SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
Condutas no fator tubário. Condutas em Infertilidade Clínica Pró-Criar Reprodução Assistida Belo Horizonte – MG Brasil
Introdução ,[object Object],Fator Tubo-peritoneal 40% Fator  Ovulatório 15% Fator Tubo-Peritoneal 35% Fator  Masculino 35% Outros 5% Casal Fator Ovulatório 40% Outros 10% Inexplicada 10% Mulher Inexplicada 10%
Causas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],INVESTIGAR SEMPRE HSG – PROPEDÊUTICA  BÁSICA
Métodos de investigação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Achados  e abordagem ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Achados  e abordagem Hidrossalpinge
Achados  e abordagem ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Endometriose
Achados  e abordagem Endometriose
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Achados  e abordagem Aderências pelvicas
Achados  e abordagem Х Tratamento cirúrgico Resultados dependem do ESTADO da trompa MELHORES resultados com fator tubário (45- 60%) FIV
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Achados  e abordagem Cirurgia X FIV
[object Object],[object Object],Achados  e abordagem Dubuisson JB et al. Human Reprod, 1995 Yoon TK et al. Fertil Steril, 1999 Reanastomose tubária -Consenso Brasileiro em Videoendoscopia ginecológica, 2000 Cirurgia X FIV
Independente de qualquer fator as palavras chaves na abordagem da infertilidade: CONCLUSÕES Idade da Paciente Tempo de Infertilidade Outros fatores associados
CONCLUSÕES melhor avaliação do   PROGNÓSTICO melhor escolha do   TRATAMENTO

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Laparoscopia em Uro-ginecologia
Laparoscopia em Uro-ginecologiaLaparoscopia em Uro-ginecologia
Laparoscopia em Uro-ginecologiaUrovideo.org
 
Aplicações práticas dos conceitos anátomo-funcionais : Prolapso Vaginal
Aplicações práticas dos  conceitos anátomo-funcionais : Prolapso VaginalAplicações práticas dos  conceitos anátomo-funcionais : Prolapso Vaginal
Aplicações práticas dos conceitos anátomo-funcionais : Prolapso VaginalUrovideo.org
 
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1chirlei ferreira
 
Aula de saúde ginecológica pronta para preparatório 2014
Aula de saúde ginecológica pronta para preparatório 2014Aula de saúde ginecológica pronta para preparatório 2014
Aula de saúde ginecológica pronta para preparatório 2014angelalessadeandrade
 
Cafe 16 aula 03 - dr petrus câmara - cirurgia minimamente invasiva
Cafe 16   aula 03 - dr petrus câmara - cirurgia minimamente invasivaCafe 16   aula 03 - dr petrus câmara - cirurgia minimamente invasiva
Cafe 16 aula 03 - dr petrus câmara - cirurgia minimamente invasivaitgfiles
 

Mais procurados (20)

Laparoscopia em Uro-ginecologia
Laparoscopia em Uro-ginecologiaLaparoscopia em Uro-ginecologia
Laparoscopia em Uro-ginecologia
 
Aplicações práticas dos conceitos anátomo-funcionais : Prolapso Vaginal
Aplicações práticas dos  conceitos anátomo-funcionais : Prolapso VaginalAplicações práticas dos  conceitos anátomo-funcionais : Prolapso Vaginal
Aplicações práticas dos conceitos anátomo-funcionais : Prolapso Vaginal
 
Indicações de laparoscopia no manejo de massas anexiais
Indicações de laparoscopia no manejo de massas anexiaisIndicações de laparoscopia no manejo de massas anexiais
Indicações de laparoscopia no manejo de massas anexiais
 
Miomatose: quando a cirurgia é indicada?
Miomatose: quando a cirurgia é indicada?Miomatose: quando a cirurgia é indicada?
Miomatose: quando a cirurgia é indicada?
 
Sangramento Vaginal Anormal: não deixe de examinar!
Sangramento Vaginal Anormal: não deixe de examinar!Sangramento Vaginal Anormal: não deixe de examinar!
Sangramento Vaginal Anormal: não deixe de examinar!
 
