SlideShare uma empresa Scribd logo
Pecuária de leite


•
    Produção de leite no Brasil;

    Índices zootécnicos de produtividade e manejo;

    Principais raças utilizadas na bovinocultura de
    leite
Aula pecu€ ¦ária de leite
Diagnóstico da pecuária de leite

      Brasil: sexto maior produtor mundial

Maior parte destinada ao mercado interno

Baixa produtividade: animais subnutridos,
produzindo em média 4 litros de leite por dia, uma
cria a cada 18 meses.

Pastagem degradada: solos de baixa fertilidade,
baixa capacidade de suporte.
Diagnóstico da pecuária de leite

Produtividade média por unidade          de   área:
1200kg/ha/ano. Pode ser 10 vezes maior

Principais motivos: alimentação (volumoso), animais
improdutivos, conforto (sombra e água).

Forragem bem conduzida: 10-12% PB; 60-65% energia.
Dispensa concentrado para produção de até 10L/dia

Exigências em qualidade e higiene, necessidade de
modernização (conscientização, busca de modelo de
referência e diagnóstico)
Pecuária de leite

Fome de qualidade: pastagem “passada”

Alimentação: forragens (capins). 70-80% da produção
ocorre no verão. Necessário suplementação no período
seco (ensilagem, feno,cana de açúcar)

           Principais gramíneas forrageiras

Brachiaria: tolerantes a baixa fertilidade, suporta baixas
lotações (baixa produção de matéria seca), 4-5 UA/ha.

Capim colonião: alta produtividade, exigentes em
fertilidade e manejo. Suportam de 12-15 UA/ha no verão.
Pecuária de leite

 Período de descanso de gramíneas forrageiras no
               pastejo rotacionado

Brachiaria: 25 dias;

Variedades de capim colonião (tanzânia, moçamba):
28-35 dias;

Capim elefante: 30-40 dias;

Capim brachiarão: 28-35 dias;

Coast cross, tifton, estrela: 20-22 dias
Pecuária de leite
               FONTE DE VOLUMOSO

                    CAPINEIRAS

Capim napiê, cameron;

                        SILAGEM

Milho, sorgo e girassol. Capins elefante, tanzânia e
moçamba;

              OUTRAS ALTERNATIVAS

Cana picada, feno, banco de proteínas (alfafa, guandu,
leucena);
Pecuária de leite
              Níveis de produção

Alto: >4200 kg/lactação. Empregar raça
especializada européia

Médio: 2800 a 4200 kg/lactação. Cruzamento
alternado com repetição do europeu e uso de F1,
ou vacas ¾ holandes x zebu.

Baixo: <2800 kg/lactação. Girolando e raças zebu
leiteiras
Pecuária de leite

              Índices zootécnicos
   (referência: gado holandês, valores médios)

Peso ideal para a vaca no primeiro parto: 500-
600kg

Idade ao primeiro parto: 900 dias

Duração da lactação: 270 dias;

Intervalo entre partos: 400 dias
Pecuária de leite
                Índices zootécnicos
                  (rebanho mestiço)

Longevidade: Menor sobrevida de raças taurinas nos
trópicos. Média de 2300 dias (75,6 meses).

Vida útil: tempo que vaca permanece no rebanho (idade
ao descarte menos idade ao primeiro parto). Média de
1145 dias (37,7 meses).

Duração da lactação: <275 dias (ideal é 305 dias). ½
sangue e 7/8 de europeus alcançam até 302 e 341 dias,
respectivamente.
Pecuária de leite
            Índices zootécnicos
              (rebanho mestiço)

Produção de leite: primíparas e com mais de 8
partos produzem menos. Aumenta até 5º parto e
então começa a declinar.

