SlideShare uma empresa Scribd logo
Profº MarcoAntonio
Reflexão
Chamamos de REFLEXÃO ao retorno
dos raios luminosos para o meio do qual
é proveniente ao atingir uma superfície.
1- Quando a superfície é perfeitamente
polida, como nos espelhos, o retorno da
luz é ordenado. Desta forma temos uma
reflexão dita regular ou especular.
Reflexão
Chamamos de REFLEXÃO ao retorno
dos raios luminosos para o meio do qual
é proveniente ao atingir uma superfície.
2- Quando a superfície apresenta
rugosidade, ou seja, cheio de saliências,
a reflexão da luz é denominada difusa.
O corpo rugoso reflete os raios
luminosos fazendo com que se
propaguem em várias direções.
Reflexão
É a difusão (ou espalhamento) da luz,
pelo próprio ar, pela poeira, pelas
paredes e outros corpos, que torna um
ambiente iluminado. O céu da Terra é
azul porque as moléculas de nitrogênio,
que são partículas de nossa atmosfera,
difundem mais facilmente esta cor das
radiações luminosas.
LeisdaReflexão
1ª Lei: o raio incidente, o raio refletido e
a normal são coplanares.
2ª Lei: o ângulo de incidência é igual ao
ângulo de reflexão.
LeisdaReflexão
1ª Lei: o raio incidente, o raio refletido e
a normal são coplanares.
2ª Lei: o ângulo de incidência é igual ao
ângulo de reflexão.
LeisdaReflexão
A figura abaixo mostra um caso
particular de reflexão regular com
incidência normal.
EspelhoPlano
Espelho plano é aquele cuja superfície, plana e lisa,
reflete regularmente a luz incidente, sofrendo, portanto,
reflexão regular.
EspelhoPlano
Podemos utilizar também a seguinte
definição:
• É um sistema óptico formado
por uma camada de vidro e uma
película de material capaz de
refletir a luz regularmente
(alumínio).
Representa-se um espelho plano
por:
Fonte Puntiforme
Onde:
• POR é o ponto objeto real;
• PIV é o ponto imagem virtual.
EspelhoPlano
• Objeto e imagens equidistantes
ao espelho
• Objeto e imagem possuem
naturezas opostas
• Sistema óptico Estigmático
Um sistema óptico
é estigmático quando
cada ponto objeto
conjuga apenas um
ponto imagem.
EspelhoPlano
Fonte ExtensaAs imagens formadas por espelhos
planos têm as seguintes
características:
• O objeto e a imagem são
equidistantes do espelho.
• Objeto e imagem têm naturezas
contrárias: se o objeto é real, a
imagem é virtual e vice-versa.
• Imagem do mesmo
tamanho que o objeto.
• Imagem é reversa.
EspelhoPlano
Propriedades das imagens dos
espelhos planos:
• A imagem se forma atrás do
espelho (imagem virtual) através
do cruzamento dos
prolongamentos dos raios que
incidem o espelho, e a mesma
tem o mesmo tamanho do
objeto.
• A distância do objeto ao espelho
é igual à distância da imagem ao
espelho, portanto, são simétricos.
• Há reversão da imagem (direita
para a esquerda ou vice-versa,
mas não de baixo para cima).
Imagens enantiomorfas possuem a
mesma forma e são simétricas em
relação ao objeto, dessa maneira, não
se superpõem por translação simples
(como a letra R e a sua imagem)
EspelhoPlano
Exemplo: Um objeto retilíneo AB é
colocado em frente de um espelho
plano E, conforme a figura.
a) Obtenha a imagem A’B’ do
objeto AB.
b) Desenhe os raios de luz
provenientes de A e B que refletem
no espelho e atingem o olho O do
observador.
EspelhoPlano
Exemplo: Um objeto retilíneo AB é
colocado em frente de um espelho
plano E, conforme a figura.
a) Obtenha a imagem A’B’ do
objeto AB.
b) Desenhe os raios de luz
provenientes de A e B que refletem
no espelho e atingem o olho O do
observador.
EspelhoPlano
Exemplo: (UERJ) Uma garota, para
observar seu penteado, coloca-se em
frente a um espelho plano de parede,
situado a 40 cm de uma flor presa na
parte de trás dos seus cabelos.
Buscando uma visão melhor do
arranjo da flor no cabelo, ela segura,
com uma das mãos, um pequeno
espelho plano atrás da cabeça, a 15
cm da flor.
A menor distância entre a flor e sua
imagem, vista pela garota no espelho de
parede, está próxima de:
a) 55 cm.
b) 70 cm.
c) 95 cm.
d) 110 cm.
e) 125 cm.
EspelhoPlano-Aplicações
Campo visual de um espelho
plano:
• É a região que um observador
frente a um espelho pode
observar.
EspelhoPlano-Aplicações
ER8. A figura mostra um espelho
plano E, um observador O e os
pontos P, Q, R, 5, T e U. Quais são os
pontos que o observador poderá ver
no espelho, por reflexão?
EspelhoPlano-Aplicações
Translação de um espelho plano:
Quando temos um objeto fixo diante de um espelho e provocarmos o
deslocamento do espelho na horizontal, como mostramos nas figuras
abaixo, dizemos que o espelho sofreu uma translação.
EspelhoPlano-Aplicações
Translação de um espelho plano:
Quando temos um objeto fixo
diante de um espelho e
provocarmos o deslocamento do
espelho na horizontal, como
mostramos na figura ao lado,
dizemos que o espelho sofreu uma
translação.
Sendo D = 2.(x + d) - 2.x
Logo:
D = 2.d
Onde:
• D é o deslocamento da imagem
• d é o deslocamento do espelho
O deslocamento da
imagem é o dobro do
deslocamento do
espelho.
EspelhoPlano-Aplicações
Exemplo:
(UnB-DF) Um espelho plano fornece uma imagem de um objeto situado a
uma distância de 10cm do espelho. Afastando-se o espelho 20cm em uma
direção normal ao seu plano, que distância separará a antiga imagem da nova
