SlideShare uma empresa Scribd logo
Trabalho Interdisciplinar de Grupo 
Componentes: ALINE DOS S SILVA BARBOZA 
CLAUDIA VIEIRA DE MORAIS 
DEIVERTON MENDES COSTA 
BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO/2º Período 
Polo de Nova Iguaçu / RJ 
Profº. Tutor de sala: João Carlos Melo
Macroeconomia e Microeconomia 
O grande desafio deste trabalho é mostrar como o gestor de uma micro empresa 
deve direcionar seus esforços para entender e utilizar a metodologia da 
Microeconomia e Macroeconomia, Métodos Qualitativos e Ética, Política e 
Sociedade voltadas para um bom desempenho e qualidade de um 
estabelecimento neste caso abordado e utilizado como exemplo Mini Mercado 
Bom Preço, de forma a se tornar mais completo competitivo, tendo como meta 
principal atender seus clientes de forma que ele encontre ali naquele mesmo local 
todos os itens para atendê-lo.
Apresentação da empresa 
Mini Mercado Bom Preço é uma empresa que atua no ramo alimentício. A 
empresa está situada na Avenida Benjamim Pinto Dias, 100 na Cidade de 
Belford Roxo. Entre os produtos oferecidos pelo Mercado são Mais diversos 
neste ramo. A empresa está no mercado há 2 anos e conta com a colaboração 
de 15 funcionários e funciona de 08:00 horas ás 21:00 de Segunda à Domingo
-O perfil dos Clientes são de faixa etária mais diversas já que se trata de produtos 
indispensáveis para o cotidiano de todos. 
-Tendo como faixa etária de renda entre de 1 salário á 3 salários mínimos; 
Clientes do sexo Masculino e Feminino com grau de escolaridade do Ensino 
Fundamental ao Nível Superior; Na maioria Casados; com média de 1 a 3 filhos. 
-A pesquisa desenvolvida com este perfil chegamos a conclusão que elas vão ao 
mercado para comprar a parte bruta das compras a cada 15 dias a duração de 
compras é de 1:00 hora a 3:00 horas, nesta visita o gasto é de R$ 300,00 á R$ 350,00 
e que ainda sim costumam a retornar ao mercado para compra de produtos como: 
Laticínio, fruta, legumes, carnes, pães etc..
-A forma de pagamento na maioria das vezes é em espécie mas precisando ser 
complementada com cartão de crédito. 
Nível de satisfação dos clientes em questão a qualidade de seus produtos, preferencias de 
consumo, preço dos produtos, oferecidos pela empresa. 
-Os clientes são fiéis aos produtos de marca como: Piraquê, Ouro, Máximo, Qualy, Omo, 
Veja, Friboi; mas não dispensam os produtos em promoção. 
-O objetivo geral da pesquisa é identificar necessidades dos clientes com relação a 
procura avaliando assim o seu nível de satisfação. 
O mercado faz uma constante revisão de preços para tomar decisão de acordo com sua 
demanda.
Elasticidade. 
-As funções da oferta ou da procura, se aproximarem das situações limite, maior será a 
rigidez do produto face ao preço ou à quantidade. Este conceito de elasticidade também se 
aplica à relação entre produtos substitutos e complementares. 
Neste caso, diz-se que estamos em presença de elasticidade cruzada. 
-A elasticidade cruzada estabelece a relação de influência que um determinado produto 
tem sobre o seu complementar ou substituto. No caso em que o aumento do preço de um 
determinado produto, provoque um aumento de quantidade procurada, no seu substituto, 
diz-se que estamos em presença de uma elasticidade cruzada positiva.
Quando em presença de um produto, em que a diminuição do seu preço, provoque um 
aumento de quantidade procurada, do seu complementar, por exemplo, então diz-se que 
estamos em presença de uma elasticidade cruzada negativa. Quando não existe qualquer 
relação de substituição ou complementaridade entre produtos, então o efeito de variação de um 
deles não causará qualquer impacto sobre o outro, dizendo-se, neste caso, que a elasticidade 
cruzada é nula. 
A oferta: pode aumentar ou diminuir de preço conforme aumenta a quantidade. 
A oferta pode sim agir para os dois lados, e é inevitável que seja analisado junto com a 
demanda para um íntegro entendimento.
A oferta aumenta a quantidade para que seja atendida toda a demanda. 
A oferta deve aumentar os preços até se igualar a demanda, pois ela precisa produzir 
mais, e para ter uma produção crescente deve-se ter um lucro crescente (este fenômeno 
é a causa número um de inflação). 
A inflação pode ser contrastada com a refração, que é ou um aumento de preços de um 
estado deflacionado, ou alternativamente, uma redução na taxa de deflação (ou seja, 
situações em que o nível geral de preços está caindo em uma taxa decrescente). Um 
termo relacionado é desinflação, que é uma redução na taxa de inflação, mas não o 
suficiente para causar deflação.
Assim, os índices de preços ao consumidor calculam a variação dos preços de bens e 
serviços entre dois períodos, ponderados pela participação dos gastos com cada bem 
no consumo total. Repare que o índice calcula o gasto com o mesmo consumo em dois 
períodos diferentes, o que faz com que não ocorra substituição no consumo. 
A empresa faz orçamentos antes de efetuar suas compras com 3 diferentes 
fornecedores. Para que compre mais barato e consequentemente repasse esse desconto 
para o consumidor final. 
Existem supermercados na região que se tornam concorrentes do Mini Mercado por 
ter um poder de compra maior e comprando mais quantidade a tendência é o preço 
ficar menor.
MÉTODOS QUANTITATIVOS 
No mini mercado Bom Preço separamos uma situação no caso um produto que tem 
muita procura e é um produto que entra constantemente em promoção e tem um bom 
fabricante no caso a Sadia o caso a ser estudado é a margarina Qualy. 
Na Empresa Mini Mercado Bom Preço, será realizada uma pesquisa que visa verificar 
se os clientes consideram a marca na hora de sua compra. 
Utilizaremos então: 
Variável Qualitativa 
As variáveis qualitativas são subdivididas em nominais e ordinais. Quando as diferentes 
Categorias (respostas) não têm relação entre si, ou seja, são independentes, 
