SlideShare uma empresa Scribd logo
Rotina de ordenha mecânica em vacas

Ângela Martins
Objetivos da ordenha
-

Obter todo o leite produzido pela vaca
Obter leite limpo
Evitar lesões do úbere
Evitar o contágio de uma vaca doente a outra
Utilizar eficazmente a máquina de ordenha
Higiene dos animais
Manter as vacas limpas (> 95%)
– Distribuir material para a cama diariamente
– Limpar frequentemente corredores e zonas de trânsito de vacas, parques
de exercício, etc.
– Alojamentos bem desenhados
- Tosquiar úberes, flancos e rabo
- Conduzir e manter o rebanho sem stress

Higiene ambiental
-

Do ordenhador
Do ar
Da água
Dos alimentos
Linha de ordenha
(ordem dos animais para a ordenha)
1º Vacas primíparas sem mamite
2º Vacas multíparas que nunca tiveram mamites
3º Vacas que já tiveram mamites mas já estão
curadas
4º Vacas com mamites subclínicas
5º Vacas com mamite clínica
6º Vacas com mamites crónicas
Etapas da ordenha
1- Entrada na sala de espera
Devem permanecer pelo menos 5 min. na sala de
espera antes da ordenha.
Este período não deve ser
superior a 1h30min.
Etapas da ordenha
2- Entrada na sala de ordenha
É importante que os animais se habituem a entrar
sozinhos.
Deve ter um ambiente limpo e tranquilo para as
vacas.
Etapas da ordenha
3- Extração dos primeiros jorros de leite
Apresentam um elevado nível de microrganismos
e pode determinar-se a presença de mamites.
– Comprovar leite anormal
– Retirar fração + contaminada
– Assegurar que o canal se abre
– Estimular libertação de oxitocina
– Não deitar leite para o chão
Etapas da ordenha
4- Lavagem dos tetos e superfície inferior do úbere
Limpeza e eliminação de sujidade.
Estimular a descida do leite.
Nota:
- Não lavar todo o úbere
- Utilizar a menor quantidade de água possível
- Não secar com panos ou trapos
- Não lavar os tetos de todas as vacas com água do mesmo balde
- Não humedecer os tetos com o leite dos primeiros jorros
Etapas da ordenha
5- Pré-imersão os tetos (predipping)
O produto deve atuar pelo menos 30 seg.

- Não autorizado em muitos países
– Usar quando há problemas de mamites
Etapas da ordenha
6-Secagem dos tetos
Secar com papel descartável individualmente.
Quanto mais seco melhor.
Etapas da ordenha
7- Colocação da unidade de ordenha
Imediatamente após a secagem.
No máximo 1 minuto após o início da preparação
do úbere.
O estímulo dura entre 4-7 minutos.
Observar e ajustar as tetinas quando necessário,
evitando a entrada de ar e riscos de contaminação
do leite ou dos tetos.
Não deve passar de 1,5 minutos do predipping
Etapas da ordenha
8- Retirada da unidade de ordenha
Quando a ordenha estiver concluída, o vácuo para o
conjunto de ordenha pode ser desligado manual ou
automaticamente.
Deixe que o vácuo do coletor baixe completamente antes
de retirar a unidade.
NÃO comprima o úbere nem puxe as unidades de
ordenha, pois isso pode levar à entrada de ar, o que tem
sido relacionado a novos casos de mamite.
Etapas da ordenha
9- Desinfeção dos tetos (postdipping)
Imersão dos tetos em solução desinfetante glicerinada, sendo
geralmente utilizada solução de iodo (0.5%), de cloraxidina (de 0,5
a 1.0%) ou de cloro (de 0.3 a 0.5%).
Aplique logo após o final da ordenha.
Aplique a solução cuidadosamente em todo o teto.
Função de proteger os tetos contra a contaminação dos
microrganismos após a ordenha.
Não seque o teto após.
É importante que o produto desinfetante tenha tempo de atuar.
Etapas da ordenha
10- Saída dos animais
- Atenção às saídas automáticas
- Fornecer alimento logo após a saída da sala de ordenha.

