SlideShare uma empresa Scribd logo
Letícia        n°16
Luís Eduardo   n°18
Thayane        nº33
Origem da
 TGS
 Ludwig von Bertalanffy
 Nascimento: Viena, 19/Set/1901
 Falescimento: Buffalo, NY, 12/junho/1972
 Fundamentou sua teoria em cima da
biologia. Sugeriu que devemos estudar
os sistemas globalmente (em seu todo) e
não cada elemento separadamente.
Teoria de Sistemas
 Há anos, existem problemas semelhantes que podem ser resolvidos com as
  mesmas soluções .


                         Então o que é sistema?

 Sistema é um conjunto de elementos inter-relacionados com um objetivo
  comum; logo todas as áreas do conhecimento possuem sistemas.




                                    Exemplo de Sistema:
                              órgãos atuam em conjunto
                        para manter o corpo funcionando

                               Exemplo de Contra-Sistema:
                               pessoas andam aleatoriamente
                               sem um objetivo comum
Aplicações na
 Empresa
 Diferentes setores ao trabalharem em conjunto
 chegam a um objetivo comum.
Os Sistemas podem ser classificados quanto a sua constituição ou
natureza.
Considerando a constituição podem ser físicos ou abstratos.
Físicos: Equipamentos, maquinas e coisas reais.




                                Abstratos:
                                Conceitos, filosofias, planos, hipót
                                eses e idéias.
Tipos de sistemas
 Considerando sua natureza, os sistemas
  podem ser fechados ou abertos.

 Fechados: Não recebem influencia do
   ambiente que estão e também não o
   influenciam.


Abertos: Trocam matéria e energia
regularmente com o meio
ambiente, por meio de entrada e saída.
Modelo de Katz e Kahn
Ser humano nas teorias
        ADM’s
- Focalização do TODO a qual o fenômeno faz parte.
  Estão sujeitos um ao outro.
- O TODO é maior do que a soma de suas partes.
 Exemplo de aplicação:
Pensamento Sintético
 É oposto do pensamento analítico, pois trabalha direto com o
  todo. Utiliza a função de um fenômeno de um sistema maior
  para explicá-lo.
 Exemplo: numa montadora de automóveis, o pensamento
  sintético se preocupa com os setores que são responsáveis pela
  montagem do veículo e não com os que descobrem os materiais
  para construção de peças.
Teleolo
gia
 Estudo do comportamento que visa alcançar objetivos que
  passam a influenciar poderosamente as ciências.
 Concepção teleológica: o comportamento é explicado por
  aquilo que ele produz ou pelo que é seu propósito ou
  objetivo de produzir.
 A partir disto os sistemas passam a ser vistos como
  entidades globais e funcionais em busca de objetivos e
  finalidades.

      “A causa é uma condição necessária, mas nem sempre
                       o suficiente para que surja o efeito ”.
Concepção Teleológica


Produção   Comportamento     Objetivos



Causa         Efeito       Consequência
Teoria Cibernética
Cibernética:
 Estuda os mecanismos de comunicação e de controle
  nas máquinas e nos seres vivos.
 Criada entre 1943-1947 por Norbert Wiener.
       Comunicação              +     Controle
(transferência de informação)        (retroação)



                Sistema lógico e satisfatório
                    em seu desempenho.
Princípios da
Cibernética

                    Feedback




 Entrada (input)               Saída (output)


                   Sistema
Teoria da Informação
 Utiliza-se o cálculo da probabilidade.
 Forma o sistema de comunicações, muito usado nas
 empresas.
Consequências da Informática
           em ADM
 Automação: super-racionalização e controle
  automático.
 Tecnologia da Informação (TI): flexibilização,
  rapidez e comunicação em tempo real.
 E-business: negócios virtuais.
 Homo digitalis: transformações no ambiente
  através do computador.
Consequências da
Informática em ADM
Teoria Matemática
 Construção de modelos matemáticos capazes de
  simular situação reais na empresa.
 Nela se encontra a Pesquisa Operacional.