classificamos a variável como qualitativa nominal.
Métodos Referêncial de dados 
Como principal preocupação a manutenção e aprofundamento de uma relação 
duradoura com os clientes ouvimos os clientes que efetuavam suas compras no 
período de 2 horas; 
Utilizamos Técnica Amostra Aleatória Simples 
Que é aquela em que toda amostra possível do mesmo tamanho tem as mesmas 
chances de ser seleciona a partir da população.
Resposta Frequência Frequência relativa Percentual 
Bom 120 120 =0,48 
250 
48% 
Regular 30 30 = 0,12 
250 
12% 
Ruim 20 20 = 0,08 
250 
8% 
Não Responderam 80 80= 0,32 
250 
32% 
Total 250 1,00 100%
Então 
Os clientes está muito satisfeito ou satisfeita. As frequências são apresentadas na 
ordem decrescente das categorias 
(Iniciando em muito Bom o e finalizando em muito Não responderam) por estarmos 
analisando uma variável qualitativa ordinal. 
Para calcular o percentual (%) de cada categoria, dividimos a frequência absoluta da 
Categoria pelo total e multiplicamos por 100. 
Um exemplo de como calcular o percentual (%). 
O objetivo deste trabalho foi identificar critérios importantes para a seleção 
de fornecedores em relacionamento de parceria, aplicando métodos 
matemáticos para determinar quantitativamente a importância de se 
estabelecer estratégias competitivas para o mercado e reduzir os gastos com 
estocagem, tendo como base de pesquisa os procedimentos da empresa, 
através da consulta aos profissionais da área e ao material disponível na 
Intranet da empresa. 
120 x 100 = 48% 
250
* Nesta pesquisa não houve repetição sendo então usado como método a modal 
No caso não possuem valor modal isto é não se repete várias vezes que o outro, sendo então 
método a modal. 
Sendo então que a pesquisa conclui-se os clientes consideram a marca e fazem questão de 
adquirir o produto em promoção. 
Em cima dos dados a cima podemos concluir que 48 % dos clientes em busca do produto de 
marca neste caso a Margarina Qualy. 
O objetivo deste trabalho foi identificar critérios importantes para a seleção de produtos em 
relacionamento de parceria, aplicando métodos matemáticos para determinar 
quantitativamente a importância de se estabelecer estratégias comparativa para o mini 
mercado garantir a satisfação dos consumidores como base de pesquisa de satisfação.
ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE 
QUESTÕES PROPOSTAS: 
A) Os funcionários, tem a percepção de fazer um trabalho serio e que levar a 
cada família que compra as mercadorias dentro da rede um bom atendimento 
relata também que as maiorias das vezes o trabalho e estressante e cansativo 
com uma carga horária que muitas das vezes passa das 8hs de trabalho diária, 
e muitas dobras e trabalhos ao domingos por isso tem grande rotatividade de 
funcionários. 
B) As vantagem não são muitas cada rede tem uma gama de benefícios 
diferenciada mais no caso dessa rede só e a oferecido ao colabores refeição 
no local vale- transporte e cesta básica as desvantagem são carga horária 
excessiva trabalhos ao domingos e feriados baixo salário risco de acidente ao 
volume de trabalho fisco dependendo da função e poucas oportunidade de 
crescimento.
C) O funcionário, relata que o trabalho e temporário que não pretende 
continua muito tempo no setor que esta fazendo um curso e que pretende 
trabalha na área que esta cursando após o termino do mesmo e relata que 
vários funcionário tem o mesmo objetivo o caso os mais jovem como ele o 
perfil que fica mais tempo no seguimento são pessoa com pouco grau de 
estudo e mais idade na faixa do 35 a 50 anos de idade. Relata também que as 
possibilidade de crescimento dependendo da rede são poucas e por leva algum 
tempo para sai a promoção o ocupa uma nova função. 
D) A diferença das grande rede para as pequenas são a contida de produtos em 
suas gôndolas e giros número de vendas o tamanho das lojas a sua 
administração da mesma seu faturamento ser tem o não comercial vinculado a 
radio o TV o jornais o numero de funcionários e benefícios oferecidos ao 
mesmo as ofertas o poder de negociação junto as empresa que fornece a 
mercadorias para que possa te um preço bem acessível ao seu cliente e cada 
vez mais competido perante a seus concorrente direto e indireto.
CONCLUSÃO 
O mini mercado Bom Preço, nasceu com a proposta de trazer 
produtos de boa qualidade e bom preço aos seu clientes e 
consumidores em busca constante de crescimento e com sonho de 
estar entre as rede de maiores supermercados do Brasil. 
Exceder as expectativas dos nossos clientes está no topo de nossos 
objetivos e nos objetivos dos nossos colaboradores, isso traz a 
positividade absoluta no nosso relacionamento com o mercado e nos 
possibilita uma visão positiva do futuro. 
O Mini Mercado Bom Preço valoriza ao máximo a qualidade dos 
produtos, do ambiente, do atendimento e do relacionamento com 
os clientes, Ouve cada cliente como se fosse único e trabalha para 
atender e superar cada necessidade ou cada expectativa desse 
cliente.
O Mini Mercado Bom Preço como Instituição Social é a confluência de 
esforços individuais que tem por objetivo, além do ponto de vista financeiro, 
proporcionar benefícios à sociedade contribuindo substancialmente com a 
criação de empregos, entre outras atividades cabíveis a uma instituição 
privada, cumprindo com seus deveres e direitos. 
Nossos ambientes promovem a diversidade de ideias , de posições e de 
pensamentos consciente de que estes geram a inovação e que promovem o 
crescimento pessoal e o constante aprendizado. 
A cultura de nossa empresa procura diversas perspectivas, e se arrisca na 
busca de novas oportunidades, permitindo o aprimoramento de nossas 
atividades para atender cada vez mais e melhor aos nossos clientes.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Marketing Preco
Marketing PrecoMarketing Preco
Marketing Preco
Dawison Calheiros
 
