SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
Produzindo Leite com Qualidade
Instrução Normativa
Atual
A partir de
01/07/2018
CCS 500 mil CS/ml 400 mil CS/ml
CBT 300 mil UFC/ml 100 mil UFC/ml
Consequências da CCS Alta
• Perda na produção de leite
• Gasto com medicamentos e mão de obra
• Penalidade quando o pagamento for por qualidade
• Aumento de animais de refugo
• Maior taxa de descarte de animais
Mastite Bovina
Clínica Subclínica
Teste CMT
Resultado do Teste Capacidade Produtiva
+ 86% (-14%)
++ 75% (-25%)
+++ 53% (-47%)
CBT (Contagem Bacteriana Total)
Está relacionado com a higiene da ordenha e com o processo de
armazenamento e resfriamento do leite
Programa dos 6 pontos
1. Higiene e conforto dos animais
2. Rotina de ordenha de forma adequada
3. Tratamento dos casos de mastite clínica
4. Terapia da vaca seca
5. Funcionamento dos equipamentos de ordenha
6. Segregação e descarte dos casos de mastite crônica
1. Higiene e Conforto dos animais
• Condução adequada dos animais até a sala de ordenha
6 pontos para produzir leite de Qualidade
1. Higiene e Conforto dos animais
• Não utilizar pesos ou fazer pressão manual nos conjuntos de
ordenha
2. Rotina de ordenha
2. Rotina de ordenha
1. Lavagem das mãos antes da ordenha, com uso
opcional de luvas
2. Rotina de ordenha
2. Lavagem apenas dos tetos (se necessário)
2. Rotina de ordenha
3. Teste da caneca de fundo preto
• Retirada dos três primeiros jatos
2. Rotina de ordenha
4. Pré-dipping
2. Rotina de ordenha
5. Secagem dos tetos
2. Rotina de ordenha
6. Colocação do conjunto de ordenha de forma
adequada
2. Rotina de ordenha
6. Pós-dipping
2. Rotina de ordenha
7. Alimente os animais após a ordenha
3. Tratamento de mastite clínica
3. Tratamento de mastite clínica
4. Terapia da vaca seca
4. Terapia da vaca seca
5. Manutenção dos equipamentos de
ordenha
5. Manutenção dos equipamentos de
ordenha
• Nível de vácuo
• Realizar a manutenção no tempo recomendado pelo
fabricante
5. Manutenção dos equipamentos de
ordenha
• Substituir as teteiras e mangueiras de acordo com o
recomendado pelo fabricante
5. Manutenção dos equipamentos de
ordenha
• Utilização de utensílios adequados para a limpeza dos
equipamentos de ordenha
6. Segregação e descarte dos casos de
mastite crônica
Resfriamento do leite
O leite deve estar a 4°C em, no máximo, três horas após a
ordenha, e mantido a essa temperatura.
Limpeza dos equipamentos
Após a ordenha proceder a limpeza do local de ordenha e dos
equipamentos
Limpeza dos equipamentos
Realizar a limpeza dos equipamentos com detergentes
adequados
Obrigado!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mastite vacas 3
Mastite vacas 3Mastite vacas 3
Mastite vacas 3Fmodri3
 
Zoetis material pdf_300317
Zoetis material pdf_300317Zoetis material pdf_300317
Zoetis material pdf_300317MilkPoint
 
Controle de verminose de ovinos
Controle de verminose de ovinosControle de verminose de ovinos
Controle de verminose de ovinosThiago Abdo
 
Manejo sanitário para caprinos e ovinos
Manejo sanitário para caprinos e ovinosManejo sanitário para caprinos e ovinos
Manejo sanitário para caprinos e ovinosKiller Max
 
Verminoses em Caprinos e Ovinos
Verminoses em Caprinos e OvinosVerminoses em Caprinos e Ovinos
Verminoses em Caprinos e OvinosNatália Borges
 
