Universidade de Pernambuco – UPE
Curso de Licenciatura em Matemática
Andriele
Elayne
Emyle
Jarcielle
Larisse
Madelon
Marcel
O QUE É DIDÁTICA?
“A didática é muito mais que a simples técnica de ensinar,
é também a técnica de aprender a ensinar o qu...
O QUE É SER PROFESSOR?
“Sou um ser que tenho nas mãos o poder de
mudar uma sociedade. Sou um formador de
opinião e, juntam...
O PAPEL DA DIDÁTICA NA FORMAÇÃO DO
PROFESSOR
 Ajudar a organizar o pensamento do educador
 Achar o melhor caminho para m...
A TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA E A TRANSFORMAÇÃO
DOS SABERES
O texto a seguir foi retirado da BCC-PE (Base Curricular Comum)
A id...
Nesse processo de transposição, a temporalidade, associada à aparição
dos objetos de conhecimento no cenário didático, tam...
CONCLUINDO...
“A ação do educador não pode ser vista como deste
modo, e sim de forma ideologicamente definida. A
prática e...
Ambos os lados (educador e aluno) devem atuar
juntos, não existindo assim superioridade, ou
qualquer tipo de intimidação. ...
O papel da didática na formação de professores
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O papel da didática na formação de professores

60.146 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
11 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
60.146
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
130
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
941
Comentários
0
Gostaram
11
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O papel da didática na formação de professores

  1. 1. Universidade de Pernambuco – UPE Curso de Licenciatura em Matemática Andriele Elayne Emyle Jarcielle Larisse Madelon Marcel
  2. 2. O QUE É DIDÁTICA? “A didática é muito mais que a simples técnica de ensinar, é também a técnica de aprender a ensinar o que, historicamente, foi produzido ao longo do processo civilizatório engendrado pelos humanos”. Baseado nos pensamentos apresentados por Cipriano Luckesi.
  3. 3. O QUE É SER PROFESSOR? “Sou um ser que tenho nas mãos o poder de mudar uma sociedade. Sou um formador de opinião e, juntamente com meus alunos, iremos deixar nossa marca neste mundo. Iremos fazer a diferença, somos seres únicos”. Professor Ricardo Nóbrega Lopes
  4. 4. O PAPEL DA DIDÁTICA NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR  Ajudar a organizar o pensamento do educador  Achar o melhor caminho para mostrar o conteúdo  Ajuda a escolher o melhor método de ensino
  5. 5. A TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA E A TRANSFORMAÇÃO DOS SABERES O texto a seguir foi retirado da BCC-PE (Base Curricular Comum) A ideia de Transposição Didática frequentemente é dividida em dois grandes momentos, a transposição didática externa e a transposição didática interna. A primeira toma como referência as transformações, inclusões e exclusões sofridas pelos objetos de conhecimento desde o momento de sua produção, até o momento em que eles chegam à porta das escolas. O produto dessa transposição didática externa se materializa, em sua maior parte, pelos livros didáticos e pelas orientações curriculares, como o presente documento. Por outro lado, a transposição didática interna se apresenta, por sua própria natureza, no interior da escola, e, mais particularmente, em cada uma de nossas salas de aula. É o momento em que cada professor vai transformar os conhecimentos que lhes foram designados para serem ensinados em objetos de conhecimento efetivamente ensinados. As escolhas efetuadas pelo professor é que determinam, de certa maneira, a qualidade das aprendizagens realizadas pelos alunos.
  6. 6. Nesse processo de transposição, a temporalidade, associada à aparição dos objetos de conhecimento no cenário didático, também surge como elemento importante nas aprendizagens realizadas pelos alunos. A transposição didática deve entrar em ação diretamente articulado com o tempo de ensino, o tempo de aprendizagem. Atualmente, diversos estudos têm mostrado que esse tempo de aprendizagem é próprio de cada aluno, se caracterizando essencialmente pela não-linearidade.
  7. 7. CONCLUINDO... “A ação do educador não pode ser vista como deste modo, e sim de forma ideologicamente definida. A prática educacional é burocrática, e sim comprometida e fortemente ideológica, onde a mesma não pode ser exercida sem paixão, ou seja, não havendo identificação e vontade naquilo que faz...
  8. 8. Ambos os lados (educador e aluno) devem atuar juntos, não existindo assim superioridade, ou qualquer tipo de intimidação. O papel do educador nada mais é que auxiliar o aluno em um posicionamento crítico ao mundo e àqueles que lhe cercam”. Disponível em: http://educarparatransgredir.blogspot.com.br/2012/04/o-papel- da-didatica-na-formacao-do.html

×