SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
[object Object],Doenças SexualmenteTransmissíveis  EXAME DO PACIENTE Professor Associado Doutor Disciplina de Urologia /Dep.Cirurgia UFPR
[object Object],FATORES  QUE DEVEM SER CONSIDERADOS: ANSIEDADE DO PACIENTE PRECONCEITO DA SOCIEDADE E MESMO DOS MÉDICOS SIGNIFICADO DE PUNIÇÃO POR COMPORTAMENTO NÃO APROVADO CULPA/ TEMOR / REMORSO
DEMONSTRAR COMPREENSÃO E INFORMAÇÃO PARA ANGARIAR A CONFIANÇA DO PACIENTE CLINICO GERAL ? MÉDICO DA FAMÍLIA ? ESPECIALISTA ? Posto do SUS ? PRIVACIDADE / CONFIANÇA ANONIMATO Menores (papel dos Pais)
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
COMO OBTER UMA BOA ANAMNESE 1- estabelecer uma relação  médico/paciente  satisfatória, mostrando-se interessado  pelo  problema do paciente e angariando a sua confiança
2- deixar o paciente falar sobre suas queixas com as suas próprias palavras
3- esclarecer certos incômodos indefinidos (por exemplo:  “dor no estômago” pode significar uma sensação de queimação epigástrica para um paciente  e uma dor intensa e profunda na região suprapúbica para outro.
4- Conseguir os detalhes necessários sobre cada sintoma ( nunca se apresse nem superficialize a anamnese)
5  -  usar discrição  e tato ao obter informações  sobre  os órgãos genitais  e  a  função sexual  -  perguntas diretas e objetivas são melhor  respondidas  não  faça  julgamento  moral  ou  critico  nem  perguntas  embaraçosas  sobre  atitudes  ou   comportamentos  não  convencionais -  demonstre conhecimento técnico e compreensão
6  -  não limite sua história ao Aparelho Gênito-Urinário   é arriscado confiar  cegamente no diagnóstico de encaminhamento, devendo-se eliminar uma eventual causa  não  relacionada  a  DST para  os  sintomas  do paciente
7 -  Quando o paciente apresentar um sintoma bem definido, pode-se esquematizar mentalmente as causas comuns desse sintoma e orientar de maneira lógica e fácil a seqüência de perguntas para elucidação diagnostica
IDENTIFICAÇÃO NOME / ENDEREÇO / TELEFONE  DATA DE NASCIMENTO  SEXO / RAÇA / RELIGIÃO ESTADO CIVIL
QUEIXA PRINCIPAL  (Qual é o principal sintoma ?) Quando começou ? Qual a localização ? Descrição pormenorizada dos sintomas
Qual a periodicidade ? Existe associação com o último relacionamento sexual ? Quanto tempo após ?
Teve sintomas semelhantes no passado ? Episódios anteriores de DST ? Quais tratamentos ? A parceira tem DST ?  Quais tratamentos ?
COMPORTAMENTO SEXUAL HÉTEROSSEXUAL / HOMOSSEXUAL / BISSEXUAL Particularidades : sexo oral ?  Sexo anal ? (implicação nos locais de coleta de material para exames laboratoriais) Comportamento de risco ?  Mais de uma parceira ?
ALERGIA MEDICAMENTOSA Penicilina (Ampicilina/Amoxicilina) IMPLICAÇÃO TERAPÊUTICA USO RECENTE DE ANTIBIÓTICOS INTERFERÊNCIA NO RESULTADO DE EXAMES BACTERIOLÓGICOS
[object Object],INSPEÇÃO E PALPAÇÃO ABDOMEN  INFERIOR  REGIÃO INGUINAL  ÓRGÃOS GENITAIS  -Pênis: corpo / prepúcio / glande / meato uretral -Bolsa  Testicular: pele / testículos / epidídimos PÊLOS PUBIANOS PELE DAS REGIÕES PALMARES E DOS ANTEBRAÇOS Úlceras Eritemas Erupções Vesículas Pápulas/Verrugas Secreções Gânglios   Placas Mucosas Placas Fibrosas Nódulos
[object Object],SITUAÇÕES ESPECIAIS LÁBIOS E CAVIDADE ORAL REGIÕES ANAL E PERIANAL TOQUE RETAL Úlceras Eritemas Erupções Vesículas Pápulas/Verrugas Secreções Gânglios   Placas Mucosas Placas Fibrosas Nódulos
[object Object],ROTINA: PESQUISAR: AIDS (HIV) SÍFILIS (VDRL) CLAMÍDIA Presença de Secreção Uretral: gonococo
[object Object],DE ACORDO COM OS DADOS OBTIDOS  NO EXAME CLINICOE A SUSPEITA CLÍNICA INVESTIGAÇÃO DOS CONTACTOS EXAMES ESPECÍFICOS:
EXAME DO PACIENTE EM DST
 
