SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 14
FÍSICA 
3º TRIMESTRE – 2014.
ENERGIA 
 Um dos conceitos fundamentais da física. 
 Explora todos os campos: mecânica, termodinâmica, 
eletromagnetismo, mecânica quântica, óptica, 
acústica. 
 Se apresenta em várias formas. 
 Não pode ser criada e nem destruída, apenas 
transformada em outro tipo de energia.
TRABALHO 
 Só existe trabalho quando há deslocamento de um 
corpo associado à aplicação de uma força. 
 É necessário que esta força tenha componente na 
direção do deslocamento para que realize trabalho. 
 Trabalho está relacionado com forças e não corpos. 
 Grandeza escalar. 
 Fórmula: τ = F . x . cos α
TRABALHO 
 Unidade de medida: Joule (J). 
 Classificação do Trabalho: 
 Resistente – componente força no sentido oposto ao 
deslocamento. 
 Motor - componente força no mesmo sentido do 
deslocamento.
TRABALHO DA FORÇA PESO
TRABALHO DE UMA 
FORÇA VARIÁVEL 
 Constroi-se no gráfico. 
 Força (F) x deslocamento (x). 
 Trabalho consiste na área do gráfico.
 Relação entre o tempo gasto e o trabalho realizado. 
 Quanto menor o tempo, maior a potência. 
 Quanto maior a velocidade, maior a potência. 
 Fórmula: P = 
τ 
Δ푡 
POTÊNCIA
RENDIMENTO 
 Maior ou menor eficiência de certa máquina. 
 Relação entre potência útil e potência total. 
 Fórmula: η = 
푃 ú푡푖푙 
푃 푡표푡푎푙
ENERGIA MECÂNICA 
 Pode ser potencial ou cinética. 
 Potencial: armazenada em altura ou molas 
deformadas. 
 Cinética: associa-se ao movimento.
ENERGIA CINÉTICA 
 A quantidade de energia de um corpo depende de sua 
massa e de sua velocidade. 
 Grandeza escalar. 
 Fórmula: Ec = 
푚 .푣² 
2 
 Massa: Kg. 
 Velocidade: m/s. 
 Ec: J.
ENERGIA POT. GRAVITACIONAL 
 Depende da altura em relação a um ponto referencial. 
 Relaciona-se com a posição de um corpo no campo 
gravitacional da terra. 
 Fórmula: Epg = m . g . h 
 Massa: Kg. 
 Gravidade: m/s². 
 Altura: m.
ENERGIA POT. ELÁSTICA 
 Armazenada em virtude da deformação da mola ou 
do elástico. 
 Fórmula: Epe = 
퐾 . 푋² 
2 
 Força elástica = X . K
SISTEMAS 
 Conservativo: Composto somente por forças 
conservativas, energia mecânica não se altera. Há 
transformação de Ep -> Ec e vice-versa. 
 Não-conservativo: Agem também forças dissipativas 
(como a resistência do ar e a força de atrito).
Julia Maldonado Garcia 
1º ano – Colégio Stella Maris.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Potencial elétrico
Potencial elétricoPotencial elétrico
Potencial elétrico
 
Trabalho de uma força
Trabalho de uma forçaTrabalho de uma força
Trabalho de uma força
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
 
TERMOLOGIA
TERMOLOGIATERMOLOGIA
TERMOLOGIA
 
Aula 008 energia cinetica
Aula 008 energia cineticaAula 008 energia cinetica
Aula 008 energia cinetica
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 
Ondas
OndasOndas
Ondas
 
Impulso e Quantidade de Movimento
Impulso e Quantidade de MovimentoImpulso e Quantidade de Movimento
Impulso e Quantidade de Movimento
 
Hidrostática
HidrostáticaHidrostática
Hidrostática
 
Cinemática introdução
Cinemática introduçãoCinemática introdução
Cinemática introdução
 
Física (calorimetria)
Física (calorimetria)Física (calorimetria)
Física (calorimetria)
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Trabalho e Energia Mecânica
Trabalho e Energia MecânicaTrabalho e Energia Mecânica
Trabalho e Energia Mecânica
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
Estatica
EstaticaEstatica
Estatica
 
