SlideShare uma empresa Scribd logo
Planejamento estratégico de projetos e atividades sociais para 2012 http://www.slideshare.net/micfre12/
Serviços   Criando Desenvolvimento institucional Técnica Jurídica Gestão Marketing e Comunicação Planejamento estratégico Responsabilidade Social Desenvolvimento Sustentável Palestras, Cursos e Oficinas Assessoria para implementação de PMRS Empresas Terceiro Setor   Consultoria
EXERCÍCIO DE BRAINSTORMIG – TEMPESTADE DE IDÉIAS AVES água zôo de comer cantam rapina cativeiro
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],O CAMINHO A SEGUIR
Planejamento estratégico é um processo de organização de idéias e decisões, que influenciam o futuro e definem a relação entre uma organização e o ambiente em que atua. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Conceito
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
[object Object],[object Object],PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
[object Object],[object Object],[object Object],PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
Cuidado O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões presentes  ( Peter Drucker ) PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Metodologia do Processo
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Temas Fundamentais
Controle Acompa- nhamento e Avaliação Planejamento Estratégico Valores Visão Missão Análise Interna Indicadores Objetivos Estratégias Metas Análise Externa Execução Atividades Programas Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Controle Acompa- nhamento e Avaliação Execução Atividades Programas
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Metodologia
[object Object],[object Object],[object Object],PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase da Organização
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase da Orientação
Modelo Trevo ( Antonio Luiz de Paula e Silva )
Modelo Trevo Serviços Sociedade Pessoas Recursos Direcionamento A arte e desafio do gestor é manter as relações equilibradas e harmoniosas Capacidade Qualidade Motivação Viabilidade Legitimidade Grupo Gestor
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento Composição básica da missão
Doutores da Alegria “ Levar alegria a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais de saúde, por meio da arte do palhaço, nutrindo esta forma de expressão como meio de enriquecimento da experiência humana”. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
SWOT PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento Ambiente Externo Ambiente Interno Positivo Negativo  Investir FORÇAS Explorar OPORTUNIDADES Minimizar AMEAÇAS Superar FRAQUEZAS
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento ESTRATÉGIA
Criar estratégias é a arte de explorar condições e caminhos favoráveis com o fim de alcançar objetivos PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
Planejar é preparar-se para a jornada, mas é também um processo que está sempre acontecendo PLANEJAMENTO  Espere o melhor mas prepare-se para o pior
FONTES   DE FINANCIAMENTO / RECURSOS
Indivíduos Governos PRINCIPAIS FONTES DE RECURSOS / FINANCIAMENTO Organizações  Religiosas Iniciativa  privada Fundações Fontes  Institucionais  Empresas Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Pela causa Institutos corporativos Comunitárias
Indivíduos Governos PRINCIPAIS FONTES DE RECURSOS / FINANCIAMENTO / ESTRATÉGIAS Organizações  Religiosas Projetos de  Geração de Renda Iniciativa  privada Fundações Fontes  Institucionais  Empresas Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Venda Endowment fund Prestação de serviços Pela causa MRC Alugueis Institutos corporativos Comunitárias EVENTOS  PROJETOS  PARCERIAS  Mantenedores
RELAÇÃO ESTRATÉGIAS E TÁTICAS POR FONTE Ent orno Seed Money Socialmente Responsáveis Campanha Capital Grandes Doadores Fundos internacionais  Mantenedores / Conselho Eventos Doação de Material Voluntários Cyber Fundraising Emp. (MKT, RH) Mkt Direto Cara a Cara Telemarketing Parcerias
Indivíduos Governos RELAÇÃO ESTRATÉGIAS E TÁTICAS POR FONTE Organizações  Religiosas Projetos de  Geração de Renda Iniciativa  privada Fundações Fontes  Institucionais  Empresas Institutos empresariais Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Venda Endowment fund Prestação de serviços Pela causa MRC Alugueis Entorno Seed Money Socialmente Responsáveis Campanha Capital Grandes Doadores Fundos internacionais  Mantenedores / Conselho Eventos Doação de Material Voluntários Cyber Fundraising Emp. (MKT, RH) Mkt Direto Mantenedores
 
3 1 7 10 8 2 4 5 9 6
ANSOFF MATRIX
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Plano de Ação
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase de elaboração do plano de ação
 
