SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
Professora Enfermeira Giza Carla Nitz
Especialista em Urgência e Emergência
Coord. Vigilância Epidemiológica-SDN
1 - A CÉLULA
A célula é a unidade básica da vida, tanto de forma
estrutural, quanto funcional para todos os seres vivos.
Todos organismos são compostos de células (multicelular)
e a forma de vida mais simples que é capaz de produzir
cópias de si mesma, é a célula (organismo unicelular).
1 - A DESCOBERTA DA CÉLULA
Princípios fundamentais da TEORIA CELULAR:
 Todos os seres vivos são formados por células. A célula é a
unidade morfológica dos seres vivos;
 A célula é a unidade fisiológica dos seres vivos, e é nelas que
ocorrem as atividades essenciais á vida;
 As células surgem de outras células sendo cada uma
responsável pelas informações hereditárias de todo
organismo.
CITOLOGIA é o ramo da Biologia que estuda as células, como
funcionam e são reguladas, bem como a descoberta de novas
estruturas, como o núcleo celular e os cromossomos.
1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
Os organismos no geral podem ser classificados em dois
grupos com base na estrutura celular:
 Eucariotos: mantêm o DNA em um compartimento
limitado por uma membrana, chamado núcleo. Exemplo:
plantas, fungos e animais.
 Procariotos: não possuem esse compartimento para
abrigar o DNA, como exemplo as bactérias e
arquebactérias).
1.1 CÉLULA EUCARIONTE
 Eucariotos: mantêm o DNA em um compartimento
limitado por uma membrana, chamado núcleo.
Exemplo: plantas, fungos e animais.
1.1 CÉLULA PROCARIONTE
Procariotos: não possuem esse compartimento para
abrigar o DNA, como exemplo as bactérias e
arquebactérias).
1.1 CÉLULA PROCARIONTE
Hialoplasma: liquido transparenteno citoplasma
Cloroplasto: organela vegetal da fotossíntese
Citoesqueleto
Organela vegetal da fotossíntese
Auxilia em adaptações como
resistência a antibióticos.
BactériasE Cianobactérias
Auxilia em adaptações como
resistência a antibióticos.
Auxilia em adaptações como
resistência a antibióticos.
1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
As células procariontes caracterizam-se pela escassez de
membranas, a única existente é a membrana plasmática.
Ao contrário das células eucariontes, os procariontes não
contêm membranas que separam os cromossomos do
citoplasma. Apresentam uma capa protetora flexível,
chamada de parede celular, abaixo da qual se encontra a
membrana plasmática envolvendo um único compartimento
citoplasmático contendo DNA, RNA, proteínas e uma grande
quantidade de moléculas pequenas necessárias à vida.
1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
A célula procarionte melhor estudada é a bactéria
Escherichia coli. A célula de E. coli tem cerca de 2µm de
comprimento e 1µm de diâmetro, possui uma membrana
externa protetora e uma membrana plasmática interna que
envolve o citoplasma e o nucleóide.
Entre a membrana interna e a externa existe uma fina e
resistente camada de polímero de alto peso molecular
(peptidoglicano) que confere à célula sua forma e rigidez. A
membrana plasmática e as camadas externas a ela constituem
o envelope celular (Figura 1).
1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
A membrana plasmática das bactérias consiste em uma bicamada fina
de lipoproteínas. Algumas bactérias, têm uma camada espessa de
peptidoglicanos na parte externa da sua membrana plasmática, mas
não apresentam uma membrana externa, chamadas gram-positivas
(Figura 1.1b).
Já as bactérias que têm uma membrana externa composta de uma
