SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 148
Renato Luiz Sbalqueiro Departamento de Tocoginecologia Universidade Federal do Paraná 03/2010 Manejo de gestantes HIV + E SÍFILIS
HIV – breve histórico ,[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
AGENTE ETIOLÓGICO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
R.L.S-UFPR
HIV ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV  -  FORMAS DE TRANSMISSÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV  -  FORMAS DE TRANSMISSÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV  -  TRANSMISSÃO SANGUÍNEA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV  -  TRANSMISSÃO PERINATAL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV  -  TRANSMISSÃO OCUPACIONAL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV   -  TRANSMISSÃO OCUPACIONAL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
HIV  OUTRAS FORMAS DE TRANSMISSÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
JANELA IMUNOLÓGICA ,[object Object],R.L.S-UFPR
FASES DA INFECÇÃO PELO HIV ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
INFECÇÃO AGUDA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
FASE ASSINTOMÁTICA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
FASE SINTOMÁTICA INICIAL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
FASE SINTOMÁTICA INICIAL ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
AIDS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV -  EXAMES LABORATORIAIS ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV  - Exames laboratoriais As amostras com resultados reagentes ou inconclusivos nesse primeiro imunoensaio (Etapa I) deverão ser submetidas a uma etapa de confirmação sorológica, composta de um segundo imunoensaio (diferente do primeiro na sua constituição antigênica ou princípio metodológico) e testes confirmatórios, tais como a imunofluorescência indireta (IFI), imunoblot ou  western blot  (WB) - Etapas II ou III.
HIV -  EXAMES LABORATORIAIS ,[object Object],[object Object],[object Object]
HIV -  EXAMES LABORATORIAIS ,[object Object]
HIV -  EXAMES LABORATORIAIS ,[object Object],[object Object],[object Object]
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR HIV – Conduta prática no pré-natal
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR HIV – Conduta prática no pré-natal
HIV /AIDS GESTAÇÃO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object]
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
Efeitos Colaterais associados à Terapia Anti-retroviral ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Efeitos Colaterais associados à Terapia Anti-retroviral ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object]
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no pré-natal ,[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no parto ,[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no parto ,[object Object]
Esquema dose/peso UFPR-RLS PREPARAÇÃO DA ZIDOVUDINA PARA INFUSÃO INTRAVENOSA EM 100ML DE SORO GLICOSADO A 5% Peso da paciente 40kg 50kg 60kg 70kg 80kg 90kg ATAQUE (2mg/kg/h) Correr na 1ª hora Quantidade de zidovudina 8ml 10ml 12ml 14ml 16ml 18ml Número(gotas/min) 36 37 37 38 39 39 MANUTENÇÃO  (1mg/kg/ h) Em infusão contínua  Quantidade de zidovudina 4ml 5ml 6ml 7ml 8ml 9ml Número(gotas/min) 35 35 35 36 36 36
HIV – Conduta prática no parto ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no parto ,[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no parto ,[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no puerpério ,[object Object],R.L.S-UFPR
[object Object],HIV – Conduta prática no puerpério
HIV – Conduta prática no puerpério ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV  – Conduta prática no puerpério ,[object Object],[object Object],[object Object]
HIV – Conduta prática no puerpério ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no puerpério ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
HIV – Conduta prática no puerpério ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],R.L.S-UFPR
Renato Luiz Sbalqueiro Departamento de Tocoginecologia UFPR 04/2008 SÍFILIS
Medidas que podem reduzir ou erradicar a Sífilis Congênita ,[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Fatores que impedem a erradicação da Sífilis congênita ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Fatores que impedem a erradicação da Sífilis congênita ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
BREVE HISTÓRICO ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
[object Object],Sífilis RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object]
Sífilis RLS-UFPR Infecção Primária (incubação em torno de 21 dias) Latência (Anos) Latência  ( 2 meses a 1 ano)               Resolução espontânea sem cicatriz  (3-8 semanas) Secundarismo  (pleomorfismo) Terciarismo ( Lesões gomosas  Neurolues, Cardite, etc.)
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
CANCRO PRIMÁRIO
ÚLCERAS GENITAIS – VIH/ITS SÍFILIS R.L.S UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
ÚLCERAS GENITAIS – VIH/ITS CANCRO MOLE R.L.S UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Sífilis Diagnóstico Laboratorial:  Pesquisa direta em campo escuro Imunofluorescência direta Provas não treponêmicas (VDRL;RPR) Provas treponêmicas  (FTA-Abs; MHA-Tp; TPI) RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],CDC RLS-UFPR Estágio  Primária Secundária Latente  Tardia  VDRL 59-87 100 73-91 37-94 FTA-Abs 86-100 99-100 96-99 96-100
Sífilis ,[object Object],[object Object],RLS-UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Sífilis RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Medidas que podem reduzir ou erradicar a Sífilis Congênita ,[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Fatores que impedem a erradicação da Sífilis congênita ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Fatores que impedem a erradicação da Sífilis congênita ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
Sífilis ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],RLS-UFPR
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object],[object Object],[object Object]
O VDRL ,[object Object],[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object],[object Object],[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object],[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object],[object Object],[object Object]
SÍFILIS CONGÊNITA ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Manejo clínico da sífilis congênita ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Manejo clínico da sífilis congênita ,[object Object]
Manejo clínico da sífilis congênita ,[object Object],[object Object]
Manejo clínico da sífilis congênita ,[object Object]
Manejo clínico da sífilis congênita ,[object Object]
Manejo clínico da sífilis congênita ,[object Object],[object Object],[object Object]
Manejo clínico da sífilis congênita ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A criança e a aids
A criança e a aidsA criança e a aids
A criança e a aids
doismileonze
 
