SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
AILTON BATISTA DA SILVA
ANA LUCIA MELLO SILVA
LEANDRO SILVA MASSUCATO
THATIANE DA SILVA AZEVEDO MACHADO
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING - 3° PERÍODO.
Nova Iguaçu
2015/1.
“BIO ERVAS COMÉRCIO DE COSMÉTICOS LTDA”
PRODUÇÃO TEXTUAL
ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR EM GRUPO
ANÁLISE AMBIENTAL
 A EMPRESA:
Bio Ervas Comércio de Cosméticos Ltda. é uma distribuidora de um determinado
cosmético específico chamado Bio Extratus, que serve para o tratamento de cabelos.
Iniciou suas atividades em 2002, ela compra estes produtos direto da Fábrica Bio
Extratus e distribui em pontos de vendas específicos em determinadas regiões do Rio
de Janeiro. Ela possui mais de oitenta funcionários e tem em média um faturamento de
quinhentos mil reais por mês. A empresa é administrada por três sócios e ambos são
totalmente envolvidos na administração e participação dos lucros da empresa. A
empresa é formalmente registrada na junta comercial e tem seu formato societário como
“sociedades limitadas” e está incluída na modalidade Ltda., ou seja, a sociedade
constitui-se mediante contrato escrito, particular ou público. Ela cumpre com as três
obrigações:
I. É registrada na junta comercial.
II. Promove as demonstrações contábeis periódicas que é o balanço anual.
III. Realiza a escrituração permanente, isso é registra as movimentações vendas,
emissão de duplicatas, registro de funcionário.
 CONSUMIDOR FINAL
São dadas todas as garantias em relação a qualidade do produto, a
empresa conta com uma equipe qualificada e a disposição para satisfazer e
atender as necessidades de seus clientes. A empresa orienta o lojista fornecedor
sobre vicio defeito do produto.
É feito a troca ou o dinheiro de volta sem causar nenhum transtorno para seus
clientes. A excelência no atendimento é fundamental característica da empresa.
A Bio Extratus realiza publicidade através de outdoor, plotagens nas lojas,
propagandas em TVs de forma esporádica e etc. Sempre seguindo as normas da
lei do CDC que é a lei do direito do consumidor, sendo assim a empresa jamais
realiza propaganda enganosa.
Endomarketing
Cada vez que se lança um novo produto,
imediatamente é marcado, uma reunião com toda a
equipe para conhecer e experimentar o produto,
sabemos que se a equipe conhecer e utilizar os
produtos terá maior condição de apresentar o mesmo
para seus clientes.
Seu ponto de venda é
através de farmácias,
perfumarias e estão
chegando em
supermercados de
pequeno porte.
A empresa conta com
uma equipe de
vendedores, que
vendem diretamente
para os lojistas. E
uma equipe de
demonstradoras que
ficam alocadas nas
lojas, atendendo e
vendendo para o
consumidor final.
Ambos recebem
salário fixo e mais
comissão se
atingirem a meta
determinada pela
empresa.
ANÁLISE SWOT
AJUDA ATRAPALHA
INTERNA
(Organização)
EXTERNA
(Ambiente)
Distribuição física dos produtos;
Recursos financeiros;
Tecnologias patenteadas;
Campanhas
publicitárias;
Endomarketing;
Problemas operacionais;
 Distribuição limitada;
Capacidade de
comercialização abaixo da
média.
Surgimento de
novos mercados;
Conquista de novos
consumidores;
Expansão do mercado;
Expansão de revendedoras
nos pontos de venda;
Falta de mão de obra;
Lançamentos de novos
produtos por parte de seus
concorrentes;
Mudança demográfica
adversa;
Queda no faturamento;
Relato das pesquisas de marketing
Idade das mulheres que usam uma linha especialmente desenvolvida
para cabelos com progressiva que recupera a saúde do cabelo através da
atividade reconstrutora da queratina vegetal e da hidratação com os óleos
de Cártamo.
Distribuição de Frequência para Variável Quantitativa por Intervalo de
Classe. É uma tabela que mostra o número de ocorrências (frequência), a
porcentagem (frequência relativa) de cada classe (dado numérico) da
variável analisada em uma amostra. Uma classe é um intervalo numérico
representado como a seguir:
1. O limite inferior pertence ao intervalo de classe e o limite superior não pertence.
