SlideShare uma empresa Scribd logo

Como estimular o seu bebê

Neste e-book você vai aprender a estimular o seu bebê de forma simples, sem culpas ou exageros.

1 de 18
Baixar para ler offline
Como estimular o seu bebê
Olá!


Como Fisioterapeuta, mãe, tia e amiga, sei da importância dos
primeiros anos de vida para o desenvolvimento das crianças.
Pensando nisso, elaborei este livro com dicas e orientações
aos pais e cuidadores de bebês.


O meu objetivo é ajudar você a estimular seu bebê de forma
natural, sem exageros ou estresses. E também alertar para
alguns sinais que possam exigir uma avaliação profissional.


Aproveite! Se tiver dúvidas ou comentários, não deixe de
entrar em contato comigo!


KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS
CREFITO-3 / 36963-F
Características do desenvolvimento neuropsicomotor de 0 a 3 anos.
Importância dos vínculos afetivos e da estimulação adequada.
Consequências na vida futura.
Medo e insegurança limitando o desenvolvimento do bebê.
Seguir o processo natural de desenvolvimento, sem acelerar ou pular etapas.
Medidas de segurança para evitar acidentes com crianças.
Estimulando no dia-a-dia com recursos e brincadeiras simples .
Principais alterações de desenvolvimento: fatores de risco e sinais de alerta.
O que fazer em caso de atrasos no desenvolvimento infantil.
Aproveitar essa fase única e tirar proveito dos bons momentos com o seu bebê.
Investir na formação da criança desde a primeira infância.
CAPÍTULO 1: A IMPORTÂNCIA DOS TRÊS PRIMEIROS ANOS DE VIDA DA CRIANÇA
CAPÍTULO 2:  NA MEDIDA CERTA: NEM SUPERPROTEÇÃO NEM HIPERESTIMULAÇÃO
CAPÍTULO 3 : COMO ESTIMULAR O SEU BEBÊ COM SEGURANÇA E CRIATIVIDADE
  
CAPÍTULO 4: PROBLEMAS DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL
   
CAPÍTULO 5: ESTIMULAR O SEU BEBÊ É FÁCIL E DIVERTIDO
SUMÁRIO
COMO ESTIMULAR O SEU BEBÊ
“Se mudarmos o começo da história,
mudamos a história toda.”


Raffi Cavoukian, Centre for Child Honouring.
Como estimular o seu bebê
CAPÍTULO 1: A IMPORTÂNCIA DOS TRÊS PRIMEIROS ANOS DE VIDA DA CRIANÇA
Se você é mãe ou pai de um bebê, provavelmente já ouviu falar sobre
desenvolvimento infantil, estimulação precoce ou vínculo afetivo. Esses
termos técnicos podem assustar, mas você vai ver como eles estão
presentes no seu dia-a-dia, naturalmente.  
Com certeza você já percebeu como as crianças se desenvolvem
rapidamente nos seus primeiros anos de vida.  É um período marcado por
muitas transformações físicas e psicológicas. Elas não só crescem em
tamanho, como também adquirem muitas habilidades de linguagem e
comportamento. O período entre os zero e seis anos é chamado de
Primeira Infância. Para caracterizar o período de zero a três anos, foi
cunhado o termo Primeiríssima Infância. E é disso que vamos falar aqui.
No primeiro ano de vida, a criança aprende a rolar, sentar, engatinhar e
andar. Ela se comunica com os outros emitindo sons, sorrindo, chorando,
apontando com o dedo, batendo palmas ou dando tchau. A partir daí, vai
se aprimorando e começa a correr, escalar, pular e agachar.Passa a falar
palavras, formar frases e conversar. Mas isso tudo só acontece mediante
o convívio social. O bebê humano não consegue se desenvolver
plenamente se não estiver ligado a outras pessoas. Daí a importância do
vínculo emocional com os adultos. Mas não se trata apenas da presença
da mãe ou pai.
KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS
CREFITO-3 / 36963-F
A comunidade é tão importante quanto a família para o desenvolvimento
infantil.  E na comunidade podemos incluir a sociedade, o Estado e as
empresas. É essencial que todas estas entidades estejam comprometidas
com a Primeiríssima Infância, criando uma rede de apoio e proteção à
criança. Exigir o cumprimento dessas ações sociais também faz parte do
nosso papel de pais e mães. Um provérbio africano já dizia que “É preciso
toda uma aldeia para educar uma criança.”
Investir nos primeiros anos de vida significa investir no futuro de um país.
O economista James Heckman, ganhador do Prêmio Nobel em 2000,
comprovou essa máxima com um gráfico conhecido como “Equação de
Hackeman”. Com os seus estudos, ele demonstrou que, quanto mais cedo se
intervém na vida de uma criança, maiores as chances de sucesso na vida
adulta e maior o retorno financeiro para a sociedade. Ou seja, ele
comprovou que os investimentos em prevenção saem mais barato do que
tentar corrigir problemas instalados. E que promover o bem-estar na
Primeiríssima Infância garante benefícios a longo prazo. É claro que esses
investimentos devem se manter durante toda a infância, adolescência e
vida adulta. Mas quanto antes começarem, melhor.
Então, vamos lá! Nos próximos capítulos veremos o que mais podemos
fazer pelos nossos pequenos!
KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS
CREFITO-3 / 36963-F

