SlideShare uma empresa Scribd logo
HISTÓRIA
COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA
CONQUISTA ESPANHOLA
• A chegada dos espanhois ocorreu desde o fim do século
XV.
• Os ameríndios estavam em maior número.
• Os colonizadores europeus estavam carregados de
armamentos.
• Os índios, em comparação aos armamentos dos
europeus, eram considerados inferiores. Tal fato facilitou
a dominação europeia.
CONQUISTA ESPANHOLA
• 1519.
• O colonizador Hernán Cortés, junto ao seu grupo,
construiu o primeiro contato com os astecas.
• O grupo europeu foi bem recepcionado, recebeu
presentes dos astecas, entre eles, estava uma índia, que
aprendeu a língua espanhola e auxiliou na conquista.
• O imperador Montezuma não resistiu aos espanhois, já
que este pensava que a chegada deles seria algo ligado
aos deuses que foram anunciados em uma antiga
profecia mexica.
CONQUISTA ESPANHOLA
• 1532.
• Peru – Império Inca.
• Francisco Pizarro chegou com seu grupo na região onde
encontravam-se os incas.
• O Império Inca estava em uma crise causada pela
sucessão do trono.
• Outro fator que contribuiu para a dominação, foi a
rivalidade entre grupos indígenas.
• Pizarro aprisionou o imperador inca e, pouco a pouco,
conquistou a região.
LUTA INDÍGENA CONTRA O INVASOR
• Poucos foram os indígenas que se aliaram aos
espanhois.
• Muitos indígenas resistiram à dominação.
• Alguns grupos, mesmo com grande rivalidade, acabaram
se unindo para resistir ao domínio.
• Manco Inca estimulou os índios a renunciar ao
Cristianismo, manteve as antigas tradições e fundou o
Império Neoinca.
• Quando Manco Inca morreu, seus filhos assumiram o
pode e continuaram lutando.
LUTA INDÍGENA CONTRA O INVASOR
• Os chiriguanos do Paraguai destruíram fortes espanhois,
saquearam aldeias, resgataram alguns indígenas e
mataram espanhois.
• No Chile, os indígenas aperfeiçoaram suas armas e
começaram a usar cavalos, assim como os
colonizadores.
• Ocorreram muitas revoltas, como a do Túpac Amaru, que
acabou sendo morto e seu grupo derrotado.
INSTITUCIONALIZAÇÃO DA CONQUISTA
• Após a conquista dos Impérios Inca e Asteca, a Coroa
Espanhola precisava iniciar a colonização, porém não
pretendia gastar muito com isso.
• Foram “contratados” adelantados.
• ADELANTADOS: assinavam contratos para poder
explorar as terras americanas com seus próprios
investimentos. Tinham direito vitalício, fundavam núcleos
de ocupação e construíam fortalezas.
• Deveriam cristianizar os índios e entregar um quinto da
produção como pagamento à Coroa espanhola.
INSTITUCIONALIZAÇÃO DA CONQUISTA
• CASA DE CONTRATAÇÕES: sediada em Sevilha,
funcionava como Supremo Tribunal de Justiça, controlava
a exclusividade do comércio metropolitano, fiscalizava a
cobrança do quinto. Era responsável pela gestão dos
negócios coloniais.
• REGIME DE PORTO ÚNICO: instituído em 1503,
garantia exclusividade do porto de Sevilha no comércio
com as colônias.
• Posteriormente, a Casa de Contratações autorizou outros
portos à passagem dos navios vindos da América.
ESTRUTURAS POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS
• Séculos XVI, a Espanha decidiu aprimorar seu controle
sobre as terras no Novo Mundo.
• Os antigos adelantados foram substituídos por
magistrados, foram criadas audiências.
• AUDIÊNCIAS: instaladas nos centros coloniais, tinham
funções administrativas e judiciárias.
• CONSELHO DAS ÍNDIAS: Em 1524, centraliza a
legislação e a administração da América espanhola.
ESTRUTURAS POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS
• Os territórios espanhois foram divididos em Vice-Reinos.
• VICE-REINOS: criados para administrar com mais
edificiência os domínios espanhois na América.
• VICE-REIS: Representavam os interesses do Rei da