{Limite}_{inferior}: {Limite}_{superior}
2. O limite inferior não pertence ao intervalo de classe e o limite superior pertence.
{Limite}_{inferior}:  {Limite}_{superior}
3. O limite inferior e o limite superior pertencem ao intervalo de classe.
{Limite}_{inferior}:  {Limite}_{superior}
O exemplo a seguir ilustra o passo-a-passo para construção da distribuição de
frequência para variáveis quantitativas por intervalo de classe.
Exemplo 1:
DADOS COLETADOS
Dados Brutos
1. Fazer o ROL (valores ordenados de forma crescente ou decrescente). O ROL facilitará
na contagem dos números para cada intervalo de classe.
ROL
2. Calcular o intervalo da amostra.
{Intervalo da amostra}: =: {Maior valor}: -:{Menor valor}
{Intervalo da amostra}: =: 60: -: 12
{Intervalo da amostra}: =: 42
3. Calcular o número de intervalos de classe.
{N{u}{mero de classe}: =:{Tamanho da amostra}}
Nesse exemplo, o tamanho da amostra é 30, pois temos 30 idades coletadas, logo:
{N}{u}{mero de classe}: =: {30}
{N}{u}{mero de classe}: =: 5,48
Observação: Como o resultado apresenta uma raiz quadrada não exata, utiliza-se o próximo
número inteiro, ou seja, o número de classe é 6.
{N}{u}{mero de classe}: =: 6
4. Calcular a amplitude de classe.
{Amplitude}:=: frac{{Intervalo da amostra}{N}{u}{mero de classe}}
{Amplitude}:=: frac{42}{6}
{Amplitude}:=: 7
5. Construir os intervalos de classe.
O limite inferior do primeiro intervalo de classe é o menor valor da amostra, ou seja, é o valor
18.
18: {Limite}_{superior}
Para obter o limite superior do intervalo de classe é somar o limite inferior com a amplitude 7
resultando no valor 25.
18: 25
Com isso temos o primeiro intervalo de classe da distribuição de frequência.
Primeiro intervalo de classe
Para os demais intervalos de classe executa-se os seguinte procedimentos.
a. O limite inferior da classe é igual o limite superior do intervalo de classe anterior.
25: {Limite}_{superior}
b. Soma-se a amplitude 7 com o limite inferior do intervalo de classe resultando no valor 32
como o limite superior.
25: 32
Segundo intervalo de classe
Repete-se esses procedimentos até alcançar o número de classes que, nesse exemplo,
são 6 intervalos de classe.
Todos os intervalos de classe
Nota-se que no último intervalo de classe utiliza-se o símbolo |–| pois o valor do limite
superior é o maior valor da amostra coletada. Caso o valor do limite superior do último
intervalo de classe não for o maior valor da amostra, utiliza-se o símbolo |—.
6. Obter a frequência para cada intervalo de classe.
A obtenção da frequência é contar, a partir do ROL, quantos valores pertencem ao intervalo
de classe analisada.
Para o intervalo 18 |— 25 , tem-se 12 valores. Lembre-se que 0 valor 25 não faz parte do
intervalo.
O intervalo 25 |— 32, tem-se 10 valores. Já o intervalo 32 |— 39 não possui valores na
amostra coletada, resultando em 0.
Abaixo ilustra a distribuição de frequência com os intervalos e suas frequências.
Frequências dos intervalos de classe
7. Calcular a frequência relativa para cada intervalo de classe.
A frequência relativa é obtida através da seguinte fórmula:
{FR}_{i}: =: frac{{F}_{i}}{sum_{i=1}^{e}begin{pmatrix}{F}_{i}end{pmatrix}}times 100
onde e é o número de intervalos de classe
Tem-se,
{FR}_{18 25}:=: frac{12}{30}times 100:=: 40,00
{FR}_{2532}:=: frac{10}{30}times 100:=: 33,33
{FR}_{3239}:=: frac{0}{30}times 100:=: 0,00
{FR}_{3946}:=: frac{5}{30}times 100:=: 16,67
{FR}_{4653}:=: frac{2}{30}times 100:=: 6,67
{FR}_{5360}:=: frac{1}{30}times 100:=: 3,33
Com isso, finaliza-se a distribuição de frequência para variável quantitativa por intervalo de
classe.
RESULTADO: Conclui-se que mulheres entre 18 |— 25 anos usam mais esta linha
desenvolvida para cabelos com progressiva.
Montamos um plano de marketing com sete elementos essenciais
para atingir novos consumidores “o plano começa com o objetivo do
marketing – isto é, começa com resultado final e com aqueles que vão
contribuir para ele: o público alvo. Então, enumeram-se as ferramentas de
marketing. Depois vem a declaração de posicionamento, que explica o que