imagem ?
EspelhoPlano-Aplicações
Translação de um espelho plano:
Como os deslocamentos do
espelho e da imagem são
simultâneos, a velocidade
da imagem será o dobro da
velocidade do espelho
EspelhoPlano-Aplicações
Exemplo: (EFOMM-RJ) Uma
pessoa caminha em direção a um
espelho fixo com velocidade
escalar constante, medida em
relação ao solo, conforme mostra a
figura abaixo.
Analisando a situação descrita, pode-
se afirmar que:
a) a imagem, de mesmo tamanho,
afasta-se do espelho com velocidade
de 1,5 m/s.
b) a imagem, de mesmo tamanho,
aproxima-se do espelho com
velocidade de 3,0xm/s.
c) a pessoa e a sua imagem
aproximam-se com velocidade relativa
de 3,0 m/s.
d) a pessoa e a sua imagem afastam-
se com velocidade relativa de 3,0 m/s.
e) a imagem, aumentada devido à
aproximação da pessoa, tem
velocidade de 1,5xm/s.
Associaçãodeespelhos
Esta configuração de espelhos é
utilizada como recurso para
decoração de espaços reduzidos!
𝑁 =
360°
𝛼
− 1
Esta equação só é válida em duas
situações:
• Se 360/α for par: para qualquer
posição do objeto entre os espelhos.
• Se 360/ α for ímpar: o objeto deve
estar exatamente no plano bissetor
do ângulo formado entre os dois
espelhos.
Exercícios
1. Colocando-se um objeto entre dois
espelhos planos que formam entre
si um ângulo diedro de 45º, qual o
número de imagens virtuais
formadas?
2. Um objeto é colocado sobre a
bissetriz do ângulo formado por
dois espelhos planos, produzindo-
se 35 imagens do referido objeto.
Determine o ângulo entre os
espelhos.
Exercícios
ER4. Uma pessoa está encostada em
um poste de 5 m de altura e tem
diante de si um espelho plano, muito
grande, colocado verticalmente a 2 m
de distância dela. Sendo de 1,60 m a
altura dos olhos dessa pessoa em
relação ao solo horizontal, calcule o
tamanho mínimo x do espelho para
que ela possa ver o poste por Inteiro.
x = 2,5 m
Exercícios
ER5. Um espelho plano vertical
conjuga a Imagem de um observador
parado, situado a 2 m do ponto obje-
to. Afastando-se o espelho 3 m, em
uma direção perpendicular ao seu
próprio plano, que distância passa a
separar a primeira imagem da
segunda?
D = 6 m
Exercícios
ER6. Um motorista vê, no espelho
retrovisor do seu automóvel, a
imagem de uma árvore à beira do as-
falto. Sabendo-se que o velocímetro
está marcando 80 km/h, pergunta-se:
a) Qual é a velocidade da imagem
em relação ao asfalto?
b) Qual é a velocidade da imagem
em relação ao motorista?
a) 160 km/h
b) 80 km/h
Exercícios
ER7. Uma pessoa se aproxima de um
espelho plano vertical à velocidade de
4 m/s. Determine:
a) a velocidade com que a imagem
se aproxima do espelho;
b) a velocidade com que a pessoa se
aproxima da sua imagem.
a) 4 m/s
b) 8 m/s
Exercícios
EP3. Um professor de Física, cujos olhos
estão a 1,70 m do chão e que tem 1,80 m
de altura, está de pé em frente a um
espelho plano vertical em uma sala de
aula e pede aos seus alunos que
calculem:
a) o tamanho mínimo do espelho para
que ele possa ver sua imagem refletida
por inteiro;
0,90 m
b) a quantos centímetros do chão deverá
ficar a borda inferior do espelho para que
ele possa ver os seus pés por reflexão.
85 cm
EP5. Um espelho plano vertical conjuga
um vaso e sua imagem, com ele situado
a 3,5 m de distância. Afastando-se o
espelho 2 m, mantendo-o ainda vertical,
que distância passa a separar as duas
imagens (inicial e final)? 4 m
EP6. Um motorista que está a 60 km/h
vê pelo espelho retrovisor do seu carro a
imagem de uma casinha que está à beira
da estrada. Determine:
a) a velocidade da imagem em relação à
estrada; 120 km/h
b) a velocidade da imagem em relação
ao motorista. 60 km/h
Exercícios
EP7. Se você estiver se aproximando
perpendicularmente de uma parede
espelhada a uma velocidade de 2,5 m/s,
a sua imagem:
a) aumenta de tamanho.
b) diminui de tamanho.
c) afasta-se de você à velocidade de 2,5
m/s.
d) aproxima-se de você à velocidade de
2,5 m/s.
e) aproxima-se de você à velocidade de
5,0 m/s.
EP10. Um lustre com 4 lâmpadas está
suspenso no teto, próximo à parede de
uma sala. O teto e a parede são espelhos
planos. Uma pessoa, olhando para esse
diedro (ângulo formado pelo encontro
de dois planos) reto, verá no total
quantos lustres e quantas lâmpadas?
4 lustres e 16 lâmpadas.
EP4. Pedro deseja observar uma torre
inteira, de 101 m de altura, através de
um espelho de tamanho 1,0 m, situado a
50 m dela. Qual deve ser a mínima
distância do espelho a qual Pedro deverá
ficar?
Exercícios
2. No exercício anterior, considerando que
Renato possui 1,80 m de altura, qual
deverá ser a altura mínima do espelho em
relação ao solo, para que ele possa ver a
imagem completa da árvore?
1. A figura abaixo mostra Renato em
frente a um espelho plano, vertical, de
tamanho 1 m e de costas para uma
árvore de altura 5 m de altura (fora de
escala). Na situação ilustrada, qual
deverá ser a distância mínima de
Renato até o espelho para que ele possa
ver a imagem completa da árvore?
Reflexão e Espelhos Planos
Reflexão e Espelhos Planos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho e Energia Slide
Trabalho e Energia SlideTrabalho e Energia Slide
Trabalho e Energia Slide
Vlamir Gama Rocha
 
