Apresentação fasan

394 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
394
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação fasan

  1. 1. MARKETING SOCIAL Edmilson Miranda Jr.
  2. 2. CONCEITOS FUNDAMENTAISNecessidade - Estado de privação de alguma satisfação básica.Desejo - Vontade para satisfação específica das necessidadesmais profundas.Demanda - Desejo de produtos específicos apoiadana habilidade e vontade de comprá-los.Satisfação - Sentimento experimentado por quemadquire um produto que atende às suas expectativas.
  3. 3. CONCEITOS FUNDAMENTAISProduto - Qualquer coisa que possa ser oferecida aalguém para satisfazer uma necessidade ou desejo.Utilidade - Estimativa do cliente, da capacidade totaldos produtos em satisfazer suas necessidades.Valor - O que um produto oferece em relação aopreço.
  4. 4. CONCEITOS FUNDAMENTAISTroca - Meio pelo qual o ser humano obtém produtos.Transação - Troca de valores entre duas partes.Relacionamento - Fortalecimento dos laçoseconômicos, técnicos e sociais entre os membros deduas organizações.Mercado - Conjunto de pessoas ou de grupos quetêm, ou poderão ter, uma mesma necessidade asatisfazer.
  5. 5. Definição de Marketing Marketing é uma função organizacional e um conjuntode processos que envolvem a criação, a comunicação e aentrega de valor para os clientes, bem como aadministração do relacionamento com eles, de modo quebeneficie a organização e seu público interessado. (AMA -American Marketing Association) É um processo social e gerencial pelo qual indivíduos egrupos obtém o que necessitam e desejam, através dacriação, oferta e troca de produtos de valor com os outros.(Kotler)
  6. 6. Definição de MarketingDefinição de Philip Kotler“É a análise, o planejamento, a implementação e ocontrole de programas formulados e projetados parapropiciar TROCAS VOLUNTÁRIAS DE VALORES COMMERCADOS-ALVO no propósito de atingir objetivosoperacionais CONCRETOS.”
  7. 7. Definição de Marketing Social“É o uso de planejamento demercado, estratégia, análise e técnicas gerenciaistradicionais e inovadoras para garantir o bem estar doindivíduo e da sociedade”. (Wasek)“É a gestão estratégica do processo de mudança sociala partir da adoção espontânea decomportamentos, atitudes e práticas individuais ecoletivas,orientadas por preceitos éticos efundamentadas nos direitos humanos e na equidadesocial.“(Márcio Schiavo e Miguel Fontes)
  8. 8. DINÂMICA DOS MERCADOS MERCADO COMERCIAL LUCRO FORNECEDOR CLIENTE SATISFAÇÃO DESEJO/NECESSIDADES MERCADO ASSISTENCIAL RECOMPENSA PESSOALBENEFICENTE / FILANTROPO BENEFICIÁRIO ATENDIMENTO NECESSIDADES MERCADO SOCIAL LUCRO SOCIALAGENTE DE MUDANÇA SOCIAL ADOTANTE ADOÇÃO DE NOVOS CAP
  9. 9. PARADIGMAS DO MERCADO SOCIAL De Emergencial para Planejado; De Beneficiário para Cliente de Produtos Sociais; De Funcionário para Empreendedor Social; De Isolamento para Integração Institucional; De Sobrevivência Sustentável para Sustentabilidade.
  10. 10. AS 2 LEIS DO BEM PÚBLICO1. SEM RIVALIDADE(O uso de uma pessoa não interfere com o uso de outra pessoa).2. SEM EXCLUSIVIDADE(Os que pagam podem usar e os que não pagam também).
  11. 11. PRODUTO SOCIAL- O que é que eu quero que meu público adote? Objetos tangíveis ( preservativos, sorocaseiro, metodologias educacionais educacionais) devemser considerados tecnologias sociais e não produtossociais. As tecnologias Sociais facilitam a adoção de umdeterminado comportamento.Porém não é o objeto que dever ser adotado, mas aprática. A tecnologia social sozinha não tem poder paraintroduzir um novo comportamento.
  12. 12. OS P DO MARKETING APLICADOS À ÁREA SOCIAL MARKETING SOCIAL MARKETING1. PRODUTOSOCIAL•Objeto Tangível e Intangível•Idéias •Comportamento 1. PRODUTO2. PREÇO SOCIAL•Custo Alternativo•Custos diretos e indiretos 2. PREÇO•Relação custoXbenefício3. PONTO DE OBTENÇÃO 3. PONTO•Onde os produtos sociais poderão ser encontrados•Aproximar Oferta 4. PROMOÇÃO4. PROMOÇÃO SOCIAL•Criar/Atender demanda•Apresentação•Aproximar demanda5. PÚBLICO-ALVO•Segmentação de audiência•Estratégias de Comunicação/Mobilização6. PESSOAL•Capacitação•Supervisão, Acompanhamento