Tv das hepatites
Tv das hepatitesTv das hepatites
Tv das hepatites
tvf
 
Ulceras genitais dst 2010
Ulceras genitais dst 2010Ulceras genitais dst 2010
Ulceras genitais dst 2010
itsufpr
 
Tv da sífilis
Tv da sífilisTv da sífilis
Tv da sífilis
tvf
 
Aula Programa Nacional Imunização - Concurso Ipasgo - parte 03 de 03
Aula Programa Nacional Imunização - Concurso Ipasgo - parte 03 de 03Aula Programa Nacional Imunização - Concurso Ipasgo - parte 03 de 03
Aula Programa Nacional Imunização - Concurso Ipasgo - parte 03 de 03
Instituto Consciência GO
 
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorial
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorialSífilis diagnóstico clínico e laboratorial
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorial
itsufpr
 

Mais procurados (20)

A criança e a aids
A criança e a aidsA criança e a aids
A criança e a aids
 
Tv das hepatites
Tv das hepatitesTv das hepatites
Tv das hepatites
 
Ulceras genitais dst 2010
Ulceras genitais dst 2010Ulceras genitais dst 2010
Ulceras genitais dst 2010
 
Sífilis congênita, a criança exposta ao hiv e hepatites virais
Sífilis congênita, a criança exposta ao hiv e hepatites viraisSífilis congênita, a criança exposta ao hiv e hepatites virais
Sífilis congênita, a criança exposta ao hiv e hepatites virais
 
Sífilis e manejo clínico da profilaxia da transmissão vertical
Sífilis e manejo clínico da profilaxia da transmissão verticalSífilis e manejo clínico da profilaxia da transmissão vertical
Sífilis e manejo clínico da profilaxia da transmissão vertical
 
SIFILIS NO PSF
SIFILIS NO PSFSIFILIS NO PSF
SIFILIS NO PSF
 
Aspectos gerais do diagnóstico de infecções congênitas e perinatais
Aspectos gerais do diagnóstico de infecções congênitas e perinataisAspectos gerais do diagnóstico de infecções congênitas e perinatais
Aspectos gerais do diagnóstico de infecções congênitas e perinatais
 
Sífilis
SífilisSífilis
Sífilis
 
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis CongênitaOficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
Oficina Para a Prevenção de Casos de Sífilis Congênita
 
HIV
HIVHIV
HIV
 
Tv da sífilis
Tv da sífilisTv da sífilis
Tv da sífilis
 
Aula Programa Nacional Imunização - Concurso Ipasgo - parte 03 de 03
Aula Programa Nacional Imunização - Concurso Ipasgo - parte 03 de 03Aula Programa Nacional Imunização - Concurso Ipasgo - parte 03 de 03
Aula Programa Nacional Imunização - Concurso Ipasgo - parte 03 de 03
 
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorial
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorialSífilis diagnóstico clínico e laboratorial
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorial
 
Abordagem das infecções congênitas na gravidez
Abordagem das infecções congênitas na gravidezAbordagem das infecções congênitas na gravidez
Abordagem das infecções congênitas na gravidez
 