- Impedir que se deitem nos 30 minutos seguintes.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Produção de leite com qualidade - SIT
Produção de leite com qualidade - SITProdução de leite com qualidade - SIT
Produção de leite com qualidade - SIT
Leonardo Gravina
 
Caprinos e Ovinos
Caprinos e OvinosCaprinos e Ovinos
Caprinos e Ovinos
Sheila Cassenotte
 
Criação de bezerras em sistemas leiteiros
Criação de bezerras em sistemas leiteirosCriação de bezerras em sistemas leiteiros
Criação de bezerras em sistemas leiteiros
Marília Gomes
 
Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte
Carlos Robério Maia Bandeira
 
Coturnicultura
Coturnicultura Coturnicultura
Coturnicultura
Cristina Marino de Souza
 
Boa AULA 03 SISTEMA DE CRIAÇÃO
Boa AULA 03 SISTEMA DE CRIAÇÃO Boa AULA 03 SISTEMA DE CRIAÇÃO
Boa AULA 03 SISTEMA DE CRIAÇÃO
MirianFernandes15
 
Apicultura Básica
Apicultura BásicaApicultura Básica
Apicultura Básica
CesarCarrijo
 
Raças de suínos
Raças de suínosRaças de suínos
Raças de suínos
Michel Oliveira
 
Tudo sobre criação de codornas
Tudo sobre criação de codornasTudo sobre criação de codornas
Tudo sobre criação de codornas
Alexandre Franco de Faria
 
Ambiência, Comportamento e Bem-Estar de Bovinos Leiteiros
Ambiência, Comportamento e Bem-Estar de Bovinos Leiteiros Ambiência, Comportamento e Bem-Estar de Bovinos Leiteiros
Ambiência, Comportamento e Bem-Estar de Bovinos Leiteiros
Agricultura Sao Paulo
 
Leites - análises e legislação
Leites - análises e legislaçãoLeites - análises e legislação
Leites - análises e legislação
Universidade Federal de Santa Catarina
 
Prova n2
Prova n2Prova n2
Prova n2
Rogger Wins
 
Cap. 4 - Manejo de frangos de corte (Parte 1).pptx
Cap. 4 - Manejo de frangos de corte (Parte 1).pptxCap. 4 - Manejo de frangos de corte (Parte 1).pptx
Cap. 4 - Manejo de frangos de corte (Parte 1).pptx
JoilsonEcheverria
 
"Web Série: Controle do Completo Respiratório Bovino" - Prof. Enrico Ortolani...
"Web Série: Controle do Completo Respiratório Bovino" - Prof. Enrico Ortolani..."Web Série: Controle do Completo Respiratório Bovino" - Prof. Enrico Ortolani...
"Web Série: Controle do Completo Respiratório Bovino" - Prof. Enrico Ortolani...
AgroTalento
 
Seminário fisiologia
Seminário fisiologiaSeminário fisiologia
Seminário fisiologia
Franciele Cristina
 
Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!
Raquel Jóia
 
Bioclimatologia para criação de coelhos
Bioclimatologia para criação de coelhosBioclimatologia para criação de coelhos
Bioclimatologia para criação de coelhos
Evelyn Golin
 
Anatomofisiologia da reprodução e manejo reprodutivo de suínos
Anatomofisiologia da reprodução e manejo reprodutivo de suínosAnatomofisiologia da reprodução e manejo reprodutivo de suínos
Anatomofisiologia da reprodução e manejo reprodutivo de suínos
Marília Gomes
 
Manejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinosManejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinos
Killer Max
 
Abate animal
Abate animalAbate animal
Abate animal
Weslley Sanjes
 

Mais procurados (20)

Produção de leite com qualidade - SIT
Produção de leite com qualidade - SITProdução de leite com qualidade - SIT
Produção de leite com qualidade - SIT
 
Caprinos e Ovinos
Caprinos e OvinosCaprinos e Ovinos
Caprinos e Ovinos
 
Criação de bezerras em sistemas leiteiros
Criação de bezerras em sistemas leiteirosCriação de bezerras em sistemas leiteiros
Criação de bezerras em sistemas leiteiros
 
Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte
 
Coturnicultura
Coturnicultura Coturnicultura
Coturnicultura
 
Boa AULA 03 SISTEMA DE CRIAÇÃO
Boa AULA 03 SISTEMA DE CRIAÇÃO Boa AULA 03 SISTEMA DE CRIAÇÃO
Boa AULA 03 SISTEMA DE CRIAÇÃO
 
