SlideShare uma empresa Scribd logo
ARTE NO DIA-A-DIA DAS PESSOAS PROFESSORA  DENISE MARIA RAMOS LUGLI
Mesmo sem ser percebida, a arte faz parte da nossa vida.  Observe a variedade de tênis e de mochilas entre seus colegas de classe e também as estampas de camiseta que você usa. Por trás de toda essa variedade de modelos está o trabalho de um artista.
 
Em uma fábrica de automóveis por exemplo, há departamentos de arte em que artistas estudam como deixar veículos mais bonitos e atraentes para o consumidor.
A arte também está presente na publicidade. As embalagens, os cartazes, as músicas que ajudam a propagar e vender os produtos são uma combinação entre arte e comércio.
Num supermercado, por exemplo, observe as cores existentes nas embalagens de biscoito. Os de chocolate são embalados em caixas ou papéis que têm inscrições e desenhos feitos em tons marrons e os de morango com inscrições trabalhadas em vermelho.
As escolas de publicidade têm em seus currículos História da arte, desenho, técnicas de pintura, para preparar o publicitário para ser um bom profissional e atender às exigências de um público cada vez mais conhecedor da arte.
A publicidade hoje até brinca com a arte usando obras de pintores famosos nas propagandas.
A arte pode ser também uma forma de expressão pessoal e de lazer. Podemos pintar, fazer uma escultura, tocar um instrumento, compor uma música ou participar de um grupo teatral sem que isso esteja vinculado à indústria ou ao comércio.
Diante de tudo isso, se você prestar atenção ao seu redor, perceberá o quanto a arte está presente no seu dia-a-dia.
Por que o mundo necessita de arte?  Porque fazemos arte e para que a usamos é aquilo que chamamos de função da arte que pode ser ...feita para decorar o mundo... para espelhar o nosso mundo (naturalista)... para ajudar no dia-a-dia (utilitária)...para explicar e descrever a história...para ser usada na cura doenças... para ajuda a explorar o mundo.
Você se preocupa com seu visual? ? ?
? ? ?
Serve qualquer roupa? ? ?
? ? ?
Serve qualquer celular ou jeans? ? ? ?
Curte uma pintura?
Qual destes ambientes mais lhe agrada? Por quê?
Na sua casa tem ... Quadros? Vasos? Retratos? Enfeites?
Tatuagem ou pintura corporal é coisa da atualidade?
O piercing (body art) é muito atual.
Será??????
COMO A ARTE SE MANIFESTA? QUEM NOS CHAMAMOS DE ARTISTAS?
ARTISTA /ARTE VAN GOGH RICHARD GERE MADONA ARTES PLÁSTICAS: PINTURA ESCULTURA ARQUITETURA MÚSICA TEATRO MICHELÂNGELO NIEMEYER
MÚSICA: Arte  que consiste em  combinar  sons  de  forma  harmoniosa.  Conjunto  de  sons  combinados.  Execução de qualquer peça musical.  Conjunto de  músicos ;  orquestra ;  filarmônica . Há vários tipos de música e estilos:   Tipos: Atonal, Tonal, modal etc.  Estilos: Clássica, Eletrônica, folclórica, Popular, Sacra, Instrumental,
O teatro: O teatro é uma arte em que um  ator , ou conjunto de atores, interpreta uma história ou atividades, com auxílio de  dramaturgos ,  diretores  e técnicos, que têm como objetivo apresentar uma situação e despertar  sentimentos  no público.  Gêneros: Comédia, Drama, Ópera,  Musical, Fantoches, etc
Artes Plásticas   São as artes que se manifestam por meio de elementos visuais e táteis, como linhas, cores, volumes; reproduzindo formas da natureza ou realizando formas imaginárias...  Podem ser manifestadas de duas formas: No bidimensional (2 dimensões LxC, LxA e CxA) No Tridimensional (3 dimensões LxAxC)
ARQUITETURA:  (3D)  Arte de construir a partir de um projeto. (Construção)
 