Espanha, pertenciam à alta nobreza e eram responsáveis
pelo controle das minas e administração.
Supervisionavam a evangelização dos nativos e
presidiam as sessões da Audiência.
ESTRUTURAS POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS
• CAPITANIAS GERAIS: forneciam recursos para a
conquista do México.
• CHAPETONES: altos funcionários, foram enviados pela
Coroa. Eram nascidos na Espanha e administravam o
poder das colônias.
• CABILDOS: eram como Câmaras Municipais, cuidavam
dos problemas e das necessidades do cotiados dos
municípios.
• CRIOLLOS: Filhos de espanhois, nascidos na América,
membros dos Cabildos.
ESTRUTURAS POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS
• MESTIÇOS: filhos de espanhois com índios. Não tinham
direitos políticos, exerciam funções como artesãos,
administradores das propriedades.
• ÍNDIOS: trabalhavam na agricultura e nas minas.
• AFRICANOS ESCRAVIZADOS: utilizados nas
propriedades agrícolas das Antilhas.
MISCIGENAÇÃO E PRECONCEITO
• A colonização originou novos povos.
• Novas relações socias, econômicas e políticas se
estabeleceram.
• Juntamente com a mistura de povos, surgiram barreiras e
resistências como forma de preconceito.
• As relações com misturas raciais engrossavam a fileira
dos excluídos socialmente, então, por razões legais, os
matrimônios não eram oficializados.
• O crescimento populacional foi grande, logo, surgiu a
preocupação da Coroa com um possível descontrole
populacional, como medida de prevenção, impôs limites a
mestiços e obrigou a educação cristã.
ATIVIDADES ECONÔMICAS E FORMAS DE TRABALHO
• A princípio, a atividade inicial foi a exploração do ouro.
Logo em seguida, veio a exploração da prata, usando
mão de obra indígena, vinda, principalmente, das
mulheres.
• O subsolo pertencia à Coroa, que concedeu permissão
aos mineradores. A necessidade de grandes
investimentos eliminou os pequenos e médios
mineradores.
• Grupos elitizados assumiram a mineração.
REPARTIMIENTOS E ENCOMIENDAS
• REPARTIMIENTOS: utilizados em minas e em setores de
beneficiamento do minério, com caráter obrigatório e
temporário.
• Mobilizava mão de obra, geralmente, por sorteio. Os
indígenas selecionados pelo líder (kuraka) deveriam
prestar serviço árduo e insalubre em qualquer área da
comunidade.
• Recebiam baixíssimos salários e, após, poderiam ficar
com parte da produção.
REPARTIMIENTOS E ENCOMIENDAS
• ENCOMIENDAS: tipo especial de repartimiento,
estabelecido em 1512, as comunidades indígenas foram
confiadas aos colonos espanhois.
• Esses ficaram á disposição para trabalhar com agricultura
e extração de metais.
• O encomendero assegurava a catequização aos índios e
estes, em troca, davam seu trabalho e pagavam tributos.
• A encomienda poderia ser transferida por até duas
gerações, o encomendero não poderia se apoderar das
terras indígenas.
HACIENDAS
• As haciendas faziam uso do Plantation (grande
propriedades monoculturas de produtos tropicais e
subtropicais).
• Usavam trabalho compulsório e autoritário, no qual o
proprietário controlava as atividades agrícolas e as vidas
dos que dependiam dele econômica e socialmente.
• A mercadoria era destinada prioritariamente ao mercado
mais restrito.
• Algumas áreas se destacaram pela produção voltada ao
mercado externo (com algodão e açúcar).
ESCRAVOS AFRICANOS
• Poucos foram usados.
• Serviam apenas para suprir a mão de obra que faltava.
• Eram aproximadamente 10% de toda mão de obra
utilizada na colonização.
• Existia uma exceção: Cuba.
• Onde se produzia açúcar, e com a explosão do açúcar na
Europa, necessitou de muita mão de obra.
Julia Maldonado Garcia.
2ª série – Ensino Médio.
25 de fevereiro de 2015.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