Pesquisa Operacional
Bases :
 1. Visão sistêmica dos problemas a serem resolvidos.
 2. Uso do método científico.
 3. Utilização de técnicas específicas de estatística,
  probabilidade e modelos matemáticos.
Divisões da PO
 Teoria dos Jogos: aplicada aos conflitos que envolvem
  disputa de interesses.
 Teoria das Filas: trata das demoras que ocorrem em algum
  tipo de serviço.
 Teoria dos Grafos: diagrama de flechas para operações que
  envolvem várias etapas.
 Programação Linear: análise dos recursos disponíveis para
  aumento do lucro.
 Programação Dinâmica: aplicada à problemas que
  apresentam várias fases inter-relacionadas.
 Análise Estatística e Cálculo da Probabilidade
Para entender melhor a
PO...


                                 Teoria dos
                                  Grafos
Teoria dos Jogos   Programação
                     Dinâmica




                   Programação
Teoria das Filas
                      Linear/
Estratégia
Organizacional
Tipos de Decisão
O Homem Funcional
 Os papéis são mais enfatizados do que as pessoas em si.
  Nas organizações, as pessoas se relacionam através de um
  conjunto de papéis.
 Há uma interferência de diferentes variáveis: como a
  personalidade e as relações interpessoais.




        “A interação de todas elas é fundamental para que a
                organização alcance maior produtividade. ”
Homeostasia ≠
     Adaptabilidade




ESTABILIDADE
               RUPTURA
EFicáciA ≠ EFiciênciA ≠
          Efetividade



   Atingir
totalmente o   Executar algo   Capacidade de
  resultado    corretamente     produzir um
                               efeito positivo
                                ou negativo
Entendendo a TGS ...
7 dicas para ter boas
        ideias!
Referências:
 http://www.coladaweb.com/administracao/abordagem-sistemica-da-
  administracao
 http://www.portaladm.adm.br/SIG/sig4.pdf
 http://www.dicio.com.br/cibernetica
 http://www.spiner.com.br/modules
 http://ecoturismologa.blogspot.com.br/2008/11/32-conseqncias-da-informtica-
  na.html
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Abordagem_sist%C3%AAmica_da_administra%C
  3%A7%C3%A3o
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Pesquisa_operacional
 http://pt.scribd.com/doc/38515300/11/HOMEM-FUNCIONAL
 http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Abordagem-Sistemica/42612.html
 http://www.infoescola.com/administracao_/eficiencia-e-eficacia/
 http://evertongomede.blogspot.com.br/2012/01/eficiencia-eficacia-e-
  efetividade.html
 CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. 4.
  ed. São Paulo: 2004, Elsevier Editora Ltda
Obrigado (a) Pela
   Atenção!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teoria da Contingência
Teoria da ContingênciaTeoria da Contingência
Teoria da Contingência
Izaura Nogueira
 
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃOAula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Alexandre Conte
 
Teoria de Sistemas
Teoria de SistemasTeoria de Sistemas
Teoria de Sistemas
Jorge Marques
 
Teoria comportamental slide
Teoria comportamental  slideTeoria comportamental  slide
Teoria comportamental slide
Sabrina Suellen
 
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Aula 5  - Teoria das Relações HumanasAula 5  - Teoria das Relações Humanas
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Prof. Leonardo Rocha
 
Abordagem sistêmica
Abordagem sistêmicaAbordagem sistêmica
Abordagem sistêmica
Murilo Bayma
 
Evolução das Teorias Administrativas
Evolução das Teorias AdministrativasEvolução das Teorias Administrativas
Evolução das Teorias Administrativas
William Costa
 
Teorias da Administração
Teorias da AdministraçãoTeorias da Administração
Teorias da Administração
Alex Eduardo Ribeiro
 
Introdução à adminstração revisão para av 1
Introdução à adminstração revisão para av 1Introdução à adminstração revisão para av 1
Introdução à adminstração revisão para av 1
Cariocabear
 
04. Teoria Clássica
04. Teoria Clássica04. Teoria Clássica
04. Teoria Clássica
Debora Miceli
 
Teoria do Desenvolvimento Organizacional
Teoria do Desenvolvimento OrganizacionalTeoria do Desenvolvimento Organizacional
Teoria do Desenvolvimento Organizacional
Milton Henrique do Couto Neto
 