o produto e a empresa representam – por que a oferta tem valor e deve ser
comprada. A identidade vem a seguir. E os custos do marketing embrulham
tudo.”
Propostas de Estratégias
1. OBJETIVO DO MARKETING
Antes de mais nada defina a decisão física que você quer que seu cliente em potencial
tome, como clicar num site, visitar a sua loja, recortar um cupom, ligar para um número, fazer test
drive.
2. COMO VOCÊ VAI ATINGIR ESSE OBJETIVO
Sua vantagem competitiva e seus benefícios.
3. SEU MERCADO(S)-ALVO(S)
Pra quem você quer vender ou falar. quem são eles: características desejos, onde
estão, hábitos…
5. SEU NICHO, SUA POSIÇÃO E O QUE VOCÊ REPRESENTA
Quando este cliente vê você o que ele deve pensar? Que você tem preço bom?
Entende do assunto mais que ninguém? É honesto?
6. A IDENTIDADE DO SEU NEGÓCIO
7. SEU ORÇAMENTO
Que deve ser expresso como um percentual de receita bruta ou apenas o
budget (quantia de dinheiro disponível) para um determinado tempo.
RESULTADO
O objetivo do marketing da Bio Extratus é atrair novos clientes para
nosso estabelecimento nos horários mais vazios”. Isso será alcançado
reforçando a qualidade dos nossos serviços, produtos e profissionais;
informando a nossa localização e opções de contato e informando os horários
onde existem condições especiais. O mercado-alvo será as mães e alunas da
escola mais perto e profissionais que trabalham nos bairros a cerca que estará
disponível nesses horários promocionais. As ferramentas de marketing que
serão usadas vão incluir uma combinação de circulares em sinais antes e
depois da aula, panfletos nos endereços comerciais, anúncios em murais da
região e parceria com restaurantes e lanchonetes. A empresa se posicionará
como a oportunidade demonstrações de serviço beleza de alto nível com
preços inacreditáveis em horários incomuns. A identidade será reforçada com
o atendimento no alto padrão e atenção com o intuito de torná-las clientes
normais que frequentem os pontos de vendas em outros horários. 5% do
faturamento será gasto nos próximos 3 meses.”
Considerações finais
Conclui-se que a empresa Bio Ervas possui uma estrutura bem
organizada, mostrando uma preocupação com seus consumidores, visando
comprar a melhor matéria-prima, pois no mercado são requisitos cruciais para
àquelas que almejam expandir cada vez mais seu empreendimento e
desempenhar suas atividades com qualidade para consolidar-se tanto com
seus parceiros e com seus clientes, pois o sistema de venda depende da
qualidade do produto e estão sujeitas a aumentarem significativamente seus
resultados. Através do marketing direto a Bio Ervas buscar atender seu clientes
dentro dos padrões do CDC e com as pesquisas de marketing busca identificar
e corrigir pontos fracos, difundindo e aperfeiçoando seus pontes fortes
demonstrarem vitalidade, desempenho e viabilidade tanto econômica, quanto
social e ambiental, alcançando, seu tão sonhado lugar no atual cenário
globalizado. Sendo assim as pesquisas , ajudam a diminuir o risco na tomada de
decisão, pois, com base nos resultados das pesquisas confiáveis, mostra o
desenvolvimento da empresa, podendo aumentar a probabilidade de acerto nas
decisões para seu mercado-alvo.
 SILVA, Ana Lucia Mello. Entrevista concedida pela analista de PDV da Bio Ervas
Comércio de Cosméticos Ltda. Rio de Janeiro. Nova Iguaçu, 2015.
 BATISTUTE, Jossan. Wa1 - Tec. em Marketing - Direito Empresarial e do Consumidor
– Web Aula 2. Londrina: Unopar, 2015. Disponível em:
<https://www.colaboraread.com.br/aluno/webaula/index/0211263903?atividadeDisciplinaId
=2783236#6> Acesso em: 24 mai. 2015.
 BARBOSA, Fernando Kauffmann. Distribuição de frequência para variável
quantitativa por intervalo de classe. Disponível em: < http://www.fernandokb.pro.br/#>
Acesso em: 25 mai. 2015.
 RABELO, André. As estratégias mais simples e eficazes de marketing para pequenas
empresas. Disponível em: < http://www.cucco.com.br/blog/as-estrategias-mais-simples-e-
eficazes-de-marketing-para-pequenas-empresas/12 > Acesso em: 23 jun. 2015.
Bibliografia