Slides de Refração
Slides de Refração Slides de Refração
Slides de Refração
sartremoyses
 
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
Aula de física  movimento, repouso, velocidade médiaAula de física  movimento, repouso, velocidade média
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
luam1969
 
Refração da luz
Refração da luzRefração da luz
Refração da luz
fisicaatual
 
Introdução à óptica geométrica
Introdução à óptica geométricaIntrodução à óptica geométrica
Introdução à óptica geométrica
fisicaatual
 
Calor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latenteCalor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latente
ReinaldoMassayuki1
 
Espelhos Esféricos
Espelhos EsféricosEspelhos Esféricos
Espelhos Esféricos
Ph Neves
 
Movimento Circular Uniforme
Movimento Circular UniformeMovimento Circular Uniforme
Movimento Circular Uniforme
Marco Antonio Sanches
 
Aula 1 velocidade média
Aula 1  velocidade médiaAula 1  velocidade média
Aula 1 velocidade média
Montenegro Física
 
Impulso e Quantidade de Movimento
Impulso e Quantidade de MovimentoImpulso e Quantidade de Movimento
Impulso e Quantidade de Movimento
Marco Antonio Sanches
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
Miky Mine
 
Energia Mecanica
Energia MecanicaEnergia Mecanica
Energia Mecanica
andrezaocom
 
Lentes
LentesLentes
Lentes
Rildo Borges
 
Cinemática Escalar
Cinemática EscalarCinemática Escalar
Cinemática Escalar
Marco Antonio Sanches
 
Energia mecânica
Energia mecânicaEnergia mecânica
Energia mecânica
Kamila Joyce
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
O mundo da FÍSICA
 
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Homero Junior
 
Transmissão de calor
Transmissão de calorTransmissão de calor
Transmissão de calor
Arthur Carlos de Oliveira
 
I.1 A origem do universo
I.1 A origem do universoI.1 A origem do universo
I.1 A origem do universo
Rebeca Vale
 
Lentes esféricas
Lentes esféricasLentes esféricas
Lentes esféricas
Natasha Esteves
 

Mais procurados (20)

Trabalho e Energia Slide
Trabalho e Energia SlideTrabalho e Energia Slide
Trabalho e Energia Slide
 
Slides de Refração
Slides de Refração Slides de Refração
Slides de Refração
 
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
Aula de física  movimento, repouso, velocidade médiaAula de física  movimento, repouso, velocidade média
Aula de física movimento, repouso, velocidade média
 