Tipos de Energia
Tipos de EnergiaTipos de Energia
Tipos de Energia
 
Leis de ohm
Leis de ohmLeis de ohm
Leis de ohm
 
Eletrização
EletrizaçãoEletrização
Eletrização
 
Eletromagnetismo
EletromagnetismoEletromagnetismo
Eletromagnetismo
 
Magnetismo
MagnetismoMagnetismo
Magnetismo
 

Destaque

Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de físicacristbarb
 
Energia Fontes E Formas De Energia
Energia   Fontes E Formas De EnergiaEnergia   Fontes E Formas De Energia
Energia Fontes E Formas De EnergiaJoão França
 
Trabalho, Energia e Potência
Trabalho, Energia e PotênciaTrabalho, Energia e Potência
Trabalho, Energia e PotênciaSEEDUC-RJ
 
A energia e sua conservação
A energia e sua conservaçãoA energia e sua conservação
A energia e sua conservaçãoArthur Borges
 
Fontes De Energia
Fontes De EnergiaFontes De Energia
Fontes De Energiaguest3ad92c
 
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema SolarO universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema SolarIsadora Girio
 
2002 g3 energia potencial e cinética
2002 g3 energia potencial e cinética2002 g3 energia potencial e cinética
2002 g3 energia potencial e cinéticacristbarb
 
Atividades 1 ano .trabalho e energia.prof. waldir montenegro 10
Atividades 1 ano .trabalho e energia.prof. waldir montenegro 10Atividades 1 ano .trabalho e energia.prof. waldir montenegro 10
Atividades 1 ano .trabalho e energia.prof. waldir montenegro 10Waldir Montenegro
 
Transformacoes transferencias energia
Transformacoes transferencias energiaTransformacoes transferencias energia
Transformacoes transferencias energiananasimao
 
ConservaçãO Da Energia Mecanica
ConservaçãO Da Energia MecanicaConservaçãO Da Energia Mecanica
ConservaçãO Da Energia Mecanicaori junior
 
Energia: transformação e conservação
Energia: transformação e conservaçãoEnergia: transformação e conservação
Energia: transformação e conservaçãoCarlos Priante
 

Destaque (20)

Energia do dia a dia
Energia do dia a diaEnergia do dia a dia
Energia do dia a dia
 
Energia
EnergiaEnergia
Energia
 
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de física
 
Trabalho e potência
Trabalho e potênciaTrabalho e potência
Trabalho e potência
 
Energia
EnergiaEnergia
Energia
 
Energia Fontes E Formas De Energia
Energia   Fontes E Formas De EnergiaEnergia   Fontes E Formas De Energia
Energia Fontes E Formas De Energia
 
Trabalho, Energia e Potência
Trabalho, Energia e PotênciaTrabalho, Energia e Potência
Trabalho, Energia e Potência
 
Energias
EnergiasEnergias
Energias
 
A energia e sua conservação
A energia e sua conservaçãoA energia e sua conservação
A energia e sua conservação
 
Fontes De Energia
Fontes De EnergiaFontes De Energia
Fontes De Energia
 
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema SolarO universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
O universo, orientação e distâncias do e fora no Sistema Solar
 
2002 g3 energia potencial e cinética
2002 g3 energia potencial e cinética2002 g3 energia potencial e cinética
2002 g3 energia potencial e cinética
 
Atividades 1 ano .trabalho e energia.prof. waldir montenegro 10
Atividades 1 ano .trabalho e energia.prof. waldir montenegro 10Atividades 1 ano .trabalho e energia.prof. waldir montenegro 10
Atividades 1 ano .trabalho e energia.prof. waldir montenegro 10
 
Transformacoes transferencias energia
Transformacoes transferencias energiaTransformacoes transferencias energia
Transformacoes transferencias energia
 
Energia e Trabalho
Energia e TrabalhoEnergia e Trabalho
Energia e Trabalho
 
ConservaçãO Da Energia Mecanica
ConservaçãO Da Energia MecanicaConservaçãO Da Energia Mecanica
ConservaçãO Da Energia Mecanica
 
Física energia
Física   energiaFísica   energia
Física energia
 
Energias
EnergiasEnergias
Energias
 
Energia: transformação e conservação
Energia: transformação e conservaçãoEnergia: transformação e conservação
Energia: transformação e conservação
 
Aula energia
Aula energiaAula energia
Aula energia
 

Semelhante a Trabalho e Energia - Física.