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Ambiente da contabilidade são paulo
Ambiente da contabilidade são pauloAmbiente da contabilidade são paulo
Ambiente da contabilidade são paulo
Valmir
 
Metodo das partidas dobradas
Metodo das partidas dobradasMetodo das partidas dobradas
Metodo das partidas dobradas
simuladocontabil
 
Contabilidade publica
Contabilidade publicaContabilidade publica
Contabilidade publica
Suelen Rocha
 
Nocoes de-contabilidade-basica-para-cursos-tecnicos-final-pdf
Nocoes de-contabilidade-basica-para-cursos-tecnicos-final-pdfNocoes de-contabilidade-basica-para-cursos-tecnicos-final-pdf
Nocoes de-contabilidade-basica-para-cursos-tecnicos-final-pdf
mariapsr
 
Contabilidade gerencial
Contabilidade gerencialContabilidade gerencial
Contabilidade gerencial
João Batista
 

Destaque (20)

Ambiente da contabilidade são paulo
Ambiente da contabilidade são pauloAmbiente da contabilidade são paulo
Ambiente da contabilidade são paulo
 
Contabilidade pública
Contabilidade públicaContabilidade pública
Contabilidade pública
 
Contabilidade do 3º setor (Características)
Contabilidade do 3º setor (Características)Contabilidade do 3º setor (Características)
Contabilidade do 3º setor (Características)
 
Resumo custos
Resumo custosResumo custos
Resumo custos
 
Metodo das partidas dobradas
Metodo das partidas dobradasMetodo das partidas dobradas
Metodo das partidas dobradas
 
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXI
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXIA Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXI
A Perspectiva da Profissão Contábil para o Século XXI
 
Contabilidade publica
Contabilidade publicaContabilidade publica
Contabilidade publica
 
Slide curso contabilidade para nao contadores
Slide curso contabilidade para nao contadoresSlide curso contabilidade para nao contadores
Slide curso contabilidade para nao contadores
 
Apresentação Contabilidade - Profº Higor Guedes
Apresentação Contabilidade - Profº Higor GuedesApresentação Contabilidade - Profº Higor Guedes
Apresentação Contabilidade - Profº Higor Guedes
 
Avaliação Conteúdos Online
Avaliação Conteúdos OnlineAvaliação Conteúdos Online
Avaliação Conteúdos Online
 
Apresentação Calp Contabilidade
Apresentação Calp ContabilidadeApresentação Calp Contabilidade
Apresentação Calp Contabilidade
 
Rotinas Administrativas (Contabilidade) 1
Rotinas Administrativas (Contabilidade) 1Rotinas Administrativas (Contabilidade) 1
Rotinas Administrativas (Contabilidade) 1
 
Contabilidade geral livro
Contabilidade geral livroContabilidade geral livro
Contabilidade geral livro
 
Nocoes de-contabilidade-basica-para-cursos-tecnicos-final-pdf
Nocoes de-contabilidade-basica-para-cursos-tecnicos-final-pdfNocoes de-contabilidade-basica-para-cursos-tecnicos-final-pdf
Nocoes de-contabilidade-basica-para-cursos-tecnicos-final-pdf
 
Exito Assessoria Contabil
Exito Assessoria ContabilExito Assessoria Contabil
Exito Assessoria Contabil
 
Apresentação da HS CONTÁBIL
Apresentação da HS CONTÁBIL Apresentação da HS CONTÁBIL
Apresentação da HS CONTÁBIL
 
Material aula teoria contabilidade
Material aula teoria contabilidadeMaterial aula teoria contabilidade
Material aula teoria contabilidade
 
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão PúblicaTrabalho de Contabilidade na Gestão Pública
Trabalho de Contabilidade na Gestão Pública
 
Contabilidade gerencial
Contabilidade gerencialContabilidade gerencial
Contabilidade gerencial
 
Extra supermercado
Extra supermercadoExtra supermercado
Extra supermercado
 

Semelhante a Apresentação 3 periodo

Semelhante a Apresentação 3 periodo (20)

Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 24
Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 24Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 24
Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 24
 
Análise Estatística de Margem Bruta
Análise Estatística de Margem BrutaAnálise Estatística de Margem Bruta
Análise Estatística de Margem Bruta
 
Portal de negocios
Portal  de negociosPortal  de negocios
Portal de negocios
 
Papo de produção #5: Como formar o preço de venda de um produto e maximizar ...
Papo de produção #5:  Como formar o preço de venda de um produto e maximizar ...Papo de produção #5:  Como formar o preço de venda de um produto e maximizar ...
Papo de produção #5: Como formar o preço de venda de um produto e maximizar ...
 