dupla camada lipídica na qual se encontram inseridos
lipopolissacarídeos e proteínas chamadas porinas que proveem canais
transmembrana para que compostos de baixo peso molecular e íons
possam se difundir através dessa membrana externa, são chamadas
gram-negativas (Figura 1.1c).
1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
As células eucarióticas típicas são maiores que as bactérias
(Figura 2). Apresentam duas partes morfologicamente bem
distintas, o citoplasma e o núcleo, onde existe constante
transição de diversas moléculas. O citoplasma é envolvido
por membrana plasmática, e o núcleo pelo envoltório
nuclear.
Ao contrário da célula procarionte, a célula eucarionte é rica
em membranas. Essas membranas formam compartimentos
que separam diversos processos metabólicos graças ao
sentido das moléculas absorvidas ou produzidas pela
própria célula.
1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
1.2 COMPONENTES QUÍMICOS DAS CÉLULAS
A estrutura da célula é organizada a partir da
combinação de moléculas de modo bastante preciso.
A biologia da célula é inseparável da biologia das
moléculas; do mesmo modo que as células são os
blocos com os quais se formam os tecidos e os
organismos, as moléculas são os blocos com os quais
se constroem as células.
1.2 COMPONENTES QUÍMICOSDAS CÉLULAS
Segundo De Robertis et al. (2017), do total dos componentes
que constituem a célula, aproximadamente 75 a 85%
correspondem a água, 2 a 3% são sais inorgânicos e o
restante são compostos orgânicos, os quais representam as
moléculas da vida.
A maioria das estruturas celulares são constituídas por
lipídios e moléculas muito grandes – denominadas
macromoléculas ou polímeros – integradas por unidades ou
monômeros que se conectam por meio de ligações
covalentes.
1.2 COMPONENTES QUÍMICOS DAS CÉLULAS
Os três polímeros mais importantesnos organismos vivos são:
1) Ácidos nucleicos: formados pela associação de quatro unidades
químicas diferentes denominadas nucleotídios (sequência linear
dos quatro tipos de nucleotídios na molécula de DNA é a fonte
primária da informação genética);
2) Polissacarídios: podem ser polímeros de glicose – com a qual são
formadas estruturas como o glicogênio, amido ou celulose – ou
repetições de outros monossacarídios, com os quais são formados
polissacarídios mais complexos;
3) Proteínas (polipeptídios): que são constituídas por aminoácidos –
existem 20 tipos – combinados em diferentes unidades..
ATIVIDADES
1. Os organismos no geral podem ser classificados
em dois grupos com base na estrutura celular.
Quais são? Cite exemplos.
2. Quais estruturas compõe em comum células
procariontes e eucariontes?
3. Diferencie células procariontes de eucariontes.
4. A maioria das estruturas celulares são
constituídas por lipídios e moléculas muito
grandes – denominadas macromoléculas ou
polímeros. Quais os os três polímeros mais
importantesnos organismos vivos?
REFERÊNCIAS
 https://www.biologianet.com/biologia-celular– HISTORIA DA BIOLOGIA
CELULAR, Acessadoem 19/02/22, 12:30 hs.
 ALBERTS, B.; JOHNSON, A.; LEWIS, J.; RAFF, M.; ROBERTS, K.; WALTER, P.
Biologia molecular da célula. 5ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.
 DE ROBERTIS, E. M. F.; HIB, J. De Robertis Basesda Biologia celular e
molecular. 3.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.
 JUNQUEIRA, L.C.; CARNEIRO, J. Biologia celular e molecular.9ed. Rio de
Janeiro: Guanabara Koogan, 201
 NIVELAMENTO DE BIOLOGIA -MULTIVIX
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf

organização geral das celulas
organização geral das celulasorganização geral das celulas
organização geral das celulasRenata Cabral
 
A Organização das Células nos organismo
A  Organização das Células nos organismoA  Organização das Células nos organismo
A Organização das Células nos organismoElvandiraNapoleo
 
_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.pptEdsonMatos28
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfRafaela Vieira
 
Junqueira & Carneiro - Biologia celular e molecular - 9 Ed.pdf
Junqueira & Carneiro - Biologia celular e molecular - 9 Ed.pdfJunqueira & Carneiro - Biologia celular e molecular - 9 Ed.pdf
Junqueira & Carneiro - Biologia celular e molecular - 9 Ed.pdfJaqueline Silveira
 
15920796481298051663
1592079648129805166315920796481298051663
15920796481298051663Pelo Siro
 
Aula 2 noções gerais da estrutura e das funções celulares
Aula 2   noções gerais da estrutura e das funções celularesAula 2   noções gerais da estrutura e das funções celulares
Aula 2 noções gerais da estrutura e das funções celularesfbtorraca
 
Introdução a Citologia
Introdução a CitologiaIntrodução a Citologia
Introdução a CitologiaBIOGERALDO
 

Semelhante a Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf (20)

organização geral das celulas
organização geral das celulasorganização geral das celulas
organização geral das celulas
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
A celula e suas organelas
A celula e suas organelasA celula e suas organelas
A celula e suas organelas
 
Citologia i
Citologia iCitologia i
Citologia i
 
A Organização das Células nos organismo
A  Organização das Células nos organismoA  Organização das Células nos organismo
A Organização das Células nos organismo
 
_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt
 
_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt_aula 1 - 8 ano.ppt
_aula 1 - 8 ano.ppt
 
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdfLivro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
Livro de bio celular e molecular Junqueira e Carneiro.pdf
 
Junqueira & Carneiro - Biologia celular e molecular - 9 Ed.pdf
Junqueira & Carneiro - Biologia celular e molecular - 9 Ed.pdfJunqueira & Carneiro - Biologia celular e molecular - 9 Ed.pdf
Junqueira & Carneiro - Biologia celular e molecular - 9 Ed.pdf
 
Organelas
OrganelasOrganelas
Organelas
 
Resumão Citologia
Resumão CitologiaResumão Citologia
Resumão Citologia
 
Biologia 1-6
Biologia  1-6Biologia  1-6
Biologia 1-6
 
15920796481298051663
1592079648129805166315920796481298051663
15920796481298051663
 
Celula Eucariotica
Celula EucarioticaCelula Eucariotica
Celula Eucariotica
 
Aula 2 noções gerais da estrutura e das funções celulares
Aula 2   noções gerais da estrutura e das funções celularesAula 2   noções gerais da estrutura e das funções celulares
Aula 2 noções gerais da estrutura e das funções celulares
 
Celula
CelulaCelula
Celula
 
Introdução a Citologia
Introdução a CitologiaIntrodução a Citologia
Introdução a Citologia
 
