SlideShare uma empresa Scribd logo
Esp.Nelzeli de Marins Coelho Moldero
          nelmoldero@yahoo.com.br
   “Área que estuda e lida com o processo de
    aprendizagem e suas dificuldades e que,
    numa ação profissional, deve englobar
    vários    campos      do    conhecimento,
    integrando-os e sistematizando-os”
                                   ( Scoz, 1992)
   Posiciona-se para compreender os
    processos do desenvolvimento e
    das    aprendizagens     humanas,
    recorrendo a várias áreas e
    estratégias pedagógicas.

É    uma área de saber que se ocupa
    em      estudar     as    melhores
    estratégias para levar os sujeitos a
    adquirir/integrar    conhecimento.
.... É um pesquisador permanente, um
 sujeito que, a cada movimento, ação
 e conduta enquanto profissional,
 busca alternativas para os dilemas,
 tensões,limites que lhe surgem,
 vislumbrando      sempre      novas
 possibilidades.
Busca compreender como ocorre os
 processos de aprendizagem e
 entender as possíveis dificuldades
 situadas neste movimento.

 Para tal, faz uso da integração e
 síntese    de    vários    campos     do
 conhecimento,tais como a Psicologia,
 a Psicanálise, a Filosofia, a Sociologia,
 a    Pedagogia,     a   Neurologia,     a
 Neuropedagogia, entre outros.
   O Movimento da prática Psicopedagógica no Brasil
    sofreu grande influência das idéias desenvolvidas na
    Argentina;

    O corpo teórico que constitui a fundamentação da
    psicopedagogia no Brasil é formado por grandes
    nomes argentinos: Sara Paín,Jorge Visca, Alícia
    Fernandez e outros;

   A Psicopedagogia nasceu na Europa,no século XIX;
   A prática psicopedagógica desenvolveu-se na
    França que, influenciou a prática Argentina,
    que por sua vez, influenciou a prática
    Brasileira;

   George Mauco foi o fundador do primeiro
    centro médico-psicopedagógico na França;

   Primeiras articulações entre a medicina, a
    psicologia, psicanálise e pedagogia para a
    solução dos problemas de comportamento e
    de aprendizagem.
 O termo Psicopedagogia curativa foi
  adotado     por    Janine     Mery     para
  caracterizar a ação terapêutica dos
  aspectos Pedagógicos e Psicológicos
  no tratamento de crianças com fracasso
  escolar;
 O séc. XIX marcou o interesse de vários
  estudiosos em compreender e atender
  os     portadores       de     deficiências
  sensoriais, debilidade mental e outros
  problemas           relacionados          à
  aprendizagem.       Os     pioneiros     no
  tratamento      das     dificuldades     de
  aprendizagem.
 Prática   clínica: consultório individual-
  grupal        –familiar,em      instituições
  educativas e sanitárias;
 Construção      teórica: permeada pela
  prática de forma que, a partir desta, a
  teoria psicopedagógica possa ser tecida;
 Tratamento psicopedagógico – didático:
  se constitui num espaço para a construção
  do olhar e da escuta clínica – a análise do
  próprio aprender –que configuram a
  atitude psicopedagógica.
ESPAÇO
                 EPISTEMOLÓGICO