A Reconstrução da Mama: direitos e desafios para acesso no SUS
A Reconstrução da Mama: direitos e desafios para acesso no SUSA Reconstrução da Mama: direitos e desafios para acesso no SUS
A Reconstrução da Mama: direitos e desafios para acesso no SUS
 
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
Serviço De Propedêutica Do Colo Aula1
 
Apr.hiperplasia+endometrial
Apr.hiperplasia+endometrialApr.hiperplasia+endometrial
Apr.hiperplasia+endometrial
 
Aula de saúde ginecológica pronta para preparatório 2014
Aula de saúde ginecológica pronta para preparatório 2014Aula de saúde ginecológica pronta para preparatório 2014
Aula de saúde ginecológica pronta para preparatório 2014
 
Estudo Urodinâmico na Mulher: por que, quando e como?
Estudo Urodinâmico na Mulher: por que, quando e como?Estudo Urodinâmico na Mulher: por que, quando e como?
Estudo Urodinâmico na Mulher: por que, quando e como?
 
Por que não colher citologia antes dos 25 anos?
Por que não colher citologia antes dos 25 anos?Por que não colher citologia antes dos 25 anos?
Por que não colher citologia antes dos 25 anos?
 
Cafe 16 aula 03 - dr petrus câmara - cirurgia minimamente invasiva
Cafe 16   aula 03 - dr petrus câmara - cirurgia minimamente invasivaCafe 16   aula 03 - dr petrus câmara - cirurgia minimamente invasiva
Cafe 16 aula 03 - dr petrus câmara - cirurgia minimamente invasiva
 
Desordens do desenvolvimento sexual
Desordens do desenvolvimento sexualDesordens do desenvolvimento sexual
Desordens do desenvolvimento sexual
 
Coleta e Indicações para o Exame Citopatológico do Colo Uterino
Coleta e Indicações para o Exame Citopatológico do Colo UterinoColeta e Indicações para o Exame Citopatológico do Colo Uterino
Coleta e Indicações para o Exame Citopatológico do Colo Uterino
 
Videolaparoscopia na endometriose
Videolaparoscopia na endometrioseVideolaparoscopia na endometriose
Videolaparoscopia na endometriose
 
Hidronefrose fetal.
Hidronefrose fetal.Hidronefrose fetal.
Hidronefrose fetal.
 
Prenhez tubária
Prenhez tubáriaPrenhez tubária
Prenhez tubária
 
Placenta Previa
Placenta PreviaPlacenta Previa
Placenta Previa
 
Histeroscopia diagnóstica: por que e quando indicar?
Histeroscopia diagnóstica: por que e quando indicar?Histeroscopia diagnóstica: por que e quando indicar?
Histeroscopia diagnóstica: por que e quando indicar?
 
Aula 08 Condutas Em Endometriose
Aula 08   Condutas Em EndometrioseAula 08   Condutas Em Endometriose
Aula 08 Condutas Em Endometriose
 

Destaque

Como extrair a peça cirúrgica
Como extrair a peça cirúrgicaComo extrair a peça cirúrgica
Como extrair a peça cirúrgicaUrovideo.org
 
Pelve feminina ii 18.10.11 final
Pelve feminina ii 18.10.11 finalPelve feminina ii 18.10.11 final
Pelve feminina ii 18.10.11 finalNorberto Werle
 
Endoscopy in gynaecology rabi
Endoscopy in gynaecology rabiEndoscopy in gynaecology rabi
Endoscopy in gynaecology rabiRabi Satpathy
 
cirurgias genecológica
cirurgias genecológicacirurgias genecológica
cirurgias genecológicaSara Rejane
 
Pelve Masculina e Feminina
Pelve Masculina e FemininaPelve Masculina e Feminina
Pelve Masculina e FemininaNorberto Werle
 
Laparoscopy Basics, Principles, Instrumentation, Indication
Laparoscopy Basics, Principles, Instrumentation, IndicationLaparoscopy Basics, Principles, Instrumentation, Indication
Laparoscopy Basics, Principles, Instrumentation, IndicationAnil Haripriya
 
Introduction of Laparoscopic Surgery
Introduction of Laparoscopic SurgeryIntroduction of Laparoscopic Surgery
Introduction of Laparoscopic Surgerylaparoscopy
 
Anatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétrica
Anatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétricaAnatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétrica
Anatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétricaLorena Padilha
 
Continuação Slides Anatomia Geral II - Slide 5
Continuação Slides Anatomia Geral II - Slide 5Continuação Slides Anatomia Geral II - Slide 5
Continuação Slides Anatomia Geral II - Slide 5Andrei Potting
 
Gynaecological laproscopy
Gynaecological  laproscopyGynaecological  laproscopy
Gynaecological laproscopydrmcbansal
 

Destaque (20)

Como extrair a peça cirúrgica
Como extrair a peça cirúrgicaComo extrair a peça cirúrgica
Como extrair a peça cirúrgica
 
Investigação de massas anexiais
Investigação de massas anexiaisInvestigação de massas anexiais
Investigação de massas anexiais
 
Aula 02 Fatores PrognóSticos Para Resposta Ovariana
Aula 02   Fatores PrognóSticos Para Resposta OvarianaAula 02   Fatores PrognóSticos Para Resposta Ovariana
Aula 02 Fatores PrognóSticos Para Resposta Ovariana
 
Aula 09 Condutas Em Infertilidade Sem Causa Aparente
Aula 09   Condutas Em Infertilidade Sem Causa AparenteAula 09   Condutas Em Infertilidade Sem Causa Aparente
Aula 09 Condutas Em Infertilidade Sem Causa Aparente
 
Dinâmica Ovariana
Dinâmica OvarianaDinâmica Ovariana
Dinâmica Ovariana
 
Aula 01 PropedêUtica Em Infertilidade
Aula 01   PropedêUtica Em InfertilidadeAula 01   PropedêUtica Em Infertilidade
Aula 01 PropedêUtica Em Infertilidade
 
Aula 10 InduçãO Da OvulaçãO Para Tratamento De Baixa Complexidade
Aula 10   InduçãO Da OvulaçãO Para Tratamento De Baixa ComplexidadeAula 10   InduçãO Da OvulaçãO Para Tratamento De Baixa Complexidade
Aula 10 InduçãO Da OvulaçãO Para Tratamento De Baixa Complexidade
 
Tumores Ovarianos
Tumores OvarianosTumores Ovarianos
Tumores Ovarianos
 
Pelve feminina ii 18.10.11 final
Pelve feminina ii 18.10.11 finalPelve feminina ii 18.10.11 final
Pelve feminina ii 18.10.11 final
 
Apresentação endometriose
Apresentação endometrioseApresentação endometriose
Apresentação endometriose
 
Endoscopy in gynaecology rabi
Endoscopy in gynaecology rabiEndoscopy in gynaecology rabi
Endoscopy in gynaecology rabi
 
Endometriose
EndometrioseEndometriose
Endometriose
 
cirurgias genecológica
cirurgias genecológicacirurgias genecológica
cirurgias genecológica
 
Abordagem Atual no Diagnostico dos Tumores Ovarianos
Abordagem Atual no Diagnostico dos Tumores OvarianosAbordagem Atual no Diagnostico dos Tumores Ovarianos
Abordagem Atual no Diagnostico dos Tumores Ovarianos
 
Pelve Masculina e Feminina
Pelve Masculina e FemininaPelve Masculina e Feminina
Pelve Masculina e Feminina
 
Laparoscopy Basics, Principles, Instrumentation, Indication
Laparoscopy Basics, Principles, Instrumentation, IndicationLaparoscopy Basics, Principles, Instrumentation, Indication
Laparoscopy Basics, Principles, Instrumentation, Indication
 
Introduction of Laparoscopic Surgery
Introduction of Laparoscopic SurgeryIntroduction of Laparoscopic Surgery
Introduction of Laparoscopic Surgery
 
Anatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétrica
Anatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétricaAnatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétrica
Anatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétrica
 
Continuação Slides Anatomia Geral II - Slide 5
Continuação Slides Anatomia Geral II - Slide 5Continuação Slides Anatomia Geral II - Slide 5
Continuação Slides Anatomia Geral II - Slide 5
 
Gynaecological laproscopy
Gynaecological  laproscopyGynaecological  laproscopy
Gynaecological laproscopy
 