Apicultura Básica
Apicultura BásicaApicultura Básica
Apicultura Básica
 
Raças de suínos
Raças de suínosRaças de suínos
Raças de suínos
 
Tudo sobre criação de codornas
Tudo sobre criação de codornasTudo sobre criação de codornas
Tudo sobre criação de codornas
 
Ambiência, Comportamento e Bem-Estar de Bovinos Leiteiros
Ambiência, Comportamento e Bem-Estar de Bovinos Leiteiros Ambiência, Comportamento e Bem-Estar de Bovinos Leiteiros
Ambiência, Comportamento e Bem-Estar de Bovinos Leiteiros
 
Leites - análises e legislação
Leites - análises e legislaçãoLeites - análises e legislação
Leites - análises e legislação
 
Prova n2
Prova n2Prova n2
Prova n2
 
Cap. 4 - Manejo de frangos de corte (Parte 1).pptx
Cap. 4 - Manejo de frangos de corte (Parte 1).pptxCap. 4 - Manejo de frangos de corte (Parte 1).pptx
Cap. 4 - Manejo de frangos de corte (Parte 1).pptx
 
"Web Série: Controle do Completo Respiratório Bovino" - Prof. Enrico Ortolani...
"Web Série: Controle do Completo Respiratório Bovino" - Prof. Enrico Ortolani..."Web Série: Controle do Completo Respiratório Bovino" - Prof. Enrico Ortolani...
"Web Série: Controle do Completo Respiratório Bovino" - Prof. Enrico Ortolani...
 
Seminário fisiologia
Seminário fisiologiaSeminário fisiologia
Seminário fisiologia
 
Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!
 
Bioclimatologia para criação de coelhos
Bioclimatologia para criação de coelhosBioclimatologia para criação de coelhos
Bioclimatologia para criação de coelhos
 
Anatomofisiologia da reprodução e manejo reprodutivo de suínos
Anatomofisiologia da reprodução e manejo reprodutivo de suínosAnatomofisiologia da reprodução e manejo reprodutivo de suínos
Anatomofisiologia da reprodução e manejo reprodutivo de suínos
 
Manejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinosManejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinos
 
Abate animal
Abate animalAbate animal
Abate animal
 

Destaque

Manual de Ordenha Manual de Bovinos
Manual de Ordenha Manual de BovinosManual de Ordenha Manual de Bovinos
Manual de Ordenha Manual de Bovinos
Sérgio Amaral
 
Inst gado leit_bio_digest_apres
Inst gado leit_bio_digest_apresInst gado leit_bio_digest_apres
Inst gado leit_bio_digest_apres
Cristina Marino de Souza
 
gado deLeite
gado deLeitegado deLeite
gado deLeite
Silvio Lopes
 
Aula de construções
Aula de construçõesAula de construções
Aula de construções
Adalberto Junior
 
Instalações rurais (Bem estar animal)
Instalações rurais (Bem estar animal)Instalações rurais (Bem estar animal)
Instalações rurais (Bem estar animal)
Jacqueline Gomes
 
Ambiência em edificações rurais
Ambiência em edificações ruraisAmbiência em edificações rurais
Ambiência em edificações rurais
Josimar Oliveira
 
Ebook mastite
Ebook mastiteEbook mastite
Ebook mastite
AgriPoint
 
Aula 1 definição, classificação.
Aula 1  definição, classificação.Aula 1  definição, classificação.
Aula 1 definição, classificação.
Nágela Magave
 
Instalações e equipamentos bovino de corte pasto e confinamento
Instalações e equipamentos bovino de corte   pasto e confinamentoInstalações e equipamentos bovino de corte   pasto e confinamento
Instalações e equipamentos bovino de corte pasto e confinamento
Lucas Camilo
 
Storyboardrotinaordenha
StoryboardrotinaordenhaStoryboardrotinaordenha
Storyboardrotinaordenha
UTAD
 
Leite de jumenta
Leite de jumentaLeite de jumenta
Leite de jumenta
Emidio Barros
 
José guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius lealJosé guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius leal
Boas Práticas Agrícolas
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
PIFOZ
 