Desvendando a Matemática da Boulevard Monde
Desvendando a Matemática da Boulevard MondeDesvendando a Matemática da Boulevard Monde
Desvendando a Matemática da Boulevard Monde
 
Nocoes contabeis 05
Nocoes contabeis 05Nocoes contabeis 05
Nocoes contabeis 05
 
Adquira seu desenvolvimento Financeiro.
Adquira seu desenvolvimento Financeiro. Adquira seu desenvolvimento Financeiro.
Adquira seu desenvolvimento Financeiro.
 
Plano de negócios!
Plano de negócios!Plano de negócios!
Plano de negócios!
 
RedeBrasilCard
RedeBrasilCardRedeBrasilCard
RedeBrasilCard
 
Modulo 0 online plano myd 2013
Modulo 0 online plano myd 2013Modulo 0 online plano myd 2013
Modulo 0 online plano myd 2013
 
Produtividade e Qualidade
Produtividade e QualidadeProdutividade e Qualidade
Produtividade e Qualidade
 
Apresentacao Milennium
Apresentacao Milennium Apresentacao Milennium
Apresentacao Milennium
 
VOCÊ QUER COMEÇAR UM NEGÓCIO PRÓPRIO NA INTERNET ? CUSTO ZERO !
VOCÊ QUER COMEÇAR UM NEGÓCIO PRÓPRIO NA INTERNET ? CUSTO ZERO !VOCÊ QUER COMEÇAR UM NEGÓCIO PRÓPRIO NA INTERNET ? CUSTO ZERO !
VOCÊ QUER COMEÇAR UM NEGÓCIO PRÓPRIO NA INTERNET ? CUSTO ZERO !
 
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
 
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
 
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
Apresentacaomillenium 140825205647-phpapp01
 
Apresentação Milennium Cesta de Alimentos - Blogreo Renda extra online
Apresentação Milennium Cesta de Alimentos - Blogreo Renda extra onlineApresentação Milennium Cesta de Alimentos - Blogreo Renda extra online
Apresentação Milennium Cesta de Alimentos - Blogreo Renda extra online
 
Milennium - Apresentação
Milennium - ApresentaçãoMilennium - Apresentação
Milennium - Apresentação
 
Apresentacao milennium
Apresentacao milenniumApresentacao milennium
Apresentacao milennium
 
MILENNIUM CESTA DE ALIMENTOS E NEGÓCIOS. GRANDE LANÇAMENTO!
MILENNIUM CESTA DE ALIMENTOS E NEGÓCIOS. GRANDE LANÇAMENTO! MILENNIUM CESTA DE ALIMENTOS E NEGÓCIOS. GRANDE LANÇAMENTO!
MILENNIUM CESTA DE ALIMENTOS E NEGÓCIOS. GRANDE LANÇAMENTO!
 

Mais de João Silva

1 administracao power - trabalho 2 semestre
1   administracao power - trabalho 2 semestre1   administracao power - trabalho 2 semestre
1 administracao power - trabalho 2 semestre
João Silva
 

Mais de João Silva (20)

Gestão Pública
Gestão PúblicaGestão Pública
Gestão Pública
 
T.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em MarketingT.I.G - Gestão em Marketing
T.I.G - Gestão em Marketing
 
T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.T.I.G Gestão em Logística.
T.I.G Gestão em Logística.
 
T.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão PúblicaT.I.G Gestão Pública
T.I.G Gestão Pública
 
T.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão AmbientalT.I.G - Gestão Ambiental
T.I.G - Gestão Ambiental
 
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de GrupoProcessos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
Processos Gerenciais - Trabalho Interdisciplinar de Grupo
 
Contabilidade no setor público
Contabilidade no setor públicoContabilidade no setor público
Contabilidade no setor público
 
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
Slides  T.I.G coca cola formato atualizado Slides  T.I.G coca cola formato atualizado
Slides T.I.G coca cola formato atualizado
 
Dliramodas
DliramodasDliramodas
Dliramodas
 
Trabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga okTrabalho T.I.G barriga ok
Trabalho T.I.G barriga ok
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)Excelência em gestão pública   portifólio unopar (1)
Excelência em gestão pública portifólio unopar (1)
 
Excelência em gestão pública portifólio unopar
Excelência em gestão pública   portifólio unoparExcelência em gestão pública   portifólio unopar
Excelência em gestão pública portifólio unopar
 
Slide atividade interdisciplinar em grupo
Slide   atividade interdisciplinar em grupoSlide   atividade interdisciplinar em grupo
Slide atividade interdisciplinar em grupo
 
T.I.G
T.I.GT.I.G
T.I.G
 
Apresentação unopar cópia
Apresentação unopar   cópiaApresentação unopar   cópia
Apresentação unopar cópia
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltda
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltdaUnopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltda
Unopar local rio prestadora de serv iu00 c7os ltda
 