     ABORDAGEM                    ABORDAGEM
INTERVENTIVA/CURATIVA             PREVENTIVA


       CLÍNICA                INSTITUCIONAL
 Reelabora o processo de aprendizagem
 Propicia a construção do saber
 Devolve ao sujeito o prazer de aprender
 Pp –testemunha- “insigth”
 Resgate da autonomia
 Cardápio individual- flexível
 Há folga para trabalhar o desejo
 Espaço para rastrear a meta
 Objetivo – dirigido para a história do sujeito – rede
  situações familiares
 Uso da metodologia clínica
 Está dirigida à história do sujeito porque a demanda é a
  cura.
 Administra ansiedades
 Cria clima harmonioso     nos grupos de
  trabalho
 Colabora     com     a    construção    do
  conhecimento
 Identifica obstáculos no processo de
  aprendizagem e desenvolvimento
 Implanta                          recursos
  preventivos,conscientizando os conflitos
  de fragmentação do conteúdo e da não
  formação de grupos
 Se dirige ao aluno como aprendente e ao
  professor como ensinante
 Clareia papéis e tarefas no grupo
O objeto da psicopedagogia não é
então, no meu ponto de vista, o
conteúdo ensinado ou o conteúdo
apreendido ou não-aprendido. São os
posicionamento      ensinantes      e
aprendentes,    e    a    intersecção
problemática (nunca harmônica) mas
necessária, entre o conhecer e o
saber.”
             (Fernàndez, 2001, p.55)
corpo              inteligência



        APRENDIZAGEM




          desejo
ESCOLA DA
   ESCOLA
                   PSICOLOGIA
PSICANALÍTICA
                     SOCIAL
          APRENDIZAGEM


          ESCOLA DA
          PSICOLOGIA
           GENÉTICA
   Aprendizagem é o resultado de uma
    construção(princípio construtivista) dada em
    virtude      de      uma        interação(princípio
    interacionista) que coloco em jogo a pessoa
    total (princípio estruturalista). (Visca, 1987)
A  partir do conhecimento do processo de
 aquisição da aprendizagem, o especialista em
 psicopedagogia    consegue    detectar    que
 situações    podem     estar    influenciando
 negativamente este processo, ou           que
 mecanismos o aprendiz está utilizando que
 podem estar dificultando sua aprendizagem.

É   importante observamos e analisarmos o
 sistema familiar, escolar e social em que está
 inserida, além do seu próprio processo
 de aprendizagem, para podermos detectar o
 que pode estar obstaculizando esta aquisição.
 Uma   dificuldade de aprendizagem não é
  vista como patogenia e sim como um
  obstáculo que pode estar dificultando este
  processo
 Estes obstáculos são classificados como
  epistêmico, epistemofílico, epistemológico
  e funcional.
 Obstáculo  Epistêmico - refere-se a estrutura
  cognitiva do aprendiz, que deriva do nível de
  operatividade da estrutura cognitiva alcançada,
  ou seja ninguém pode aprender além do que
  sua estrutura cognitiva permite.
 Obstáculo Epistemofílico -     é utilizado para
  designar o vínculo afetivo que o aprendiz
  estabelece com os objetos e situações
  de aprendizagem.
 Obstáculo  Epistemológico - está relacionado ao
  meio cultural em que o aprendiz está inserido.
  Quando uma criança de um meio cultural
  desfavorecido é inserida em outro com melhores
  condições, poderá apresentar o que denominamos
  de obstáculo epistemológico.
 Crianças que acompanham os pais em países
  diferentes do seu de origem, poderão demonstrar
  uma dificuldade inicial de adaptação ao idioma e
  costumes
 Corresponde        às     diferenças      de
 funcionalidade        da     estrutura     do
 pensamento, como as desigualdades entre
 os aspectos figurativos e operativos, as
 formas de oscilações deste pensamento, a
 impossibilidade        de     usar     certas
 justificativas, ... enfim, de que maneira o
 pensamento do aprendiz acontece.
 Identificaos aspectos
 que    poderão     estar
 obstaculizando
 a aprendizagem e inicia-
 se   o    processo    de
 modificação       destes
 obstáculos, através da
 atuação               do
 psicopedagogo.
 1- Em sua opinião, o olhar
psicopedagógico traz avanços para a
atuação de educadores? Por quê?
 2- Durante muito tempo adotamos uma postura
  medicalizante do fracasso escolar quando, na
  verdade, a aprendizagem não se processa somente
  no plano biológico, nem se resolve plenamente pela
  ajuda de profissionais vinculados à área da
  saúde.Quais são os outros aspectos e como eles
  interferem no ato de aprender?
 3- Quais são as áreas de atuação da Psicopedagogia
  no Brasil? Quais as características de cada uma
  delas?
 4- Na sua opinião,de que maneira as práticas
  pedagógicas podem interferir na aprendizagem dos
  alunos?
1.   Você está vendo neste módulo vários aspectos
     acerca da abrangência da Psicopedagogia e
     sobre o seu objeto de estudo. A
     Psicopedagogia      em      sua     construção
     histórica,recebeu influências de muitas áreas,
     porém      tem   a    nomenclatura     fazendo
     referência à Psicologia e Pedagogia.Portanto
     reflita e comente sobre a seguinte afirmativa:

