SlideShare uma empresa Scribd logo
A CONFIGURAÇÃO CLÍNICA
DA PRÁTICA
PSICOPEDAGÓGICA
Msc. Luciene de O. Vieira
• O trabalho psicopedagógico, implica
compreender a situação da aprendizagem do
sujeito, individualmente ou em grupo, dentro
do seu próprio contexto.
• A metodologia de trabalho, a abordagem e o
tratamento, enfim a forma de atuação se vai
tecendo em cada caso.
• Cada situação é única e requer do
profissional, atitudes específicas em relação
aquela situação.
O psicopedagogo teve ter um olho
clinico termo que se refere a
postura terapêutica do profissional.
O caráter clinico esta na atitude de
investigação frente a essa situação
que é particular e única, com
característica problemáticas,
experiências, condições,
manifestações do grupo ou sujeito
muitas vezes intransferíveis.
Psicopedagogia
preventiva se
baseia
principalmente na
observação e
análise profunda
de uma situação
concreta de forma
que podemos
considerar clínico
o seu trabalho
Os problemas
de
aprendizagem
podem ser
gerados por
causas
internas ou
externas á
estrutura
familiar e
individualment
e.
A PSICOPEDAGOGIA
INSTITUCIONAL
A psicopedagogia pode
contribuir trabalhando vários
contextos:
Psicopedagogia familiar,
Psicopedagogia empresarial;
Psicopedagogia hospitalar
Psicopedagogia escolar
Diagnóstico da escola;
Busca da identidade da
escola,
Definições de papéis na
dinâmica relacional em busca
de funções e identidades,
diante do aprender
Instrumentalização de
professores, coordenadores,
orientadores e diretores sobre
práticas e reflexões diante de
novas forma de aprender;
Reprogramação curricular,
implantação de programas e
sistemas avaliativos;
Oficinas para vivências de novas
formas de aprender;
Análise de conteúdo e
reconstrução conceitual;
Releitura, ressignificando
sistemas de recuperação e
reintegração do aluno no
processo.
O papel da escola no diálogo com
a família;
O PSICOPEDAGOGO NA
INSTITUIÇÃO ESCOLAR
A escola seria responsável
pela aprendizagem
sistemática
Psicopedagogia preventiva,
dedica-se as áreas
relacionadas ao planejamento
educacional e assessoramento
pedagógico, colabora com os
planos educacionais e
sanitários no âmbito das
organizações,
Analisar o processo que inclui
questões metodológicas,
relacionais e socioculturais
englobando o ponto de vista
de quem ensina e de quem
aprende. Deve buscar
encontrar novas Modalidades
para tornar essa formação
mais eficiente.
PSICOPEDAGOGO NA
CLINICA
Uma investida
interdisciplinar no
trabalho clinico
Deve-se haver então uma
investida interdisciplinar no
trabalho clinico devemos nos
questionar o porque do
sujeito não aprender certas
coisas , mas também se ele
pode aprender e como ?
A busca desse conhecimento se
inicia no processo diagnóstico-
momento de leitura da realidade
do sujeito , para então ,iniciar a
intervenção que é o próprio
tratamento ou encaminhamento.
A OBSERVAÇÃO é de fundamental
importância nas duas fases .
FASE DE INVESTIGAÇÃO:
Tem maior ênfase por ser o momento
que o profissional procura o sentido da
problemática do sujeito que lhe é
encaminhado, nesta fase fará entrevistas,
em um espaço adequado , que assegura
privacidade e tranqüilidade para que este
consiga expor seu problema com tempo
suficiente para favorecer o discurso .
FASE DE INTERVENÇÃO
Nesta fase possui dados sobre o
sujeito que lhe conduzem ao como
trabalhar com o sujeito em questão.
