SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 53
Baixar para ler offline
“O que dizer da dor que
não pode ser dita?
Sem causa ou natureza
definíveis,
sem possibilidade de
compreensão?
Dor do nada,
simplesmente do vazio
de existir, indiscutível,
incomensurável (…)”
(Peres, 2003:07)
Por Rafael Almeida, graduando do 8º período do curso de
Psicologia do Unilavras!
EtimologiaEtimologia
Abaixamento de nível, resultante de pressãoAbaixamento de nível, resultante de pressão
ou peso; abatimento moral ou físico.ou peso; abatimento moral ou físico.
Dic. AurélioDic. Aurélio
Na Depressão há ocorrência de
alterações cognitivas
Déficit de atenção e concentração
Déficit de memória
Dificuldades de tomada de decisões
• Duas vezes mais frequente
Em mulheres (15 a 25%)
• Incapacitante: 4ª causa de
afastamento do trabalho
(em 2020 será 2ª causa)
• Crônico e recorrente:
– 80% apresentarão um segundo
episódio, em média 4 ao longo da vida.
– 12% não remitem
• Medicamentos antidepressivos
• Psicoterapia
• ECT
Aguda Objetivo: remissão dos sintomas e melhora do
funcionamento psicossocial
Duração: em geral, de 6 a 8 semanas
Continuação Objetivo: prevenção de recaídas e recuperação do
funcionamento psicossocial
Duração: em média, de 4 a 9 meses
Manutenção Objetivo: prevenção de recorrências
Duração: indefinida
• Atitudes e crenças
– Deve-se tomar o antidepressivo só até melhorar
– Antidepressivos podem mudar a personalidade
– Meu médico me forçou a tomar o antidepressivo
– Pode-se tomar menos pílulas nos dias em que você se sente
melhor
– Minha depressão desapareceria mesmo sem tratamento
– Pode-se tomar pílulas extras nos dias em que você se sente
pior
• Causas de abandono do tratamento antidepressivo
– Sentem-se melhor
– Efeitos adversos
– Medo de ficar dependente
– Sentimento de desconforto
– Falta de eficácia
– “Tenho que me curar sozinho”
• Informações que influenciam positivamente a adesão:
– Medicamentos demoram de duas a quatro semanas para
fazer efeito
– Não parar sem antes falar com o médico
– Realizar atividades de laser
Valorize valores
Familiares, pois
assim sempre haverá
alguém para lhe
ajudar
se você cair...
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão
Dor do nada: sobre a depressão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Depressão
DepressãoDepressão
DepressãoUNIME
 
"Falando Sobre Depressão"
"Falando Sobre Depressão""Falando Sobre Depressão"
"Falando Sobre Depressão"Caio Maximino
 
Guia rápido de perturbações psicológicas
Guia rápido de perturbações psicológicasGuia rápido de perturbações psicológicas
Guia rápido de perturbações psicológicasOficina Psicologia
 
Feira do conhecimento 2014 - DEPRESSÃO
Feira do conhecimento   2014 - DEPRESSÃOFeira do conhecimento   2014 - DEPRESSÃO
Feira do conhecimento 2014 - DEPRESSÃORodrigo
 
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]Rose Zanonato
 
Depressão - Marcelly e Marcilene
Depressão -  Marcelly e MarcileneDepressão -  Marcelly e Marcilene
Depressão - Marcelly e Marcilenemahvieira
 
Trabalho sobre depressão
Trabalho sobre depressãoTrabalho sobre depressão
Trabalho sobre depressãoEliete Santos
 
Depressão - Ansiedade
Depressão - AnsiedadeDepressão - Ansiedade
Depressão - AnsiedadeNovo Tempo
 
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiarSchiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiarSchiz Ophrenic
 
DEPRESSÃO: EPIDEMIOLOGIA E ABORDAGEM EM CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDE
DEPRESSÃO: EPIDEMIOLOGIA E ABORDAGEM EM CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDEDEPRESSÃO: EPIDEMIOLOGIA E ABORDAGEM EM CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDE
DEPRESSÃO: EPIDEMIOLOGIA E ABORDAGEM EM CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDEAbdon Nanhay
 
Palestra stress, ansiedade, depressão e suicídio - dezembro 2014 - policia...
Palestra stress, ansiedade, depressão e suicídio -  dezembro 2014 - policia...Palestra stress, ansiedade, depressão e suicídio -  dezembro 2014 - policia...
Palestra stress, ansiedade, depressão e suicídio - dezembro 2014 - policia...Dr. Icaro Alves Alcântara
 