Época da parição: maior produção quando parto
ocorre no inverno
Pecuária de leite

  Produção de leite
Pecuária de leite


                 Alimentação

Bezerras    desmamadas:         pastagem     e
suplementação mineral;

Novilhas   e   vacas    prenhes:    pasto     e
suplementação com concentrado nas águas e
volumoso e concentrados na seca (a partir do 8º
mês de gestação).
Pecuária de leite
                        RAÇAS

Puras européias:

  Aptidão para leite: Holandesa, Pardo Suiça, Jersey,
Guernsey, Ayrshire;

   Aptidão dupla (leite         e   carne):     Simental,
Dinamarquesa, Red Poll.

Puras indianas (zebuinas): gir, guzerá, sindi

Mestiças: cruzamento de indianas (zebuinas) com
européias
Pecuária de leite

     RAÇAS

    Guernsey
Pecuária de leite

     RAÇAS

     Ayrshire
Pecuária de leite

     RAÇAS

     Red Poll
Pecuária de leite

     RAÇAS

      Sindi
Pecuária de leite
    Temperatura críticas para raças leiteiras
                  européias

Holandesa: 24 e 26º C

Jersey: entre 27 e 29º C

Pardo-Suíça: > 29,5º C

Zona de conforto térmico > -1º C e > 21º C

Efeito: queda do consumo de alimentos e da
produção de leite
Situação da pecuária de leite no
             Brasil
ESTIMATIVA DA ESTRUTURA DE PRODUÇÃO
          DE LEITE NO BRASIL
Sistemas de criação de gado de
              leite
Extensivo: 1200L/vaca/ano, alimentadas a pasto;
Semi extensivo: 1200-200L/vaca ano. Pasto com
suplementação volumosa na seca. Concentrado
no primeiro terço da lactação;
Intensivo a pasto: 2000-4500L/vaca/ano. Pasto
com alta capacidade de suporte. Suplementação
volumosa na seca ou durante o ano todo;
Intensivo em confinamento: >4500L/vaca/ano.
Confinados e alimentados no cocho com
volumoso conservado (silagem ou feno).
CARACTERIZAÇÃO DOS SISTEMAS DE
          PRODUÇÃO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Slide bioclimatologia animal
Slide bioclimatologia animalSlide bioclimatologia animal
Slide bioclimatologia animal
Larisse Gonçalves
 
Sistemas de produção de suínos
Sistemas de produção de suínosSistemas de produção de suínos
Sistemas de produção de suínos
Marília Gomes
 
Manejo racional de bovinos de leite e corte em confinamento
Manejo racional de bovinos de leite e corte em confinamentoManejo racional de bovinos de leite e corte em confinamento
Manejo racional de bovinos de leite e corte em confinamento
Ingrid Carvalho
 
131663983 suinos
131663983 suinos131663983 suinos
131663983 suinos
Pelo Siro
 
Aula instalacoes aves
Aula instalacoes avesAula instalacoes aves
Aula instalacoes aves
nice1961
 
Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte
Carlos Robério Maia Bandeira
 
Nutrição e instalação para aves de postura
Nutrição e instalação para aves de posturaNutrição e instalação para aves de postura
Nutrição e instalação para aves de postura
Nayara Michelle
 
Mapa - Bem Estar Animal
Mapa - Bem Estar AnimalMapa - Bem Estar Animal
Mapa - Bem Estar Animal
BeefPoint
 
Abc criação de caprinos e ovinos
Abc criação de caprinos e ovinosAbc criação de caprinos e ovinos
Abc criação de caprinos e ovinos
Lenildo Araujo
 
Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!
Raquel Jóia
 
Introdução a apicultura
Introdução a apicultura Introdução a apicultura
Introdução a apicultura
Renata Almeida Freitas
 
Diferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinosDiferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinos
Killer Max
 
Criação e exploração dos equídeos
Criação e exploração dos equídeosCriação e exploração dos equídeos
Criação e exploração dos equídeos
Renato de Paula
 
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosSistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Killer Max
 
Manejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinosManejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinos
Killer Max
 
Avicultura de Corte (2).pdf
Avicultura de Corte (2).pdfAvicultura de Corte (2).pdf
Avicultura de Corte (2).pdf
GeovanaVasconcelos8
 