Teoria de sistemas 2012_01
Teoria de sistemas 2012_01Teoria de sistemas 2012_01
Teoria de sistemas 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 
Introdução Organização Sistemas e Metodos
Introdução Organização Sistemas e MetodosIntrodução Organização Sistemas e Metodos
Introdução Organização Sistemas e Metodos
Adm Pub
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
Kesia Rozzett Oliveira
 
Sistemas administrativos
Sistemas administrativosSistemas administrativos
Sistemas administrativos
Correios
 
Teoria da Burocracia
Teoria da BurocraciaTeoria da Burocracia
Teoria da Burocracia
Eliseu Fortolan
 
Cultura Organizacional 1
Cultura Organizacional 1Cultura Organizacional 1
Cultura Organizacional 1
Future Press, E-Press, Presentations,
 
Teoria Clássica de Fayol
Teoria Clássica de FayolTeoria Clássica de Fayol
Teoria Clássica de Fayol
Julyana Ju
 
Teoria da contingência
Teoria da contingênciaTeoria da contingência
Teoria da contingência
Murilo Bayma
 
Administração - conceitos, origens e evolução
Administração - conceitos, origens e evoluçãoAdministração - conceitos, origens e evolução
Administração - conceitos, origens e evolução
Lemos1960
 

Mais procurados (20)

Teoria da Contingência
Teoria da ContingênciaTeoria da Contingência
Teoria da Contingência
 
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃOAula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
Aula: TEORIAS da ADMINISTRAÇÃO
 
Teoria de Sistemas
Teoria de SistemasTeoria de Sistemas
Teoria de Sistemas
 
Teoria comportamental slide
Teoria comportamental  slideTeoria comportamental  slide
Teoria comportamental slide
 
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
Aula 5  - Teoria das Relações HumanasAula 5  - Teoria das Relações Humanas
Aula 5 - Teoria das Relações Humanas
 
Abordagem sistêmica
Abordagem sistêmicaAbordagem sistêmica
Abordagem sistêmica
 
Evolução das Teorias Administrativas
Evolução das Teorias AdministrativasEvolução das Teorias Administrativas
Evolução das Teorias Administrativas
 
Teorias da Administração
Teorias da AdministraçãoTeorias da Administração
Teorias da Administração
 
Introdução à adminstração revisão para av 1
Introdução à adminstração revisão para av 1Introdução à adminstração revisão para av 1
Introdução à adminstração revisão para av 1
 
04. Teoria Clássica
04. Teoria Clássica04. Teoria Clássica
04. Teoria Clássica
 
Teoria do Desenvolvimento Organizacional
Teoria do Desenvolvimento OrganizacionalTeoria do Desenvolvimento Organizacional
Teoria do Desenvolvimento Organizacional
 
Teoria de sistemas 2012_01
Teoria de sistemas 2012_01Teoria de sistemas 2012_01
Teoria de sistemas 2012_01
 
Introdução Organização Sistemas e Metodos
Introdução Organização Sistemas e MetodosIntrodução Organização Sistemas e Metodos
Introdução Organização Sistemas e Metodos
 
Aula 1 planejamento estratégico
Aula 1   planejamento estratégicoAula 1   planejamento estratégico
Aula 1 planejamento estratégico
 
Sistemas administrativos
Sistemas administrativosSistemas administrativos
Sistemas administrativos
 
Teoria da Burocracia
Teoria da BurocraciaTeoria da Burocracia
Teoria da Burocracia
 
Cultura Organizacional 1
Cultura Organizacional 1Cultura Organizacional 1
Cultura Organizacional 1
 
Teoria Clássica de Fayol
Teoria Clássica de FayolTeoria Clássica de Fayol
Teoria Clássica de Fayol
 
Teoria da contingência
Teoria da contingênciaTeoria da contingência
Teoria da contingência
 
Administração - conceitos, origens e evolução
Administração - conceitos, origens e evoluçãoAdministração - conceitos, origens e evolução
Administração - conceitos, origens e evolução
 

Destaque

Administração Sistêmica
Administração SistêmicaAdministração Sistêmica
Administração Sistêmica
Denise Reis
 