Exemplos no cotidiano:
ESCULTURA   (3D):  Arte de esculpir, entalhar, moldar uma superfície tridimensional.  Existem três tipos de escultura:  Baixo relevo : é a escultura que não ultrapassa a metade da profundidade do material.  Alto relevo : é a escultura que ultrapassa a metade da profundidade do material.  Pleno relevo : é a escultura onde é trabalhada todas as superfícies do material (de todos os lados).
BAIXO RELEVO
EXEMPLOS NO COTIDIANO:
ALTO RELEVO:
EXEMPLOS NO COTIDIANO:
PLENO RELEVO:
EXEMPLOS NO COTIDIANO:
PINTURA  (2D):  Arte de colocar elementos coloridos sobre uma superfície bidimensional.  Existem vários tipos de pintura:  Afresco : é uma pintura feita sobre uma argamassa fresca.  Mosaico : desnhos feitos com pedras coloridas.  Pintura de Cavalete : é pintura fieta numa superfície móvel.  Vitral:  feitos  com pedaços de vidro, geralmente coloridos, combinados para formar desenhos.
PINTURA  (2D):  Afresco :  Mosaico :
PINTURA  (2D): Pintura de Cavalete :  Vitral:
EXEMPLOS NO COTIDIANO:
EXEMPLOS NO COTIDIANO:
Pequena reflexão: “ Toda estátua é uma escultura, mas nem toda escultura é uma estátua!” Porque?
Resposta:  Uma estátua é uma escultura (pleno relevo)... Mas há mais dois tipos de escultura: o baixo relevo e o alto relevo Então a escultura não pode ser somente o pleno relevo.
Textos anexos
Palavra de origem latina, "ars" significa técnica ou habilidade. Segundo o dicionário  Houaiss , arte é a "produção consciente de obras, formas ou objetos voltada para a concretização de um ideal de beleza e harmonia ou para a expressão da subjetividade humana".
Mas é difícil definir exatamente o que é arte. Não existe uma resposta acabada, já que são muitas as concepções. Mesmo assim, algumas produções humanas são facilmente identificadas como "obras de arte".
Para compreender uma obra de arte, é preciso considerar o contexto em que ela foi produzida. Ou seja, a arte é influenciada por um pensamento, uma ideologia, uma época ou lugar.
" A Arte é necessária para que o Homem se torne capaz de conhecer e mudar o Mundo.  Mas a Arte também é necessária em virtude da magia que lhe é inerente."   Ernst Fischer,  A Necessidade da Arte , Zahar Editores  - É a capacidade que o Homem possuí de produzir objectos ou realizar acções com as quais possa expressar ideias, sentimentos ou emoções estéticas. É um importante trabalho educativo pois, através das tendências
individuais, estimula a inteligência e desenvolve a nossa percepção, imaginação e observação, e contribuí ainda para a formação da personalidade do ser humano, pois desenvolve ainda o nosso raciocinío e a capacidade crítica. Pode-se dizer também que a Arte é um espécie de fuga aos problemas da vida, uma forma de nos libertarmos da tensão e do cansaço que sentimos practicamente todos os dias.
A Arte é, portanto, todo um trabalho criativo ou o seu produto, que se faz consciente ou inconscientemente com intenção estética, isto é, com o fim de alcançar resultados belos, embora o ideal de beleza seja subjectivo e varie com os tempos e com os costumes, todo o artista (seja ele um pintor, um escultor, um arquitecto, um músico, um escritor ou um cineasta) provavelmente investe o mais possível na beleza da sua obra do que na verdade, na elevação ou na utilidade que esta possa ter.
É através da Arte que o Homem formaliza e personaliza as suas crenças, sonhos e medos, corporizando até o desconhecido, o inexplicável e até o insólito; que ele expressa as suas interpretações/recriações da Natureza, de si mesmo e dos outros; que sublima tensões, impulsos, complexos e traumas. A relação do Homem com a Arte é de tal forma íntima e essencial, que já chegaram a defini-la como condição de Humanidade, pois a Arte é uma actividade exclusivamente humana, na medida em que
...só o Homem é capaz de a produzir e apreciar. É ainda uma actividade espontânea e inata ao Homem, pois a produção artística, embora não necessária á sobrevivência física e imediata, teve lugar desde as sociedades mais primitivas e acompanhou o Homem desde os primórdios da sua espécie.  A Arte aparece-nos como uma necessidade vital para o Homem. Não uma necessidade do corpo, mas sim do espírito.
Se somos imediatistas, a arte é inútil. De certa maneira, é bom que seja assim. Todas as vezes em que a arte tende a um sentido mais utilitarista ela se empobrece.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arte ensino médio slide 1
Arte ensino médio  slide 1Arte ensino médio  slide 1
Arte ensino médio slide 1
Eponina Alencar
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
Cristiane Seibt
 
Atividade extra função da arte
Atividade extra função da arteAtividade extra função da arte
Atividade extra função da arte
Gabriela Lemos
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
Ana Paula Silva
 
Land Art
Land ArtLand Art
Prova de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino MédioProva de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino Médio
dicionarista
 
Introdução à História da Arte - aula 1 - com exercícios
Introdução à História da Arte - aula 1 - com exercíciosIntrodução à História da Arte - aula 1 - com exercícios
Introdução à História da Arte - aula 1 - com exercícios
VIVIAN TROMBINI
 
Avaliação arte musica
Avaliação arte musicaAvaliação arte musica
Avaliação arte musica
Atividades Diversas Cláudia
 