lesões  verrucosas
EXAME DO PACIENTE EM DST
EXAME DO PACIENTE EM DST
Obrigado  pela  atenção
[object Object],CASO CLÍNICO Anamnese Principal Sintoma: “ CORRIMENTO” Início há cinco dias com “coceira” no canal da urina, seguida por “queimação” ao urinar. Nos últimos três dias percebeu “corrimento” amarelado gradativamente mais intenso, referindo também muita ardência ao urinar
[object Object],CASO CLÍNICO Anamnese QUAIS AS PRÓXIMAS PERGUNTAS?
[object Object],CASO CLÍNICO Anamnese O INÍCIO FOI APÓS ALGUMA RELAÇÃO SEXUAL? QUANTO TEMPO APÓS ? R: Sim, três dias após a última relação
[object Object],CASO CLÍNICO Anamnese EXISTE UMA PARCEIRA FIXA OU O CONTACTO FOI OCASIONAL ? R:  Não existe parceira fixa, era pessoa desconhecida, “ficaram” em uma festa e ambos estavam sob efeito de drogas
[object Object],CASO CLÍNICO Anamnese USOU CAMISINHA DURANTE A RELAÇÃO ? R:  Não sabe informar pois quando conseguiu raciocinar e foi colocar o preservativo o ato sexual já tinha se iniciado
[object Object],CASO CLÍNICO Anamnese SABE INFORMAR SE JÁTEVE ANTES ALGUMA DST ? R:  Não,  esta é a primeira vez que tem problema
[object Object],CASO CLÍNICO Anamnese COMO É O COMPORTAMENTO SEXUAL ? R:  Iniciação há dois anos, Heterossexual, relações esporádicas, usa preservativo quase sempre
[object Object],CASO CLÍNICO Anamnese QUAIS AS MEDICAÇÕES UTILIZADAS NOS ÚLTIMOS 10 DIAS ? R:  Nenhuma
[object Object],CASO CLÍNICO Exame Físico INSPEÇÃO E PALPAÇÃO DE REGIÃO ABDOMINAL INFERIOR  E  INGUINAL : sem anormalidades GENITAL EXTERNO: PÊNIS: corpo peniano de aspecto normal, prepúcio redutível, glande normal até as proximidades do meato uretral, onde observa-se  eritema e eversão dos lábios meatais, juntamente com secreção uretral amarelo-esverdeada BOLSA ESCROTAL: sem anormalidades
 
[object Object],CASO CLÍNICO Exames Laboratoriais ROTINA: QUAIS EXAMES DEVEM SER SOLICITADOS ? QUAIS EXAMES SÃO ESPECÍFICOS PARA O CASO ?
[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aparelho geniturinário e exame físico
Aparelho geniturinário e exame físicoAparelho geniturinário e exame físico
Aparelho geniturinário e exame físicoAlinny Cunha
 
Aula - semiologia do abdôme
Aula - semiologia do abdômeAula - semiologia do abdôme
Aula - semiologia do abdômedapab
 
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)Gustavo Oliveira
 
Exame físico do sist. respiratório
Exame físico do sist. respiratórioExame físico do sist. respiratório
Exame físico do sist. respiratórioresenfe2013
 