       “A Psicopedagogia utiliza-se de diversas
     lentes e                     agentes para
     compreender o processo de aprender do ser
     humano.”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Psicopedagogia
PsicopedagogiaPsicopedagogia
Psicopedagogia
Ericka Vanessa Andrade
 
Psicopedagogia institucional
Psicopedagogia institucional Psicopedagogia institucional
Psicopedagogia institucional
Vanessa Casaro
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogia
UNICEP
 
Fundamentos da psicopedagogia-i
Fundamentos da psicopedagogia-iFundamentos da psicopedagogia-i
Fundamentos da psicopedagogia-i
Juazeiro do Norte e Região do Cariri
 
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuaçãopsicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
fatima amitaflustosa
 
Psicopedagogia clinica institucional: avaliacao e intervencao
Psicopedagogia clinica institucional: avaliacao e intervencaoPsicopedagogia clinica institucional: avaliacao e intervencao
Psicopedagogia clinica institucional: avaliacao e intervencao
Sergio Luis dos Santos Lima
 
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Antonio Franklin Ritton
 
Psicopedagogia clínica
Psicopedagogia clínicaPsicopedagogia clínica
Psicopedagogia clínica
Danielle Souza
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Silvia Marina Anaruma
 
As teorias do desenvolvimento humano
As teorias do desenvolvimento humanoAs teorias do desenvolvimento humano
As teorias do desenvolvimento humano
Bruno Gurué
 
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Débora Silveira
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Vygotsky
Elcielle .
 
Vygotski
VygotskiVygotski
Diagnóstico Psicopedagógico
Diagnóstico PsicopedagógicoDiagnóstico Psicopedagógico
Diagnóstico Psicopedagógico
Rochelle Arruda
 
Traços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da PsicopedagogiaTraços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da Psicopedagogia
Instituto Consciência GO
 
Diagnostico psicopedagogico
Diagnostico psicopedagogicoDiagnostico psicopedagogico
Diagnostico psicopedagogico
Sinara Duarte
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
Priscila Gomes
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Daniela Alencar
 
Como o cérebro aprende
Como o cérebro aprendeComo o cérebro aprende
Como o cérebro aprende
Anna Kowalska Guimarães
 

Mais procurados (20)

Psicopedagogia
PsicopedagogiaPsicopedagogia
Psicopedagogia
 
Psicopedagogia institucional
Psicopedagogia institucional Psicopedagogia institucional
Psicopedagogia institucional
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogia
 
Fundamentos da psicopedagogia-i
Fundamentos da psicopedagogia-iFundamentos da psicopedagogia-i
Fundamentos da psicopedagogia-i
 
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuaçãopsicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
psicopedagogia : sua historia, origem e campo de atuação
 
Psicopedagogia clinica institucional: avaliacao e intervencao
Psicopedagogia clinica institucional: avaliacao e intervencaoPsicopedagogia clinica institucional: avaliacao e intervencao
Psicopedagogia clinica institucional: avaliacao e intervencao
 
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
 
Psicopedagogia clínica
Psicopedagogia clínicaPsicopedagogia clínica
Psicopedagogia clínica
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Vygotsky
 