O profissional trata dos problemas de
aprendizagem, estabelecendo
prioridades e identificando as vias de
acesso do sujeito.
CÓDIGO DE ÉTICA DA ABPq
Elaborado pelo Conselho
Nacional do Biênio 91/92 e
Reformulado pelo Conselho
Nacional e Nato do Biênio
95/96
Serão apresentados os
pontos mais relevantes
Capítulo I - Dos Princípios
Artigo 1º
A psicopedagogia é um campo de
atuação em educação e saúde que
lida com o processo de aprendizagem
humana; seus padrões normais e
patológicos, considerando a
influência do meio,...
Parágrafo único
A intervenção é de natureza
interdisciplinar. Utiliza recursos das
várias áreas do conhecimento
humano para a compreensão do ato
de aprender, no sentido ontogenético
e filogenético, valendo-se de
métodos e técnicas próprias.
Artigo 4º
Estarão em condições de exercício da
psicopedagogia os profissionais graduados
em 3º grau, ... , sendo indispensável
submeter-se à supervisão e aconselhável
trabalho de formação pessoal.
Artigo 5º
O trabalho psicopedagógico tem como
objetivo :
promover a aprendizagem garantindo o
bem estar das pessoas em atendimento
profissional, devendo valer-se dos recursos
disponíveis, incluindo a relação
interprofissional ;
realizar pesquisas cientificas no campo da
psicopedagogia.
Capitulo II – Das responsabilidades dos
psicopedagogos
Artigo 6º
São deveres fundamentais dos psicopedagogos :
Manter-se atualizado ...
Zelar pelo bom relacionamento com especialistas
de outras áreas ...
Assumir somente as responsabilidades para as
quais esteja preparados
Colaborar com o progresso da psicopedagogia
Difundir seus conhecimentos e prestar serviços
nas agremiações de classe sempre que possível.
Responsabilizar-se pelas avaliações feitas,
fornecendo ao cliente uma definição clara do seu
diagnóstico
Preservar a identidade do cliente...
Responsabilizar-se por criticas feitas
aos colegas na ausência destes.
Manter atitude de colaboração e
solidariedade .... O respeito e a
dignidade na relação profissional são
deveres fundamentais do
psicopedagogo ...
Capitulo III – Das relações com outras
profissões
Capitulo IV – Do sigilo
Artigo 8º
O psicopedagogo está obrigado a
guardar sigilo sobre fatos de que
tenha conhecimento em decorrência
do exercício de sua atividade.
Artigo 9º
O psicopedagogo não revelará, como
testemunha, fatos de que tenha
conhecimento no exercício do seu
trabalho, a menos que seja intimado a
depor perante autoridade competente.
Artigo 10º
Os resultados de avaliações só serão
fornecidos a terceiro... com
concordância do próprio avaliado ou
representante legal.
Capitulo V – das publicações
cientificas
Capitulo VI – da publicidade profissional
Artigo 14
O psicopedagogo poderá atuar como
consultor cientifico em organizações
que visem o lucro com venda de
produtos, desde que busque sempre a
qualidade dos mesmos.
Capitulo VII – Dos honorários
Artigo 15 os honorários deverão ser
fixados com cuidado a fim de que
representem justa retribuição aos
serviços prestados e devem ser
tratados previamente.
Capitulo VIII - Das relações com
educação e saúde
Artigo 16
O psicopedagogo deve participar e
refletir com as autoridades competentes
sobre a organização, a implantação e a
execução de projetos de educação e
saúde pública relativas as questões
psicopedagógicas.
Capitulo IX – Da observância e
cumprimento do Código de Ética
Capitulo X – Das disposições gerais

