SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 43
Baixar para ler offline
Desenvolvimento de Competências
Socioemocionais
99,9% das pessoas nunca foram ensinadas sobre
as emoções quando crianças e nem adultas!
Numa época em que mais precisamos de usar
nossas emoções, as dificuldades de lidar com
elas aumentam.
O preço pago por não saber lidarmos com
nossas emoções e com as dos outros é muito
alto.
Segundo a OMS, em 2030, a depressão
deverá ser a doença mais comum no mundo
A Bahia registrou um aumento de 104,2% no número de suicídios
“A única saída... é o amor!"
“É preciso procurar o ser humano
dentro do ser humano".
Svetlana Alexievich,
Prêmio Nobel de 2015
“As competências
socioemocionais são
habilidades que você
pode aprender; são
habilidades que você
pode praticar; e são
habilidades que você
pode ensinar”
De onde vem tudo isso?
A Conferência Mundial
da Educação Para Todos
– Tailândia .
(UNESCO, 1990)
O Relatório para a
UNESCO da Comissão
Internacional da
Educação para o Século
XXI
(DELORS, 1996)
As Diretrizes
Curriculares Nacionais e
os Parâmetros
Curriculares Nacionais -
PCNs
(BRASIL, 1999)
PNUD
coloca as pessoas no
centro dos processos de
desenvolvimento
aponta a educação como
oportunidade central para
prepará-las para escolhas
ajudá-las a transformar seu
potencial em
competências.
Unesco:
sugere um sistema de ensino fundado em quatro pilares
aprender a
conhecer
aprender
a fazer
aprender
a ser
aprender a
conviver
Big Five
Openness to experience - Abertura a novas experiências
Conscientiousness - Consciência
Extraversion - Extroversão
Agreeableness- Amabilidade
Neuroticism - Estabilidade emocional
2
3
4
5
1
Tendência a ser
aberto a novas
experiências
estéticas,
culturais e
intelectuais.
O indivíduo aberto a
novas experiências
caracteriza-se como
imaginativo,
artístico, excitável,
curioso, não
convencional e com
amplos interesses.
Abertura a
novas
experiências:
Domínios do Big Five
Inclinação a ser
organizado,
esforçado e
responsável.
O indivíduo consciente
é caracterizado como
eficiente, organizado,
autônomo, disciplinado,
não impulsivo e
orientado para seus
objetivos (batalhador).
Consciência
Domínios do Big Five
Orientação de
interesses e energia em
direção ao mundo
externo e pessoas e
coisas.
O indivíduo
extrovertido é
caracterizado como
amigável, sociável,
autoconfiante,
energético,
aventureiro e
entusiasmado.
Extroversão
Domínios do Big Five
Dra.
Peteca
Tendência a agir de
modo cooperativo e não
egoísta.
O indivíduo amável ou
cooperativo se
caracteriza como
tolerante, altruísta,
modesto, simpático,
não teimoso e
objetivo.
Amabilidade
Domínios do Big Five
Previsibilidade e
consistência de reações
emocionais, sem
mudanças bruscas de
humor
Em sua carga inversa, o
indivíduo
emocionalmente instável
é caracterizado como
preocupado, irritadiço,
introspectivo, impulsivo,
e não-autoconfiante
Estabilidade
Emocional
Domínios do Big Five
Aproximar o ambiente escolar do desenvolvimento de
competências socioemocionais.
cria espaço para um aprendizado mais completo.
Tem impacto no bem-estar ao longo de toda a vida.
Para dar conta dessa
tarefa, as escolas do
século 21 precisam
descobrir como
inspirar.
o que
gostam de
estudar?
como
preferem
aprender,?
o que os faz
desistir?
em que
costumam
errar?
quais
emoções os
dominam?
quando
fracassam?
quais são
seus sonhos
?
de que
forma
persistir em
alcançá-los?
Os resultados desta mudança de postura
são sentidos na própria sala de aula
Alunos mais responsáveis, focados e organizados.
Aprendem em um ano letivo cerca de um terço a mais.
Alunos mais abertos e protagonistas têm seu aprendizado.
Melhora os índices de desempenho e, ao mesmo tempo,
promove as novas aprendizagens.
Reduz as desigualdades dentro do sistema educativo e eleva
sua qualidade, diminuindo inclusive os níveis de evasão.
No mercado de trabalho é recompensado na forma de maiores
salários e menor período de desemprego.
Como faz?
PONTO DE PARTIDA
Quais competências
socioemocionais são mais
importantes?
Por que essas competências
precisam ser trabalhadas?
Quem deve promover o
desenvolvimento das
competências socioemocionais?
Que cuidados se deve ter ao
trabalhar essas competências?
A escola deve assumir valores que
estimulem a autonomia dos alunos;
oriente para o respeito a si mesmo
e aos demais, nosso compromisso é
desenvolver todas as capacidades.
(ZABALZA, 2002)
Desafios
I- A
Formação
dos
Professores
II- A Concepção de
Ensino-
aprendizagem
III- A
Organização
Curricular
Radar de competências
Um novo tipo de professor
Obrigada!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
AutoconhecimentoDalila Melo
 