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRiaPsicologia Da EducaçãO  Aula IntrodutóRia
Psicologia Da EducaçãO Aula IntrodutóRia
 
As teorias do desenvolvimento humano
As teorias do desenvolvimento humanoAs teorias do desenvolvimento humano
As teorias do desenvolvimento humano
 
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagemPsicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem
 
Vygotsky
VygotskyVygotsky
Vygotsky
 
Vygotski
VygotskiVygotski
Vygotski
 
Diagnóstico Psicopedagógico
Diagnóstico PsicopedagógicoDiagnóstico Psicopedagógico
Diagnóstico Psicopedagógico
 
Traços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da PsicopedagogiaTraços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da Psicopedagogia
 
Diagnostico psicopedagogico
Diagnostico psicopedagogicoDiagnostico psicopedagogico
Diagnostico psicopedagogico
 
Educação inclusiva
Educação inclusivaEducação inclusiva
Educação inclusiva
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
 
Como o cérebro aprende
Como o cérebro aprendeComo o cérebro aprende
Como o cérebro aprende
 

Semelhante a Fundamentos da Psicopedagogia Institucional e Clínica

vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.pptvdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
Binho36
 
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).pptFundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
ValdianaSouza1
 
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introduçãoFundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
MARACRISTINAFORTUNAD
 
Aval psicopedagogica
Aval psicopedagogicaAval psicopedagogica
Aval psicopedagogica
Wilmar Souza
 
Avaliação psicopedagógica protocolo breve
Avaliação psicopedagógica   protocolo breveAvaliação psicopedagógica   protocolo breve
Avaliação psicopedagógica protocolo breve
Nanci Barillo
 
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Vanessa Casaro
 
Trabalho de psicologia escolar ifrn
Trabalho de psicologia escolar ifrnTrabalho de psicologia escolar ifrn
Trabalho de psicologia escolar ifrn
halinedias
 
Dificuldades de Aprendizagem e a Instituição.docx
Dificuldades de Aprendizagem e a Instituição.docxDificuldades de Aprendizagem e a Instituição.docx
Dificuldades de Aprendizagem e a Instituição.docx
ClaudineRodriguesAra1
 
PRÁTICAS INTERVERTIVAS NA NEUROPSICOPEDAGOGIA.PDF.pdf
PRÁTICAS INTERVERTIVAS NA NEUROPSICOPEDAGOGIA.PDF.pdfPRÁTICAS INTERVERTIVAS NA NEUROPSICOPEDAGOGIA.PDF.pdf
PRÁTICAS INTERVERTIVAS NA NEUROPSICOPEDAGOGIA.PDF.pdf
DemirOliveira
 
Introdução à psicologia capa
Introdução à psicologia capaIntrodução à psicologia capa
Introdução à psicologia capa
Francisco Martins
 
Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
Ana Pereira
 
Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educação
unieubra
 
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Bene1979
 
Objeto de Estudo da Psicopedagogia
Objeto de Estudo da PsicopedagogiaObjeto de Estudo da Psicopedagogia
Objeto de Estudo da Psicopedagogia
Instituto Consciência GO
 
Objeto de Estudo da Psicopedagogia
Objeto de Estudo da PsicopedagogiaObjeto de Estudo da Psicopedagogia
Objeto de Estudo da Psicopedagogia
Instituto Consciência GO
 
A trajetória da psicopedagogia
A trajetória da psicopedagogiaA trajetória da psicopedagogia
A trajetória da psicopedagogia
Jamille Araújo
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Daniela Alencar
 
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docxMemorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Rafael408221
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
Marcelo Assis
 
A intervenção psicopedagógica como mediação da aprendizagem
A intervenção  psicopedagógica como mediação da aprendizagemA intervenção  psicopedagógica como mediação da aprendizagem
A intervenção psicopedagógica como mediação da aprendizagem
clinicacapp
 