Aulas 18-19 - Preço
Aulas 18-19 - PreçoAulas 18-19 - Preço
Aulas 18-19 - Preço
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Slide mercado estrela
Slide mercado estrelaSlide mercado estrela
Slide mercado estrela
João Silva
 
A 6_05 [modo de compatibilidade]
A 6_05 [modo de compatibilidade]A 6_05 [modo de compatibilidade]
A 6_05 [modo de compatibilidade]
Angelo Yasui
 
Estratégias e programas de preço / Ciclo de vida de produto / Comportamento d...
Estratégias e programas de preço / Ciclo de vida de produto / Comportamento d...Estratégias e programas de preço / Ciclo de vida de produto / Comportamento d...
Estratégias e programas de preço / Ciclo de vida de produto / Comportamento d...
Alexandre Siqueira
 
Pricing - Precificação Estratégica no Varejo
Pricing - Precificação Estratégica no VarejoPricing - Precificação Estratégica no Varejo
Pricing - Precificação Estratégica no Varejo
Marcelo Aranha
 
PreçOs E EstratéGias De ApreçAmento
PreçOs E EstratéGias De ApreçAmentoPreçOs E EstratéGias De ApreçAmento
PreçOs E EstratéGias De ApreçAmento
Dawison Calheiros
 
Me6 a05
Me6 a05Me6 a05
Me6 a05
Angelo Yasui
 
Preço excel
Preço excelPreço excel
Preço excel
Professores Cedaspy
 
Marketing mix- preco
Marketing mix- precoMarketing mix- preco
Marketing mix- preco
Ana Vilas
 
Aula 3 s jose 2011
Aula 3 s jose 2011Aula 3 s jose 2011
Aula 3 s jose 2011
Cleber M. Gonzaga Gonzaga
 
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printingBrazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brice Barberon
 
P de Preço
P de PreçoP de Preço
Pós Estratégia competitiva de preços
Pós Estratégia competitiva de preçosPós Estratégia competitiva de preços
Pós Estratégia competitiva de preços
Milton Henrique do Couto Neto
 
Nunca Se Negocia Preço
Nunca Se Negocia PreçoNunca Se Negocia Preço
Nunca Se Negocia Preço
Alvaro Camargo
 
Palestra - Gestão estratégica de preços
Palestra - Gestão estratégica de preçosPalestra - Gestão estratégica de preços
Palestra - Gestão estratégica de preços
Valini & Associates
 
Como precificar os preços dos seus produtos no ecommerce.
Como precificar os preços dos seus produtos no ecommerce. Como precificar os preços dos seus produtos no ecommerce.
Como precificar os preços dos seus produtos no ecommerce.
Ricardo Jordão Magalhaes
 