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Vanessa Casaro
 
Psicopedagogia institucional
Psicopedagogia institucional Psicopedagogia institucional
Psicopedagogia institucional
Vanessa Casaro
 
Psicologia escolar
Psicologia escolarPsicologia escolar
Psicologia escolar
Daniela Ponciano Oliveira
 
PSICOLOGIA ESCOLAR
PSICOLOGIA ESCOLARPSICOLOGIA ESCOLAR
PSICOLOGIA ESCOLAR
Cassia Dias
 
EDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTILEDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTIL
Roshelly Milanez
 
01 psicologia da educação
01 psicologia da educação01 psicologia da educação
01 psicologia da educação
GLEYDSON ROCHA
 
Histório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da PsicopedagogiaHistório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da Psicopedagogia
janpsicoped
 
Psicopedagogia clinica pratica especifica
Psicopedagogia clinica  pratica especificaPsicopedagogia clinica  pratica especifica
Psicopedagogia clinica pratica especifica
Mariana Willendorff Oliveira
 
Fundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da PsicopedagogiaFundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da Psicopedagogia
Glaucia Correa Peres
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogia
UNICEP
 
Psicologia E EducaçãO
Psicologia E EducaçãOPsicologia E EducaçãO
Psicologia E EducaçãO
Silvia Marina Anaruma
 
Psicopedagogia institucional slides 04-para o blog
Psicopedagogia institucional  slides 04-para o blogPsicopedagogia institucional  slides 04-para o blog
Psicopedagogia institucional slides 04-para o blog
estudosacademicospedag
 
psicologia da educação
psicologia da educaçãopsicologia da educação
psicologia da educação
faculdadeteologica
 
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da EducaçãoIntrodução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
Rodrigo Castro
 
Psicologia escolar e educacional
Psicologia escolar e educacionalPsicologia escolar e educacional
Psicologia escolar e educacional
Thiago de Almeida
 
Traços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da PsicopedagogiaTraços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da Psicopedagogia
Instituto Consciência GO
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
Carlos Caldas
 
Fundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da PsicopedagogiaFundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da Psicopedagogia
psicologiainside
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
Deisiane Cazaroto
 
Princípios da Educação Inclusiva
Princípios da Educação InclusivaPrincípios da Educação Inclusiva
Princípios da Educação Inclusiva
Paulo Alves de Araujo
 

Mais procurados (20)

Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogiaFundamentos epistemológicos da psicopedagogia
Fundamentos epistemológicos da psicopedagogia
 
Psicopedagogia institucional
Psicopedagogia institucional Psicopedagogia institucional
Psicopedagogia institucional
 
Psicologia escolar
Psicologia escolarPsicologia escolar
Psicologia escolar
 
PSICOLOGIA ESCOLAR
PSICOLOGIA ESCOLARPSICOLOGIA ESCOLAR
PSICOLOGIA ESCOLAR
 
EDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTILEDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTIL
 
01 psicologia da educação
01 psicologia da educação01 psicologia da educação
01 psicologia da educação
 
Histório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da PsicopedagogiaHistório e contextualização da Psicopedagogia
Histório e contextualização da Psicopedagogia
 
Psicopedagogia clinica pratica especifica
Psicopedagogia clinica  pratica especificaPsicopedagogia clinica  pratica especifica
Psicopedagogia clinica pratica especifica
 
Fundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da PsicopedagogiaFundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da Psicopedagogia
 
Fundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogiaFundamentos da psicopedagogia
Fundamentos da psicopedagogia
 
Psicologia E EducaçãO
Psicologia E EducaçãOPsicologia E EducaçãO
Psicologia E EducaçãO
 
Psicopedagogia institucional slides 04-para o blog
Psicopedagogia institucional  slides 04-para o blogPsicopedagogia institucional  slides 04-para o blog
Psicopedagogia institucional slides 04-para o blog
 
psicologia da educação
psicologia da educaçãopsicologia da educação
psicologia da educação
 
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da EducaçãoIntrodução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
Introdução aos Fundamentos Psicológicos da Educação
 
Psicologia escolar e educacional
Psicologia escolar e educacionalPsicologia escolar e educacional
Psicologia escolar e educacional
 
Traços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da PsicopedagogiaTraços Históricos da Psicopedagogia
Traços Históricos da Psicopedagogia
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 
Fundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da PsicopedagogiaFundamentos da Psicopedagogia
Fundamentos da Psicopedagogia
 
Dificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagemDificuldades de aprendizagem
Dificuldades de aprendizagem
 