AULA - PRINCÍPIOS DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA.pptx
AULA - PRINCÍPIOS DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA.pptxAULA - PRINCÍPIOS DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA.pptx
AULA - PRINCÍPIOS DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA.pptxMarcellusPinheiro1
 
Trabalho e energia
Trabalho e energiaTrabalho e energia
Trabalho e energiaEldon Avelar
 
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de físicacristbarb
 
Resistencia i em_apostila_2007
Resistencia i em_apostila_2007Resistencia i em_apostila_2007
Resistencia i em_apostila_2007dmargaridap
 
Energia e Trabalho_3º bimestre
Energia e Trabalho_3º bimestreEnergia e Trabalho_3º bimestre
Energia e Trabalho_3º bimestreSabrinna Rezende
 
ENERGIA MECÂNICAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
ENERGIA MECÂNICAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...ENERGIA MECÂNICAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
ENERGIA MECÂNICAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...asdf895604
 
Trabalho e energia site
Trabalho e energia siteTrabalho e energia site
Trabalho e energia sitefisicaatual
 
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02 Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02 Adriana Cahongo
 
09 Mecânica Energia
09 Mecânica Energia09 Mecânica Energia
09 Mecânica EnergiaEletrons
 
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02Adriana Cahongo
 
fdocumentos.tips_introducao-biofisica.ppt
fdocumentos.tips_introducao-biofisica.pptfdocumentos.tips_introducao-biofisica.ppt
fdocumentos.tips_introducao-biofisica.pptTedJunior1
 

Semelhante a Trabalho e Energia - Física. (20)

AULA - PRINCÍPIOS DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA.pptx
AULA - PRINCÍPIOS DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA.pptxAULA - PRINCÍPIOS DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA.pptx
AULA - PRINCÍPIOS DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA.pptx
 
Trabalho e energia
Trabalho e energiaTrabalho e energia
Trabalho e energia
 
Dinâmic apotencia
Dinâmic apotenciaDinâmic apotencia
Dinâmic apotencia
 
Dinâmic apotencia
Dinâmic apotenciaDinâmic apotencia
Dinâmic apotencia
 
Trabalho de física
Trabalho de físicaTrabalho de física
Trabalho de física
 
AULA PRE ENERGIA .pptx
AULA PRE ENERGIA .pptxAULA PRE ENERGIA .pptx
AULA PRE ENERGIA .pptx
 
Resistencia i em_apostila_2007
Resistencia i em_apostila_2007Resistencia i em_apostila_2007
Resistencia i em_apostila_2007
 
Resistencia i em_apostila_2007
Resistencia i em_apostila_2007Resistencia i em_apostila_2007
Resistencia i em_apostila_2007
 
Energia e Trabalho_3º bimestre
Energia e Trabalho_3º bimestreEnergia e Trabalho_3º bimestre
Energia e Trabalho_3º bimestre
 
ENERGIA MECÂNICAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
ENERGIA MECÂNICAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...ENERGIA MECÂNICAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
ENERGIA MECÂNICAaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa...
 
Trabalho e energia 2 b
Trabalho e energia 2 bTrabalho e energia 2 b
Trabalho e energia 2 b
 
Apresentação2
Apresentação2Apresentação2
Apresentação2
 
Trabalho e Energia
Trabalho e EnergiaTrabalho e Energia
Trabalho e Energia
 
Trabalho e energia site
Trabalho e energia siteTrabalho e energia site
Trabalho e energia site
 
Trabalho e Energia I
Trabalho e Energia ITrabalho e Energia I
Trabalho e Energia I
 
Energia
EnergiaEnergia
Energia
 
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02 Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
 
09 Mecânica Energia
09 Mecânica Energia09 Mecânica Energia
09 Mecânica Energia
 
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
Energiapotencialeconservaao 120913223555-phpapp02
 
fdocumentos.tips_introducao-biofisica.ppt
fdocumentos.tips_introducao-biofisica.pptfdocumentos.tips_introducao-biofisica.ppt
fdocumentos.tips_introducao-biofisica.ppt
 

Mais de Julia Maldonado Garcia

{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.Julia Maldonado Garcia
 
Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.Julia Maldonado Garcia
 
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).Julia Maldonado Garcia
 
{História} Colonização da América espanhola.
{História} Colonização da América espanhola.{História} Colonização da América espanhola.
{História} Colonização da América espanhola.Julia Maldonado Garcia
 
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.Julia Maldonado Garcia
 

Mais de Julia Maldonado Garcia (20)

{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
 
{Biologia} Ciclo do enxofre
{Biologia} Ciclo do enxofre{Biologia} Ciclo do enxofre
{Biologia} Ciclo do enxofre
 
Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.
 