Bioquimica
BioquimicaBioquimica
Bioquimica
 
Bioquimica
BioquimicaBioquimica
Bioquimica
 

Mais de Giza Carla Nitz

Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 6 - Primeiros Socorros - Choque Elétrico .pdf
Aula 6 - Primeiros Socorros - Choque Elétrico .pdfAula 6 - Primeiros Socorros - Choque Elétrico .pdf
Aula 6 - Primeiros Socorros - Choque Elétrico .pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 3 - Primeiros Socorros - FRATURA - HEMORRAGIA .pdf
Aula 3 - Primeiros Socorros - FRATURA - HEMORRAGIA .pdfAula 3 - Primeiros Socorros - FRATURA - HEMORRAGIA .pdf
Aula 3 - Primeiros Socorros - FRATURA - HEMORRAGIA .pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 1 - Primeiros Socorros - PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA .pdf
Aula 1 - Primeiros Socorros - PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA .pdfAula 1 - Primeiros Socorros - PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA .pdf
Aula 1 - Primeiros Socorros - PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA .pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 6 - Rotina Enfermagem no Centro Cirúrgico.pdf
Aula 6 - Rotina Enfermagem no Centro Cirúrgico.pdfAula 6 - Rotina Enfermagem no Centro Cirúrgico.pdf
Aula 6 - Rotina Enfermagem no Centro Cirúrgico.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdfAula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 3- CME - Tipos de Instrumentais - Pacotes -.pdf
Aula 3- CME - Tipos de Instrumentais -  Pacotes -.pdfAula 3- CME - Tipos de Instrumentais -  Pacotes -.pdf
Aula 3- CME - Tipos de Instrumentais - Pacotes -.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 3- Conhecendo o Instrumental Cirúrgico.pdf
Aula 3-  Conhecendo o Instrumental Cirúrgico.pdfAula 3-  Conhecendo o Instrumental Cirúrgico.pdf
Aula 3- Conhecendo o Instrumental Cirúrgico.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 2.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo -  PARTE 2.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo -  PARTE 2.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 2.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte III.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte III.pdfAula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte III.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte III.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte II.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte II.pdfAula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte II.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte II.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte 1.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte 1.pdfAula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte 1.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte 1.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 14 - SAUDE COLETIVA - Programa Saúde da Família.pdf
Aula 14 - SAUDE COLETIVA -  Programa Saúde da Família.pdfAula 14 - SAUDE COLETIVA -  Programa Saúde da Família.pdf
Aula 14 - SAUDE COLETIVA - Programa Saúde da Família.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 12 - SAUDE COLETIVA- Imunização .pdf
Aula 12 - SAUDE COLETIVA- Imunização .pdfAula 12 - SAUDE COLETIVA- Imunização .pdf
Aula 12 - SAUDE COLETIVA- Imunização .pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte II.pdf
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte II.pdfAula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte II.pdf
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte II.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte I.pdf
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte I.pdfAula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte I.pdf
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte I.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 10 - Doenças Causadas Por Ectoparasitas.pdf
Aula 10 - Doenças Causadas Por Ectoparasitas.pdfAula 10 - Doenças Causadas Por Ectoparasitas.pdf
Aula 10 - Doenças Causadas Por Ectoparasitas.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdfAula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdfGiza Carla Nitz
 

Mais de Giza Carla Nitz (20)

Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
 
Aula 6 - Primeiros Socorros - Choque Elétrico .pdf
Aula 6 - Primeiros Socorros - Choque Elétrico .pdfAula 6 - Primeiros Socorros - Choque Elétrico .pdf
Aula 6 - Primeiros Socorros - Choque Elétrico .pdf
 
Aula 3 - Primeiros Socorros - FRATURA - HEMORRAGIA .pdf
Aula 3 - Primeiros Socorros - FRATURA - HEMORRAGIA .pdfAula 3 - Primeiros Socorros - FRATURA - HEMORRAGIA .pdf
Aula 3 - Primeiros Socorros - FRATURA - HEMORRAGIA .pdf
 
Aula 1 - Primeiros Socorros - PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA .pdf
Aula 1 - Primeiros Socorros - PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA .pdfAula 1 - Primeiros Socorros - PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA .pdf
Aula 1 - Primeiros Socorros - PARADA CARDIO RESPIRATÓRIA .pdf
 
Aula 6 - Rotina Enfermagem no Centro Cirúrgico.pdf
Aula 6 - Rotina Enfermagem no Centro Cirúrgico.pdfAula 6 - Rotina Enfermagem no Centro Cirúrgico.pdf
Aula 6 - Rotina Enfermagem no Centro Cirúrgico.pdf
 
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdfAula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
Aula 4 - Centro Cirúrgico -Materiais.pdf
 
Aula 3- CME - Tipos de Instrumentais - Pacotes -.pdf
Aula 3- CME - Tipos de Instrumentais -  Pacotes -.pdfAula 3- CME - Tipos de Instrumentais -  Pacotes -.pdf
Aula 3- CME - Tipos de Instrumentais - Pacotes -.pdf
 
Aula 3- Conhecendo o Instrumental Cirúrgico.pdf
Aula 3-  Conhecendo o Instrumental Cirúrgico.pdfAula 3-  Conhecendo o Instrumental Cirúrgico.pdf
Aula 3- Conhecendo o Instrumental Cirúrgico.pdf
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 2.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo -  PARTE 2.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo -  PARTE 2.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 2.pdf
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
 
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte III.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte III.pdfAula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte III.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte III.pdf
 