Sanidade de caprino e ovino
Sanidade de caprino e ovinoSanidade de caprino e ovino
Sanidade de caprino e ovinoadelmosantana
 
Avaliação da Eficiência de vermífugos comerciais e microrganismos probióticos...
Avaliação da Eficiência de vermífugos comerciais e microrganismos probióticos...Avaliação da Eficiência de vermífugos comerciais e microrganismos probióticos...
Avaliação da Eficiência de vermífugos comerciais e microrganismos probióticos...Rural Pecuária
 
Hipra apresenta primeira vacina registrada na EMEA (Agência Européia de Medic...
Hipra apresenta primeira vacina registrada na EMEA (Agência Européia de Medic...Hipra apresenta primeira vacina registrada na EMEA (Agência Européia de Medic...
Hipra apresenta primeira vacina registrada na EMEA (Agência Européia de Medic...AgriPoint
 

Mais procurados (12)

Mastite vacas 3
Mastite vacas 3Mastite vacas 3
Mastite vacas 3
 
Mastite
MastiteMastite
Mastite
 
Zoetis material pdf_300317
Zoetis material pdf_300317Zoetis material pdf_300317
Zoetis material pdf_300317
 
Topvac
TopvacTopvac
Topvac
 
Controle de verminose de ovinos
Controle de verminose de ovinosControle de verminose de ovinos
Controle de verminose de ovinos
 
Manejo sanitário para caprinos e ovinos
Manejo sanitário para caprinos e ovinosManejo sanitário para caprinos e ovinos
Manejo sanitário para caprinos e ovinos
 
Verminoses em Caprinos e Ovinos
Verminoses em Caprinos e OvinosVerminoses em Caprinos e Ovinos
Verminoses em Caprinos e Ovinos
 
Sanidade de caprino e ovino
Sanidade de caprino e ovinoSanidade de caprino e ovino
Sanidade de caprino e ovino
 
Avaliação da Eficiência de vermífugos comerciais e microrganismos probióticos...
Avaliação da Eficiência de vermífugos comerciais e microrganismos probióticos...Avaliação da Eficiência de vermífugos comerciais e microrganismos probióticos...
Avaliação da Eficiência de vermífugos comerciais e microrganismos probióticos...
 
Hipra apresenta primeira vacina registrada na EMEA (Agência Européia de Medic...
Hipra apresenta primeira vacina registrada na EMEA (Agência Européia de Medic...Hipra apresenta primeira vacina registrada na EMEA (Agência Européia de Medic...
Hipra apresenta primeira vacina registrada na EMEA (Agência Européia de Medic...
 
Coleta De Amostras Brasil
Coleta De Amostras BrasilColeta De Amostras Brasil
Coleta De Amostras Brasil
 
Pre 4 (1)
Pre 4 (1)Pre 4 (1)
Pre 4 (1)
 

Destaque

Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.Alarindo Salvador Dos Santos
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...PIFOZ
 
Senar produção de leite conforme in 62
Senar   produção de leite conforme in 62Senar   produção de leite conforme in 62
Senar produção de leite conforme in 62Jane Domingues
 
Rotina de ordenha mecânica1
Rotina de ordenha mecânica1Rotina de ordenha mecânica1
Rotina de ordenha mecânica1UTAD
 
Bovine mastitis
Bovine mastitisBovine mastitis
Bovine mastitisdr usama
 

Destaque (11)

Cmt Apresentation
Cmt ApresentationCmt Apresentation
Cmt Apresentation
 
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
Doenca de Carbúnculo Hemático e Sintomático de Animal.
 
Manual de Ordenha
Manual de OrdenhaManual de Ordenha
Manual de Ordenha
 
José guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius lealJosé guilherme tollstadius leal
José guilherme tollstadius leal
 
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
José Guilherme Tollstadius Leal - “Boas Práticas Agropecuárias no Brasil” - B...
 