Grafite
GrafiteGrafite
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
JulianoFonseca17
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
Ana Barreiros
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
VIVIAN TROMBINI
 
Elementos visuais - Artes 1º ano
Elementos visuais - Artes 1º anoElementos visuais - Artes 1º ano
Elementos visuais - Artes 1º ano
GeovanaPorto
 
Aula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arteAula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arte
Lila Donato
 
Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.
Rafael Serra
 
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arteReleitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
lisneia2012
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
Turmasthera
 
Questões simulado
Questões simuladoQuestões simulado
Questões simulado
Marcelo Malafaia
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Fundamentos da arte
Fundamentos da arteFundamentos da arte
Fundamentos da arte
Luciana Estivalet
 

Mais procurados (20)

Arte ensino médio slide 1
Arte ensino médio  slide 1Arte ensino médio  slide 1
Arte ensino médio slide 1
 
Arte e tecnologia
Arte e tecnologiaArte e tecnologia
Arte e tecnologia
 
Atividade extra função da arte
Atividade extra função da arteAtividade extra função da arte
Atividade extra função da arte
 
Arte moderna
Arte modernaArte moderna
Arte moderna
 
Land Art
Land ArtLand Art
Land Art
 
Prova de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino MédioProva de Artes EJA Ensino Médio
Prova de Artes EJA Ensino Médio
 
Introdução à História da Arte - aula 1 - com exercícios
Introdução à História da Arte - aula 1 - com exercíciosIntrodução à História da Arte - aula 1 - com exercícios
Introdução à História da Arte - aula 1 - com exercícios
 
Avaliação arte musica
Avaliação arte musicaAvaliação arte musica
Avaliação arte musica
 
Grafite
GrafiteGrafite
Grafite
 
Funções da arte
Funções da arteFunções da arte
Funções da arte
 
O que é a arte
O que é a arteO que é a arte
O que é a arte
 
Arte contemporânea
Arte contemporâneaArte contemporânea
Arte contemporânea
 
Elementos visuais - Artes 1º ano
Elementos visuais - Artes 1º anoElementos visuais - Artes 1º ano
Elementos visuais - Artes 1º ano
 
Aula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arteAula História da Arte_As funções da arte
Aula História da Arte_As funções da arte
 
Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.Aula 13 historia da arte.
Aula 13 historia da arte.
 
Releitura de obras de arte
Releitura de obras de arteReleitura de obras de arte
Releitura de obras de arte
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Questões simulado
Questões simuladoQuestões simulado
Questões simulado
 
Pop Art
Pop ArtPop Art
Pop Art
 
Fundamentos da arte
Fundamentos da arteFundamentos da arte
Fundamentos da arte
 

Destaque

Arte nas imagens do cotidiano
Arte nas imagens do cotidianoArte nas imagens do cotidiano
Arte nas imagens do cotidiano
Paulo Roberto
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
Aclecio Dantas
 
A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
2011saletekm
 
Imagética
ImagéticaImagética
Imagética
Marley Maia
 
Arte
ArteArte
Arte, Cultura E Filosofia Enade
Arte, Cultura E Filosofia EnadeArte, Cultura E Filosofia Enade
Arte, Cultura E Filosofia Enade
alesteves
 
Interpretação De Texto
Interpretação De TextoInterpretação De Texto
Interpretação De Texto
clemildapetrolina
 
Estética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arteEstética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arte
Julia Martins
 
Apostila Seed Arte
Apostila Seed ArteApostila Seed Arte
Apostila Seed Arte
guesta2205f
 
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia JuniorElementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Secretaria de Educação do Maranhão e Imagética Consultoria e Design
 
Avaliação de artes iii unidade
Avaliação de artes   iii   unidadeAvaliação de artes   iii   unidade
Avaliação de artes iii unidade
Anna Paula Siqueira
 
Fazendo a diferença
Fazendo a diferençaFazendo a diferença
Fazendo a diferença
Marketing BC
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
Sandro Bottene
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
Elianacapimdourado
 
Slide desempenho 3º ano
Slide desempenho 3º anoSlide desempenho 3º ano
Slide desempenho 3º ano
Jamário Figueiredo
 
Aula de arte ensino fundamental- nupi
Aula de arte ensino fundamental- nupiAula de arte ensino fundamental- nupi
Aula de arte ensino fundamental- nupi
kamilacardoso
 
A arte de tarsila do amaral por simone helen drumond
A arte de tarsila do amaral por simone helen drumondA arte de tarsila do amaral por simone helen drumond
A arte de tarsila do amaral por simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 
Produção de Suportes Midiáticos: Questoes contemporaneas
Produção de Suportes Midiáticos: Questoes contemporaneasProdução de Suportes Midiáticos: Questoes contemporaneas
Produção de Suportes Midiáticos: Questoes contemporaneas
richard_romancini
 