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte II.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte II.pdfAula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte II.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte II.pdf
 
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte 1.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte 1.pdfAula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte 1.pdf
Aula 2- CME - Central de Material Esterelizado - Parte 1.pdf
 
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdfAula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
Aula 1 - Clínica Cirurgica -organização, estrutura, funcionamento.pdf
 
Aula 14 - SAUDE COLETIVA - Programa Saúde da Família.pdf
Aula 14 - SAUDE COLETIVA -  Programa Saúde da Família.pdfAula 14 - SAUDE COLETIVA -  Programa Saúde da Família.pdf
Aula 14 - SAUDE COLETIVA - Programa Saúde da Família.pdf
 
Aula 12 - SAUDE COLETIVA- Imunização .pdf
Aula 12 - SAUDE COLETIVA- Imunização .pdfAula 12 - SAUDE COLETIVA- Imunização .pdf
Aula 12 - SAUDE COLETIVA- Imunização .pdf
 
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte II.pdf
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte II.pdfAula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte II.pdf
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte II.pdf
 
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte I.pdf
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte I.pdfAula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte I.pdf
Aula 11 - Prevenção e Controle da Hanseníase e Tuberculose - Parte I.pdf
 
Aula 10 - Doenças Causadas Por Ectoparasitas.pdf
Aula 10 - Doenças Causadas Por Ectoparasitas.pdfAula 10 - Doenças Causadas Por Ectoparasitas.pdf
Aula 10 - Doenças Causadas Por Ectoparasitas.pdf
 
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdfAula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
Aula 9 - Doenças Transmitidas Por Vetores.pdf
 

Último

Puerpério normal e patológico em obstetrícia
Puerpério normal e patológico em obstetríciaPuerpério normal e patológico em obstetrícia
Puerpério normal e patológico em obstetríciaJoyceDamasio2
 
Apresentação Saúde Mental para Adolescentes
Apresentação Saúde Mental para AdolescentesApresentação Saúde Mental para Adolescentes
Apresentação Saúde Mental para AdolescentesVanessaXLncolis
 
Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuronios
Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuroniosTecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuronios
Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuroniosIANAHAAS
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdfIANAHAAS
 
fratura e imobilização de membros superior e inferior
fratura e imobilização de membros superior e inferiorfratura e imobilização de membros superior e inferior
fratura e imobilização de membros superior e inferiorIvaneSales
 
Apresentação Fispq.pptx apresentação sobre fispq fds
Apresentação Fispq.pptx apresentação sobre fispq fdsApresentação Fispq.pptx apresentação sobre fispq fds
Apresentação Fispq.pptx apresentação sobre fispq fdsMarceloLeoSanttana
 
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptx
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptxTEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptx
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptxjhordana1
 
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.FabioCorreia46
 
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemas
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemasSISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemas
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemasIANAHAAS
 
Atividade sistema muscular.pdfatividfades
Atividade sistema muscular.pdfatividfadesAtividade sistema muscular.pdfatividfades
Atividade sistema muscular.pdfatividfadesIANAHAAS
 

Último (10)

Puerpério normal e patológico em obstetrícia
Puerpério normal e patológico em obstetríciaPuerpério normal e patológico em obstetrícia
Puerpério normal e patológico em obstetrícia
 
Apresentação Saúde Mental para Adolescentes
Apresentação Saúde Mental para AdolescentesApresentação Saúde Mental para Adolescentes
Apresentação Saúde Mental para Adolescentes
 
Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuronios
Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuroniosTecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuronios
Tecido_Nervoso.pptxsistema nervoso neuronios
 
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
01 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DA ANATOMIA HUMANA.pdf
 
fratura e imobilização de membros superior e inferior
fratura e imobilização de membros superior e inferiorfratura e imobilização de membros superior e inferior
fratura e imobilização de membros superior e inferior
 
Apresentação Fispq.pptx apresentação sobre fispq fds
Apresentação Fispq.pptx apresentação sobre fispq fdsApresentação Fispq.pptx apresentação sobre fispq fds
Apresentação Fispq.pptx apresentação sobre fispq fds
 
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptx
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptxTEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptx
TEORIA DE ENFERMAGEM DE IMOGENE M. KING.pptx
 
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
Anatomia do Sistema Respiratorio função e movimentos musculares.
 