Assistência de Enfermagem Sífilis
Assistência de Enfermagem SífilisAssistência de Enfermagem Sífilis
Assistência de Enfermagem Sífilis
 
Estudo de caso de gestante 2º trimestre com sífilis
Estudo de caso de gestante 2º trimestre com sífilis Estudo de caso de gestante 2º trimestre com sífilis
Estudo de caso de gestante 2º trimestre com sífilis
 
Diagnóstico e tratamento da neurossífilis
Diagnóstico e tratamento da neurossífilisDiagnóstico e tratamento da neurossífilis
Diagnóstico e tratamento da neurossífilis
 
Pnv
PnvPnv
Pnv
 
Obstetrícia: diabetes gestacional, imunização, hepatites virais, HIV e hemorr...
Obstetrícia: diabetes gestacional, imunização, hepatites virais, HIV e hemorr...Obstetrícia: diabetes gestacional, imunização, hepatites virais, HIV e hemorr...
Obstetrícia: diabetes gestacional, imunização, hepatites virais, HIV e hemorr...
 
Síndrome da rubéola congênita
Síndrome da rubéola congênitaSíndrome da rubéola congênita
Síndrome da rubéola congênita
 

Destaque

Consenso HIV em gestantes
Consenso HIV em gestantesConsenso HIV em gestantes
Consenso HIV em gestantes
rogerio_sobroza
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
tvf
 
Efeitos da Massagem Terapeutica em Pacientes Soropositivos
Efeitos da Massagem Terapeutica em Pacientes SoropositivosEfeitos da Massagem Terapeutica em Pacientes Soropositivos
Efeitos da Massagem Terapeutica em Pacientes Soropositivos
projetacursosba
 
Aula Infeccao por HIV acompanhamento e tratamento
Aula Infeccao por HIV acompanhamento e tratamentoAula Infeccao por HIV acompanhamento e tratamento
Aula Infeccao por HIV acompanhamento e tratamento
Rejane Gil Gil
 
Etapas do desenvolvimento pré natal2011
Etapas do desenvolvimento pré natal2011Etapas do desenvolvimento pré natal2011
Etapas do desenvolvimento pré natal2011
UNISUL
 
Estudo De Caso S AÚ D E D A M U L H E R Apresentação
Estudo De Caso  S AÚ D E  D A  M U L H E R   ApresentaçãoEstudo De Caso  S AÚ D E  D A  M U L H E R   Apresentação
Estudo De Caso S AÚ D E D A M U L H E R Apresentação
vi_uema
 

Destaque (20)

Consenso HIV em gestantes
Consenso HIV em gestantesConsenso HIV em gestantes
Consenso HIV em gestantes
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Aids
AidsAids
Aids
 
HIV - AIDS
HIV - AIDSHIV - AIDS
HIV - AIDS
 
Sífilis
SífilisSífilis
Sífilis
 
HIV/AIDS
HIV/AIDSHIV/AIDS
HIV/AIDS
 
Efeitos da Massagem Terapeutica em Pacientes Soropositivos
Efeitos da Massagem Terapeutica em Pacientes SoropositivosEfeitos da Massagem Terapeutica em Pacientes Soropositivos
Efeitos da Massagem Terapeutica em Pacientes Soropositivos
 
VC 27/01/2012 - Multiplicadores em DST/Aids
VC 27/01/2012 - Multiplicadores em DST/AidsVC 27/01/2012 - Multiplicadores em DST/Aids
VC 27/01/2012 - Multiplicadores em DST/Aids
 
AIDS - The Skeletons
AIDS - The SkeletonsAIDS - The Skeletons
AIDS - The Skeletons
 
Infecção pelo HIV/Aids - Aula para a Graduação - 2014
Infecção pelo HIV/Aids - Aula para a Graduação - 2014Infecção pelo HIV/Aids - Aula para a Graduação - 2014
Infecção pelo HIV/Aids - Aula para a Graduação - 2014
 
Anomalias genéticas e congênitas
Anomalias genéticas e congênitasAnomalias genéticas e congênitas
Anomalias genéticas e congênitas
 
Aula de exames_sorologicos_e_bioquimicos
Aula de exames_sorologicos_e_bioquimicosAula de exames_sorologicos_e_bioquimicos
Aula de exames_sorologicos_e_bioquimicos
 
Aconselhamento[1]
Aconselhamento[1]Aconselhamento[1]
Aconselhamento[1]
 