Mastite Puerperal Estudo De Fatores Predisponentes
Mastite Puerperal Estudo De  Fatores PredisponentesMastite Puerperal Estudo De  Fatores Predisponentes
Mastite Puerperal Estudo De Fatores Predisponentes
Biblioteca Virtual
 
QualiLeiteFunarbe_2016.05.23
QualiLeiteFunarbe_2016.05.23QualiLeiteFunarbe_2016.05.23
QualiLeiteFunarbe_2016.05.23
equipeagroplus
 
LEST framework
LEST frameworkLEST framework
LEST framework
Joao Carlos Caribe
 
Edital de-chamada-pública-003 -2015-bahia-produtiva__cadeia-produtiva-apicult...
Edital de-chamada-pública-003 -2015-bahia-produtiva__cadeia-produtiva-apicult...Edital de-chamada-pública-003 -2015-bahia-produtiva__cadeia-produtiva-apicult...
Edital de-chamada-pública-003 -2015-bahia-produtiva__cadeia-produtiva-apicult...
Karlla Costa
 
Gestão inovadora na reforma do Theatro Municipal
Gestão inovadora na reforma do Theatro MunicipalGestão inovadora na reforma do Theatro Municipal
Gestão inovadora na reforma do Theatro Municipal
Joao Carlos Caribe
 
Palestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campo
Palestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campoPalestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campo
Palestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campo
Leonardo Gravina
 
Mastite dos bovinos: identificação, controle e prevenção
Mastite dos bovinos: identificação, controle e prevençãoMastite dos bovinos: identificação, controle e prevenção
Mastite dos bovinos: identificação, controle e prevenção
Leonardo Gravina
 

Destaque (20)

Manual de Ordenha Manual de Bovinos
Manual de Ordenha Manual de BovinosManual de Ordenha Manual de Bovinos
Manual de Ordenha Manual de Bovinos
 
Inst gado leit_bio_digest_apres
Inst gado leit_bio_digest_apresInst gado leit_bio_digest_apres
Inst gado leit_bio_digest_apres
 
gado deLeite
gado deLeitegado deLeite
gado deLeite
 
Aula de construções
Aula de construçõesAula de construções
Aula de construções
 
Instalações rurais (Bem estar animal)
Instalações rurais (Bem estar animal)Instalações rurais (Bem estar animal)
Instalações rurais (Bem estar animal)
 
Ambiência em edificações rurais
Ambiência em edificações ruraisAmbiência em edificações rurais
Ambiência em edificações rurais
 
Ebook mastite
Ebook mastiteEbook mastite
Ebook mastite
 
Aula 1 definição, classificação.
Aula 1  definição, classificação.Aula 1  definição, classificação.
Aula 1 definição, classificação.
 
Instalações e equipamentos bovino de corte pasto e confinamento
Instalações e equipamentos bovino de corte   pasto e confinamentoInstalações e equipamentos bovino de corte   pasto e confinamento
Instalações e equipamentos bovino de corte pasto e confinamento
 
Storyboardrotinaordenha
StoryboardrotinaordenhaStoryboardrotinaordenha
Storyboardrotinaordenha
 
Leite de jumenta
Leite de jumentaLeite de jumenta
Leite de jumenta
 
José guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius lealJosé guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius leal
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
 
Mastite Puerperal Estudo De Fatores Predisponentes
Mastite Puerperal Estudo De  Fatores PredisponentesMastite Puerperal Estudo De  Fatores Predisponentes
Mastite Puerperal Estudo De Fatores Predisponentes
 
QualiLeiteFunarbe_2016.05.23
QualiLeiteFunarbe_2016.05.23QualiLeiteFunarbe_2016.05.23
QualiLeiteFunarbe_2016.05.23
 
LEST framework
LEST frameworkLEST framework
LEST framework
 
Edital de-chamada-pública-003 -2015-bahia-produtiva__cadeia-produtiva-apicult...
Edital de-chamada-pública-003 -2015-bahia-produtiva__cadeia-produtiva-apicult...Edital de-chamada-pública-003 -2015-bahia-produtiva__cadeia-produtiva-apicult...
Edital de-chamada-pública-003 -2015-bahia-produtiva__cadeia-produtiva-apicult...
 