Refração da luz
Refração da luzRefração da luz
Refração da luz
 
Introdução à óptica geométrica
Introdução à óptica geométricaIntrodução à óptica geométrica
Introdução à óptica geométrica
 
Calor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latenteCalor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latente
 
Espelhos Esféricos
Espelhos EsféricosEspelhos Esféricos
Espelhos Esféricos
 
Movimento Circular Uniforme
Movimento Circular UniformeMovimento Circular Uniforme
Movimento Circular Uniforme
 
Aula 1 velocidade média
Aula 1  velocidade médiaAula 1  velocidade média
Aula 1 velocidade média
 
Impulso e Quantidade de Movimento
Impulso e Quantidade de MovimentoImpulso e Quantidade de Movimento
Impulso e Quantidade de Movimento
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
 
Energia Mecanica
Energia MecanicaEnergia Mecanica
Energia Mecanica
 
Lentes
LentesLentes
Lentes
 
Cinemática Escalar
Cinemática EscalarCinemática Escalar
Cinemática Escalar
 
Energia mecânica
Energia mecânicaEnergia mecânica
Energia mecânica
 
Óptica introdução
Óptica introduçãoÓptica introdução
Óptica introdução
 
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
Respostas Dos ExercíCios De CinemáTica 1
 
Transmissão de calor
Transmissão de calorTransmissão de calor
Transmissão de calor
 
I.1 A origem do universo
I.1 A origem do universoI.1 A origem do universo
I.1 A origem do universo
 
Lentes esféricas
Lentes esféricasLentes esféricas
Lentes esféricas
 

Semelhante a Reflexão e Espelhos Planos

Espelhos planos
Espelhos planosEspelhos planos
Espelhos planos
Ananda Freitas
 
www.aulasapoio.com.br - Física - Exercícios resolvidos Óptica
www.aulasapoio.com.br  - Física - Exercícios resolvidos Ópticawww.aulasapoio.com.br  - Física - Exercícios resolvidos Óptica
www.aulasapoio.com.br - Física - Exercícios resolvidos Óptica
Bárbara Cristina
 
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
Marco Antonio Sanches
 
Exercicios de opticas
Exercicios de opticasExercicios de opticas
Exercicios de opticas
leonardo mardegan
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ópticas e Ondas
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ópticas e  Ondaswww.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ópticas e  Ondas
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ópticas e Ondas
Videoaulas De Física Apoio
 
óPtica lentes
óPtica lentesóPtica lentes
óPtica lentes
Joana Figueredo
 
www.aulasapoio.com - Exercícios Resolvidos Óptica
www.aulasapoio.com  - Exercícios  Resolvidos Ópticawww.aulasapoio.com  - Exercícios  Resolvidos Óptica
www.aulasapoio.com - Exercícios Resolvidos Óptica
Video Aulas Apoio
 
Física - Módulo 2 - Reflexão da Luz - Resolução de Exercícios - www.CentroApo...
Física - Módulo 2 - Reflexão da Luz - Resolução de Exercícios - www.CentroApo...Física - Módulo 2 - Reflexão da Luz - Resolução de Exercícios - www.CentroApo...
Física - Módulo 2 - Reflexão da Luz - Resolução de Exercícios - www.CentroApo...
Vídeo Aulas Apoio
 
Básica optica e espelho plano
Básica optica e espelho  planoBásica optica e espelho  plano
Básica optica e espelho plano
rodrigoateneu
 
Exercícios complementares
Exercícios complementaresExercícios complementares
Exercícios complementares
Vídeo Aulas Apoio
 
Física - Exercícios de Reflexão da Luz
Física - Exercícios de Reflexão da LuzFísica - Exercícios de Reflexão da Luz
Física - Exercícios de Reflexão da Luz
Joana Figueredo
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Resolvidos de Reflexão da Luz
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Resolvidos de Reflexão da Luzwww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Resolvidos de Reflexão da Luz
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Resolvidos de Reflexão da Luz
Videoaulas De Física Apoio
 
Fisica espelhos planos_exercicios
Fisica espelhos planos_exerciciosFisica espelhos planos_exercicios
Fisica espelhos planos_exercicios
BeatrizSilva168088
 
Espelho planos
Espelho planosEspelho planos
Espelho planos
O mundo da FÍSICA
 
Aula 03 optica exercicios
Aula 03  optica exerciciosAula 03  optica exercicios
Aula 03 optica exercicios
Pedro Mateus
 
Carine e carol
Carine e carolCarine e carol
Carine e carol
Carol Liima
 
Trabalho 2 fisica 4
Trabalho 2   fisica 4 Trabalho 2   fisica 4
Trabalho 2 fisica 4
Gustavo Guimarães
 
