Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 19

3.431 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.431
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.414
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo ano de 2011 2, aula 19

  1. 2. <ul><li>vinte certas = Muito Bom </li></ul><ul><li>dezanove = Muito Bom- </li></ul><ul><li>dezoito = Bom + </li></ul><ul><li>dezassete = Bom </li></ul><ul><li>dezasseis = Bom - </li></ul><ul><li>quinze = Suf + </li></ul><ul><li>catorze = Suf </li></ul><ul><li>treze = Suf - </li></ul><ul><li>doze = Insuf + </li></ul><ul><li>onze = Insuf </li></ul><ul><li>dez = Insuf - </li></ul>
  2. 3. <ul><li>caro (linha 1) — importante / prezado / rico / dispendioso </li></ul><ul><li>vagar (l. 3) — calma / ócio / lentidão / pachorra </li></ul><ul><li>renunciar a (5) — desistir de / apartar-me de / desprezar / renegar </li></ul><ul><li>sufocação [de tempo] (5) — pesadelo / afronta / azáfama / asfixia </li></ul><ul><li>implica (7) — envolve / impacienta / antipatiza / embirra </li></ul>
  3. 4. <ul><li>abrir-se-me (12) — expor-se / viajar / correr / fugir </li></ul><ul><li>justo (13) — merecido / justiceiro / religioso / razoável </li></ul><ul><li>notas (15) — taxas / reflexões / ofensas / classificações </li></ul><ul><li>sarcasmo (16) — injúria / apodo / ultraje / ironia </li></ul><ul><li>ferida aberta (17) — ressentimento / infâmia / lesão / tran s gressão </li></ul>
  4. 5. <ul><li>vem à pena (18) — inspira / comove / ocorre / tem pena </li></ul><ul><li>faça caso (18-19) — troce / esqueça / exagere / dê importância </li></ul><ul><li>coisas (20) — objetos / textos / pertences / posses </li></ul><ul><li>fundo (20) — arraial / acampamento / orifício / âmago </li></ul><ul><li>consola-me (21) — dá-me gozo / recorda-me / lembra-me / compensa-me </li></ul>
  5. 6. <ul><li>críticas (21) — análises / sátiras / tosquias / discussões </li></ul><ul><li>superficialidade (21-22) — futilidade / ligeireza / aparência / narrativa </li></ul><ul><li>apostadas (22) — enfeitadas / embelezadas / atentas / ataviadas </li></ul><ul><li>foram (22) — eram / tornaram / iam / fossem </li></ul><ul><li>multifacetado (notícia biobibliográfica) — cru / estranho / hipócrita / diversificado </li></ul>
  6. 8. <ul><li>1. Carta foi escrita há mais de quarenta anos. </li></ul><ul><li>2. Rómulo de Carvalho queixa-se de não ter tempo para as suas realizações. </li></ul><ul><li>3. Segundo Rómulo de Carvalho, Jorge de Sena também não tem tempo suficiente para as suas actividades criativas. </li></ul><ul><li>4. Considera que Sena tem a sorte de se poder dedicar à escrita a tempo inteiro. </li></ul>
  7. 9. <ul><li>5. As férias de Rómulo de Carvalho foram descansativas. </li></ul><ul><li>6. Rómulo de Carvalho escreve com o objectivo de agradecer livro oferecido por Sena. </li></ul><ul><li>7. Rómulo de Carvalho não escreve poesia, apenas escreve prosa. </li></ul>
  8. 10. <ul><li>1. (V) Carta foi escrita há mais de quarenta anos. </li></ul><ul><li>1-11-1970 </li></ul>
  9. 11. <ul><li>2. (V) Rómulo de Carvalho queixa-se de não ter tempo para as suas realizações. </li></ul><ul><li>Para nós, simples mortais, o tempo voa sem piedade dos nossos desejos de realizar mais alguma coisa </li></ul>
  10. 12. <ul><li>3. (F) Segundo Rómulo de Carvalho, Jorge de Sena também não tem tempo suficiente para as suas actividades criativas. </li></ul><ul><li>Há seres excecionais, como Jorge de Sena, para quem o tempo se escoa segundo a vontade do seu dominador. </li></ul>
  11. 13. <ul><li>4. (F) Considera que Sena tem a sorte de se poder dedicar à escrita a tempo inteiro. </li></ul><ul><li>Se mais nenhuma atividade tivesse, essa seria bastante. Mas, além disso, exerce sua profissão... </li></ul>
  12. 14. <ul><li>5. (F) As férias de Rómulo de Carvalho foram descansativas. </li></ul><ul><li>[...] foram tão cheias de ocupações </li></ul>
  13. 15. <ul><li>6. (V) Rómulo de Carvalho escreve com o objectivo de agradecer livro oferecido por Sena. </li></ul><ul><li>Peregrinatio ad loca infecta, efectivamente publicado em 1969 </li></ul>
