente cada uma das imagens e procure responder:
1. Qual a impressão que você retirou destas obras? Descreva-as
detalhadamente.
2. Qual era a função das obras?
O que é arte?
O que é arte?
O que é arte?
BIBLIOGRAFIA
http://conceito.de/arte
https://www.slideshare.net/vangelim/o-que-arte-1046251?next_slideshow=1

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Grafite slide
Grafite slideGrafite slide
Grafite slide
cafumilena
 
A História da Música
A História da MúsicaA História da Música
A História da Música
Meire Falco
 
História do Teatro
História do TeatroHistória do Teatro
História do Teatro
Experiências Português
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
Bruna M
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
Michele Pó
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
Ana Paula Silva
 
A arte da performance
A arte da performanceA arte da performance
A arte da performance
Thiago Assumpção
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
dpport
 
Artes Visuais
Artes VisuaisArtes Visuais
Artes Visuais
Júnior Maciel
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
Ana Beatriz Cargnin
 
História da música 1
História da música 1História da música 1
História da música 1
Deborah Oliver
 
Neoclassicismo
NeoclassicismoNeoclassicismo
Neoclassicismo
Arte Educadora
 
Neoclassicismo - Arte Neoclássica
Neoclassicismo - Arte NeoclássicaNeoclassicismo - Arte Neoclássica
Neoclassicismo - Arte Neoclássica
Andrea Dressler
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
Turmasthera
 
Elementos visuais I
Elementos visuais IElementos visuais I
Elementos visuais I
Helena Romero
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
CLEBER LUIS DAMACENO
 
O belo e o feio
O belo e o feioO belo e o feio
O belo e o feio
Aline Corso
 
Linha do tempo história da arte
Linha do tempo história da arteLinha do tempo história da arte
Linha do tempo história da arte
Malu Rosan
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
Ana Barreiros
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
Jaiza Nobre
 

Mais procurados (20)

Grafite slide
Grafite slideGrafite slide
Grafite slide
 
A História da Música
A História da MúsicaA História da Música
A História da Música
 
História do Teatro
História do TeatroHistória do Teatro
História do Teatro
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Impressionismo
ImpressionismoImpressionismo
Impressionismo
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
A arte da performance
A arte da performanceA arte da performance
A arte da performance
 
As linguagens da arte
As linguagens da arteAs linguagens da arte
As linguagens da arte
 
Artes Visuais
Artes VisuaisArtes Visuais
Artes Visuais
 
Artes cênicas
Artes cênicasArtes cênicas
Artes cênicas
 
História da música 1
História da música 1História da música 1
História da música 1
 
Neoclassicismo
NeoclassicismoNeoclassicismo
Neoclassicismo
 
Neoclassicismo - Arte Neoclássica
Neoclassicismo - Arte NeoclássicaNeoclassicismo - Arte Neoclássica
Neoclassicismo - Arte Neoclássica
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Elementos visuais I
Elementos visuais IElementos visuais I
Elementos visuais I
 
Aula de arte urbana
Aula de arte urbanaAula de arte urbana
Aula de arte urbana
 
O belo e o feio
O belo e o feioO belo e o feio
O belo e o feio
 
Linha do tempo história da arte
Linha do tempo história da arteLinha do tempo história da arte
Linha do tempo história da arte
 
Arte abstrata
Arte abstrataArte abstrata
Arte abstrata
 
História da Arte
História da ArteHistória da Arte
História da Arte
 

Semelhante a O que é arte?

Vamos falar de arte(1)
Vamos falar de arte(1)Vamos falar de arte(1)
Vamos falar de arte(1)
Luis Silva
 
Entendendo a arte
Entendendo a arteEntendendo a arte
Entendendo a arte
Aurimar Bianchi Júnior
 
PPT_O_que_e_arte.pdf
PPT_O_que_e_arte.pdfPPT_O_que_e_arte.pdf
PPT_O_que_e_arte.pdf
thaismachado57
 
Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)
Fábia Michelle Pereira
 
Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014
Sheila Rodrigues
 
Slideestela arte-1235047907847191-2
Slideestela arte-1235047907847191-2Slideestela arte-1235047907847191-2
Slideestela arte-1235047907847191-2
Mô...Moema Anita Conceição
 
Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014
VIVIAN TROMBINI
 
Apostila de artes visuais 2014
Apostila de artes visuais 2014 Apostila de artes visuais 2014
Apostila de artes visuais 2014
Tininha Souza
 
3.afinal, o que é arte madre zarife
3.afinal, o que é arte   madre zarife3.afinal, o que é arte   madre zarife
3.afinal, o que é arte madre zarife
Francisco Rodrigues
 