Introdução à semiologia
Introdução à semiologiaIntrodução à semiologia
Introdução à semiologiaLucimar Campos
 
Semiologia para Enfermagem No Caminho da Enfermagem Lucas Fontes
Semiologia para Enfermagem No Caminho da Enfermagem Lucas FontesSemiologia para Enfermagem No Caminho da Enfermagem Lucas Fontes
Semiologia para Enfermagem No Caminho da Enfermagem Lucas FontesLucas Fontes
 
Semiologia do aparelho urinário
Semiologia do aparelho urinárioSemiologia do aparelho urinário
Semiologia do aparelho urináriopauloalambert
 
Exame fisico geral 2020
Exame fisico geral 2020Exame fisico geral 2020
Exame fisico geral 2020pauloalambert
 
Sintomas e exame físico do aparelho urinário
Sintomas e exame físico do aparelho urinário Sintomas e exame físico do aparelho urinário
Sintomas e exame físico do aparelho urinário Paulo Alambert
 
Propedêutica pulmonar
Propedêutica pulmonarPropedêutica pulmonar
Propedêutica pulmonardapab
 
Apresentação exame físico cabeça
Apresentação exame físico cabeçaApresentação exame físico cabeça
Apresentação exame físico cabeçaGuilherme Decanini
 
Semiologia do Sistema Respiratório - Dra. Ana Paula Barreto
Semiologia do Sistema Respiratório - Dra. Ana Paula BarretoSemiologia do Sistema Respiratório - Dra. Ana Paula Barreto
Semiologia do Sistema Respiratório - Dra. Ana Paula Barretolabap
 
Propedêutica torácica
Propedêutica torácicaPropedêutica torácica
Propedêutica torácicapauloalambert
 
Exame fisico cabeça e pescoço
Exame fisico cabeça e pescoçoExame fisico cabeça e pescoço
Exame fisico cabeça e pescoçopauloalambert
 
Aparelho cardiovascula
Aparelho cardiovasculaAparelho cardiovascula
Aparelho cardiovasculaPedro Cury
 
Exame físico do abdome l
Exame físico do abdome lExame físico do abdome l
Exame físico do abdome lpauloalambert
 
Estadiamento Puberal : Critérios de Tanner
Estadiamento Puberal : Critérios de TannerEstadiamento Puberal : Critérios de Tanner
Estadiamento Puberal : Critérios de Tannerblogped1
 

Mais procurados (20)

Aparelho geniturinário e exame físico
Aparelho geniturinário e exame físicoAparelho geniturinário e exame físico
Aparelho geniturinário e exame físico
 
Aula - semiologia do abdôme
Aula - semiologia do abdômeAula - semiologia do abdôme
Aula - semiologia do abdôme
 
Abdome ll
Abdome llAbdome ll
Abdome ll
 
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
Semioliga - Aula Sistema Respiratório (Básica)
 
Exame físico do sist. respiratório
Exame físico do sist. respiratórioExame físico do sist. respiratório
Exame físico do sist. respiratório
 
Introdução à semiologia
Introdução à semiologiaIntrodução à semiologia
Introdução à semiologia
 
Sinais Vitais
Sinais VitaisSinais Vitais
Sinais Vitais
 
Semiologia para Enfermagem No Caminho da Enfermagem Lucas Fontes
Semiologia para Enfermagem No Caminho da Enfermagem Lucas FontesSemiologia para Enfermagem No Caminho da Enfermagem Lucas Fontes
Semiologia para Enfermagem No Caminho da Enfermagem Lucas Fontes
 
Semiologia do aparelho urinário
Semiologia do aparelho urinárioSemiologia do aparelho urinário
Semiologia do aparelho urinário
 
Exame fisico geral 2020
Exame fisico geral 2020Exame fisico geral 2020
Exame fisico geral 2020
 