Frango corte
Frango corteFrango corte
Frango corte
mvezzone
 
7 instalações para bovinos de leite
7   instalações para bovinos de leite7   instalações para bovinos de leite
7 instalações para bovinos de leite
garciagotaeficiente
 
Gado corte
Gado corteGado corte
Aula 1 Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Aula 1   Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e MensuraçõesAula 1   Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Aula 1 Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Elaine
 

Mais procurados (20)

Slide bioclimatologia animal
Slide bioclimatologia animalSlide bioclimatologia animal
Slide bioclimatologia animal
 
Sistemas de produção de suínos
Sistemas de produção de suínosSistemas de produção de suínos
Sistemas de produção de suínos
 
Manejo racional de bovinos de leite e corte em confinamento
Manejo racional de bovinos de leite e corte em confinamentoManejo racional de bovinos de leite e corte em confinamento
Manejo racional de bovinos de leite e corte em confinamento
 
131663983 suinos
131663983 suinos131663983 suinos
131663983 suinos
 
Aula instalacoes aves
Aula instalacoes avesAula instalacoes aves
Aula instalacoes aves
 
Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte Bovinocultura de Corte
Bovinocultura de Corte
 
Nutrição e instalação para aves de postura
Nutrição e instalação para aves de posturaNutrição e instalação para aves de postura
Nutrição e instalação para aves de postura
 
Mapa - Bem Estar Animal
Mapa - Bem Estar AnimalMapa - Bem Estar Animal
Mapa - Bem Estar Animal
 
Abc criação de caprinos e ovinos
Abc criação de caprinos e ovinosAbc criação de caprinos e ovinos
Abc criação de caprinos e ovinos
 
Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!Abate humanitário de suínos!
Abate humanitário de suínos!
 
Introdução a apicultura
Introdução a apicultura Introdução a apicultura
Introdução a apicultura
 
Diferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinosDiferenças entre ovinos e caprinos
Diferenças entre ovinos e caprinos
 
Criação e exploração dos equídeos
Criação e exploração dos equídeosCriação e exploração dos equídeos
Criação e exploração dos equídeos
 
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinosSistemas de criação para ovinos e caprinos
Sistemas de criação para ovinos e caprinos
 
Manejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinosManejo reprodutivo de bovinos
Manejo reprodutivo de bovinos
 
Avicultura de Corte (2).pdf
Avicultura de Corte (2).pdfAvicultura de Corte (2).pdf
Avicultura de Corte (2).pdf
 
Frango corte
Frango corteFrango corte
Frango corte
 
7 instalações para bovinos de leite
7   instalações para bovinos de leite7   instalações para bovinos de leite
7 instalações para bovinos de leite
 
Gado corte
Gado corteGado corte
Gado corte
 
Aula 1 Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Aula 1   Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e MensuraçõesAula 1   Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
Aula 1 Ezoognósia Equina - Nomenclatura do Exterior e Mensurações
 

Semelhante a Aula pecu€ ¦ária de leite

CCU UNIVERSIDADE NACIONAL DE CONCEPCION.pdf
CCU UNIVERSIDADE NACIONAL DE CONCEPCION.pdfCCU UNIVERSIDADE NACIONAL DE CONCEPCION.pdf
CCU UNIVERSIDADE NACIONAL DE CONCEPCION.pdf
Ruben Alejandro Ovelar Centurión
 
Zebulando
ZebulandoZebulando
Zebulando
Diana Depaoli
 
Características e exigências da vaca leiteira
Características e exigências da vaca leiteiraCaracterísticas e exigências da vaca leiteira
Características e exigências da vaca leiteira
Cristovão Filho
 
Bovinos2008 2009
Bovinos2008 2009Bovinos2008 2009
Bovinos2008 2009
Helena Soraia Vieira
 
Relatório Semestral (Ovinos e Caprinos)
Relatório Semestral (Ovinos e Caprinos)Relatório Semestral (Ovinos e Caprinos)
Relatório Semestral (Ovinos e Caprinos)
David Quintino
 
bovinos+de+leite+ppt.ppt
bovinos+de+leite+ppt.pptbovinos+de+leite+ppt.ppt
bovinos+de+leite+ppt.ppt
JulioGarcia972475
 