renascimento cultural 7º ano
  renascimento cultural 7º ano  renascimento cultural 7º ano
renascimento cultural 7º ano
Colégio Basic e Colégio Imperatrice
 
2.navegações espanholas
2.navegações espanholas2.navegações espanholas
2.navegações espanholas
valdeck1
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
Dirair
 
Revoltas Coloniais
Revoltas ColoniaisRevoltas Coloniais
Revoltas Coloniais
Edenilson Morais
 
A crise no império romano
A crise no império romanoA crise no império romano
A crise no império romano
Nilton Silva Jardim Junior
 
Os Persas - 6º Ano (2018)
Os Persas - 6º Ano (2018)Os Persas - 6º Ano (2018)
Os Persas - 6º Ano (2018)
Nefer19
 
A África antiga
A África antigaA África antiga
A África antiga
Ana Carvalho
 
3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial
Daniel Alves Bronstrup
 
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Nefer19
 
Colonização das américas
Colonização das américasColonização das américas
Colonização das américas
harlissoncarvalho
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
Douglas Barraqui
 
O fim do Império Romano
O fim do Império RomanoO fim do Império Romano
O fim do Império Romano
Patrícia Costa Grigório
 
Antigo Oriente
Antigo Oriente Antigo Oriente
Antigo Oriente
Aulas de História
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
Daniel Alves Bronstrup
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
edna2
 
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
Nefer19
 
Slide reinos africanos
Slide reinos africanosSlide reinos africanos
Slide reinos africanos
Isabel Aguiar
 
Povos germânicos
Povos germânicosPovos germânicos
Povos germânicos
Eduard Henry
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
Daniel Alves Bronstrup
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
Isabel Aguiar
 

Mais procurados (20)

renascimento cultural 7º ano
  renascimento cultural 7º ano  renascimento cultural 7º ano
renascimento cultural 7º ano
 
2.navegações espanholas
2.navegações espanholas2.navegações espanholas
2.navegações espanholas
 
Idade média
Idade médiaIdade média
Idade média
 
Revoltas Coloniais
Revoltas ColoniaisRevoltas Coloniais
Revoltas Coloniais
 
A crise no império romano
A crise no império romanoA crise no império romano
A crise no império romano
 
Os Persas - 6º Ano (2018)
Os Persas - 6º Ano (2018)Os Persas - 6º Ano (2018)
Os Persas - 6º Ano (2018)
 
A África antiga
A África antigaA África antiga
A África antiga
 
3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial3° ano - Revoltas do Período Regencial
3° ano - Revoltas do Período Regencial
 
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)Egito Antigo - 6º Ano (2018)
Egito Antigo - 6º Ano (2018)
 
Colonização das américas
Colonização das américasColonização das américas
Colonização das américas
 
América portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasilAmérica portuguesa a colonização do brasil
América portuguesa a colonização do brasil
 
O fim do Império Romano
O fim do Império RomanoO fim do Império Romano
O fim do Império Romano
 
Antigo Oriente
Antigo Oriente Antigo Oriente
Antigo Oriente
 
Renascimento cultural
Renascimento culturalRenascimento cultural
Renascimento cultural
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
 
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
As Grandes Navegações - 7º Ano (2016)
 
Slide reinos africanos
Slide reinos africanosSlide reinos africanos
Slide reinos africanos
 
Povos germânicos
Povos germânicosPovos germânicos
Povos germânicos
 
1° ano E.M. - Antigo Egito
1° ano E.M. -  Antigo Egito1° ano E.M. -  Antigo Egito
1° ano E.M. - Antigo Egito
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
 

Destaque

Conquista da america
Conquista da americaConquista da america
Conquista da america
vr1a2011
 
CristóVãO Colombo
CristóVãO ColomboCristóVãO Colombo
CristóVãO Colombo
crie_historia8
 
Cristóvão Colombo - Prof. Altair Aguilar
Cristóvão Colombo - Prof. Altair AguilarCristóvão Colombo - Prof. Altair Aguilar
Cristóvão Colombo - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
01 aula, colombo e a américa
01 aula, colombo e a américa01 aula, colombo e a américa
01 aula, colombo e a américa
Claytoncr
 
Descobridores
DescobridoresDescobridores
Descobridores
beelvas
 
Conquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaConquista e colonização da América
Conquista e colonização da América
Elton Zanoni
 
A colonização das americas
A colonização das americasA colonização das americas
A colonização das americas
Adriana Gomes Messias
 
14 história rafael - conquista da américa, povos pré-colombianos e coloniz...
14 história   rafael  - conquista da américa, povos pré-colombianos e coloniz...14 história   rafael  - conquista da américa, povos pré-colombianos e coloniz...
14 história rafael - conquista da américa, povos pré-colombianos e coloniz...
Rafael Noronha
 
A conquista da américa
A conquista da américaA conquista da américa
A conquista da américa
RODRIGO Cicéro
 
A Colonização da América
A Colonização da AméricaA Colonização da América
A Colonização da América
Gabriel Caseiro
 
Slide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da AméricaSlide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da América
Célia Tavares
 
A Descoberta Da AméRica E O Tratado
A Descoberta Da AméRica E O TratadoA Descoberta Da AméRica E O Tratado
A Descoberta Da AméRica E O Tratado
PauloNeto
 
A colonização das Américas
A colonização das AméricasA colonização das Américas
A colonização das Américas
Mario Romero
 