Princípios da Educação Inclusiva
Princípios da Educação InclusivaPrincípios da Educação Inclusiva
Princípios da Educação Inclusiva
 

Semelhante a Psicopedagogia clinica e institucional

LIVRO UNICO psicologia bons estudos livro único...
LIVRO UNICO psicologia bons estudos livro único...LIVRO UNICO psicologia bons estudos livro único...
LIVRO UNICO psicologia bons estudos livro único...
MarryCruz1
 
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Antonio Franklin Ritton
 
Psicanálise clínica
Psicanálise clínicaPsicanálise clínica
Psicanálise clínica
Instituto Teológico Gamaliel
 
A intervenção psicopedagógica como mediação da aprendizagem
A intervenção  psicopedagógica como mediação da aprendizagemA intervenção  psicopedagógica como mediação da aprendizagem
A intervenção psicopedagógica como mediação da aprendizagem
clinicacapp
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Daniela Alencar
 
Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
flamarandr
 
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Bene1979
 
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docxMemorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Rafael408221
 
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Cássimo Saide
 
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinicaLivro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Andre Silva
 
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinicaLivro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Andre Silva
 
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
regianeaparecida
 
Psicologia aplicada
Psicologia aplicadaPsicologia aplicada
Psicologia aplicada
AnaKlein1
 
Psicologia aplicada
Psicologia aplicadaPsicologia aplicada
Psicologia aplicada
AnaKlein1
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Daniela Alencar
 
Comunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoaisComunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoais
Carlos Vaz
 
Módulo 1
Módulo 1Módulo 1
Módulo 1
Israel Estrela
 
Psicologia aplicada
Psicologia aplicadaPsicologia aplicada
Psicologia aplicada
Gabriel Cristiano
 
Resenha avaliacao psicologica na formacao do profissional da psicologia al...
Resenha   avaliacao psicologica na  formacao do profissional da psicologia al...Resenha   avaliacao psicologica na  formacao do profissional da psicologia al...
Resenha avaliacao psicologica na formacao do profissional da psicologia al...
keilabrito
 
Diagnostico%20 principios
Diagnostico%20 principiosDiagnostico%20 principios
Diagnostico%20 principios
Ivaristo Americo
 

Semelhante a Psicopedagogia clinica e institucional (20)

LIVRO UNICO psicologia bons estudos livro único...
LIVRO UNICO psicologia bons estudos livro único...LIVRO UNICO psicologia bons estudos livro único...
LIVRO UNICO psicologia bons estudos livro único...
 
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
Introducao a psicopedagogia_definicao_14-08-10
 
Psicanálise clínica
Psicanálise clínicaPsicanálise clínica
Psicanálise clínica
 
A intervenção psicopedagógica como mediação da aprendizagem
A intervenção  psicopedagógica como mediação da aprendizagemA intervenção  psicopedagógica como mediação da aprendizagem
A intervenção psicopedagógica como mediação da aprendizagem
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
 
Psicologia educacional
Psicologia educacionalPsicologia educacional
Psicologia educacional
 
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
Artigo edinalva aimportância do psicopedagogo nos anos iniciais do ensino fun...
 
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docxMemorial_reflexivo_de_estagio_.docx
Memorial_reflexivo_de_estagio_.docx
 
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
Mod estrategias de_intervencao_psicopedagogica_v1
 
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinicaLivro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
 
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinicaLivro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
Livro o processo de avaliação em psicopedagogia clinica
 
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
Cdocumentsandsettingssungamesmeusdocumentosminhasmsicas2275psicopedagogiaclin...
 