Semelhante a Fundamentos da Psicopedagogia Institucional e Clínica (20)

vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.pptvdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
vdocuments.mx_psicopedagogia-clinica-e-institucional.ppt
 
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).pptFundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
Fundamentos da Psicopedagogia Valdiana (1).ppt
 
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introduçãoFundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
Fundamentos básicos da psicopedagogia: uma introdução
 
Aval psicopedagogica
Aval psicopedagogicaAval psicopedagogica
Aval psicopedagogica
 
Avaliação psicopedagógica protocolo breve
Avaliação psicopedagógica   protocolo breveAvaliação psicopedagógica   protocolo breve
Avaliação psicopedagógica protocolo breve
 
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
 
Trabalho de psicologia escolar ifrn
Trabalho de psicologia escolar ifrnTrabalho de psicologia escolar ifrn
Trabalho de psicologia escolar ifrn
 
Dificuldades de Aprendizagem e a Instituição.docx
Dificuldades de Aprendizagem e a Instituição.docxDificuldades de Aprendizagem e a Instituição.docx
Dificuldades de Aprendizagem e a Instituição.docx
 
PRÁTICAS INTERVERTIVAS NA NEUROPSICOPEDAGOGIA.PDF.pdf
PRÁTICAS INTERVERTIVAS NA NEUROPSICOPEDAGOGIA.PDF.pdfPRÁTICAS INTERVERTIVAS NA NEUROPSICOPEDAGOGIA.PDF.pdf
PRÁTICAS INTERVERTIVAS NA NEUROPSICOPEDAGOGIA.PDF.pdf
 
Introdução à psicologia capa
Introdução à psicologia capaIntrodução à psicologia capa
Introdução à psicologia capa
 
Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
 
Psicologia da Educação
Psicologia da EducaçãoPsicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
 
Objeto de Estudo da Psicopedagogia
Objeto de Estudo da PsicopedagogiaObjeto de Estudo da Psicopedagogia
Objeto de Estudo da Psicopedagogia
 
Objeto de Estudo da Psicopedagogia
Objeto de Estudo da PsicopedagogiaObjeto de Estudo da Psicopedagogia
Objeto de Estudo da Psicopedagogia
 
A trajetória da psicopedagogia
A trajetória da psicopedagogiaA trajetória da psicopedagogia
A trajetória da psicopedagogia
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
 
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docxMemorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docx
 
Teorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagemTeorias da aprendizagem
Teorias da aprendizagem
 
A intervenção psicopedagógica como mediação da aprendizagem
A intervenção  psicopedagógica como mediação da aprendizagemA intervenção  psicopedagógica como mediação da aprendizagem
A intervenção psicopedagógica como mediação da aprendizagem
 

Mais de Instituto Consciência GO

Princípios da Ventilação Invasiva
Princípios da Ventilação InvasivaPrincípios da Ventilação Invasiva
Princípios da Ventilação Invasiva
Instituto Consciência GO
 
O processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorO processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino Superior
Instituto Consciência GO
 
Saúde e Educação
Saúde e EducaçãoSaúde e Educação
Saúde e Educação
Instituto Consciência GO
 
Modelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo CientíficoModelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo Científico
Instituto Consciência GO
 
Informe Psicopedagógico
Informe PsicopedagógicoInforme Psicopedagógico
Informe Psicopedagógico
Instituto Consciência GO
 
Normatização para Trabalhos Acadêmicos
Normatização para Trabalhos AcadêmicosNormatização para Trabalhos Acadêmicos
Normatização para Trabalhos Acadêmicos
Instituto Consciência GO
 
TDAH
TDAHTDAH
Atenção
AtençãoAtenção
Saúde do Trabalhador no SUS - CEREST
Saúde do Trabalhador no SUS - CERESTSaúde do Trabalhador no SUS - CEREST
Saúde do Trabalhador no SUS - CEREST
Instituto Consciência GO
 