Aula Infeccao por HIV acompanhamento e tratamento
Aula Infeccao por HIV acompanhamento e tratamentoAula Infeccao por HIV acompanhamento e tratamento
Aula Infeccao por HIV acompanhamento e tratamento
 
Resposta Imune & Hiv - Imunologia
Resposta Imune & Hiv - ImunologiaResposta Imune & Hiv - Imunologia
Resposta Imune & Hiv - Imunologia
 
Sífilis- 1F
Sífilis- 1FSífilis- 1F
Sífilis- 1F
 
HIV e Aids - Epidemiologia, Fisiopatologia, Diagnóstico e Tratamento
HIV e Aids - Epidemiologia, Fisiopatologia, Diagnóstico e TratamentoHIV e Aids - Epidemiologia, Fisiopatologia, Diagnóstico e Tratamento
HIV e Aids - Epidemiologia, Fisiopatologia, Diagnóstico e Tratamento
 
Lipodistrofia
LipodistrofiaLipodistrofia
Lipodistrofia
 
Etapas do desenvolvimento pré natal2011
Etapas do desenvolvimento pré natal2011Etapas do desenvolvimento pré natal2011
Etapas do desenvolvimento pré natal2011
 
Estudo De Caso S AÚ D E D A M U L H E R Apresentação
Estudo De Caso  S AÚ D E  D A  M U L H E R   ApresentaçãoEstudo De Caso  S AÚ D E  D A  M U L H E R   Apresentação
Estudo De Caso S AÚ D E D A M U L H E R Apresentação
 

Semelhante a (2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010

Úlceras Genitais Infecciosas
Úlceras Genitais InfecciosasÚlceras Genitais Infecciosas
Úlceras Genitais Infecciosas
clinican
 
Risco Ocupacional Elcio 2008
Risco Ocupacional Elcio 2008Risco Ocupacional Elcio 2008
Risco Ocupacional Elcio 2008
galegoo
 

Semelhante a (2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010 (20)

3 - HIV Atualização na atenção ao portador HIVAids.pdf
3 - HIV Atualização na atenção ao portador HIVAids.pdf3 - HIV Atualização na atenção ao portador HIVAids.pdf
3 - HIV Atualização na atenção ao portador HIVAids.pdf
 
Pep – hiv – protocolo 2015
Pep – hiv – protocolo 2015Pep – hiv – protocolo 2015
Pep – hiv – protocolo 2015
 
Úlceras Genitais Infecciosas
Úlceras Genitais InfecciosasÚlceras Genitais Infecciosas
Úlceras Genitais Infecciosas
 
04manual acidentes
04manual acidentes04manual acidentes
04manual acidentes
 
Risco Ocupacional Elcio 2008
Risco Ocupacional Elcio 2008Risco Ocupacional Elcio 2008
Risco Ocupacional Elcio 2008
 
PEP HIV/Aids - Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas - Brasil 2015
PEP HIV/Aids - Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas -  Brasil 2015PEP HIV/Aids - Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas -  Brasil 2015
PEP HIV/Aids - Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas - Brasil 2015
 
HIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
HIV/AIDS - Temas Atuais em SaúdeHIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
HIV/AIDS - Temas Atuais em Saúde
 
Profilaxia pós exposição ao hiv
Profilaxia pós exposição ao hivProfilaxia pós exposição ao hiv
Profilaxia pós exposição ao hiv
 
Sindrome da imunodeficiência
Sindrome da imunodeficiênciaSindrome da imunodeficiência
Sindrome da imunodeficiência
 
Informar; orientar; presta- Guia de Conduta nas Infecções em Pacientes Submet...
Informar; orientar; presta- Guia de Conduta nas Infecções em Pacientes Submet...Informar; orientar; presta- Guia de Conduta nas Infecções em Pacientes Submet...
Informar; orientar; presta- Guia de Conduta nas Infecções em Pacientes Submet...
 