  13. 13. PRODUTOS DE MARKETING SOCIAL TANGÍVEL OBJETO INTANGÍVEL CRENÇAS ATITUDESPRODUTO SOCIAL IDÉIA VALORES AÇÕES PRÁTICA COMPORTAMENTOS
  14. 14. Marketing Verde Marketing ambiental pode ser conceituado como umamodalidade que visa enfocar as necessidades deconsumidores ecologicamente conscientes e contribuirpara a criação de uma sociedade sustentável(Valério 2005). O Marketing Ambiental, também conhecido comoMarketing Verde, Ecologicamente Correto ouEcomarketing, extrapola a mera publicidade ou divulgaçãodos produtos ou serviços oferecidos por empresas quequerem veicular na mídia e no meio profissional ou para oconsumidor a aplicação de métodos ambientalmentecorretos aplicados ao seu gerenciamento interno ou naprodução ou prestação de serviços.
  15. 15. Empresa ‘‘Verde’’ Ser “verde” ou ambientalmente correto não selimita, por exemplo, a inventar novas embalagensrecicláveis, mas sim a administrar uma cadeia defatos que envolvem várias etapas, desde afabricação, relação comfornecedores, clientes, empregados, mídia ecomunidade. O grande desafio é conjugar melhoria contínua daqualidade ambiental das instituições com melhoresresultados econômicos, em termos de eficiênciaprodutiva.
  16. 16. Consumidor ‘‘Verde’’ O consumidor verde prefere e paga mais porprodutos ecológicos, não adquire produtos comempacotamento excessivo, prefere produtos comembalagem reciclável e/ou retornável, evitacomprar produtos com embalagens nãobiodegradáveis, observa os selos verdes, entreoutros comportamentos incorporados.
  17. 17. Vantagens Empresariais do Marketing Ambiental Influência sob Funcionários e Acionistas Redução de Custos Facilidades na Obtenção de Recursos Pressão Governamental Pressão das ONGs
  18. 18. O que uma empresa ganha com omarketing ambiental? O marketing verde é bom para as empresasporque busca a eficiência no uso dos materiais etambém ajuda a reduzir os custos. Empresas quenão responderem às questões ambientais comprodutos mais seguros e ambientalmente maissaudáveis estão se arriscando a perder a sintoniacom o consumidor. Ao empregar estratégias de marketingambiental, a entidade pode aumentar suacredibilidade e legitimidade, definir suapersonalidade, área de atuação e imagem, além deagregar valor à marca junto aos diversoscompradores.
  19. 19. Tendência Verde Segundo pesquisa (*) realizada na Europa, ospaíses que mais valorizam produtosecologicamente corretos são: Espanha(83%), Rússia (76%) e Alemanha (73%). O mercado verde ainda é jovem. Portantoapresenta características diferenciadas em relaçãoaos mercados maduros:Baixa Concorrência, Alto investimento de penetração(construção da cultura de consumo), Baixo volume deconsumo, Faturamento inicial baixo, Controle dospioneiros.
  20. 20. Agentes Indiretos Ao adotar esse tipo de marketing, as empresas sebeneficiam do apoio de outros agentes. É quegeralmente as corporações que adotam a proposta seassociam ao poder público e a organizações não-governamentais - que indiretamente promoverão oproduto e a marca. O relatório lembra ainda que produtos e serviçossocial e ambientalmente corretos são apoiados porformadores de opinião .
  21. 21. Iniciativas Brasileiras O relatório da “Walk The Talk”, divulgado no final de 2005, destaca duas empresas brasileiras: Natura e Pão de Açúcar. A empresa de cosméticos é uma das cinco citadas como pioneiras do marketing verde no mundo. No caso da rede de hipermercados, o relatório menciona, no capítulo sobre as grandes empresas, o projeto Caras do Brasil, iniciativa do Pão de Açúcar que consiste em colocar produtos de pequenos agricultores à disposição dos consumidores.
  22. 22. Natura O relatório menciona ganhos recentemente obtidos pela empresa de cosméticos: crescimento de 32% nas vendas no período 2002-2004 (ante elevação de 20% do mercado de cosméticos), fazendo com que a fatia de mercado da empresa alcançasse 19%; receita de US$ 604 milhões (em 2004); e valor da marca equivalente a 113% do volume de vendas anual.

×