Sintomas e exame físico do aparelho urinário
Sintomas e exame físico do aparelho urinário Sintomas e exame físico do aparelho urinário
Sintomas e exame físico do aparelho urinário
 
Propedêutica pulmonar
Propedêutica pulmonarPropedêutica pulmonar
Propedêutica pulmonar
 
Apresentação exame físico cabeça
Apresentação exame físico cabeçaApresentação exame físico cabeça
Apresentação exame físico cabeça
 
Semiologia do Sistema Respiratório - Dra. Ana Paula Barreto
Semiologia do Sistema Respiratório - Dra. Ana Paula BarretoSemiologia do Sistema Respiratório - Dra. Ana Paula Barreto
Semiologia do Sistema Respiratório - Dra. Ana Paula Barreto
 
Propedêutica torácica
Propedêutica torácicaPropedêutica torácica
Propedêutica torácica
 
Exame fisico cabeça e pescoço
Exame fisico cabeça e pescoçoExame fisico cabeça e pescoço
Exame fisico cabeça e pescoço
 
.pdf
.pdf.pdf
.pdf
 
Aparelho cardiovascula
Aparelho cardiovasculaAparelho cardiovascula
Aparelho cardiovascula
 
Exame físico do abdome l
Exame físico do abdome lExame físico do abdome l
Exame físico do abdome l
 
Estadiamento Puberal : Critérios de Tanner
Estadiamento Puberal : Critérios de TannerEstadiamento Puberal : Critérios de Tanner
Estadiamento Puberal : Critérios de Tanner
 

Destaque

Sistema geniturinario
Sistema geniturinarioSistema geniturinario
Sistema geniturinarioClaudio Poeta
 
Exame Físico dos Membros Superiores
Exame Físico dos Membros SuperioresExame Físico dos Membros Superiores
Exame Físico dos Membros SuperioresPaulo Alambert
 
Semiologia 11 urologia - semiologia urológica pdf
Semiologia 11   urologia - semiologia urológica pdfSemiologia 11   urologia - semiologia urológica pdf
Semiologia 11 urologia - semiologia urológica pdfJucie Vasconcelos
 
Exame físico membros inferiores
Exame físico membros inferiores Exame físico membros inferiores
Exame físico membros inferiores Paulo Alambert
 
Caso Clínico Infertilidade
Caso Clínico InfertilidadeCaso Clínico Infertilidade
Caso Clínico InfertilidadeUrovideo.org
 
Vvs graduaçao dst
Vvs graduaçao dstVvs graduaçao dst
Vvs graduaçao dstitsufpr
 
Aparelho reprodutor masculino
Aparelho reprodutor masculinoAparelho reprodutor masculino
Aparelho reprodutor masculinotonhofsj
 
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1chirlei ferreira
 
13 exame proctológico e dst em proctologia
13  exame proctológico e dst em proctologia13  exame proctológico e dst em proctologia
13 exame proctológico e dst em proctologiaitsufpr
 
Condutas em gestantes hiv e sífilis positivas 2
Condutas em gestantes hiv e sífilis positivas 2Condutas em gestantes hiv e sífilis positivas 2
Condutas em gestantes hiv e sífilis positivas 2itsufpr
 
Consulta Ginecologica Chirlei
Consulta Ginecologica ChirleiConsulta Ginecologica Chirlei
Consulta Ginecologica Chirleichirlei ferreira
 
Anatomia, fisiologia, embriologia e biofísica do sistema reprodutor feminino.
Anatomia, fisiologia, embriologia e biofísica do sistema reprodutor feminino.Anatomia, fisiologia, embriologia e biofísica do sistema reprodutor feminino.
Anatomia, fisiologia, embriologia e biofísica do sistema reprodutor feminino.Fernanda Marinho
 
Anamnese completaadulto resumao
Anamnese completaadulto resumaoAnamnese completaadulto resumao
Anamnese completaadulto resumaoJanaina Lima
 
Semiologia arterial e venosa
Semiologia arterial e venosaSemiologia arterial e venosa
Semiologia arterial e venosaPaulo Alambert
 