Casos clinicos pcdt gt 1 vp 1
Casos clinicos pcdt gt 1 vp 1Casos clinicos pcdt gt 1 vp 1
Casos clinicos pcdt gt 1 vp 1
 
Exame de hiv
Exame de hivExame de hiv
Exame de hiv
 
HIV - Hepatite B - Hepatite C: Atualização 2015
HIV - Hepatite B - Hepatite C: Atualização 2015HIV - Hepatite B - Hepatite C: Atualização 2015
HIV - Hepatite B - Hepatite C: Atualização 2015
 
Aula 11 - IST , doenças infecciosas e parasitárias.ppt
Aula 11 - IST , doenças infecciosas e parasitárias.pptAula 11 - IST , doenças infecciosas e parasitárias.ppt
Aula 11 - IST , doenças infecciosas e parasitárias.ppt
 
manual acidentes
manual acidentesmanual acidentes
manual acidentes
 
04manual acidentes
04manual acidentes04manual acidentes
04manual acidentes
 
Doencas Transmissiveis em Trabalhadores da Saude
Doencas Transmissiveis em Trabalhadores da SaudeDoencas Transmissiveis em Trabalhadores da Saude
Doencas Transmissiveis em Trabalhadores da Saude
 
Nutricao infeccao hiv interfaces e relacao 2019
Nutricao infeccao hiv   interfaces e relacao 2019Nutricao infeccao hiv   interfaces e relacao 2019
Nutricao infeccao hiv interfaces e relacao 2019
 
PNBR 2016
PNBR 2016PNBR 2016
PNBR 2016
 
Prevencao hiv 2019 infectologia - alexandre naime barbosa
Prevencao hiv 2019   infectologia - alexandre naime barbosaPrevencao hiv 2019   infectologia - alexandre naime barbosa
Prevencao hiv 2019 infectologia - alexandre naime barbosa
 

Mais de itsufpr

Risco+biologico+hc[1]
Risco+biologico+hc[1]Risco+biologico+hc[1]
Risco+biologico+hc[1]
itsufpr
 
Entendendo o exame de papanicolaou2
Entendendo o exame de papanicolaou2Entendendo o exame de papanicolaou2
Entendendo o exame de papanicolaou2
itsufpr
 
13 exame proctológico e dst em proctologia
13  exame proctológico e dst em proctologia13  exame proctológico e dst em proctologia
13 exame proctológico e dst em proctologia
itsufpr
 
Vvs graduaçao dst
Vvs graduaçao dstVvs graduaçao dst
Vvs graduaçao dst
itsufpr
 
Hepatites foz
Hepatites fozHepatites foz
Hepatites foz
itsufpr
 
13 exame proctológico e dst em proctologia
13  exame proctológico e dst em proctologia13  exame proctológico e dst em proctologia
13 exame proctológico e dst em proctologia
itsufpr
 
Dst fpp pdf
Dst  fpp pdfDst  fpp pdf
Dst fpp pdf
itsufpr
 
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterinoLesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
itsufpr
 
Hpv disciplina 2010 2.sem
Hpv disciplina 2010 2.semHpv disciplina 2010 2.sem
Hpv disciplina 2010 2.sem
itsufpr
 
Herpes its 2011atualizado
Herpes its 2011atualizadoHerpes its 2011atualizado
Herpes its 2011atualizado
itsufpr
 
04 a- exame genital masculino
04  a- exame genital masculino04  a- exame genital masculino
04 a- exame genital masculino
itsufpr
 
04 b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
04  b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite04  b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
04 b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
itsufpr
 
Exame genital 2010 dermato
Exame genital 2010  dermatoExame genital 2010  dermato
Exame genital 2010 dermato
itsufpr
 
Coleta e interpretação de amostras
Coleta e interpretação de amostrasColeta e interpretação de amostras
Coleta e interpretação de amostras
itsufpr
 
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpgComo abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
itsufpr
 

Mais de itsufpr (15)

Risco+biologico+hc[1]
Risco+biologico+hc[1]Risco+biologico+hc[1]
Risco+biologico+hc[1]
 
Entendendo o exame de papanicolaou2
Entendendo o exame de papanicolaou2Entendendo o exame de papanicolaou2
Entendendo o exame de papanicolaou2
 
13 exame proctológico e dst em proctologia
13  exame proctológico e dst em proctologia13  exame proctológico e dst em proctologia
13 exame proctológico e dst em proctologia
 
Vvs graduaçao dst
Vvs graduaçao dstVvs graduaçao dst
Vvs graduaçao dst
 
Hepatites foz
Hepatites fozHepatites foz
Hepatites foz
 
13 exame proctológico e dst em proctologia
13  exame proctológico e dst em proctologia13  exame proctológico e dst em proctologia
13 exame proctológico e dst em proctologia
 
Dst fpp pdf
Dst  fpp pdfDst  fpp pdf
Dst fpp pdf
 
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterinoLesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
 