Recomendados

Estimulação precoce -
Estimulação precoce -Estimulação precoce -
Estimulação precoce -Rafael Islanne
 
Coleção primeira infância folheto 11 o ritmo da criança
Coleção primeira infância   folheto 11 o ritmo da criançaColeção primeira infância   folheto 11 o ritmo da criança
Coleção primeira infância folheto 11 o ritmo da criançaAline Melo de Aguiar
 
estimulação cognitiva
 estimulação cognitiva estimulação cognitiva
estimulação cognitivacristinaaziani
 
sono-bebe-e-artigo-veja-parto-sem-dor
sono-bebe-e-artigo-veja-parto-sem-dorsono-bebe-e-artigo-veja-parto-sem-dor
sono-bebe-e-artigo-veja-parto-sem-dorLeh Miranda
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

526e366bb400b186256077b2bed1d7f7
526e366bb400b186256077b2bed1d7f7526e366bb400b186256077b2bed1d7f7
526e366bb400b186256077b2bed1d7f7SimoneHelenDrumond
 
Adaptação escolar por simone helen drumond
Adaptação escolar por simone helen drumondAdaptação escolar por simone helen drumond
Adaptação escolar por simone helen drumondSimoneHelenDrumond
 
5 passos pra uma adaptação segura
5 passos pra uma adaptação segura5 passos pra uma adaptação segura
5 passos pra uma adaptação seguraLetrare
 
Apresentação sobre jardim de infancia
Apresentação sobre jardim de infancia Apresentação sobre jardim de infancia
Apresentação sobre jardim de infancia ruben faria
 
Adaptação na educação infantil
Adaptação na educação infantilAdaptação na educação infantil
Adaptação na educação infantilSamanta Fagundes
 
Adaptação escolar
Adaptação escolarAdaptação escolar
Adaptação escolarOriana Melo
 
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaDa creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaMatilde Paião
 
Educação de filhos
Educação de filhosEducação de filhos
Educação de filhosCras Macatuba
 
Crescimento e desenvolvimento da criança
Crescimento e desenvolvimento da criançaCrescimento e desenvolvimento da criança
Crescimento e desenvolvimento da criançaMardonessilva
 
O desenvolvimento sócio afetivo da criança
O desenvolvimento sócio afetivo da criançaO desenvolvimento sócio afetivo da criança
O desenvolvimento sócio afetivo da criançaDiana Sousa
 
Amamentação do ponto de vista da educação e da psicologia
Amamentação do ponto de vista da educação e da psicologiaAmamentação do ponto de vista da educação e da psicologia
Amamentação do ponto de vista da educação e da psicologiaProama Projeto Amamentar
 
40 maneiras de estimular o desenvolvimento do seu filho
40 maneiras de estimular o desenvolvimento do seu filho40 maneiras de estimular o desenvolvimento do seu filho
40 maneiras de estimular o desenvolvimento do seu filhoLeandro Rodrigues
 
Intervenção precoce na infância
Intervenção precoce na infânciaIntervenção precoce na infância
Intervenção precoce na infânciaBertilia Madeira
 

Mais procurados (20)

526e366bb400b186256077b2bed1d7f7
526e366bb400b186256077b2bed1d7f7526e366bb400b186256077b2bed1d7f7
526e366bb400b186256077b2bed1d7f7
 
9 c 7
9 c 79 c 7
9 c 7
 
Adaptação escolar por simone helen drumond
Adaptação escolar por simone helen drumondAdaptação escolar por simone helen drumond
Adaptação escolar por simone helen drumond
 
5 passos pra uma adaptação segura
5 passos pra uma adaptação segura5 passos pra uma adaptação segura
5 passos pra uma adaptação segura
 
Apresentação sobre jardim de infancia
Apresentação sobre jardim de infancia Apresentação sobre jardim de infancia
Apresentação sobre jardim de infancia
 
Img033
Img033Img033
Img033
 
Adaptação na educação infantil
Adaptação na educação infantilAdaptação na educação infantil
Adaptação na educação infantil
 
Adaptação escolar
Adaptação escolarAdaptação escolar
Adaptação escolar
 
Amar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reuniãoAmar é acolher 1ª reunião
Amar é acolher 1ª reunião
 
Folheto
FolhetoFolheto
Folheto
 
Adaptação escolar
Adaptação escolarAdaptação escolar
Adaptação escolar
 
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escolaDa creche, ao jardim de infancia, á escola
Da creche, ao jardim de infancia, á escola
 
Educação de filhos
Educação de filhosEducação de filhos
Educação de filhos
 
Crescimento e desenvolvimento da criança
Crescimento e desenvolvimento da criançaCrescimento e desenvolvimento da criança
Crescimento e desenvolvimento da criança
 