Enem em foco história - rafael - conquista da américa, povos pré-colombia...
Enem em foco    história - rafael  - conquista da américa, povos pré-colombia...Enem em foco    história - rafael  - conquista da américa, povos pré-colombia...
Enem em foco história - rafael - conquista da américa, povos pré-colombia...
Rafael Noronha
 
Tratado de Tordesilhas - Prof. Altair Aguilar
Tratado de Tordesilhas - Prof. Altair AguilarTratado de Tordesilhas - Prof. Altair Aguilar
Tratado de Tordesilhas - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
A Descoberta Da AméRica E O Tratado
A Descoberta Da AméRica E O TratadoA Descoberta Da AméRica E O Tratado
A Descoberta Da AméRica E O Tratado
PauloNeto
 

Destaque (16)

Conquista da america
Conquista da americaConquista da america
Conquista da america
 
CristóVãO Colombo
CristóVãO ColomboCristóVãO Colombo
CristóVãO Colombo
 
Cristóvão Colombo - Prof. Altair Aguilar
Cristóvão Colombo - Prof. Altair AguilarCristóvão Colombo - Prof. Altair Aguilar
Cristóvão Colombo - Prof. Altair Aguilar
 
01 aula, colombo e a américa
01 aula, colombo e a américa01 aula, colombo e a américa
01 aula, colombo e a américa
 
Descobridores
DescobridoresDescobridores
Descobridores
 
Conquista e colonização da América
Conquista e colonização da AméricaConquista e colonização da América
Conquista e colonização da América
 
A colonização das americas
A colonização das americasA colonização das americas
A colonização das americas
 
14 história rafael - conquista da américa, povos pré-colombianos e coloniz...
14 história   rafael  - conquista da américa, povos pré-colombianos e coloniz...14 história   rafael  - conquista da américa, povos pré-colombianos e coloniz...
14 história rafael - conquista da américa, povos pré-colombianos e coloniz...
 
A conquista da américa
A conquista da américaA conquista da américa
A conquista da américa
 
A Colonização da América
A Colonização da AméricaA Colonização da América
A Colonização da América
 
Slide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da AméricaSlide reflexo e conquista da América
Slide reflexo e conquista da América
 
A Descoberta Da AméRica E O Tratado
A Descoberta Da AméRica E O TratadoA Descoberta Da AméRica E O Tratado
A Descoberta Da AméRica E O Tratado
 
A colonização das Américas
A colonização das AméricasA colonização das Américas
A colonização das Américas
 
Enem em foco história - rafael - conquista da américa, povos pré-colombia...
Enem em foco    história - rafael  - conquista da américa, povos pré-colombia...Enem em foco    história - rafael  - conquista da américa, povos pré-colombia...
Enem em foco história - rafael - conquista da américa, povos pré-colombia...
 
Tratado de Tordesilhas - Prof. Altair Aguilar
Tratado de Tordesilhas - Prof. Altair AguilarTratado de Tordesilhas - Prof. Altair Aguilar
Tratado de Tordesilhas - Prof. Altair Aguilar
 
A Descoberta Da AméRica E O Tratado
A Descoberta Da AméRica E O TratadoA Descoberta Da AméRica E O Tratado
A Descoberta Da AméRica E O Tratado
 

Semelhante a {História} Colonização da América espanhola.

A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptxA COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
DANILOARAUJOSANTANA
 
A colonização da América espanhola
A colonização da América espanholaA colonização da América espanhola
A colonização da América espanhola
Ramiro Bicca
 
america-espanhola 2 ano.ppt
america-espanhola 2 ano.pptamerica-espanhola 2 ano.ppt
america-espanhola 2 ano.ppt
RogerioTrentin2
 
america-espanhola 2 ano.ppt
america-espanhola 2 ano.pptamerica-espanhola 2 ano.ppt
america-espanhola 2 ano.ppt
RogerioTrentin2
 
A CONQUISTA ESPANHOLA NA AMERICA .pptx
A CONQUISTA ESPANHOLA NA AMERICA   .pptxA CONQUISTA ESPANHOLA NA AMERICA   .pptx
A CONQUISTA ESPANHOLA NA AMERICA .pptx
PatrciadeAlmeidaSale
 
AMERICA-ESPANHOLA.ppt
AMERICA-ESPANHOLA.pptAMERICA-ESPANHOLA.ppt
AMERICA-ESPANHOLA.ppt
Cristiano de Sousa
 