Apontamentos (1)
Apontamentos (1)Apontamentos (1)
Apontamentos (1)
beta2001
 
Estratégias de Precificação - Workshop Instituto Real
Estratégias de Precificação - Workshop Instituto RealEstratégias de Precificação - Workshop Instituto Real
Estratégias de Precificação - Workshop Instituto Real
ir2100
 
Servuction de um Serviço
Servuction de um ServiçoServuction de um Serviço
Servuction de um Serviço
Ana Patricia Baltazar
 

Mais procurados (20)

Marketing Preco
Marketing PrecoMarketing Preco
Marketing Preco
 
Aulas 18-19 - Preço
Aulas 18-19 - PreçoAulas 18-19 - Preço
Aulas 18-19 - Preço
 
Slide mercado estrela
Slide mercado estrelaSlide mercado estrela
Slide mercado estrela
 
A 6_05 [modo de compatibilidade]
A 6_05 [modo de compatibilidade]A 6_05 [modo de compatibilidade]
A 6_05 [modo de compatibilidade]
 
Estratégias e programas de preço / Ciclo de vida de produto / Comportamento d...
Estratégias e programas de preço / Ciclo de vida de produto / Comportamento d...Estratégias e programas de preço / Ciclo de vida de produto / Comportamento d...
Estratégias e programas de preço / Ciclo de vida de produto / Comportamento d...
 
Pricing - Precificação Estratégica no Varejo
Pricing - Precificação Estratégica no VarejoPricing - Precificação Estratégica no Varejo
Pricing - Precificação Estratégica no Varejo
 
PreçOs E EstratéGias De ApreçAmento
PreçOs E EstratéGias De ApreçAmentoPreçOs E EstratéGias De ApreçAmento
PreçOs E EstratéGias De ApreçAmento
 
Me6 a05
Me6 a05Me6 a05
Me6 a05
 
Preço excel
Preço excelPreço excel
Preço excel
 
Marketing mix- preco
Marketing mix- precoMarketing mix- preco
Marketing mix- preco
 
Aula 3 s jose 2011
Aula 3 s jose 2011Aula 3 s jose 2011
Aula 3 s jose 2011
 
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printingBrazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
Brazil paper_A busca pela eficiência em tempos de crise_not for printing
 
P de Preço
P de PreçoP de Preço
P de Preço
 
Pós Estratégia competitiva de preços
Pós Estratégia competitiva de preçosPós Estratégia competitiva de preços
Pós Estratégia competitiva de preços
 
Nunca Se Negocia Preço
Nunca Se Negocia PreçoNunca Se Negocia Preço
Nunca Se Negocia Preço
 
Palestra - Gestão estratégica de preços
Palestra - Gestão estratégica de preçosPalestra - Gestão estratégica de preços
Palestra - Gestão estratégica de preços
 
Como precificar os preços dos seus produtos no ecommerce.
Como precificar os preços dos seus produtos no ecommerce. Como precificar os preços dos seus produtos no ecommerce.
Como precificar os preços dos seus produtos no ecommerce.
 
Apontamentos (1)
Apontamentos (1)Apontamentos (1)
Apontamentos (1)
 
Estratégias de Precificação - Workshop Instituto Real
Estratégias de Precificação - Workshop Instituto RealEstratégias de Precificação - Workshop Instituto Real
Estratégias de Precificação - Workshop Instituto Real
 
Servuction de um Serviço
Servuction de um ServiçoServuction de um Serviço
Servuction de um Serviço
 

Semelhante a Apresentação2 T.I.G

Alfa
AlfaAlfa
Slide atividade interdisciplinar em grupo
Slide   atividade interdisciplinar em grupoSlide   atividade interdisciplinar em grupo
Slide atividade interdisciplinar em grupo
João Silva
 
Ptg.neg.mark.e.pesq.merc
Ptg.neg.mark.e.pesq.mercPtg.neg.mark.e.pesq.merc
Ptg.neg.mark.e.pesq.merc
crisecris22
 
Apontamentos marketing
Apontamentos marketingApontamentos marketing
Apontamentos marketing
maria
 
Apontamentos marketing
Apontamentos marketingApontamentos marketing
Apontamentos marketing
maria
 
Apresentação trabalho em grupo T.I.G
Apresentação trabalho em grupo T.I.GApresentação trabalho em grupo T.I.G
Apresentação trabalho em grupo T.I.G
João Silva
 
Artigo Científico e pesquisa sobre Cliente Oculto
Artigo Científico e pesquisa sobre Cliente OcultoArtigo Científico e pesquisa sobre Cliente Oculto
Artigo Científico e pesquisa sobre Cliente Oculto
faustofac
 
Marketing 1to1
Marketing 1to1Marketing 1to1
Marketing 1to1
CompanyWeb
 
Preço
PreçoPreço
AULA SOBRE MARKETING
AULA SOBRE MARKETINGAULA SOBRE MARKETING
AULA SOBRE MARKETING
MSGAMA GESTÃO&EMPRESAS
 
Estratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientesEstratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientes
balelas
 
Estratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientesEstratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientes
Joao Silva
 
Estratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientesEstratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientes
balelas
 