Curriculo Ensino Médio -DF
Curriculo Ensino Médio -DFCurriculo Ensino Médio -DF
Curriculo Ensino Médio -DF
corescolar
 
5.5. definição
5.5. definição5.5. definição
5.5. definição
Luiz-Salvador Miranda-Sa
 

Destaque (20)

Arte nas imagens do cotidiano
Arte nas imagens do cotidianoArte nas imagens do cotidiano
Arte nas imagens do cotidiano
 
DEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTEDEFINIÇÕES DE ARTE
DEFINIÇÕES DE ARTE
 
A função da arte slide
A função da arte   slideA função da arte   slide
A função da arte slide
 
Imagética
ImagéticaImagética
Imagética
 
Arte
ArteArte
Arte
 
Arte, Cultura E Filosofia Enade
Arte, Cultura E Filosofia EnadeArte, Cultura E Filosofia Enade
Arte, Cultura E Filosofia Enade
 
Interpretação De Texto
Interpretação De TextoInterpretação De Texto
Interpretação De Texto
 
Estética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arteEstética conceito de arte e obra de arte
Estética conceito de arte e obra de arte
 
Apostila Seed Arte
Apostila Seed ArteApostila Seed Arte
Apostila Seed Arte
 
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia JuniorElementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
Elementos Básicos da Linguagem Visual. Prof. Garcia Junior
 
Avaliação de artes iii unidade
Avaliação de artes   iii   unidadeAvaliação de artes   iii   unidade
Avaliação de artes iii unidade
 
Fazendo a diferença
Fazendo a diferençaFazendo a diferença
Fazendo a diferença
 
Arte egípcia
Arte egípciaArte egípcia
Arte egípcia
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Slide desempenho 3º ano
Slide desempenho 3º anoSlide desempenho 3º ano
Slide desempenho 3º ano
 
Aula de arte ensino fundamental- nupi
Aula de arte ensino fundamental- nupiAula de arte ensino fundamental- nupi
Aula de arte ensino fundamental- nupi
 
A arte de tarsila do amaral por simone helen drumond
A arte de tarsila do amaral por simone helen drumondA arte de tarsila do amaral por simone helen drumond
A arte de tarsila do amaral por simone helen drumond
 
Produção de Suportes Midiáticos: Questoes contemporaneas
Produção de Suportes Midiáticos: Questoes contemporaneasProdução de Suportes Midiáticos: Questoes contemporaneas
Produção de Suportes Midiáticos: Questoes contemporaneas
 
Curriculo Ensino Médio -DF
Curriculo Ensino Médio -DFCurriculo Ensino Médio -DF
Curriculo Ensino Médio -DF
 
5.5. definição
5.5. definição5.5. definição
5.5. definição
 

Semelhante a 0 arte pra que

A arte no dia a dia
A arte no dia a diaA arte no dia a dia
A arte no dia a dia
Augusto Pinto
 
Mídia para problematizar a disciplina Arte com os alunos do Ensino fubdamenta...
Mídia para problematizar a disciplina Arte com os alunos do Ensino fubdamenta...Mídia para problematizar a disciplina Arte com os alunos do Ensino fubdamenta...
Mídia para problematizar a disciplina Arte com os alunos do Ensino fubdamenta...
Gerald Bourguignon
 
AS OBRAS DE ISMAEL MARTINS E O CONTEXTO ESCOLAR
AS OBRAS DE ISMAEL MARTINS E O CONTEXTO ESCOLAR AS OBRAS DE ISMAEL MARTINS E O CONTEXTO ESCOLAR
AS OBRAS DE ISMAEL MARTINS E O CONTEXTO ESCOLAR
Vis-UAB
 
Arte e Design
Arte e DesignArte e Design
Linguagem pictorica
Linguagem pictoricaLinguagem pictorica
Linguagem pictorica
Eduardo Becker Jr.
 
A arte na história
A arte na históriaA arte na história
A arte na história
Artedoiscmb Cmb
 
3.afinal, o que é arte madre zarife
3.afinal, o que é arte   madre zarife3.afinal, o que é arte   madre zarife
3.afinal, o que é arte madre zarife
Francisco Rodrigues
 
Arte
ArteArte
Arte
HCA_10I
 
O que é a arte, tipos de arte (1).pptx
O que é a arte, tipos de arte (1).pptxO que é a arte, tipos de arte (1).pptx
O que é a arte, tipos de arte (1).pptx
ClotildeFernandes
 
O que é a arte (1)
O que é a arte (1)O que é a arte (1)
O que é a arte (1)
Vasco L
 
Fundamentos da Linguagem Visual
Fundamentos da Linguagem VisualFundamentos da Linguagem Visual
Fundamentos da Linguagem Visual
Eduardo Becker Jr.
 