Senar produção de leite conforme in 62
Senar   produção de leite conforme in 62Senar   produção de leite conforme in 62
Senar produção de leite conforme in 62
 
Rotina de ordenha mecânica1
Rotina de ordenha mecânica1Rotina de ordenha mecânica1
Rotina de ordenha mecânica1
 
Boas praticas de manejo na ordenha
Boas praticas de manejo na ordenhaBoas praticas de manejo na ordenha
Boas praticas de manejo na ordenha
 
Mastitis
MastitisMastitis
Mastitis
 
Mastitis
MastitisMastitis
Mastitis
 
Bovine mastitis
Bovine mastitisBovine mastitis
Bovine mastitis
 

Semelhante a QualiLeiteFunarbe_2016.05.23

Caminhos Do Leite
Caminhos Do LeiteCaminhos Do Leite
Caminhos Do LeiteJoão Felix
 
M1-Milkone. Saúde Animal. Leite de Qualidade
M1-Milkone. Saúde Animal. Leite de QualidadeM1-Milkone. Saúde Animal. Leite de Qualidade
M1-Milkone. Saúde Animal. Leite de Qualidadefelipesoaresdesouza2
 
Gestão de recursos materiais no aph Silvio
Gestão de recursos materiais no aph SilvioGestão de recursos materiais no aph Silvio
Gestão de recursos materiais no aph SilvioProf Silvio Rosa
 
Instrucoes ttpa bioclin
Instrucoes ttpa bioclinInstrucoes ttpa bioclin
Instrucoes ttpa bioclinrasg75
 
Instrução normativa 76 e 77 - MAPA.potx
Instrução normativa 76 e 77  - MAPA.potxInstrução normativa 76 e 77  - MAPA.potx
Instrução normativa 76 e 77 - MAPA.potxssusere1b1d2
 
Aula 6 introdução à inspeção e inspeção ante mortem
Aula 6   introdução à inspeção e inspeção ante mortemAula 6   introdução à inspeção e inspeção ante mortem
Aula 6 introdução à inspeção e inspeção ante mortemEduardoViola4
 
5 - Características FQ e análises - Copy.pdf
5 - Características FQ e análises - Copy.pdf5 - Características FQ e análises - Copy.pdf
5 - Características FQ e análises - Copy.pdfImprimeServices
 
Medidas e ferramentas de prevenção das DTAs
Medidas e ferramentas de prevenção das DTAsMedidas e ferramentas de prevenção das DTAs
Medidas e ferramentas de prevenção das DTAsKetlenBatista
 
Apresentação cvt
Apresentação cvt Apresentação cvt
Apresentação cvt Jose Ferrão
 
7 instalações para bovinos de leite
7   instalações para bovinos de leite7   instalações para bovinos de leite
7 instalações para bovinos de leitegarciagotaeficiente
 
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentaçãogado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentaçãocleber16
 
Melhorando a qualidade na produção de biscoitos, massas alimentícias, pães & ...
Melhorando a qualidade na produção de biscoitos, massas alimentícias, pães & ...Melhorando a qualidade na produção de biscoitos, massas alimentícias, pães & ...
Melhorando a qualidade na produção de biscoitos, massas alimentícias, pães & ...Spraying Systems do Brasil
 
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pptx
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pptxAULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pptx
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pptxmauromaumau
 
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pdf
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pdfAULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pdf
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pdfmauromaumau
 
Aula 2 -_principais_m_a_todos_de_conservaa_a_o_ddos_alimentos
Aula 2 -_principais_m_a_todos_de_conservaa_a_o_ddos_alimentosAula 2 -_principais_m_a_todos_de_conservaa_a_o_ddos_alimentos
Aula 2 -_principais_m_a_todos_de_conservaa_a_o_ddos_alimentosAdriano Gajo
 
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdfProjeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdfGilbertoAlmeida52
 

Semelhante a QualiLeiteFunarbe_2016.05.23 (20)