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
 
{Física} Lâmpadas.
{Física} Lâmpadas.{Física} Lâmpadas.
{Física} Lâmpadas.
 
{Sociologia} Imigração.
{Sociologia} Imigração.{Sociologia} Imigração.
{Sociologia} Imigração.
 
{Educação Física} Handebol
{Educação Física} Handebol{Educação Física} Handebol
{Educação Física} Handebol
 
{História} Conjuração Baiana.
{História} Conjuração Baiana.{História} Conjuração Baiana.
{História} Conjuração Baiana.
 
Adam Smith - História.
Adam Smith - História.Adam Smith - História.
Adam Smith - História.
 
O Alienista - Machado de Assis.
O Alienista - Machado de Assis.O Alienista - Machado de Assis.
O Alienista - Machado de Assis.
 
Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.
 
Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.
 
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
 
{História} Colonização da América espanhola.
{História} Colonização da América espanhola.{História} Colonização da América espanhola.
{História} Colonização da América espanhola.
 
Impressionismo - Artes.
Impressionismo - Artes.Impressionismo - Artes.
Impressionismo - Artes.
 
Biologia.
Biologia.Biologia.
Biologia.
 
Sociologia.
Sociologia.Sociologia.
Sociologia.
 
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
 
Gramática.
Gramática.Gramática.
Gramática.
 
Gramática.
Gramática.Gramática.
Gramática.
 

Último

"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEblogdoelvis
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfcarloseduardogonalve36
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfCsarBaltazar1
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 

Último (20)

"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 

Trabalho e Energia - Física.

  • 2. ENERGIA  Um dos conceitos fundamentais da física.  Explora todos os campos: mecânica, termodinâmica, eletromagnetismo, mecânica quântica, óptica, acústica.  Se apresenta em várias formas.  Não pode ser criada e nem destruída, apenas transformada em outro tipo de energia.
  • 3. TRABALHO  Só existe trabalho quando há deslocamento de um corpo associado à aplicação de uma força.  É necessário que esta força tenha componente na direção do deslocamento para que realize trabalho.  Trabalho está relacionado com forças e não corpos.  Grandeza escalar.  Fórmula: τ = F . x . cos α
  • 4. TRABALHO  Unidade de medida: Joule (J).  Classificação do Trabalho:  Resistente – componente força no sentido oposto ao deslocamento.  Motor - componente força no mesmo sentido do deslocamento.
  • 6. TRABALHO DE UMA FORÇA VARIÁVEL  Constroi-se no gráfico.  Força (F) x deslocamento (x).  Trabalho consiste na área do gráfico.
  • 7.  Relação entre o tempo gasto e o trabalho realizado.  Quanto menor o tempo, maior a potência.  Quanto maior a velocidade, maior a potência.  Fórmula: P = τ Δ푡 POTÊNCIA
  • 8. RENDIMENTO  Maior ou menor eficiência de certa máquina.  Relação entre potência útil e potência total.  Fórmula: η = 푃 ú푡푖푙 푃 푡표푡푎푙
  • 9. ENERGIA MECÂNICA  Pode ser potencial ou cinética.  Potencial: armazenada em altura ou molas deformadas.  Cinética: associa-se ao movimento.
  • 10. ENERGIA CINÉTICA  A quantidade de energia de um corpo depende de sua massa e de sua velocidade.  Grandeza escalar.  Fórmula: Ec = 푚 .푣² 2  Massa: Kg.  Velocidade: m/s.  Ec: J.
  • 11. ENERGIA POT. GRAVITACIONAL  Depende da altura em relação a um ponto referencial.  Relaciona-se com a posição de um corpo no campo gravitacional da terra.  Fórmula: Epg = m . g . h  Massa: Kg.  Gravidade: m/s².  Altura: m.
  • 12. ENERGIA POT. ELÁSTICA  Armazenada em virtude da deformação da mola ou do elástico.  Fórmula: Epe = 퐾 . 푋² 2  Força elástica = X . K
  • 13. SISTEMAS  Conservativo: Composto somente por forças conservativas, energia mecânica não se altera. Há transformação de Ep -> Ec e vice-versa.  Não-conservativo: Agem também forças dissipativas (como a resistência do ar e a força de atrito).
  • 14. Julia Maldonado Garcia 1º ano – Colégio Stella Maris.