INIBIDORES SELETIVOS DE
RECAPTAÇÃO DA SEROTONINA EM
OBESIDADE:
PRÁTICA CLÍNICA
Hewdy Lobo Ribeiro
Médico Nutrólogo – ABRAN...
Inibidores Seletivos da Recaptação de
Serotonina
• Classe de Antidepressivos
• Indicação clínica extrapola nomenclatura
• ...
Inibidores Seletivos da Recaptação de
Serotonina - ISRS
• Meia vida longa – dose única progressiva –
manhã
• Fluoxetina – ...
ISRS em Obesidade
• Conforto pelo título ser NA OBESIDADE e não
NO TRATAMENTO DA OBESIDADE
• Fluoxetina e Sertralina – tra...
Caso Clínico
• A.C.V., feminino, 35 anos, casada,
administradora e empresária
• Procura tratamento para redução de peso
pe...
Desdobramento I
• Ela diz que amiga está usando Fluoxetina e
está muito bem e quer que prescreva este
medicamento milagros...
Desdobramento II
• Acrescenta que aumentou 40 quilos depois da
gestação
• Tem dois anos que não controla a quantidade de
a...
Desdobramento II
• TCAP e Obesidade Mórbida
• Melhores indicações:
• Fluoxetina – 60 a 80 mg/dia
• Sertralina – 100 – 200 ...
Desdobramento III
• Paciente relata que depois da gestação sentiu
que mudou seu peso sem possibilidade de
redução e altero...
Desdobramento III
• Sintomas claramente depressivos sem outros
síndromes psíquicas
• IMC – 33 Kg/m2
• Indicação ISRS:
• A ...
Desdobramento IV
• Paciente relata que depois que foi assaltada
há dois anos ficou com sensação constante
de medo, comport...
Desdobramento IV
• IMC – 33 – kg/m2
• Caso de aumento de peso desencadeado por
ISRS – Paroxetina
• Indicação inicial – exc...
Conclusões
• ISRS na Obesidade
• ISRS – pode causar obesidade – Paroxetina
• Conduta: mudar para outro ISRS
• ISRS – boa i...
Muito Obrigado!
lobo@vidamental.com.br
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Inibidores Seletivos de Recaptação da Serotonina em Obesidade: Práticas Clínica

1.448 visualizações

Publicada em

Arquivo de apresentação de Dr. Hewdy Lobo em curso da Associação Brasileira de Nutrologia - ABRAN.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Inibidores Seletivos de Recaptação da Serotonina em Obesidade: Práticas Clínica