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 2 - Caminho até o diagnóstico
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 2 - Caminho até o diagnósticoSchiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 2 - Caminho até o diagnóstico
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 2 - Caminho até o diagnósticoSchiz Ophrenic
 
Cafe 13 aula 03 - dra. ana laura - sexualidade e vulvovaginites 1
Cafe 13    aula 03 - dra. ana laura - sexualidade e vulvovaginites  1Cafe 13    aula 03 - dra. ana laura - sexualidade e vulvovaginites  1
Cafe 13 aula 03 - dra. ana laura - sexualidade e vulvovaginites 1itgfiles
 

Mais procurados (20)

Depressão - Conhecendo o fundo do poço
Depressão - Conhecendo o fundo do poçoDepressão - Conhecendo o fundo do poço
Depressão - Conhecendo o fundo do poço
 
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
9º ano A (Grupo 2) - Pandemias
 
Depressão geriatria
Depressão geriatriaDepressão geriatria
Depressão geriatria
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Humor Deprimido e Luto
Humor Deprimido e LutoHumor Deprimido e Luto
Humor Deprimido e Luto
 
"Falando Sobre Depressão"
"Falando Sobre Depressão""Falando Sobre Depressão"
"Falando Sobre Depressão"
 
Guia rápido de perturbações psicológicas
Guia rápido de perturbações psicológicasGuia rápido de perturbações psicológicas
Guia rápido de perturbações psicológicas
 
Feira do conhecimento 2014 - DEPRESSÃO
Feira do conhecimento   2014 - DEPRESSÃOFeira do conhecimento   2014 - DEPRESSÃO
Feira do conhecimento 2014 - DEPRESSÃO
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
Trabalho de seminario_integrado_2019_(finalizado)01[1]
 
Depressão - Marcelly e Marcilene
Depressão -  Marcelly e MarcileneDepressão -  Marcelly e Marcilene
Depressão - Marcelly e Marcilene
 
Trabalho sobre depressão
Trabalho sobre depressãoTrabalho sobre depressão
Trabalho sobre depressão
 
Depressão - Ansiedade
Depressão - AnsiedadeDepressão - Ansiedade
Depressão - Ansiedade
 
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiarSchiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 5 - O convívio familiar
 
DEPRESSÃO: EPIDEMIOLOGIA E ABORDAGEM EM CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDE
DEPRESSÃO: EPIDEMIOLOGIA E ABORDAGEM EM CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDEDEPRESSÃO: EPIDEMIOLOGIA E ABORDAGEM EM CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDE
DEPRESSÃO: EPIDEMIOLOGIA E ABORDAGEM EM CUIDADOS PRIMÁRIOS DE SAÚDE
 
Palestra stress, ansiedade, depressão e suicídio - dezembro 2014 - policia...
Palestra stress, ansiedade, depressão e suicídio -  dezembro 2014 - policia...Palestra stress, ansiedade, depressão e suicídio -  dezembro 2014 - policia...
Palestra stress, ansiedade, depressão e suicídio - dezembro 2014 - policia...
 
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 2 - Caminho até o diagnóstico
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 2 - Caminho até o diagnósticoSchiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 2 - Caminho até o diagnóstico
Schiz-X: Conversando Sobre A Esquizofrenia - Vol. 2 - Caminho até o diagnóstico
 
Depressao 2009
Depressao 2009Depressao 2009
Depressao 2009
 
Cafe 13 aula 03 - dra. ana laura - sexualidade e vulvovaginites 1
Cafe 13    aula 03 - dra. ana laura - sexualidade e vulvovaginites  1Cafe 13    aula 03 - dra. ana laura - sexualidade e vulvovaginites  1
Cafe 13 aula 03 - dra. ana laura - sexualidade e vulvovaginites 1
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 

Semelhante a Dor do nada: sobre a depressão

Folheto de saúde mental uremia
Folheto de saúde mental uremiaFolheto de saúde mental uremia
Folheto de saúde mental uremiaDenílson Maia
 
20070825 conversando-sobre-a-depressao
20070825 conversando-sobre-a-depressao20070825 conversando-sobre-a-depressao
20070825 conversando-sobre-a-depressaoIsabel Teixeira
 
20070825 conversando-sobre-a-depressao
20070825 conversando-sobre-a-depressao20070825 conversando-sobre-a-depressao
20070825 conversando-sobre-a-depressaoIsabel Teixeira
 
Depressão marcelly e marcilene
Depressão   marcelly e marcileneDepressão   marcelly e marcilene
Depressão marcelly e marcilenemahvieira
 
Psicopatologia do Envelhecimento.docx
Psicopatologia do Envelhecimento.docxPsicopatologia do Envelhecimento.docx
Psicopatologia do Envelhecimento.docxPatriciaAiresCosta1
 