Cartaz adaptação escolar
Cartaz adaptação escolarCartaz adaptação escolar
Cartaz adaptação escolar
 
O desenvolvimento sócio afetivo da criança
O desenvolvimento sócio afetivo da criançaO desenvolvimento sócio afetivo da criança
O desenvolvimento sócio afetivo da criança
 
Amamentação do ponto de vista da educação e da psicologia
Amamentação do ponto de vista da educação e da psicologiaAmamentação do ponto de vista da educação e da psicologia
Amamentação do ponto de vista da educação e da psicologia
 
40 maneiras de estimular o desenvolvimento do seu filho
40 maneiras de estimular o desenvolvimento do seu filho40 maneiras de estimular o desenvolvimento do seu filho
40 maneiras de estimular o desenvolvimento do seu filho
 
Afeto e aleitamento
Afeto e aleitamentoAfeto e aleitamento
Afeto e aleitamento
 
Intervenção precoce na infância
Intervenção precoce na infânciaIntervenção precoce na infância
Intervenção precoce na infância
 

Semelhante a Como estimular o seu bebê

E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)Adri Reis
 
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarA ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarAna Teresa
 
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarA ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarCatiaDuarte_1
 
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarA ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarmargarida_branco
 
Características comunicativas e linguísticas
Características comunicativas e linguísticasCaracterísticas comunicativas e linguísticas
Características comunicativas e linguísticasDiana Sousa
 
25-10-2017-jogosebrinacdeirasnaeducacaoinfantilenociclodealfabetizacao-renata...
25-10-2017-jogosebrinacdeirasnaeducacaoinfantilenociclodealfabetizacao-renata...25-10-2017-jogosebrinacdeirasnaeducacaoinfantilenociclodealfabetizacao-renata...
25-10-2017-jogosebrinacdeirasnaeducacaoinfantilenociclodealfabetizacao-renata...MariaDaLuzGomesdeMed
 
Sem tempo para ser criança a infância estressada
Sem tempo para ser criança   a infância estressadaSem tempo para ser criança   a infância estressada
Sem tempo para ser criança a infância estressadaSimoneHelenDrumond
 
PSICOMOTRICIDADE NA UTI NEONATAL: RELATO DE UMA PRÁTICA EM UMA MATERNIDADE PÚ...
PSICOMOTRICIDADE NA UTI NEONATAL: RELATO DE UMA PRÁTICA EM UMA MATERNIDADE PÚ...PSICOMOTRICIDADE NA UTI NEONATAL: RELATO DE UMA PRÁTICA EM UMA MATERNIDADE PÚ...
PSICOMOTRICIDADE NA UTI NEONATAL: RELATO DE UMA PRÁTICA EM UMA MATERNIDADE PÚ...Raphaela Marques
 
Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Kátia Rumbelsperger
 
Cartilha Promoção da Saúde na Infância e Adolescência!
Cartilha Promoção da Saúde na Infância e Adolescência! Cartilha Promoção da Saúde na Infância e Adolescência!
Cartilha Promoção da Saúde na Infância e Adolescência! Hericka Zogbi J. Dias
 
Geração Raízes - Infantil A
Geração Raízes - Infantil AGeração Raízes - Infantil A
Geração Raízes - Infantil Aneilastorti
 
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamentalPrimeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamentalPatriciaOliver29
 
Seminário Internacional - Palestra de Álvaro Madeiro Leite
Seminário Internacional - Palestra de Álvaro Madeiro LeiteSeminário Internacional - Palestra de Álvaro Madeiro Leite
Seminário Internacional - Palestra de Álvaro Madeiro LeiteGoverno do Estado do Ceará
 
Seminário Internacional Mais Infância Ceará - 30/03/2017
Seminário Internacional Mais Infância Ceará - 30/03/2017Seminário Internacional Mais Infância Ceará - 30/03/2017
Seminário Internacional Mais Infância Ceará - 30/03/2017Governo do Estado do Ceará
 
Jogo dos 7 erros
Jogo dos 7 errosJogo dos 7 erros
Jogo dos 7 errosCarina
 

Semelhante a Como estimular o seu bebê (20)

E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)E book - autismo 20171229 (1)
E book - autismo 20171229 (1)
 
Ong pro mundo
Ong pro mundoOng pro mundo
Ong pro mundo
 
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarA ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
 
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarA ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
 
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincarA ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
A ludoterapia e_a_importancia_do_brincar
 
Características comunicativas e linguísticas
Características comunicativas e linguísticasCaracterísticas comunicativas e linguísticas
Características comunicativas e linguísticas
 
25-10-2017-jogosebrinacdeirasnaeducacaoinfantilenociclodealfabetizacao-renata...
25-10-2017-jogosebrinacdeirasnaeducacaoinfantilenociclodealfabetizacao-renata...25-10-2017-jogosebrinacdeirasnaeducacaoinfantilenociclodealfabetizacao-renata...
25-10-2017-jogosebrinacdeirasnaeducacaoinfantilenociclodealfabetizacao-renata...
 