2012
 
PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase da Avaliação
CICLO PERA
Controle SWOT Captação recursos ANSOFF Avaliação BOSTON TREVO Orçamento SWOT Acompa- nhamento e Avaliação painel de controle Planejamento Estratégico Valores Visão Missão Análise Interna Indicadores Objetivos Estratégias Metas Análise Externa Execução Atividades Programas Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Controle Acompa- nhamento e Avaliação Execução Atividades Programas
OBRIGADO www.criando.net 11 – 2548-7077 11 – 8208-3790 [email_address] http://www.slideshare.net/micfre12/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

CompetêNcia Empresarial
CompetêNcia EmpresarialCompetêNcia Empresarial
CompetêNcia Empresarial
guest238152f
 
04. Debora Miceli: Gestão do Conhecimento - A Organização
04. Debora Miceli: Gestão do Conhecimento - A Organização04. Debora Miceli: Gestão do Conhecimento - A Organização
04. Debora Miceli: Gestão do Conhecimento - A Organização
Debora Miceli
 
Conheça o Solides RH!
Conheça o Solides RH!Conheça o Solides RH!
Conheça o Solides RH!
Solides Tecnologia
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
Macroplan
 
Recursos humanos
Recursos humanosRecursos humanos
Recursos humanos
Alessandra Pinheiro
 
Gestão estratégica de rh
Gestão estratégica de rhGestão estratégica de rh
Gestão estratégica de rh
Renato Cardim & Cia Ltda
 
Okamoto Recursos Humanos e Treinamentos
Okamoto Recursos Humanos e TreinamentosOkamoto Recursos Humanos e Treinamentos
Okamoto Recursos Humanos e Treinamentos
Maria Isabel Barbosa Okamoto
 
Planejamento Estratégico da Inovação
Planejamento Estratégico da InovaçãoPlanejamento Estratégico da Inovação
Planejamento Estratégico da Inovação
Patrícia de Sá Freire, PhD. Eng.
 
Consultoria interna rh
Consultoria interna rhConsultoria interna rh
Consultoria interna rh
Luciana Rezende
 
Curso de elaboração de projetos
Curso de elaboração de projetosCurso de elaboração de projetos
Curso de elaboração de projetos
Diana Sampaio
 
Apresentação da monografia
Apresentação da monografiaApresentação da monografia
Apresentação da monografia
Jonathas Macêdo
 
Gerenciamento de Projetos PMBOK cap9 rh
Gerenciamento de Projetos PMBOK cap9 rhGerenciamento de Projetos PMBOK cap9 rh
Gerenciamento de Projetos PMBOK cap9 rh
Fernando Palma
 
Apresentação sobre a área de Gestão de Pessoas - Soluções Consultoria - CEEMP...
Apresentação sobre a área de Gestão de Pessoas - Soluções Consultoria - CEEMP...Apresentação sobre a área de Gestão de Pessoas - Soluções Consultoria - CEEMP...
Apresentação sobre a área de Gestão de Pessoas - Soluções Consultoria - CEEMP...
CEEMPRE
 
Trabalho informatica recursos humanos
Trabalho informatica   recursos humanosTrabalho informatica   recursos humanos
Trabalho informatica recursos humanos
bryanscremim
 
Gestao estrategica pessoas
Gestao estrategica pessoasGestao estrategica pessoas
Gestao estrategica pessoas
adair-2012
 
Planejamento_estratégico_tático_e_operacional
Planejamento_estratégico_tático_e_operacionalPlanejamento_estratégico_tático_e_operacional
Planejamento_estratégico_tático_e_operacional
Jordanio Silva Santos
 
GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO_implemente a gestão do conhecimento._patricia de s...
GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO_implemente a gestão do conhecimento._patricia de s...GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO_implemente a gestão do conhecimento._patricia de s...
GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO_implemente a gestão do conhecimento._patricia de s...
Patrícia de Sá Freire, PhD. Eng.
 