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Secretaria de Educação do Maranhão e Imagética Consultoria e Design
 
Conceito de arte
Conceito de arteConceito de arte
Conceito de arte
Jailson Carvalho
 
Filosofia estética
Filosofia   estéticaFilosofia   estética
Filosofia estética
ミゲル ソレッス
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
JulianoFonseca17
 
A arte no dia a dia
A arte no dia a diaA arte no dia a dia
A arte no dia a dia
Augusto Pinto
 
Conhecimento pela arte.
Conhecimento pela arte.Conhecimento pela arte.
Conhecimento pela arte.
Italo Colares
 
Noções de estética e teoria da arte
Noções de estética e teoria da arteNoções de estética e teoria da arte
Noções de estética e teoria da arte
Paulo Henrique Breda
 
O que é a arte, tipos de arte (1).pptx
O que é a arte, tipos de arte (1).pptxO que é a arte, tipos de arte (1).pptx
O que é a arte, tipos de arte (1).pptx
ClotildeFernandes
 
Seminário sobre Arte e Educação
Seminário sobre Arte e Educação Seminário sobre Arte e Educação
Seminário sobre Arte e Educação
EducadorCriativo
 
Apostila de-artes-visuais
Apostila de-artes-visuaisApostila de-artes-visuais
Apostila de-artes-visuais
Raiane Nunes
 
Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)
Lucimar Avelino
 

Semelhante a O que é arte? (20)

Vamos falar de arte(1)
Vamos falar de arte(1)Vamos falar de arte(1)
Vamos falar de arte(1)
 
Entendendo a arte
Entendendo a arteEntendendo a arte
Entendendo a arte
 
PPT_O_que_e_arte.pdf
PPT_O_que_e_arte.pdfPPT_O_que_e_arte.pdf
PPT_O_que_e_arte.pdf
 
Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)
 
Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014
 
Slideestela arte-1235047907847191-2
Slideestela arte-1235047907847191-2Slideestela arte-1235047907847191-2
Slideestela arte-1235047907847191-2
 
Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014Apostila de arte_artes_visuais_2014
Apostila de arte_artes_visuais_2014
 
Apostila de artes visuais 2014
Apostila de artes visuais 2014 Apostila de artes visuais 2014
Apostila de artes visuais 2014
 
3.afinal, o que é arte madre zarife
3.afinal, o que é arte   madre zarife3.afinal, o que é arte   madre zarife
3.afinal, o que é arte madre zarife
 
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
Apostila de Artes Visuais (revisada e ampliada 2014)
 
Conceito de arte
Conceito de arteConceito de arte
Conceito de arte
 
Filosofia estética
Filosofia   estéticaFilosofia   estética
Filosofia estética
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
 
A arte no dia a dia
A arte no dia a diaA arte no dia a dia
A arte no dia a dia
 
Conhecimento pela arte.
Conhecimento pela arte.Conhecimento pela arte.
Conhecimento pela arte.
 
Noções de estética e teoria da arte
Noções de estética e teoria da arteNoções de estética e teoria da arte
Noções de estética e teoria da arte
 
O que é a arte, tipos de arte (1).pptx
O que é a arte, tipos de arte (1).pptxO que é a arte, tipos de arte (1).pptx
O que é a arte, tipos de arte (1).pptx
 
Seminário sobre Arte e Educação
Seminário sobre Arte e Educação Seminário sobre Arte e Educação
Seminário sobre Arte e Educação
 
Apostila de-artes-visuais
Apostila de-artes-visuaisApostila de-artes-visuais
Apostila de-artes-visuais
 
Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)Apostila de-artes-visuais (1)
Apostila de-artes-visuais (1)
 

Mais de Aline Corso

A(narqueologia) entre ruína e (re)construção: intersecções dos legados arquit...
A(narqueologia) entre ruína e (re)construção: intersecções dos legados arquit...A(narqueologia) entre ruína e (re)construção: intersecções dos legados arquit...
A(narqueologia) entre ruína e (re)construção: intersecções dos legados arquit...
Aline Corso
 
Seminário discente ufrgs 2019
Seminário discente ufrgs 2019Seminário discente ufrgs 2019
Seminário discente ufrgs 2019
Aline Corso
 
VII Congresso de Pesquisa e Extensão da FSG - artigo
VII Congresso de Pesquisa e Extensão da FSG - artigoVII Congresso de Pesquisa e Extensão da FSG - artigo
VII Congresso de Pesquisa e Extensão da FSG - artigo
Aline Corso
 
Apresentação comercial
Apresentação comercialApresentação comercial
Apresentação comercial
Aline Corso
 