Sem tempo para ser criança a infância estressada
Sem tempo para ser criança   a infância estressadaSem tempo para ser criança   a infância estressada
Sem tempo para ser criança a infância estressada
 
PSICOMOTRICIDADE NA UTI NEONATAL: RELATO DE UMA PRÁTICA EM UMA MATERNIDADE PÚ...
PSICOMOTRICIDADE NA UTI NEONATAL: RELATO DE UMA PRÁTICA EM UMA MATERNIDADE PÚ...PSICOMOTRICIDADE NA UTI NEONATAL: RELATO DE UMA PRÁTICA EM UMA MATERNIDADE PÚ...
PSICOMOTRICIDADE NA UTI NEONATAL: RELATO DE UMA PRÁTICA EM UMA MATERNIDADE PÚ...
 
Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1
 
Relacionamento Entre Pais E Filhos
Relacionamento Entre Pais E FilhosRelacionamento Entre Pais E Filhos
Relacionamento Entre Pais E Filhos
 
Desenvolvimento humano
Desenvolvimento humanoDesenvolvimento humano
Desenvolvimento humano
 
Cartilha Promoção da Saúde na Infância e Adolescência!
Cartilha Promoção da Saúde na Infância e Adolescência! Cartilha Promoção da Saúde na Infância e Adolescência!
Cartilha Promoção da Saúde na Infância e Adolescência!
 
Geração Raízes - Infantil A
Geração Raízes - Infantil AGeração Raízes - Infantil A
Geração Raízes - Infantil A
 
Educação infantil
Educação infantilEducação infantil
Educação infantil
 
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamentalPrimeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
 
Ser criança na atualidade
Ser criança na atualidadeSer criança na atualidade
Ser criança na atualidade
 
Seminário Internacional - Palestra de Álvaro Madeiro Leite
Seminário Internacional - Palestra de Álvaro Madeiro LeiteSeminário Internacional - Palestra de Álvaro Madeiro Leite
Seminário Internacional - Palestra de Álvaro Madeiro Leite
 
Seminário Internacional Mais Infância Ceará - 30/03/2017
Seminário Internacional Mais Infância Ceará - 30/03/2017Seminário Internacional Mais Infância Ceará - 30/03/2017
Seminário Internacional Mais Infância Ceará - 30/03/2017
 
Jogo dos 7 erros
Jogo dos 7 errosJogo dos 7 erros
Jogo dos 7 erros
 

Último

Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdfAlcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdfRafaelSantos459300
 
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL GUIA COMPLETO ...
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL GUIA COMPLETO ...EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL GUIA COMPLETO ...
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL GUIA COMPLETO ...deiserabello223
 
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosEmagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosAna Clara
 
BELEZA E SUAVIDADE ROSA AMAZONICA O SEGREDO REVELADO
BELEZA E SUAVIDADE ROSA AMAZONICA O SEGREDO REVELADOBELEZA E SUAVIDADE ROSA AMAZONICA O SEGREDO REVELADO
BELEZA E SUAVIDADE ROSA AMAZONICA O SEGREDO REVELADOCecilia Borges
 
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...VictorRodriguesFonse
 
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdfCONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdffcris0021
 
Desvendando os mitos e verdades da dieta low carb
Desvendando os mitos e verdades  da dieta low carbDesvendando os mitos e verdades  da dieta low carb
Desvendando os mitos e verdades da dieta low carbgviviane619
 
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu CorpoChef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu CorpoDiogoFerrazSantana
 
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...Janaina Master
 
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdfAula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdfHerikaValenzuelaferr
 
Saude,vida e Emagrecimento saudávell.pdf
Saude,vida e Emagrecimento saudávell.pdfSaude,vida e Emagrecimento saudávell.pdf
Saude,vida e Emagrecimento saudávell.pdfDiegoCesar41
 
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de PesoComo o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Pesopeixotoartes95
 
Revista Bonifica ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 ou Cadastre-se através do...
Revista Bonifica  ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 ou Cadastre-se através do...Revista Bonifica  ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 ou Cadastre-se através do...
Revista Bonifica ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 ou Cadastre-se através do...Lusani Dias
 
Profissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta.pdf
Profissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta.pdfProfissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta.pdf
Profissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta.pdfendres.bazz bazz
 
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugas
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugasMitos e Verdades Revelados sobre as rugas
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugaslucasoliveiraa2247
 
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Irapoan Dantas
 
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da PeleDesvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pelerljss12
 

Último (17)

Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdfAlcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
Alcançando o Sucesso no Emagrecimento A Importância de Metas Realistas.pdf
 
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL GUIA COMPLETO ...
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL GUIA COMPLETO ...EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL GUIA COMPLETO ...
EMAGRECIMENTO SAUDÁVEL GUIA COMPLETO ...
 
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultadosEmagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
Emagrecimento saudável com suplementação. Pontecialize seus resultados
 
BELEZA E SUAVIDADE ROSA AMAZONICA O SEGREDO REVELADO
BELEZA E SUAVIDADE ROSA AMAZONICA O SEGREDO REVELADOBELEZA E SUAVIDADE ROSA AMAZONICA O SEGREDO REVELADO
BELEZA E SUAVIDADE ROSA AMAZONICA O SEGREDO REVELADO
 
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
“Procrastinação: O Obstáculo Silencioso no Caminho do Seu Sucesso - Descubra ...
 