Destaque (20)

Semiologia urológica
Semiologia urológicaSemiologia urológica
Semiologia urológica
 
Sistema geniturinario
Sistema geniturinarioSistema geniturinario
Sistema geniturinario
 
Exame físico
Exame físicoExame físico
Exame físico
 
Exame Físico dos Membros Superiores
Exame Físico dos Membros SuperioresExame Físico dos Membros Superiores
Exame Físico dos Membros Superiores
 
Semiologia 11 urologia - semiologia urológica pdf
Semiologia 11   urologia - semiologia urológica pdfSemiologia 11   urologia - semiologia urológica pdf
Semiologia 11 urologia - semiologia urológica pdf
 
Exame ginecológico
Exame ginecológicoExame ginecológico
Exame ginecológico
 
Exame físico membros inferiores
Exame físico membros inferiores Exame físico membros inferiores
Exame físico membros inferiores
 
Exame fisico abdome
Exame fisico abdomeExame fisico abdome
Exame fisico abdome
 
Caso Clínico Infertilidade
Caso Clínico InfertilidadeCaso Clínico Infertilidade
Caso Clínico Infertilidade
 
Vvs graduaçao dst
Vvs graduaçao dstVvs graduaçao dst
Vvs graduaçao dst
 
SAÚDE DA MULHER
SAÚDE DA MULHER SAÚDE DA MULHER
SAÚDE DA MULHER
 
Aparelho reprodutor masculino
Aparelho reprodutor masculinoAparelho reprodutor masculino
Aparelho reprodutor masculino
 
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
 
Exame do nariz
Exame do narizExame do nariz
Exame do nariz
 
13 exame proctológico e dst em proctologia
13  exame proctológico e dst em proctologia13  exame proctológico e dst em proctologia
13 exame proctológico e dst em proctologia
 
Condutas em gestantes hiv e sífilis positivas 2
Condutas em gestantes hiv e sífilis positivas 2Condutas em gestantes hiv e sífilis positivas 2
Condutas em gestantes hiv e sífilis positivas 2
 
Consulta Ginecologica Chirlei
Consulta Ginecologica ChirleiConsulta Ginecologica Chirlei
Consulta Ginecologica Chirlei
 
Anatomia, fisiologia, embriologia e biofísica do sistema reprodutor feminino.
Anatomia, fisiologia, embriologia e biofísica do sistema reprodutor feminino.Anatomia, fisiologia, embriologia e biofísica do sistema reprodutor feminino.
Anatomia, fisiologia, embriologia e biofísica do sistema reprodutor feminino.
 
Anamnese completaadulto resumao
Anamnese completaadulto resumaoAnamnese completaadulto resumao
Anamnese completaadulto resumao
 
Semiologia arterial e venosa
Semiologia arterial e venosaSemiologia arterial e venosa
Semiologia arterial e venosa
 

Semelhante a 04 a- exame genital masculino

Semiologia: Anamnese em Pediatria
Semiologia: Anamnese em PediatriaSemiologia: Anamnese em Pediatria
Semiologia: Anamnese em PediatriaLaped Ufrn
 
Violencia na infância - Abuso sexual
Violencia na infância - Abuso sexual Violencia na infância - Abuso sexual
Violencia na infância - Abuso sexual blogped1
 
Exame Físico Geral 2016
Exame Físico Geral 2016Exame Físico Geral 2016
Exame Físico Geral 2016pauloalambert
 
- AULA 07- DEFINIÇÃO DE SEMIOLOGIA.pptx
- AULA 07-  DEFINIÇÃO DE SEMIOLOGIA.pptx- AULA 07-  DEFINIÇÃO DE SEMIOLOGIA.pptx
- AULA 07- DEFINIÇÃO DE SEMIOLOGIA.pptxFarmaciafic1
 