Apresentação XII Abciber
Apresentação XII AbciberApresentação XII Abciber
Apresentação XII Abciber
Aline Corso
 
Planejamento de marketing
Planejamento de marketingPlanejamento de marketing
Planejamento de marketing
Aline Corso
 
Marketing digital em 2019 - as maiores tendencias
Marketing digital em 2019 - as maiores tendenciasMarketing digital em 2019 - as maiores tendencias
Marketing digital em 2019 - as maiores tendencias
Aline Corso
 
Apresentação SDCOM PPGCCOM UNISINOS 2019
Apresentação SDCOM PPGCCOM UNISINOS 2019Apresentação SDCOM PPGCCOM UNISINOS 2019
Apresentação SDCOM PPGCCOM UNISINOS 2019
Aline Corso
 
Seminário discente Epistemologia da Comunicação
Seminário discente Epistemologia da ComunicaçãoSeminário discente Epistemologia da Comunicação
Seminário discente Epistemologia da Comunicação
Aline Corso
 
Dia mundial da criatividade 2019
Dia mundial da criatividade 2019 Dia mundial da criatividade 2019
Dia mundial da criatividade 2019
Aline Corso
 
Atividade avaliativa - Comunicação Digital
Atividade avaliativa - Comunicação DigitalAtividade avaliativa - Comunicação Digital
Atividade avaliativa - Comunicação Digital
Aline Corso
 
Atividade avaliativa - Comportamento do Consumidor
Atividade avaliativa - Comportamento do ConsumidorAtividade avaliativa - Comportamento do Consumidor
Atividade avaliativa - Comportamento do Consumidor
Aline Corso
 
Atividade avaliativa - comunicação digital e multimeios
Atividade avaliativa  - comunicação digital e multimeiosAtividade avaliativa  - comunicação digital e multimeios
Atividade avaliativa - comunicação digital e multimeios
Aline Corso
 
Atividade avaliativa - design digital
Atividade avaliativa  - design digitalAtividade avaliativa  - design digital
Atividade avaliativa - design digital
Aline Corso
 
A promoção da área da saúde nas redes sociais
A promoção da área da saúde nas redes sociaisA promoção da área da saúde nas redes sociais
A promoção da área da saúde nas redes sociais
Aline Corso
 
O futuro do passado: uma arqueologia da inteligência artificial
O futuro do passado: uma arqueologia da inteligência artificialO futuro do passado: uma arqueologia da inteligência artificial
O futuro do passado: uma arqueologia da inteligência artificial
Aline Corso
 
Questões comentadas ENADE 2012 e 2015 Publicidade e Propaganda
Questões comentadas ENADE 2012 e 2015 Publicidade e PropagandaQuestões comentadas ENADE 2012 e 2015 Publicidade e Propaganda
Questões comentadas ENADE 2012 e 2015 Publicidade e Propaganda
Aline Corso
 
Vigilância
VigilânciaVigilância
Vigilância
Aline Corso
 
Videogame é arte?
Videogame é arte?Videogame é arte?
Videogame é arte?
Aline Corso
 
O consumidor brasileiro
O consumidor brasileiroO consumidor brasileiro
O consumidor brasileiro
Aline Corso
 

Mais de Aline Corso (20)

A(narqueologia) entre ruína e (re)construção: intersecções dos legados arquit...
A(narqueologia) entre ruína e (re)construção: intersecções dos legados arquit...A(narqueologia) entre ruína e (re)construção: intersecções dos legados arquit...
A(narqueologia) entre ruína e (re)construção: intersecções dos legados arquit...
 
Seminário discente ufrgs 2019
Seminário discente ufrgs 2019Seminário discente ufrgs 2019
Seminário discente ufrgs 2019
 
VII Congresso de Pesquisa e Extensão da FSG - artigo
VII Congresso de Pesquisa e Extensão da FSG - artigoVII Congresso de Pesquisa e Extensão da FSG - artigo
VII Congresso de Pesquisa e Extensão da FSG - artigo
 
Apresentação comercial
Apresentação comercialApresentação comercial
Apresentação comercial
 
Apresentação XII Abciber
Apresentação XII AbciberApresentação XII Abciber
Apresentação XII Abciber
 
Planejamento de marketing
Planejamento de marketingPlanejamento de marketing
Planejamento de marketing
 
Marketing digital em 2019 - as maiores tendencias
Marketing digital em 2019 - as maiores tendenciasMarketing digital em 2019 - as maiores tendencias
Marketing digital em 2019 - as maiores tendencias
 