Gerenciamento de Recursos Humanos
Gerenciamento de Recursos HumanosGerenciamento de Recursos Humanos
Banco Central - Implantando uma visão integrada de gestão Recurso
Banco Central - Implantando uma visão integrada de gestão RecursoBanco Central - Implantando uma visão integrada de gestão Recurso
Banco Central - Implantando uma visão integrada de gestão Recurso
EloGroup
 

Mais procurados (19)

CompetêNcia Empresarial
CompetêNcia EmpresarialCompetêNcia Empresarial
CompetêNcia Empresarial
 
04. Debora Miceli: Gestão do Conhecimento - A Organização
04. Debora Miceli: Gestão do Conhecimento - A Organização04. Debora Miceli: Gestão do Conhecimento - A Organização
04. Debora Miceli: Gestão do Conhecimento - A Organização
 
Conheça o Solides RH!
Conheça o Solides RH!Conheça o Solides RH!
Conheça o Solides RH!
 
Planejamento Estratégico
Planejamento EstratégicoPlanejamento Estratégico
Planejamento Estratégico
 
Recursos humanos
Recursos humanosRecursos humanos
Recursos humanos
 
Gestão estratégica de rh
Gestão estratégica de rhGestão estratégica de rh
Gestão estratégica de rh
 
Okamoto Recursos Humanos e Treinamentos
Okamoto Recursos Humanos e TreinamentosOkamoto Recursos Humanos e Treinamentos
Okamoto Recursos Humanos e Treinamentos
 
Planejamento Estratégico da Inovação
Planejamento Estratégico da InovaçãoPlanejamento Estratégico da Inovação
Planejamento Estratégico da Inovação
 
Consultoria interna rh
Consultoria interna rhConsultoria interna rh
Consultoria interna rh
 
Curso de elaboração de projetos
Curso de elaboração de projetosCurso de elaboração de projetos
Curso de elaboração de projetos
 
Apresentação da monografia
Apresentação da monografiaApresentação da monografia
Apresentação da monografia
 
Gerenciamento de Projetos PMBOK cap9 rh
Gerenciamento de Projetos PMBOK cap9 rhGerenciamento de Projetos PMBOK cap9 rh
Gerenciamento de Projetos PMBOK cap9 rh
 
Apresentação sobre a área de Gestão de Pessoas - Soluções Consultoria - CEEMP...
Apresentação sobre a área de Gestão de Pessoas - Soluções Consultoria - CEEMP...Apresentação sobre a área de Gestão de Pessoas - Soluções Consultoria - CEEMP...
Apresentação sobre a área de Gestão de Pessoas - Soluções Consultoria - CEEMP...
 
Trabalho informatica recursos humanos
Trabalho informatica   recursos humanosTrabalho informatica   recursos humanos
Trabalho informatica recursos humanos
 
Gestao estrategica pessoas
Gestao estrategica pessoasGestao estrategica pessoas
Gestao estrategica pessoas
 
Planejamento_estratégico_tático_e_operacional
Planejamento_estratégico_tático_e_operacionalPlanejamento_estratégico_tático_e_operacional
Planejamento_estratégico_tático_e_operacional
 
GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO_implemente a gestão do conhecimento._patricia de s...
GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO_implemente a gestão do conhecimento._patricia de s...GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO_implemente a gestão do conhecimento._patricia de s...
GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO_implemente a gestão do conhecimento._patricia de s...
 
Gerenciamento de Recursos Humanos
Gerenciamento de Recursos HumanosGerenciamento de Recursos Humanos
Gerenciamento de Recursos Humanos
 
Banco Central - Implantando uma visão integrada de gestão Recurso
Banco Central - Implantando uma visão integrada de gestão RecursoBanco Central - Implantando uma visão integrada de gestão Recurso
Banco Central - Implantando uma visão integrada de gestão Recurso
 

Destaque

Qual é a sua estratégia de crescimento para 2007?
Qual é a sua estratégia de crescimento para 2007?Qual é a sua estratégia de crescimento para 2007?
Qual é a sua estratégia de crescimento para 2007?
Ricardo Jordão Magalhaes
 
Estratégia de crescimento num cenário mundial adverso guido mantega
Estratégia de crescimento num cenário mundial adverso   guido mantegaEstratégia de crescimento num cenário mundial adverso   guido mantega
Estratégia de crescimento num cenário mundial adverso guido mantega
Jose Aldemir Freire
 
Estratégias outros tipos
Estratégias   outros tiposEstratégias   outros tipos
Estratégias outros tipos
Antonio Lobosco
 