Parametro de QLDD
Parametro de QLDDParametro de QLDD
Parametro de QLDD
Instituto Consciência GO
 
Direitos da Criança na Ed. Infantil
Direitos da Criança na Ed. InfantilDireitos da Criança na Ed. Infantil
Direitos da Criança na Ed. Infantil
Instituto Consciência GO
 
DCNEIs
DCNEIsDCNEIs
Currículo nos anos inicias
Currículo nos anos iniciasCurrículo nos anos inicias
Currículo nos anos inicias
Instituto Consciência GO
 
Currículo e educação infantil - teóricos atuais
Currículo e educação infantil - teóricos atuaisCurrículo e educação infantil - teóricos atuais
Currículo e educação infantil - teóricos atuais
Instituto Consciência GO
 
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Instituto Consciência GO
 
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira TôrresPalestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Instituto Consciência GO
 
A familia brasileira - Saude Publica
A familia brasileira - Saude PublicaA familia brasileira - Saude Publica
A familia brasileira - Saude Publica
Instituto Consciência GO
 
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencialSaúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Instituto Consciência GO
 
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da famíliaUm modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Instituto Consciência GO
 
SIAD
SIADSIAD

Mais de Instituto Consciência GO (20)

Princípios da Ventilação Invasiva
Princípios da Ventilação InvasivaPrincípios da Ventilação Invasiva
Princípios da Ventilação Invasiva
 
O processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino SuperiorO processo de Avaliação no Ensino Superior
O processo de Avaliação no Ensino Superior
 
Saúde e Educação
Saúde e EducaçãoSaúde e Educação
Saúde e Educação
 
Modelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo CientíficoModelo de Artigo Científico
Modelo de Artigo Científico
 
Informe Psicopedagógico
Informe PsicopedagógicoInforme Psicopedagógico
Informe Psicopedagógico
 
Normatização para Trabalhos Acadêmicos
Normatização para Trabalhos AcadêmicosNormatização para Trabalhos Acadêmicos
Normatização para Trabalhos Acadêmicos
 
TDAH
TDAHTDAH
TDAH
 
Atenção
AtençãoAtenção
Atenção
 
Saúde do Trabalhador no SUS - CEREST
Saúde do Trabalhador no SUS - CERESTSaúde do Trabalhador no SUS - CEREST
Saúde do Trabalhador no SUS - CEREST
 
Parametro de QLDD
Parametro de QLDDParametro de QLDD
Parametro de QLDD
 
Direitos da Criança na Ed. Infantil
Direitos da Criança na Ed. InfantilDireitos da Criança na Ed. Infantil
Direitos da Criança na Ed. Infantil
 
DCNEIs
DCNEIsDCNEIs
DCNEIs
 
Currículo nos anos inicias
Currículo nos anos iniciasCurrículo nos anos inicias
Currículo nos anos inicias
 
Currículo e educação infantil - teóricos atuais
Currículo e educação infantil - teóricos atuaisCurrículo e educação infantil - teóricos atuais
Currículo e educação infantil - teóricos atuais
 
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Dra. Meire Incarnacão Ribeiro...
 
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira TôrresPalestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
Palestra IV Seminário Multidisciplinar do ICG - Ms. Lisa Valéria Vieira Tôrres
 
A familia brasileira - Saude Publica
A familia brasileira - Saude PublicaA familia brasileira - Saude Publica
A familia brasileira - Saude Publica
 
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencialSaúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
Saúde da Família: Uma estratégia para a reorientação do modelo assistencial
 
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da famíliaUm modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
Um modelo de educação em saúde para o programa saúde da família
 
SIAD
SIADSIAD
SIAD
 

Último

Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
karinenobre2033
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
JoanaFigueira11
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 

Último (20)

Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIAAPRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
APRESENTAÇÃO PARA AULA DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
497417426-conheca-os-principais-graficos-da-radiestesia-e-da-radionica.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 