Alfa
AlfaAlfa
Alfa
 
Slide mercado estrela
Slide mercado estrelaSlide mercado estrela
Slide mercado estrela
 
1 administracao power - trabalho 2 semestre
1   administracao power - trabalho 2 semestre1   administracao power - trabalho 2 semestre
1 administracao power - trabalho 2 semestre
 

Apresentação 3 periodo

  • 1. AILTON BATISTA DA SILVA ANA LUCIA MELLO SILVA LEANDRO SILVA MASSUCATO THATIANE DA SILVA AZEVEDO MACHADO SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING - 3° PERÍODO. Nova Iguaçu 2015/1.
  • 2. “BIO ERVAS COMÉRCIO DE COSMÉTICOS LTDA” PRODUÇÃO TEXTUAL ATIVIDADE INTERDISCIPLINAR EM GRUPO
  • 3. ANÁLISE AMBIENTAL  A EMPRESA: Bio Ervas Comércio de Cosméticos Ltda. é uma distribuidora de um determinado cosmético específico chamado Bio Extratus, que serve para o tratamento de cabelos. Iniciou suas atividades em 2002, ela compra estes produtos direto da Fábrica Bio Extratus e distribui em pontos de vendas específicos em determinadas regiões do Rio de Janeiro. Ela possui mais de oitenta funcionários e tem em média um faturamento de quinhentos mil reais por mês. A empresa é administrada por três sócios e ambos são totalmente envolvidos na administração e participação dos lucros da empresa. A empresa é formalmente registrada na junta comercial e tem seu formato societário como “sociedades limitadas” e está incluída na modalidade Ltda., ou seja, a sociedade constitui-se mediante contrato escrito, particular ou público. Ela cumpre com as três obrigações: I. É registrada na junta comercial. II. Promove as demonstrações contábeis periódicas que é o balanço anual. III. Realiza a escrituração permanente, isso é registra as movimentações vendas, emissão de duplicatas, registro de funcionário.
  • 4.  CONSUMIDOR FINAL São dadas todas as garantias em relação a qualidade do produto, a empresa conta com uma equipe qualificada e a disposição para satisfazer e atender as necessidades de seus clientes. A empresa orienta o lojista fornecedor sobre vicio defeito do produto. É feito a troca ou o dinheiro de volta sem causar nenhum transtorno para seus clientes. A excelência no atendimento é fundamental característica da empresa. A Bio Extratus realiza publicidade através de outdoor, plotagens nas lojas, propagandas em TVs de forma esporádica e etc. Sempre seguindo as normas da lei do CDC que é a lei do direito do consumidor, sendo assim a empresa jamais realiza propaganda enganosa.
  • 5. Endomarketing Cada vez que se lança um novo produto, imediatamente é marcado, uma reunião com toda a equipe para conhecer e experimentar o produto, sabemos que se a equipe conhecer e utilizar os produtos terá maior condição de apresentar o mesmo para seus clientes. Seu ponto de venda é através de farmácias, perfumarias e estão chegando em supermercados de pequeno porte. A empresa conta com uma equipe de vendedores, que vendem diretamente para os lojistas. E uma equipe de demonstradoras que ficam alocadas nas lojas, atendendo e vendendo para o consumidor final. Ambos recebem salário fixo e mais comissão se atingirem a meta determinada pela empresa.
  • 6. ANÁLISE SWOT AJUDA ATRAPALHA INTERNA (Organização) EXTERNA (Ambiente) Distribuição física dos produtos; Recursos financeiros; Tecnologias patenteadas; Campanhas publicitárias; Endomarketing; Problemas operacionais;  Distribuição limitada; Capacidade de comercialização abaixo da média. Surgimento de novos mercados; Conquista de novos consumidores; Expansão do mercado; Expansão de revendedoras nos pontos de venda; Falta de mão de obra; Lançamentos de novos produtos por parte de seus concorrentes; Mudança demográfica adversa; Queda no faturamento;
  • 7. Relato das pesquisas de marketing Idade das mulheres que usam uma linha especialmente desenvolvida para cabelos com progressiva que recupera a saúde do cabelo através da atividade reconstrutora da queratina vegetal e da hidratação com os óleos de Cártamo.
  • 8. Distribuição de Frequência para Variável Quantitativa por Intervalo de Classe. É uma tabela que mostra o número de ocorrências (frequência), a porcentagem (frequência relativa) de cada classe (dado numérico) da variável analisada em uma amostra. Uma classe é um intervalo numérico representado como a seguir:
