O radialista a_internet_conteudo_digital

289 visualizações

Publicada em

Por que radialistas, que estudam todas as formas de produzir conteúdo e direcioná-lo a qualquer que seja o público-alvo ou meio, ainda não são aceitos no mercado como produtores de conteúdo, ao invés de apenas operadores? Nessa apresentação, Ricardo Cestari Junior faz uma introdução a conceitos de comunicação digital, passando por transmidia storytelling e cases nativos de produção para Internet. Também um processo desconstruído do projeto "Sexo, Legumes e Rock 'n' Roll" apresentado como TCC na Universidade Metodista de São Paulo.

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

O radialista a_internet_conteudo_digital

  1. 1. O Radialista e a Internet Por que ainda não estamosproduzindo conteúdo digital? Ricardo Cestari Jr.
  2. 2. Ricardo Cestari Jr. @rcestari_jr facebook.com/ricardo.c.junior ricardo.cesjr@gmail.com• Aspirante a escritor de literatura fantástica• Viciado em Videogame• Vocalista de banda de rock• Desenvolvedor de Projetos• Hubble Produções• Sexo, Legumes e Rock ‘n’ Roll• Arquivista no Tráfego de Fitas da Rede Record• Foco de Trabalho em Transmidia Storytelling
  3. 3. REFERÊNCIAS• Sexo, Legumes e Rock ‘n’ Roll• Martha Gabriel• Michel Lent• Henry Jenkins• Jeff Gomez•YouPix• Socialnomics
  4. 4. Vagas para trabalhar com Internet #kd?
  5. 5. AGENDACOMUNICAÇÃO DIGITALBUSCA E CONTEÚDOMÍDIAS SOCIAISCONVERGÊNCIA E TRANSMIDIA STORYTELLINGCASESO PROCESSO DO SLROCK
  6. 6. AGENDACOMUNICAÇÃO DIGITALBUSCA E CONTEÚDOMÍDIAS SOCIAISCONVERGÊNCIA E TRANSMIDIA STORYTELLINGCASESO PROCESSO DO SLROCK
  7. 7. COMO ERAMídia de Difusão (massa)Mídia de Comunicação (2 vias)
  8. 8. O QUE MUDOUComunicação simultânea e de duas vias entre várias pessoas
  9. 9. O QUE MUDOUInversão no Vetor do MarketingDas marcas para as pessoas Da mídia de MassaDas pessoas para as marcas Para a Mídia Pessoal
  10. 10. O QUE MUDOUFonte: Marketing para o Livro Digital de Martha Gabriel -http://www.slideshare.net/marthagabriel/marketing-para-o-livro-digital-by-martha-gabriel
  11. 11. O QUE MUDOUFonte: Marketing para o Livro Digital de Martha Gabriel -http://www.slideshare.net/marthagabriel/marketing-para-o-livro-digital-by-martha-gabriel
  12. 12. VIDEO: THE BREAKUPLINK: https://www.youtube.com/watch?v=yOoQRcTJyaw
  13. 13. CLOUD COMPUTINGA Internet É o Computador
  14. 14. CONTEÚDO GERADO POR USUÁRIOS
  15. 15. CONTEÚDO GERADO POR USUÁRIOS YouTube (2008) Microsoft (2008)• Valor de Mercado: US$ 1,6 bi • Valor de Mercado: US$ 280 bi• Aprox. 60 funcionários • Aprox. 70 mil funcionários• US$ 27,5 mi cada funcionário • US$ 4 mi cada funcionário
  16. 16. CONVERGÊNCIAConvergênciaCultura Participativa (Web 2.0)Inteligência Coletiva Henry Jenkins – Convergence Culture (2006)
  17. 17. MOBILEReal Time Web – “Nowism”Geo-LocalizaçãoInternet das Coisas – ubiquidade (Web 3.0)Busca – permeia todas as plataformasVideo – disponibilidade em qualquer hora/lugarSocial EverythingLink de TransmidiaFonte: Marketing para o Livro Digital de Martha Gabriel -http://www.slideshare.net/marthagabriel/marketing-para-o-livro-digital-by-martha-gabriel
  18. 18. AGENDACOMUNICAÇÃO DIGITALBUSCA E CONTEÚDOMÍDIAS SOCIAISTRANSMIDIA STORYTELLINGCASESO PROCESSO DO SLROCK
  19. 19. A ERA DA BUSCA• Web 2.0 – Web Read/Write -> Aumento exponencial deconteúdo. (Qualidade? / Filtros)• Economia da Atenção• Mudança de conteúdo estático para dinâmico• A necessidade de alfabetização em informação• A Era da Participação – de mídia de massa para “my”mídia, inversão do vetor de marketing Fonte: Estratégias avançadas para Marketing de Busca e Redes Sociais - http://www.slideshare.net/marthagabriel/estratgias-avanadas-para-o- marketing-busca-e-redes-sociais-by-martha-gabriel