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadeRenata Pimentel
 
CONVIVA SP - Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar
CONVIVA SP - Programa de Melhoria da Convivência e Proteção EscolarCONVIVA SP - Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar
CONVIVA SP - Programa de Melhoria da Convivência e Proteção EscolarGustavo Vallim
 
depresso CUIDADOS.pptx
depresso CUIDADOS.pptxdepresso CUIDADOS.pptx
depresso CUIDADOS.pptxFlvioSegredo
 
SLIDES SAUDE MENTAL 27-05.pptx
SLIDES SAUDE MENTAL 27-05.pptxSLIDES SAUDE MENTAL 27-05.pptx
SLIDES SAUDE MENTAL 27-05.pptxJessicaAvelar3
 
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdfAulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdfJainnyBeatriz1
 
Apresentação de psicologia
Apresentação de psicologiaApresentação de psicologia
Apresentação de psicologiaedi
 

Semelhante a Dor do nada: sobre a depressão (20)

Folheto de saúde mental uremia
Folheto de saúde mental uremiaFolheto de saúde mental uremia
Folheto de saúde mental uremia
 
Cartão babel (1)
Cartão babel (1)Cartão babel (1)
Cartão babel (1)
 
20070825 conversando-sobre-a-depressao
20070825 conversando-sobre-a-depressao20070825 conversando-sobre-a-depressao
20070825 conversando-sobre-a-depressao
 
20070825 conversando-sobre-a-depressao
20070825 conversando-sobre-a-depressao20070825 conversando-sobre-a-depressao
20070825 conversando-sobre-a-depressao
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Depressão marcelly e marcilene
Depressão   marcelly e marcileneDepressão   marcelly e marcilene
Depressão marcelly e marcilene
 
Psicopatologia do Envelhecimento.docx
Psicopatologia do Envelhecimento.docxPsicopatologia do Envelhecimento.docx
Psicopatologia do Envelhecimento.docx
 
Depresao
DepresaoDepresao
Depresao
 
Palestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e AnsiedadePalestra Depressão e Ansiedade
Palestra Depressão e Ansiedade
 
DEPRESSÃO NO PACIENTE IDOSO
DEPRESSÃO NO PACIENTE IDOSODEPRESSÃO NO PACIENTE IDOSO
DEPRESSÃO NO PACIENTE IDOSO
 
doenças mentais
doenças mentaisdoenças mentais
doenças mentais
 
CONVIVA SP - Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar
CONVIVA SP - Programa de Melhoria da Convivência e Proteção EscolarCONVIVA SP - Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar
CONVIVA SP - Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar
 
Depressao para acs
Depressao para acsDepressao para acs
Depressao para acs
 
Slide riscos psicológicos (1)
Slide riscos psicológicos (1)Slide riscos psicológicos (1)
Slide riscos psicológicos (1)
 
depresso CUIDADOS.pptx
depresso CUIDADOS.pptxdepresso CUIDADOS.pptx
depresso CUIDADOS.pptx
 
SLIDES SAUDE MENTAL 27-05.pptx
SLIDES SAUDE MENTAL 27-05.pptxSLIDES SAUDE MENTAL 27-05.pptx
SLIDES SAUDE MENTAL 27-05.pptx
 
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdfAulas 10 e 11 Guanambi.pdf
Aulas 10 e 11 Guanambi.pdf
 
Apresentação de psicologia
Apresentação de psicologiaApresentação de psicologia
Apresentação de psicologia
 
Depressão
DepressãoDepressão
Depressão
 
Depressão palestra
Depressão   palestraDepressão   palestra
Depressão palestra
 

Mais de Rafael Almeida

ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDAORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDARafael Almeida
 
FENOMENOLOGIA E AS IMPLICAÇÕES DA CONSCIÊNCIA
FENOMENOLOGIA E AS IMPLICAÇÕES DA CONSCIÊNCIAFENOMENOLOGIA E AS IMPLICAÇÕES DA CONSCIÊNCIA
FENOMENOLOGIA E AS IMPLICAÇÕES DA CONSCIÊNCIARafael Almeida
 
Defesa civil volume II
Defesa civil volume IIDefesa civil volume II
Defesa civil volume IIRafael Almeida
 
INSTÂNCIAS PSÍQUICAS E ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE À LUZ DA PSICANÁLISE
INSTÂNCIAS PSÍQUICAS E ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE À LUZ DA PSICANÁLISEINSTÂNCIAS PSÍQUICAS E ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE À LUZ DA PSICANÁLISE
INSTÂNCIAS PSÍQUICAS E ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE À LUZ DA PSICANÁLISERafael Almeida
 