  • 9. 1. O limite inferior pertence ao intervalo de classe e o limite superior não pertence. {Limite}_{inferior}: {Limite}_{superior} 2. O limite inferior não pertence ao intervalo de classe e o limite superior pertence. {Limite}_{inferior}: {Limite}_{superior} 3. O limite inferior e o limite superior pertencem ao intervalo de classe. {Limite}_{inferior}: {Limite}_{superior} O exemplo a seguir ilustra o passo-a-passo para construção da distribuição de frequência para variáveis quantitativas por intervalo de classe. Exemplo 1: DADOS COLETADOS Dados Brutos 1. Fazer o ROL (valores ordenados de forma crescente ou decrescente). O ROL facilitará na contagem dos números para cada intervalo de classe. ROL 2. Calcular o intervalo da amostra. {Intervalo da amostra}: =: {Maior valor}: -:{Menor valor} {Intervalo da amostra}: =: 60: -: 12 {Intervalo da amostra}: =: 42
  • 10. 3. Calcular o número de intervalos de classe. {N{u}{mero de classe}: =:{Tamanho da amostra}} Nesse exemplo, o tamanho da amostra é 30, pois temos 30 idades coletadas, logo: {N}{u}{mero de classe}: =: {30} {N}{u}{mero de classe}: =: 5,48 Observação: Como o resultado apresenta uma raiz quadrada não exata, utiliza-se o próximo número inteiro, ou seja, o número de classe é 6. {N}{u}{mero de classe}: =: 6 4. Calcular a amplitude de classe. {Amplitude}:=: frac{{Intervalo da amostra}{N}{u}{mero de classe}} {Amplitude}:=: frac{42}{6} {Amplitude}:=: 7 5. Construir os intervalos de classe. O limite inferior do primeiro intervalo de classe é o menor valor da amostra, ou seja, é o valor 18. 18: {Limite}_{superior} Para obter o limite superior do intervalo de classe é somar o limite inferior com a amplitude 7 resultando no valor 25.
  • 11. 18: 25 Com isso temos o primeiro intervalo de classe da distribuição de frequência. Primeiro intervalo de classe Para os demais intervalos de classe executa-se os seguinte procedimentos. a. O limite inferior da classe é igual o limite superior do intervalo de classe anterior. 25: {Limite}_{superior} b. Soma-se a amplitude 7 com o limite inferior do intervalo de classe resultando no valor 32 como o limite superior. 25: 32 Segundo intervalo de classe Repete-se esses procedimentos até alcançar o número de classes que, nesse exemplo, são 6 intervalos de classe. Todos os intervalos de classe Nota-se que no último intervalo de classe utiliza-se o símbolo |–| pois o valor do limite superior é o maior valor da amostra coletada. Caso o valor do limite superior do último intervalo de classe não for o maior valor da amostra, utiliza-se o símbolo |—. 6. Obter a frequência para cada intervalo de classe. A obtenção da frequência é contar, a partir do ROL, quantos valores pertencem ao intervalo de classe analisada. Para o intervalo 18 |— 25 , tem-se 12 valores. Lembre-se que 0 valor 25 não faz parte do intervalo.
  • 12. O intervalo 25 |— 32, tem-se 10 valores. Já o intervalo 32 |— 39 não possui valores na amostra coletada, resultando em 0. Abaixo ilustra a distribuição de frequência com os intervalos e suas frequências. Frequências dos intervalos de classe 7. Calcular a frequência relativa para cada intervalo de classe. A frequência relativa é obtida através da seguinte fórmula: {FR}_{i}: =: frac{{F}_{i}}{sum_{i=1}^{e}begin{pmatrix}{F}_{i}end{pmatrix}}times 100 onde e é o número de intervalos de classe Tem-se, {FR}_{18 25}:=: frac{12}{30}times 100:=: 40,00 {FR}_{2532}:=: frac{10}{30}times 100:=: 33,33 {FR}_{3239}:=: frac{0}{30}times 100:=: 0,00 {FR}_{3946}:=: frac{5}{30}times 100:=: 16,67 {FR}_{4653}:=: frac{2}{30}times 100:=: 6,67 {FR}_{5360}:=: frac{1}{30}times 100:=: 3,33 Com isso, finaliza-se a distribuição de frequência para variável quantitativa por intervalo de classe. RESULTADO: Conclui-se que mulheres entre 18 |— 25 anos usam mais esta linha desenvolvida para cabelos com progressiva.