Gap analysis - Análise de Lacunas
Gap analysis - Análise de LacunasGap analysis - Análise de Lacunas
Gap analysis - Análise de Lacunas
Rui Loureiro
 
Estratégias de crescimento
Estratégias de crescimentoEstratégias de crescimento
Estratégias de crescimento
Rui Loureiro
 
Ate onde vendas e tecnologia andam juntas
Ate onde vendas e tecnologia andam juntasAte onde vendas e tecnologia andam juntas
Ate onde vendas e tecnologia andam juntas
Agendor
 

Destaque (6)

Qual é a sua estratégia de crescimento para 2007?
Qual é a sua estratégia de crescimento para 2007?Qual é a sua estratégia de crescimento para 2007?
Qual é a sua estratégia de crescimento para 2007?
 
Estratégia de crescimento num cenário mundial adverso guido mantega
Estratégia de crescimento num cenário mundial adverso   guido mantegaEstratégia de crescimento num cenário mundial adverso   guido mantega
Estratégia de crescimento num cenário mundial adverso guido mantega
 
Estratégias outros tipos
Estratégias   outros tiposEstratégias   outros tipos
Estratégias outros tipos
 
Gap analysis - Análise de Lacunas
Gap analysis - Análise de LacunasGap analysis - Análise de Lacunas
Gap analysis - Análise de Lacunas
 
Estratégias de crescimento
Estratégias de crescimentoEstratégias de crescimento
Estratégias de crescimento
 
Ate onde vendas e tecnologia andam juntas
Ate onde vendas e tecnologia andam juntasAte onde vendas e tecnologia andam juntas
Ate onde vendas e tecnologia andam juntas
 

Semelhante a Atividades2012 2h 1211

Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de ImplementaçãoElaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Michel Freller
 
Ferramentas de Planejamento e Gestão para ONGs
Ferramentas de Planejamento e Gestão para ONGsFerramentas de Planejamento e Gestão para ONGs
Ferramentas de Planejamento e Gestão para ONGs
Michel Freller
 
Planejamento Estratégico atividades de apoio
Planejamento Estratégico atividades de apoioPlanejamento Estratégico atividades de apoio
Planejamento Estratégico atividades de apoio
LidiaNorberta
 
Planejamento 0612 2h
Planejamento 0612 2hPlanejamento 0612 2h
Planejamento 0612 2h
Michel Freller
 
Planejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Planejamento Estratégico Mario Silvestri FilhoPlanejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Planejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Mario Silvestri Filho
 
7 etapas para um mrc de sucesso flac 2011
7 etapas para um mrc de sucesso   flac 20117 etapas para um mrc de sucesso   flac 2011
7 etapas para um mrc de sucesso flac 2011
flac2011
 
Como montar uma ONG
Como montar uma ONGComo montar uma ONG
Como montar uma ONG
Michel Freller
 
Marketing relacionado à causa (michel freller)
Marketing relacionado à causa (michel freller)Marketing relacionado à causa (michel freller)
Marketing relacionado à causa (michel freller)
FLAC - Festival Latino Americano de Captação de Recursos 2012
 
Planejamento Estrategico
Planejamento EstrategicoPlanejamento Estrategico
Planejamento Estrategico
azevedoac
 
Mrc0412 virtual
Mrc0412 virtualMrc0412 virtual
Mrc0412 virtual
flac2011
 
Mrc0412 virtual
Mrc0412 virtualMrc0412 virtual
Mrc0412 virtual
Michel Freller
 
Planejamento Estratégico 2018.ppt
Planejamento Estratégico 2018.pptPlanejamento Estratégico 2018.ppt
Planejamento Estratégico 2018.ppt
EliandroSantos7
 
Editais im 0215_aula_2_sha
Editais im 0215_aula_2_shaEditais im 0215_aula_2_sha
Editais im 0215_aula_2_sha
Michel Freller
 
Cananeia 1112 sha1
Cananeia 1112 sha1Cananeia 1112 sha1
Cananeia 1112 sha1
Michel Freller
 
Palestra Adriana Torres
Palestra Adriana TorresPalestra Adriana Torres
Palestra Adriana Torres
quintadigital
 
Por que planejar é preciso?
Por que planejar é preciso? Por que planejar é preciso?
Por que planejar é preciso?
Adriana Ferreira
 