Artigo 4 financas_celso_pedroso_mar_16
Artigo 4 financas_celso_pedroso_mar_16Artigo 4 financas_celso_pedroso_mar_16
Artigo 4 financas_celso_pedroso_mar_16
Celso Pedroso
 
Fidelização de cliente em um mercadinho de bairro.
Fidelização de cliente em um mercadinho de bairro.Fidelização de cliente em um mercadinho de bairro.
Fidelização de cliente em um mercadinho de bairro.
Carlos Vieira
 
Trabalho de semestre b2 b parte ii
Trabalho de semestre b2 b parte iiTrabalho de semestre b2 b parte ii
Trabalho de semestre b2 b parte ii
Nuno Tasso de Figueiredo
 
Trabalho em grupo apresentação slides master consultoria
Trabalho em grupo  apresentação slides master consultoriaTrabalho em grupo  apresentação slides master consultoria
Trabalho em grupo apresentação slides master consultoria
João Silva
 
O seu preço de venda está correto?
O seu preço de venda está correto?O seu preço de venda está correto?
O seu preço de venda está correto?
Amory Serviços Ltda.
 
Seu plano de negócios para enfrentar o COVID-19
Seu plano de negócios para enfrentar o COVID-19Seu plano de negócios para enfrentar o COVID-19
Seu plano de negócios para enfrentar o COVID-19
Holonomics
 
Trabalho em grupo apresentação slides master consultoria
Trabalho em grupo  apresentação slides master consultoriaTrabalho em grupo  apresentação slides master consultoria
Trabalho em grupo apresentação slides master consultoria
João Silva
 

Semelhante a Apresentação2 T.I.G (20)

Alfa
AlfaAlfa
Alfa
 
Slide atividade interdisciplinar em grupo
Slide   atividade interdisciplinar em grupoSlide   atividade interdisciplinar em grupo
Slide atividade interdisciplinar em grupo
 
Ptg.neg.mark.e.pesq.merc
Ptg.neg.mark.e.pesq.mercPtg.neg.mark.e.pesq.merc
Ptg.neg.mark.e.pesq.merc
 
Apontamentos marketing
Apontamentos marketingApontamentos marketing
Apontamentos marketing
 
Apontamentos marketing
Apontamentos marketingApontamentos marketing
Apontamentos marketing
 
Apresentação trabalho em grupo T.I.G
Apresentação trabalho em grupo T.I.GApresentação trabalho em grupo T.I.G
Apresentação trabalho em grupo T.I.G
 
Artigo Científico e pesquisa sobre Cliente Oculto
Artigo Científico e pesquisa sobre Cliente OcultoArtigo Científico e pesquisa sobre Cliente Oculto
Artigo Científico e pesquisa sobre Cliente Oculto
 
Marketing 1to1
Marketing 1to1Marketing 1to1
Marketing 1to1
 
Preço
PreçoPreço
Preço
 
AULA SOBRE MARKETING
AULA SOBRE MARKETINGAULA SOBRE MARKETING
AULA SOBRE MARKETING
 
Estratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientesEstratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientes
 
Estratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientesEstratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientes
 
Estratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientesEstratégia de fidelização de clientes
Estratégia de fidelização de clientes
 
Artigo 4 financas_celso_pedroso_mar_16
Artigo 4 financas_celso_pedroso_mar_16Artigo 4 financas_celso_pedroso_mar_16
Artigo 4 financas_celso_pedroso_mar_16
 
Fidelização de cliente em um mercadinho de bairro.
Fidelização de cliente em um mercadinho de bairro.Fidelização de cliente em um mercadinho de bairro.
Fidelização de cliente em um mercadinho de bairro.
 
Trabalho de semestre b2 b parte ii
Trabalho de semestre b2 b parte iiTrabalho de semestre b2 b parte ii
Trabalho de semestre b2 b parte ii
 
Trabalho em grupo apresentação slides master consultoria
Trabalho em grupo  apresentação slides master consultoriaTrabalho em grupo  apresentação slides master consultoria
Trabalho em grupo apresentação slides master consultoria
 
O seu preço de venda está correto?
O seu preço de venda está correto?O seu preço de venda está correto?
O seu preço de venda está correto?
 
Seu plano de negócios para enfrentar o COVID-19
Seu plano de negócios para enfrentar o COVID-19Seu plano de negócios para enfrentar o COVID-19
Seu plano de negócios para enfrentar o COVID-19
 
Trabalho em grupo apresentação slides master consultoria
Trabalho em grupo  apresentação slides master consultoriaTrabalho em grupo  apresentação slides master consultoria
Trabalho em grupo apresentação slides master consultoria
 

Mais de João Silva

Trabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
Trabalho Interdisciplinar de Grupo - LogísticaTrabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
Trabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
João Silva
 
Gestão Pública
Gestão PúblicaGestão Pública
Gestão Pública
João Silva
 
Extra supermercado
Extra supermercadoExtra supermercado
Extra supermercado
João Silva
 