  • 13. Montamos um plano de marketing com sete elementos essenciais para atingir novos consumidores “o plano começa com o objetivo do marketing – isto é, começa com resultado final e com aqueles que vão contribuir para ele: o público alvo. Então, enumeram-se as ferramentas de marketing. Depois vem a declaração de posicionamento, que explica o que o produto e a empresa representam – por que a oferta tem valor e deve ser comprada. A identidade vem a seguir. E os custos do marketing embrulham tudo.” Propostas de Estratégias
  • 14. 1. OBJETIVO DO MARKETING Antes de mais nada defina a decisão física que você quer que seu cliente em potencial tome, como clicar num site, visitar a sua loja, recortar um cupom, ligar para um número, fazer test drive. 2. COMO VOCÊ VAI ATINGIR ESSE OBJETIVO Sua vantagem competitiva e seus benefícios. 3. SEU MERCADO(S)-ALVO(S) Pra quem você quer vender ou falar. quem são eles: características desejos, onde estão, hábitos… 5. SEU NICHO, SUA POSIÇÃO E O QUE VOCÊ REPRESENTA Quando este cliente vê você o que ele deve pensar? Que você tem preço bom? Entende do assunto mais que ninguém? É honesto? 6. A IDENTIDADE DO SEU NEGÓCIO 7. SEU ORÇAMENTO Que deve ser expresso como um percentual de receita bruta ou apenas o budget (quantia de dinheiro disponível) para um determinado tempo.
  • 15. RESULTADO O objetivo do marketing da Bio Extratus é atrair novos clientes para nosso estabelecimento nos horários mais vazios”. Isso será alcançado reforçando a qualidade dos nossos serviços, produtos e profissionais; informando a nossa localização e opções de contato e informando os horários onde existem condições especiais. O mercado-alvo será as mães e alunas da escola mais perto e profissionais que trabalham nos bairros a cerca que estará disponível nesses horários promocionais. As ferramentas de marketing que serão usadas vão incluir uma combinação de circulares em sinais antes e depois da aula, panfletos nos endereços comerciais, anúncios em murais da região e parceria com restaurantes e lanchonetes. A empresa se posicionará como a oportunidade demonstrações de serviço beleza de alto nível com preços inacreditáveis em horários incomuns. A identidade será reforçada com o atendimento no alto padrão e atenção com o intuito de torná-las clientes normais que frequentem os pontos de vendas em outros horários. 5% do faturamento será gasto nos próximos 3 meses.”
  • 16. Considerações finais Conclui-se que a empresa Bio Ervas possui uma estrutura bem organizada, mostrando uma preocupação com seus consumidores, visando comprar a melhor matéria-prima, pois no mercado são requisitos cruciais para àquelas que almejam expandir cada vez mais seu empreendimento e desempenhar suas atividades com qualidade para consolidar-se tanto com seus parceiros e com seus clientes, pois o sistema de venda depende da qualidade do produto e estão sujeitas a aumentarem significativamente seus resultados. Através do marketing direto a Bio Ervas buscar atender seu clientes dentro dos padrões do CDC e com as pesquisas de marketing busca identificar e corrigir pontos fracos, difundindo e aperfeiçoando seus pontes fortes demonstrarem vitalidade, desempenho e viabilidade tanto econômica, quanto social e ambiental, alcançando, seu tão sonhado lugar no atual cenário globalizado. Sendo assim as pesquisas , ajudam a diminuir o risco na tomada de decisão, pois, com base nos resultados das pesquisas confiáveis, mostra o desenvolvimento da empresa, podendo aumentar a probabilidade de acerto nas decisões para seu mercado-alvo.
  • 17.
  • 18.  SILVA, Ana Lucia Mello. Entrevista concedida pela analista de PDV da Bio Ervas Comércio de Cosméticos Ltda. Rio de Janeiro. Nova Iguaçu, 2015.  BATISTUTE, Jossan. Wa1 - Tec. em Marketing - Direito Empresarial e do Consumidor – Web Aula 2. Londrina: Unopar, 2015. Disponível em: <https://www.colaboraread.com.br/aluno/webaula/index/0211263903?atividadeDisciplinaId =2783236#6> Acesso em: 24 mai. 2015.  BARBOSA, Fernando Kauffmann. Distribuição de frequência para variável quantitativa por intervalo de classe. Disponível em: < http://www.fernandokb.pro.br/#> Acesso em: 25 mai. 2015.  RABELO, André. As estratégias mais simples e eficazes de marketing para pequenas empresas. Disponível em: < http://www.cucco.com.br/blog/as-estrategias-mais-simples-e- eficazes-de-marketing-para-pequenas-empresas/12 > Acesso em: 23 jun. 2015. Bibliografia