Imagem e reflexo
Imagem e reflexoImagem e reflexo
Imagem e reflexo
Nayane Kédna
 
Revisão testão 2º ano
Revisão testão 2º anoRevisão testão 2º ano
Revisão testão 2º ano
Rildo Borges
 
Espelhos planos
Espelhos planosEspelhos planos
Espelhos planos
Daniela F Almenara
 

Semelhante a Reflexão e Espelhos Planos (20)

Espelhos planos
Espelhos planosEspelhos planos
Espelhos planos
 
www.aulasapoio.com.br - Física - Exercícios resolvidos Óptica
www.aulasapoio.com.br  - Física - Exercícios resolvidos Ópticawww.aulasapoio.com.br  - Física - Exercícios resolvidos Óptica
www.aulasapoio.com.br - Física - Exercícios resolvidos Óptica
 
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
Refração da luz e espelhos planos (versão 2018)
 
Exercicios de opticas
Exercicios de opticasExercicios de opticas
Exercicios de opticas
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ópticas e Ondas
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ópticas e  Ondaswww.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ópticas e  Ondas
www.aulasdefisicaapoio.com - Física – Exercícios Resolvidos Ópticas e Ondas
 
óPtica lentes
óPtica lentesóPtica lentes
óPtica lentes
 
www.aulasapoio.com - Exercícios Resolvidos Óptica
www.aulasapoio.com  - Exercícios  Resolvidos Ópticawww.aulasapoio.com  - Exercícios  Resolvidos Óptica
www.aulasapoio.com - Exercícios Resolvidos Óptica
 
Física - Módulo 2 - Reflexão da Luz - Resolução de Exercícios - www.CentroApo...
Física - Módulo 2 - Reflexão da Luz - Resolução de Exercícios - www.CentroApo...Física - Módulo 2 - Reflexão da Luz - Resolução de Exercícios - www.CentroApo...
Física - Módulo 2 - Reflexão da Luz - Resolução de Exercícios - www.CentroApo...
 
Básica optica e espelho plano
Básica optica e espelho  planoBásica optica e espelho  plano
Básica optica e espelho plano
 
Exercícios complementares
Exercícios complementaresExercícios complementares
Exercícios complementares
 
Física - Exercícios de Reflexão da Luz
Física - Exercícios de Reflexão da LuzFísica - Exercícios de Reflexão da Luz
Física - Exercícios de Reflexão da Luz
 
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Resolvidos de Reflexão da Luz
www.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Resolvidos de Reflexão da Luzwww.AulasDeFisicaApoio.com  - Física – Exercícios Resolvidos de Reflexão da Luz
www.AulasDeFisicaApoio.com - Física – Exercícios Resolvidos de Reflexão da Luz
 
Fisica espelhos planos_exercicios
Fisica espelhos planos_exerciciosFisica espelhos planos_exercicios
Fisica espelhos planos_exercicios
 
Espelho planos
Espelho planosEspelho planos
Espelho planos
 
Aula 03 optica exercicios
Aula 03  optica exerciciosAula 03  optica exercicios
Aula 03 optica exercicios
 
Carine e carol
Carine e carolCarine e carol
Carine e carol
 
Trabalho 2 fisica 4
Trabalho 2   fisica 4 Trabalho 2   fisica 4
Trabalho 2 fisica 4
 
Imagem e reflexo
Imagem e reflexoImagem e reflexo
Imagem e reflexo
 
Revisão testão 2º ano
Revisão testão 2º anoRevisão testão 2º ano
Revisão testão 2º ano
 
Espelhos planos
Espelhos planosEspelhos planos
Espelhos planos
 

Mais de Marco Antonio Sanches

Hidrostática (versão 2018)
Hidrostática (versão 2018)Hidrostática (versão 2018)
Hidrostática (versão 2018)
Marco Antonio Sanches
 
Mecânica - Série ENEM
Mecânica - Série ENEMMecânica - Série ENEM
Mecânica - Série ENEM
Marco Antonio Sanches
 
Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Óptica geométrica (2017)
Óptica geométrica (2017)Óptica geométrica (2017)
Óptica geométrica (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Estudo dos Geradores (2017)
Estudo dos Geradores (2017)Estudo dos Geradores (2017)
Estudo dos Geradores (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Termodinâmica (2017)
Termodinâmica (2017)Termodinâmica (2017)
Termodinâmica (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Primeira Lei da Termodinâmica
Primeira Lei da TermodinâmicaPrimeira Lei da Termodinâmica
Primeira Lei da Termodinâmica
Marco Antonio Sanches
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
Marco Antonio Sanches
 
Diagrama de fases
Diagrama de fasesDiagrama de fases
Diagrama de fases
Marco Antonio Sanches
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
Marco Antonio Sanches
 
Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Calorimetria (2017)
Calorimetria (2017)Calorimetria (2017)
Calorimetria (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
Marco Antonio Sanches
 