Psicologia aplicada
Psicologia aplicadaPsicologia aplicada
Psicologia aplicada
 
Psicologia aplicada
Psicologia aplicadaPsicologia aplicada
Psicologia aplicada
 
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínicoRelatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
Relatório do diagnóstico psicopedagógico clínico
 
Comunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoaisComunicação R interpessoais
Comunicação R interpessoais
 
Módulo 1
Módulo 1Módulo 1
Módulo 1
 
Psicologia aplicada
Psicologia aplicadaPsicologia aplicada
Psicologia aplicada
 
Resenha avaliacao psicologica na formacao do profissional da psicologia al...
Resenha   avaliacao psicologica na  formacao do profissional da psicologia al...Resenha   avaliacao psicologica na  formacao do profissional da psicologia al...
Resenha avaliacao psicologica na formacao do profissional da psicologia al...
 
Diagnostico%20 principios
Diagnostico%20 principiosDiagnostico%20 principios
Diagnostico%20 principios
 

Último

Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Luzia Gabriele
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
Vanessa F. Rezende
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 

Último (20)

Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsxSe A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
Se A Música É O Alimento do Amor Não Parem de Tocar Luzia Gabriele.ppsx
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.pptNR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
NR-12-Treinamento-Maquinas-Rotativas.ppt
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2021/2022 CENSIPAM.pdf
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 