Semelhante a Aula 05 Condutas No Fato TubáRio

Papel do ginecologista na infertilidade
Papel do ginecologista na infertilidadePapel do ginecologista na infertilidade
Papel do ginecologista na infertilidadeitpack
 
DiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
DiagnóStico E Tratamento Da InfertilidadeDiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
DiagnóStico E Tratamento Da Infertilidadechirlei ferreira
 
Apr hiperplasiaendometrial-121001200508-phpapp02
Apr hiperplasiaendometrial-121001200508-phpapp02Apr hiperplasiaendometrial-121001200508-phpapp02
Apr hiperplasiaendometrial-121001200508-phpapp02Roberto Shinkai
 
Injúria Endometrial em Reprodução Humana Assistida
Injúria Endometrial em Reprodução Humana AssistidaInjúria Endometrial em Reprodução Humana Assistida
Injúria Endometrial em Reprodução Humana AssistidaJanice Dolabela
 
Novidades no tratamento do
Novidades no tratamento doNovidades no tratamento do
Novidades no tratamento doOncoguia
 
50 métodos auxiliares de diagnóstico em ginecologia
50 métodos auxiliares de diagnóstico em ginecologia50 métodos auxiliares de diagnóstico em ginecologia
50 métodos auxiliares de diagnóstico em ginecologiajuniorportes
 
Aula de endometriose versao 3
Aula de endometriose versao 3Aula de endometriose versao 3
Aula de endometriose versao 3Loury Souza
 
Abdomen Agudo GinecolóGico
Abdomen Agudo GinecolóGicoAbdomen Agudo GinecolóGico
Abdomen Agudo GinecolóGicochirlei ferreira
 
Aula 6 câncer de mama associado à gestação
Aula 6   câncer de mama associado à gestaçãoAula 6   câncer de mama associado à gestação
Aula 6 câncer de mama associado à gestaçãoGuilherme Novita Garcia
 
Aula 6 - câncer de mama associado à gestação
Aula 6 - câncer de mama associado à gestaçãoAula 6 - câncer de mama associado à gestação
Aula 6 - câncer de mama associado à gestaçãoGuilherme Novita Garcia
 

Semelhante a Aula 05 Condutas No Fato TubáRio (20)

Papel do ginecologista na infertilidade
Papel do ginecologista na infertilidadePapel do ginecologista na infertilidade
Papel do ginecologista na infertilidade
 
Abordagem terapeutica no_leiomioma_uterino
Abordagem terapeutica no_leiomioma_uterinoAbordagem terapeutica no_leiomioma_uterino
Abordagem terapeutica no_leiomioma_uterino
 
DiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
DiagnóStico E Tratamento Da InfertilidadeDiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
DiagnóStico E Tratamento Da Infertilidade
 
Monografia
Monografia Monografia
Monografia
 
Apr hiperplasiaendometrial-121001200508-phpapp02
Apr hiperplasiaendometrial-121001200508-phpapp02Apr hiperplasiaendometrial-121001200508-phpapp02
Apr hiperplasiaendometrial-121001200508-phpapp02
 
Injúria Endometrial em Reprodução Humana Assistida
Injúria Endometrial em Reprodução Humana AssistidaInjúria Endometrial em Reprodução Humana Assistida
Injúria Endometrial em Reprodução Humana Assistida
 
Novidades no tratamento do
Novidades no tratamento doNovidades no tratamento do
Novidades no tratamento do
 
50 métodos auxiliares de diagnóstico em ginecologia
50 métodos auxiliares de diagnóstico em ginecologia50 métodos auxiliares de diagnóstico em ginecologia
50 métodos auxiliares de diagnóstico em ginecologia
 
Template bios
Template biosTemplate bios
Template bios
 
Abortamentoh
AbortamentohAbortamentoh
Abortamentoh
 
Aula+papanicolaou
Aula+papanicolaouAula+papanicolaou
Aula+papanicolaou
 
Aula de endometriose versao 3
Aula de endometriose versao 3Aula de endometriose versao 3
Aula de endometriose versao 3
 