Eletromagnetismo
EletromagnetismoEletromagnetismo
Eletromagnetismo
Marco Antonio Sanches
 
Estudo dos gases
Estudo dos gasesEstudo dos gases
Estudo dos gases
Marco Antonio Sanches
 
Apostila eletrostática
Apostila eletrostáticaApostila eletrostática
Apostila eletrostática
Marco Antonio Sanches
 
Oficina App Inventor
Oficina App InventorOficina App Inventor
Oficina App Inventor
Marco Antonio Sanches
 
Termodinâmica
TermodinâmicaTermodinâmica
Termodinâmica
Marco Antonio Sanches
 
Mudança de fase
Mudança de faseMudança de fase
Mudança de fase
Marco Antonio Sanches
 

Mais de Marco Antonio Sanches (20)

Hidrostática (versão 2018)
Hidrostática (versão 2018)Hidrostática (versão 2018)
Hidrostática (versão 2018)
 
Mecânica - Série ENEM
Mecânica - Série ENEMMecânica - Série ENEM
Mecânica - Série ENEM
 
Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)Estudo dos receptores (2017)
Estudo dos receptores (2017)
 
Óptica geométrica (2017)
Óptica geométrica (2017)Óptica geométrica (2017)
Óptica geométrica (2017)
 
Estudo dos Geradores (2017)
Estudo dos Geradores (2017)Estudo dos Geradores (2017)
Estudo dos Geradores (2017)
 
Termodinâmica (2017)
Termodinâmica (2017)Termodinâmica (2017)
Termodinâmica (2017)
 
Primeira Lei da Termodinâmica
Primeira Lei da TermodinâmicaPrimeira Lei da Termodinâmica
Primeira Lei da Termodinâmica
 
Associação de resistores
Associação de resistoresAssociação de resistores
Associação de resistores
 
Diagrama de fases
Diagrama de fasesDiagrama de fases
Diagrama de fases
 
Ondulatória
OndulatóriaOndulatória
Ondulatória
 
Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)Mudança de fase (2017)
Mudança de fase (2017)
 
Calorimetria (2017)
Calorimetria (2017)Calorimetria (2017)
Calorimetria (2017)
 
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
Óptica geométrica - Revisão 3º EM (2017)
 
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
Hidrostática - revisão 2º EM (2017)
 
Eletromagnetismo
EletromagnetismoEletromagnetismo
Eletromagnetismo
 
Estudo dos gases
Estudo dos gasesEstudo dos gases
Estudo dos gases
 
Apostila eletrostática
Apostila eletrostáticaApostila eletrostática
Apostila eletrostática
 
Oficina App Inventor
Oficina App InventorOficina App Inventor
Oficina App Inventor
 
Termodinâmica
TermodinâmicaTermodinâmica
Termodinâmica
 
Mudança de fase
Mudança de faseMudança de fase
Mudança de fase
 

Último

(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
SidneySilva523387
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 

Último (20)

(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou  co...
filosofia e Direito- É a teoria que explica como a sociedade se organizou co...
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 