Gestão inovadora na reforma do Theatro Municipal
Gestão inovadora na reforma do Theatro MunicipalGestão inovadora na reforma do Theatro Municipal
Gestão inovadora na reforma do Theatro Municipal
 
Palestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campo
Palestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campoPalestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campo
Palestra 8: Experiências do Senar Minas – Minas Jovem Rural: sucessão no campo
 
Mastite dos bovinos: identificação, controle e prevenção
Mastite dos bovinos: identificação, controle e prevençãoMastite dos bovinos: identificação, controle e prevenção
Mastite dos bovinos: identificação, controle e prevenção
 

Semelhante a Rotina de ordenha mecânica1

Boas Práticas de Ordenha.pptx
Boas Práticas de Ordenha.pptxBoas Práticas de Ordenha.pptx
Boas Práticas de Ordenha.pptx
JulioGarcia972475
 
Sem título 1
Sem título 1Sem título 1
Sem título 1
Janyce Fréo
 
Avicultura
AviculturaAvicultura
Avicultura
matheush
 
Secagem da vaca
Secagem da vacaSecagem da vaca
Secagem da vaca
Dioneia Everling
 
Leite
LeiteLeite
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdfProjeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
GilbertoAlmeida52
 
Panificadora britania-multi-pane-preta
Panificadora britania-multi-pane-pretaPanificadora britania-multi-pane-preta
Panificadora britania-multi-pane-preta
Josemar Souza Santos
 
manejo de aves- tamires.pdf
manejo de aves- tamires.pdfmanejo de aves- tamires.pdf
manejo de aves- tamires.pdf
TamiresFelipe3
 
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentaçãogado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
cleber16
 
Como melhorar o desempenho de frangos4.ppt
Como melhorar  o desempenho de frangos4.pptComo melhorar  o desempenho de frangos4.ppt
Como melhorar o desempenho de frangos4.ppt
AntonioPiresdeCamarg
 
120808 13-wbeef-certif-luciano-antunes
120808 13-wbeef-certif-luciano-antunes120808 13-wbeef-certif-luciano-antunes
120808 13-wbeef-certif-luciano-antunes
AgroTalento
 
Inspeção de Leite
Inspeção de LeiteInspeção de Leite
Inspeção de Leite
Maira Veruska
 
Poedeiras
PoedeirasPoedeiras
Poedeiras
MESQUITA D. N.
 
Abatedouro Aves.ppt
Abatedouro Aves.pptAbatedouro Aves.ppt
Abatedouro Aves.ppt
ArlanFreitas2
 
Manual criação galinhas caipiras
Manual criação galinhas caipirasManual criação galinhas caipiras
Manual criação galinhas caipiras
mvezzone
 

Semelhante a Rotina de ordenha mecânica1 (15)

Boas Práticas de Ordenha.pptx
Boas Práticas de Ordenha.pptxBoas Práticas de Ordenha.pptx
Boas Práticas de Ordenha.pptx
 
Sem título 1
Sem título 1Sem título 1
Sem título 1
 
Avicultura
AviculturaAvicultura
Avicultura
 
Secagem da vaca
Secagem da vacaSecagem da vaca
Secagem da vaca
 
Leite
LeiteLeite
Leite
 
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdfProjeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
 
Panificadora britania-multi-pane-preta
Panificadora britania-multi-pane-pretaPanificadora britania-multi-pane-preta
Panificadora britania-multi-pane-preta
 
manejo de aves- tamires.pdf
manejo de aves- tamires.pdfmanejo de aves- tamires.pdf
manejo de aves- tamires.pdf
 
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentaçãogado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
 
Como melhorar o desempenho de frangos4.ppt
Como melhorar  o desempenho de frangos4.pptComo melhorar  o desempenho de frangos4.ppt
Como melhorar o desempenho de frangos4.ppt
 
120808 13-wbeef-certif-luciano-antunes
120808 13-wbeef-certif-luciano-antunes120808 13-wbeef-certif-luciano-antunes
120808 13-wbeef-certif-luciano-antunes
 
Inspeção de Leite
Inspeção de LeiteInspeção de Leite
Inspeção de Leite
 
Poedeiras
PoedeirasPoedeiras
Poedeiras
 
Abatedouro Aves.ppt
Abatedouro Aves.pptAbatedouro Aves.ppt
Abatedouro Aves.ppt
 
Manual criação galinhas caipiras
Manual criação galinhas caipirasManual criação galinhas caipiras
Manual criação galinhas caipiras
 