Apresentação 3 periodo
Apresentação 3 periodoApresentação 3 periodo
Apresentação 3 periodo
João Silva
 
T.I.G - Administração - Matutino - sábado
T.I.G - Administração - Matutino - sábadoT.I.G - Administração - Matutino - sábado
T.I.G - Administração - Matutino - sábado
João Silva
 
T.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em MarketingT.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em Marketing
João Silva
 
T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.
João Silva
 
T.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão PúblicaT.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão Pública
João Silva
 
T.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão AmbientalT.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão Ambiental
João Silva
 
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de GrupoProcessos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
João Silva
 
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão PúblicaTrabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
João Silva
 
Contabilidade no setor público
Contabilidade no setor públicoContabilidade no setor público
Contabilidade no setor público
João Silva
 
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
Slides  T.I.G coca cola formato atualizado Slides  T.I.G coca cola formato atualizado
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
João Silva
 
Dliramodas
DliramodasDliramodas
Dliramodas
João Silva
 
Trabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga okTrabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga ok
João Silva
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
João Silva
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar
Excelência em gestão pública   portifólio unoparExcelência em gestão pública   portifólio unopar
Excelência em gestão pública portifólio unopar
João Silva
 
T.I.G
T.I.GT.I.G
Apresentação unopar cópia
Apresentação unopar   cópiaApresentação unopar   cópia
Apresentação unopar cópia
João Silva
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
João Silva
 

Mais de João Silva (20)

Trabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
Trabalho Interdisciplinar de Grupo - LogísticaTrabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
Trabalho Interdisciplinar de Grupo - Logística
 
Gestão Pública
Gestão PúblicaGestão Pública
Gestão Pública
 
Extra supermercado
Extra supermercadoExtra supermercado
Extra supermercado
 
Apresentação 3 periodo
Apresentação 3 periodoApresentação 3 periodo
Apresentação 3 periodo
 
T.I.G - Administração - Matutino - sábado
T.I.G - Administração - Matutino - sábadoT.I.G - Administração - Matutino - sábado
T.I.G - Administração - Matutino - sábado
 
T.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em MarketingT.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em Marketing
 
T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.
 
T.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão PúblicaT.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão Pública
 
T.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão AmbientalT.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão Ambiental
 
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de GrupoProcessos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
 
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão PúblicaTrabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
 
Contabilidade no setor público
Contabilidade no setor públicoContabilidade no setor público
Contabilidade no setor público
 
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
Slides  T.I.G coca cola formato atualizado Slides  T.I.G coca cola formato atualizado
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
 
Dliramodas
DliramodasDliramodas
Dliramodas
 
Trabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga okTrabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga ok
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar
Excelência em gestão pública   portifólio unoparExcelência em gestão pública   portifólio unopar
Excelência em gestão pública portifólio unopar
 
T.I.G
T.I.GT.I.G
T.I.G
 
Apresentação unopar cópia
Apresentação unopar   cópiaApresentação unopar   cópia
Apresentação unopar cópia
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 

Último

Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
IACEMCASA
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
maria-oliveira
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
sjcelsorocha
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 

Último (20)

Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptxTudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
Tudo sobre a Inglaterra, curiosidades, moeda.pptx
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdfUFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
UFCD_6580_Cuidados na saúde a populações mais vulneráveis_índice.pdf
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.pptESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
ESTRUTURA E FORMAÇÃO DE PALAVRAS- 9º ANO A - 2024.ppt
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
Gênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9ºGênero Textual sobre Crônicas,  8º e  9º
Gênero Textual sobre Crônicas, 8º e 9º
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 