Teoria geral de sistemas
Teoria geral de sistemasTeoria geral de sistemas
Teoria geral de sistemas
Diego Carrara
 
Abordagens sistêmica e contingencial
Abordagens sistêmica e contingencialAbordagens sistêmica e contingencial
Abordagens sistêmica e contingencial
Celia Carvalho
 
Apresentação Software Livre e Jogos Educativos
Apresentação Software Livre e Jogos EducativosApresentação Software Livre e Jogos Educativos
Apresentação Software Livre e Jogos Educativos
Edilson Freitas
 
Resenha: Teoria Contingencial: Ambiente
Resenha: Teoria Contingencial: AmbienteResenha: Teoria Contingencial: Ambiente
Resenha: Teoria Contingencial: Ambiente
admetz01
 
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Vinicius Lopes
 
Gestão por Objetivos
Gestão por ObjetivosGestão por Objetivos
Slides abertura fctunl v3(27jan)
Slides abertura fctunl v3(27jan)Slides abertura fctunl v3(27jan)
08. Administração por Objetivos
08. Administração por Objetivos08. Administração por Objetivos
08. Administração por Objetivos
Debora Miceli
 
Abordagem Contingencial e Administração por Objetivos
Abordagem Contingencial e Administração por ObjetivosAbordagem Contingencial e Administração por Objetivos
Abordagem Contingencial e Administração por Objetivos
Antonio Marcos Montai Messias
 
Gestão da Qualidade Total
Gestão da Qualidade TotalGestão da Qualidade Total
Gestão da Qualidade Total
Kelen Mendes
 
Teoria administrativa
Teoria administrativaTeoria administrativa
Teoria administrativa
Stevan Tovar
 
A gestão da qualidade total e conhecido como tqm e tambem citada como cqt ou ...
A gestão da qualidade total e conhecido como tqm e tambem citada como cqt ou ...A gestão da qualidade total e conhecido como tqm e tambem citada como cqt ou ...
A gestão da qualidade total e conhecido como tqm e tambem citada como cqt ou ...
taniabayer
 
Administração por objetivos TGA
Administração por objetivos TGAAdministração por objetivos TGA
Administração por objetivos TGA
Eliabe Denes
 
Trabalho de TGA I - Modelos de Organização
Trabalho de TGA I - Modelos de OrganizaçãoTrabalho de TGA I - Modelos de Organização
Trabalho de TGA I - Modelos de Organização
Josester Teixeira de Souza
 
IADM 2012.1 - História da administração (até teoria dos sistemas)
IADM 2012.1 - História da administração (até teoria dos sistemas)IADM 2012.1 - História da administração (até teoria dos sistemas)
IADM 2012.1 - História da administração (até teoria dos sistemas)
pdrohfa
 
Gestão de processos e qualidade
Gestão de processos e qualidadeGestão de processos e qualidade
Gestão de processos e qualidade
Gerisval Pessoa
 
Teoria dos jogos
Teoria dos jogosTeoria dos jogos
Teoria dos jogos
Alvaro Augusto
 
Escolas De Administracao Aula 2
Escolas De Administracao   Aula 2Escolas De Administracao   Aula 2
Escolas De Administracao Aula 2
Future Press, E-Press, Presentations,
 
Administracao Por Objetivos
Administracao Por ObjetivosAdministracao Por Objetivos
Administracao Por Objetivos
roneibueno
 

Destaque (20)

Administração Sistêmica
Administração SistêmicaAdministração Sistêmica
Administração Sistêmica
 
Teoria geral de sistemas
Teoria geral de sistemasTeoria geral de sistemas
Teoria geral de sistemas
 
Abordagens sistêmica e contingencial
Abordagens sistêmica e contingencialAbordagens sistêmica e contingencial
Abordagens sistêmica e contingencial
 
Apresentação Software Livre e Jogos Educativos
Apresentação Software Livre e Jogos EducativosApresentação Software Livre e Jogos Educativos
Apresentação Software Livre e Jogos Educativos
 
Resenha: Teoria Contingencial: Ambiente
Resenha: Teoria Contingencial: AmbienteResenha: Teoria Contingencial: Ambiente
Resenha: Teoria Contingencial: Ambiente
 