Apresentação SDCOM PPGCCOM UNISINOS 2019
Apresentação SDCOM PPGCCOM UNISINOS 2019Apresentação SDCOM PPGCCOM UNISINOS 2019
Apresentação SDCOM PPGCCOM UNISINOS 2019
 
Seminário discente Epistemologia da Comunicação
Seminário discente Epistemologia da ComunicaçãoSeminário discente Epistemologia da Comunicação
Seminário discente Epistemologia da Comunicação
 
Dia mundial da criatividade 2019
Dia mundial da criatividade 2019 Dia mundial da criatividade 2019
Dia mundial da criatividade 2019
 
Atividade avaliativa - Comunicação Digital
Atividade avaliativa - Comunicação DigitalAtividade avaliativa - Comunicação Digital
Atividade avaliativa - Comunicação Digital
 
Atividade avaliativa - Comportamento do Consumidor
Atividade avaliativa - Comportamento do ConsumidorAtividade avaliativa - Comportamento do Consumidor
Atividade avaliativa - Comportamento do Consumidor
 
Atividade avaliativa - comunicação digital e multimeios
Atividade avaliativa  - comunicação digital e multimeiosAtividade avaliativa  - comunicação digital e multimeios
Atividade avaliativa - comunicação digital e multimeios
 
Atividade avaliativa - design digital
Atividade avaliativa  - design digitalAtividade avaliativa  - design digital
Atividade avaliativa - design digital
 
A promoção da área da saúde nas redes sociais
A promoção da área da saúde nas redes sociaisA promoção da área da saúde nas redes sociais
A promoção da área da saúde nas redes sociais
 
O futuro do passado: uma arqueologia da inteligência artificial
O futuro do passado: uma arqueologia da inteligência artificialO futuro do passado: uma arqueologia da inteligência artificial
O futuro do passado: uma arqueologia da inteligência artificial
 
Questões comentadas ENADE 2012 e 2015 Publicidade e Propaganda
Questões comentadas ENADE 2012 e 2015 Publicidade e PropagandaQuestões comentadas ENADE 2012 e 2015 Publicidade e Propaganda
Questões comentadas ENADE 2012 e 2015 Publicidade e Propaganda
 
Vigilância
VigilânciaVigilância
Vigilância
 
Videogame é arte?
Videogame é arte?Videogame é arte?
Videogame é arte?
 
O consumidor brasileiro
O consumidor brasileiroO consumidor brasileiro
O consumidor brasileiro
 

Último

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
mailabueno45
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 

Último (20)

EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptxVOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
VOCÊ CONHECE AS HISTÓRIAS DA BIBLÍA - EMOJIES.pptx
 
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 

O que é arte?