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemas
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemasSISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemas
SISTEMA ARTICULAR.pptxarticulações sistemas
 
Atividade sistema muscular.pdfatividfades
Atividade sistema muscular.pdfatividfadesAtividade sistema muscular.pdfatividfades
Atividade sistema muscular.pdfatividfades
 

Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf

  • 1. Professora Enfermeira Giza Carla Nitz Especialista em Urgência e Emergência Coord. Vigilância Epidemiológica-SDN
  • 2.
  • 3.
  • 4. 1 - A CÉLULA A célula é a unidade básica da vida, tanto de forma estrutural, quanto funcional para todos os seres vivos. Todos organismos são compostos de células (multicelular) e a forma de vida mais simples que é capaz de produzir cópias de si mesma, é a célula (organismo unicelular).
  • 5. 1 - A DESCOBERTA DA CÉLULA Princípios fundamentais da TEORIA CELULAR:  Todos os seres vivos são formados por células. A célula é a unidade morfológica dos seres vivos;  A célula é a unidade fisiológica dos seres vivos, e é nelas que ocorrem as atividades essenciais á vida;  As células surgem de outras células sendo cada uma responsável pelas informações hereditárias de todo organismo. CITOLOGIA é o ramo da Biologia que estuda as células, como funcionam e são reguladas, bem como a descoberta de novas estruturas, como o núcleo celular e os cromossomos.
  • 6. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE Os organismos no geral podem ser classificados em dois grupos com base na estrutura celular:  Eucariotos: mantêm o DNA em um compartimento limitado por uma membrana, chamado núcleo. Exemplo: plantas, fungos e animais.  Procariotos: não possuem esse compartimento para abrigar o DNA, como exemplo as bactérias e arquebactérias).
  • 7. 1.1 CÉLULA EUCARIONTE  Eucariotos: mantêm o DNA em um compartimento limitado por uma membrana, chamado núcleo. Exemplo: plantas, fungos e animais.
  • 8. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE Procariotos: não possuem esse compartimento para abrigar o DNA, como exemplo as bactérias e arquebactérias).
  • 9. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE Hialoplasma: liquido transparenteno citoplasma Cloroplasto: organela vegetal da fotossíntese
  • 10.
  • 12. Auxilia em adaptações como resistência a antibióticos. BactériasE Cianobactérias
  • 13. Auxilia em adaptações como resistência a antibióticos.
  • 14. Auxilia em adaptações como resistência a antibióticos.
  • 15. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE As células procariontes caracterizam-se pela escassez de membranas, a única existente é a membrana plasmática. Ao contrário das células eucariontes, os procariontes não contêm membranas que separam os cromossomos do citoplasma. Apresentam uma capa protetora flexível, chamada de parede celular, abaixo da qual se encontra a membrana plasmática envolvendo um único compartimento citoplasmático contendo DNA, RNA, proteínas e uma grande quantidade de moléculas pequenas necessárias à vida.
  • 16. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE A célula procarionte melhor estudada é a bactéria Escherichia coli. A célula de E. coli tem cerca de 2µm de comprimento e 1µm de diâmetro, possui uma membrana externa protetora e uma membrana plasmática interna que envolve o citoplasma e o nucleóide. Entre a membrana interna e a externa existe uma fina e resistente camada de polímero de alto peso molecular (peptidoglicano) que confere à célula sua forma e rigidez. A membrana plasmática e as camadas externas a ela constituem o envelope celular (Figura 1).