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdfCONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
CONHEÇA O SEGREDO DA FÓRMULA DO LIFT DETOX BLACK.pdf
 
Desvendando os mitos e verdades da dieta low carb
Desvendando os mitos e verdades  da dieta low carbDesvendando os mitos e verdades  da dieta low carb
Desvendando os mitos e verdades da dieta low carb
 
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu CorpoChef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
Chef do Emagrecimento: Receitas Simples que Moldam seu Corpo
 
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
Emagrecimento Saudável: Transformando sua Vida através da Alimentação Equilib...
 
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdfAula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
Aula 8 - LIMPEZA, DESINFECÇÃO E ESTERILIZAÇÃO OK.pdf
 
Saude,vida e Emagrecimento saudávell.pdf
Saude,vida e Emagrecimento saudávell.pdfSaude,vida e Emagrecimento saudávell.pdf
Saude,vida e Emagrecimento saudávell.pdf
 
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de PesoComo o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
Como o Gerenciamento do Estresse Pode Acelerar sua Jornada de Perda de Peso
 
Revista Bonifica ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 ou Cadastre-se através do...
Revista Bonifica  ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 ou Cadastre-se através do...Revista Bonifica  ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 ou Cadastre-se através do...
Revista Bonifica ENCOMENDAS WhatsApp 44 99957 9694 ou Cadastre-se através do...
 
Profissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta.pdf
Profissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta.pdfProfissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta.pdf
Profissionais indicam 9 formas de perder peso rápido sem dieta.pdf
 
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugas
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugasMitos e Verdades Revelados sobre as rugas
Mitos e Verdades Revelados sobre as rugas
 
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
Emagrecimento com Sabor: Descomplicando sua jornada!
 
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da PeleDesvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
Desvendando os Mistérios das Rugas. Uma jornada para revelar a beleza da Pele
 