  14. 16. <ul><li>7. (F) Rómulo de Carvalho não escreve poesia, apenas escreve prosa. </li></ul><ul><li>António Gedeão </li></ul>
  15. 17. <ul><li>Trabalho com «lembro-me que...» (feito na aula 2): </li></ul><ul><li>Inês C. </li></ul><ul><li>Inês P. </li></ul><ul><li>Miguel P. </li></ul><ul><li>Rui </li></ul>
  16. 18. <ul><li>Trabalho com «lembro-me que...» (feito na aula 2): </li></ul><ul><li>Carolina </li></ul><ul><li>Mariana C. </li></ul><ul><li>Miguel T. </li></ul><ul><li>Pedro S. </li></ul><ul><li>Rita </li></ul>
  17. 19. <ul><li>Trabalho com «lembro-me que...» (feito na aula 2): </li></ul><ul><li>Alexandre C. </li></ul><ul><li>Catarina S. </li></ul><ul><li>Catarina N. </li></ul><ul><li>Daniel </li></ul><ul><li>Hipólito </li></ul><ul><li>Inês M~ </li></ul><ul><li>Maria Inês </li></ul><ul><li>Sara </li></ul>
  18. 20. <ul><li>Trabalho com «lembro-me que...» (feito na aula 2): </li></ul><ul><li>Filipa </li></ul><ul><li>Gi </li></ul><ul><li>Joana </li></ul><ul><li>Leonor </li></ul><ul><li>Luísa </li></ul><ul><li>Pedro R. </li></ul>
  19. 21. <ul><li>Trabalho com «lembro-me que...» (feito na aula 2): </li></ul><ul><li>Afonso </li></ul><ul><li>Miguel </li></ul><ul><li>Paulo </li></ul>
  20. 26. <ul><li>Data </li></ul><ul><li>Castelcuto, # de # de 1945 </li></ul>
  21. 27. <ul><li>Vocativos de saudação </li></ul>
  22. 28. <ul><li>Exmo. Senhor Renato Amoroso </li></ul><ul><li>Prezado Senhor </li></ul><ul><li>Prezado Renato </li></ul><ul><li>Estimado Renato </li></ul><ul><li>Meu excelentíssimo amigo </li></ul><ul><li>Estimado amigo </li></ul><ul><li>Caro amigo </li></ul><ul><li>Caríssimo amigo </li></ul><ul><li>Meu prezado Renato </li></ul><ul><li>Meu caro Renato </li></ul><ul><li>Caro Renato </li></ul><ul><li>Renato </li></ul><ul><li>Puto estúpido </li></ul>
  23. 29. <ul><li>Fórmula de despedida </li></ul>
  24. 30. <ul><li>Com estima, </li></ul><ul><li>Com muita estima me subscrevo, </li></ul><ul><li>Muito amigo, </li></ul><ul><li>Receba um abraço de </li></ul><ul><li>Com um abraço de muita estima, </li></ul><ul><li>Sempre seu, </li></ul><ul><li>Seu muito amigo, </li></ul><ul><li>Atenciosamente, </li></ul><ul><li>Muito atenciosamente, </li></ul><ul><li>Cordialmente, </li></ul><ul><li>Subscrevo-me com muita estima, </li></ul><ul><li>Apresento os meus cumprimentos, </li></ul><ul><li>De V. Ex.ª, muito atenciosamente, </li></ul>
  25. 31. <ul><li>Assinatura </li></ul><ul><li>Nino </li></ul><ul><li>Antonino </li></ul><ul><li>Nino Scordia </li></ul><ul><li>Antonino Scordia (Tenente) </li></ul><ul><li>Nino ('o maneta') </li></ul>
  26. 32. <ul><li>Pedalei como se fugisse. E eu fugia. Dela, das sensações, das recordações, de tudo. Pensei que depois esquecia, tinha a certeza de que ia conseguir esquecer. </li></ul><ul><li>Mas, agora que estou velho e que desperdicei a vida, agora que conheci tantas mulheres que me disseram «Lembra-te de mim», tendo-as esquecido a todas, ainda hoje ela é a única que eu nunca esqueci . Malena. </li></ul>
  27. 33. <ul><li>Mas, agora que estou velho e </li></ul><ul><li>temporal pessoal/temporal </li></ul><ul><li>que desperdicei a vida, agora que </li></ul><ul><li>pessoal temporal </li></ul><ul><li>conheci tantas mulheres que me </li></ul><ul><li>pessoal pessoal </li></ul><ul><li>disseram «Lembra-te de mim», tendo-as </li></ul><ul><li>esquecido a todas, ainda hoje ela é a </li></ul><ul><li>temporal </li></ul><ul><li>única que eu nunca esqueci . Malena. </li></ul><ul><li>pessoal temporal pessoal </li></ul>
  28. 34. <ul><li>TPC </li></ul><ul><li>Prepara leitura em voz alta (com certa expressividade) destes dois trechos de António Lobo Antunes: «E aqui está...» (p. 135); «Retrato do artista quando jovem» (pp. 140-141). </li></ul><ul><li>Completa (se ainda não o tinhas feito) a folha desta aula, trazendo-a sem falta na próxima aula. </li></ul>
  29. 35. <ul><li>Em Gaveta de Nuvens pus as informações que dei sobre cada aluno aos directores de turma </li></ul>

×