Apresentação2 T.I.G

  • 1. Trabalho Interdisciplinar de Grupo Componentes: ALINE DOS S SILVA BARBOZA CLAUDIA VIEIRA DE MORAIS DEIVERTON MENDES COSTA BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO/2º Período Polo de Nova Iguaçu / RJ Profº. Tutor de sala: João Carlos Melo
  • 2. Macroeconomia e Microeconomia O grande desafio deste trabalho é mostrar como o gestor de uma micro empresa deve direcionar seus esforços para entender e utilizar a metodologia da Microeconomia e Macroeconomia, Métodos Qualitativos e Ética, Política e Sociedade voltadas para um bom desempenho e qualidade de um estabelecimento neste caso abordado e utilizado como exemplo Mini Mercado Bom Preço, de forma a se tornar mais completo competitivo, tendo como meta principal atender seus clientes de forma que ele encontre ali naquele mesmo local todos os itens para atendê-lo.
  • 3. Apresentação da empresa Mini Mercado Bom Preço é uma empresa que atua no ramo alimentício. A empresa está situada na Avenida Benjamim Pinto Dias, 100 na Cidade de Belford Roxo. Entre os produtos oferecidos pelo Mercado são Mais diversos neste ramo. A empresa está no mercado há 2 anos e conta com a colaboração de 15 funcionários e funciona de 08:00 horas ás 21:00 de Segunda à Domingo
  • 4. -O perfil dos Clientes são de faixa etária mais diversas já que se trata de produtos indispensáveis para o cotidiano de todos. -Tendo como faixa etária de renda entre de 1 salário á 3 salários mínimos; Clientes do sexo Masculino e Feminino com grau de escolaridade do Ensino Fundamental ao Nível Superior; Na maioria Casados; com média de 1 a 3 filhos. -A pesquisa desenvolvida com este perfil chegamos a conclusão que elas vão ao mercado para comprar a parte bruta das compras a cada 15 dias a duração de compras é de 1:00 hora a 3:00 horas, nesta visita o gasto é de R$ 300,00 á R$ 350,00 e que ainda sim costumam a retornar ao mercado para compra de produtos como: Laticínio, fruta, legumes, carnes, pães etc..
  • 5. -A forma de pagamento na maioria das vezes é em espécie mas precisando ser complementada com cartão de crédito. Nível de satisfação dos clientes em questão a qualidade de seus produtos, preferencias de consumo, preço dos produtos, oferecidos pela empresa. -Os clientes são fiéis aos produtos de marca como: Piraquê, Ouro, Máximo, Qualy, Omo, Veja, Friboi; mas não dispensam os produtos em promoção. -O objetivo geral da pesquisa é identificar necessidades dos clientes com relação a procura avaliando assim o seu nível de satisfação. O mercado faz uma constante revisão de preços para tomar decisão de acordo com sua demanda.
  • 6. Elasticidade. -As funções da oferta ou da procura, se aproximarem das situações limite, maior será a rigidez do produto face ao preço ou à quantidade. Este conceito de elasticidade também se aplica à relação entre produtos substitutos e complementares. Neste caso, diz-se que estamos em presença de elasticidade cruzada. -A elasticidade cruzada estabelece a relação de influência que um determinado produto tem sobre o seu complementar ou substituto. No caso em que o aumento do preço de um determinado produto, provoque um aumento de quantidade procurada, no seu substituto, diz-se que estamos em presença de uma elasticidade cruzada positiva.
  • 7. Quando em presença de um produto, em que a diminuição do seu preço, provoque um aumento de quantidade procurada, do seu complementar, por exemplo, então diz-se que estamos em presença de uma elasticidade cruzada negativa. Quando não existe qualquer relação de substituição ou complementaridade entre produtos, então o efeito de variação de um deles não causará qualquer impacto sobre o outro, dizendo-se, neste caso, que a elasticidade cruzada é nula. A oferta: pode aumentar ou diminuir de preço conforme aumenta a quantidade. A oferta pode sim agir para os dois lados, e é inevitável que seja analisado junto com a demanda para um íntegro entendimento.
  • 8. A oferta aumenta a quantidade para que seja atendida toda a demanda. A oferta deve aumentar os preços até se igualar a demanda, pois ela precisa produzir mais, e para ter uma produção crescente deve-se ter um lucro crescente (este fenômeno é a causa número um de inflação). A inflação pode ser contrastada com a refração, que é ou um aumento de preços de um estado deflacionado, ou alternativamente, uma redução na taxa de deflação (ou seja, situações em que o nível geral de preços está caindo em uma taxa decrescente). Um termo relacionado é desinflação, que é uma redução na taxa de inflação, mas não o suficiente para causar deflação.
  • 9. Assim, os índices de preços ao consumidor calculam a variação dos preços de bens e serviços entre dois períodos, ponderados pela participação dos gastos com cada bem no consumo total. Repare que o índice calcula o gasto com o mesmo consumo em dois períodos diferentes, o que faz com que não ocorra substituição no consumo. A empresa faz orçamentos antes de efetuar suas compras com 3 diferentes fornecedores. Para que compre mais barato e consequentemente repasse esse desconto para o consumidor final. Existem supermercados na região que se tornam concorrentes do Mini Mercado por ter um poder de compra maior e comprando mais quantidade a tendência é o preço ficar menor.
  • 10. MÉTODOS QUANTITATIVOS No mini mercado Bom Preço separamos uma situação no caso um produto que tem muita procura e é um produto que entra constantemente em promoção e tem um bom fabricante no caso a Sadia o caso a ser estudado é a margarina Qualy. Na Empresa Mini Mercado Bom Preço, será realizada uma pesquisa que visa verificar se os clientes consideram a marca na hora de sua compra. Utilizaremos então: Variável Qualitativa As variáveis qualitativas são subdivididas em nominais e ordinais. Quando as diferentes Categorias (respostas) não têm relação entre si, ou seja, são independentes, classificamos a variável como qualitativa nominal.