Processo de validação da os e sua importância para o financiador (celina yama...
Processo de validação da os e sua importância para o financiador (celina yama...Processo de validação da os e sua importância para o financiador (celina yama...
Processo de validação da os e sua importância para o financiador (celina yama...
FLAC - Festival Latino Americano de Captação de Recursos 2012
 
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
Ink_conteudos
 
Unicarioca apostila de planejamento de rh 2014.2
Unicarioca   apostila de planejamento de rh 2014.2Unicarioca   apostila de planejamento de rh 2014.2
Unicarioca apostila de planejamento de rh 2014.2
Marcelo Fonseca
 
Apresenta Seminario
Apresenta SeminarioApresenta Seminario
Apresenta Seminario
guest626654
 

Semelhante a Atividades2012 2h 1211 (20)

Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de ImplementaçãoElaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
Elaboração de Planejamento Estratégico e Ferramentas de Implementação
 
Ferramentas de Planejamento e Gestão para ONGs
Ferramentas de Planejamento e Gestão para ONGsFerramentas de Planejamento e Gestão para ONGs
Ferramentas de Planejamento e Gestão para ONGs
 
Planejamento Estratégico atividades de apoio
Planejamento Estratégico atividades de apoioPlanejamento Estratégico atividades de apoio
Planejamento Estratégico atividades de apoio
 
Planejamento 0612 2h
Planejamento 0612 2hPlanejamento 0612 2h
Planejamento 0612 2h
 
Planejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Planejamento Estratégico Mario Silvestri FilhoPlanejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
Planejamento Estratégico Mario Silvestri Filho
 
7 etapas para um mrc de sucesso flac 2011
7 etapas para um mrc de sucesso   flac 20117 etapas para um mrc de sucesso   flac 2011
7 etapas para um mrc de sucesso flac 2011
 
Como montar uma ONG
Como montar uma ONGComo montar uma ONG
Como montar uma ONG
 
Marketing relacionado à causa (michel freller)
Marketing relacionado à causa (michel freller)Marketing relacionado à causa (michel freller)
Marketing relacionado à causa (michel freller)
 
Planejamento Estrategico
Planejamento EstrategicoPlanejamento Estrategico
Planejamento Estrategico
 
Mrc0412 virtual
Mrc0412 virtualMrc0412 virtual
Mrc0412 virtual
 
Mrc0412 virtual
Mrc0412 virtualMrc0412 virtual
Mrc0412 virtual
 
Planejamento Estratégico 2018.ppt
Planejamento Estratégico 2018.pptPlanejamento Estratégico 2018.ppt
Planejamento Estratégico 2018.ppt
 
Editais im 0215_aula_2_sha
Editais im 0215_aula_2_shaEditais im 0215_aula_2_sha
Editais im 0215_aula_2_sha
 
Cananeia 1112 sha1
Cananeia 1112 sha1Cananeia 1112 sha1
Cananeia 1112 sha1
 
Palestra Adriana Torres
Palestra Adriana TorresPalestra Adriana Torres
Palestra Adriana Torres
 
Por que planejar é preciso?
Por que planejar é preciso? Por que planejar é preciso?
Por que planejar é preciso?
 
Processo de validação da os e sua importância para o financiador (celina yama...
Processo de validação da os e sua importância para o financiador (celina yama...Processo de validação da os e sua importância para o financiador (celina yama...
Processo de validação da os e sua importância para o financiador (celina yama...
 
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
(ConSePS 2015) Planejamento Estratégico
 
Unicarioca apostila de planejamento de rh 2014.2
Unicarioca   apostila de planejamento de rh 2014.2Unicarioca   apostila de planejamento de rh 2014.2
Unicarioca apostila de planejamento de rh 2014.2
 
Apresenta Seminario
Apresenta SeminarioApresenta Seminario
Apresenta Seminario
 

Mais de Michel Freller

INCENTIVOS FISCAIS - Doação para entidades sem fins lucrativos - UPF ou OSCI...
INCENTIVOS FISCAIS - Doação para entidades sem fins lucrativos  - UPF ou OSCI...INCENTIVOS FISCAIS - Doação para entidades sem fins lucrativos  - UPF ou OSCI...
INCENTIVOS FISCAIS - Doação para entidades sem fins lucrativos - UPF ou OSCI...
Michel Freller
 