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL
PSICOLOGIA ORGANIZACIONALPSICOLOGIA ORGANIZACIONAL
PSICOLOGIA ORGANIZACIONALRafael Almeida
 
Aconselhamento Cristão nas questões pessoais
Aconselhamento Cristão nas questões pessoaisAconselhamento Cristão nas questões pessoais
Aconselhamento Cristão nas questões pessoaisRafael Almeida
 
PSICOLOGIA DA CRIATIVIDADE
PSICOLOGIA DA CRIATIVIDADEPSICOLOGIA DA CRIATIVIDADE
PSICOLOGIA DA CRIATIVIDADERafael Almeida
 
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRERPRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRERRafael Almeida
 
Estresse e Alcoolismo na Atividade Policial
Estresse e Alcoolismo na Atividade PolicialEstresse e Alcoolismo na Atividade Policial
Estresse e Alcoolismo na Atividade PolicialRafael Almeida
 
EU E OS OUTROS - UM ENSAIO SOBRE A COMPETÊNCIA INTERPESSOAL BASEADO NO SERIAD...
EU E OS OUTROS - UM ENSAIO SOBRE A COMPETÊNCIA INTERPESSOAL BASEADO NO SERIAD...EU E OS OUTROS - UM ENSAIO SOBRE A COMPETÊNCIA INTERPESSOAL BASEADO NO SERIAD...
EU E OS OUTROS - UM ENSAIO SOBRE A COMPETÊNCIA INTERPESSOAL BASEADO NO SERIAD...Rafael Almeida
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRafael Almeida
 
ORIENTAÇÕES PARA PAIS E ADOLESCENTES - JOGO DA BALEIA AZUL
ORIENTAÇÕES PARA PAIS E ADOLESCENTES - JOGO DA BALEIA AZULORIENTAÇÕES PARA PAIS E ADOLESCENTES - JOGO DA BALEIA AZUL
ORIENTAÇÕES PARA PAIS E ADOLESCENTES - JOGO DA BALEIA AZULRafael Almeida
 
Comunicação organizacional
Comunicação organizacionalComunicação organizacional
Comunicação organizacionalRafael Almeida
 
Relato de uma vivência sob a ótica do Existencialismo. Estudo de caso sobre M...
Relato de uma vivência sob a ótica do Existencialismo. Estudo de caso sobre M...Relato de uma vivência sob a ótica do Existencialismo. Estudo de caso sobre M...
Relato de uma vivência sob a ótica do Existencialismo. Estudo de caso sobre M...Rafael Almeida
 

Mais de Rafael Almeida (20)

EDUCAÇÃO EMOCIONAL
EDUCAÇÃO EMOCIONALEDUCAÇÃO EMOCIONAL
EDUCAÇÃO EMOCIONAL
 
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDAORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
ORIENTAÇÕES EM CRISES ENVOLVENDO PESSOAS EM IDEAÇÃO SUICIDA
 
FENOMENOLOGIA E AS IMPLICAÇÕES DA CONSCIÊNCIA
FENOMENOLOGIA E AS IMPLICAÇÕES DA CONSCIÊNCIAFENOMENOLOGIA E AS IMPLICAÇÕES DA CONSCIÊNCIA
FENOMENOLOGIA E AS IMPLICAÇÕES DA CONSCIÊNCIA
 
Defesa civil volume II
Defesa civil volume IIDefesa civil volume II
Defesa civil volume II
 
INSTÂNCIAS PSÍQUICAS E ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE À LUZ DA PSICANÁLISE
INSTÂNCIAS PSÍQUICAS E ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE À LUZ DA PSICANÁLISEINSTÂNCIAS PSÍQUICAS E ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE À LUZ DA PSICANÁLISE
INSTÂNCIAS PSÍQUICAS E ESTRUTURAS DA PERSONALIDADE À LUZ DA PSICANÁLISE
 
DEFESA CIVIL
DEFESA CIVILDEFESA CIVIL
DEFESA CIVIL
 
FENOMENOLOGIA
FENOMENOLOGIA FENOMENOLOGIA
FENOMENOLOGIA
 
LIDERANÇA
LIDERANÇALIDERANÇA
LIDERANÇA
 
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL
PSICOLOGIA ORGANIZACIONALPSICOLOGIA ORGANIZACIONAL
PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL
 
Aconselhamento Cristão nas questões pessoais
Aconselhamento Cristão nas questões pessoaisAconselhamento Cristão nas questões pessoais
Aconselhamento Cristão nas questões pessoais
 