Fundamentos da Linguagem Visual
Fundamentos da Linguagem VisualFundamentos da Linguagem Visual
Fundamentos da Linguagem Visual
Eduardo Becker Jr.
 
Arte e Cultura Contemporânea - Aula 2 - Profº Diego Gervaes.
Arte e Cultura Contemporânea - Aula 2 - Profº Diego Gervaes.Arte e Cultura Contemporânea - Aula 2 - Profº Diego Gervaes.
Arte e Cultura Contemporânea - Aula 2 - Profº Diego Gervaes.
Diego Gervaes
 
Livro de arte
Livro de arteLivro de arte
Livro de arte
Livro de arte Livro de arte
Livro de arte
Veridiana Rengel
 
HISTÓRIA SOCIALO DA ARTE papel social .pdf
HISTÓRIA SOCIALO DA ARTE papel social .pdfHISTÓRIA SOCIALO DA ARTE papel social .pdf
HISTÓRIA SOCIALO DA ARTE papel social .pdf
Universidade Dederal do Oeste do Pará
 
1 o que é arte- Texto-
1 o que é arte- Texto-1 o que é arte- Texto-
1 o que é arte- Texto-
ArtesElisa
 
Carmem
CarmemCarmem
Arte, leitura e elementos
Arte, leitura e elementosArte, leitura e elementos
Arte, leitura e elementos
Aline Raposo
 
EHA01 Conceitos
EHA01 ConceitosEHA01 Conceitos
EHA01 Conceitos
Odair Tuono
 

Semelhante a 0 arte pra que (20)

A arte no dia a dia
A arte no dia a diaA arte no dia a dia
A arte no dia a dia
 
Mídia para problematizar a disciplina Arte com os alunos do Ensino fubdamenta...
Mídia para problematizar a disciplina Arte com os alunos do Ensino fubdamenta...Mídia para problematizar a disciplina Arte com os alunos do Ensino fubdamenta...
Mídia para problematizar a disciplina Arte com os alunos do Ensino fubdamenta...
 
AS OBRAS DE ISMAEL MARTINS E O CONTEXTO ESCOLAR
AS OBRAS DE ISMAEL MARTINS E O CONTEXTO ESCOLAR AS OBRAS DE ISMAEL MARTINS E O CONTEXTO ESCOLAR
AS OBRAS DE ISMAEL MARTINS E O CONTEXTO ESCOLAR
 
Arte e Design
Arte e DesignArte e Design
Arte e Design
 
Linguagem pictorica
Linguagem pictoricaLinguagem pictorica
Linguagem pictorica
 
A arte na história
A arte na históriaA arte na história
A arte na história
 
3.afinal, o que é arte madre zarife
3.afinal, o que é arte   madre zarife3.afinal, o que é arte   madre zarife
3.afinal, o que é arte madre zarife
 
Arte
ArteArte
Arte
 
O que é a arte, tipos de arte (1).pptx
O que é a arte, tipos de arte (1).pptxO que é a arte, tipos de arte (1).pptx
O que é a arte, tipos de arte (1).pptx
 
O que é a arte (1)
O que é a arte (1)O que é a arte (1)
O que é a arte (1)
 
Fundamentos da Linguagem Visual
Fundamentos da Linguagem VisualFundamentos da Linguagem Visual
Fundamentos da Linguagem Visual
 
Fundamentos da Linguagem Visual
Fundamentos da Linguagem VisualFundamentos da Linguagem Visual
Fundamentos da Linguagem Visual
 
Arte e Cultura Contemporânea - Aula 2 - Profº Diego Gervaes.
Arte e Cultura Contemporânea - Aula 2 - Profº Diego Gervaes.Arte e Cultura Contemporânea - Aula 2 - Profº Diego Gervaes.
Arte e Cultura Contemporânea - Aula 2 - Profº Diego Gervaes.
 