Como estimular o seu bebê

  • 2. Olá! Como Fisioterapeuta, mãe, tia e amiga, sei da importância dos primeiros anos de vida para o desenvolvimento das crianças. Pensando nisso, elaborei este livro com dicas e orientações aos pais e cuidadores de bebês. O meu objetivo é ajudar você a estimular seu bebê de forma natural, sem exageros ou estresses. E também alertar para alguns sinais que possam exigir uma avaliação profissional. Aproveite! Se tiver dúvidas ou comentários, não deixe de entrar em contato comigo! KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 3. Características do desenvolvimento neuropsicomotor de 0 a 3 anos. Importância dos vínculos afetivos e da estimulação adequada. Consequências na vida futura. Medo e insegurança limitando o desenvolvimento do bebê. Seguir o processo natural de desenvolvimento, sem acelerar ou pular etapas. Medidas de segurança para evitar acidentes com crianças. Estimulando no dia-a-dia com recursos e brincadeiras simples . Principais alterações de desenvolvimento: fatores de risco e sinais de alerta. O que fazer em caso de atrasos no desenvolvimento infantil. Aproveitar essa fase única e tirar proveito dos bons momentos com o seu bebê. Investir na formação da criança desde a primeira infância. CAPÍTULO 1: A IMPORTÂNCIA DOS TRÊS PRIMEIROS ANOS DE VIDA DA CRIANÇA CAPÍTULO 2:  NA MEDIDA CERTA: NEM SUPERPROTEÇÃO NEM HIPERESTIMULAÇÃO CAPÍTULO 3 : COMO ESTIMULAR O SEU BEBÊ COM SEGURANÇA E CRIATIVIDADE    CAPÍTULO 4: PROBLEMAS DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL     CAPÍTULO 5: ESTIMULAR O SEU BEBÊ É FÁCIL E DIVERTIDO SUMÁRIO COMO ESTIMULAR O SEU BEBÊ “Se mudarmos o começo da história, mudamos a história toda.” Raffi Cavoukian, Centre for Child Honouring.
  • 5. CAPÍTULO 1: A IMPORTÂNCIA DOS TRÊS PRIMEIROS ANOS DE VIDA DA CRIANÇA Se você é mãe ou pai de um bebê, provavelmente já ouviu falar sobre desenvolvimento infantil, estimulação precoce ou vínculo afetivo. Esses termos técnicos podem assustar, mas você vai ver como eles estão presentes no seu dia-a-dia, naturalmente.   Com certeza você já percebeu como as crianças se desenvolvem rapidamente nos seus primeiros anos de vida.  É um período marcado por muitas transformações físicas e psicológicas. Elas não só crescem em tamanho, como também adquirem muitas habilidades de linguagem e comportamento. O período entre os zero e seis anos é chamado de Primeira Infância. Para caracterizar o período de zero a três anos, foi cunhado o termo Primeiríssima Infância. E é disso que vamos falar aqui. No primeiro ano de vida, a criança aprende a rolar, sentar, engatinhar e andar. Ela se comunica com os outros emitindo sons, sorrindo, chorando, apontando com o dedo, batendo palmas ou dando tchau. A partir daí, vai se aprimorando e começa a correr, escalar, pular e agachar.Passa a falar palavras, formar frases e conversar. Mas isso tudo só acontece mediante o convívio social. O bebê humano não consegue se desenvolver plenamente se não estiver ligado a outras pessoas. Daí a importância do vínculo emocional com os adultos. Mas não se trata apenas da presença da mãe ou pai. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 6. A comunidade é tão importante quanto a família para o desenvolvimento infantil.  E na comunidade podemos incluir a sociedade, o Estado e as empresas. É essencial que todas estas entidades estejam comprometidas com a Primeiríssima Infância, criando uma rede de apoio e proteção à criança. Exigir o cumprimento dessas ações sociais também faz parte do nosso papel de pais e mães. Um provérbio africano já dizia que “É preciso toda uma aldeia para educar uma criança.” Investir nos primeiros anos de vida significa investir no futuro de um país. O economista James Heckman, ganhador do Prêmio Nobel em 2000, comprovou essa máxima com um gráfico conhecido como “Equação de Hackeman”. Com os seus estudos, ele demonstrou que, quanto mais cedo se intervém na vida de uma criança, maiores as chances de sucesso na vida adulta e maior o retorno financeiro para a sociedade. Ou seja, ele comprovou que os investimentos em prevenção saem mais barato do que tentar corrigir problemas instalados. E que promover o bem-estar na Primeiríssima Infância garante benefícios a longo prazo. É claro que esses investimentos devem se manter durante toda a infância, adolescência e vida adulta. Mas quanto antes começarem, melhor. Então, vamos lá! Nos próximos capítulos veremos o que mais podemos fazer pelos nossos pequenos! KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 7. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F CAPÍTULO 2: NA MEDIDA CERTA: NEM SUPERPROTEÇÃO NEM HIPERESTIMULAÇÃO Como já falamos antes, sempre queremos ver o filho ou filha se desenvolver e alcançar suas potencialidades. Mas às vezes, na ânsia de tornar isso tudo possível, acabamos exagerando na dose. Ou então, ficamos inseguros e agimos de forma neurótica, querendo proteger o filho de tudo e privando-o de novas experiências. O desenvolvimento infantil é global e integrado. Isso quer dizer que tudo se desenrola em conjunto: a parte física e motora, os sentidos e a linguagem, o comportamento e as emoções. Todas estas áreas estão em constante ebulição nas crianças. E os ingredientes para fazer essa mistura crescer como um bolo são o afeto e os estímulos. A partir da convivência com os adultos e das experiências com o meio ao seu redor, a criança vai descobrindo o mundo. Parece difícil? Não se preocupe. A boa notícia é que não precisamos estimular nosso filhos e filhas o tempo todo. Aliás, a maioria dos especialistas diz que estímulos demais podem ser prejudiciais e alguns, mais radicais, dizem que nem precisamos estimular os bebês. Como assim, você vai pensar? E essa história toda de estimulação motora, aula de música, teatro, línguas? Tem até aula de brincar!