Último

Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, Betel, Ordenança para amar o próximo, 2Tr24.pptx
 

Rotina de ordenha mecânica1

  • 1. Rotina de ordenha mecânica em vacas Ângela Martins
  • 2. Objetivos da ordenha - Obter todo o leite produzido pela vaca Obter leite limpo Evitar lesões do úbere Evitar o contágio de uma vaca doente a outra Utilizar eficazmente a máquina de ordenha
  • 3. Higiene dos animais Manter as vacas limpas (> 95%) – Distribuir material para a cama diariamente – Limpar frequentemente corredores e zonas de trânsito de vacas, parques de exercício, etc. – Alojamentos bem desenhados - Tosquiar úberes, flancos e rabo - Conduzir e manter o rebanho sem stress Higiene ambiental - Do ordenhador Do ar Da água Dos alimentos
  • 4. Linha de ordenha (ordem dos animais para a ordenha) 1º Vacas primíparas sem mamite 2º Vacas multíparas que nunca tiveram mamites 3º Vacas que já tiveram mamites mas já estão curadas 4º Vacas com mamites subclínicas 5º Vacas com mamite clínica 6º Vacas com mamites crónicas
  • 5. Etapas da ordenha 1- Entrada na sala de espera Devem permanecer pelo menos 5 min. na sala de espera antes da ordenha. Este período não deve ser superior a 1h30min.
  • 6. Etapas da ordenha 2- Entrada na sala de ordenha É importante que os animais se habituem a entrar sozinhos. Deve ter um ambiente limpo e tranquilo para as vacas.
  • 7. Etapas da ordenha 3- Extração dos primeiros jorros de leite Apresentam um elevado nível de microrganismos e pode determinar-se a presença de mamites. – Comprovar leite anormal – Retirar fração + contaminada – Assegurar que o canal se abre – Estimular libertação de oxitocina – Não deitar leite para o chão
  • 8. Etapas da ordenha 4- Lavagem dos tetos e superfície inferior do úbere Limpeza e eliminação de sujidade. Estimular a descida do leite. Nota: - Não lavar todo o úbere - Utilizar a menor quantidade de água possível - Não secar com panos ou trapos - Não lavar os tetos de todas as vacas com água do mesmo balde - Não humedecer os tetos com o leite dos primeiros jorros
  • 9. Etapas da ordenha 5- Pré-imersão os tetos (predipping) O produto deve atuar pelo menos 30 seg. - Não autorizado em muitos países – Usar quando há problemas de mamites
  • 10. Etapas da ordenha 6-Secagem dos tetos Secar com papel descartável individualmente. Quanto mais seco melhor.
  • 11. Etapas da ordenha 7- Colocação da unidade de ordenha Imediatamente após a secagem. No máximo 1 minuto após o início da preparação do úbere. O estímulo dura entre 4-7 minutos. Observar e ajustar as tetinas quando necessário, evitando a entrada de ar e riscos de contaminação do leite ou dos tetos. Não deve passar de 1,5 minutos do predipping
  • 12. Etapas da ordenha 8- Retirada da unidade de ordenha Quando a ordenha estiver concluída, o vácuo para o conjunto de ordenha pode ser desligado manual ou automaticamente. Deixe que o vácuo do coletor baixe completamente antes de retirar a unidade. NÃO comprima o úbere nem puxe as unidades de ordenha, pois isso pode levar à entrada de ar, o que tem sido relacionado a novos casos de mamite.
  • 13. Etapas da ordenha 9- Desinfeção dos tetos (postdipping) Imersão dos tetos em solução desinfetante glicerinada, sendo geralmente utilizada solução de iodo (0.5%), de cloraxidina (de 0,5 a 1.0%) ou de cloro (de 0.3 a 0.5%). Aplique logo após o final da ordenha. Aplique a solução cuidadosamente em todo o teto. Função de proteger os tetos contra a contaminação dos microrganismos após a ordenha. Não seque o teto após. É importante que o produto desinfetante tenha tempo de atuar.
  • 14. Etapas da ordenha 10- Saída dos animais - Atenção às saídas automáticas - Fornecer alimento logo após a saída da sala de ordenha. - Impedir que se deitem nos 30 minutos seguintes.