UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO  HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CLEMENTINO FRAGA FILHO  SERVIÇO DE GINECOLOGIAEspessamento ...
Ultrassonografia Transvaginal   É um dos exames mais utilizados   Método não invasivo e com boa acurácia   Avaliação ut...
Medida da EspessuraEndometrial          Rotinas em Ginecologia, Freitas,F. [et al.], 5 ed., Artmed, 2006.
Espessamento Endometrial        Rotinas em Ginecologia, Freitas,F. [et al.], 5 ed., Artmed, 2006.
Histeroscopia Diagnóstica   Procedimento ambulatorial   Baixo risco de complicações   Visualização da cavidade uterina ...
Câncer de Endométrio         Brasil: segundo tumor pélvico mais comum         5.685 novos casos/ano – 7,6 casos/100.000 ...
Achados Histeroscópicos
 Período   pré-menstrual Gestação   inicial Muco Espessamento     focal
# 329 pacientes na pós-menopausa# Espessamento endometrial ao USG ( > ou5mm)# Pacientes assintomáticas e comsangramento ge...
# 243 mulheres menopausadas# Foram submetidas à USG TV de rotina ou após algum episódio desangramento ( Ponto de corte: 5m...
# 156 pacientes menopausadas com sangramento uterino sem usode TRH# Variáveis de análise: medida do endométrio pela USG (d...
Conclusão   USG de rotina?   Espessamento verdadeiro?   Prevalência de lesões benignas   Corte: 4 ou 5 mm??   Ca de e...
Bibliografia   Rotinas em Ginecologia, Freitas,F. [et al.], 5 ed., Artmed, 2006.   “Comparação do ultrassom transvaginal...
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos

10.368 visualizações

Publicada em

Seminário 03/08/2012

Publicada em: Educação
1 comentário
6 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.368
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
1
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Espessamento endometrial à ultrassonografia e achados histeroscópicos

  1. 1. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CLEMENTINO FRAGA FILHO SERVIÇO DE GINECOLOGIAEspessamento Endometrial à Ultrassonografia e Achados Histeroscópicos Dra Rejane Santana – R3 Orientadora: Dra Maria Albina Catellani
  2. 2. Ultrassonografia Transvaginal É um dos exames mais utilizados Método não invasivo e com boa acurácia Avaliação uterina, anexial e de massas pélvicas Via transvaginal Sangramento pós-menopausa Smith-Bindman et al. - Alta sensibilidade (92%) e baixa especificidade (61%) Lesão Benigna x Lesão Maligna Rotinas em Ginecologia, Freitas,F. [et al.], 5 ed., Artmed, 2006.
  3. 3. Medida da EspessuraEndometrial Rotinas em Ginecologia, Freitas,F. [et al.], 5 ed., Artmed, 2006.
  4. 4. Espessamento Endometrial Rotinas em Ginecologia, Freitas,F. [et al.], 5 ed., Artmed, 2006.
  5. 5. Histeroscopia Diagnóstica Procedimento ambulatorial Baixo risco de complicações Visualização da cavidade uterina , avaliação endometrial e da anatomia da cérvice Espessamento endometrial e Sangramento pós- menopausa Alta sensibilidade (86,4%) e especificidade (98%) Indicações e Contra-indicações Realização de Biópsias Rotinas em Ginecologia, Freitas,F. [et al.], 5 ed., Artmed, 2006.
  6. 6. Câncer de Endométrio  Brasil: segundo tumor pélvico mais comum  5.685 novos casos/ano – 7,6 casos/100.000 mulheres  60 anos / 75% estão na menopausa  Fatores de Risco  Manifestação clínica e Diagnóstico  72% apresentam estágio I“Comparação entre os achados ultra-sonográficos, histeroscópicos e histopatológicos no sangramento uterino pós-menopausa”, Scavuzzi, A. et al., RBGO 2003, UFPE
  7. 7. Achados Histeroscópicos
  8. 8.  Período pré-menstrual Gestação inicial Muco Espessamento focal
  9. 9. # 329 pacientes na pós-menopausa# Espessamento endometrial ao USG ( > ou5mm)# Pacientes assintomáticas e comsangramento genital
  10. 10. # 243 mulheres menopausadas# Foram submetidas à USG TV de rotina ou após algum episódio desangramento ( Ponto de corte: 5mm )# Todas realizaram HSCP# 235 mulheres com USG alterado >>>> 96 com HSCP normal (40%)# 8 mulheres com USG normal >>>> 4 com alteração na HSCP# 1,2% câncer; 1,6% hiperplasia endometrial; 54% pólipoendometrial
  11. 11. # 156 pacientes menopausadas com sangramento uterino sem usode TRH# Variáveis de análise: medida do endométrio pela USG (dois pontosde corte 4 e 5mm), achados histeroscópicos e resultadohistopatológico# Corte de 4mm: 75% com resultado anormal Corte de 5 mm: 67,3% com resultado anormal# HSCP: 78,8% alterações benignas
  12. 12. Conclusão USG de rotina? Espessamento verdadeiro? Prevalência de lesões benignas Corte: 4 ou 5 mm?? Ca de endométrio: > 10mm / > 60 anos USG x HSCP Sangramento pós-menopausa ou Espessamento endometrial: investigação da cavidade uterina
  13. 13. Bibliografia Rotinas em Ginecologia, Freitas,F. [et al.], 5 ed., Artmed, 2006. “Comparação do ultrassom transvaginal e da histeroscopia ambulatorial no diagnóstico das doenças endometriais em mulheres menopausadas”, Yela,D. et al., Rev. Assoc.Med.Bras., 2009, Unicamp – SP “ Achados histeroscópicos em mulheres na pós-menopausa com diagnóstico de espessamento endometrial por ultra-sonografia transvaginal”, Campaner,A. et al., RBGO 2004, FCMSC – SP “Achados Histeroscópicos em pacientes na pós-menopausa com espessamento endometrial à ultra-sonografia”, Branco,H. et al., Einstein 2008,HSPE – SP “Comparação entre os achados ultra-sonográficos, histeroscópicos e histopatológicos no sangramento uterino pós-menopausa”, Scavuzzi, A. et al., RBGO 2003, UFPE “Asymptomatic Endometrial Thickening”, SOGC Clinical Practice Guideline, October 2010 “The significance of intrauterine lesions detected by ultrasound in asymptomatic postmenopausal patients”, Lev-Sagie A. et al., BJOG,

×