HISTORIA DA AMERICA - AMERICA PRÉ COLOMBIANA
HISTORIA DA AMERICA - AMERICA PRÉ COLOMBIANAHISTORIA DA AMERICA - AMERICA PRÉ COLOMBIANA
HISTORIA DA AMERICA - AMERICA PRÉ COLOMBIANA
JaneLima61
 
2 conquista america espanhola
2 conquista america espanhola2 conquista america espanhola
2 conquista america espanhola
Paulo Alexandre
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
joana71
 
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm   his 2 ano - colonização da américa espanholaCpm   his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
A conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américaA conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américa
Fernando Fagundes
 
AMERICA-ESPANHOLA.pptx
AMERICA-ESPANHOLA.pptxAMERICA-ESPANHOLA.pptx
AMERICA-ESPANHOLA.pptx
RafaelyLeite1
 
América espanhola
América espanholaAmérica espanhola
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
Julia Selistre
 
A expansao-maritima-e-a-colonizacao-da-america
A expansao-maritima-e-a-colonizacao-da-americaA expansao-maritima-e-a-colonizacao-da-america
A expansao-maritima-e-a-colonizacao-da-america
Diego Fruscalso
 
2º ano 2014 história rafa - conquista da américa, povos pré-colombianos e c...
2º ano 2014 história   rafa - conquista da américa, povos pré-colombianos e c...2º ano 2014 história   rafa - conquista da américa, povos pré-colombianos e c...
2º ano 2014 história rafa - conquista da américa, povos pré-colombianos e c...
Rafael Noronha
 
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
Edna Calderaro
 
colonizacao_espanhola.ppt
colonizacao_espanhola.pptcolonizacao_espanhola.ppt
colonizacao_espanhola.ppt
JOCAGAMER1
 
historia_7º ano_slide_aula 30 AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA DAS TERRAS INCAS.pptx
historia_7º ano_slide_aula 30 AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA DAS TERRAS INCAS.pptxhistoria_7º ano_slide_aula 30 AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA DAS TERRAS INCAS.pptx
historia_7º ano_slide_aula 30 AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA DAS TERRAS INCAS.pptx
JulioMendona12
 

Semelhante a {História} Colonização da América espanhola. (20)

A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptxA COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
A COLONIZAÇÃO DA AMÉRICA ESPANHOLA.pptx
 
A colonização da América espanhola
A colonização da América espanholaA colonização da América espanhola
A colonização da América espanhola
 
america-espanhola 2 ano.ppt
america-espanhola 2 ano.pptamerica-espanhola 2 ano.ppt
america-espanhola 2 ano.ppt
 
america-espanhola 2 ano.ppt
america-espanhola 2 ano.pptamerica-espanhola 2 ano.ppt
america-espanhola 2 ano.ppt
 
A CONQUISTA ESPANHOLA NA AMERICA .pptx
A CONQUISTA ESPANHOLA NA AMERICA   .pptxA CONQUISTA ESPANHOLA NA AMERICA   .pptx
A CONQUISTA ESPANHOLA NA AMERICA .pptx
 
AMERICA-ESPANHOLA.ppt
AMERICA-ESPANHOLA.pptAMERICA-ESPANHOLA.ppt
AMERICA-ESPANHOLA.ppt
 
HISTORIA DA AMERICA - AMERICA PRÉ COLOMBIANA
HISTORIA DA AMERICA - AMERICA PRÉ COLOMBIANAHISTORIA DA AMERICA - AMERICA PRÉ COLOMBIANA
HISTORIA DA AMERICA - AMERICA PRÉ COLOMBIANA
 
2 conquista america espanhola
2 conquista america espanhola2 conquista america espanhola
2 conquista america espanhola
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
 
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm   his 2 ano - colonização da américa espanholaCpm   his 2 ano - colonização da américa espanhola
Cpm his 2 ano - colonização da américa espanhola
 
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
Cpm his2ano-colonizaodaamricaespanhola-160414035722
 
A conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américaA conquista e a colonização espanhola na américa
A conquista e a colonização espanhola na américa
 
AMERICA-ESPANHOLA.pptx
AMERICA-ESPANHOLA.pptxAMERICA-ESPANHOLA.pptx
AMERICA-ESPANHOLA.pptx
 
América espanhola
América espanholaAmérica espanhola
América espanhola
 
America espanhola
America espanholaAmerica espanhola
America espanhola
 
A expansao-maritima-e-a-colonizacao-da-america
A expansao-maritima-e-a-colonizacao-da-americaA expansao-maritima-e-a-colonizacao-da-america
A expansao-maritima-e-a-colonizacao-da-america
 
2º ano 2014 história rafa - conquista da américa, povos pré-colombianos e c...
2º ano 2014 história   rafa - conquista da américa, povos pré-colombianos e c...2º ano 2014 história   rafa - conquista da américa, povos pré-colombianos e c...
2º ano 2014 história rafa - conquista da américa, povos pré-colombianos e c...
 