Hpv disciplina 2010 2.sem
Hpv disciplina 2010 2.semHpv disciplina 2010 2.sem
Hpv disciplina 2010 2.sem
 
Herpes its 2011atualizado
Herpes its 2011atualizadoHerpes its 2011atualizado
Herpes its 2011atualizado
 
04 a- exame genital masculino
04  a- exame genital masculino04  a- exame genital masculino
04 a- exame genital masculino
 
04 b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
04  b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite04  b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
04 b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
 
Exame genital 2010 dermato
Exame genital 2010  dermatoExame genital 2010  dermato
Exame genital 2010 dermato
 
Coleta e interpretação de amostras
Coleta e interpretação de amostrasColeta e interpretação de amostras
Coleta e interpretação de amostras
 
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpgComo abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
 

(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010

  • 1. Renato Luiz Sbalqueiro Departamento de Tocoginecologia Universidade Federal do Paraná 03/2010 Manejo de gestantes HIV + E SÍFILIS
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29. HIV - Exames laboratoriais As amostras com resultados reagentes ou inconclusivos nesse primeiro imunoensaio (Etapa I) deverão ser submetidas a uma etapa de confirmação sorológica, composta de um segundo imunoensaio (diferente do primeiro na sua constituição antigênica ou princípio metodológico) e testes confirmatórios, tais como a imunofluorescência indireta (IFI), imunoblot ou western blot (WB) - Etapas II ou III.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46.
  • 47.
  • 48.
  • 49.
  • 50.
  • 51.
  • 52.
  • 53.
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 58.
  • 59.
  • 60. Esquema dose/peso UFPR-RLS PREPARAÇÃO DA ZIDOVUDINA PARA INFUSÃO INTRAVENOSA EM 100ML DE SORO GLICOSADO A 5% Peso da paciente 40kg 50kg 60kg 70kg 80kg 90kg ATAQUE (2mg/kg/h) Correr na 1ª hora Quantidade de zidovudina 8ml 10ml 12ml 14ml 16ml 18ml Número(gotas/min) 36 37 37 38 39 39 MANUTENÇÃO (1mg/kg/ h) Em infusão contínua Quantidade de zidovudina 4ml 5ml 6ml 7ml 8ml 9ml Número(gotas/min) 35 35 35 36 36 36
  • 61.
  • 62.
  • 63.
  • 64.
  • 65.
  • 66.
  • 67.
  • 68.
  • 69.
  • 70.
  • 71.
  • 72. Renato Luiz Sbalqueiro Departamento de Tocoginecologia UFPR 04/2008 SÍFILIS
  • 73.
  • 74.
  • 75.
  • 76.
  • 77.
  • 78.
  • 79.
  • 80.
  • 81.
  • 82.
  • 83.
  • 84.
  • 85. Sífilis RLS-UFPR Infecção Primária (incubação em torno de 21 dias) Latência (Anos) Latência ( 2 meses a 1 ano)               Resolução espontânea sem cicatriz (3-8 semanas) Secundarismo (pleomorfismo) Terciarismo ( Lesões gomosas Neurolues, Cardite, etc.)
  • 86.
  • 87.
  • 89. ÚLCERAS GENITAIS – VIH/ITS SÍFILIS R.L.S UFPR
  • 90.
  • 91.
  • 92.
  • 93.
  • 94.
  • 95.
  • 96. ÚLCERAS GENITAIS – VIH/ITS CANCRO MOLE R.L.S UFPR
  • 97.
  • 98.
  • 99.
  • 100.
  • 101.
  • 102.
  • 103.
  • 104.
  • 105.
  • 106.
  • 107.
  • 108.
  • 109.
  • 110. Sífilis Diagnóstico Laboratorial: Pesquisa direta em campo escuro Imunofluorescência direta Provas não treponêmicas (VDRL;RPR) Provas treponêmicas (FTA-Abs; MHA-Tp; TPI) RLS-UFPR
  • 111.
  • 112.
  • 113.
  • 114.
  • 115.
  • 116.
  • 117.
  • 118.
  • 119.
  • 120.
  • 121.
  • 122.
  • 123.
  • 124.
  • 125.
  • 126.
  • 127.
  • 128.
  • 129.
  • 130.
  • 131.
  • 132.
  • 133.
  • 134.
  • 135.
  • 136.
  • 137.
  • 138.
  • 139.
  • 140.
  • 141.
  • 142.
  • 143.
  • 144.
  • 145.
  • 146.
  • 147.