Livro de arte
Livro de arteLivro de arte
Livro de arte
 
Livro de arte
Livro de arte Livro de arte
Livro de arte
 
HISTÓRIA SOCIALO DA ARTE papel social .pdf
HISTÓRIA SOCIALO DA ARTE papel social .pdfHISTÓRIA SOCIALO DA ARTE papel social .pdf
HISTÓRIA SOCIALO DA ARTE papel social .pdf
 
1 o que é arte- Texto-
1 o que é arte- Texto-1 o que é arte- Texto-
1 o que é arte- Texto-
 
Carmem
CarmemCarmem
Carmem
 
Arte, leitura e elementos
Arte, leitura e elementosArte, leitura e elementos
Arte, leitura e elementos
 
EHA01 Conceitos
EHA01 ConceitosEHA01 Conceitos
EHA01 Conceitos
 

Mais de denise lugli

0 arte pra que
0 arte pra que0 arte pra que
0 arte pra que
denise lugli
 
Arte contemporanea
Arte contemporaneaArte contemporanea
Arte contemporanea
denise lugli
 
Arquitetura moderna e contemporanea parte 2
Arquitetura moderna e contemporanea parte 2Arquitetura moderna e contemporanea parte 2
Arquitetura moderna e contemporanea parte 2
denise lugli
 
Arquitetura moderna e contemporanea parte 1
Arquitetura moderna e contemporanea parte 1Arquitetura moderna e contemporanea parte 1
Arquitetura moderna e contemporanea parte 1
denise lugli
 
Semana 22 parte 2
Semana 22 parte 2Semana 22 parte 2
Semana 22 parte 2
denise lugli
 
Semana 22 parte 1
Semana 22 parte 1Semana 22 parte 1
Semana 22 parte 1
denise lugli
 
Semana 22 parte 3
Semana 22  parte 3Semana 22  parte 3
Semana 22 parte 3
denise lugli
 
11 pré história resumo [modo de compatibilidade]
11 pré história   resumo [modo de compatibilidade]11 pré história   resumo [modo de compatibilidade]
11 pré história resumo [modo de compatibilidade]
denise lugli
 
semana 22 resumo
  semana 22 resumo  semana 22 resumo
semana 22 resumo
denise lugli
 
Apresentacao sete maravilhas [modo de compatibilidade]
Apresentacao sete maravilhas [modo de compatibilidade]Apresentacao sete maravilhas [modo de compatibilidade]
Apresentacao sete maravilhas [modo de compatibilidade]
denise lugli
 
21 egito resumos
21 egito resumos21 egito resumos
21 egito resumos
denise lugli
 
31grécia resumo
31grécia resumo 31grécia resumo
31grécia resumo
denise lugli
 
Do romantismo ao sec xx
Do romantismo ao sec xxDo romantismo ao sec xx
Do romantismo ao sec xx
denise lugli
 
51 realismo
51 realismo51 realismo
51 realismo
denise lugli
 
Academicos no brasil
Academicos no brasilAcademicos no brasil
Academicos no brasil
denise lugli
 
20 arte barroca resumo [modo de compatibilidade]
20 arte barroca resumo [modo de compatibilidade]20 arte barroca resumo [modo de compatibilidade]
20 arte barroca resumo [modo de compatibilidade]
denise lugli
 
32 romantismo
32 romantismo32 romantismo
32 romantismo
denise lugli
 
41 roma resumos
41 roma resumos41 roma resumos
41 roma resumos
denise lugli
 
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
denise lugli
 
51 academicos no brasil resumo
51 academicos no brasil resumo51 academicos no brasil resumo
51 academicos no brasil resumo
denise lugli
 

Mais de denise lugli (20)

0 arte pra que
0 arte pra que0 arte pra que
0 arte pra que
 
Arte contemporanea
Arte contemporaneaArte contemporanea
Arte contemporanea
 
Arquitetura moderna e contemporanea parte 2
Arquitetura moderna e contemporanea parte 2Arquitetura moderna e contemporanea parte 2
Arquitetura moderna e contemporanea parte 2
 
Arquitetura moderna e contemporanea parte 1
Arquitetura moderna e contemporanea parte 1Arquitetura moderna e contemporanea parte 1
Arquitetura moderna e contemporanea parte 1
 
Semana 22 parte 2
Semana 22 parte 2Semana 22 parte 2
Semana 22 parte 2
 
Semana 22 parte 1
Semana 22 parte 1Semana 22 parte 1
Semana 22 parte 1
 
Semana 22 parte 3
Semana 22  parte 3Semana 22  parte 3
Semana 22 parte 3
 
11 pré história resumo [modo de compatibilidade]
11 pré história   resumo [modo de compatibilidade]11 pré história   resumo [modo de compatibilidade]
11 pré história resumo [modo de compatibilidade]
 
semana 22 resumo
  semana 22 resumo  semana 22 resumo
semana 22 resumo
 
Apresentacao sete maravilhas [modo de compatibilidade]
Apresentacao sete maravilhas [modo de compatibilidade]Apresentacao sete maravilhas [modo de compatibilidade]
Apresentacao sete maravilhas [modo de compatibilidade]
 
21 egito resumos
21 egito resumos21 egito resumos
21 egito resumos
 
31grécia resumo
31grécia resumo 31grécia resumo
31grécia resumo
 
Do romantismo ao sec xx
Do romantismo ao sec xxDo romantismo ao sec xx
Do romantismo ao sec xx
 