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
7º ano - HISTÓRIA 1 - Slides. smileleiva
 
colonizacao_espanhola.ppt
colonizacao_espanhola.pptcolonizacao_espanhola.ppt
colonizacao_espanhola.ppt
 
historia_7º ano_slide_aula 30 AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA DAS TERRAS INCAS.pptx
historia_7º ano_slide_aula 30 AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA DAS TERRAS INCAS.pptxhistoria_7º ano_slide_aula 30 AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA DAS TERRAS INCAS.pptx
historia_7º ano_slide_aula 30 AMÉRICA ESPANHOLA CONQUISTA DAS TERRAS INCAS.pptx
 

Mais de Julia Maldonado Garcia

{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
Julia Maldonado Garcia
 
{Biologia} Ciclo do enxofre
{Biologia} Ciclo do enxofre{Biologia} Ciclo do enxofre
{Biologia} Ciclo do enxofre
Julia Maldonado Garcia
 
Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.
Julia Maldonado Garcia
 
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Julia Maldonado Garcia
 
{Física} Lâmpadas.
{Física} Lâmpadas.{Física} Lâmpadas.
{Física} Lâmpadas.
Julia Maldonado Garcia
 
{Sociologia} Imigração.
{Sociologia} Imigração.{Sociologia} Imigração.
{Sociologia} Imigração.
Julia Maldonado Garcia
 
{Educação Física} Handebol
{Educação Física} Handebol{Educação Física} Handebol
{Educação Física} Handebol
Julia Maldonado Garcia
 
{História} Conjuração Baiana.
{História} Conjuração Baiana.{História} Conjuração Baiana.
{História} Conjuração Baiana.
Julia Maldonado Garcia
 
Adam Smith - História.
Adam Smith - História.Adam Smith - História.
Adam Smith - História.
Julia Maldonado Garcia
 
O Alienista - Machado de Assis.
O Alienista - Machado de Assis.O Alienista - Machado de Assis.
O Alienista - Machado de Assis.
Julia Maldonado Garcia
 
Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.
Julia Maldonado Garcia
 
Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.
Julia Maldonado Garcia
 
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Julia Maldonado Garcia
 
Impressionismo - Artes.
Impressionismo - Artes.Impressionismo - Artes.
Impressionismo - Artes.
Julia Maldonado Garcia
 
Biologia.
Biologia.Biologia.
Sociologia.
Sociologia.Sociologia.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Julia Maldonado Garcia
 
Gramática.
Gramática.Gramática.
Gramática.
Gramática.Gramática.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Julia Maldonado Garcia
 

Mais de Julia Maldonado Garcia (20)

{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
{Língua Portuguesa e Literatura} Teatro moderno brasileiro.
 
{Biologia} Ciclo do enxofre
{Biologia} Ciclo do enxofre{Biologia} Ciclo do enxofre
{Biologia} Ciclo do enxofre
 
Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.Química: Propriedades dos Polímeros.
Química: Propriedades dos Polímeros.
 
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
Auto da compadecida, Ariano Suassuna.
 
{Física} Lâmpadas.
{Física} Lâmpadas.{Física} Lâmpadas.
{Física} Lâmpadas.
 
{Sociologia} Imigração.
{Sociologia} Imigração.{Sociologia} Imigração.
{Sociologia} Imigração.
 
{Educação Física} Handebol
{Educação Física} Handebol{Educação Física} Handebol
{Educação Física} Handebol
 
{História} Conjuração Baiana.
{História} Conjuração Baiana.{História} Conjuração Baiana.
{História} Conjuração Baiana.
 
Adam Smith - História.
Adam Smith - História.Adam Smith - História.
Adam Smith - História.
 
O Alienista - Machado de Assis.
O Alienista - Machado de Assis.O Alienista - Machado de Assis.
O Alienista - Machado de Assis.
 
Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.Biologia - O Reino Fungi.
Biologia - O Reino Fungi.
 
Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.Geografia - Fontes de Energia.
Geografia - Fontes de Energia.
 
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
Matemática - Matrizes e Determinantes (Pt 1).
 
Impressionismo - Artes.
Impressionismo - Artes.Impressionismo - Artes.
Impressionismo - Artes.
 