  • 8. A jornalista Pamela Druckerman relata em seu livro “Crianças francesas não fazem manha” como os pais americanos costumam ser obsessivos com relação a essa estimulação. Eles organizam inúmeras atividades para seus filhos e os guiam freneticamente nas brincadeiras. Assim, vão intervindo com elogios, correções, incentivos e tudo mais. Ao contrário, as mães da França, como ela relata, sentam e observam seus filhos brincarem sozinhos no parquinho. Enquanto os pais americanos estão preocupados em acelerar o desenvolvimento, os franceses esperam que ele aconteça naturalmente. Eles sabem que os bebês já demonstram suas necessidades e vontades desde cedo. É preciso saber escutá-los. Deixar-se levar pelas crianças e não controlar a situação o tempo todo. Confesso que às vezes me pego nesse ritmo desvairado também: “A brincadeira tem que ser pedagógica. Tem que ter um aprendizado, uma lição, um significado.” E na maioria das vezes, a gente tem que brincar só por brincar mesmo. Nem tudo precisa ter uma finalidade expressa e direcionada. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 9. As crianças são curiosas por natureza e vão explorar espontaneamente o ambiente que as cerca. Nosso papel é proporcionar um entorno seguro e desafiador para que eles possam aproveitar os estímulos. É o seu suporte emocional que vai fazer com que a criança descubra o mundo por si mesma. A regra é Interagir mais e Intervir menos. Conjugar mais os verbos de Apoiar e Participar, ao invés de Conduzir e Interferir. Só não podemos ir ao oposto da estimulação e agir com medo ou preguiça. Deixar a criança no carrinho o dia todo não vai ajudá-la em nada o seu desenvolvimento e tampouco vai protegê-lo de algum risco. Ficar no cercadinho assistindo TV ou no cadeirão com o tablet também não são boas ideias. Não precisa estimular o tempo todo, mas também não vale ficar no celular enquanto eles brincam. É preciso estar atento e vigilante.   Mas como fazer isso, então? Bem, você pode ajudar o bebê a descobrir novas posições, fazer movimentos diferentes, experimentar texturas, cores e sons diversos. No próximo capítulo, vamos compartilhar algumas idéias sobre como “estimular” o seu bebê.  KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 10. CAPÍTULO 3: COMO ESTIMULAR O SEU BEBÊ COM SEGURANÇA E CRIATIVIDADE Para ajudar o seu bebê a se desenvolver, não são precisos recursos tecnológicos e nem aparatos fantásticos. Basta arregaçar as mangas e dar asas à imaginação! Como se diz no DVD do Mundo Bita que a minha filha adora: “A imaginação é o melhor dos combustíveis! Com ela podemos ir longe, muito longe...” Então, vamos lá! Existem vários tipos de estímulos: sensoriais, físicos e cognitivos. Os sensoriais envolvem essencialmente os sentidos da visão, audição, tato, olfato, paladar. Os físicos englobam os movimentos e as diferentes posições que o corpo pode assumir. E os cognitivos representam a memória, atenção, concentração, linguagem e comportamento, entre outros. A criança precisa de liberdade para experimentar uma grande variedade desses estímulos. Existem livros especializados que trazem cores, texturas e sons diversos. Mas você pode improvisar em casa com tecidos, papéis de presente e embrulhos. Pode fazer chocalhos com potes usados e feijão ou pedrinhas, brinquedos de encaixe com canudinhos e cotonetes, colar folhas e grãos em bolas de papel. Os tradicionais esconde-esconde, pegador e cavalinho também são ótimas opções para a percepção e coordenação motora. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 11. E aí vão outras dicas: No primeiro ano de vida, é importante o bebê ficar no chão. Assim ele pode aprender a rolar, rastejar, engatinhar e ficar em pé. Você pode forrar o chão com um edredon ou um cobertor e deixá-lo à vontade para mexer nos brinquedos e objetos. Se preferir, pode comprar um tapetinho específico para crianças. E não tenha medo de colocar o seu bebê de barriga pra baixo para brincar. Mesmo os recém-nascidos tem o reflexo de virar a cabeça para não se sufocar. Com o tempo, eles vão aprendendo a elevar a cabeça e começam a explorar o ambiente. Assim eles vão trabalhando os músculos da coluna contra a gravidade, o que vai ajudá-los a ficar de gatinho e depois manter-se em pé para andar. A partir do primeiro ano de vida, a criança passa a gostar de objetos de encaixe e caixas de onde podem tirar e colocar as coisas. Vá ensinando a guardar também. Se for preciso, use travas para as portas de armários ou gavetas. Os bebês adoram levar as coisas à boca. É uma forma saudável de interagir com os objetos, mas necessita de supervisão. Mantenha objetos pequenos, pontiagudos e com substâncias perigosas longe do seu alcance. Quando adquirem mais habilidades motoras, os bebês começam a escalar degraus e se sentar em bancos e cadeiras. Deixe-os experimentar estes lugares, mas tenha cuidado com as quinas dos móveis, tampos de mesa, vidros. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 12. Após os dois anos, a criança já se comunica melhor e começa a entender regras simples. E até os três anos os bebês já serão capazes de correr, pular e saltar, se movimentando com facilidade. Você pode criar jogos e abusar das atividades ao ar livre. Mas desde cedo a criança pode frequentar parquinhos e praças. Basta adaptar as atividades e brinquedos à suas capacidades. É claro que, em tempos de pandemia, o acesso a muitos destes lugares está restrito. Mas uma simples caminhada na calçada pode se transformar em uma grande aventura com aprendizados e brincadeiras. Em casa, você pode usar cadeiras como obstáculos, cestos de papel para arremessos e objetos do dia-a-dia para contar histórias e tocar música. Até agora, estamos indo bem! Mas e quando surgem problemas nesse desenvolvimento esperado? Veremos no próximo capítulo. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 13. CAPÍTULO 4: PROBLEMAS DE DESENVOLVIMENTO INFANTIL Os primeiros mil dias de vida de um bebê são cruciais para o seu desenvolvimento. Esse período inclui a vida intra-uterina durante a gestação e os primeiros anos de vida. É uma fase de muitas transformações e avanços, mas também de fragilidade e vulnerabilidade. Nesta fase, podem ocorrer problemas de desenvolvimento por causas variadas. Algumas causas são condições médicas que podem ser diagnosticadas e tratadas. A criança pode nascer com defeitos genéticos como a síndrome de Down ou com distúrbios congênitos como a microcefalia e o autismo. A paralisia cerebral pode ocorrer por complicações no parto ou devido a doenças que afetam o sistema neurológico na primeiríssima infância. Além disso, doenças infecciosas e metabólicas podem prejudicar o desenvolvimento infantil após o nascimento. Da mesma forma, acidentes ou problemas ortopédicos podem prejudicar a movimentação e gerar atrasos no desenvolvimento esperado. Ser prematuro, especialmente nos casos extremos, também é um fator de risco. A prematuridade está associada a falhas na formação dos órgãos do corpo, podendo acarretar alterações pulmonares, distúrbios de audição e visão, déficits motores e cognitivos. Mas nem sempre é possível identificar a causa específica para um atraso de desenvolvimento. Então, como identificar se o seu bebê tem algum problema? KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 14. Variações individuais são esperadas ao longo do desenvolvimento infantil. Isto quer dizer que nem todas as crianças vão andar, falar ou largar as fraldas com a mesma idade. Nas consultas de rotina, esses comportamentos são avaliados pelo pediatra. Quando um bebê não atinge um comportamento esperado para a idade, mesmo considerando essa variação normal, pode-se dizer que está ocorrendo um atraso no desenvolvimento. Este atraso pode afetar a coordenação motora, a linguagem, o convívio social ou o aprendizado. Se você ou o pediatra acham que o seu bebê tem algum atraso, pode ser necessário consultar um especialista como um neuropediatra ou um ortopedista. Outras profissionais da saúde como psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos também estão aptos a realizar uma avaliação especializada do desenvolvimento. Além do atraso nos marcos de desenvolvimento, os pais podem observar outros sinais. Afinal, são eles quem conhecem melhor a criança. O relato de quem convive diariamente o bebê é muito importante para diagnosticar problemas de desenvolvimento. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 15. Algumas alterações físicas nos bebê podem indicar problemas neurológicos. Por exemplo, se o recém-nascido é muito molinho ou tem os braços e as pernas muito rígidas, se a criança se comunica apenas com gritos e evita o contato com as pessoas, se apresenta variações no jeito de andar ou se cai com frequência. Assimetrias também devem ser investigadas. Isto é, se a criança tem um lado do corpo diferente do outro, anda na ponta do pé só de um lado, mantém uma mão mais fechada e evita usá-la para pegar objetos. Se você estiver em dúvida, consulte um profissional de saúde. Existem terapias específicas que podem reverter ou minimizar o impacto desses problemas de desenvolvimento. Pode ser um problema simples e a criança rapidamente irá se recuperar. No caso de problemas mais graves, pode ser necessário um tratamento mais demorado. Mas quanto mais cedo iniciarem as intervenções, melhores os resultados. Então, procure ajuda e não desista. Até o próximo capítulo! KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 16. CAPÍTULO 5: ESTIMULAR O SEU BEBÊ É SIMPLES E DIVERTIDO Olá Já estamos terminando a nossa conversa sobre o desenvolvimento infantil. Então, que tal relembrar um pouco do que vimos até aqui? Agora já sabemos da importância de um desenvolvimento seguro e saudável nos três primeiros anos de vida dos bebês. A Primeiríssima Infância é um período de muitos desafios para as crianças e muitas demandas para os pais. É importante estar atento, mas também curtir os bons momentos. Pois vai passar bem rápido, você vai ver! Seguindo nesta linha, aprendemos que estimular o desenvolvimento não significa ficar cheio de estresse e ansiedade com o aprendizado e nem superproteger a criança. É preciso encontrar o equilíbrio para proporcionar um ambiente de curiosidade e desafios para o seu bebê. Apenas reserve um tempinho para brincar com longe da televisão e de outros aparatos eletrônicos. Logo você vai perceber a diferença que isso faz. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 17. Também conversamos sobre formas criativas e fáceis de estimular os bebês. E se você não é do tipo brincalhão ou engraçado, não precisa se preocupar. Passar um tempo de qualidade com as crianças envolve deixá- las no comando das brincadeiras e deixar-se envolver nas atividades que elas mesmas criarem. Mas é claro que não dá pra deixar os bebês fazerem tudo que querem. É importante tomar alguns cuidados de segurança e manter os bons modos para uma vida em sociedade. Deixamos para o final um alerta sobre problemas de desenvolvimento que podem acometer as crianças nos primeiros anos de vida. Se você observar alguma alteração no que é esperado para a idade do seu bebê, não deixe passar. Procure orientação profissional e esclareça suas dúvidas. Por último, aí vai mais um recado para manter uma boa relação com os filhos. No livro “Pais e mães conscientes”, a autora Shefali Tsabar chama de “presença engajada” a tarefa de se tornar o mais alerta e presente que se puder ser. Ela destaca que os filhos não precisam de nossas idéias e expectativas e nem da nossa dominação e controle. O importante é se manter sintonizado com suas necessidades e potenciais, em uma relação de pais com filho e não pais versus filho. KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F
  • 18. Parece difícil fazer tudo isso? Pode ser, pois exige uma transformação no nosso jeito de ser e pensar. Mas com certeza, é recompensador. E agora? Já podemos relaxar e curtir essa fase com os nossos bebês? Claro que sim! Aproveite bem esses primeiros anos de vida, que são tão especiais! Nos vemos por aí nesse vasto universo da Primeiríssima Infância. Até a próxima! KARINA SIMONE DE SOUZA VASCONCELOS CREFITO-3 / 36963-F