Manejo de Cabras em Lactaçãoxxxxxxxx.pptx
Manejo de Cabras em Lactaçãoxxxxxxxx.pptxManejo de Cabras em Lactaçãoxxxxxxxx.pptx
Manejo de Cabras em Lactaçãoxxxxxxxx.pptx
GabrielMirandaMacamb
 
Melhoramento animal,caracteristicas exteriores do bovino de leite
Melhoramento animal,caracteristicas exteriores do bovino de leiteMelhoramento animal,caracteristicas exteriores do bovino de leite
Melhoramento animal,caracteristicas exteriores do bovino de leite
Karynne Chaves
 
Bee_MPB
Bee_MPBBee_MPB
Ct 08
Ct 08Ct 08
Aves semiconfinadas
Aves semiconfinadasAves semiconfinadas
Aves semiconfinadas
Alexandre Panerai
 
AULA ZOOTECNIA BOVINOCULTURA DE CORTE.pptx
AULA ZOOTECNIA BOVINOCULTURA DE CORTE.pptxAULA ZOOTECNIA BOVINOCULTURA DE CORTE.pptx
AULA ZOOTECNIA BOVINOCULTURA DE CORTE.pptx
CarlosAllanPereirado
 
Pequenos Ruminantes-1.pptx
Pequenos Ruminantes-1.pptxPequenos Ruminantes-1.pptx
Pequenos Ruminantes-1.pptx
GernimoDaElizabethNi
 
Alimentação e nutrição de ovinos pbsm [modo de compatibilidade]
Alimentação e nutrição de ovinos pbsm [modo de compatibilidade]Alimentação e nutrição de ovinos pbsm [modo de compatibilidade]
Alimentação e nutrição de ovinos pbsm [modo de compatibilidade]
Pbsmal
 
Projeto o leite da fazenda sítio dos milagres
Projeto o leite da fazenda sítio dos milagresProjeto o leite da fazenda sítio dos milagres
Projeto o leite da fazenda sítio dos milagres
Liliam Da Paixão
 
Cabras
CabrasCabras
Cabras
Frama Maria
 
Racas de bovinos de leite
Racas de bovinos de leiteRacas de bovinos de leite
Racas de bovinos de leite
Arkinor Neto
 
Produção e reprodução de búfalas leiteiras : um modelo tecnológico de sucesso
Produção e reprodução de búfalas leiteiras : um modelo tecnológico de sucessoProdução e reprodução de búfalas leiteiras : um modelo tecnológico de sucesso
Produção e reprodução de búfalas leiteiras : um modelo tecnológico de sucesso
Rural Pecuária
 
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptxAula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
helidaleao
 
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptxAula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
helidaleao
 

Semelhante a Aula pecu€ ¦ária de leite (20)

CCU UNIVERSIDADE NACIONAL DE CONCEPCION.pdf
CCU UNIVERSIDADE NACIONAL DE CONCEPCION.pdfCCU UNIVERSIDADE NACIONAL DE CONCEPCION.pdf
CCU UNIVERSIDADE NACIONAL DE CONCEPCION.pdf
 
Zebulando
ZebulandoZebulando
Zebulando
 
Características e exigências da vaca leiteira
Características e exigências da vaca leiteiraCaracterísticas e exigências da vaca leiteira
Características e exigências da vaca leiteira
 
Bovinos2008 2009
Bovinos2008 2009Bovinos2008 2009
Bovinos2008 2009
 
Relatório Semestral (Ovinos e Caprinos)
Relatório Semestral (Ovinos e Caprinos)Relatório Semestral (Ovinos e Caprinos)
Relatório Semestral (Ovinos e Caprinos)
 
bovinos+de+leite+ppt.ppt
bovinos+de+leite+ppt.pptbovinos+de+leite+ppt.ppt
bovinos+de+leite+ppt.ppt
 