Biologia.
Biologia.Biologia.
Biologia.
 
Sociologia.
Sociologia.Sociologia.
Sociologia.
 
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.Romantismo - 1ª geração - Literauta.
Romantismo - 1ª geração - Literauta.
 
Gramática.
Gramática.Gramática.
Gramática.
 
Gramática.
Gramática.Gramática.
Gramática.
 
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
Sociologia - Grupos e tribos, cultura e família.
 

Último

A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdfConstrução Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Falcão Brasil
 
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdfCorreio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Falcão Brasil
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
ProfessoraSilmaraArg
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumoESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
SolangeWaltre
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdfConstrução Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
Construção Aeronáutica no Brasil. Embraer.pdf
 
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdfCorreio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
Correio Aéreo Nacional (CAN) e Aviação de Transporte na FAB.pdf
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdfAula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
Aula 3 CURSO LETRANDO (classes gramaticais).pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumoESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS  DE ÉPOCA- resumo
ESCOLAS LITERÁRIAS OU ESTILOS DE ÉPOCA- resumo
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 

{História} Colonização da América espanhola.

  • 2. CONQUISTA ESPANHOLA • A chegada dos espanhois ocorreu desde o fim do século XV. • Os ameríndios estavam em maior número. • Os colonizadores europeus estavam carregados de armamentos. • Os índios, em comparação aos armamentos dos europeus, eram considerados inferiores. Tal fato facilitou a dominação europeia.
  • 3. CONQUISTA ESPANHOLA • 1519. • O colonizador Hernán Cortés, junto ao seu grupo, construiu o primeiro contato com os astecas. • O grupo europeu foi bem recepcionado, recebeu presentes dos astecas, entre eles, estava uma índia, que aprendeu a língua espanhola e auxiliou na conquista. • O imperador Montezuma não resistiu aos espanhois, já que este pensava que a chegada deles seria algo ligado aos deuses que foram anunciados em uma antiga profecia mexica.
  • 4. CONQUISTA ESPANHOLA • 1532. • Peru – Império Inca. • Francisco Pizarro chegou com seu grupo na região onde encontravam-se os incas. • O Império Inca estava em uma crise causada pela sucessão do trono. • Outro fator que contribuiu para a dominação, foi a rivalidade entre grupos indígenas. • Pizarro aprisionou o imperador inca e, pouco a pouco, conquistou a região.
  • 5. LUTA INDÍGENA CONTRA O INVASOR • Poucos foram os indígenas que se aliaram aos espanhois. • Muitos indígenas resistiram à dominação. • Alguns grupos, mesmo com grande rivalidade, acabaram se unindo para resistir ao domínio. • Manco Inca estimulou os índios a renunciar ao Cristianismo, manteve as antigas tradições e fundou o Império Neoinca. • Quando Manco Inca morreu, seus filhos assumiram o pode e continuaram lutando.
  • 6. LUTA INDÍGENA CONTRA O INVASOR • Os chiriguanos do Paraguai destruíram fortes espanhois, saquearam aldeias, resgataram alguns indígenas e mataram espanhois. • No Chile, os indígenas aperfeiçoaram suas armas e começaram a usar cavalos, assim como os colonizadores. • Ocorreram muitas revoltas, como a do Túpac Amaru, que acabou sendo morto e seu grupo derrotado.
  • 7. INSTITUCIONALIZAÇÃO DA CONQUISTA • Após a conquista dos Impérios Inca e Asteca, a Coroa Espanhola precisava iniciar a colonização, porém não pretendia gastar muito com isso. • Foram “contratados” adelantados. • ADELANTADOS: assinavam contratos para poder explorar as terras americanas com seus próprios investimentos. Tinham direito vitalício, fundavam núcleos de ocupação e construíam fortalezas. • Deveriam cristianizar os índios e entregar um quinto da produção como pagamento à Coroa espanhola.
  • 8. INSTITUCIONALIZAÇÃO DA CONQUISTA • CASA DE CONTRATAÇÕES: sediada em Sevilha, funcionava como Supremo Tribunal de Justiça, controlava a exclusividade do comércio metropolitano, fiscalizava a cobrança do quinto. Era responsável pela gestão dos negócios coloniais. • REGIME DE PORTO ÚNICO: instituído em 1503, garantia exclusividade do porto de Sevilha no comércio com as colônias. • Posteriormente, a Casa de Contratações autorizou outros portos à passagem dos navios vindos da América.