Livro guia sobre_incentivos_michel freller
Livro guia sobre_incentivos_michel frellerLivro guia sobre_incentivos_michel freller
Livro guia sobre_incentivos_michel freller
Michel Freller
 
Manual+juntos.com.vc+2016
Manual+juntos.com.vc+2016Manual+juntos.com.vc+2016
Manual+juntos.com.vc+2016
Michel Freller
 
Livro guia sobre_incentivos_michel freller
Livro guia sobre_incentivos_michel frellerLivro guia sobre_incentivos_michel freller
Livro guia sobre_incentivos_michel freller
Michel Freller
 
Incentivos Fiscais Federais para a Captação de Recursos, por Michel Freller
Incentivos Fiscais Federais para a Captação de Recursos, por Michel FrellerIncentivos Fiscais Federais para a Captação de Recursos, por Michel Freller
Incentivos Fiscais Federais para a Captação de Recursos, por Michel Freller
Michel Freller
 
Estrategias imp final_1015
Estrategias imp final_1015Estrategias imp final_1015
Estrategias imp final_1015
Michel Freller
 
Captação plano generico 301008
Captação plano generico 301008Captação plano generico 301008
Captação plano generico 301008
Michel Freller
 
Maraba Captação e marco regulatório _ sha
Maraba Captação e marco regulatório _ shaMaraba Captação e marco regulatório _ sha
Maraba Captação e marco regulatório _ sha
Michel Freller
 
Incentivos fiscais 0915 cult
Incentivos fiscais 0915 cultIncentivos fiscais 0915 cult
Incentivos fiscais 0915 cult
Michel Freller
 
Captação de recursos GESC - CeA, Roche, FISESP_0815
Captação de recursos GESC - CeA, Roche, FISESP_0815Captação de recursos GESC - CeA, Roche, FISESP_0815
Captação de recursos GESC - CeA, Roche, FISESP_0815
Michel Freller
 
Empresas 0715 sha
Empresas 0715 shaEmpresas 0715 sha
Empresas 0715 sha
Michel Freller
 
Dialogos da filantropia 040715 sha
Dialogos da filantropia 040715 shaDialogos da filantropia 040715 sha
Dialogos da filantropia 040715 sha
Michel Freller
 
4estratgias0315 sha
4estratgias0315 sha4estratgias0315 sha
4estratgias0315 sha
Michel Freller
 
Masterclass cultura michel&suellen
Masterclass cultura michel&suellenMasterclass cultura michel&suellen
Masterclass cultura michel&suellen
Michel Freller
 
Tese elisa accountability
Tese elisa accountabilityTese elisa accountability
Tese elisa accountability
Michel Freller
 
Aula editais 0515 sha
Aula editais 0515 shaAula editais 0515 sha
Aula editais 0515 sha
Michel Freller
 
Empresas e marketing relação
Empresas e marketing relaçãoEmpresas e marketing relação
Empresas e marketing relação
Michel Freller
 
4 estratégias 0315
4 estratégias 03154 estratégias 0315
4 estratégias 0315
Michel Freller
 
Editais im 0215_aula_4_sha
Editais im 0215_aula_4_shaEditais im 0215_aula_4_sha
Editais im 0215_aula_4_sha
Michel Freller
 
Editais im 0215_aula_3_sha
Editais im 0215_aula_3_shaEditais im 0215_aula_3_sha
Editais im 0215_aula_3_sha
Michel Freller
 

Mais de Michel Freller (20)

INCENTIVOS FISCAIS - Doação para entidades sem fins lucrativos - UPF ou OSCI...
INCENTIVOS FISCAIS - Doação para entidades sem fins lucrativos  - UPF ou OSCI...INCENTIVOS FISCAIS - Doação para entidades sem fins lucrativos  - UPF ou OSCI...
INCENTIVOS FISCAIS - Doação para entidades sem fins lucrativos - UPF ou OSCI...
 