Manejo de Cabras em Lactaçãoxxxxxxxx.pptx
Manejo de Cabras em Lactaçãoxxxxxxxx.pptxManejo de Cabras em Lactaçãoxxxxxxxx.pptx
Manejo de Cabras em Lactaçãoxxxxxxxx.pptx
 
Melhoramento animal,caracteristicas exteriores do bovino de leite
Melhoramento animal,caracteristicas exteriores do bovino de leiteMelhoramento animal,caracteristicas exteriores do bovino de leite
Melhoramento animal,caracteristicas exteriores do bovino de leite
 
Bee_MPB
Bee_MPBBee_MPB
Bee_MPB
 
Ct 08
Ct 08Ct 08
Ct 08
 
Aves semiconfinadas
Aves semiconfinadasAves semiconfinadas
Aves semiconfinadas
 
AULA ZOOTECNIA BOVINOCULTURA DE CORTE.pptx
AULA ZOOTECNIA BOVINOCULTURA DE CORTE.pptxAULA ZOOTECNIA BOVINOCULTURA DE CORTE.pptx
AULA ZOOTECNIA BOVINOCULTURA DE CORTE.pptx
 
Pequenos Ruminantes-1.pptx
Pequenos Ruminantes-1.pptxPequenos Ruminantes-1.pptx
Pequenos Ruminantes-1.pptx
 
Alimentação e nutrição de ovinos pbsm [modo de compatibilidade]
Alimentação e nutrição de ovinos pbsm [modo de compatibilidade]Alimentação e nutrição de ovinos pbsm [modo de compatibilidade]
Alimentação e nutrição de ovinos pbsm [modo de compatibilidade]
 
Projeto o leite da fazenda sítio dos milagres
Projeto o leite da fazenda sítio dos milagresProjeto o leite da fazenda sítio dos milagres
Projeto o leite da fazenda sítio dos milagres
 
Cabras
CabrasCabras
Cabras
 
Racas de bovinos de leite
Racas de bovinos de leiteRacas de bovinos de leite
Racas de bovinos de leite
 
Produção e reprodução de búfalas leiteiras : um modelo tecnológico de sucesso
Produção e reprodução de búfalas leiteiras : um modelo tecnológico de sucessoProdução e reprodução de búfalas leiteiras : um modelo tecnológico de sucesso
Produção e reprodução de búfalas leiteiras : um modelo tecnológico de sucesso
 
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptxAula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
 
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptxAula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
Aula3 - introdução e linhagens de suínos.pptx
 