51 realismo
51 realismo51 realismo
51 realismo
 
Academicos no brasil
Academicos no brasilAcademicos no brasil
Academicos no brasil
 
20 arte barroca resumo [modo de compatibilidade]
20 arte barroca resumo [modo de compatibilidade]20 arte barroca resumo [modo de compatibilidade]
20 arte barroca resumo [modo de compatibilidade]
 
32 romantismo
32 romantismo32 romantismo
32 romantismo
 
41 roma resumos
41 roma resumos41 roma resumos
41 roma resumos
 
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
61 idade média resumo [modo de compatibilidade]
 
51 academicos no brasil resumo
51 academicos no brasil resumo51 academicos no brasil resumo
51 academicos no brasil resumo
 

Último

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
wagnermorais28
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 

Último (20)

Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números RacionaisPotenciação e Radiciação de Números Racionais
Potenciação e Radiciação de Números Racionais
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 

0 arte pra que

  • 1. ARTE NO DIA-A-DIA DAS PESSOAS PROFESSORA DENISE MARIA RAMOS LUGLI
  • 2. Mesmo sem ser percebida, a arte faz parte da nossa vida. Observe a variedade de tênis e de mochilas entre seus colegas de classe e também as estampas de camiseta que você usa. Por trás de toda essa variedade de modelos está o trabalho de um artista.
  • 3.  
  • 4. Em uma fábrica de automóveis por exemplo, há departamentos de arte em que artistas estudam como deixar veículos mais bonitos e atraentes para o consumidor.
  • 5. A arte também está presente na publicidade. As embalagens, os cartazes, as músicas que ajudam a propagar e vender os produtos são uma combinação entre arte e comércio.
  • 6. Num supermercado, por exemplo, observe as cores existentes nas embalagens de biscoito. Os de chocolate são embalados em caixas ou papéis que têm inscrições e desenhos feitos em tons marrons e os de morango com inscrições trabalhadas em vermelho.
  • 7. As escolas de publicidade têm em seus currículos História da arte, desenho, técnicas de pintura, para preparar o publicitário para ser um bom profissional e atender às exigências de um público cada vez mais conhecedor da arte.
  • 8. A publicidade hoje até brinca com a arte usando obras de pintores famosos nas propagandas.
  • 9. A arte pode ser também uma forma de expressão pessoal e de lazer. Podemos pintar, fazer uma escultura, tocar um instrumento, compor uma música ou participar de um grupo teatral sem que isso esteja vinculado à indústria ou ao comércio.
  • 10. Diante de tudo isso, se você prestar atenção ao seu redor, perceberá o quanto a arte está presente no seu dia-a-dia.
  • 11. Por que o mundo necessita de arte? Porque fazemos arte e para que a usamos é aquilo que chamamos de função da arte que pode ser ...feita para decorar o mundo... para espelhar o nosso mundo (naturalista)... para ajudar no dia-a-dia (utilitária)...para explicar e descrever a história...para ser usada na cura doenças... para ajuda a explorar o mundo.
  • 12. Você se preocupa com seu visual? ? ?
  • 13. ? ? ?
  • 15. ? ? ?
  • 16. Serve qualquer celular ou jeans? ? ? ?
  • 18. Qual destes ambientes mais lhe agrada? Por quê?
  • 19. Na sua casa tem ... Quadros? Vasos? Retratos? Enfeites?
  • 20. Tatuagem ou pintura corporal é coisa da atualidade?
  • 21. O piercing (body art) é muito atual.
  • 23. COMO A ARTE SE MANIFESTA? QUEM NOS CHAMAMOS DE ARTISTAS?
  • 24. ARTISTA /ARTE VAN GOGH RICHARD GERE MADONA ARTES PLÁSTICAS: PINTURA ESCULTURA ARQUITETURA MÚSICA TEATRO MICHELÂNGELO NIEMEYER
  • 25. MÚSICA: Arte que consiste em combinar sons de forma harmoniosa. Conjunto de sons combinados. Execução de qualquer peça musical. Conjunto de músicos ; orquestra ; filarmônica . Há vários tipos de música e estilos: Tipos: Atonal, Tonal, modal etc. Estilos: Clássica, Eletrônica, folclórica, Popular, Sacra, Instrumental,
  • 26. O teatro: O teatro é uma arte em que um ator , ou conjunto de atores, interpreta uma história ou atividades, com auxílio de dramaturgos , diretores e técnicos, que têm como objetivo apresentar uma situação e despertar sentimentos no público. Gêneros: Comédia, Drama, Ópera, Musical, Fantoches, etc
  • 27. Artes Plásticas São as artes que se manifestam por meio de elementos visuais e táteis, como linhas, cores, volumes; reproduzindo formas da natureza ou realizando formas imaginárias... Podem ser manifestadas de duas formas: No bidimensional (2 dimensões LxC, LxA e CxA) No Tridimensional (3 dimensões LxAxC)