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
Gestão Da Qualidade [ETEC KK]
 
Gestão por Objetivos
Gestão por ObjetivosGestão por Objetivos
Gestão por Objetivos
 
Slides abertura fctunl v3(27jan)
Slides abertura fctunl v3(27jan)Slides abertura fctunl v3(27jan)
Slides abertura fctunl v3(27jan)
 
08. Administração por Objetivos
08. Administração por Objetivos08. Administração por Objetivos
08. Administração por Objetivos
 
Abordagem Contingencial e Administração por Objetivos
Abordagem Contingencial e Administração por ObjetivosAbordagem Contingencial e Administração por Objetivos
Abordagem Contingencial e Administração por Objetivos
 
Gestão da Qualidade Total
Gestão da Qualidade TotalGestão da Qualidade Total
Gestão da Qualidade Total
 
Teoria administrativa
Teoria administrativaTeoria administrativa
Teoria administrativa
 
A gestão da qualidade total e conhecido como tqm e tambem citada como cqt ou ...
A gestão da qualidade total e conhecido como tqm e tambem citada como cqt ou ...A gestão da qualidade total e conhecido como tqm e tambem citada como cqt ou ...
A gestão da qualidade total e conhecido como tqm e tambem citada como cqt ou ...
 
Administração por objetivos TGA
Administração por objetivos TGAAdministração por objetivos TGA
Administração por objetivos TGA
 
Trabalho de TGA I - Modelos de Organização
Trabalho de TGA I - Modelos de OrganizaçãoTrabalho de TGA I - Modelos de Organização
Trabalho de TGA I - Modelos de Organização
 
IADM 2012.1 - História da administração (até teoria dos sistemas)
IADM 2012.1 - História da administração (até teoria dos sistemas)IADM 2012.1 - História da administração (até teoria dos sistemas)
IADM 2012.1 - História da administração (até teoria dos sistemas)
 
Gestão de processos e qualidade
Gestão de processos e qualidadeGestão de processos e qualidade
Gestão de processos e qualidade
 
Teoria dos jogos
Teoria dos jogosTeoria dos jogos
Teoria dos jogos
 
Escolas De Administracao Aula 2
Escolas De Administracao   Aula 2Escolas De Administracao   Aula 2
Escolas De Administracao Aula 2
 
Administracao Por Objetivos
Administracao Por ObjetivosAdministracao Por Objetivos
Administracao Por Objetivos
 

Semelhante a Abordagem sistêmica da administração

Introdução à Análise de Sistemas
Introdução à Análise de SistemasIntrodução à Análise de Sistemas
Introdução à Análise de Sistemas
Nécio de Lima Veras
 
Organizações mecanicistas x organizações flexíveis
Organizações mecanicistas x organizações flexíveisOrganizações mecanicistas x organizações flexíveis
Organizações mecanicistas x organizações flexíveis
Joici Borges
 
Teoria Geral de Sistemas e Cibernética
Teoria Geral de Sistemas e CibernéticaTeoria Geral de Sistemas e Cibernética
Teoria Geral de Sistemas e Cibernética
UerjFundamentosDaAdministracao2013_1
 
Teoria geral de sistemas
Teoria geral de sistemasTeoria geral de sistemas
Teoria geral de sistemas
Anderson Barbosa
 
Unidade i organização e conceito de sistemas
Unidade i   organização e conceito de sistemasUnidade i   organização e conceito de sistemas
Unidade i organização e conceito de sistemas
Mirelle Sampaio
 
Administração de sistemas de informação completo
Administração de sistemas de informação   completoAdministração de sistemas de informação   completo
Administração de sistemas de informação completo
Tarciso Ferreira
 
Analise sistemas 01
Analise sistemas 01Analise sistemas 01
Analise sistemas 01
Caroline Raquel Rodrigues
 
Sistema de informação nas Empresas
Sistema de informação nas EmpresasSistema de informação nas Empresas
Sistema de informação nas Empresas
Diolene Sampaio
 
Apostila fundamentos de sistemas
Apostila  fundamentos de sistemasApostila  fundamentos de sistemas
Apostila fundamentos de sistemas
Davi Kelvys Souza
 
