O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Marketing social

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
Marketing Social
Marketing Social
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 19 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Marketing social (20)

Anúncio

Mais recentes (20)

Anúncio

Marketing social

  1. 1. por Bianor V. Neto Gabriel W. Galdino 1
  2. 2. O QUE É MARKETING? Marketing ou mercadologia é o processo usado para determinar que produtos ou serviços possam interessar aos consumidores, assim como a estratégia que será utilizada nas vendas, comunicações e no desenvolvimento do negócio. A finalidade do marketing é criar valor e satisfação no cliente, gerindo relacionamentos lucrativos para ambas as partes 2
  3. 3. HISTÓRIA A expressão Marketing Social surgiu nos EUA, em 1971, e foi usada pela primeira vez por Kotler e Zaltman que, na época, estudavam aplicações do marketing que contribuíssem para a busca e o encaminhamento de soluções para diversas questões sociais. 3
  4. 4. O QUE É MARKETING SOCIAL? Marketing Social é a gestão estratégica do processo de inovações sociais a partir da adoção de comportamentos, atitudes e práticas individuais e coletivas, orientadas por preceitos éticos, fundamentados nos direitos humanos e na equidade social. O Marketing Social apropria-se de conhecimentos e técnicas mercadológicas, adaptando-se à promoção do bem-estar social. 4
  5. 5. MARKETING SOCIAL É “Processo de planejamento e execução de atividades e programas que procuram aumentar ou otimizar a aceitabilidade de ideias que visam beneficiar a sociedade, sem visar lucro”. - Francy Teixeira “Tecnologia de administração da mudança social, associada ao projeto, à implementação e ao controle de programas voltados ao aumento da disposição de aceitação de uma ideia ou prática social em um ou mais grupos de adotantes escolhidos como alvo”. - Kotler 5
  6. 6. MARKETING RELACIONADO À UMA CAUSA O marketing social também não deve ser confundido com o chamado "marketing relacionado a uma causa", em que uma organização agrega uma causa, aos processos de produção, promoção e vendas de seus produtos e serviços. No marketing social, o principal impacto será a transformação da sociedade, na qual a empresa ou instituição está inserida. No marketing para causas sociais, retornos financeiros ou de imagem, diretamente voltados para a empresa ou instituição, serão mais evidentes. 6
  7. 7. MARKETING DE MÍDIAS SOCIAIS Social Media Marketing (SMM) Divulgar sua marca pelas redes sociais Ter um relacionamento direito com o consumidor final 7
  8. 8. IMPORTÂNCIA DO MARKETING SOCIAL Beneficia toda a sociedade Constrói uma reputação para a empresa Divulga o produto ou serviço Motiva todos os colaboradores Muda o comportamento das pessoas 8
  9. 9. IMPLEMENTAÇÃO O Marketing Social exige conhecimento de cada grupo de adotantes escolhido como alvo, incluindo os seguintes aspectos: Características sócio demográficas: classe social, renda, educação, idade e tamanho da família; Perfil psicológico: atitudes, valores, motivação e traços de personalidade predominantes; e Características comportamentais: padrões de compra e características de decisão. 9
  10. 10. REQUISITOS Objetivos Estratégicos: Definição clara do que se espera da campanha. Programas de Ação: Definição clara do que será feito, responsáveis e prazos. Recursos: Recursos financeiros, humanos e outros. Intensidade: O sucesso de uma campanha depende do quanto ela consegue penetrar e manter-se nos meios de comunicação. Manutenção: A maioria das campanhas requer ações de reforço após sua conclusão. 10
  11. 11. COMO FAZER 1. Conheça seu produto para definir sua estratégia 2. Tenha clareza sobre seu discurso 3. Entenda o objetivo da assessoria de imprensa 4. Conteúdo 11
  12. 12. COMO APLICAR 12
  13. 13. FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO 1. Envolvimento com a situação: Jogar lixo no chão não é importante ou é de pouco interesse para a maioria das pessoas. 2. Envolvimento duradouro: As pessoas em geral tinham pouco envolvimento prévio com a questão. 3. Benefícios/Reforçadores: O comportamento contrário a jogar lixo no chão gera apenas pequenos benefícios pessoais e satisfação para a maioria das pessoas e não leva a um senso de eficácia pessoal, pois a limpeza do lixo depende da ação coletiva de muitas pessoas. Exemplo: “Não jogue lixo no chão” 4. Custos: Um comportamento contrário a se jogar lixo no chão pode acarretar custos e incômodos pessoais. 13 EX: “NÃO JOGUE LIXO NO CHÃO.”
  14. 14. FATORES CRÍTICOS PARA O SUCESSO 5. Custo/Benefício: A razão custo/benefício para quem não joga lixo no chão ou para quem o recolhe é baixa. 6. Demanda Anterior: A demanda de um ambiente limpo não é grande nem universal. 7. Segmentação: A mensagem que pede um comportamento contrário a se jogar lixo no chão não pode ser geral. Tem que ser direcionada em separado para cada grupo de adotantes escolhidos como alvo. 14
  15. 15. REDES SOCIAIS Fazem a divulgação de forma orgânica Criam canais de comunicação 15
  16. 16. EXEMPLOS 16
  17. 17. 17
  18. 18. LEI DE ROUANET  O percentual disponível de 6% do IRPF para pessoas físicas e 4% de IRPJ para pessoas jurídicas, ainda que relativamente pequeno permitiu que em 2008 fossem investidos em cultura, segundo o MinC (Ministério da Cultura) mais de R$ 1 bilhão. Marketing Social abrangeria, em sua amplitude os chamados Marketing Cultural, Marketing Esportivo, o Marketing Ecológico e o Marketing Comunitário 18
  19. 19. QUAL O FUTURO DO MARKETING SOCIAL? Depende do amadurecimento dos consumidores Depende do retorno obtido pela marca Perspectiva de crescimento 19

×