Aula pecu€ ¦ária de leite

  • 1. Pecuária de leite • Produção de leite no Brasil; Índices zootécnicos de produtividade e manejo; Principais raças utilizadas na bovinocultura de leite
  • 3. Diagnóstico da pecuária de leite Brasil: sexto maior produtor mundial Maior parte destinada ao mercado interno Baixa produtividade: animais subnutridos, produzindo em média 4 litros de leite por dia, uma cria a cada 18 meses. Pastagem degradada: solos de baixa fertilidade, baixa capacidade de suporte.
  • 4. Diagnóstico da pecuária de leite Produtividade média por unidade de área: 1200kg/ha/ano. Pode ser 10 vezes maior Principais motivos: alimentação (volumoso), animais improdutivos, conforto (sombra e água). Forragem bem conduzida: 10-12% PB; 60-65% energia. Dispensa concentrado para produção de até 10L/dia Exigências em qualidade e higiene, necessidade de modernização (conscientização, busca de modelo de referência e diagnóstico)
  • 5. Pecuária de leite Fome de qualidade: pastagem “passada” Alimentação: forragens (capins). 70-80% da produção ocorre no verão. Necessário suplementação no período seco (ensilagem, feno,cana de açúcar) Principais gramíneas forrageiras Brachiaria: tolerantes a baixa fertilidade, suporta baixas lotações (baixa produção de matéria seca), 4-5 UA/ha. Capim colonião: alta produtividade, exigentes em fertilidade e manejo. Suportam de 12-15 UA/ha no verão.
  • 6. Pecuária de leite Período de descanso de gramíneas forrageiras no pastejo rotacionado Brachiaria: 25 dias; Variedades de capim colonião (tanzânia, moçamba): 28-35 dias; Capim elefante: 30-40 dias; Capim brachiarão: 28-35 dias; Coast cross, tifton, estrela: 20-22 dias
  • 7. Pecuária de leite FONTE DE VOLUMOSO CAPINEIRAS Capim napiê, cameron; SILAGEM Milho, sorgo e girassol. Capins elefante, tanzânia e moçamba; OUTRAS ALTERNATIVAS Cana picada, feno, banco de proteínas (alfafa, guandu, leucena);
  • 8. Pecuária de leite Níveis de produção Alto: >4200 kg/lactação. Empregar raça especializada européia Médio: 2800 a 4200 kg/lactação. Cruzamento alternado com repetição do europeu e uso de F1, ou vacas ¾ holandes x zebu. Baixo: <2800 kg/lactação. Girolando e raças zebu leiteiras
  • 9. Pecuária de leite Índices zootécnicos (referência: gado holandês, valores médios) Peso ideal para a vaca no primeiro parto: 500- 600kg Idade ao primeiro parto: 900 dias Duração da lactação: 270 dias; Intervalo entre partos: 400 dias
  • 10. Pecuária de leite Índices zootécnicos (rebanho mestiço) Longevidade: Menor sobrevida de raças taurinas nos trópicos. Média de 2300 dias (75,6 meses). Vida útil: tempo que vaca permanece no rebanho (idade ao descarte menos idade ao primeiro parto). Média de 1145 dias (37,7 meses). Duração da lactação: <275 dias (ideal é 305 dias). ½ sangue e 7/8 de europeus alcançam até 302 e 341 dias, respectivamente.
  • 11. Pecuária de leite Índices zootécnicos (rebanho mestiço) Produção de leite: primíparas e com mais de 8 partos produzem menos. Aumenta até 5º parto e então começa a declinar. Época da parição: maior produção quando parto ocorre no inverno
  • 12. Pecuária de leite Produção de leite
  • 13. Pecuária de leite Alimentação Bezerras desmamadas: pastagem e suplementação mineral; Novilhas e vacas prenhes: pasto e suplementação com concentrado nas águas e volumoso e concentrados na seca (a partir do 8º mês de gestação).
  • 14. Pecuária de leite RAÇAS Puras européias: Aptidão para leite: Holandesa, Pardo Suiça, Jersey, Guernsey, Ayrshire; Aptidão dupla (leite e carne): Simental, Dinamarquesa, Red Poll. Puras indianas (zebuinas): gir, guzerá, sindi Mestiças: cruzamento de indianas (zebuinas) com européias
  • 15. Pecuária de leite RAÇAS Guernsey
  • 16. Pecuária de leite RAÇAS Ayrshire
  • 17. Pecuária de leite RAÇAS Red Poll
  • 18. Pecuária de leite RAÇAS Sindi
  • 19. Pecuária de leite Temperatura críticas para raças leiteiras européias Holandesa: 24 e 26º C Jersey: entre 27 e 29º C Pardo-Suíça: > 29,5º C Zona de conforto térmico > -1º C e > 21º C Efeito: queda do consumo de alimentos e da produção de leite
  • 20. Situação da pecuária de leite no Brasil ESTIMATIVA DA ESTRUTURA DE PRODUÇÃO DE LEITE NO BRASIL
  • 21. Sistemas de criação de gado de leite Extensivo: 1200L/vaca/ano, alimentadas a pasto; Semi extensivo: 1200-200L/vaca ano. Pasto com suplementação volumosa na seca. Concentrado no primeiro terço da lactação; Intensivo a pasto: 2000-4500L/vaca/ano. Pasto com alta capacidade de suporte. Suplementação volumosa na seca ou durante o ano todo; Intensivo em confinamento: >4500L/vaca/ano. Confinados e alimentados no cocho com volumoso conservado (silagem ou feno).