Aula14
Aula14Aula14
Apresentação Aula 01
Apresentação Aula 01Apresentação Aula 01
Apresentação Aula 01
Welington Fernandes Pinto
 
Capítulo 4 sigc
Capítulo 4   sigcCapítulo 4   sigc
Capítulo 4 sigc
Força Aérea Brasileira
 
Trabalho Sistemas de Informação
Trabalho Sistemas de InformaçãoTrabalho Sistemas de Informação
Trabalho Sistemas de Informação
leospack
 

Semelhante a Abordagem sistêmica da administração (13)

Introdução à Análise de Sistemas
Introdução à Análise de SistemasIntrodução à Análise de Sistemas
Introdução à Análise de Sistemas
 
Organizações mecanicistas x organizações flexíveis
Organizações mecanicistas x organizações flexíveisOrganizações mecanicistas x organizações flexíveis
Organizações mecanicistas x organizações flexíveis
 
Teoria Geral de Sistemas e Cibernética
Teoria Geral de Sistemas e CibernéticaTeoria Geral de Sistemas e Cibernética
Teoria Geral de Sistemas e Cibernética
 
Teoria geral de sistemas
Teoria geral de sistemasTeoria geral de sistemas
Teoria geral de sistemas
 
Unidade i organização e conceito de sistemas
Unidade i   organização e conceito de sistemasUnidade i   organização e conceito de sistemas
Unidade i organização e conceito de sistemas
 
Administração de sistemas de informação completo
Administração de sistemas de informação   completoAdministração de sistemas de informação   completo
Administração de sistemas de informação completo
 
Analise sistemas 01
Analise sistemas 01Analise sistemas 01
Analise sistemas 01
 
Sistema de informação nas Empresas
Sistema de informação nas EmpresasSistema de informação nas Empresas
Sistema de informação nas Empresas
 
Apostila fundamentos de sistemas
Apostila  fundamentos de sistemasApostila  fundamentos de sistemas
Apostila fundamentos de sistemas
 
Aula14
Aula14Aula14
Aula14
 
Apresentação Aula 01
Apresentação Aula 01Apresentação Aula 01
Apresentação Aula 01
 
Capítulo 4 sigc
Capítulo 4   sigcCapítulo 4   sigc
Capítulo 4 sigc
 
Trabalho Sistemas de Informação
Trabalho Sistemas de InformaçãoTrabalho Sistemas de Informação
Trabalho Sistemas de Informação
 

Mais de admetz01

Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e FlexívelResenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
admetz01
 
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
admetz01
 
Resenha: Teoria das Relações Humanas
Resenha: Teoria das Relações HumanasResenha: Teoria das Relações Humanas
Resenha: Teoria das Relações Humanas
admetz01
 
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da OrganizaçãoResenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
admetz01
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
admetz01
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de MaslowResenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
admetz01
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
admetz01
 
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia OrganizacionalResenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
admetz01
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois FatoresResenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
admetz01
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
admetz01
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e YResenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
admetz01
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das IdéiasResenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
admetz01
 
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e EspecializaçãoResenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
admetz01
 
Resenha - Teoria Clássica: Departamentalização
Resenha - Teoria Clássica: DepartamentalizaçãoResenha - Teoria Clássica: Departamentalização
Resenha - Teoria Clássica: Departamentalização
admetz01
 
Resenha - Teoria Clássica
Resenha - Teoria ClássicaResenha - Teoria Clássica
Resenha - Teoria Clássica
admetz01
 
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
admetz01
 
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e AutoridadeResenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
admetz01
 
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
admetz01
 
Resenha - Princípios da ADM Científica
Resenha - Princípios da ADM CientíficaResenha - Princípios da ADM Científica
Resenha - Princípios da ADM Científica
admetz01
 
Resenha - ADM Científica: Estudo da Fadiga Humana
Resenha - ADM Científica: Estudo da Fadiga Humana Resenha - ADM Científica: Estudo da Fadiga Humana
Resenha - ADM Científica: Estudo da Fadiga Humana
admetz01
 

Mais de admetz01 (20)

Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e FlexívelResenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
Resenha - Fordismo/Toyotismo: Princípios da Produção em Massa e Flexível
 