Desenvolvimento de Habilidades Sociemocionais nos professores
Desenvolvimento de Habilidades Sociemocionais nos professores Desenvolvimento de Habilidades Sociemocionais nos professores
Desenvolvimento de Habilidades Sociemocionais nos professores Flavio Santos
 
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroEmpatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroVera Lessa
 
Dinâmica das emoções
Dinâmica das emoçõesDinâmica das emoções
Dinâmica das emoçõesThais Fraga
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Roseli Basellotto
 
Habilidades sociais oficina apostila-pdf
Habilidades sociais oficina   apostila-pdfHabilidades sociais oficina   apostila-pdf
Habilidades sociais oficina apostila-pdfAnaí Peña
 
Família, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeFamília, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeLuúh Reis
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipeaavbatista
 
Palestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino MédioPalestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino Médioangelavbecker
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide AutismoUNIME
 
Apresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência EmocionalApresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência Emocionalanaediteaires
 
Cultura de paz e o cotidiano escolar
Cultura de paz e o cotidiano escolarCultura de paz e o cotidiano escolar
Cultura de paz e o cotidiano escolarGuaraciara Lopes
 
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...francisleide
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Carlos Caldas
 

Mais procurados (20)

Autoconhecimento
AutoconhecimentoAutoconhecimento
Autoconhecimento
 
Desenvolvimento de Habilidades Sociemocionais nos professores
Desenvolvimento de Habilidades Sociemocionais nos professores Desenvolvimento de Habilidades Sociemocionais nos professores
Desenvolvimento de Habilidades Sociemocionais nos professores
 
Motivação
MotivaçãoMotivação
Motivação
 
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outroEmpatia - A arte de se colocar no lugar do outro
Empatia - A arte de se colocar no lugar do outro
 
Dinâmica das emoções
Dinâmica das emoçõesDinâmica das emoções
Dinâmica das emoções
 
EDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTILEDUCAÇÃO INFANTIL
EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Emoções
EmoçõesEmoções
Emoções
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)Mapa de competências ensino integral (1) (1)
Mapa de competências ensino integral (1) (1)
 
Habilidades sociais oficina apostila-pdf
Habilidades sociais oficina   apostila-pdfHabilidades sociais oficina   apostila-pdf
Habilidades sociais oficina apostila-pdf
 
Família, Escola e Comunidade
Família, Escola e ComunidadeFamília, Escola e Comunidade
Família, Escola e Comunidade
 
Trabalho Em Equipe
Trabalho Em EquipeTrabalho Em Equipe
Trabalho Em Equipe
 
Palestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino MédioPalestra Motivacional Ensino Médio
Palestra Motivacional Ensino Médio
 
Slide Autismo
Slide   AutismoSlide   Autismo
Slide Autismo
 
Apresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência EmocionalApresentação Inteligência Emocional
Apresentação Inteligência Emocional
 
Cultura de paz e o cotidiano escolar
Cultura de paz e o cotidiano escolarCultura de paz e o cotidiano escolar
Cultura de paz e o cotidiano escolar
 
respeito as pessoas.
respeito as pessoas.respeito as pessoas.
respeito as pessoas.
 
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
Apresentação em slide para oficina de (In) disciplina e Mediação de Conflitos...
 