  • 1. O que é arte? MsC. Aline Corso
  • 9. O QUE É A ARTE ? ● A arte tem alguma função? Para que serve? ● Quando é que um objeto é obra de arte ou quando não é? ● Qual é o seu valor ? O valor de uma obra de arte e o seu “preço” são a mesma coisa? ● Que fatores ou circunstâncias podem influenciar o trabalho dos artistas? ● A que dão importância, numa obra de arte, os historiadores?
  • 10. “ Não existe Arte. Há somente artistas” ( E. Gombrich). “ Arte é tudo o que o homem chama Arte” (Dino de Formaggio).
  • 11. A arte (do latim ars) é o conceito que engloba todas as criações realizadas pelo ser humano para expressar uma visão/abordagem sensível do mundo, seja este real ou fruto da imaginação. Através de recursos plásticos, linguísticos ou sonoros, a arte permite expressar ideias, emoções, percepções e sensações. A História indica que, com o aparecimento do Homo Sapiens, a arte teve uma função ritual e mágico-religiosa, que foi sofrendo alterações ao longo do tempo. Seja como for, a definição do termo “arte” varia conforme a época e a cultura.
  • 12. Arte é a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética, feita por artistas a partir de percepção, emoções e ideias, com o objetivo de estimular esse interesse de consciência em um ou mais espectadores, e cada obra de arte possui um significado único e diferente.
  • 14. OBRA DE ARTE Segundo Michel Dufrenne, para que um obra seja considerada obra de arte terá de ser analisada segundo os seguintes pontos de vista: ● Material - qualquer obra de arte é construída de um material próprio que lhe dá a sua diferença específica e que o artista escolheu como veículo de comunicação da sua obra de arte; ● Sensível – ao escolher um determinado suporte físico para construir a sua obra de arte, o artista está também a determinar um tipo próprio de sensibilidade para comunicar o que pretende, para criar o efeito desejado; ● Representativo – estes dois primeiros aspectos fazem com que a obra de arte ganhe dinamismo, comunique algo, adquira significado (para quem produz e para quem o recebe); ● Expressivo – criação do artista, após estar realizada, ganha uma pluralidade de significados e de interpretações possíveis…. É este o caráter aberto da obra de arte, permitindo sempre uma multiplicidade de interpretações possíveis.
  • 15. COMO A ARTE SE APRESENTA? ● Pode ser vista ou percebida pelo homem de várias maneiras: Tipos de obra de arte Características Exemplos Segundo o meio Visuais O objeto artístico é percebido pela visão. Desenho, fotografia, arquitetura, escultura, pintura. Auditivas O objeto artístico cria uma série de sons que são percebidos pelos ouvidos. Todas as formas de música. Verbais O objeto artístico é formado por palavras e deve ser percebido pela capacidade decodificadora do sujeito (intelectual e sensorial). Qualquer forma de literatura. Mistas O objeto artístico resulta da combinação dos tipos anteriores e deverá ser observado também de forma integrada. Dança, canto, cinema, teatro, ópera. Segundo o espaço e o tempo Espaciais O objeto artístico realiza-se num espaço determinado, não tem movimento, é captado num ato único de compreensão. Desenho, fotografia, arquitetura, escultura, pintura. Temporais O objeto artístico desenvolve-se no tempo; é formado por elementos sucessivos e num ato de percepção continuado. Dança, canto, cinema, teatro, ópera.
  • 16. A ARTE TRANSFORMANDO A NOSSA MANEIRA DE PENSAR ● Nos faz repensar os nossos posicionamentos sócio-culturais e artísticos; ● Busca a análise dos objetos de arte em percursos históricos, pois de alguma forma a arte interfere na sociedade e, ao mesmo tempo, recebe influências do meio em que está inserida.
  • 17. POR QUE ESTUDAR HISTÓRIA DA ARTE? ● Estudá-la significa entender e refletir sobre as principais correntes da crítica de arte, o estudo de objetos artísticos, buscando a arte na relação homem-mundo, pensando e analisando os momentos cultural-artísticos e estético de diversos tempos e sociedades, criando desta forma conhecimentos significativos sobre a humanidade.
  • 18. QUEM É O ARTISTA? O homem que cria objetos para: ● Satisfazer suas necessidades práticas – arte utilitária; ● Como meio de vida para que o mundo saiba o que pensa; ● Para divulgar as suas crenças ou as dos outros; ● Para estimular e distrair a si mesmo e aos outros; ● Para explorar novas formas de olhar e interpretar objetos e cenas.
  • 19. COMO OBSERVAMOS UMA OBRA DE ARTE? AS SENSAÇÕES DO ESPECTADOR CONTEMPLAÇÃO REFLEXÃO É necessário um processo de formação: ● SABER OLHAR A OBRA DE ARTE; ● APRENDER A OLHAR PARA A OBRA DE ARTE.
  • 20. COMO APRENDER A OLHAR UMA OBRA DE ARTE? ● INTERPRETAR A LINGUAGEM ARTÍSTICA: SABER LER A OBRA DE ARTE; ● CONHECER A MORFOLOGIA COM A QUAL CONSTRUÍMOS A LINGUAGEM ARTÍSTICA (ARQUITETURA, ESCULTURA, ETC.); ● VALORIZAÇÃO DO CONTEXTO HISTÓRICO NO QUAL SE DESENVOLVE A OBRA DE ARTE. UM ESPECTADOR FORMADO CONVERTE-SE NUM RECEPTOR CONSCIENTE DA OBRA DE ARTE PROCESSO EXERCITAR O OLHAR - FORMAR O OLHAR
  • 21. PROCESSO DE DIÁLOGO COM O TRABALHO DO ARTISTA TEM UMA MENSAGEM E TOMA DECISÕES O TRABALHO (OBRA) VOCÊ (O APRECIADO)
  • 22. “Todas as artes contribuem para a maior de todas as artes, a arte de viver” (Bertold Brecht). “A arte da vida consiste em fazer da vida uma obra de arte” (Mahatma Gandhi). “Não é possível estar dentro da civilização e fora da arte” (Rui Barbosa).
  • 25. Como explicou o PAPA GREGÓRIO MAGNO: “ AS PINTURAS PODEM FAZER PELOS ANALFABETOS O QUE A ESCRITA FAZ PELOS QUE SABEM LER”. Vamos fazer um exercício de observação. Observe atentamente cada uma das imagens e procure responder: 1. Qual a impressão que você retirou destas obras? Descreva-as detalhadamente. 2. Qual era a função das obras?