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
Resenha - Teoria de Sistemas: Conceitos de Sistemas
 
Resenha: Teoria das Relações Humanas
Resenha: Teoria das Relações HumanasResenha: Teoria das Relações Humanas
Resenha: Teoria das Relações Humanas
 
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da OrganizaçãoResenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
Resenha - Teoria Neoclássica: Princípios Básicos da Organização
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [2]
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de MaslowResenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow
 
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
Resenha: Hierarquização das Necessidades de Maslow [3]
 
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia OrganizacionalResenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
Resenha - Teoria Estruturalista: Estratégia Organizacional
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois FatoresResenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria dos Dois Fatores
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y [2]
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e YResenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
Resenha - Teoria Comportamental: Teorias X e Y
 
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das IdéiasResenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
Resenha - Teoria Comportamental: Teoria das Idéias
 
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e EspecializaçãoResenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
Resenha - Teoria Clássica: Divisão de Trabalho e Especialização
 
Resenha - Teoria Clássica: Departamentalização
Resenha - Teoria Clássica: DepartamentalizaçãoResenha - Teoria Clássica: Departamentalização
Resenha - Teoria Clássica: Departamentalização
 
Resenha - Teoria Clássica
Resenha - Teoria ClássicaResenha - Teoria Clássica
Resenha - Teoria Clássica
 
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
Resenha - Princípios da ADM Científica [2]
 
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e AutoridadeResenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade
 
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
Resenha - Teoria Burocrática: Tipos de Sociedade e Autoridade [2]
 
Resenha - Princípios da ADM Científica
Resenha - Princípios da ADM CientíficaResenha - Princípios da ADM Científica
Resenha - Princípios da ADM Científica
 
Resenha - ADM Científica: Estudo da Fadiga Humana
Resenha - ADM Científica: Estudo da Fadiga Humana Resenha - ADM Científica: Estudo da Fadiga Humana
Resenha - ADM Científica: Estudo da Fadiga Humana
 