Caminhos Do Leite
Caminhos Do LeiteCaminhos Do Leite
Caminhos Do Leite
 
Qualidade do leite 25
Qualidade do leite 25Qualidade do leite 25
Qualidade do leite 25
 
M1-Milkone. Saúde Animal. Leite de Qualidade
M1-Milkone. Saúde Animal. Leite de QualidadeM1-Milkone. Saúde Animal. Leite de Qualidade
M1-Milkone. Saúde Animal. Leite de Qualidade
 
Gestão de recursos materiais no aph Silvio
Gestão de recursos materiais no aph SilvioGestão de recursos materiais no aph Silvio
Gestão de recursos materiais no aph Silvio
 
Instrucoes ttpa bioclin
Instrucoes ttpa bioclinInstrucoes ttpa bioclin
Instrucoes ttpa bioclin
 
Instrução normativa 76 e 77 - MAPA.potx
Instrução normativa 76 e 77  - MAPA.potxInstrução normativa 76 e 77  - MAPA.potx
Instrução normativa 76 e 77 - MAPA.potx
 
Aula 6 introdução à inspeção e inspeção ante mortem
Aula 6   introdução à inspeção e inspeção ante mortemAula 6   introdução à inspeção e inspeção ante mortem
Aula 6 introdução à inspeção e inspeção ante mortem
 
5 - Características FQ e análises - Copy.pdf
5 - Características FQ e análises - Copy.pdf5 - Características FQ e análises - Copy.pdf
5 - Características FQ e análises - Copy.pdf
 
Aula6 esteriliza
Aula6 esterilizaAula6 esteriliza
Aula6 esteriliza
 
Medidas e ferramentas de prevenção das DTAs
Medidas e ferramentas de prevenção das DTAsMedidas e ferramentas de prevenção das DTAs
Medidas e ferramentas de prevenção das DTAs
 
Apresentação cvt
Apresentação cvt Apresentação cvt
Apresentação cvt
 
7 instalações para bovinos de leite
7   instalações para bovinos de leite7   instalações para bovinos de leite
7 instalações para bovinos de leite
 
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentaçãogado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
gado de leite instalação.infraestrutura, alimentação
 
Melhorando a qualidade na produção de biscoitos, massas alimentícias, pães & ...
Melhorando a qualidade na produção de biscoitos, massas alimentícias, pães & ...Melhorando a qualidade na produção de biscoitos, massas alimentícias, pães & ...
Melhorando a qualidade na produção de biscoitos, massas alimentícias, pães & ...
 
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pptx
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pptxAULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pptx
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pptx
 
Microbiologia parte1
Microbiologia parte1Microbiologia parte1
Microbiologia parte1
 
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pdf
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pdfAULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pdf
AULA 1 - UTI GERAL ESTRUTURA.pdf
 
Analise leite
Analise leiteAnalise leite
Analise leite
 
Aula 2 -_principais_m_a_todos_de_conservaa_a_o_ddos_alimentos
Aula 2 -_principais_m_a_todos_de_conservaa_a_o_ddos_alimentosAula 2 -_principais_m_a_todos_de_conservaa_a_o_ddos_alimentos
Aula 2 -_principais_m_a_todos_de_conservaa_a_o_ddos_alimentos
 
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdfProjeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
Projeto-gado-leite-instalcoes-Marcelli-Oliveira (1).pdf
 

Mais de equipeagroplus

28. sustentabilidade da soja brasileira ufv
28. sustentabilidade da soja brasileira ufv28. sustentabilidade da soja brasileira ufv
28. sustentabilidade da soja brasileira ufvequipeagroplus
 
inserção do profissional no mercado de trabalho
inserção do profissional no mercado de trabalhoinserção do profissional no mercado de trabalho
inserção do profissional no mercado de trabalhoequipeagroplus
 
Startups - Israel Vasconcelos
Startups - Israel VasconcelosStartups - Israel Vasconcelos
Startups - Israel Vasconcelosequipeagroplus
 