Aula 3: Aplicação
Aula 3: AplicaçãoAula 3: Aplicação
Aula 3: AplicaçãoFundepe
 
Transmissão Transgeracional do Trauma com André Monteiro PhD
Transmissão Transgeracional do Trauma com André Monteiro PhDTransmissão Transgeracional do Trauma com André Monteiro PhD
Transmissão Transgeracional do Trauma com André Monteiro PhDEspaço da Mente
 
Conhecimento sobre DST/AIDS adolecentes Embu
Conhecimento sobre DST/AIDS adolecentes EmbuConhecimento sobre DST/AIDS adolecentes Embu
Conhecimento sobre DST/AIDS adolecentes EmbuGecopros
 
Exame físico geral 1
Exame físico geral 1Exame físico geral 1
Exame físico geral 1pauloalambert
 
introduosemiologia-150419091908-conversion-gate02 (1) (1).pptx
introduosemiologia-150419091908-conversion-gate02 (1) (1).pptxintroduosemiologia-150419091908-conversion-gate02 (1) (1).pptx
introduosemiologia-150419091908-conversion-gate02 (1) (1).pptxBruceCosta4
 
Aulas de Sondas tecnicas, tipos de songa.pptx
Aulas de Sondas tecnicas, tipos de songa.pptxAulas de Sondas tecnicas, tipos de songa.pptx
Aulas de Sondas tecnicas, tipos de songa.pptxJordevBarbosa
 
Cópia de Healthcare Center Website - by Slidesgo.pptx
Cópia de Healthcare Center Website - by Slidesgo.pptxCópia de Healthcare Center Website - by Slidesgo.pptx
Cópia de Healthcare Center Website - by Slidesgo.pptxMedUema19
 
Aula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroAula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroCidalia Aguiar
 
Aula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroAula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroCidalia Aguiar
 

Semelhante a 04 a- exame genital masculino (20)

Semiologia: Anamnese em Pediatria
Semiologia: Anamnese em PediatriaSemiologia: Anamnese em Pediatria
Semiologia: Anamnese em Pediatria
 
Violencia na infância - Abuso sexual
Violencia na infância - Abuso sexual Violencia na infância - Abuso sexual
Violencia na infância - Abuso sexual
 
Exame físico geral 1
Exame físico geral 1Exame físico geral 1
Exame físico geral 1
 
Exame Físico Geral 2016
Exame Físico Geral 2016Exame Físico Geral 2016
Exame Físico Geral 2016
 
- AULA 07- DEFINIÇÃO DE SEMIOLOGIA.pptx
- AULA 07-  DEFINIÇÃO DE SEMIOLOGIA.pptx- AULA 07-  DEFINIÇÃO DE SEMIOLOGIA.pptx
- AULA 07- DEFINIÇÃO DE SEMIOLOGIA.pptx
 
Seminario 1
Seminario 1Seminario 1
Seminario 1
 
Aula 3: Aplicação
Aula 3: AplicaçãoAula 3: Aplicação
Aula 3: Aplicação
 
Transmissão Transgeracional do Trauma com André Monteiro PhD
Transmissão Transgeracional do Trauma com André Monteiro PhDTransmissão Transgeracional do Trauma com André Monteiro PhD
Transmissão Transgeracional do Trauma com André Monteiro PhD
 
Conhecimento sobre DST/AIDS adolecentes Embu
Conhecimento sobre DST/AIDS adolecentes EmbuConhecimento sobre DST/AIDS adolecentes Embu
Conhecimento sobre DST/AIDS adolecentes Embu
 
Semiologia pediatrica
Semiologia pediatricaSemiologia pediatrica
Semiologia pediatrica
 
Exame físico geral 1
Exame físico geral 1Exame físico geral 1
Exame físico geral 1
 
introduosemiologia-150419091908-conversion-gate02 (1) (1).pptx
introduosemiologia-150419091908-conversion-gate02 (1) (1).pptxintroduosemiologia-150419091908-conversion-gate02 (1) (1).pptx
introduosemiologia-150419091908-conversion-gate02 (1) (1).pptx
 