PSICOLOGIA DA CRIATIVIDADE
PSICOLOGIA DA CRIATIVIDADEPSICOLOGIA DA CRIATIVIDADE
PSICOLOGIA DA CRIATIVIDADE
 
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRERPRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
PRONTOS PARA MATAR E PARA MORRER
 
Estresse e Alcoolismo na Atividade Policial
Estresse e Alcoolismo na Atividade PolicialEstresse e Alcoolismo na Atividade Policial
Estresse e Alcoolismo na Atividade Policial
 
MOTIVAÇÃO
MOTIVAÇÃOMOTIVAÇÃO
MOTIVAÇÃO
 
EU E OS OUTROS - UM ENSAIO SOBRE A COMPETÊNCIA INTERPESSOAL BASEADO NO SERIAD...
EU E OS OUTROS - UM ENSAIO SOBRE A COMPETÊNCIA INTERPESSOAL BASEADO NO SERIAD...EU E OS OUTROS - UM ENSAIO SOBRE A COMPETÊNCIA INTERPESSOAL BASEADO NO SERIAD...
EU E OS OUTROS - UM ENSAIO SOBRE A COMPETÊNCIA INTERPESSOAL BASEADO NO SERIAD...
 
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAISRELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
 
ORIENTAÇÕES PARA PAIS E ADOLESCENTES - JOGO DA BALEIA AZUL
ORIENTAÇÕES PARA PAIS E ADOLESCENTES - JOGO DA BALEIA AZULORIENTAÇÕES PARA PAIS E ADOLESCENTES - JOGO DA BALEIA AZUL
ORIENTAÇÕES PARA PAIS E ADOLESCENTES - JOGO DA BALEIA AZUL
 
Comunicação organizacional
Comunicação organizacionalComunicação organizacional
Comunicação organizacional
 
Relato de uma vivência sob a ótica do Existencialismo. Estudo de caso sobre M...
Relato de uma vivência sob a ótica do Existencialismo. Estudo de caso sobre M...Relato de uma vivência sob a ótica do Existencialismo. Estudo de caso sobre M...
Relato de uma vivência sob a ótica do Existencialismo. Estudo de caso sobre M...
 
Linguagem
LinguagemLinguagem
Linguagem
 

Dor do nada: sobre a depressão

  • 1. “O que dizer da dor que não pode ser dita? Sem causa ou natureza definíveis, sem possibilidade de compreensão? Dor do nada, simplesmente do vazio de existir, indiscutível, incomensurável (…)” (Peres, 2003:07) Por Rafael Almeida, graduando do 8º período do curso de Psicologia do Unilavras!
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9. EtimologiaEtimologia Abaixamento de nível, resultante de pressãoAbaixamento de nível, resultante de pressão ou peso; abatimento moral ou físico.ou peso; abatimento moral ou físico. Dic. AurélioDic. Aurélio
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17. Na Depressão há ocorrência de alterações cognitivas Déficit de atenção e concentração Déficit de memória Dificuldades de tomada de decisões
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35. • Duas vezes mais frequente Em mulheres (15 a 25%) • Incapacitante: 4ª causa de afastamento do trabalho (em 2020 será 2ª causa) • Crônico e recorrente: – 80% apresentarão um segundo episódio, em média 4 ao longo da vida. – 12% não remitem
  • 36.
  • 37.
  • 38. • Medicamentos antidepressivos • Psicoterapia • ECT
  • 39. Aguda Objetivo: remissão dos sintomas e melhora do funcionamento psicossocial Duração: em geral, de 6 a 8 semanas Continuação Objetivo: prevenção de recaídas e recuperação do funcionamento psicossocial Duração: em média, de 4 a 9 meses Manutenção Objetivo: prevenção de recorrências Duração: indefinida
  • 40. • Atitudes e crenças – Deve-se tomar o antidepressivo só até melhorar – Antidepressivos podem mudar a personalidade – Meu médico me forçou a tomar o antidepressivo – Pode-se tomar menos pílulas nos dias em que você se sente melhor – Minha depressão desapareceria mesmo sem tratamento – Pode-se tomar pílulas extras nos dias em que você se sente pior
  • 41. • Causas de abandono do tratamento antidepressivo – Sentem-se melhor – Efeitos adversos – Medo de ficar dependente – Sentimento de desconforto – Falta de eficácia – “Tenho que me curar sozinho”
  • 42. • Informações que influenciam positivamente a adesão: – Medicamentos demoram de duas a quatro semanas para fazer efeito – Não parar sem antes falar com o médico – Realizar atividades de laser
  • 43. Valorize valores Familiares, pois assim sempre haverá alguém para lhe ajudar se você cair...