ApresentaçãO Gerente Tga

13.382 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia, Negócios
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
13.382
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
90
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
252
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Gerente Tga

  1. 1. Disciplina: Teoria Geral da Administração Professor: Fernando Queiroz
  2. 2. Equipe Elilian Santos Luiz Pablo
  3. 3. Introdução  Gerentes  Funcionários responsáveis pelo trabalho de outros funcionários nas organizações.
  4. 4. Introdução Estudiosos sobre o papel dos gerentes: Henri Fayol (1916) Processo administrativo Chester Barnard(1938) Função do Executivo Herbert Simon (1960) Processos decisórios Henry Mintizberg (1973) Papeis do gerente Rosemary Stewart Processo decisório (1982) Fred Luthans(1988) Desempenho do gerente Princípios de administração Andrew Grove (1983) de alta performance.
  5. 5. Henri Fayol  Sistema racional de regras e de autoridade;  As atividades devem ser:  Planejadas  Organizadas  Comandadas  Coordenadas  Controladas
  6. 6. Henri Fayol 1. DIVISÃO DO TRABALHO Designação de tarefas especificas para cada pessoa A primeira é o direito de mandar e o poder de fazer-se obedecer. A segunda, a 2. AUTORIDADE E RESPONSABILIDADE sanção – recompensa ou penalidade – que acompanha o exercício do poder. 3. DISCIPLINA Respeito aos acordos estabelecidos entre a empresa e seus agentes. 4. UNIDADE DE COMANDO De forma que cada pessoa tenha apenas um superior. Um só chefe e um só programa para um conjunto de operações que visam ao 5. UNIDADE DE DIREÇÃO mesmo objetivo. 6. INTERESSE GERAL Subordinação de interesse individual ao interesse geral. 7. REMUNERAÇÃO PESSOAL De forma equitativa, e com base tanto em fatores internos quanto externos. Equilíbrio entre a concentração de poderes de decisão no chefe, sua capacidade de 8. CENTRALIZAÇÃO enfrentas suas responsabilidades e a iniciativa dos subordinados. Hierarquia – a série dos chefes do primeiro ao último escalão, dando-se aos 9. CADEIA ESCALAR (LINHA DE COAMANDO) subordinados de chefes diferentes a autonomia para estabelecer relações diretas. 10. ORDEM Um lugar para cada pessoa e cada pessoa em seu lugar. Tratamento das pessoas com benevolência e justiça, não excluindo a energia e o 11. EQUIDADE rigor quando necessários. 12. ESTABILIDADE DO PESSOAL Manutenção das equipes como forma de promover seu desenvolvimento. 13. INICIATIVA Faz aumentar o zelo a atividade dos agentes. 14. ESPÍRITO DE EQUIPE Desenvolvimento e manutenção da harmonia dentro da força de trabalho.
  7. 7. Chester Barnard  Apresentou idéias de:  Eficiência  Eficácia,  Equilíbrio dinâmico com o ambiente externo  Autogestão
  8. 8. Chester Barnard Funções do executivo segundo Barnard Funções do Executivo Incutir senso Trabalhar com Entender a Facilitar a Tomar de propósito a organização aceitação da comunicação decisões moral informal autoridade
  9. 9. Herbert Simon  Administrar é sinônimo de tomar decisões.  Ampliou os estudos de Fayol e Barnard.  Três fases do processo decisório segundo Simon:  I – Intelecção ou prospecção: faz uma analise minuciosa do problema ou situação que requer uma solução.  II- Concepção: cria alternativas para a solução de um problema ou situação.  III- Decisão: julgamento ou escolha de uma alternativa.
  10. 10. Herbert Simon Julgamento e avaliação de alternativas. Decisão Concepção Criação de Alternativa Prospecção Análise de um problema Problema
  11. 11. Henry Mintzberg  Questionou a idéia de Fayol  Gerentes que tem outras responsabilidades gerenciais além dos processos administrativos  Análise de todo o comportamento e atividades executadas na organização
  12. 12. Henry Mintzberg 10 Papéis Empreendedor segundo Controlador de Mintzberg distúrbios Administrador de recursos Negociador Papéis de decisão Chefe Nominal Monitor Líder Disseminador Ligação Porta-voz Papéis interpessoais Papéis de informação
  13. 13. Henry Mintzberg Papéis Interpessoais  Abrangem as relações interpessoais dentro e fora da organização:  Chefe nominal. O gerente age como representante da organização.  Líder. É a forma que gerente influencia seu subordinados.  Ligação. Ligação entre o gerente e os funcionários de diferentes setores e departamentos.