Puericultura
PuericulturaPuericultura
Puericultura
 
Aulas de Sondas tecnicas, tipos de songa.pptx
Aulas de Sondas tecnicas, tipos de songa.pptxAulas de Sondas tecnicas, tipos de songa.pptx
Aulas de Sondas tecnicas, tipos de songa.pptx
 
Adi brasil
Adi brasilAdi brasil
Adi brasil
 
Enfermagem
EnfermagemEnfermagem
Enfermagem
 
Cópia de Healthcare Center Website - by Slidesgo.pptx
Cópia de Healthcare Center Website - by Slidesgo.pptxCópia de Healthcare Center Website - by Slidesgo.pptx
Cópia de Healthcare Center Website - by Slidesgo.pptx
 
Semiologia
SemiologiaSemiologia
Semiologia
 
Aula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroAula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica Cancro
 
Aula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica CancroAula TeóRico Pratica Cancro
Aula TeóRico Pratica Cancro
 

Mais de itsufpr

Ulceras genitais dst 2010
Ulceras genitais dst 2010Ulceras genitais dst 2010
Ulceras genitais dst 2010itsufpr
 
Risco+biologico+hc[1]
Risco+biologico+hc[1]Risco+biologico+hc[1]
Risco+biologico+hc[1]itsufpr
 
Entendendo o exame de papanicolaou2
Entendendo o exame de papanicolaou2Entendendo o exame de papanicolaou2
Entendendo o exame de papanicolaou2itsufpr
 
13 exame proctológico e dst em proctologia
13  exame proctológico e dst em proctologia13  exame proctológico e dst em proctologia
13 exame proctológico e dst em proctologiaitsufpr
 
Hepatites foz
Hepatites fozHepatites foz
Hepatites fozitsufpr
 
Dst fpp pdf
Dst  fpp pdfDst  fpp pdf
Dst fpp pdfitsufpr
 
(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010
(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010
(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010itsufpr
 
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorial
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorialSífilis diagnóstico clínico e laboratorial
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorialitsufpr
 
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterinoLesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterinoitsufpr
 
Hpv disciplina 2010 2.sem
Hpv disciplina 2010 2.semHpv disciplina 2010 2.sem
Hpv disciplina 2010 2.semitsufpr
 
Herpes its 2011atualizado
Herpes its 2011atualizadoHerpes its 2011atualizado
Herpes its 2011atualizadoitsufpr
 
04 b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
04  b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite04  b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
04 b- uretrites, discussão de caso clínico de uretriteitsufpr
 
Exame genital 2010 dermato
Exame genital 2010  dermatoExame genital 2010  dermato
Exame genital 2010 dermatoitsufpr
 
Coleta e interpretação de amostras
Coleta e interpretação de amostrasColeta e interpretação de amostras
Coleta e interpretação de amostrasitsufpr
 
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpgComo abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpgitsufpr
 

Mais de itsufpr (15)

Ulceras genitais dst 2010
Ulceras genitais dst 2010Ulceras genitais dst 2010
Ulceras genitais dst 2010
 
Risco+biologico+hc[1]
Risco+biologico+hc[1]Risco+biologico+hc[1]
Risco+biologico+hc[1]
 
Entendendo o exame de papanicolaou2
Entendendo o exame de papanicolaou2Entendendo o exame de papanicolaou2
Entendendo o exame de papanicolaou2
 
13 exame proctológico e dst em proctologia
13  exame proctológico e dst em proctologia13  exame proctológico e dst em proctologia
13 exame proctológico e dst em proctologia
 
Hepatites foz
Hepatites fozHepatites foz
Hepatites foz
 
Dst fpp pdf
Dst  fpp pdfDst  fpp pdf
Dst fpp pdf
 
(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010
(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010
(2) manejo de gestantes hiv pos. e sífilis = 2010
 
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorial
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorialSífilis diagnóstico clínico e laboratorial
Sífilis diagnóstico clínico e laboratorial
 
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterinoLesões precursoras do câncer do colo uterino
Lesões precursoras do câncer do colo uterino
 