Psicopedagogia clinica e institucional

  • 1. A CONFIGURAÇÃO CLÍNICA DA PRÁTICA PSICOPEDAGÓGICA
  • 2. Msc. Luciene de O. Vieira
  • 3. • O trabalho psicopedagógico, implica compreender a situação da aprendizagem do sujeito, individualmente ou em grupo, dentro do seu próprio contexto. • A metodologia de trabalho, a abordagem e o tratamento, enfim a forma de atuação se vai tecendo em cada caso. • Cada situação é única e requer do profissional, atitudes específicas em relação aquela situação.
  • 4. O psicopedagogo teve ter um olho clinico termo que se refere a postura terapêutica do profissional. O caráter clinico esta na atitude de investigação frente a essa situação que é particular e única, com característica problemáticas, experiências, condições, manifestações do grupo ou sujeito muitas vezes intransferíveis.
  • 5. Psicopedagogia preventiva se baseia principalmente na observação e análise profunda de uma situação concreta de forma que podemos considerar clínico o seu trabalho Os problemas de aprendizagem podem ser gerados por causas internas ou externas á estrutura familiar e individualment e.
  • 7. A psicopedagogia pode contribuir trabalhando vários contextos: Psicopedagogia familiar, Psicopedagogia empresarial; Psicopedagogia hospitalar Psicopedagogia escolar Diagnóstico da escola; Busca da identidade da escola, Definições de papéis na dinâmica relacional em busca de funções e identidades, diante do aprender
  • 8. Instrumentalização de professores, coordenadores, orientadores e diretores sobre práticas e reflexões diante de novas forma de aprender; Reprogramação curricular, implantação de programas e sistemas avaliativos; Oficinas para vivências de novas formas de aprender; Análise de conteúdo e reconstrução conceitual; Releitura, ressignificando sistemas de recuperação e reintegração do aluno no processo. O papel da escola no diálogo com a família;
  • 9. O PSICOPEDAGOGO NA INSTITUIÇÃO ESCOLAR A escola seria responsável pela aprendizagem sistemática
  • 10. Psicopedagogia preventiva, dedica-se as áreas relacionadas ao planejamento educacional e assessoramento pedagógico, colabora com os planos educacionais e sanitários no âmbito das organizações,
  • 11. Analisar o processo que inclui questões metodológicas, relacionais e socioculturais englobando o ponto de vista de quem ensina e de quem aprende. Deve buscar encontrar novas Modalidades para tornar essa formação mais eficiente.
  • 13. Deve-se haver então uma investida interdisciplinar no trabalho clinico devemos nos questionar o porque do sujeito não aprender certas coisas , mas também se ele pode aprender e como ?
  • 14. A busca desse conhecimento se inicia no processo diagnóstico- momento de leitura da realidade do sujeito , para então ,iniciar a intervenção que é o próprio tratamento ou encaminhamento. A OBSERVAÇÃO é de fundamental importância nas duas fases .
  • 15. FASE DE INVESTIGAÇÃO: Tem maior ênfase por ser o momento que o profissional procura o sentido da problemática do sujeito que lhe é encaminhado, nesta fase fará entrevistas, em um espaço adequado , que assegura privacidade e tranqüilidade para que este consiga expor seu problema com tempo suficiente para favorecer o discurso .
  • 16. FASE DE INTERVENÇÃO Nesta fase possui dados sobre o sujeito que lhe conduzem ao como trabalhar com o sujeito em questão. O profissional trata dos problemas de aprendizagem, estabelecendo prioridades e identificando as vias de acesso do sujeito.
  • 17. CÓDIGO DE ÉTICA DA ABPq Elaborado pelo Conselho Nacional do Biênio 91/92 e Reformulado pelo Conselho Nacional e Nato do Biênio 95/96 Serão apresentados os pontos mais relevantes
  • 18. Capítulo I - Dos Princípios Artigo 1º A psicopedagogia é um campo de atuação em educação e saúde que lida com o processo de aprendizagem humana; seus padrões normais e patológicos, considerando a influência do meio,... Parágrafo único A intervenção é de natureza interdisciplinar. Utiliza recursos das várias áreas do conhecimento humano para a compreensão do ato de aprender, no sentido ontogenético e filogenético, valendo-se de métodos e técnicas próprias.
  • 19. Artigo 4º Estarão em condições de exercício da psicopedagogia os profissionais graduados em 3º grau, ... , sendo indispensável submeter-se à supervisão e aconselhável trabalho de formação pessoal. Artigo 5º O trabalho psicopedagógico tem como objetivo : promover a aprendizagem garantindo o bem estar das pessoas em atendimento profissional, devendo valer-se dos recursos disponíveis, incluindo a relação interprofissional ; realizar pesquisas cientificas no campo da psicopedagogia.
  • 20. Capitulo II – Das responsabilidades dos psicopedagogos Artigo 6º São deveres fundamentais dos psicopedagogos : Manter-se atualizado ... Zelar pelo bom relacionamento com especialistas de outras áreas ... Assumir somente as responsabilidades para as quais esteja preparados Colaborar com o progresso da psicopedagogia Difundir seus conhecimentos e prestar serviços nas agremiações de classe sempre que possível. Responsabilizar-se pelas avaliações feitas, fornecendo ao cliente uma definição clara do seu diagnóstico Preservar a identidade do cliente...
  • 21. Responsabilizar-se por criticas feitas aos colegas na ausência destes. Manter atitude de colaboração e solidariedade .... O respeito e a dignidade na relação profissional são deveres fundamentais do psicopedagogo ... Capitulo III – Das relações com outras profissões Capitulo IV – Do sigilo Artigo 8º O psicopedagogo está obrigado a guardar sigilo sobre fatos de que tenha conhecimento em decorrência do exercício de sua atividade.
  • 22. Artigo 9º O psicopedagogo não revelará, como testemunha, fatos de que tenha conhecimento no exercício do seu trabalho, a menos que seja intimado a depor perante autoridade competente. Artigo 10º Os resultados de avaliações só serão fornecidos a terceiro... com concordância do próprio avaliado ou representante legal. Capitulo V – das publicações cientificas
  • 23. Capitulo VI – da publicidade profissional Artigo 14 O psicopedagogo poderá atuar como consultor cientifico em organizações que visem o lucro com venda de produtos, desde que busque sempre a qualidade dos mesmos. Capitulo VII – Dos honorários Artigo 15 os honorários deverão ser fixados com cuidado a fim de que representem justa retribuição aos serviços prestados e devem ser tratados previamente.
  • 24. Capitulo VIII - Das relações com educação e saúde Artigo 16 O psicopedagogo deve participar e refletir com as autoridades competentes sobre a organização, a implantação e a execução de projetos de educação e saúde pública relativas as questões psicopedagógicas. Capitulo IX – Da observância e cumprimento do Código de Ética Capitulo X – Das disposições gerais