Reflexão e Espelhos Planos

  • 2.
  • 3. Reflexão Chamamos de REFLEXÃO ao retorno dos raios luminosos para o meio do qual é proveniente ao atingir uma superfície. 1- Quando a superfície é perfeitamente polida, como nos espelhos, o retorno da luz é ordenado. Desta forma temos uma reflexão dita regular ou especular.
  • 4. Reflexão Chamamos de REFLEXÃO ao retorno dos raios luminosos para o meio do qual é proveniente ao atingir uma superfície. 2- Quando a superfície apresenta rugosidade, ou seja, cheio de saliências, a reflexão da luz é denominada difusa. O corpo rugoso reflete os raios luminosos fazendo com que se propaguem em várias direções.
  • 5. Reflexão É a difusão (ou espalhamento) da luz, pelo próprio ar, pela poeira, pelas paredes e outros corpos, que torna um ambiente iluminado. O céu da Terra é azul porque as moléculas de nitrogênio, que são partículas de nossa atmosfera, difundem mais facilmente esta cor das radiações luminosas.
  • 6. LeisdaReflexão 1ª Lei: o raio incidente, o raio refletido e a normal são coplanares. 2ª Lei: o ângulo de incidência é igual ao ângulo de reflexão.
  • 7. LeisdaReflexão 1ª Lei: o raio incidente, o raio refletido e a normal são coplanares. 2ª Lei: o ângulo de incidência é igual ao ângulo de reflexão.
  • 8. LeisdaReflexão A figura abaixo mostra um caso particular de reflexão regular com incidência normal.
  • 9.
  • 10. EspelhoPlano Espelho plano é aquele cuja superfície, plana e lisa, reflete regularmente a luz incidente, sofrendo, portanto, reflexão regular.
  • 11. EspelhoPlano Podemos utilizar também a seguinte definição: • É um sistema óptico formado por uma camada de vidro e uma película de material capaz de refletir a luz regularmente (alumínio). Representa-se um espelho plano por: Fonte Puntiforme Onde: • POR é o ponto objeto real; • PIV é o ponto imagem virtual.
  • 12. EspelhoPlano • Objeto e imagens equidistantes ao espelho • Objeto e imagem possuem naturezas opostas • Sistema óptico Estigmático Um sistema óptico é estigmático quando cada ponto objeto conjuga apenas um ponto imagem.
  • 13. EspelhoPlano Fonte ExtensaAs imagens formadas por espelhos planos têm as seguintes características: • O objeto e a imagem são equidistantes do espelho. • Objeto e imagem têm naturezas contrárias: se o objeto é real, a imagem é virtual e vice-versa. • Imagem do mesmo tamanho que o objeto. • Imagem é reversa.
  • 14. EspelhoPlano Propriedades das imagens dos espelhos planos: • A imagem se forma atrás do espelho (imagem virtual) através do cruzamento dos prolongamentos dos raios que incidem o espelho, e a mesma tem o mesmo tamanho do objeto. • A distância do objeto ao espelho é igual à distância da imagem ao espelho, portanto, são simétricos. • Há reversão da imagem (direita para a esquerda ou vice-versa, mas não de baixo para cima). Imagens enantiomorfas possuem a mesma forma e são simétricas em relação ao objeto, dessa maneira, não se superpõem por translação simples (como a letra R e a sua imagem)
  • 15. EspelhoPlano Exemplo: Um objeto retilíneo AB é colocado em frente de um espelho plano E, conforme a figura. a) Obtenha a imagem A’B’ do objeto AB. b) Desenhe os raios de luz provenientes de A e B que refletem no espelho e atingem o olho O do observador.
  • 16. EspelhoPlano Exemplo: Um objeto retilíneo AB é colocado em frente de um espelho plano E, conforme a figura. a) Obtenha a imagem A’B’ do objeto AB. b) Desenhe os raios de luz provenientes de A e B que refletem no espelho e atingem o olho O do observador.
  • 17. EspelhoPlano Exemplo: (UERJ) Uma garota, para observar seu penteado, coloca-se em frente a um espelho plano de parede, situado a 40 cm de uma flor presa na parte de trás dos seus cabelos. Buscando uma visão melhor do arranjo da flor no cabelo, ela segura, com uma das mãos, um pequeno espelho plano atrás da cabeça, a 15 cm da flor. A menor distância entre a flor e sua imagem, vista pela garota no espelho de parede, está próxima de: a) 55 cm. b) 70 cm. c) 95 cm. d) 110 cm. e) 125 cm.
  • 18. EspelhoPlano-Aplicações Campo visual de um espelho plano: • É a região que um observador frente a um espelho pode observar.
  • 19. EspelhoPlano-Aplicações ER8. A figura mostra um espelho plano E, um observador O e os pontos P, Q, R, 5, T e U. Quais são os pontos que o observador poderá ver no espelho, por reflexão?
  • 20. EspelhoPlano-Aplicações Translação de um espelho plano: Quando temos um objeto fixo diante de um espelho e provocarmos o deslocamento do espelho na horizontal, como mostramos nas figuras abaixo, dizemos que o espelho sofreu uma translação.
  • 21. EspelhoPlano-Aplicações Translação de um espelho plano: Quando temos um objeto fixo diante de um espelho e provocarmos o deslocamento do espelho na horizontal, como mostramos na figura ao lado, dizemos que o espelho sofreu uma translação. Sendo D = 2.(x + d) - 2.x Logo: D = 2.d Onde: • D é o deslocamento da imagem • d é o deslocamento do espelho O deslocamento da imagem é o dobro do deslocamento do espelho.