Livro guia sobre_incentivos_michel freller
Livro guia sobre_incentivos_michel frellerLivro guia sobre_incentivos_michel freller
Livro guia sobre_incentivos_michel freller
 
Manual+juntos.com.vc+2016
Manual+juntos.com.vc+2016Manual+juntos.com.vc+2016
Manual+juntos.com.vc+2016
 
Livro guia sobre_incentivos_michel freller
Livro guia sobre_incentivos_michel frellerLivro guia sobre_incentivos_michel freller
Livro guia sobre_incentivos_michel freller
 
Incentivos Fiscais Federais para a Captação de Recursos, por Michel Freller
Incentivos Fiscais Federais para a Captação de Recursos, por Michel FrellerIncentivos Fiscais Federais para a Captação de Recursos, por Michel Freller
Incentivos Fiscais Federais para a Captação de Recursos, por Michel Freller
 
Estrategias imp final_1015
Estrategias imp final_1015Estrategias imp final_1015
Estrategias imp final_1015
 
Captação plano generico 301008
Captação plano generico 301008Captação plano generico 301008
Captação plano generico 301008
 
Maraba Captação e marco regulatório _ sha
Maraba Captação e marco regulatório _ shaMaraba Captação e marco regulatório _ sha
Maraba Captação e marco regulatório _ sha
 
Incentivos fiscais 0915 cult
Incentivos fiscais 0915 cultIncentivos fiscais 0915 cult
Incentivos fiscais 0915 cult
 
Captação de recursos GESC - CeA, Roche, FISESP_0815
Captação de recursos GESC - CeA, Roche, FISESP_0815Captação de recursos GESC - CeA, Roche, FISESP_0815
Captação de recursos GESC - CeA, Roche, FISESP_0815
 
Empresas 0715 sha
Empresas 0715 shaEmpresas 0715 sha
Empresas 0715 sha
 
Dialogos da filantropia 040715 sha
Dialogos da filantropia 040715 shaDialogos da filantropia 040715 sha
Dialogos da filantropia 040715 sha
 
4estratgias0315 sha
4estratgias0315 sha4estratgias0315 sha
4estratgias0315 sha
 
Masterclass cultura michel&suellen
Masterclass cultura michel&suellenMasterclass cultura michel&suellen
Masterclass cultura michel&suellen
 
Tese elisa accountability
Tese elisa accountabilityTese elisa accountability
Tese elisa accountability
 
Aula editais 0515 sha
Aula editais 0515 shaAula editais 0515 sha
Aula editais 0515 sha
 
Empresas e marketing relação
Empresas e marketing relaçãoEmpresas e marketing relação
Empresas e marketing relação
 
4 estratégias 0315
4 estratégias 03154 estratégias 0315
4 estratégias 0315
 
Editais im 0215_aula_4_sha
Editais im 0215_aula_4_shaEditais im 0215_aula_4_sha
Editais im 0215_aula_4_sha
 
Editais im 0215_aula_3_sha
Editais im 0215_aula_3_shaEditais im 0215_aula_3_sha
Editais im 0215_aula_3_sha
 

Último

Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
E-Commerce Brasil
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
E-Commerce Brasil
 
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
polianasenaces
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
MartesonCasteloBranc1
 

Último (6)

Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
Conferência Goiás I E-commerce Inteligente: o papel crucial da maturidade dig...
 
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
Conferência Goiás I Os impactos da digitalização do Atacarejo no Brasil.
 
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
Conferência Goiás I Prevenção à fraude em negócios B2B e B2C: boas práticas e...
 
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
Conferência Goiás I Conteúdo que vende: Estratégias para o aumento de convers...
 
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opcaula sobre metodologia 5s, excelente opc
aula sobre metodologia 5s, excelente opc
 
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdfPequena apostila de contabilidade tributária.pdf
Pequena apostila de contabilidade tributária.pdf
 