  20. 20. A ERA DA BUSCA• 84% das pessoas online usam motores de busca• 87% desses usuários declararam que encontraram o que estavambuscando• 17 milhões de americanos usam motores de busca para escolher aescola dos filhos• 21 milhões de americanos usam motores de busca para escolhercursos de especialização• “Busca” é a segunda atividade mais popular da Web• Tendência é que o uso de buscadores ultrapasse o uso do email embreve Fonte: Estratégias avançadas para Marketing de Busca e Redes Sociais - http://www.slideshare.net/marthagabriel/estratgias-avanadas-para-o- marketing-busca-e-redes-sociais-by-martha-gabriel
  21. 21. A ERA DA BUSCA• USUÁRIOS DE BUSCADORES • Raramente vão além da 1ª Página de resultados • 50% abandonam a busca depois da primeira página • 75% confiam nos resultados de busca obtidos • 81.7% raramente lêem além da 3ª pagina de resultados• DITADURA DOS TOP 10 • Necessidade de estar na primeira Página • Corrida de ouro de empresas por Posicionamento Relevante • SEOReferência: Estratégias avançadas para Marketing de Busca e Redes Sociais - http://www.slideshare.net/marthagabriel/estratgias-avanadas-para-o-marketing-busca-e-redes-sociais-by-martha-gabriel
  22. 22. ECONOMIA DA ATENÇÃOReferência: Estratégias avançadas para Marketing de Busca e Redes Sociais - http://www.slideshare.net/marthagabriel/estratgias-avanadas-para-o-marketing-busca-e-redes-sociais-by-martha-gabriel
  23. 23. RELEVÂNCIAReferência: Estratégias avançadas para Marketing de Busca e Redes Sociais - http://www.slideshare.net/marthagabriel/estratgias-avanadas-para-o-marketing-busca-e-redes-sociais-by-martha-gabriel
  24. 24. O QUE É RELEVÂNCIAAlgo Importante no Tempo e noEspaço. CONTEXTOReferência: Estratégias avançadas para Marketing de Busca e Redes Sociais - http://www.slideshare.net/marthagabriel/estratgias-avanadas-para-o-marketing-busca-e-redes-sociais-by-martha-gabriel
  25. 25. CONTEÚDOBusca + Social + Mobile são o coração da estratégia digital. O sangue que bombeia esse coração é o Conteúdo. Tudo o que é feito no Digital converge pra Conteúdo.
  26. 26. CONTEÚDOGeração de conteúdo relevante e de qualidadeacima da média para o espectador é o que vai tedestacar no gigantesco conglomerado deinformações da Internet. Conteúdo é a arma para APARECER
  27. 27. CONTEÚDOE o que radialistas fazem, afinal? PRODUZEM CONTEÚDO RELEVANTE DIRECIONADO A UM DETERMINADO PÚBLICO-ALVO
  28. 28. AGENDACOMUNICAÇÃO DIGITALBUSCA E CONTEÚDOMÍDIAS SOCIAISCONVERGÊNCIA E TRANSMIDIA STORYTELLINGCASESO PROCESSO DO SLROCK
  29. 29. 2º MAIOR MOTOR DEBUSCA É SOCIAL. E BUSCA VIDEOS. #APENAS
  30. 30. ALGUNS DADOS SOBRE MÍDIAS SOCIAISLINK: http://www.youtube.com/watch?v=-cTZdRc3wGU
  31. 31. AS MÍDIAS SOCIAISFonte: http://ganzmedia.com/social-media-plans-2/what-social-media-is-and-why-your-company-will-fail-without-it/
  32. 32. AS MÍDIAS SOCIAIS
  33. 33. MEMETIZAÇÃO E VIRALIZAÇÃO Memes e Virais são fenômenos sociais queforam potencializados pela Web 2.0
  34. 34. MEMETIZAÇÃO E VIRALIZAÇÃO “Qualquer coisa que possa ser aprendida e transmitida enquanto unidade autônoma é um meme. Por exemplo, ideias, parte de ideias, valores, sons, linguas, palavras, b ordões, desenhos, podem ser memes. As doutrinas e religiões são formadas por memes que perduram por séculos. Gírias são memes. O modo como nos vestimos são memes.”Fonte: Martha Gabriel – Uma brevíssima história do meme - http://www.martha.com.br/uma-brevissima-historia-do-meme/