  • 22. EspelhoPlano-Aplicações Exemplo: (UnB-DF) Um espelho plano fornece uma imagem de um objeto situado a uma distância de 10cm do espelho. Afastando-se o espelho 20cm em uma direção normal ao seu plano, que distância separará a antiga imagem da nova imagem ?
  • 23. EspelhoPlano-Aplicações Translação de um espelho plano: Como os deslocamentos do espelho e da imagem são simultâneos, a velocidade da imagem será o dobro da velocidade do espelho
  • 24. EspelhoPlano-Aplicações Exemplo: (EFOMM-RJ) Uma pessoa caminha em direção a um espelho fixo com velocidade escalar constante, medida em relação ao solo, conforme mostra a figura abaixo. Analisando a situação descrita, pode- se afirmar que: a) a imagem, de mesmo tamanho, afasta-se do espelho com velocidade de 1,5 m/s. b) a imagem, de mesmo tamanho, aproxima-se do espelho com velocidade de 3,0xm/s. c) a pessoa e a sua imagem aproximam-se com velocidade relativa de 3,0 m/s. d) a pessoa e a sua imagem afastam- se com velocidade relativa de 3,0 m/s. e) a imagem, aumentada devido à aproximação da pessoa, tem velocidade de 1,5xm/s.
  • 25. Associaçãodeespelhos Esta configuração de espelhos é utilizada como recurso para decoração de espaços reduzidos! 𝑁 = 360° 𝛼 − 1 Esta equação só é válida em duas situações: • Se 360/α for par: para qualquer posição do objeto entre os espelhos. • Se 360/ α for ímpar: o objeto deve estar exatamente no plano bissetor do ângulo formado entre os dois espelhos.
  • 26. Exercícios 1. Colocando-se um objeto entre dois espelhos planos que formam entre si um ângulo diedro de 45º, qual o número de imagens virtuais formadas? 2. Um objeto é colocado sobre a bissetriz do ângulo formado por dois espelhos planos, produzindo- se 35 imagens do referido objeto. Determine o ângulo entre os espelhos.
  • 27. Exercícios ER4. Uma pessoa está encostada em um poste de 5 m de altura e tem diante de si um espelho plano, muito grande, colocado verticalmente a 2 m de distância dela. Sendo de 1,60 m a altura dos olhos dessa pessoa em relação ao solo horizontal, calcule o tamanho mínimo x do espelho para que ela possa ver o poste por Inteiro. x = 2,5 m
  • 28. Exercícios ER5. Um espelho plano vertical conjuga a Imagem de um observador parado, situado a 2 m do ponto obje- to. Afastando-se o espelho 3 m, em uma direção perpendicular ao seu próprio plano, que distância passa a separar a primeira imagem da segunda? D = 6 m
  • 29. Exercícios ER6. Um motorista vê, no espelho retrovisor do seu automóvel, a imagem de uma árvore à beira do as- falto. Sabendo-se que o velocímetro está marcando 80 km/h, pergunta-se: a) Qual é a velocidade da imagem em relação ao asfalto? b) Qual é a velocidade da imagem em relação ao motorista? a) 160 km/h b) 80 km/h
  • 30. Exercícios ER7. Uma pessoa se aproxima de um espelho plano vertical à velocidade de 4 m/s. Determine: a) a velocidade com que a imagem se aproxima do espelho; b) a velocidade com que a pessoa se aproxima da sua imagem. a) 4 m/s b) 8 m/s
  • 31. Exercícios EP3. Um professor de Física, cujos olhos estão a 1,70 m do chão e que tem 1,80 m de altura, está de pé em frente a um espelho plano vertical em uma sala de aula e pede aos seus alunos que calculem: a) o tamanho mínimo do espelho para que ele possa ver sua imagem refletida por inteiro; 0,90 m b) a quantos centímetros do chão deverá ficar a borda inferior do espelho para que ele possa ver os seus pés por reflexão. 85 cm EP5. Um espelho plano vertical conjuga um vaso e sua imagem, com ele situado a 3,5 m de distância. Afastando-se o espelho 2 m, mantendo-o ainda vertical, que distância passa a separar as duas imagens (inicial e final)? 4 m EP6. Um motorista que está a 60 km/h vê pelo espelho retrovisor do seu carro a imagem de uma casinha que está à beira da estrada. Determine: a) a velocidade da imagem em relação à estrada; 120 km/h b) a velocidade da imagem em relação ao motorista. 60 km/h
  • 32. Exercícios EP7. Se você estiver se aproximando perpendicularmente de uma parede espelhada a uma velocidade de 2,5 m/s, a sua imagem: a) aumenta de tamanho. b) diminui de tamanho. c) afasta-se de você à velocidade de 2,5 m/s. d) aproxima-se de você à velocidade de 2,5 m/s. e) aproxima-se de você à velocidade de 5,0 m/s. EP10. Um lustre com 4 lâmpadas está suspenso no teto, próximo à parede de uma sala. O teto e a parede são espelhos planos. Uma pessoa, olhando para esse diedro (ângulo formado pelo encontro de dois planos) reto, verá no total quantos lustres e quantas lâmpadas? 4 lustres e 16 lâmpadas. EP4. Pedro deseja observar uma torre inteira, de 101 m de altura, através de um espelho de tamanho 1,0 m, situado a 50 m dela. Qual deve ser a mínima distância do espelho a qual Pedro deverá ficar?
  • 33. Exercícios 2. No exercício anterior, considerando que Renato possui 1,80 m de altura, qual deverá ser a altura mínima do espelho em relação ao solo, para que ele possa ver a imagem completa da árvore? 1. A figura abaixo mostra Renato em frente a um espelho plano, vertical, de tamanho 1 m e de costas para uma árvore de altura 5 m de altura (fora de escala). Na situação ilustrada, qual deverá ser a distância mínima de Renato até o espelho para que ele possa ver a imagem completa da árvore?