Saúde Mental na Escola
Saúde Mental na EscolaSaúde Mental na Escola
Saúde Mental na Escola
 
Psicologia da Educação
Psicologia da Educação Psicologia da Educação
Psicologia da Educação
 

Semelhante a Desenvolvimento de competências socioemocionais

DESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL NA 3º INFÂNCIA
DESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL NA 3º INFÂNCIADESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL NA 3º INFÂNCIA
DESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL NA 3º INFÂNCIAElayne Camilo
 
20 Regras de Ouro para Educar Filhos e Alunos - Augusto Cury.pdf
20 Regras de Ouro para Educar Filhos e Alunos - Augusto Cury.pdf20 Regras de Ouro para Educar Filhos e Alunos - Augusto Cury.pdf
20 Regras de Ouro para Educar Filhos e Alunos - Augusto Cury.pdfRafael Monteiro Moyses
 
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamentalPrimeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamentalPatriciaOliver29
 
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Jamile Coelho
 
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemindDecima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemindNucleo Nacional
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Liviamandelli
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Liviamandelli
 
Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Kátia Rumbelsperger
 
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino AprendizagemEnsinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino AprendizagemFabio Batalha M Barros
 
Chalita apresintação pronta
Chalita  apresintação prontaChalita  apresintação pronta
Chalita apresintação prontaEdna EdnaAraxa
 
Projeto eproinfo 1
Projeto eproinfo 1Projeto eproinfo 1
Projeto eproinfo 1profpelizzer
 
Projeto saudavel crianca
Projeto saudavel criancaProjeto saudavel crianca
Projeto saudavel criancaprofpelizzer
 
As etapas do desenvolvimento de uma pessoa
As etapas do desenvolvimento de uma pessoaAs etapas do desenvolvimento de uma pessoa
As etapas do desenvolvimento de uma pessoajt7_9
 
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemindPrimeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemindNucleo Nacional
 
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemindPrimeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemindNucleo Nacional
 

Semelhante a Desenvolvimento de competências socioemocionais (20)

DESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL NA 3º INFÂNCIA
DESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL NA 3º INFÂNCIADESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL NA 3º INFÂNCIA
DESENVOLVIMENTO PSICOSSOCIAL NA 3º INFÂNCIA
 
Educação
EducaçãoEducação
Educação
 
20 Regras de Ouro para Educar Filhos e Alunos - Augusto Cury.pdf
20 Regras de Ouro para Educar Filhos e Alunos - Augusto Cury.pdf20 Regras de Ouro para Educar Filhos e Alunos - Augusto Cury.pdf
20 Regras de Ouro para Educar Filhos e Alunos - Augusto Cury.pdf
 
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamentalPrimeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
Primeira Infância e seus desafios na educação infantil e fundamental
 
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
Palestra : Relacionamentos interpessoais na gestão de conflitos: O que uma ge...
 
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemindDecima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
 
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
Palestra Valores Humanosna EducaçãO[1]
 
Adolescência
AdolescênciaAdolescência
Adolescência
 
Adolescêni
AdolescêniAdolescêni
Adolescêni
 
Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1Cartilha para fases da crianças 1
Cartilha para fases da crianças 1
 
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino AprendizagemEnsinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
Ensinar e aprender com sentido - Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem
 
Chalita apresintação pronta
Chalita  apresintação prontaChalita  apresintação pronta
Chalita apresintação pronta
 
Modulo1 unid 2 web
Modulo1 unid 2 webModulo1 unid 2 web
Modulo1 unid 2 web
 
Projeto eproinfo 1
Projeto eproinfo 1Projeto eproinfo 1
Projeto eproinfo 1
 
Projeto saudavel crianca
Projeto saudavel criancaProjeto saudavel crianca
Projeto saudavel crianca
 
Pedagogia afetiva
Pedagogia afetivaPedagogia afetiva
Pedagogia afetiva
 
As etapas do desenvolvimento de uma pessoa
As etapas do desenvolvimento de uma pessoaAs etapas do desenvolvimento de uma pessoa
As etapas do desenvolvimento de uma pessoa
 
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemindPrimeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
 
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemindPrimeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
 

Mais de Grasiela Dourado

A internet na educação de crianças e adolescentes: Como navegar na rede com ...
A internet na educação de crianças e adolescentes:  Como navegar na rede com ...A internet na educação de crianças e adolescentes:  Como navegar na rede com ...
A internet na educação de crianças e adolescentes: Como navegar na rede com ...Grasiela Dourado
 
Gestão para o sucesso: Pessoas, Processos e Resultados
Gestão para o sucesso: Pessoas, Processos e ResultadosGestão para o sucesso: Pessoas, Processos e Resultados
Gestão para o sucesso: Pessoas, Processos e ResultadosGrasiela Dourado
 
Conflitos das gerações x, y e z.3
Conflitos das gerações x, y e z.3Conflitos das gerações x, y e z.3
Conflitos das gerações x, y e z.3Grasiela Dourado
 
