Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 33-34

1.139 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.139
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
831
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação para décimo ano de 2014 5, aula 33-34

  1. 1. vinte certas = Muito Bom dezanove = Muito Bom-dezoito = Bom + dezassete = Bom dezasseis = Bom - quinze = Suf + catorze = Suf treze = Suf - doze = Insuf + onze = Insuf dez = Insuf -
  2. 2. caro (linha 1) — importante / prezado / rico / dispendioso vagar (l. 3) — calma / ócio / lentidão / pachorra renunciar a (5) — desistir de / apartar-me de / desprezar / renegar sufocação [de tempo] (5) — pesadelo / afronta / azáfama / asfixia
  3. 3. implica (7) — envolve / impacienta / antipatiza / embirra abrir-se-me (12) — expor-se / viajar / correr / fugir justo (13) — merecido / justiceiro / religioso / razoável notas (15) — taxas / reflexões / ofensas / classificações
  4. 4. sarcasmo (16) — injúria / apodo / ultraje / ironia ferida aberta (17) — ressentimento / infâmia / lesão / transgressão vem à pena (18) — inspira / comove / ocorre / tem pena faça caso (18-19) — troce / esqueça / exagere / dê importância
  5. 5. coisas (20) — objetos / textos / pertences / posses fundo (20) — arraial / acampamento / orifício / âmago consola-me (21) — dá-me gozo / recorda-me / lembra-me / compensa-me críticas (21) — análises / sátiras / tosquias / discussões
  6. 6. superficialidade (21-22) — futilidade / ligeireza / aparência / narrativa apostadas (22) — enfeitadas / embelezadas / atentas / ataviadas foram (22) — eram / tornaram / iam / fossem multifacetado (notícia biobibliográfica) — cru / estranho / hipócrita / diversificado
  7. 7. 1. Carta foi escrita há mais de quarenta anos. 2. Rómulo de Carvalho queixa-se de não ter tempo para as suas realizações. 3. Segundo Rómulo de Carvalho, Jorge de Sena também não tem tempo suficiente para as suas actividades criativas. 4. Considera que Sena tem a sorte de se poder dedicar à escrita a tempo inteiro.
  8. 8. 5. As férias de Rómulo de Carvalho foram descansativas. 6. Rómulo de Carvalho escreve com o objectivo de agradecer livro oferecido por Sena. 7. Rómulo de Carvalho não escreve poesia, apenas escreve prosa.
  9. 9. 1. (V) Carta foi escrita há mais de quarenta anos. 1-11-1970
  10. 10. 2. (V) Rómulo de Carvalho queixa-se de não ter tempo para as suas realizações. Para nós, simples mortais, o tempo voa sem piedade dos nossos desejos de realizar mais alguma coisa
  11. 11. 3. (F) Segundo Rómulo de Carvalho, Jorge de Sena também não tem tempo suficiente para as suas actividades criativas. Há seres excecionais, como Jorge de Sena, para quem o tempo se escoa segundo a vontade do seu dominador.
  12. 12. 4. (F) Considera que Sena tem a sorte de se poder dedicar à escrita a tempo inteiro. Se mais nenhuma atividade tivesse, essa seria bastante. Mas, além disso, exerce sua profissão...
  13. 13. 5. (F) As férias de Rómulo de Carvalho foram descansativas. [...] foram tão cheias de ocupações
  14. 14. 6. (V) Rómulo de Carvalho escreve com o objectivo de agradecer livro oferecido por Sena. Peregrinatio ad loca infecta, efectivamente publicado em 1969
  15. 15. 7. (F) Rómulo de Carvalho não escreve poesia, apenas escreve prosa. António Gedeão
  16. 16. Postal dos Correios (João Monge / João Gil)
  17. 17. Querida mãe, querido pai. Então que tal? Nós andamos do jeito que Deus quer Entre os dias que passam menos mal Lá vem um que nos dá mais que fazer
  18. 18. Mas falemos de coisas bem melhores A Laurinda faz vestidos por medida O rapaz estuda nos computadores Dizem que é um emprego com saída
  19. 19. Cá chegou direitinha a encomenda Pelo «expresso» que parou na Piedade Pão de trigo e linguiça para merenda Sempre dá para enganar a saudade
  20. 20. Espero que não demorem a mandar Novidades na volta do correio A ribeira corre bem ou vai secar? Como estão as oliveiras de «candeio»?
  21. 21. Já não tenho mais assunto pra escrever Cumprimentos ao nosso pessoal Um abraço deste que tanto vos quer Sou capaz de ir aí pelo Natal.
  22. 22. Almada, 31 de novembro de 2000 Querida mãe, querido pai, Então, que tal? Nós andamos do jeito que Deus quer: entre os dias que passam menos mal, lá vem um que nos dá mais que fazer.
  23. 23. Mas falemos de coisas bem melhores: a Laurinda faz vestidos por medida; o rapaz estuda nos computadores (dizem que é um emprego com saída). Cá chegou, direitinha, a encomenda, pelo «expresso» que parou na Piedade — pão de trigo e linguiça, para merenda, sempre dá para enganar a saudade.
  24. 24. Espero que não demorem a mandar novidades na volta do correio. A ribeira corre bem ou vai secar? Como estão as oliveiras de «candeio»?
  25. 25. Já não tenho mais assunto para escrever. Cumprimentos ao nosso pessoal. Um abraço deste que tanto vos quer, Arnaldo PS — Sou capaz de ir aí pelo Natal.
  26. 26. Arnaldo Saramago Rua da Linguiça, 1, 765.º Esq 9876-543 Almada Exmo. Senhor Manuel Saramago Rua da Merenda, Vivenda Sorte 3456-789 Nenhures
  27. 27. TPC — Prepara leitura em voz alta (com certa expressividade) de «Uma rapariga» (p. 126) — relanceando também o que está na página anterior sobre o mesmo texto — e «Na prisão escrevem-se cartas» (p. 127). Não esqueças, entretanto, o trabalho de microfilme, com prazo impostergável.

×