  • 9. ESTRUTURAS POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS • Séculos XVI, a Espanha decidiu aprimorar seu controle sobre as terras no Novo Mundo. • Os antigos adelantados foram substituídos por magistrados, foram criadas audiências. • AUDIÊNCIAS: instaladas nos centros coloniais, tinham funções administrativas e judiciárias. • CONSELHO DAS ÍNDIAS: Em 1524, centraliza a legislação e a administração da América espanhola.
  • 10. ESTRUTURAS POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS • Os territórios espanhois foram divididos em Vice-Reinos. • VICE-REINOS: criados para administrar com mais edificiência os domínios espanhois na América. • VICE-REIS: Representavam os interesses do Rei da Espanha, pertenciam à alta nobreza e eram responsáveis pelo controle das minas e administração. Supervisionavam a evangelização dos nativos e presidiam as sessões da Audiência.
  • 11. ESTRUTURAS POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS • CAPITANIAS GERAIS: forneciam recursos para a conquista do México. • CHAPETONES: altos funcionários, foram enviados pela Coroa. Eram nascidos na Espanha e administravam o poder das colônias. • CABILDOS: eram como Câmaras Municipais, cuidavam dos problemas e das necessidades do cotiados dos municípios. • CRIOLLOS: Filhos de espanhois, nascidos na América, membros dos Cabildos.
  • 12. ESTRUTURAS POLÍTICO-ADMINISTRATIVAS • MESTIÇOS: filhos de espanhois com índios. Não tinham direitos políticos, exerciam funções como artesãos, administradores das propriedades. • ÍNDIOS: trabalhavam na agricultura e nas minas. • AFRICANOS ESCRAVIZADOS: utilizados nas propriedades agrícolas das Antilhas.
  • 13. MISCIGENAÇÃO E PRECONCEITO • A colonização originou novos povos. • Novas relações socias, econômicas e políticas se estabeleceram. • Juntamente com a mistura de povos, surgiram barreiras e resistências como forma de preconceito. • As relações com misturas raciais engrossavam a fileira dos excluídos socialmente, então, por razões legais, os matrimônios não eram oficializados. • O crescimento populacional foi grande, logo, surgiu a preocupação da Coroa com um possível descontrole populacional, como medida de prevenção, impôs limites a mestiços e obrigou a educação cristã.
  • 14. ATIVIDADES ECONÔMICAS E FORMAS DE TRABALHO • A princípio, a atividade inicial foi a exploração do ouro. Logo em seguida, veio a exploração da prata, usando mão de obra indígena, vinda, principalmente, das mulheres. • O subsolo pertencia à Coroa, que concedeu permissão aos mineradores. A necessidade de grandes investimentos eliminou os pequenos e médios mineradores. • Grupos elitizados assumiram a mineração.
  • 15. REPARTIMIENTOS E ENCOMIENDAS • REPARTIMIENTOS: utilizados em minas e em setores de beneficiamento do minério, com caráter obrigatório e temporário. • Mobilizava mão de obra, geralmente, por sorteio. Os indígenas selecionados pelo líder (kuraka) deveriam prestar serviço árduo e insalubre em qualquer área da comunidade. • Recebiam baixíssimos salários e, após, poderiam ficar com parte da produção.
  • 16. REPARTIMIENTOS E ENCOMIENDAS • ENCOMIENDAS: tipo especial de repartimiento, estabelecido em 1512, as comunidades indígenas foram confiadas aos colonos espanhois. • Esses ficaram á disposição para trabalhar com agricultura e extração de metais. • O encomendero assegurava a catequização aos índios e estes, em troca, davam seu trabalho e pagavam tributos. • A encomienda poderia ser transferida por até duas gerações, o encomendero não poderia se apoderar das terras indígenas.
  • 17. HACIENDAS • As haciendas faziam uso do Plantation (grande propriedades monoculturas de produtos tropicais e subtropicais). • Usavam trabalho compulsório e autoritário, no qual o proprietário controlava as atividades agrícolas e as vidas dos que dependiam dele econômica e socialmente. • A mercadoria era destinada prioritariamente ao mercado mais restrito. • Algumas áreas se destacaram pela produção voltada ao mercado externo (com algodão e açúcar).
  • 18. ESCRAVOS AFRICANOS • Poucos foram usados. • Serviam apenas para suprir a mão de obra que faltava. • Eram aproximadamente 10% de toda mão de obra utilizada na colonização. • Existia uma exceção: Cuba. • Onde se produzia açúcar, e com a explosão do açúcar na Europa, necessitou de muita mão de obra.
  • 19. Julia Maldonado Garcia. 2ª série – Ensino Médio. 25 de fevereiro de 2015.