  1. 1. INIBIDORES SELETIVOS DE RECAPTAÇÃO DA SEROTONINA EM OBESIDADE: PRÁTICA CLÍNICA Hewdy Lobo Ribeiro Médico Nutrólogo – ABRAN Psiquiatra – Instituto de Psiquiatria - USP
  2. 2. Inibidores Seletivos da Recaptação de Serotonina • Classe de Antidepressivos • Indicação clínica extrapola nomenclatura • Ansiedade, impulsividade / compulsão • Resultado clínico dependente de posologia terapêutica • Seguro clinicamente isolado e associado • Piora inicial esperada
  3. 3. Inibidores Seletivos da Recaptação de Serotonina - ISRS • Meia vida longa – dose única progressiva – manhã • Fluoxetina – 20 a 80 mg/dia - gotas • Sertralina – 50 a 200 mg/dia • Citalopram – 20 a 60 mg/dia • Paroxetina – 20 a 60 mg/dia • Escitalopram – 10 a 20 mg/dia – gotas • Fluvoxamina – 50 a 200 mg/dia
  4. 4. ISRS em Obesidade • Conforto pelo título ser NA OBESIDADE e não NO TRATAMENTO DA OBESIDADE • Fluoxetina e Sertralina – tratamento da obesidade - já foram citadas nas Diretrizes da AMB • Na obesidade: • A – piora – Paroxetina - aumenta peso • B – melhora – Fluoxetina - comorbidade com Transtorno da Compulsão Alimentar periódica • C – classe de antidepressivos PREFERENCIAL nas comorbidades psiquiátricas e obesidade
  5. 5. Caso Clínico • A.C.V., feminino, 35 anos, casada, administradora e empresária • Procura tratamento para redução de peso pela primeira vez • Depois da única gestação aumentou muitos quilos • Diz que já sabe tudo sobre medidas educativas de alimentação e atividade física e que precisa de tratamento com medicamentos
  6. 6. Desdobramento I • Ela diz que amiga está usando Fluoxetina e está muito bem e quer que prescreva este medicamento milagroso • IMC – 22 Kg/m2 • Não há síndromes depressiva, ansiosa e impulsiva • Não tem indicação de ISRS – NA OBESIDADE!
  7. 7. Desdobramento II • Acrescenta que aumentou 40 quilos depois da gestação • Tem dois anos que não controla a quantidade de alimentos: alimenta rápido sem sentir sabor, quantidades exageradas, escondida, mistura bizarra de alimentos e sem vômitos • IMC: 42 Kg/m2 • Sintomas de TCAP e Obesidade Mórbida • Indicação de ISRS – melhora de sintomas de compulsão alimentar, possibilidade de associar com Topiramato e redução discreta de peso • Cirurgia bariátrica? ISRS – não é fator limitante
  8. 8. Desdobramento II • TCAP e Obesidade Mórbida • Melhores indicações: • Fluoxetina – 60 a 80 mg/dia • Sertralina – 100 – 200 mg/dia • Doses Off Label! • Associação com Topiramato: 100 a 200 mg • Perspectiva média – redução de 4 a 6 quilos • Opção de cirurgia – deve estar sem sintomas de compulsão
  9. 9. Desdobramento III • Paciente relata que depois da gestação sentiu que mudou seu peso sem possibilidade de redução e alterou o humor • Sintomas: tristeza persistente sem causa reconhecida, desânimo inédito, falta de prazer em atividades antes estimulantes e queda da capacidade produtiva com redução do interesse sexual • Nunca fez nenhum tratamento prévio
  10. 10. Desdobramento III • Sintomas claramente depressivos sem outros síndromes psíquicas • IMC – 33 Kg/m2 • Indicação ISRS: • A – boa escolha para tratamento dos sintomas depressivos em doses plenas • B – Exceção da Paroxetina – aumenta peso • Perspectivas: remissão dos sintomas depressivos e redução de 4 quilos em média • C – Associação com Sibutramina – possível e controversa
  11. 11. Desdobramento IV • Paciente relata que depois que foi assaltada há dois anos ficou com sensação constante de medo, comportamento evitativo, sensação de insegurança e morte iminente com taquicardia • Foi em um médico famoso que prescreveu Paroxetina – 40 mg/dia • Os sintomas ansiosos foram resolvidos em 4 meses – aumentou 14 quilos
  12. 12. Desdobramento IV • IMC – 33 – kg/m2 • Caso de aumento de peso desencadeado por ISRS – Paroxetina • Indicação inicial – excelente – ansiedade reativa • Efeito colateral de médio prazo – aumento de peso • Papel do ISRS nesta obesidade – troca – Fluoxetina, Citalopram e Escitalopram • Provável: manutenção da melhora ansiosa e alguma redução de peso – 4 a 6 quilos
  13. 13. Conclusões • ISRS na Obesidade • ISRS – pode causar obesidade – Paroxetina • Conduta: mudar para outro ISRS • ISRS – boa indicação para obesos portadores de TCAP – isolados ou associados ao Topiramato – redução discreta do peso • ISRS – boa indicação em obesos com necessidade de tratamento com antidepressivos podendo associar com Sibutramina • Na obesidade nunca isentam medidas não medicamentosas
  14. 14. Muito Obrigado! lobo@vidamental.com.br

×