Agricultura Familiar Oeste Bahia
Agricultura Familiar Oeste BahiaAgricultura Familiar Oeste Bahia
Agricultura Familiar Oeste Bahiaequipeagroplus
 
Nr 31 - Capacitação Sojaplus 2019.1
Nr 31 - Capacitação Sojaplus 2019.1Nr 31 - Capacitação Sojaplus 2019.1
Nr 31 - Capacitação Sojaplus 2019.1equipeagroplus
 
Capacitação SojaPlus 2019.1 - Construções Rurais
Capacitação SojaPlus 2019.1 - Construções RuraisCapacitação SojaPlus 2019.1 - Construções Rurais
Capacitação SojaPlus 2019.1 - Construções Ruraisequipeagroplus
 
Apresentacao soja plus_mateus
Apresentacao soja plus_mateusApresentacao soja plus_mateus
Apresentacao soja plus_mateusequipeagroplus
 
Resíduos Sólidos - SojaPlus 2019
Resíduos Sólidos - SojaPlus 2019Resíduos Sólidos - SojaPlus 2019
Resíduos Sólidos - SojaPlus 2019equipeagroplus
 
Apresentacao Marcos Heil
Apresentacao Marcos HeilApresentacao Marcos Heil
Apresentacao Marcos Heilequipeagroplus
 
Apresentacao - Eduardo e Gerson
Apresentacao - Eduardo e GersonApresentacao - Eduardo e Gerson
Apresentacao - Eduardo e Gersonequipeagroplus
 
Reuniao tecnica - Everardo Mantovani
Reuniao tecnica - Everardo MantovaniReuniao tecnica - Everardo Mantovani
Reuniao tecnica - Everardo Mantovaniequipeagroplus
 
Atlas - Projeto Potencial Hídrico
Atlas - Projeto Potencial HídricoAtlas - Projeto Potencial Hídrico
Atlas - Projeto Potencial Hídricoequipeagroplus
 
Soy Macauba Sustainability _ LocalPork Symposium
Soy Macauba Sustainability _ LocalPork SymposiumSoy Macauba Sustainability _ LocalPork Symposium
Soy Macauba Sustainability _ LocalPork Symposiumequipeagroplus
 
A metodologia startup israel vasconcelos
A metodologia startup israel vasconcelosA metodologia startup israel vasconcelos
A metodologia startup israel vasconcelosequipeagroplus
 
Modelagem Aquifero Urucuia
Modelagem Aquifero UrucuiaModelagem Aquifero Urucuia
Modelagem Aquifero Urucuiaequipeagroplus
 
Projeto Urucuia Acoes Governanca
Projeto Urucuia Acoes GovernancaProjeto Urucuia Acoes Governanca
Projeto Urucuia Acoes Governancaequipeagroplus
 
Seminario Avaliacao Tecnica Projeto Urucuia
Seminario Avaliacao Tecnica Projeto UrucuiaSeminario Avaliacao Tecnica Projeto Urucuia
Seminario Avaliacao Tecnica Projeto Urucuiaequipeagroplus
 
Sucessão Familiar e Inovação
Sucessão Familiar e InovaçãoSucessão Familiar e Inovação
Sucessão Familiar e Inovaçãoequipeagroplus
 
Empreendedorismo Rural
Empreendedorismo RuralEmpreendedorismo Rural
Empreendedorismo Ruralequipeagroplus
 
Banco do Brasil - Crédito Rural
Banco do Brasil - Crédito RuralBanco do Brasil - Crédito Rural
Banco do Brasil - Crédito Ruralequipeagroplus
 

Mais de equipeagroplus (20)

28. sustentabilidade da soja brasileira ufv
28. sustentabilidade da soja brasileira ufv28. sustentabilidade da soja brasileira ufv
28. sustentabilidade da soja brasileira ufv
 
inserção do profissional no mercado de trabalho
inserção do profissional no mercado de trabalhoinserção do profissional no mercado de trabalho
inserção do profissional no mercado de trabalho
 