Genética na Escola
Genética na EscolaGenética na Escola
Genética na Escola
 
Aula 08 Condutas Em Endometriose
Aula 08   Condutas Em EndometrioseAula 08   Condutas Em Endometriose
Aula 08 Condutas Em Endometriose
 
Cesariana e Parto vaginal
Cesariana e Parto vaginalCesariana e Parto vaginal
Cesariana e Parto vaginal
 
Abdomen Agudo GinecolóGico
Abdomen Agudo GinecolóGicoAbdomen Agudo GinecolóGico
Abdomen Agudo GinecolóGico
 
Trabalho interdisciplinar na assistência ao parto e nascimento: a atuação da ...
Trabalho interdisciplinar na assistência ao parto e nascimento: a atuação da ...Trabalho interdisciplinar na assistência ao parto e nascimento: a atuação da ...
Trabalho interdisciplinar na assistência ao parto e nascimento: a atuação da ...
 
Aula 6 câncer de mama associado à gestação
Aula 6   câncer de mama associado à gestaçãoAula 6   câncer de mama associado à gestação
Aula 6 câncer de mama associado à gestação
 
Aula 6 - câncer de mama associado à gestação
Aula 6 - câncer de mama associado à gestaçãoAula 6 - câncer de mama associado à gestação
Aula 6 - câncer de mama associado à gestação
 
Infertilidade no consultório
Infertilidade no consultórioInfertilidade no consultório
Infertilidade no consultório
 

Mais de Clínica Pró-Criar Medicina Reprodutiva (7)

Dinâmica Ovariana
Dinâmica OvarianaDinâmica Ovariana
Dinâmica Ovariana
 
Aula 15 Acompanhamento Obstétrico Após TRA
Aula 15   Acompanhamento Obstétrico Após TRAAula 15   Acompanhamento Obstétrico Após TRA
Aula 15 Acompanhamento Obstétrico Após TRA
 
Aula 13 Condutas Em Perda Gestacional De RepetiçãO
Aula 13   Condutas Em Perda Gestacional De RepetiçãOAula 13   Condutas Em Perda Gestacional De RepetiçãO
Aula 13 Condutas Em Perda Gestacional De RepetiçãO
 
Aula 12 Como Monitorizar A InduçãO Da OvulaçãO
Aula 12   Como Monitorizar A InduçãO Da OvulaçãOAula 12   Como Monitorizar A InduçãO Da OvulaçãO
Aula 12 Como Monitorizar A InduçãO Da OvulaçãO
 
Aula 11 InduçãO Da OvulaçãO Para Tratamento De Alta Complexidade
Aula 11   InduçãO Da OvulaçãO Para Tratamento De Alta ComplexidadeAula 11   InduçãO Da OvulaçãO Para Tratamento De Alta Complexidade
Aula 11 InduçãO Da OvulaçãO Para Tratamento De Alta Complexidade
 
Aula 06 Condutas Na AnovulaçãO CrôNica
Aula 06   Condutas Na AnovulaçãO CrôNicaAula 06   Condutas Na AnovulaçãO CrôNica
Aula 06 Condutas Na AnovulaçãO CrôNica
 
Aula 03 Acompanhamento PsicolóGico Dos Casais
Aula 03   Acompanhamento PsicolóGico Dos CasaisAula 03   Acompanhamento PsicolóGico Dos Casais
Aula 03 Acompanhamento PsicolóGico Dos Casais
 

Aula 05 Condutas No Fato TubáRio

  • 1. Condutas no fator tubário. Condutas em Infertilidade Clínica Pró-Criar Reprodução Assistida Belo Horizonte – MG Brasil
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7. Achados e abordagem Hidrossalpinge
  • 8.
  • 9. Achados e abordagem Endometriose
  • 10.
  • 11. Achados e abordagem Х Tratamento cirúrgico Resultados dependem do ESTADO da trompa MELHORES resultados com fator tubário (45- 60%) FIV
  • 12.
  • 13.
  • 14. Independente de qualquer fator as palavras chaves na abordagem da infertilidade: CONCLUSÕES Idade da Paciente Tempo de Infertilidade Outros fatores associados
  • 15. CONCLUSÕES melhor avaliação do PROGNÓSTICO melhor escolha do TRATAMENTO