Fundamentos da Psicopedagogia Institucional e Clínica

  • 1. Esp.Nelzeli de Marins Coelho Moldero nelmoldero@yahoo.com.br
  • 2.
  • 3. “Área que estuda e lida com o processo de aprendizagem e suas dificuldades e que, numa ação profissional, deve englobar vários campos do conhecimento, integrando-os e sistematizando-os” ( Scoz, 1992)
  • 4. Posiciona-se para compreender os processos do desenvolvimento e das aprendizagens humanas, recorrendo a várias áreas e estratégias pedagógicas. É uma área de saber que se ocupa em estudar as melhores estratégias para levar os sujeitos a adquirir/integrar conhecimento.
  • 5. .... É um pesquisador permanente, um sujeito que, a cada movimento, ação e conduta enquanto profissional, busca alternativas para os dilemas, tensões,limites que lhe surgem, vislumbrando sempre novas possibilidades.
  • 6. Busca compreender como ocorre os processos de aprendizagem e entender as possíveis dificuldades situadas neste movimento.  Para tal, faz uso da integração e síntese de vários campos do conhecimento,tais como a Psicologia, a Psicanálise, a Filosofia, a Sociologia, a Pedagogia, a Neurologia, a Neuropedagogia, entre outros.
  • 7. O Movimento da prática Psicopedagógica no Brasil sofreu grande influência das idéias desenvolvidas na Argentina;  O corpo teórico que constitui a fundamentação da psicopedagogia no Brasil é formado por grandes nomes argentinos: Sara Paín,Jorge Visca, Alícia Fernandez e outros;  A Psicopedagogia nasceu na Europa,no século XIX;
  • 8. A prática psicopedagógica desenvolveu-se na França que, influenciou a prática Argentina, que por sua vez, influenciou a prática Brasileira;  George Mauco foi o fundador do primeiro centro médico-psicopedagógico na França;  Primeiras articulações entre a medicina, a psicologia, psicanálise e pedagogia para a solução dos problemas de comportamento e de aprendizagem.
  • 9.  O termo Psicopedagogia curativa foi adotado por Janine Mery para caracterizar a ação terapêutica dos aspectos Pedagógicos e Psicológicos no tratamento de crianças com fracasso escolar;  O séc. XIX marcou o interesse de vários estudiosos em compreender e atender os portadores de deficiências sensoriais, debilidade mental e outros problemas relacionados à aprendizagem. Os pioneiros no tratamento das dificuldades de aprendizagem.
  • 10.  Prática clínica: consultório individual- grupal –familiar,em instituições educativas e sanitárias;  Construção teórica: permeada pela prática de forma que, a partir desta, a teoria psicopedagógica possa ser tecida;  Tratamento psicopedagógico – didático: se constitui num espaço para a construção do olhar e da escuta clínica – a análise do próprio aprender –que configuram a atitude psicopedagógica.
  • 11. ESPAÇO EPISTEMOLÓGICO ABORDAGEM ABORDAGEM INTERVENTIVA/CURATIVA PREVENTIVA CLÍNICA INSTITUCIONAL
  • 12.  Reelabora o processo de aprendizagem  Propicia a construção do saber  Devolve ao sujeito o prazer de aprender  Pp –testemunha- “insigth”  Resgate da autonomia  Cardápio individual- flexível  Há folga para trabalhar o desejo  Espaço para rastrear a meta  Objetivo – dirigido para a história do sujeito – rede situações familiares  Uso da metodologia clínica  Está dirigida à história do sujeito porque a demanda é a cura.
  • 13.  Administra ansiedades  Cria clima harmonioso nos grupos de trabalho  Colabora com a construção do conhecimento  Identifica obstáculos no processo de aprendizagem e desenvolvimento  Implanta recursos preventivos,conscientizando os conflitos de fragmentação do conteúdo e da não formação de grupos  Se dirige ao aluno como aprendente e ao professor como ensinante  Clareia papéis e tarefas no grupo