  • 28. ARQUITETURA: (3D) Arte de construir a partir de um projeto. (Construção)
  • 29.  
  • 31. ESCULTURA (3D): Arte de esculpir, entalhar, moldar uma superfície tridimensional. Existem três tipos de escultura: Baixo relevo : é a escultura que não ultrapassa a metade da profundidade do material. Alto relevo : é a escultura que ultrapassa a metade da profundidade do material. Pleno relevo : é a escultura onde é trabalhada todas as superfícies do material (de todos os lados).
  • 38. PINTURA (2D): Arte de colocar elementos coloridos sobre uma superfície bidimensional. Existem vários tipos de pintura: Afresco : é uma pintura feita sobre uma argamassa fresca. Mosaico : desnhos feitos com pedras coloridas. Pintura de Cavalete : é pintura fieta numa superfície móvel. Vitral: feitos com pedaços de vidro, geralmente coloridos, combinados para formar desenhos.
  • 39. PINTURA (2D): Afresco : Mosaico :
  • 40. PINTURA (2D): Pintura de Cavalete : Vitral:
  • 43. Pequena reflexão: “ Toda estátua é uma escultura, mas nem toda escultura é uma estátua!” Porque?
  • 44. Resposta: Uma estátua é uma escultura (pleno relevo)... Mas há mais dois tipos de escultura: o baixo relevo e o alto relevo Então a escultura não pode ser somente o pleno relevo.
  • 46. Palavra de origem latina, "ars" significa técnica ou habilidade. Segundo o dicionário Houaiss , arte é a "produção consciente de obras, formas ou objetos voltada para a concretização de um ideal de beleza e harmonia ou para a expressão da subjetividade humana".
  • 47. Mas é difícil definir exatamente o que é arte. Não existe uma resposta acabada, já que são muitas as concepções. Mesmo assim, algumas produções humanas são facilmente identificadas como "obras de arte".
  • 48. Para compreender uma obra de arte, é preciso considerar o contexto em que ela foi produzida. Ou seja, a arte é influenciada por um pensamento, uma ideologia, uma época ou lugar.
  • 49. " A Arte é necessária para que o Homem se torne capaz de conhecer e mudar o Mundo. Mas a Arte também é necessária em virtude da magia que lhe é inerente." Ernst Fischer, A Necessidade da Arte , Zahar Editores - É a capacidade que o Homem possuí de produzir objectos ou realizar acções com as quais possa expressar ideias, sentimentos ou emoções estéticas. É um importante trabalho educativo pois, através das tendências
  • 50. individuais, estimula a inteligência e desenvolve a nossa percepção, imaginação e observação, e contribuí ainda para a formação da personalidade do ser humano, pois desenvolve ainda o nosso raciocinío e a capacidade crítica. Pode-se dizer também que a Arte é um espécie de fuga aos problemas da vida, uma forma de nos libertarmos da tensão e do cansaço que sentimos practicamente todos os dias.
  • 51. A Arte é, portanto, todo um trabalho criativo ou o seu produto, que se faz consciente ou inconscientemente com intenção estética, isto é, com o fim de alcançar resultados belos, embora o ideal de beleza seja subjectivo e varie com os tempos e com os costumes, todo o artista (seja ele um pintor, um escultor, um arquitecto, um músico, um escritor ou um cineasta) provavelmente investe o mais possível na beleza da sua obra do que na verdade, na elevação ou na utilidade que esta possa ter.
  • 52. É através da Arte que o Homem formaliza e personaliza as suas crenças, sonhos e medos, corporizando até o desconhecido, o inexplicável e até o insólito; que ele expressa as suas interpretações/recriações da Natureza, de si mesmo e dos outros; que sublima tensões, impulsos, complexos e traumas. A relação do Homem com a Arte é de tal forma íntima e essencial, que já chegaram a defini-la como condição de Humanidade, pois a Arte é uma actividade exclusivamente humana, na medida em que
  • 53. ...só o Homem é capaz de a produzir e apreciar. É ainda uma actividade espontânea e inata ao Homem, pois a produção artística, embora não necessária á sobrevivência física e imediata, teve lugar desde as sociedades mais primitivas e acompanhou o Homem desde os primórdios da sua espécie. A Arte aparece-nos como uma necessidade vital para o Homem. Não uma necessidade do corpo, mas sim do espírito.
  • 54. Se somos imediatistas, a arte é inútil. De certa maneira, é bom que seja assim. Todas as vezes em que a arte tende a um sentido mais utilitarista ela se empobrece.