  • 11. Métodos Referêncial de dados Como principal preocupação a manutenção e aprofundamento de uma relação duradoura com os clientes ouvimos os clientes que efetuavam suas compras no período de 2 horas; Utilizamos Técnica Amostra Aleatória Simples Que é aquela em que toda amostra possível do mesmo tamanho tem as mesmas chances de ser seleciona a partir da população.
  • 12. Resposta Frequência Frequência relativa Percentual Bom 120 120 =0,48 250 48% Regular 30 30 = 0,12 250 12% Ruim 20 20 = 0,08 250 8% Não Responderam 80 80= 0,32 250 32% Total 250 1,00 100%
  • 13. Então Os clientes está muito satisfeito ou satisfeita. As frequências são apresentadas na ordem decrescente das categorias (Iniciando em muito Bom o e finalizando em muito Não responderam) por estarmos analisando uma variável qualitativa ordinal. Para calcular o percentual (%) de cada categoria, dividimos a frequência absoluta da Categoria pelo total e multiplicamos por 100. Um exemplo de como calcular o percentual (%). O objetivo deste trabalho foi identificar critérios importantes para a seleção de fornecedores em relacionamento de parceria, aplicando métodos matemáticos para determinar quantitativamente a importância de se estabelecer estratégias competitivas para o mercado e reduzir os gastos com estocagem, tendo como base de pesquisa os procedimentos da empresa, através da consulta aos profissionais da área e ao material disponível na Intranet da empresa. 120 x 100 = 48% 250
  • 14. * Nesta pesquisa não houve repetição sendo então usado como método a modal No caso não possuem valor modal isto é não se repete várias vezes que o outro, sendo então método a modal. Sendo então que a pesquisa conclui-se os clientes consideram a marca e fazem questão de adquirir o produto em promoção. Em cima dos dados a cima podemos concluir que 48 % dos clientes em busca do produto de marca neste caso a Margarina Qualy. O objetivo deste trabalho foi identificar critérios importantes para a seleção de produtos em relacionamento de parceria, aplicando métodos matemáticos para determinar quantitativamente a importância de se estabelecer estratégias comparativa para o mini mercado garantir a satisfação dos consumidores como base de pesquisa de satisfação.
  • 15. ÉTICA, POLÍTICA E SOCIEDADE QUESTÕES PROPOSTAS: A) Os funcionários, tem a percepção de fazer um trabalho serio e que levar a cada família que compra as mercadorias dentro da rede um bom atendimento relata também que as maiorias das vezes o trabalho e estressante e cansativo com uma carga horária que muitas das vezes passa das 8hs de trabalho diária, e muitas dobras e trabalhos ao domingos por isso tem grande rotatividade de funcionários. B) As vantagem não são muitas cada rede tem uma gama de benefícios diferenciada mais no caso dessa rede só e a oferecido ao colabores refeição no local vale- transporte e cesta básica as desvantagem são carga horária excessiva trabalhos ao domingos e feriados baixo salário risco de acidente ao volume de trabalho fisco dependendo da função e poucas oportunidade de crescimento.
  • 16. C) O funcionário, relata que o trabalho e temporário que não pretende continua muito tempo no setor que esta fazendo um curso e que pretende trabalha na área que esta cursando após o termino do mesmo e relata que vários funcionário tem o mesmo objetivo o caso os mais jovem como ele o perfil que fica mais tempo no seguimento são pessoa com pouco grau de estudo e mais idade na faixa do 35 a 50 anos de idade. Relata também que as possibilidade de crescimento dependendo da rede são poucas e por leva algum tempo para sai a promoção o ocupa uma nova função. D) A diferença das grande rede para as pequenas são a contida de produtos em suas gôndolas e giros número de vendas o tamanho das lojas a sua administração da mesma seu faturamento ser tem o não comercial vinculado a radio o TV o jornais o numero de funcionários e benefícios oferecidos ao mesmo as ofertas o poder de negociação junto as empresa que fornece a mercadorias para que possa te um preço bem acessível ao seu cliente e cada vez mais competido perante a seus concorrente direto e indireto.
  • 17. CONCLUSÃO O mini mercado Bom Preço, nasceu com a proposta de trazer produtos de boa qualidade e bom preço aos seu clientes e consumidores em busca constante de crescimento e com sonho de estar entre as rede de maiores supermercados do Brasil. Exceder as expectativas dos nossos clientes está no topo de nossos objetivos e nos objetivos dos nossos colaboradores, isso traz a positividade absoluta no nosso relacionamento com o mercado e nos possibilita uma visão positiva do futuro. O Mini Mercado Bom Preço valoriza ao máximo a qualidade dos produtos, do ambiente, do atendimento e do relacionamento com os clientes, Ouve cada cliente como se fosse único e trabalha para atender e superar cada necessidade ou cada expectativa desse cliente.
  • 18. O Mini Mercado Bom Preço como Instituição Social é a confluência de esforços individuais que tem por objetivo, além do ponto de vista financeiro, proporcionar benefícios à sociedade contribuindo substancialmente com a criação de empregos, entre outras atividades cabíveis a uma instituição privada, cumprindo com seus deveres e direitos. Nossos ambientes promovem a diversidade de ideias , de posições e de pensamentos consciente de que estes geram a inovação e que promovem o crescimento pessoal e o constante aprendizado. A cultura de nossa empresa procura diversas perspectivas, e se arrisca na busca de novas oportunidades, permitindo o aprimoramento de nossas atividades para atender cada vez mais e melhor aos nossos clientes.