  35. 35. MEMETIZAÇÃO E VIRALIZAÇÃO “(...) um meme não é um viral, pois enquanto o viral é uma unidade de informação que se espalha sem sofrer alterações, um meme se espalha como um comportamento imitado. O viral termina nele mesmo e o meme pode se reinventar a cada edição. O viral tem fidelidade de cópia e o meme não.”Fonte: Martha Gabriel – Uma brevíssima história do meme - http://www.martha.com.br/uma-brevissima-historia-do-meme/
  36. 36. MEMETIZAÇÃO E VIRALIZAÇÃO
  37. 37. AGENDACOMUNICAÇÃO DIGITALBUSCA E CONTEÚDOMÍDIAS SOCIAISCONVERGÊNCIA E TRANSMIDIA STORYTELLINGCASESO PROCESSO DO SLROCK
  38. 38. CONVERGÊNCIA• Fluxo de Conteúdo por múltiplas plataformas• Cooperação entre mercados de mídia• Comportamento migratório da audiência Henry Jenkins – Convergence Culture (2006)
  39. 39. TRANSMÍDIA STORYTELLING• Técnica de contar uma história através demúltiplas plataformas de mídia, que nãoapenas estejam dispersas, mas que estejamem sincronia narrativa umas com as outras edisponham conteúdos exclusivos em cadaplataforma.Fonte: Henry Jenkins - Transmidia 202: Further Reflections : http://henryjenkins.org/2011/08/defining_transmedia_further_re.html
  40. 40. TRANSMÍDIA STORYTELLINGFonte: Martha Gabriel - http://www.martha.com.br/o-que-e-transmedia-storytelling-e-porque-e-importante-para-o-marketing/
  41. 41. AGENDACOMUNICAÇÃO DIGITALBUSCA E CONTEÚDOMÍDIAS SOCIAISCONVERGÊNCIA E TRANSMIDIA STORYTELLINGCASESO PROCESSO DO SLROCK
  42. 42. CASES TRANSMÍDIA
  43. 43. CASES TRANSMÍDIA
  44. 44. CASES TRANSMÍDIA
  45. 45. CASES TRANSMÍDIA
  46. 46. CASES TRANSMÍDIA
  47. 47. CASES TRANSMÍDIA
  48. 48. CASES TRANSMÍDIA
  49. 49. CASES TRANSMÍDIA
  50. 50. CASES INTERNET: BLOGOSFERA
  51. 51. CASES INTERNET: PODOSFERA
  52. 52. CASES INTERNET: YOUTUBE
  53. 53. CASES INTERNET:YOUTUBE/MÚSICA
  54. 54. CASE DE COMUNICAÇÃO: COCA-COLALINK: http://www.youtube.com/watch?v=0LXpy-PU1-Q&feature=youtu.be
  55. 55. AGENDACOMUNICAÇÃO DIGITALBUSCA E CONTEÚDOMÍDIAS SOCIAISCONVERGÊNCIA E TRANSMIDIA STORYTELLINGCASESO PROCESSO DO SLROCK
  56. 56. E AÍ #COMOFAS?
  57. 57. Processo SLRock Pré-Produção•Estudo e Planejamento•Primeiros Passos(Domínio, Servidor, Plataforma, RedesSociais)•Identidade Visual , Layout e Programação•Pesquisa de Benchmarking
  58. 58. Processo SLRock Produção•Publicação do Conteúdo Principal•Produção do Conteúdo de Apoio•Divulgação e Redes Sociais•Otimização de Busca (SEO)•Ferramentas de Apoio
  59. 59. Processo SLRock Pós-Produção•Atualização Constante do Conteúdo•Atualização de Busca•Monitoramento e Análise de Dados•Monetização•Renovação de Conteúdo e Tentativas mais Apuradas•Expansão da Atuação
  60. 60. Pergunta Ae!
  61. 61. O SLROCK ESTÁRECRUTANDO
  62. 62. 5 COISAS QUE VOCÊ DEVE SABER1.Que o digital vai abraçar tudo2.Que há inúmeras oportunidades emdiferentes tipos de empresas e negócios3. Que você vai precisar cruzar fronteiras4. Que além das ferramentas e técnicas, vocêprecisa ter uma excelente base conceitual5. Que você nunca deve parar de se atualizar Fonte: Michel Lent – Do celular a TV: As Mídias Digitais Integradas - http://migre.me/e2BqU
  63. 63. 5 PALPITES MEUS, SE ME PERMITEM1. A Pasta de Produção é a coisa mais importante quevocê pode fazer pra sua carreira na faculdade.2. O nosso mercado tradicional está saturado3. Mais questionamento, menos convicção.4. As novas mídias precisam de radialistas5. Não se prendam aos sonhos pré-estabelecidos:Lembrem o porquê de terem escolhido esse curso.
  64. 64. Ricardo Cestari Jr. @rcestari_jr facebook.com/ricardo.c.junior ricardo.cesjr@gmail.com #VLW #PARTIU #INTERNET

×