Hpv disciplina 2010 2.sem
Hpv disciplina 2010 2.semHpv disciplina 2010 2.sem
Hpv disciplina 2010 2.sem
 
Herpes its 2011atualizado
Herpes its 2011atualizadoHerpes its 2011atualizado
Herpes its 2011atualizado
 
04 b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
04  b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite04  b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
04 b- uretrites, discussão de caso clínico de uretrite
 
Exame genital 2010 dermato
Exame genital 2010  dermatoExame genital 2010  dermato
Exame genital 2010 dermato
 
Coleta e interpretação de amostras
Coleta e interpretação de amostrasColeta e interpretação de amostras
Coleta e interpretação de amostras
 
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpgComo abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
Como abordar o pré e pós teste its sem figuras.jpg
 

Último

Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 

Último (8)

Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 

04 a- exame genital masculino

  • 1.
  • 2.
  • 3. DEMONSTRAR COMPREENSÃO E INFORMAÇÃO PARA ANGARIAR A CONFIANÇA DO PACIENTE CLINICO GERAL ? MÉDICO DA FAMÍLIA ? ESPECIALISTA ? Posto do SUS ? PRIVACIDADE / CONFIANÇA ANONIMATO Menores (papel dos Pais)
  • 4.
  • 5. COMO OBTER UMA BOA ANAMNESE 1- estabelecer uma relação médico/paciente satisfatória, mostrando-se interessado pelo problema do paciente e angariando a sua confiança
  • 6. 2- deixar o paciente falar sobre suas queixas com as suas próprias palavras
  • 7. 3- esclarecer certos incômodos indefinidos (por exemplo: “dor no estômago” pode significar uma sensação de queimação epigástrica para um paciente e uma dor intensa e profunda na região suprapúbica para outro.
  • 8. 4- Conseguir os detalhes necessários sobre cada sintoma ( nunca se apresse nem superficialize a anamnese)
  • 9. 5 - usar discrição e tato ao obter informações sobre os órgãos genitais e a função sexual - perguntas diretas e objetivas são melhor respondidas não faça julgamento moral ou critico nem perguntas embaraçosas sobre atitudes ou comportamentos não convencionais - demonstre conhecimento técnico e compreensão
  • 10. 6 - não limite sua história ao Aparelho Gênito-Urinário é arriscado confiar cegamente no diagnóstico de encaminhamento, devendo-se eliminar uma eventual causa não relacionada a DST para os sintomas do paciente
  • 11. 7 - Quando o paciente apresentar um sintoma bem definido, pode-se esquematizar mentalmente as causas comuns desse sintoma e orientar de maneira lógica e fácil a seqüência de perguntas para elucidação diagnostica
  • 12. IDENTIFICAÇÃO NOME / ENDEREÇO / TELEFONE DATA DE NASCIMENTO SEXO / RAÇA / RELIGIÃO ESTADO CIVIL
  • 13. QUEIXA PRINCIPAL (Qual é o principal sintoma ?) Quando começou ? Qual a localização ? Descrição pormenorizada dos sintomas
  • 14. Qual a periodicidade ? Existe associação com o último relacionamento sexual ? Quanto tempo após ?
  • 15. Teve sintomas semelhantes no passado ? Episódios anteriores de DST ? Quais tratamentos ? A parceira tem DST ? Quais tratamentos ?
  • 16. COMPORTAMENTO SEXUAL HÉTEROSSEXUAL / HOMOSSEXUAL / BISSEXUAL Particularidades : sexo oral ? Sexo anal ? (implicação nos locais de coleta de material para exames laboratoriais) Comportamento de risco ? Mais de uma parceira ?
  • 17. ALERGIA MEDICAMENTOSA Penicilina (Ampicilina/Amoxicilina) IMPLICAÇÃO TERAPÊUTICA USO RECENTE DE ANTIBIÓTICOS INTERFERÊNCIA NO RESULTADO DE EXAMES BACTERIOLÓGICOS
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 23.  
  • 27. Obrigado pela atenção
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.  
  • 38.
  • 39.