Atividades2012 2h 1211

  • 1. Planejamento estratégico de projetos e atividades sociais para 2012 http://www.slideshare.net/micfre12/
  • 2. Serviços Criando Desenvolvimento institucional Técnica Jurídica Gestão Marketing e Comunicação Planejamento estratégico Responsabilidade Social Desenvolvimento Sustentável Palestras, Cursos e Oficinas Assessoria para implementação de PMRS Empresas Terceiro Setor Consultoria
  • 3. EXERCÍCIO DE BRAINSTORMIG – TEMPESTADE DE IDÉIAS AVES água zôo de comer cantam rapina cativeiro
  • 4.
  • 5. Planejamento estratégico é um processo de organização de idéias e decisões, que influenciam o futuro e definem a relação entre uma organização e o ambiente em que atua. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Conceito
  • 7.
  • 8.
  • 9. Cuidado O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões presentes ( Peter Drucker ) PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Características
  • 11.
  • 12. Controle Acompa- nhamento e Avaliação Planejamento Estratégico Valores Visão Missão Análise Interna Indicadores Objetivos Estratégias Metas Análise Externa Execução Atividades Programas Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Controle Acompa- nhamento e Avaliação Execução Atividades Programas
  • 13.
  • 14.
  • 16. Modelo Trevo ( Antonio Luiz de Paula e Silva )
  • 17. Modelo Trevo Serviços Sociedade Pessoas Recursos Direcionamento A arte e desafio do gestor é manter as relações equilibradas e harmoniosas Capacidade Qualidade Motivação Viabilidade Legitimidade Grupo Gestor
  • 18. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
  • 19.
  • 20. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento Composição básica da missão
  • 21. Doutores da Alegria “ Levar alegria a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais de saúde, por meio da arte do palhaço, nutrindo esta forma de expressão como meio de enriquecimento da experiência humana”. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
  • 22. SWOT PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento Ambiente Externo Ambiente Interno Positivo Negativo Investir FORÇAS Explorar OPORTUNIDADES Minimizar AMEAÇAS Superar FRAQUEZAS
  • 23.
  • 24. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento ESTRATÉGIA
  • 25. Criar estratégias é a arte de explorar condições e caminhos favoráveis com o fim de alcançar objetivos PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Direcionamento
  • 26. Planejar é preparar-se para a jornada, mas é também um processo que está sempre acontecendo PLANEJAMENTO Espere o melhor mas prepare-se para o pior
  • 27. FONTES DE FINANCIAMENTO / RECURSOS
  • 28. Indivíduos Governos PRINCIPAIS FONTES DE RECURSOS / FINANCIAMENTO Organizações Religiosas Iniciativa privada Fundações Fontes Institucionais Empresas Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Pela causa Institutos corporativos Comunitárias
  • 29. Indivíduos Governos PRINCIPAIS FONTES DE RECURSOS / FINANCIAMENTO / ESTRATÉGIAS Organizações Religiosas Projetos de Geração de Renda Iniciativa privada Fundações Fontes Institucionais Empresas Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Venda Endowment fund Prestação de serviços Pela causa MRC Alugueis Institutos corporativos Comunitárias EVENTOS PROJETOS PARCERIAS Mantenedores
  • 30. RELAÇÃO ESTRATÉGIAS E TÁTICAS POR FONTE Ent orno Seed Money Socialmente Responsáveis Campanha Capital Grandes Doadores Fundos internacionais Mantenedores / Conselho Eventos Doação de Material Voluntários Cyber Fundraising Emp. (MKT, RH) Mkt Direto Cara a Cara Telemarketing Parcerias
  • 31. Indivíduos Governos RELAÇÃO ESTRATÉGIAS E TÁTICAS POR FONTE Organizações Religiosas Projetos de Geração de Renda Iniciativa privada Fundações Fontes Institucionais Empresas Institutos empresariais Empresariais Familiares Ongs Agências Internacionais Venda Endowment fund Prestação de serviços Pela causa MRC Alugueis Entorno Seed Money Socialmente Responsáveis Campanha Capital Grandes Doadores Fundos internacionais Mantenedores / Conselho Eventos Doação de Material Voluntários Cyber Fundraising Emp. (MKT, RH) Mkt Direto Mantenedores
  • 32.  
  • 33. 3 1 7 10 8 2 4 5 9 6
  • 35. PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO Fase do Plano de Ação
  • 36.
  • 37.  
  • 38. 2012
  • 39.  
  • 41.
  • 43. Controle SWOT Captação recursos ANSOFF Avaliação BOSTON TREVO Orçamento SWOT Acompa- nhamento e Avaliação painel de controle Planejamento Estratégico Valores Visão Missão Análise Interna Indicadores Objetivos Estratégias Metas Análise Externa Execução Atividades Programas Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Planejamento Organizacional Processos Estruturas Planos de Ação Controle Acompa- nhamento e Avaliação Execução Atividades Programas
  • 44. OBRIGADO www.criando.net 11 – 2548-7077 11 – 8208-3790 [email_address] http://www.slideshare.net/micfre12/