O uso da tecnologia como instrumento de auxílio na prática do professor2
O uso da tecnologia como instrumento de auxílio na prática do professor2O uso da tecnologia como instrumento de auxílio na prática do professor2
O uso da tecnologia como instrumento de auxílio na prática do professor2Grasiela Dourado
 
Dificuldade de aprendizagem.2
Dificuldade de aprendizagem.2Dificuldade de aprendizagem.2
Dificuldade de aprendizagem.2Grasiela Dourado
 
Normatização do TCC - Monografia
Normatização do TCC - MonografiaNormatização do TCC - Monografia
Normatização do TCC - MonografiaGrasiela Dourado
 
A Vida na Escola: Uma Questão de Gestão
A Vida na Escola: Uma Questão de GestãoA Vida na Escola: Uma Questão de Gestão
A Vida na Escola: Uma Questão de GestãoGrasiela Dourado
 
Gestão do Conhecimento e Inovação
Gestão do Conhecimento e Inovação Gestão do Conhecimento e Inovação
Gestão do Conhecimento e Inovação Grasiela Dourado
 

Mais de Grasiela Dourado (17)

Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula Gestão da Sala de Aula
Gestão da Sala de Aula
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
A internet na educação de crianças e adolescentes: Como navegar na rede com ...
A internet na educação de crianças e adolescentes:  Como navegar na rede com ...A internet na educação de crianças e adolescentes:  Como navegar na rede com ...
A internet na educação de crianças e adolescentes: Como navegar na rede com ...
 
BNCC na prática
BNCC na práticaBNCC na prática
BNCC na prática
 
Professor Gestor
Professor GestorProfessor Gestor
Professor Gestor
 
Tecnologia Educacional
Tecnologia EducacionalTecnologia Educacional
Tecnologia Educacional
 
Gestão para o sucesso: Pessoas, Processos e Resultados
Gestão para o sucesso: Pessoas, Processos e ResultadosGestão para o sucesso: Pessoas, Processos e Resultados
Gestão para o sucesso: Pessoas, Processos e Resultados
 
Conflitos das gerações x, y e z.3
Conflitos das gerações x, y e z.3Conflitos das gerações x, y e z.3
Conflitos das gerações x, y e z.3
 
O uso da tecnologia como instrumento de auxílio na prática do professor2
O uso da tecnologia como instrumento de auxílio na prática do professor2O uso da tecnologia como instrumento de auxílio na prática do professor2
O uso da tecnologia como instrumento de auxílio na prática do professor2
 
Dificuldade de aprendizagem.2
Dificuldade de aprendizagem.2Dificuldade de aprendizagem.2
Dificuldade de aprendizagem.2
 
O amor é cego
O amor é cegoO amor é cego
O amor é cego
 
Ligando os Pontos
Ligando os PontosLigando os Pontos
Ligando os Pontos
 
Competências
CompetênciasCompetências
Competências
 
Coordenação pedagógica
Coordenação pedagógicaCoordenação pedagógica
Coordenação pedagógica
 
Normatização do TCC - Monografia
Normatização do TCC - MonografiaNormatização do TCC - Monografia
Normatização do TCC - Monografia
 
A Vida na Escola: Uma Questão de Gestão
A Vida na Escola: Uma Questão de GestãoA Vida na Escola: Uma Questão de Gestão
A Vida na Escola: Uma Questão de Gestão
 
Gestão do Conhecimento e Inovação
Gestão do Conhecimento e Inovação Gestão do Conhecimento e Inovação
Gestão do Conhecimento e Inovação
 

Último

SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfAndersonW5
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdfaulasgege
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilMariaHelena293800
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptxnelsontobontrujillo
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasdiegosouzalira10
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptorlando dias da silva
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAbdLuxemBourg
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfMarcianaClaudioClaud
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 

Último (20)

SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdfSQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
SQL Parte 1 - Criação de Banco de Dados.pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
5. EJEMPLOS DE ESTRUCTURASQUINTO GRADO.pptx
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 

