Anatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétrica

26.110 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Anatomia do sistema reprodutor feminino e anatomia obstétrica

  1. 1. Professora Lorena Padilha Enfermeira
  2. 2. Anatomia do Sistema Reprodutor Feminino  Órgãos genitais externos  Órgãos genitais internos
  3. 3. Genitália externa
  4. 4. Genitália externa  Grandes lábios  Pequenos lábios  Vestíbulo  Clitóris  Glândulas anexas  Bartholin (são duas, alojadas na parede vaginal, com função de efetuar a lubrificação do canal vaginal, para o ato sexual)  Skene (segregam uma enzima chamada PDE5, que intervém na excitação feminina)  Hímen
  5. 5. Genitália externa
  6. 6. Órgãos internos
  7. 7. Órgãos internos  Vagina = canal de 7 a 9 cm de comprimento e 2 a 4 cm de largura, que se estende do útero à vulva, constituída de tecido elástico.  Funções:  Órgão de cópula  Dar passagem do fluxo menstrual  Dar passagem ao feto
  8. 8. Órgãos internos
  9. 9. Órgãos internos  Útero = órgão de estrutura muscular, único, de paredes espessas e oco.  Colo do útero: encaixa-se no fundo da vagina e nela se abre através de um orifício ou “canal cervical”. Dilata-se, dando passagem ao feto, durante o trabalho de parto.  Corpo do útero: possui cavidade triangular revestida pelo endométrio, onde o ovo se fixa e se desenvolve. É responsável pelas contrações que expulsam o feto, no trabalho de parto.
  10. 10. Órgãos internos
  11. 11. Órgãos internos  Tubas uterinas = são dois canais de formação tubular, ligados ao corpo do útero, que se estendem em direção aos ovários.  Função: transportar o óvulo, fecundado ou não, ao útero.
  12. 12. Órgãos internos
  13. 13. Órgãos internos  Ovários = são duas glândulas situadas na cavidade pélvica, uma de cada lado do útero.  Funções:  Produção de hormônios femininos  Guardar, amadurecer e liberar óvulos (OVULAÇÃO)
  14. 14. Órgãos internos
  15. 15. Órgãos internos
  16. 16. Períneo  Agrupamento de músculos, visíveis externamente, entre a abertura da vagina e o ânus.  Separa a genitália externa da interna.  Serve de sustentação aos órgãos genitais internos.
  17. 17. Anatomia obstétrica  Pelve genital (canal do parto)  Bacia óssea e partes moles  A possibilidade de parto normal depende:  Da configuração da bacia  Do seu canal ósseo  Da cabeça fetal
  18. 18. Esquema dos ossos da pelve
  19. 19. Bacia óssea  Ossos:  Sacro  Cóccix  Ossos ilíacos  Articulações: sínfise púbica, sacro-ilíaca, sacrococcígea e lombossacra.  Divide-se em duas partes:  Pelve maior  Pelve menor (parte mais estreita, de grande importância para o parto)
  20. 20. Bacia óssea  Partes moles : assoalho fibroso e muscular. No trabalho de parto o feto deverá comprimir e afastar este obstáculo.
  21. 21. Tipos de pelve  Ginecóide (normal feminina) – 50%  Antropóide (bacia de primatas) – 25%  Andróide (bacia masculina) – 20%  Platipelóide – 5%
  22. 22. É um K! É um B! É um ... Boa Páscoa, queridos!

×