  • 17. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE A membrana plasmática das bactérias consiste em uma bicamada fina de lipoproteínas. Algumas bactérias, têm uma camada espessa de peptidoglicanos na parte externa da sua membrana plasmática, mas não apresentam uma membrana externa, chamadas gram-positivas (Figura 1.1b). Já as bactérias que têm uma membrana externa composta de uma dupla camada lipídica na qual se encontram inseridos lipopolissacarídeos e proteínas chamadas porinas que proveem canais transmembrana para que compostos de baixo peso molecular e íons possam se difundir através dessa membrana externa, são chamadas gram-negativas (Figura 1.1c).
  • 18. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
  • 19. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE As células eucarióticas típicas são maiores que as bactérias (Figura 2). Apresentam duas partes morfologicamente bem distintas, o citoplasma e o núcleo, onde existe constante transição de diversas moléculas. O citoplasma é envolvido por membrana plasmática, e o núcleo pelo envoltório nuclear. Ao contrário da célula procarionte, a célula eucarionte é rica em membranas. Essas membranas formam compartimentos que separam diversos processos metabólicos graças ao sentido das moléculas absorvidas ou produzidas pela própria célula.
  • 20. 1.1 CÉLULA PROCARIONTE E EUCARIONTE
  • 21. 1.2 COMPONENTES QUÍMICOS DAS CÉLULAS A estrutura da célula é organizada a partir da combinação de moléculas de modo bastante preciso. A biologia da célula é inseparável da biologia das moléculas; do mesmo modo que as células são os blocos com os quais se formam os tecidos e os organismos, as moléculas são os blocos com os quais se constroem as células.
  • 22. 1.2 COMPONENTES QUÍMICOSDAS CÉLULAS Segundo De Robertis et al. (2017), do total dos componentes que constituem a célula, aproximadamente 75 a 85% correspondem a água, 2 a 3% são sais inorgânicos e o restante são compostos orgânicos, os quais representam as moléculas da vida. A maioria das estruturas celulares são constituídas por lipídios e moléculas muito grandes – denominadas macromoléculas ou polímeros – integradas por unidades ou monômeros que se conectam por meio de ligações covalentes.
  • 23. 1.2 COMPONENTES QUÍMICOS DAS CÉLULAS Os três polímeros mais importantesnos organismos vivos são: 1) Ácidos nucleicos: formados pela associação de quatro unidades químicas diferentes denominadas nucleotídios (sequência linear dos quatro tipos de nucleotídios na molécula de DNA é a fonte primária da informação genética); 2) Polissacarídios: podem ser polímeros de glicose – com a qual são formadas estruturas como o glicogênio, amido ou celulose – ou repetições de outros monossacarídios, com os quais são formados polissacarídios mais complexos; 3) Proteínas (polipeptídios): que são constituídas por aminoácidos – existem 20 tipos – combinados em diferentes unidades..
  • 24. ATIVIDADES 1. Os organismos no geral podem ser classificados em dois grupos com base na estrutura celular. Quais são? Cite exemplos. 2. Quais estruturas compõe em comum células procariontes e eucariontes? 3. Diferencie células procariontes de eucariontes. 4. A maioria das estruturas celulares são constituídas por lipídios e moléculas muito grandes – denominadas macromoléculas ou polímeros. Quais os os três polímeros mais importantesnos organismos vivos?
  • 25. REFERÊNCIAS  https://www.biologianet.com/biologia-celular– HISTORIA DA BIOLOGIA CELULAR, Acessadoem 19/02/22, 12:30 hs.  ALBERTS, B.; JOHNSON, A.; LEWIS, J.; RAFF, M.; ROBERTS, K.; WALTER, P. Biologia molecular da célula. 5ed. Porto Alegre: Artmed, 2010.  DE ROBERTIS, E. M. F.; HIB, J. De Robertis Basesda Biologia celular e molecular. 3.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2017.  JUNQUEIRA, L.C.; CARNEIRO, J. Biologia celular e molecular.9ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 201  NIVELAMENTO DE BIOLOGIA -MULTIVIX