Desenvolvimento de competências socioemocionais

  • 2. 99,9% das pessoas nunca foram ensinadas sobre as emoções quando crianças e nem adultas!
  • 3.
  • 4. Numa época em que mais precisamos de usar nossas emoções, as dificuldades de lidar com elas aumentam.
  • 5. O preço pago por não saber lidarmos com nossas emoções e com as dos outros é muito alto.
  • 6. Segundo a OMS, em 2030, a depressão deverá ser a doença mais comum no mundo
  • 7. A Bahia registrou um aumento de 104,2% no número de suicídios
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. “A única saída... é o amor!"
  • 12. “É preciso procurar o ser humano dentro do ser humano". Svetlana Alexievich, Prêmio Nobel de 2015
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16. “As competências socioemocionais são habilidades que você pode aprender; são habilidades que você pode praticar; e são habilidades que você pode ensinar”
  • 17. De onde vem tudo isso? A Conferência Mundial da Educação Para Todos – Tailândia . (UNESCO, 1990) O Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional da Educação para o Século XXI (DELORS, 1996) As Diretrizes Curriculares Nacionais e os Parâmetros Curriculares Nacionais - PCNs (BRASIL, 1999)
  • 18. PNUD coloca as pessoas no centro dos processos de desenvolvimento aponta a educação como oportunidade central para prepará-las para escolhas ajudá-las a transformar seu potencial em competências.
  • 19. Unesco: sugere um sistema de ensino fundado em quatro pilares aprender a conhecer aprender a fazer aprender a ser aprender a conviver
  • 20. Big Five Openness to experience - Abertura a novas experiências Conscientiousness - Consciência Extraversion - Extroversão Agreeableness- Amabilidade Neuroticism - Estabilidade emocional 2 3 4 5 1
  • 21. Tendência a ser aberto a novas experiências estéticas, culturais e intelectuais. O indivíduo aberto a novas experiências caracteriza-se como imaginativo, artístico, excitável, curioso, não convencional e com amplos interesses. Abertura a novas experiências: Domínios do Big Five
  • 22.
  • 23. Inclinação a ser organizado, esforçado e responsável. O indivíduo consciente é caracterizado como eficiente, organizado, autônomo, disciplinado, não impulsivo e orientado para seus objetivos (batalhador). Consciência Domínios do Big Five
  • 24.
  • 25. Orientação de interesses e energia em direção ao mundo externo e pessoas e coisas. O indivíduo extrovertido é caracterizado como amigável, sociável, autoconfiante, energético, aventureiro e entusiasmado. Extroversão Domínios do Big Five
  • 27. Tendência a agir de modo cooperativo e não egoísta. O indivíduo amável ou cooperativo se caracteriza como tolerante, altruísta, modesto, simpático, não teimoso e objetivo. Amabilidade Domínios do Big Five
  • 28.
  • 29. Previsibilidade e consistência de reações emocionais, sem mudanças bruscas de humor Em sua carga inversa, o indivíduo emocionalmente instável é caracterizado como preocupado, irritadiço, introspectivo, impulsivo, e não-autoconfiante Estabilidade Emocional Domínios do Big Five
  • 30. Aproximar o ambiente escolar do desenvolvimento de competências socioemocionais. cria espaço para um aprendizado mais completo. Tem impacto no bem-estar ao longo de toda a vida.
  • 31. Para dar conta dessa tarefa, as escolas do século 21 precisam descobrir como inspirar.
  • 32. o que gostam de estudar? como preferem aprender,? o que os faz desistir? em que costumam errar? quais emoções os dominam? quando fracassam? quais são seus sonhos ? de que forma persistir em alcançá-los?
  • 33. Os resultados desta mudança de postura são sentidos na própria sala de aula Alunos mais responsáveis, focados e organizados. Aprendem em um ano letivo cerca de um terço a mais. Alunos mais abertos e protagonistas têm seu aprendizado. Melhora os índices de desempenho e, ao mesmo tempo, promove as novas aprendizagens. Reduz as desigualdades dentro do sistema educativo e eleva sua qualidade, diminuindo inclusive os níveis de evasão. No mercado de trabalho é recompensado na forma de maiores salários e menor período de desemprego.
  • 35. PONTO DE PARTIDA Quais competências socioemocionais são mais importantes? Por que essas competências precisam ser trabalhadas? Quem deve promover o desenvolvimento das competências socioemocionais? Que cuidados se deve ter ao trabalhar essas competências?
  • 36. A escola deve assumir valores que estimulem a autonomia dos alunos; oriente para o respeito a si mesmo e aos demais, nosso compromisso é desenvolver todas as capacidades. (ZABALZA, 2002)
  • 37. Desafios I- A Formação dos Professores II- A Concepção de Ensino- aprendizagem III- A Organização Curricular
  • 38.
  • 39.
  • 40.
  • 42. Um novo tipo de professor