  • 14. O objeto da psicopedagogia não é então, no meu ponto de vista, o conteúdo ensinado ou o conteúdo apreendido ou não-aprendido. São os posicionamento ensinantes e aprendentes, e a intersecção problemática (nunca harmônica) mas necessária, entre o conhecer e o saber.” (Fernàndez, 2001, p.55)
  • 15. corpo inteligência APRENDIZAGEM desejo
  • 16. ESCOLA DA ESCOLA PSICOLOGIA PSICANALÍTICA SOCIAL APRENDIZAGEM ESCOLA DA PSICOLOGIA GENÉTICA
  • 17. Aprendizagem é o resultado de uma construção(princípio construtivista) dada em virtude de uma interação(princípio interacionista) que coloco em jogo a pessoa total (princípio estruturalista). (Visca, 1987)
  • 18. A partir do conhecimento do processo de aquisição da aprendizagem, o especialista em psicopedagogia consegue detectar que situações podem estar influenciando negativamente este processo, ou que mecanismos o aprendiz está utilizando que podem estar dificultando sua aprendizagem. É importante observamos e analisarmos o sistema familiar, escolar e social em que está inserida, além do seu próprio processo de aprendizagem, para podermos detectar o que pode estar obstaculizando esta aquisição.
  • 19.  Uma dificuldade de aprendizagem não é vista como patogenia e sim como um obstáculo que pode estar dificultando este processo  Estes obstáculos são classificados como epistêmico, epistemofílico, epistemológico e funcional.
  • 20.  Obstáculo Epistêmico - refere-se a estrutura cognitiva do aprendiz, que deriva do nível de operatividade da estrutura cognitiva alcançada, ou seja ninguém pode aprender além do que sua estrutura cognitiva permite.  Obstáculo Epistemofílico - é utilizado para designar o vínculo afetivo que o aprendiz estabelece com os objetos e situações de aprendizagem.
  • 21.  Obstáculo Epistemológico - está relacionado ao meio cultural em que o aprendiz está inserido. Quando uma criança de um meio cultural desfavorecido é inserida em outro com melhores condições, poderá apresentar o que denominamos de obstáculo epistemológico.  Crianças que acompanham os pais em países diferentes do seu de origem, poderão demonstrar uma dificuldade inicial de adaptação ao idioma e costumes
  • 22.  Corresponde às diferenças de funcionalidade da estrutura do pensamento, como as desigualdades entre os aspectos figurativos e operativos, as formas de oscilações deste pensamento, a impossibilidade de usar certas justificativas, ... enfim, de que maneira o pensamento do aprendiz acontece.
  • 23.  Identificaos aspectos que poderão estar obstaculizando a aprendizagem e inicia- se o processo de modificação destes obstáculos, através da atuação do psicopedagogo.
  • 24.  1- Em sua opinião, o olhar psicopedagógico traz avanços para a atuação de educadores? Por quê?  2- Durante muito tempo adotamos uma postura medicalizante do fracasso escolar quando, na verdade, a aprendizagem não se processa somente no plano biológico, nem se resolve plenamente pela ajuda de profissionais vinculados à área da saúde.Quais são os outros aspectos e como eles interferem no ato de aprender?  3- Quais são as áreas de atuação da Psicopedagogia no Brasil? Quais as características de cada uma delas?  4- Na sua opinião,de que maneira as práticas pedagógicas podem interferir na aprendizagem dos alunos?
  • 25. 1. Você está vendo neste módulo vários aspectos acerca da abrangência da Psicopedagogia e sobre o seu objeto de estudo. A Psicopedagogia em sua construção histórica,recebeu influências de muitas áreas, porém tem a nomenclatura fazendo referência à Psicologia e Pedagogia.Portanto reflita e comente sobre a seguinte afirmativa: “A Psicopedagogia utiliza-se de diversas lentes e agentes para compreender o processo de aprender do ser humano.”