Startups - Israel Vasconcelos
Startups - Israel VasconcelosStartups - Israel Vasconcelos
Startups - Israel Vasconcelos
 
Agricultura Familiar Oeste Bahia
Agricultura Familiar Oeste BahiaAgricultura Familiar Oeste Bahia
Agricultura Familiar Oeste Bahia
 
Nr 31 - Capacitação Sojaplus 2019.1
Nr 31 - Capacitação Sojaplus 2019.1Nr 31 - Capacitação Sojaplus 2019.1
Nr 31 - Capacitação Sojaplus 2019.1
 
Capacitação SojaPlus 2019.1 - Construções Rurais
Capacitação SojaPlus 2019.1 - Construções RuraisCapacitação SojaPlus 2019.1 - Construções Rurais
Capacitação SojaPlus 2019.1 - Construções Rurais
 
Apresentacao soja plus_mateus
Apresentacao soja plus_mateusApresentacao soja plus_mateus
Apresentacao soja plus_mateus
 
Resíduos Sólidos - SojaPlus 2019
Resíduos Sólidos - SojaPlus 2019Resíduos Sólidos - SojaPlus 2019
Resíduos Sólidos - SojaPlus 2019
 
Apresentacao Marcos Heil
Apresentacao Marcos HeilApresentacao Marcos Heil
Apresentacao Marcos Heil
 
Apresentacao - Eduardo e Gerson
Apresentacao - Eduardo e GersonApresentacao - Eduardo e Gerson
Apresentacao - Eduardo e Gerson
 
Reuniao tecnica - Everardo Mantovani
Reuniao tecnica - Everardo MantovaniReuniao tecnica - Everardo Mantovani
Reuniao tecnica - Everardo Mantovani
 
Atlas - Projeto Potencial Hídrico
Atlas - Projeto Potencial HídricoAtlas - Projeto Potencial Hídrico
Atlas - Projeto Potencial Hídrico
 
Soy Macauba Sustainability _ LocalPork Symposium
Soy Macauba Sustainability _ LocalPork SymposiumSoy Macauba Sustainability _ LocalPork Symposium
Soy Macauba Sustainability _ LocalPork Symposium
 
A metodologia startup israel vasconcelos
A metodologia startup israel vasconcelosA metodologia startup israel vasconcelos
A metodologia startup israel vasconcelos
 
Modelagem Aquifero Urucuia
Modelagem Aquifero UrucuiaModelagem Aquifero Urucuia
Modelagem Aquifero Urucuia
 
Projeto Urucuia Acoes Governanca
Projeto Urucuia Acoes GovernancaProjeto Urucuia Acoes Governanca
Projeto Urucuia Acoes Governanca
 
Seminario Avaliacao Tecnica Projeto Urucuia
Seminario Avaliacao Tecnica Projeto UrucuiaSeminario Avaliacao Tecnica Projeto Urucuia
Seminario Avaliacao Tecnica Projeto Urucuia
 
Sucessão Familiar e Inovação
Sucessão Familiar e InovaçãoSucessão Familiar e Inovação
Sucessão Familiar e Inovação
 
Empreendedorismo Rural
Empreendedorismo RuralEmpreendedorismo Rural
Empreendedorismo Rural
 
Banco do Brasil - Crédito Rural
Banco do Brasil - Crédito RuralBanco do Brasil - Crédito Rural
Banco do Brasil - Crédito Rural
 

Último

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfssuserbb4ac2
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfmaria794949
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalcarlaOliveira438
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaanapsuls
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroBrenda Fritz
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"Ilda Bicacro
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfCarolineNunes80
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxMarceloMonteiro213738
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdfAS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
AS COLUNAS B E J E SUAS POSICOES CONFORME O RITO.pdf
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptxTIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
TIPOS DE CALOR CALOR LATENTE E CALOR SENSIVEL.pptx
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 

QualiLeiteFunarbe_2016.05.23