  14. 14. Henry Mintzberg Papéis de informação  Estão relacionados à obtenção e transmissão de informações dentro e fora da organização.  Monitor. tem o papel de receber ou procurar informações que lhe permitem entender o que se passa na sua organização e no ambiente.  Disseminador. Requer que o gerente transmita a informação de todos os meios para a organização interna.  Porta-voz. Está relacionado a disseminação das informações internas para o meio externo da organização.
  15. 15. Henry Mintzberg Papéis decisórios  Envolve a resolução de problemas e a tomada de decisões.  Empreendedor. é iniciador e planejador da maior parte das mudanças controladas em sua organização.  Controlador de distúrbios. soluciona eventos imprevistos, crises e até conflitos na organização.  Administrador de recursos. É responsável por toda administração de recursos de uma organização.  Negociador. Tem o papel de negociar com organizações e indivíduos.
  16. 16. Rosemary Stewart  Contrário ao modelo de Mintzberg  Usado para analisar um cargo em particular  Forma de como o individuo desempenha  Escolhas Gerenciais  Exigências  Restrições  Escolhas
  17. 17. Fred Luthans  Classificação  Funções gerenciais  Comunicação  Administração de recursos humanos  Relacionamento (networking)
  18. 18. Fred Luthans Distinção entre gerente de sucesso e eficaz. Prioridades Sucesso Eficácia 1 Networking Comunicação 2 Comunicação Recursos Humanos 3 Administração Administração 4 Recursos Humanos Networking
  19. 19. Andrew Grove  Acreditava que todos são administradores  Três princípios básicos  Produção  Trabalho de Equipe  Desempenho Individual
  20. 20. Gerente e Trabalhadores  Gerentes: supervisionam atividades de outras pessoas.  Trabalhadores: indivíduos que trabalham diretamente num cargo ou tarefa sem nenhuma responsabilidade pela supervisão do trabalho.
  21. 21. Por que existem os gerentes  Direcionar um grupo ou organização.  Garantem também garantem a responsabilidade.  Metas
  22. 22. Classificação dos Gerentes Alta administração (diretores) Média administração (gerentes médios) Administração operacional ou de primeira linha (supervisores) Funcionários operacionais
  23. 23. Funções da Administração  Planejar  Organizar  Comandar  Coordenar  Controlar
  24. 24. Papéis Gerenciais Papéis Gerenciais de Mintzberg Papel Geral Papel específico Interpessoal Chefe nominal Líder Ligação Informacional Monitor Disseminador Porta-voz Decisórial Empreendedor Controlador Alocador Negociador
  25. 25. Habilidades Gerenciais  Habilidades Gerais  Habilidades Conceituais  Habilidades interpessoais  Habilidades Técnicas  Habilidades políticas
  26. 26. Habilidades Gerenciais  Habilidades especificas  Controle do ambiente da organização de seus recursos.  Organização e coordenação.  Tratamento de informação  Previsão de Crescimento e desenvolvimento  Motivação dos funcionários e administração de conflitos.  Solução de problemas estratégicos.
  27. 27. Como agente de mudança  Três fases de evolução do agente de mudança:  Conceber e executar programas de mudança planejada;  Melhorar a qualidade;  Implementar mudanças radicais.
  28. 28. Como agente de mudança  Prosperando no caos: precisa ter a capacidade de prosperar em meio à mudança e à incerteza.  Ser um treinador: o gerente se parece mais como um treinador do que como chefe.  Delegar poder aos funcionários: conferir autoridade aos funcionários.  Compartilhando informação: deve atuar como canal de comunicação e capitação de informações na organização.  Sensibilidade às diferenças: saber lidar com os diferenças entre os funcionários.
  29. 29. Eficácia Gerencial  Eficiência: fazer as coisas direito. Obter mais produção para um determinado insumo.  Eficácia: fazer a coisa certa. Cumprimento de metas.
  30. 30. Eficácia Gerencial Os diferentes grupos que uma organização deve satisfazer e seus critérios típicos da eficácia. Boas salários e estabilidade no emprego Funcionários Gerentes Clientes Aumento da eficiência Preço qualidade e e dos lucros serviços satisfatórios Organização Acionistas Fornecedores Pronto pagamento Crescimento de ganhos Agencias Autoridades locais reguladoras e da comunidade governo Praticas socialmente Conformidade Local responsável
  31. 31. Critérios de Eficácia  Parâmetros financeiros  Produtividade  Crescimento  Satisfação do cliente  Qualidade  Flexibilidade  Crescimento e satisfação do Funcionário  Aceitação Social
  32. 32. Bibliografia  MAXIMINIANO, Antonio Cesar Amaru. Teoria Geral da Administração: da revolução urbana à revolução digital. 4. ed. – São Paulo: Atlas, 2004 pag. 47 à 72  ROBBINS, Stephen Paul, Administração: mudanças e perspectivas. – São Paulo: Saraiva, 2002 pag.27 à 49

×