Abordagem sistêmica da administração

  • 1. Letícia n°16 Luís Eduardo n°18 Thayane nº33
  • 2. Origem da TGS  Ludwig von Bertalanffy  Nascimento: Viena, 19/Set/1901  Falescimento: Buffalo, NY, 12/junho/1972  Fundamentou sua teoria em cima da biologia. Sugeriu que devemos estudar os sistemas globalmente (em seu todo) e não cada elemento separadamente.
  • 3. Teoria de Sistemas  Há anos, existem problemas semelhantes que podem ser resolvidos com as mesmas soluções . Então o que é sistema?  Sistema é um conjunto de elementos inter-relacionados com um objetivo comum; logo todas as áreas do conhecimento possuem sistemas. Exemplo de Sistema: órgãos atuam em conjunto para manter o corpo funcionando Exemplo de Contra-Sistema: pessoas andam aleatoriamente sem um objetivo comum
  • 4. Aplicações na Empresa  Diferentes setores ao trabalharem em conjunto chegam a um objetivo comum.
  • 5. Os Sistemas podem ser classificados quanto a sua constituição ou natureza. Considerando a constituição podem ser físicos ou abstratos. Físicos: Equipamentos, maquinas e coisas reais. Abstratos: Conceitos, filosofias, planos, hipót eses e idéias.
  • 6. Tipos de sistemas Considerando sua natureza, os sistemas podem ser fechados ou abertos. Fechados: Não recebem influencia do ambiente que estão e também não o influenciam. Abertos: Trocam matéria e energia regularmente com o meio ambiente, por meio de entrada e saída.
  • 7. Modelo de Katz e Kahn
  • 8. Ser humano nas teorias ADM’s
  • 9. - Focalização do TODO a qual o fenômeno faz parte. Estão sujeitos um ao outro. - O TODO é maior do que a soma de suas partes. Exemplo de aplicação:
  • 10. Pensamento Sintético  É oposto do pensamento analítico, pois trabalha direto com o todo. Utiliza a função de um fenômeno de um sistema maior para explicá-lo.  Exemplo: numa montadora de automóveis, o pensamento sintético se preocupa com os setores que são responsáveis pela montagem do veículo e não com os que descobrem os materiais para construção de peças.
  • 11. Teleolo gia  Estudo do comportamento que visa alcançar objetivos que passam a influenciar poderosamente as ciências.  Concepção teleológica: o comportamento é explicado por aquilo que ele produz ou pelo que é seu propósito ou objetivo de produzir.  A partir disto os sistemas passam a ser vistos como entidades globais e funcionais em busca de objetivos e finalidades. “A causa é uma condição necessária, mas nem sempre o suficiente para que surja o efeito ”.
  • 12. Concepção Teleológica Produção Comportamento Objetivos Causa Efeito Consequência
  • 13. Teoria Cibernética Cibernética:  Estuda os mecanismos de comunicação e de controle nas máquinas e nos seres vivos.  Criada entre 1943-1947 por Norbert Wiener. Comunicação + Controle (transferência de informação) (retroação) Sistema lógico e satisfatório em seu desempenho.
  • 14. Princípios da Cibernética Feedback Entrada (input) Saída (output) Sistema
  • 15. Teoria da Informação  Utiliza-se o cálculo da probabilidade.  Forma o sistema de comunicações, muito usado nas empresas.
  • 16. Consequências da Informática em ADM  Automação: super-racionalização e controle automático.  Tecnologia da Informação (TI): flexibilização, rapidez e comunicação em tempo real.  E-business: negócios virtuais.  Homo digitalis: transformações no ambiente através do computador.
  • 18. Teoria Matemática  Construção de modelos matemáticos capazes de simular situação reais na empresa.  Nela se encontra a Pesquisa Operacional. Pesquisa Operacional Bases :  1. Visão sistêmica dos problemas a serem resolvidos.  2. Uso do método científico.  3. Utilização de técnicas específicas de estatística, probabilidade e modelos matemáticos.
  • 19. Divisões da PO  Teoria dos Jogos: aplicada aos conflitos que envolvem disputa de interesses.  Teoria das Filas: trata das demoras que ocorrem em algum tipo de serviço.  Teoria dos Grafos: diagrama de flechas para operações que envolvem várias etapas.  Programação Linear: análise dos recursos disponíveis para aumento do lucro.  Programação Dinâmica: aplicada à problemas que apresentam várias fases inter-relacionadas.  Análise Estatística e Cálculo da Probabilidade
  • 20. Para entender melhor a PO... Teoria dos Grafos Teoria dos Jogos Programação Dinâmica Programação Teoria das Filas Linear/
  • 23. O Homem Funcional  Os papéis são mais enfatizados do que as pessoas em si. Nas organizações, as pessoas se relacionam através de um conjunto de papéis.  Há uma interferência de diferentes variáveis: como a personalidade e as relações interpessoais. “A interação de todas elas é fundamental para que a organização alcance maior produtividade. ”
  • 24. Homeostasia ≠ Adaptabilidade ESTABILIDADE RUPTURA
  • 25. EFicáciA ≠ EFiciênciA ≠ Efetividade Atingir totalmente o Executar algo Capacidade de resultado corretamente produzir um efeito positivo ou negativo
  • 27. 7 dicas para ter boas ideias!
  • 28. Referências:  http://www.coladaweb.com/administracao/abordagem-sistemica-da- administracao  http://www.portaladm.adm.br/SIG/sig4.pdf  http://www.dicio.com.br/cibernetica  http://www.spiner.com.br/modules  http://ecoturismologa.blogspot.com.br/2008/11/32-conseqncias-da-informtica- na.html  http://pt.wikipedia.org/wiki/Abordagem_sist%C3%AAmica_da_administra%C 3%A7%C3%A3o  http://pt.wikipedia.org/wiki/Pesquisa_operacional  http://pt.scribd.com/doc/38515300/11/HOMEM-FUNCIONAL  http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Abordagem-Sistemica/42612.html  http://www.infoescola.com/administracao_/eficiencia-e-eficacia/  http://evertongomede.blogspot.com.br/2012/01/eficiencia-eficacia-e- efetividade.html  CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à Teoria Geral da Administração. 4. ed. São Paulo: 2004, Elsevier Editora Ltda
  • 29. Obrigado (a) Pela Atenção!!!